Page 1


Fazer um Novo Brasil é tarefa de todos nós!

“FORAM MUITOS DADOS, NÚMEROS, CONCEITOS E TESES DEBATIDOS NO EVENTO”

A

matéria de capa desta edição da nossa Revista do Sistema que lhe chega às mãos agora reporta um seminário realizado por nós dentro do projeto “Motores do Desenvolvimento”- parceria com o jornal Tribuna do Norte, UFRN, Fiern, Ministério Público e RG Salamanca. O seminário, realizado em meados de março, contou com as ilustres presenças do então ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; e do empresário Flávio Rocha. Hoje, já no mês de maio, ambos são pré-candidatos à Presidência da República. Uma coincidência que só abrilhanta o nosso debate. Foram muitos dados, números, conceitos e teses debatidos no evento. Mas eu assumo o risco de dizer que tudo isso se resume a uma linha de raciocínio: o Estado Brasileiro, em todas as suas esferas, precisa diminuir de tamanho. Há tempos ele já não cabe no orçamento que, a duríssimas penas, a sociedade brasileira lhe oferta, com muito esforço e suor derramado. Nosso Estado (repito, nas três esferas – Federal, Estaduais e Municipais), com raríssimas exceções, vive uma crise que está nitidamente inserida em um círculo vicioso. Falta dinheiro para tudo. Salários, custeio, pagamento de fornecedores e, claro, investimento. E falta porque está cada vez mais difícil fazer frente aos gastos estratosféricos de uma máquina inchada e ineficiente. Com uma carga tributária que beira os 40%, parece muito claro que a sociedade brasileira não tem mais a menor condição de seguir pagando por esta ineficiência. Acontece que reduzir o tamanho da máquina pública é impossível sem a adoção de medidas drásticas e corajosas, que coloquem acima de tudo o interesse coletivo e não o de grupos menores que seguem vivendo em verdadeiros oásis de prosperidade. São medidas, muitas delas, impopulares, por paradoxal que possa parecer. E é aí que está o grande segredo. Todos nós, brasileiros, precisamos nos engajar nesta luta, e cobrar daqueles que estão e/ou estarão à frente das nossas instituições, o compromisso com este espírito, doa a quem doer. O importante é que o objetivo principal seja um Estado equilibrado financeiramente que, somente assim, poderá cumprir bem o seu papel de prover saúde, educação, segurança e dignidade aos seus cidadãos. Àqueles que o custeiam. Boa leitura!

A Revista do Sistema é uma publicação do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac RN

DIAGRAMAÇÃO E PROJETO GRÁFICO Zeca Honório

FecomercioRN sescrn rn.senac

REPORTAGEM Lívia Aires, Virgínia França, Lorena Gurgel, Kelly Maia, Luana Batista, Priscilla Almeida e Pedro Ferreira

fecomerciorn.com.br sescrn.com.br rn.senac.br

ESTAGIÁRIA DE JORNALISMO Juliana Silva

fecomerciorn sescrn senac_rn

FOTOS Moraes Neto/Styll, Kamilo Marinho/Guardalume Fotografia, Ascom Fecomércio, Ascom Sesc e Ascom Senac

fecomerciorn_ sesc_rn senacrn

Vice-Presidentes ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA GEORGE RAMALHO VIEIRA GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR JOSÉ GERALDO DE MEDEIROS MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO RAIMUNDO MARTINS DA SILVA SERGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE DIJOSETE VERÍSSIMO DA COSTA 1º Secretário JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO 2º Secretário JOSÉ DE OLIVEIRA CABRAL FILHO 1º Tesoureiro LUZIA DIVA CUNHA DUTRA 2º Tesoureiro DIRETORES EFETIVOS Daltro Freire de Paiva Dejalma Lemos da Silva Francisco Derneval de Sá Francisco Severiano da Cunha Helder de Medeiros Araújo José Bezerra de Araújo José de Anchieta Fernandes Michelson Ximenes Formiga Frota Orismar Carlos de Almeida Renato Alexandre Maciel Gomes Netto Schiavo Durval Fernandes Álvares Tarcílio Vidal Filho Valdemar Anunciato da Silveira SUPLENTES Albe Garcia de Oliveira Cecílio Francisco Barbosa Neto Eduardo de Oliveria Patrício Eraldo Eudes da Nóbrega Dantas José Zenildo Dias Campos José Carlos Lopes da Silva Luiz Evânio Nobre Lira Marcio Pinheiro de Souza Marcos Augusto da Silva CONSELHO FISCAL EFETIVOS Ronald Gurgel Sérgio Roberto de Medeiros Freire Vicente de Paulo Avelino Sobrinho SUPLENTES Dorian Bezerra de Souza Morais Francisco Ney da Cunha José de Paiva Torres DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À CNC EFETIVOS Marcelo Fernandes de Queiroz Marcantoni Gadelha de Souza SUPLENTES Gilberto de Andrade Costa Luiz Antonio Bezerra Lacerda

MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente do Sistema Fecomércio RN

EDITOR RESPONSÁVEL Luciano Kleiber

MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ Presidente GILBERTO DE ANDRADE COSTA 1º Vice-Presidente LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA 2º Vice-Presidente JAIR URBANO DE QUEIROZ 3º Vice-Presidente

SistemaFecomercioRN sescrn senacrn

DIRETOR EXECUTIVO Jaime Mariz ASSESSOR ESPECIAL DA PRESIDÊNCIA Laumir Barrêto GERENTE ADMINISTRATIVA Inês Martins DIRETOR REGIONAL INTERINO DO SESC RN Fernando Virgilio DIRETOR REGIONAL SENAC RN Fernando Virgilio ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDÊNCIA Luciano Kleiber COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO NÚCLEO SESC Lidiane Bezerra COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO NÚCLEO SENAC Fernanda Ledebour


SUMÁRIO

06

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

RN SEDIA FÓRUM DE PRESIDENTES DE FECOMÉRCIOS E MARCELO QUEIROZ RECEBE MÉRITO COMERCIAL DA AMAZÔNIA

09

HONRARIA RECEBIDA PELO PRESIDENTE DO SISTEMA FECOMÉRCIO FOI OUTORGADA EM VIRTUDE DO TRABALHO REALIZADO À FRENTE DO SISTEMA POTIGUAR

10 55

Programa Senac Móvel beneficia diferentes regiões do estado

Sicomércio RN viabiliza adoção de piso salarial diferenciado por ME’s e EPP’s da sua base

SINDICATOS FILIADOS

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA E DE SERVIÇOS DO RN PRESIDENTE: GILBERTO DE ANDRADE COSTA

SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DO ESTADO DO RN PRESIDENTE: SÉRGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DO RN PRESIDENTE: LUZIA DIVA CUNHA DUTRA

SESC RN RENOVA CONVÊNIO COM O GOVERNO DO ESTADO PARA CONTINUIDADE DO RN VIDA INSTITUIÇÃO CONTINUARÁ A OFERECER ATIVIDADES CULTURAIS E ESPORTIVAS AOS JOVENS ATENDIDOS PELO PROJETO DO GOVERNO DO ESTADO, E QUE TEM O SESC COMO PARCEIRO

24 16 SINDICATO DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS E DAS EMPRESAS DE REPRESENTAÇÃO COMERCIAL NO ESTADO DO RN PRESIDENTE: FRANCISCO SALES DE SOUZA NETO

Sistema Fecomércio faz entrega de pares de óculos do Ver para Aprender

“País vai crescer 3% e gerar 2,5 milhões de empregos formais este ano”, afirma Meirelles no Motores do Desenvolvimento

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS DO RN PRESIDENTE: ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MACAÍBA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE NOVA CRUZ

PRESIDENTE: LUIZ ANTONIO BEZERRA LACERDA

PRESIDENTE: RAIMUNDO MARTINS DA SILVA


CARNAVAL MULTICULTURAL DE NATAL MOVIMENTA MAIS DE R$ 61 MILHÕES E TEM APROVAÇÃO RECORDE, APONTA PESQUISA

26

MESA BRASIL INCENTIVA AGRICULTURA FAMILIAR NA REGIÃO DO SERIDÓ EM CAICÓ, O PROGRAMA FIRMOU PARCERIA COM COOPERATIVAS DE AGRICULTORES FAMILIARES LIDERADAS POR MULHERES

40

SENAC PROMOVE NOVOS TREINAMENTOS EM PARCERIA COM A ALEMANHA

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO DO POTENGI

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE SANTA CRUZ

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MOSSORÓ

PRESIDENTE: ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA

PRESIDENTE: MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO

PRESIDENTE: MICHELSON XIMENES FORMIGA FROTA

30 46 62

Programa Alimentos Seguros do Senac é destaque no 9º Fórum de Turismo do RN

Senac lança curso de Barbeiro no Rio Grande do Norte

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE ASSU

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAICÓ

PRESIDENTE: FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA

PRESIDENTE: ÍLDICA VALE

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CURRAIS NOVOS

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS

PRESIDENTE: HELDER DE MEDEIROS ARAÚJO

PRESIDENTE: GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR


COMENDA

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

6

RN SEDIA FÓRUM DE PRESIDENTES DE FECOMÉRCIOS E MARCELO QUEIROZ RECEBE MÉRITO COMERCIAL DA AMAZÔNIA HONRARIA RECEBIDA PELO PRESIDENTE DO SISTEMA FECOMÉRCIO FOI OUTORGADA EM VIRTUDE DO TRABALHO REALIZADO À FRENTE DO SISTEMA POTIGUAR


O

presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, recebeu, no mês de fevereiro, um grupo de presidentes e representantes de Federações do Comércio de vários estados do país para participar do Fórum de Presidentes de Federações do Comércio, que foi realizado no Hotel Serhs Natal. O evento foi encerrado com um jantar no Hotel Holiday Inn, no qual o presidente Marcelo Queiroz foi homenageado com a Ordem do Mérito Comercial da Amazônia, outorgada em virtude do trabalho realizado à frente do Sistema potiguar. O Fórum de Presidentes debateu temas ligados à gestão das entidades e seu relacionamento com a socie-

dade e promoveu análises do cenário econômico nacional e seus reflexos nos estados e no trabalho das instituições. “Foi extremamente importante receber aqui quase duas dezenas de presidentes de Federações do Comércio, que vieram prestigiar o Fórum e trazer essa Comenda, que muito me honra, sobretudo por representar o reconhecimento do nosso trabalho à frente do Sistema Fecomércio RN. O trabalho de toda uma equipe, diretoria e colaboradores”, afirmou Marcelo Queiroz. O presidente do Sistema Fecomércio Amazonas e líder da Ordem do Mérito Comercial da Amazônia, José Roberto Tadros, destacou o merecimento do presidente Marcelo Queiroz. “Premiar

“FOI EXTREMAMENTE IMPORTANTE RECEBER AQUI QUASE DUAS DEZENAS DE PRESIDENTES DE FEDERAÇÕES DO COMÉRCIO, QUE VIERAM PRESTIGIAR O FÓRUM E TRAZER ESSA COMENDA, QUE MUITO ME HONRA” MARCELO QUEIROZ PRESIDENTE DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN

em vida as pessoas que têm méritos, é fundamental para que elas desfrutem e tenham a certeza que a passagem pela vida tem sido frutífera e reconhecida por todos. A boa ideia é homenagear os vivos e dizer: ‘você está certo, continue nessa linha e caminho, que nós estamos vendo o seu trabalho e os seus méritos’. Por isso estamos fazendo esta homenagem a Marcelo”, disse Tadros. “Marcelo Queiroz tem sido um grande companheiro, colaborando com todos os estados, pela gestão que tem feito no Rio Grande do Norte. Nós temos buscado estar muito próximos de presidentes que pensam como nós, que busquem construir um Brasil melhor, que se preocupam com as

7


8

pessoas, com a qualidade de vida das pessoas, e com as instituições, fazendo com que o Sesc e Senac possam ajudar a transformar vidas e ajudar no desenvolvimento econômico do país”, afirmou o presidente do Sistema Fecomércio CE, Luiz Gastão Bittencourt. Além de Queiroz, Tadros e Gastão, participaram do Fórum: Eliezir Viterbino, presidente da Fecomércio Amapá;

Sebastião Campos, presidente da Fecomércio Pará; Leandro Domingos, presidente da Fecomércio Acre; José Marconi, presidente da Fecomércio Paraíba; Maurício Filizola, vice-presidente da Fecomércio Ceará; Raniery Coelho, presidente da Fecomércio Rondônia; Domingos Tavares, vice-presidente da Fecomércio Tocantins, representando o presidente Itelvino Pisoni; Cácito Esteves, assessor jurídico

O FÓRUM DE PRESIDENTES DEBATEU TEMAS LIGADOS À GESTÃO DAS ENTIDADES E SEU RELACIONAMENTO COM A SOCIEDADE

da Fecomércio MG, representando o presidente do Sistema Fecomércio MG, Lázaro Gonzaga; Marcelino Araújo, vice-presidente da Fecomércio MA, representando o presidente do Sistema Fecomércio MA, José Arteiro; Ademir dos Santos, presidente da Fecomércio RR; Francisco Valdeci, presidente da Fecomércio Piauí; e Hermes Martins da Cunha, presidente da Fecomércio Mato Grosso.


O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PARCERIA

SESC RN RENOVA CONVÊNIO COM O GOVERNO DO ESTADO PARA CONTINUIDADE DO RN VIDA INSTITUIÇÃO CONTINUARÁ A OFERECER ATIVIDADES CULTURAIS E ESPORTIVAS AOS JOVENS ATENDIDOS PELO PROJETO DO GOVERNO DO ESTADO, E QUE TEM O SESC COMO PARCEIRO

O

Sistema Fecomércio renovou, pelo 6º ano consecutivo, o convênio de parceria com o Governo do Estado para manutenção do Projeto RN Vida. No final de março, o presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz, e o governador do Estado, Robinson Faria, assinaram o termo que garante a continuidade das atividades

voltadas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, atendidas pela rede pública de ensino. O RN Vida é executado pelo Governo do RN, tem o Sesc RN como parceiro, e suas atividades acontecem no Caic Lagoa Nova. Com a renovação, o Sistema Fecomércio continuará ofertando aulas de iniciação musical

e de natação, irá disponibilizar o acervo de filmes do Sesc, com o cronograma de exibição mensal, além de fornecer o fardamento aos beneficiados. Desde 2013, quando começou a parceria, o Sistema Fecomércio RN já beneficiou 2.515 crianças e adolescentes, e investiu quase R$ 700 mil em ações e atividades.

O SISTEMA FECOMÉRCIO RN JÁ AJUDOU A BENEFICIAR 2.515 CRIANÇAS E ADOLESCENTES, E INVESTIU QUASE R$ 700 MIL EM AÇÕES E ATIVIDADES

9

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ, GOVERNADOR ROBINSON FARIA E A CHEFE DO GABINETE CIVIL, TATIANA MENDES CUNHA, ASSINAM CONVÊNIO PARA RENOVAÇÃO DA PARCERIA PARA CONTINUIDADE DO RN VIDA


ITINERANTE

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PROGRAMA SENAC MÓVEL BENEFICIA DIFERENTES REGIÕES DO ESTADO 10

INICIATIVA DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN JÁ BENEFICIOU, NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS, 3.700 PESSOAS EM MAIS DE 20 MUNICÍPIOS DO ESTADO

O

Programa Senac Móvel já iniciou o ano de 2018 circulando em diferentes regiões do estado. Somente no primeiro trimestre, foram atendidos os municípios de Parnamirim, Monte Alegre e Baraúnas, com cerca de 200 pessoas beneficiadas. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, explicou que a meta é democratizar o acesso ao ensino e à qualificação de excelência. “A presença das Unidades Móveis do Senac garante que as populações destas localidades tenham acesso gratuito à educação profissional de qualidade e possam ter melhores oportunidades de trabalho e geração de renda”. O público-alvo do programa são pessoas com renda per capita familiar de até dois salários mínimos, desta forma, democratizando e interiorizando ao máximo o acesso à educação profissional, oportunizando o ingresso ao mundo do trabalho de forma igualitária. Uma das beneficiadas pela iniciativa foi Oliana Norato, de 47 anos. Apesar de ser formada como Técnica em Enfermagem, ela desejava atuar em uma nova área e viu no curso de Auxiliar de Cozinha uma oportunidade. “Já pensava em realizar um curso como esse, já que há seis anos sou voluntária em uma cozinha e gosto muito dessa área. Estou no curso para poder melhorar minhas técnicas, pois sem conhecimento fica mais difícil. Quero aprender e melhorar cada vez mais”, explicou.


EM FEVEREIRO, A UNIDADE MÓVEL DE TURISMO E HOTELARIA ESTACIONOU EM PARNAMIRIM

PARTE INTERNA DA UNIDADE MÓVEL DE INFORMÁTICA E GESTÃO

EM MONTE ALEGRE, A UNIDADE MÓVEL DE MODA E BELEZA ATENDEU CERCA DE 60 PESSOAS

DEPOIS DE SE CAPACITAR, O AUTÔNOMO NILTOMAR DA SILVA PRETENDE MONTAR UMA LANCHONETE

11

Através da capacitação profissional, o trabalhador adquire melhores técnicas e conhecimentos específicos para atender as necessidades do mercado. Por isso, o autônomo Niltomar da Silva, de 34 anos, também buscou a instituição para se capacitar. Ele diz que pretende empreender após o curso: “Eu já cozinho, mas queira me aprofundar mais na área e então surgiu esta ocasião oportuna. Com o que aprendi, espero montar futuramente uma lanchonete com um cardápio próprio”. O diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio, destaca que, nos últimos cinco anos, o programa já beneficiou cerca de 3.700 pessoas, em mais de 20 mu-

nicípios do estado. Só em 2017, foram mais de 500 atendidos. Ele destaca a infraestrutura disponibilizada para as aulas. “As unidades móveis possuem 14 metros de comprimento e são equipadas para reproduzir internamente o ambiente real de trabalho das áreas ofertadas. Atualmente, a instituição atua nos segmentos de Informática e Gestão, Moda e Beleza e Turismo e Hotelaria”, afirmou. “Quando soube que o Senac chegaria em Monte Alegre rapidamente me programei para tentar uma das vagas e consegui. Com certeza, vai me ajudar a ter mais possibilidades de trabalho, pois aqui tem muitos salões”,

A PERMANÊNCIA DO PROGRAMA SENAC MÓVEL EM CADA MUNICÍPIO DECORRE DE PARCERIAS DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN COM AS PREFEITURAS OU SINDICATOS DO COMÉRCIO VAREJISTA LOCAIS

contou a estudante Maria do Nascimento, 26 anos. Douglas Nascimento, de 24 anos, procurou a Unidade Móvel do Senac, também em Monte Alegre, graças a indicação de um amigo, com o intuito de melhorar seu trabalho. “Iniciei autodidata e vi nesta ação uma oportunidade, já que por aqui somos carentes de capacitações como estas. Tem me ajudado muito. Antes fazia algumas técnicas erradas e agora aprendi a fazer corretamente, além de ter aprendido muitas outras”, contou. A permanência do Programa Senac Móvel em cada município decorre de parcerias do Sistema Fecomércio RN com as prefeituras ou sindicatos do Comércio varejista locais.


DESAFIO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

EDUCAÇÃO NO PRESENTE, SUCESSO NO FUTURO CINCO ALUNOS POTIGUARES INGRESSARAM ESTE ANO NA ESCOLA SESC DE ENSINO MÉDIO (ESEM). LOCALIZADA NO RIO DE JANEIRO, E REFERÊNCIA NO PAÍS

A

12

adolescência não é uma fase fácil. A saída da infância, a chegada das responsabilidades, as descobertas, as alterações no corpo e na vida. Imagina então quando este turbilhão de alterações físicas e psicológicas está associado a uma outra grande mudança: a de endereço. Antes do embarque para o Rio de Janeiro (RJ), onde se localiza a Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), os cinco alunos potiguares, todos com 15 anos de idade, sentiam também um misto de orgulho e ansiedade. Afinal, para quem nunca saiu do estado, passar três anos longe de casa e da família é ampliar, de forma

irreversível, a visão de mundo. O desafio este ano foi ainda maior para os jovens que se candidataram às vagas. Mesmo com um incremento de 45% de inscrições em relação ao processo seletivo anterior (2017), os caicoenses André Breno Martins, Ana Santana Santos, Jhonathan de Lucena e Mikaelly Dantas se destacaram entre os 176 candidatos e cumpriram com êxito todas as etapas exigidas no certame nacional. “Me sinto realizado. Consegui uma vitória muito

grande. Mas sei que é só um passo, porque tenho muito caminho ainda pela frente”, pontuou André durante o tradicional café da manhã que o Sesc oferece aos alunos que vão estudar na ESEM e aos seus familiares. O encontro contou com a presença do presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz, de gestores do Sesc e de ex-alunos da escola, que falaram um pouco sobre sua experiência aos novatos. A vontade do macaibense Carlos Renan de

O DESAFIO ESTE ANO FOI AINDA MAIOR PARA OS JOVENS QUE SE CANDIDATARAM ÀS VAGAS


Macedo de estudar em uma das melhores escolas do país foi tão grande que ele, mesmo sem ter sido inicialmente selecionado, conquistou a tão sonhada vaga na ESEM. Ele ocupou uma vaga de desistência por ter conquistado a melhor posição no processo seletivo na região Nordeste. “Fiquei triste quando soube que não tinha sido aprovado, porque tinha quase certeza de que ia passar. Mas deu tudo certo”, disse, com riso estampado no rosto, o ex-aluno da escola Sesc Macaíba. “Ele até pensou que era trote quando ligaram falando da aprovação!”, complementou a mãe, Regina de Macedo. Com Renan, sobe para 40 o número de alunos que ingressaram na ESEM desde 2010. Anualmente, a escola disponibiliza 159 vagas para todo o país. Os estudantes selecionados têm direito a bolsas integrais, que incluem moradia, alimentação, mate-

rial didático, atividades extracurriculares, entre outros. SOBRE A ESEM A Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), projeto pioneiro na área de Educação, localiza-se na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. É uma escola referência no Brasil, no formato residência e inteiramente gratuita, que atende a alunos de todo o país. Inaugurada em 19 de fevereiro de 2008, com 176 alunos, hoje a unidade opera com capacidade plena: são 500 estudantes nas três séries do Ensino Médio, que moram nas vilas residenciais, junto com professores e gestores. SOBRE A ESCOLA SESC As turmas têm no máximo 15 alunos com idades entre 13 e 18 anos que recebem todo o suporte acadêmico, com sólida formação em inglês, espanhol e tecnologia, atividades artísticas, culturais e esportivas, além de intercâmbio com escolas norte-americanas. O projeto pedagógico da Escola se baseia na formação

13


O REGIME DE HORÁRIO INTEGRAL POSSIBILITA A OFERTA DE ATIVIDADES EDUCATIVAS EM SALAS DE AULA E EXTRACLASSE

14

da cidadania e na articulação da área acadêmica e da educação profissional. O regime de horário integral possibilita a oferta de atividades educativas em salas de aula e extraclasse em diversos espaços externos e internos da Escola, tais como: centro de liderança, teatro, laboratórios, oficinas, salas de artes, música e dança, biblioteca e complexo esportivo. Sua arquitetura horizontal, assinada pelo arquiteto Índio da Costa, busca facilitar a integração da comunidade escolar e a multidisciplinaridade. Especial atenção foi dedicada ao meio ambiente e ecologia, com a instalação de calhas

para o aproveitamento das águas pluviais; os pisos dos corredores são feitos com plástico reciclado; os telhados das instalações receberam uma vegetação rasteira para amenizar a temperatura em seu interior; a coleta de lixo é seletiva e o esgoto sanitário totalmente tratado. O complexo arquitetônico tem 59 mil metros de área construída. SOBRE O PROCESSO SELETIVO Para participar da seleção, é preciso ter finalizado

o ensino fundamental – ou estar cursando o 9º ano – e ter entre 13 e 15 anos de idade. O processo de admissão é formado por quatro etapas. A primeira consiste em uma prova objetiva, com 30 questões de múltipla escolha, envolvendo conhecimentos de português, matemática, ciências da natureza e ciências humanas, além da prova de redação. No segundo momento serão analisados os critérios preferenciais definidos no artigo 3º do edital, o próximo passo será a correção da redação, e em seguida acontece a entrevista com os candidatos que estiverem entre os primeiros colocados, na relação de 3 candidatos por vagas


“Estava com expectativa muito alta até a terceira fase. Mas, quando chegou a entrevista, desanimei total. Mainha me encontrou chorando no chão da cozinha. Eu estava bem triste já. Foi uma surpresa pra mim. Desde que conheci e soube mais sobre a ESEM, ela se tornou um sonho”.

“Sempre estudei em escola pública. Quando a escola entrava em greve, geralmente meus colegas comemoravam, mas eu ficava em casa procurando estudar pra recuperar o tempo perdido. Me sinto realizado. Consegui uma vitória muito grande. Mas sei que é só um passo, porque tenho muito caminho ainda pela frente. E eu vou abraçar todas as oportunidades”.

“Fiquei triste quando soube que não fui aprovado, porque tinha quase certeza de que seria. Mas deu tudo certo. Meu pai ligou pra mim dizendo. Achei estranho. Ele foi no Sesc Macaíba pra ter certeza. Quero estudar lá porque é um novo mundo, nova experiência, nova vida. Agradeço pela oportunidade”.

“Vim fazer [a prova] no último dia e só sabia que era no Rio de Janeiro. Não sabia mais nada. Com o passar do tempo, fui pesquisar mais sobre a escola e vi que era maravilhosa. Tô muito feliz, porque sei que vai ser uma nova jornada. Vou aprender a ser mais autônomo, não depender tanto dos meus pais. A ESEM abriu as portas para eu voar pra longe dos meus pais e ter um futuro brilhante, porque sei que lá meu futuro está garantido. Quero cursar arquitetura na UFRJ”.

“A sensação que predominou foi orgulho de ter conseguido passar. Depois veio a ansiedade, a curiosidade, queria logo chegar na escola. Ter a certeza da concretização do sonho. Viajar é agregar: cultura, conhecimento, pessoas. Quero aprender o quanto eu puder pra trazer pra cá e colocar em prática tudo o que aprendi fora”.

ANA SANTANA DOS SANTOS

ANDRÉ BRENO MARTINS

CARLOS RENAN DE MACEDO

JHONATHAN DE LUCENA

15

MIKAELLY DANTAS


SEMINÁRIO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

“PAÍS VAI CRESCER 3% E GERAR 2,5 MILHÕES DE EMPREGOS FORMAIS ESTE ANO”, AFIRMA MEIRELLES NO MOTORES DO DESENVOLVIMENTO 16

MINISTRO DA FAZENDA, FOI, JUNTO COM O EMPRESÁRIO FLÁVIO ROCHA, UM DOS PALESTRANTES DA 34ª EDIÇÃO DO PROJETO, QUE TEVE REALIZAÇÃO DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN


17


O

ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o empresário e diretor do Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV), Flávio Rocha, foram os convidados da primeira edição de 2018 do Seminário Motores do Desenvolvimento, que aconteceu no início de março, e foi realizado pelo Sistema Fecomércio RN, em parceria com o jornal Tribuna do Norte, o Sistema Fiern, a UFRN, o Ministério Público do RN e a RG Salamanca. Com o tema “Caminhos para um Novo Brasil”, o evento levou cerca de mil pessoas ao Hotel Holiday Inn Natal, entre autoridades, em-

presários e público em geral. Na abertura do Motores, o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, destacou a importância de debater temas que irão definir o futuro do Brasil, e de que forma a sociedade pode atuar para reverter a situação em que o país se encontra hoje. “O Estado brasileiro, em todos os seus níveis, enfrenta gravíssimos problemas financeiros. Um desequilíbrio profundo, fruto de um sistema perdulário, inchado, ineficiente e ineficaz, com o qual a sociedade brasileira já não suporta mais arcar. Todos nós queremos

ESTA FOI A PRIMEIRA EDIÇÃO DE 2018 DO MOTORES DO DESENVOLVIMENTO, REALIZADA PELO SISTEMA FECOMÉRCIO RN, EM PARCERIA COM A TRIBUNA DO NORTE, SISTEMA FIERN, UFRN, MINISTÉRIO PÚBLICO DO RN E RG SALAMANCA

um novo Brasil. Um Brasil que seja capaz de nos garantir o retorno digno do que lhe entregamos com o suor dos nossos rostos”, afirmou. O empresário e presidente do IDV, Flávio Rocha, que falou sobre “Cenários possíveis na política e nos negócios” citou que o Brasil está na 153ª posição no índice de liberdade econômica, e atribuiu este fato ao tamanho do Estado e ao volume dos seus gastos. Como consequência, o país perdeu a condição de competir, e se tornou um ambiente hostil ao desenvolvimento. Para ele, é preciso construir um país de economia livre.

18

EM SEU DISCURSO, O PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ DESTACOU QUE É NECESSÁRIO DEVOLVER O BRASIL AOS BRASILEIROS


19

O EMPRESÁRIO FLÁVIO ROCHA FALOU SOBRE “CENÁRIOS POSSÍVEIS NA POLÍTICA E NOS NEGÓCIOS”

A PALESTRA DO MINISTRO DA FAZENDA HENRIQUE MEIRELLES TEVE COMO TEMA “CRISE E RECUPERAÇÃO, CONSTRUINDO UM NOVO BRASIL”


“Por isso o movimento Brasil 200 existe. Para colocar em pauta essas ideias e alertar à imensa maioria da população que o conflito hoje não é pobre contra rico, capital contra trabalho. O conflito é entre quem puxa a carruagem, ou seja, quem produz, contra aqueles que estão aboletados em cima da carruagem estatal, dessa imensa farra de gastos públicos. Então se nós somos 98%, por que é que nós vamos nos subjugar a essa pequena maioria que há muito tempo não está mais preocupada em servir à população? Eles estão servindo aos seus privilégios”, declarou.

Encerrando o Motores do Desenvolvimento, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles, falou sobre “Crise e recuperação, construindo um novo Brasil”. “O Brasil está crescendo. Saímos da maior recessão da nossa história. Tivemos uma queda da produção nacional, um aumento muito grande no desemprego. Agora, com a diminuição dos gastos públicos, o país já voltou a crescer. Saímos de um PIB negativo em 3,5% em 2016 para fechar 2017 com crescimento de 1%. Isso já é muito significativo. Além disso, projetamos alta de 3% para este ano, com a criação de 2,5 milhões de novos em-

“NÃO ESTAMOS AQUI PARA APONTAR CULPADOS E NEM PARA PERSONALIZAR NENHUM DEBATE” MARCELO QUEIROZ PRESIDENTE

pregos”, afirmou. Entre os fatores que possibilitaram a volta do crescimento, Meirelles citou também a aprovação da reforma trabalhista, o controle da inflação e a queda nas taxas de juros. “Não estamos aqui para apontar culpados e nem para personalizar nenhum debate. Nem muito menos para olhar para trás. Queremos olhar para frente. Mas, da mesma forma que abrimos mão de apontar erros já cometidos, precisamos cobrar que nada possa ser considerado imutável, intocável, indiscutível. Precisamos devolver o Brasil aos brasileiros”, finalizou Marcelo Queiroz.

20

REITORA DA UFRN, ÂNGELA PAIVA; EX-SENADOR FERNANDO BEZERRA; SENADOR JOSÉ AGRIPINO; PRESIDENTE DO SISTEMA FECOMÉRCIO RN, MARCELO QUEIROZ; MINISTRO HENRIQUE MEIRELLES; PREFEITO DE NATAL, CARLOS EDUARDO ALVES; SENADOR GARIBALDI ALVES FILHO; DIRETOR DA TRIBUNA DO NORTE, RICARDO ALVES; VICE-GOVERNADOR FÁBIO DANTAS; E O DIRETOR - PRESIDENTE DA COSERN, LUIZ ANTÔNIO CIARLINI


Qualidade no serviço e segurança para o consumidor O Senac capacita empresas do setor de alimentos e bebidas na implantação das boas práticas com a metodologia do Programa de Alimentos Seguros (PAS). Além disso, traz técnicas de trabalho que elevam o nível dos serviços oferecidos, através de consultorias e cursos personalizados.

Procure o Senac e aumente a competitividade do seu negócio Cozinhas Industriais, Escolares e Hospitalares | Supermercados e Hipermercados Açougues | Restaurantes | Bares e Lanchonetes | Buffets | Hotéis | Pousadas Food Trucks | Centros de Distribuição de Alimentos


AMPLIAÇÃO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

22

CINEMA QUE ENTRETÉM

E TRANSFORMA

SESC INVESTE NO CINE SESC, PROJETO DE EXIBIÇÃO SISTEMÁTICA DE FILMES, AMPLIANDO NÚMERO DE SESSÕES E DE UNIDADES QUE AS EXIBEM


O

cinema é formador e transformador. Incita novos olhares, amplia a visão de mundo, educa, entretém. Por isso, o Sesc RN tem investido cada vez mais no projeto que é seu carro chefe na área audiovisual: o Cine Sesc. A instituição ampliou o número de sessões e a quantidade de unidades que o realizam. As unidades Sesc Cidade Alta e Sesc Zona Norte - em Natal, Sesc Caicó, Sesc Mossoró, Sesc Ler Nova Cruz e Sesc Ler São Paulo do Potengi exibem mensalmente filmes que não costumam entrar nos circuitos comerciais de cinema. São produções de diversos gêneros, classificações e origens, a fim de disponibilizar um leque variado ao público que frequenta as unidades. Além das sessões gratuitas e sistemáticas, o Sesc também realiza edições especiais em suas programações cinematográficas e fomenta o talento potiguar. Em fevereiro, por exemplo,

aconteceu a 1º Mostra Sesc de Cinema, que exibiu gratuitamente, em seis unidades da instituição, os 34 curtas e longas metragens vencedores do concurso, oriundos das cinco regiões do país. Entre eles, estiveram os dois curtas potiguares selecionados na Mostra Sesc de Cinema Potiguar (etapa estadual) para circular pela etapa nacional do projeto: “O menino do dente de ouro”, de Rodrigo Sena, e “Ainda não lhe fiz uma canção de amor”, de Henrique Arruda. “Posso dizer que isso foi transformador para a experiência do filme. É um carimbo muito importante chegar em outras mostras e dizer que o filme foi selecionado pelo Sesc”, ressaltou o diretor Henrique Arruda. A Mostra Sesc de Cinema pretende difundir a produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição, sendo um espaço de lançamento e promoção de artistas de todo o país. Somada à

DANILO GUANABARA RECEBE DO TÉCNICO DE AUDIOVISUAL DO SESC, AUGUSTO ARAÚJO, O CERTIFICADO DE SELEÇÃO DO SEU CURTA “O MENINO DO DENTE DE OURO”, PARA A ETAPA NACIONAL DA MOSTRA SESC DE CINEMA POTIGUAR

NA PRIMEIRA EDIÇÃO DO PROJETO, ENTRE 2016 E 2017, 1.250 FILMES FORAM INSCRITOS

premiação com um contrato de licenciamento, a Mostra certifica os destaques de melhor roteiro, filme, direção de fotografia, desenho de som, direção de arte, direção de elenco e montagem. Na primeira edição do projeto, entre 2016 e 2017, 1.250 filmes foram inscritos. Destes, 957 foram habilitados a participar do concurso, sendo 640 oriundos das capitais e 317 das cidades do interior dos 27 estados brasileiros. 121 filmes foram premiados nas mostras estaduais, com licenciamento para exibição no âmbito de seus estados de origem e indicados para concorrer à vaga na mostra nacional. O resultado da 2ª Mostra Sesc de Cinema (2017/2018) será divulgado no segundo semestre de 2018. Falando em Mostra Sesc de Cinema, a programação do Cine Sesc em maio exibiu as 18 produções papa-jerimuns inscritas na 2ª edição do projeto nacional. Ainda em maio, a edição especial do projeto será com clássicos do Sci Fi das últimas quatro décadas, um tributo aos filmes B deste gênero de ficção científica. Em junho, a temática será o cinema brasileiro, tendo como gancho a homenagem ao diretor Eduardo Coutinho. A programação trimestral do Cine Sesc está disponível no site www. sescrn.com.br.

23


SAÚDE VISUAL

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

SISTEMA FECOMÉRCIO FAZ ENTREGA DE PARES DE ÓCULOS DO VER PARA APRENDER DESDE 2005 SENDO EXECUTADO PELO SESC RN, PROJETO JÁ BENEFICIOU MAIS DE 4 MIL PESSOAS EM 10 CIDADES

“E 24

u já uso óculos de grau e eles estavam vencidos há muito tempo. Só andava me segurando nas coisas, não fazia mais meu ponto de cruz porque não estava mais enxergando direito. Não troquei antes não tinha condições de pagar a consulta e de comprar óculos novos. Mas agora vai ficar bom porque vou voltar a fazer todas as minhas atividades de antes”, comemorou a aposentada Maria da Conceição da Costa, 77 anos. Ela é uma das 90 integrantes da Legião da Boa Vontade Natal contempladas com a doação de um par de óculos de grau por meio do Ver para Aprender, projeto do Sistema Fecomércio, executado pelo Sesc. O Ver para Aprender desenvolve ações preventivas na área de saúde visual, e atende alunos dos projetos educacionais do Sesc, de escolas municipais, de grupos de idosos e de outras instituições. Realiza consultas e exames oftalmológicos de forma gratuita, com o objetivo de detectar doenças visuais que

atrapalhem o aprendizado e também para reduzir os casos de cegueira em pessoas com mais de 60 anos. E quando necessário, confecciona óculos de grau. A solenidade de entrega dos pares de óculos dos beneficiados de Natal aconteceu em fevereiro, no auditório do Sesc Cidade Alta, e contou com a presença do presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz. “Estamos aqui, mais uma vez, cumprindo nosso papel de cuidar das pessoas, de garantir-lhes oportunidades de serem atores e atrizes do seu próprio crescimento pessoal. O Ver para Aprender é um dos nossos projetos que melhor sintetiza esse espírito, pois com ele nós ampliamos, literalmente, a visão e os horizontes dessas pessoas. Mas é claro que ninguém faz nada sozinho. Hoje temos a grata satisfação de contar com a importante parceria com a rede de Óticas Diniz, responsável por doar os pares de óculos entregues”, afirmou Queiroz.

A SOLENIDADE CONTOU AINDA COM A APRESENTAÇÃO DE 20 IDOSOS DO GRUPO DE DANÇA VIDA PLENA

“É uma honra estar aqui mais uma vez, com o nome das Óticas Diniz ao lado de instituições como o Sistema Fecomércio, o Sesc e a LBV, de tanta credibilidade no país todo. Significa que confiam no nosso trabalho. É realmente muito gratificante contribuir com a saúde ocular das pessoas”, explicou a proprietária das Óticas Diniz, Flávia Diniz. Há 13 anos atuando no Rio Grande do Norte, o Ver para Aprender já beneficiou mais de quatro mil pessoas em 10 municípios potiguares. Em 2017 foram realizadas 538 consultas oftalmológicas, em Natal, São Paulo do Potengi, Mossoró, Nova Cruz e Caicó, com a doação de 445 pares de óculos, em um investimento de mais de R$ 46 mil. Para a gerente administrativa da LBV Natal, Oderlania Leite Galdino, “se não fosse o Sesc colaborando sempre com os nossos projetos, realizar as ações da LBV seria muito difícil. Estavam todos muito ansiosos por este momento. Muitos aqui


25

estavam sem condições de enxergar porque não tinham como pagar uma consulta ou comprar óculos”, afirmou. É o caso da aposentada Luzinete Balbino da Silva, 64 anos. “Estou precisando trocar meus óculos há três anos. Sinto dor nos olhos, dor de cabeça, não enxergo de longe. E agora, vai voltar tudo ao normal. Vou ter minha saúde de volta”. A solenidade contou ainda com a apresentação de 20 idosos do Grupo de Dança Vida Plena, e com as presenças do diretor Regional do Sesc, Nivaldo Pereira; do diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio; da diretora de Programa Sociais do Sesc, Ilsa Galvão; e da diretora Administrativo-financeira do Sesc, Elza Isac.

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ FAZ A ENTREGA DOS PARES DE ÓCULOS À APOSENTADA MARIA DA CONCEIÇÃO DA COSTA


ASSISTÊNCIA

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

MESA BRASIL INCENTIVA AGRICULTURA FAMILIAR NA REGIÃO DO SERIDÓ EM CAICÓ, O PROGRAMA FIRMOU PARCERIA COM COOPERATIVAS DE AGRICULTORES FAMILIARES LIDERADAS POR MULHERES

D 26

oar alimentos de onde sobra para onde falta. Desde 2003, essa tem sido a missão do Mesa Brasil Sesc, um programa que é fruto da experiência do Sesc nas ações contra a fome e a subnutrição no país. Atualmente são mais de três mil empresas parceiras doadoras e mais de cinco mil entidades assistidas permanentemente em todo o país. Além do trabalho diário de coleta e entrega de alimentos, o Mesa Brasil também atua com ações educativas voltadas a reduzir o desperdício e contribuir para a segurança alimentar e nutricional dos indivíduos. Uma das novidades desta atuação, é o incentivo à agricultura familiar, e mais, à autonomia da mulher do campo na região do Seridó. Desde 2016, esses laços vêm se fortalecendo com associações e cooperativas baseadas na agricultura familiar. A Cooperativa dos Agricultores Familiares de São João do Sabugi (COAFS) e a Associação Comunitária dos Sítios Furna da Onça

II, composta por agricultores dos municípios de Pedra D´Água, Boa Vista, Logradouro dos Angicos e Riacho dos Grossos, foram as entidades às quais o programa do Sesc se uniu há dois anos. Ambas têm mulheres à frente, tanto da produção quanto da coordenação, o que contribui para uma maior autonomia e participação social da mulher do campo. “O Mesa Brasil já presta um serviço imensurável à sociedade quando leva alimentos a quem precisa e capacita as pessoas das comunidades beneficiadas sobre conservação e aproveitamento de alimentos. Somar mais impactos sociais positivos a esta gama de ações, no caso o fomento à agricultura familiar e ao protagonismo da mulher do campo, nos enche de orgulho e felicidade”, comemora o diretor Regional do Sesc, Nivaldo Pereira. As doações das cooperativas ao Mesa Brasil são intermediadas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal, que utiliza mecanismos

16.113.566 KG DE ALIMENTOS DOADOS (2003 A 2017) PELO PROJETO

de comercialização para facilitar a aquisição direta de produtos de agricultores familiares. Parte destes alimentos é destinada a populações em situação de vulnerabilidade social, como é o caso dos integrantes de instituições sociais cadastradas no Mesa Brasil. Em 2017, graças à parceria com estas entidades, foram distribuídas quase 27 toneladas de alimentos a 19 entidades sociais localizadas em Caicó, São João do Sabugi e Currais Novos. Entre as doações, estiveram não só alimentos naturais, como coentro, alface, pimentão, couve e abobrinha, mas também produtos beneficiados cujos ingredientes advieram da agricultura familiar, como bolachas e bolos. Os itens alimentícios também foram elaborados com o auxílio do Mesa Brasil, que capacitou as agricultoras quanto a práticas de higienização e manipulação de alimentos. “Escolhemos o Sesc pela questão de organização, da responsabilidade. Eles


também nos oferecem cursos de capacitação de boas práticas e facilitam a entrega, porque vêm pegar aqui na cooperativa”, ressaltou a coordenadora do núcleo de mulheres da COAFS, Anna Aline Morais. PARCERIA RENOVADA A parceria entre o Mesa Brasil e as cooperativas do Seridó não só continuará em 2018, como será ampliada. Às duas alianças, serão somadas mais duas: uma com o Desenvolvimento Comu-

nitário de Santa Tereza e Adjacências e outra com a Associação dos Produtores Rurais de Cruzeta Velha, por meio das quais o programa receberá 112 mil litros de iogurte. A união só foi possível graças à intermediação da Emater de Currais Novos. A previsão é de que, em 2018, sejam arrecadadas e distribuídas 15 toneladas de alimentos. A união possibilitará o beneficiamento de instituições sociais nos municípios de Santana do Matos, Ju-

203 EMPRESAS DOADORAS E 271 INSTITUIÇÕES SOCIAIS

curutu, Caicó, São José do Seridó, Cruzeta, São João do Sabugi e Currais Novos. “É uma parceria muito positiva. As instituições que recebem elogiam as produtoras, porque o Sesc divulga de onde vêm os alimentos. Promove a autonomia tanto das famílias rurais quanto das famílias contempladas com as doações. A parceria é não só financeira, mas social também. Não pretendemos escolher outra instituição”, elogiou Anna Aline Morais

27


RECONHECIMENTO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

28

MARCELO QUEIROZ ENTREGA COMENDA DO MÉRITO SOCIAL A EMPRESAS DOADORAS DO MESA BRASIL SESC EM NATAL PROGRAMA DISTRIBUIU MAIS DE 1,6 MILHÃO DE QUILOS DE ALIMENTOS EM TODO O ESTADO NO ANO PASSADO, BENEFICIANDO 117 INSTITUIÇÕES


O

Mesa Brasil, programa do Sistema Fecomércio RN, executado por meio do Sesc, faz parte de uma rede nacional de solidariedade, e que atua no estado desde 2003. Para que o alimento excedente ou sem valor comercial chegue à mesa daqueles que precisam, o Mesa Brasil conta com o apoio de empresas parceiras que fazem a doação destes produtos. Só em 2017 foram 203 empresas doadoras e mais de 1 milhão e seiscentos mil quilos de alimentos arrecadados e distribuídos a 117 instituições sociais beneficiadas. Foram mais de 46 mil pessoas atendidas por mês, além de 162 visitas técnicas realizadas, e que resultaram na capacitação de mais de 3.600 multiplicadores. Os números foram apresentados durante a entrega dos certificados de Mérito Social, concedido às empresas parceiras, que aconteceu

no final de abril, no auditório do Sesc Cidade Alta. “Cada um de vocês é fundamental na construção deste resultado. Por isso, além de lhes agradecer por mais um ano de parceria, quero conclamá-los a reiterar nossos compromissos em 2018. E que cada um possa ser multiplicador dessa ideia, atraindo mais e mais doadores. Pois somente desta maneira conseguiremos amplificar bastante o alcance deste belo projeto. Uma ação que, ao ajudar a aplacar a fome dos que precisam, pinta com cores mais vivas o presente e o futuro do nosso estado”, disse o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz. A representante da Camanor Produtos Marinhos, Ingrid Medeiros, destacou que a sustentabilidade sempre foi uma preocupação da instituição. E o não desperdício faz parte desta política, por isso eles são doadores do Mesa Brasil há cerca de

EMPRESAS DOADORAS FORAM HOMENAGEADAS PELO SISTEMA FECOMÉRCIO RN

10 anos. Já Francisco das Chagas, diretor-presidente do Suvag RN, instituição filantrópica que há 36 anos trabalha na promoção da saúde auditiva, agradeceu os alimentos recebidos pelo Programa, e que são fundamentais no atendimento dos seus 175 pacientes. A solenidade contou ainda com uma apresentação do Grupo Araruna do Centro de Educação Dom Bosco, uma das instituições beneficiadas pelo Mesa Brasil, e com a presença do vice-presidente da Fecomércio e presidente da Federação das Associações Comerciais do RN, Itamar Manso Maciel; do diretor Regional do Sesc, Nivaldo Pereira; do diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio; da diretora de Programas Sociais do Sesc, Ilsa Galvão; da diretora Administrativo-financeira do Sesc, Elza Isac; e de representantes das instituições sociais beneficiadas.

29


PESQUISAS

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

CARNAVAL MULTICULTURAL DE NATAL MOVIMENTA MAIS DE R$ 61 MILHÕES E TEM APROVAÇÃO RECORDE, APONTA PESQUISA 30

IPDC AFERIU QUE O VOLUME DE DINHEIRO MOVIMENTADO FOI 52,23% MAIOR DO QUE NO ANO PASSADO


U

m público de mais de 573 mil pessoas – informado pela Prefeitura de Natal, e 26,7% maior do que o de 2017 – circulou em Natal durante a edição 2018 do Carnaval Multicultural da capital potiguar. Os foliões fizeram circular na economia potiguar mais de R$ 61,4 milhões, um volume 52,23% maior do que o que havia sido registrado no ano passado. Os dados foram divulgados em março, pelo presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, e pelo prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, em uma entrevista coletiva, realizada na sede da Federação, e que contou com a presença de secretários municipais, diretores do Sistema Fecomércio RN e imprensa. As informações que constam na pesquisa traçou o perfil dos foliões e comerciantes do Carnaval Multicultural de Natal 2018, e na realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Fecomércio RN (IPDC/ Fecomércio RN), entre 8 e 14 de fevereiro em todos os seis polos onde houve programação. Ao todo, foram realizadas 702 entrevistas com foliões e outras 301 com comerciantes formais e informais. “O Carnaval é um evento de enorme impor-

tância para a economia e para os segmentos de Comércio, Serviços e Turismo. Por isso a Fecomércio tem procurado ser parceira de todas as maneiras possíveis do evento. E os números da pesquisa ratificam o quão acertada é esta nossa postura”, declarou o presidente Marcelo Queiroz. O levantamento revelou ainda que este ano o número de homens e mulheres que frequentaram a festa foi praticamente o mesmo: 50,4% e 49,6%, respectivamente. Em 2017 a diferença era um pouco maior, e os homens eram 58,2% e as mulheres 41,8%. A maioria (55%) das pessoas está na faixa etária entre 25 e 44 anos; possui curso superior ou mais (59,3%); renda familiar de até R$ 7 mil (73,5%); e brincaram com a família (45,4%). Com relação à origem, 78,3% eram nativos e 21,7% turistas. Dos potiguares, 71,2% eram de Natal; 2,8% de Parnamirim; e 4,3% de outras cidades. Dos turistas, 99,1% eram brasileiros e só 0,9% eram estrangeiros. Pernambuco (4,4%) ainda é o estado que mais envia turistas para participar do Carnaval de Natal; seguido de São Paulo (3,1%); e

PERFIL DOS COMERCIANTES

(37,1%) ou empresários (37,4%); possuíam um negócio informal (48,8%); no segmento de bares e restaurantes (37,2%). Dos comerciantes entrevistados pelo IPDC, 77,4% consideraram que o impacto do carnaval sobre o seu negócio foi

A maior parte eram homens (59,1%); com idade entre 25 e 59 anos (81,1%); com ensino médio completo (50,5%); autônomos

O ITEM MAIS BEM AVALIADO PELOS TURISTAS FOI A HOSPITALIDADE DOS NATALENSES, COM NOTA DE 8,92

positivo; e 77,1% já atuaram em anos anteriores. Em média, cada negócio empregou quatro pessoas; e necessitou de um investimento médio de R$ 2,9 mil, em estoque (70,8%) e variedade de produtos (32,9%). Com relação às vendas, 26,9% consideram que foi acima

Rio de Janeiro (2,4%). 65,4% das pessoas já tinham ido à festa, e pretendiam frequentar durante 4 dias. As atrações musicais (32,2%); a alegria/ animação/folia (18,1%); e as festas gratuitas (16,7%); foram alguns dos atrativos para a festa. O item mais bem avaliado pelos turistas foi a hospitalidade dos natalenses, com nota de 8,92. A exemplo da pesquisa de 2017, com nota de 7,45, a segurança foi o item pior avaliado, e este ano obteve uma nota ainda menor: 7,19. Mas a nota geral do evento foi de 8,65 (contra 8,63 de 2017), e 95,6% dos foliões recomendariam o Carnaval de Natal a outras pessoas (contra 95,3% em 2017). “Mais uma vez a pesquisa mostra o acerto da Prefeitura de Natal em realizar o Carnaval em Natal quando, lá em 2014, resolveu ser audaciosa, ousada e resolveu, apostar na festa. São quase 600 mil pessoas que brincam na paz, na alegria e no trabalho. Isso é muito importante para a gente, porque estamos fazendo tudo isso na crise”, comemorou o prefeito Carlos Eduardo.

do esperado. O faturamento médio diário de cada negócio foi de quase R$ 1.500; e a média de gastos de cada cliente ficou em R$ 46,11. Confira as íntegras das pesquisas no site da Fecomércio RN, no endereço www.fecomerciorn. com.br/pesquisas.

31


DIFERENCIAL

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

32

SENAC DISPONIBILIZA ESTRUTURA DIFERENCIADA PARA AQUELES QUE DESEJAM SE CAPACITAR


N

o almoço, jantar ou na hora do lanche. Não importa a ocasião, sempre é possível se permitir pequenos prazeres, como se deliciar com uma sobremesa. Prazeres esses que podem ser saciados em padarias e confeitarias, que cada vez mais trazem maior variedade de cardápios e ganham requinte. No Brasil, o setor da confeitaria cresce em ritmo acelerado. Nos últimos anos, o faturamento desse mercado vem surpreendendo. Le-

vantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip) e com o Instituto Tecnológico da Panificação e Confeitaria (ITPC), destaca que, desde 2007, o segmento de confeitaria vem ganhando cada vez mais espaço. O crescimento registra, em média, aumento de 3,2% e movimenta mais de R$ 50 bilhões por ano no país. Segundo a coordenado-

PORTFÓLIO DO SENAC CONTA COM CURSOS, COMO: TORTAS FINAS, DOCES PARA FESTAS, INICIAÇÃO À DECORAÇÃO DE BOLOS E TORTAS, PREPARO DE CUPCAKE E BRIGADEIRO GOURMET E TÉCNICAS DE CONFEITARIA

ra de Gastronomia do Senac RN, Waleska Araújo, nesse contexto, a arte da confeitaria vem ganhando um destaque importante. Por causa disso, as oportunidades de negócios e de emprego são cada vez maiores. “Como o cenário é promissor, a confeitaria se tornou uma ótima opção de carreira, pois o serviço tem sido procurado para festas, reuniões sociais ou empresariais, cafeterias, docerias, restaurantes, hotéis e padarias. Porém, para se tornar um confeiteiro profissional e 33


34

crescer com o mercado é preciso qualificação”, afirmou a coordenadora. Atualmente, o Senac RN disponibiliza estrutura diferenciada, com um laboratório moderno equipado para a cozinha fria e quente, e diversas opções de capacitações. “Contamos com uma equipe extremamente qualificada, que inclusive participa de

cursos fora do Brasil. Como se trata de um segmento muito dinâmico, os treinamentos para aperfeiçoamento e atualização de conhecimentos também são essenciais para quem já atua na área”, destacou Waleska. A expertise da instituição é reconhecida pelo mercado. O portfólio conta com cursos, como: Tortas Finas, Do-

SEGMENTO DE CONFEITARIA REGISTRA UM CRESCIMENTO MÉDIO DE 3,2% E MOVIMENTA MAIS DE R$ 50 BILHÕES POR ANO NO PAÍS

ces para Festas, Iniciação à Decoração de Bolos e Tortas, Preparo de Cupcake e Brigadeiro Gourmet e Técnicas de Confeitaria. Os alunos concluintes contam com um serviço gratuito de encaminhamento ao mercado de trabalho, chamado Banco de Oportunidades. São mais de mil empresas cadastradas no Rio Grande do Norte.


35

O ex-aluno do curso de Técnicas de Confeitaria, Vicente Gomes, de 22 anos, destaca a importância da capacitação para inserção no mercado. “Através do Banco de Oportunidades do Senac, eu consegui me inserir no mercado de trabalho. Sem dúvidas, o curso me deu uma grande bagagem de conhecimento que diariamente utili-

zo no meu trabalho”, contou. COMO SE INSCREVER Os cursos do Senac para este segmento são realizados em Natal, na Unidade Barreira Roxa, localizada no Centro da Cidade. Porém, as inscrições pode ser realizada em qualquer uma das unidades da entidade no estado ou através

SENAC RN OFERECE CURSOS DIVERSOS EM CONFEITARIA

do site www.rn.senac.br. Os interessados devem ser maiores de idade e possuir Ensino Fundamental Completo. Os valores dos cursos variam de acordo com a carga horária e a instituição conta com diversas opções de pagamento. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 4005-1000.


36

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

MEXA-SE!

ESPORTE


37

MAIS DE 60% DOS BRASILEIROS SÃO SEDENTÁRIOS, SEGUNDO PESQUISA DO IBGE. A REGIÃO NORDESTE É A QUE TEM MAIS SEDENTÁRIOS NO PAÍS (63,7%)


V

38

ocê já deve ter ouvido falar sobre a importância da atividade física para a saúde e os benefícios de levar uma vida ativa. Diante deste cenário, o que poderia explicar que 62,1% da população não pratica nenhum esporte ou atividade física? A porcentagem corresponde a 100,5 milhões dos 161,8 milhões dos brasileiros com idade entre 15 anos ou mais. Os dados são do estudo Pnad 2015: Prática de Esporte e Atividade Física, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado entre setembro de 2014 e setembro de 2015, com dados extraídos a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), e que questionou, entre outras coisas, quais esportes ou atividades físicas 71.142 pessoas praticaram em seu tempo livre. Entre os brasileiros que não são sedentários (37,9%), o futebol aparece como o esporte mais praticado, com 39,3% das respostas. Entre as atividades físicas, a caminhada é a mais praticada, por 49,1% das pessoas pesquisadas. As regiões com mais pessoas ativas são o Centro-Oeste e Sul com 41,1% e 40,8%, respectivamente, seguidas por Sudeste (37,5%), Norte (36,6%) e Nordeste (36,3%). Na contramão da pesquisa, a secretária Jeane da Costa, leva uma vida bastante ativa. Aos 53 anos, ela encontra tempo para fazer natação e musculação. O lugar escolhido são as uni-

dades Sesc - faz natação em Potilândia e musculação em Cidade Alta. Pensa que no final de semana é descanso? Nem sempre. Ela também é participante de algumas corridas de rua que acontecem com frequência na capital potiguar. Inclusive, desde 2012, não faltou nenhuma edição da Corrida do Comerciário, que este ano passa a integrar o Circuito Sesc de Corridas, com prova realizada no dia 1ºde maio, em Natal. “Saúde é tudo! O esporte faz parte da minha vida e me fortalece de modo geral. Sempre fiz e recomendo a todos que procurem se mexer. Tenho dois filhos que também são ativos e fazem atividade física”, comentou Jeane. Perguntada sobre como ela organiza seu tempo diante tantas atividades diárias, a secretária foi enfática ao dizer que “temos que priorizar o que é importante e encontrar espaço”. Neste contexto, ela encontrou no Sesc tudo o que precisa para cumprir essa rotina atribulada. Essa relação com o Sesc já é antiga. Desde que era criança, Jeane se dirigia ao Sesc Cidade Alta para esperar o ônibus para o Balneário de Ponta Negra. “Antes não tinha ônibus direto e vinha para o centro para pegar o transporte, e até hoje eu frequento o Sesc Ponta Negra aos domingos. É um lugar que faz parte da minha história e das minhas lembranças”. O Serviço Social do Comércio, uma instituição

“A OPORTUNIDADE QUE O SESC PROPORCIONA AOS COMERCIÁRIOS É MUITO BOA, TANTO PELA QUALIDADE, QUANTO PELO CUSTO-BENEFÍCIO”. JEANE DA COSTA, SECRETÁRIA.

que integra o Sistema Fecomércio RN, oferece serviços que zelam pela saúde dos trabalhadores do comércio de Bens, Serviços e Turismo do estado.

MODALIDADE ESPORTIVAS O Sesc RN oferece mais de 20 opções diferentes de modalidades esportivas em unidades da capital e do interior. Este ano, o leque de opções aumentou com a inclusão da dança fit, ginástica para idosos, super gym e futebol society. O aumento no número de modalidades reflete diretamente no número de vagas oferecidas, que passou de 5.786 para 7.570 vagas. As atividades físicas são oferecidas para todas as idades, desde crianças a idosos. Além das atividades sistemáticas, o Sesc também realiza eventos esportivos durante todo o ano, buscando integrar a sociedade em suas ações e ser um diferencial para a qualidade de vida dos cidadãos. Então, depois de ler esta matéria esperamos que você acesse o nosso site www.sescrn.com. br e encontre uma modalidade adequada para você. O importante é não ficar parado. Mexa-se!


BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS • Controle do peso • Controle da pressão arterial • Controle da glicose (açúcar no sangue) • Aumento da resistência contra doenças • Aumento da autoestima • Alívio do estresse • Aumento do bem-estar • Estímulo do convívio social • Fortalecimento dos ossos • Melhora da força muscular • Melhora da resistência física • Melhora da qualidade do sono • Redução do tabagismo e do alcoolismo • Redução do uso de drogas ilícitas • Melhora da capacidade respiratória Fonte: Sociedade Brasileira de Hipertensão

A SECRETÁRIA JEANE DA COSTA, LEVA UMA VIDA BASTANTE ATIVA

39


VERENA

40

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

SENAC PROMOVE NOVOS TREINAMENTOS EM PARCERIA COM A ALEMANHA

OBJETIVO É FORTALECER A ATIVIDADE TURÍSTICA CONTRIBUINDO COM O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DO RN

E

coturismo, Elaboração de Projetos, Moderação de Reuniões e Planejamento Participativo. Esses foram os temas dos treinamentos realizados para gestores do segmento turístico do Rio Grande do Norte pelo Sistema Fecomércio, por meio do Senac, dentro da parce-

ria mantida com o estado alemão da Renânia Palatinado, neste caso específico com a Câmara do Comércio da cidade de Trier (EIC Trier). No início de março, o representante do EIC Trier, Andreas Dohle, ministrou curso de 40h para representantes da Secretaria de Estado

OS TREINAMENTOS FORAM REALIZADOS PARA GESTORES DO SEGMENTO TURÍSTICO

do Turismo (Setur), secretarias municipais de Turismo de Natal e São Miguel do Gostoso, bem como colaboradores do Sistema Fecomércio RN. Consultor e treinador com mais de 15 anos de experiência na área, ele já ministrou capacitações em mais de 20 países.


41

À DIREITA, O CONSULTOR ALEMÃO HANS-PETER

Segundo Andreas Dohle, o foco foi aperfeiçoar conhecimento de pessoas que atuam com elaboração de projetos e moderação de planejamentos participativos e de reuniões, utilizando metodologias desenvolvidas na Alemanha e que são reconhecidas internacionalmente, como o método Metaplan.

De acordo com a secretária de Turismo de São Miguel do Gostoso, Janielle Linhares da Silva, a capacitação trará resultados práticos. “Os assuntos foram extremamente pertinentes, abordando ferramentas relevantes que poderão nos auxiliar na resolução de problemas que estão presentes

FORAM UTILIZANDAS METODOLOGIAS DESENVOLVIDAS NA ALEMANHA E QUE SÃO RECONHECIDAS INTERNACIONALMENTE, COMO O MÉTODO METAPLAN

na nossa rotina”, disse. O diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio, destacou que o Sistema Fecomércio RN tem buscado dar abrangência cada vez maior às iniciativas desenvolvidas por meio da parceria, beneficiando municípios e entidades ligadas ao turismo no estado.


42

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO FOI UM DOS PONTOS VISITADAS PELO CONSULTOR

ECOTURISMO COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS O potencial turístico de parques, dunas, lagoas, trilhas, paredões e tantas outras atrações naturais existentes no Rio Grande do Norte foram o foco do treinamento ministrado pelo especialista alemão Hans-Peter Sattler, no início de abril. Na ocasião, ele apresentou cases internacionais no segmento,

bem como detalhou estratégias para estruturar e desenvolver destinos turísticos naturais no estado. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, destacou que esta capacitação teve um caráter de consultoria. “Durante uma semana, o Hans-Peter visitou os municípios de Natal, Tibau do Sul, São Miguel do Gostoso e Serra de São Bento, cidades com as quais o Senac RN já vem desenvolvendo um

O POTENCIAL TURÍSTICO DE PARQUES, DUNAS, LAGOAS, TRILHAS, PAREDÕES E TANTAS OUTRAS ATRAÇÕES NATURAIS EXISTENTES NO RIO GRANDE DO NORTE FORAM O FOCO

trabalho para o fortalecimento do turismo e que foram escolhidas por estarem entre os principais polos turístico do nosso estado. As realidades que ele encontrou serviram de base para a finalização do conteúdo do curso. O objetivo é atuar de forma prática, de modo que cada localidade possa montar seu plano de ação para otimizar projetos e recursos, gerando resultados mais efetivos”, afirmou Queiroz. Participaram do


SISTEMA FECOMÉRCIO RN REALIZA REUNIÃO SOBRE PARCERIA COM ALEMANHA O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, se reuniu no início de fevereiro, na sede da Federação, com o Cônsul Honorário da Alemanha no RN, Axel Geppert, com o consultor Andreas Döhle, além de representantes do setor empresarial da área de turismo do Governo do Estado e de municípios turísticos potiguares, para apresentar os resultados da parceria entre o Rio Grande do Norte, por meio do Senac, e a Alemanha. Os participantes da reunião fizeram parte da missão ao país europeu, realizada pelo Sistema Fecomércio, em junho do ano passado. “Temos muitos avanços efetivos como legado daquela viagem. Destaque para a ampliação do portfólio de cursos do Senac nesta área e para análises técnicas mais profundas para a profissionalização cada vez maior dos nossos principais destinos turísticos, aqui representados por Natal, Pipa, São Miguel do Gostoso e Serra de São Bento”, afirmou Queiroz. A parceria entre os dois países tem o objetivo de troca de experiências e capacitação profissional, principalmente na área do Turismo, e desde 2009 envolvem o Sistema Fecomércio e a Alemanha. Durante a reunião também foram apresentados os resultados da parceria até o ano de 2017, como também as ações previstas para 2018. Também participaram do encontro o coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio RN, George Gosson; o diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio; o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem do RN, Abdon Gosson; o vicepresidente do Natal Convention Bureau, George Costa; e os secretários de Turismo de Natal, Christiane Alecrim; de São Miguel do Gostoso, Janielle Linhares; de Tibau do Sul, Elizabeth Bawschwitz; e de Serra de São Bento, Diel Figueiredo.

treinamento representantes dos municípios contemplados, bem como do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Secretaria do Estado do Turismo do RN, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e técnicos do Senac. Formado em Hotelaria e Gastronomia com mestrado em Business Coaching & Change Management, o professor Hans-Peter Sattler tem experiência na realiza-

ção de treinamentos sobre o desenvolvimento de destinos turísticos em países da Europa, África e América do Sul. O Cônsul Honorário da Alemanha no Rio Grande do Norte, Axel Geppert, reforçou que os resultados da parceria são extremamente promissores. “O foco é promover o intercâmbio de conhecimento e tecnologias, com o objetivo de fortalecer a atividade turística e contribuir com o desenvolvimento econô-

43

DESDE 2009, O SISTEMA FECOMÉRCIO RN DESENVOLVE PARCERIA COM O ESTADO ALEMÃO DA RENÂNIA PALATINADO

mico do RN”, afirmou. PROJETO VERENA Desde 2009, o Sistema Fecomércio RN desenvolve parceria com o estado alemão da Renânia Palatinado. Nos últimos dois anos, foi formado um projeto intitulado “Verena”, por meio do qual se tem executado uma constante agenda de trabalho, sob coordenação do Senac RN e participação de diversas entidades ligadas ao turismo e prefeituras locais.


44

FECOMÉRCIO RECEBE TÉCNICA ALEMÃ QUE IRÁ AJUDAR A MELHORAR SISTEMA DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS DO RN O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, recebeu no mês de abril, na sede da entidade, a vice-diretora de Marketing da Agência de Fomento de Turismo do estado alemão da Renânia-Palatinado, Anja Wendling. A visita faz parte da parceria entre o Sistema Fecomércio e a Renânia que vem sendo desenvolvida desde 2009. Anja Wendling veio tratar especificamente do

Sistema de Informações Turísticas, detalhando o modelo aplicado naquela região da Alemanha e que é tido como um dos mais eficientes e eficazes do mundo. O modelo foi apresentado pela primeira vez ao grupo de empresários do turismo potiguar que, sob a liderança do presidente Marcelo Queiroz, esteve em junho do ano passado na Renânia. Naquela oportunidade, o grupo visitou a região do Rio Mosel (que inclui o trecho entre as cidades de Trier e Koblenz e reúne ao todo 132 municípios nos quais a atividade turística é plenamente integrada). Juntos, eles recebem por ano cerca de

2,5 milhões de turistas, que movimentam o equivalente a R$ 4,9 bilhões (1,3 bilhão de euros). O Rio Grande do Norte recebe número semelhante de turistas e fatura, com eles, cerca de R$ 1,7 bilhão, pouco mais de um terço do que a região alemã consegue. “Notamos, quando estivemos lá em 2017, que um dos segredos deles está no tratamento dado ao banco de dados dos turistas. Eles conseguem traçar perfis muito detalhados dos seus visitantes, sejam efetivos ou potenciais, e isso facilita sobremaneira o trabalho de captá-los e fidelizá-los. Foi por isso que buscamos viabilizar este intercâm-

bio específico que agora trouxe aqui a senhora Wendling que irá nos ajudar a começar a mudar nosso sistema de informações turísticas. Neste novo modelo que pretendemos levar adiante, o nosso Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio (IPDC) terá papel fundamental”, explicou Queiroz. Participaram, ainda, do encontro com a representante da Renânia o diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio, o coordenador do eixo de Turismo e Hospitalidade do Senac RN, Marcelo Milito, e o diretor Executivo da Fecomércio, Jaime Mariz, além de técnicos do Sistema Fecomércio RN.


O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

REPRESENTAÇÃO

FECOMÉRCIO RN LANÇA “GUIA DO REPRESENTANTE” DURANTE REUNIÃO DE DIRETORIA PUBLICAÇÃO VAI ORIENTAR ATUAÇÃO DOS REPRESENTANTES DA ENTIDADE JUNTO A ÓRGÃOS E CONSELHOS ESTADUAIS, MUNICIPAIS E FEDERAIS

O

presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, conduziu em meados de abril, a reunião ordinária de Diretoria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, oportunidade em que fez o lançamento do “Guia do Representante”, cartilha que vai orientar os representantes da entidade junto a órgãos e conselhos estaduais, municipais e federais. A chefe da Assessoria de Representações da CNC, Wany Pasquarelli, participou da reunião e falou sobre a importância da atividade de representações para as enti-

dades sindicais e sua influência nas políticas públicas. Destacou também a importância do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac, um dos sistemas de desenvolvimento sociais mais importantes do mundo, composto por 1.055 sindicatos patronais, 34 federações estaduais, que representam quase 30% do PIB e cinco milhões de empresas, além de serem responsáveis por cerca de 25 milhões de empregos formais. “Nós somos a voz do setor de Comércio, Serviços e Turismo do Brasil. E para exercer esta função, de opinar e nos posicionarmos em questões que formam as po-

EM TODO PAÍS, O SISTEMA FECOMÉRCIO, SESC E SENAC REPRESENTA 1.055 SINDICATOS PATRONAIS, 34 FEDERAÇÕES ESTADUAIS, QUE CONCENTRAM QUASE 30% DO PIB E CINCO MILHÕES DE EMPRESAS

líticas públicas, em um cenário de mudanças, precisamos estar bem representados. A segurança jurídica, a melhoria da competitividade e a diminuição da burocracia são algumas das prioridades do setor, e com representantes bem orientados, questões como estas fortalecem o setor”, afirmou Wany, parabenizando a Fecomércio RN pela edição do Guia. O assessor técnico da Assessoria de Representações da CNC, Cristiano Costa, falou sobre o papel institucional das Representações, lembrando como ele deve atuar. O representante precisa saber qual a finalidade da Representação, quem são os participantes, qual a pauta, qual política pública será criada naquele órgão, qual o posicionamento da entidade que ele representa, entre outros pontos. “As federações precisam investir na qualidade das suas lideranças. E este guia que foi distribuído demonstra como a Fecomércio RN está preocupada em investir na preparação dos seus representantes”, finalizou.

45


DIFERENCIAL

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

46

PROGRAMA ALIMENTOS SEGUROS DO SENAC É DESTAQUE NO 9º FÓRUM DE TURISMO DO RN EVENTO ACONTECEU NO CENTRO DE CONVENÇÕES SIMULTANEAMENTE À 4ª FEIRA DE MUNICÍPIOS E PRODUTOS TURÍSTICOS DO RN

A

importância da segurança alimentar para os estabelecimentos ligados ao segmento turístico foi o destaque do Espaço Senac no 9º Fórum de Turismo do RN e na 4ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (FEMPTUR). Iniciativa da empresa

Argus Eventos e Turismo, os eventos ocorreram no Centro de Convenções de Natal, na segunda quizena de março, reunindo empresários, estudantes e representantes do trade norte-riograndense. Durante dois dias, mais de 5.400 pessoas circularam pelo pavilhão Dr. Morton

OS EVENTOS OCORRERAM NO CENTRO DE CONVENÇÕES DE NATAL, ENTRE OS DIAS 23 E 24 DE MARÇO

Mariz e prestigiaram os cerca de 40 municípios que expuseram seus atrativos, além dos artesãos e dos diversos expositores do segmento gastronômico. Foram mais de 100 estandes montados no local. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Mar-


celo Fernandes de Queiroz, esteve presente na abertura do evento e destacou a importância do turismo. “Não há como deixar de ressaltar a imensa relevância da atividade turística para a economia do nosso estado e, sobretudo, para a atividade do comércio de bens e serviços. Não há comércio potiguar forte sem um turismo forte”, disse. Ele também reforçou as ações desenvolvidas pelo Sistema Fecomércio RN, por meio da Câmara Empresarial do Turismo e do Senac. Nos últimos seis anos, a instituição de ensino capacitou mais de dezoito mil pessoas e conta com mais de 100 cursos voltados ao segmento em seu portfólio. Outro destaque foi a parceria com o estado alemão da Renânia Palatinado, por meio da qual já foram viabilizadas missões empresariais e técnicas ao país eu-

ropeu; bem como diversos treinamento para técnicos com foco na inovação dos cursos do Senac. DIFERENCIAL PARA O CONSUMIDOR O diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio, explicou que donos de estabelecimentos como hotéis, restaurantes, bares, lanchonetes, padarias, supermercados e quiosques tem grande responsabilidade com a qualidade de seus produtos e precisam seguir as Boas Práticas, um conjunto de procedimentos higiênico-sanitários instituídos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Por este motivo, optamos por dar visibilidade ao Programa Alimentos Seguros em um evento tão representativo. O Senac auxilia estes profissionais por meio de cursos e consultorias, trazendo de forma simples

OS VISITANTES DO EVENTO PUDERAM PARTICIPAR DE AULASSHOWS, ALÉM DE DINÂMICAS RELATIVAS À SEGURANÇA ALIMENTAR, COM SORTEIO DE LIVROS

e prática os assuntos relacionados à segurança dos alimentos. As empresas certificadas pelo PAS passam por auditorias e ganham em competitividade, uma vez que se destacam junto aos consumidores”, afirmou. Os visitantes do evento puderam participar de aulas-shows, além de dinâmicas relativas à segurança alimentar, com sorteio de livros. Foram repassadas informações sobre manipulação, distribuição, rotulagem e uso de equipamentos de proteção individual, dentre outros assuntos. Também houve equipe disponível para atendimento sobre as oportunidades de capacitação do Senac em todo o estado e os serviços oferecidos pelo Atendimento Corporativo, área que trabalha alternativas para potencializar o desempenho de organizações com foco na qualificação profissional.

47


HOMENAGEM

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PRESIDENTE E DIRETOR DA FECOMÉRCIO RECEBEM COMENDA QUE MARCA 70 ANOS DO CRC E DIA DO CONTABILISTA MARCELO QUEIROZ E DIJOSETE VERÍSSIMO FORAM HOMENAGEADOS DURANTE SOLENIDADE NA CÂMARA MUNICIPAL DE NATAL

O 48

presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, e o diretor-secretário da Casa, Dijosete Veríssimo, foram homenageados no final de abril, em solenidade na Câmara Municipal de Natal, com a Comenda Contabilista Ulisses Celestino de Góis. A solenidade marcou a passagem do Dia do Contabilista, comemorado em 25 de abril e os setenta anos de instalação do Conselho Regional de Contabilidade no RN, comemorados em 2018. A Comenda foi criada por decreto de autoria do presidente da Câmara, vereador

Raniere Barbosa. Além de Marcelo Queiroz e Dijosete Veríssimo (empresário que é contabilista por formação), foram homenageados ainda a presidente da Junta Comercial do RN (Jucern), Sâmya Bastos, e 16 profissionais contabilistas. “Receber homenagens que ratificam o acerto do trabalho que vimos realizando em prol do desenvolvimento social e econômico do RN é sempre engrandecedor e estimulante. É uma prova inequívoca da assertividade da nossa postura e da linha de atuação que temos procurado imprimir à frente do Siste-

ALÉM DE MARCELO QUEIROZ E DIJOSETE VERÍSSIMO (EMPRESÁRIO QUE É CONTABILISTA POR FORMAÇÃO), FORAM HOMENAGEADOS AINDA A PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO RN (JUCERN), SÂMYA BASTOS, E 16 PROFISSIONAIS CONTABILISTAS

ma Fecomércio. Estou muito honrado e agradecido pela homenagem, sobretudo pelo fato de ela vir de uma categoria, a de contadores, de cujo trabalho sou um grande entusiasta e admirador. Afinal é ao contador que os empresários, sobretudo os micro e pequenos, recorrem no dia a dia de suas empresas, atribuindo-lhe até mesmo algumas tarefas que extrapolam sua função profissional, tudo em nome de uma parceria sem a qual estas empresas de menor porte – que são a esmagadora maioria do mercado – simplesmente não teriam como existir”, afirmou Queiroz.

MOISIRENE LEMOS, QUE REPRESENTOU O PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ, E O DIRETORSECRETÁRIO DA FECOMÉRCIO, DIJOSETE VERÍSSIMO


O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

TURISMO

PREFEITO DE NATAL RECEBE O PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ E DIRIGENTES DO TURISMO POTIGUAR NO PALÁCIO FELIPE CAMARÃO

SOB A LIDERANÇA DE MARCELO QUEIROZ, REPRESENTANTES DO TURISMO POTIGUAR TÊM AUDIÊNCIA COM O PREFEITO ÁLVARO DIAS ENCONTRO DEBATEU PARCERIAS EM PROL DO DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE

L

iderados pelo presidente Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, presidentes de entidades ligadas ao turismo potiguar tiveram uma audiência com o prefeito de Natal, Álvaro Dias, na início do mês de maio, na sede da Prefeitura. Queiroz esteve acompanhado do coordenador da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio, George Gosson; dos presidentes da ABIH RN (hotéis), José Odécio; da ABAV RN (agências de viagem), Abdon Gosson; e do Natal Convention Bureau, Francisco Barbosa. Em pauta, pleitos e de-

mandas do segmento, levantados pelos representantes, em prol do desenvolvimento da principal atividade econômica da capital. “O turismo potiguar é responsável por estimular o crescimento de mais de 50 atividades, sendo a mais importante para a economia tanto de Natal, como de todo o Rio Grande do Norte. Por isso, a atenção deve ser redobrada para o turismo e com aqueles que vivem o dia-dia da atividade”, afirmou Marcelo Queiroz. O prefeito Álvaro Dias destacou a importância do encontro com a classe turística sobretudo por ser um

PARTICIPARAM TAMBÉM A TITULAR DA SETURDE, CHRISTIANE ALECRIM, E O CONSULTOR DO MUNICÍPIO, HOMERO GREC

passo que visa a melhoria e o incremento da atividade, com a parceria e o apoio da prefeitura. “Faremos, sim, um somatório de forças entre Prefeitura de Natal e a classe empresarial. Natal é umas das cidades mais bonitas do Brasil e temos que explorar mais isso. E potencializar o turismo é a forma mais eficaz”, declarou Dias, que fez questão de reafirmar a parceria do Executivo Municipal com a iniciativa privada. Participaram da reunião ainda a secretária de Turismo de Natal, Christiane Alecrim, e o Consultor do Município, Homero Grec.

49


SEMINÁRIO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

EMPRESÁRIOS E COMERCIÁRIOS DE ASSÚ PRESTIGIAM EVENTO SOBRE A MODERNIZAÇÃO DAS LEIS TRABALHISTAS MOMENTO TAMBÉM MARCOU COM A ENTREGA DE CERTIFICADOS A ASSUENSES QUE FIZERAM O CURSO NA UNIDADE MÓVEL DO SENAC

O 50

Sistema Fecomércio RN realizou, em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Assú, no mês de abril, mais uma edição do seminário Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou?. O evento aconteceu no Cine

Teatro Pedro Amorim, em Assú, e empresários, comerciários e contadores, tiraram suas dúvidas acerca das mudanças na legislação trabalhista com o professor especialista em Direito e Processo do Trabalho, Marcelo de Barros Dantas. “A relevância da abor-

O EVENTO LOTOU O CINE TEATRO PEDRO AMORIM

dagem do tema é fazer com que haja fortalecimento do comércio e, consequentemente, da economia do Assú. Não se tem poupado esforços para que a cidade cresça economicamente”, comentou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa.


51 FORAM ENTREGUES CERTIFICADOS A CERCA DE 30 ALUNOS QUE CONCLUÍRAM O CURSO DE INFORMÁTICA INICIAL COM INTERNET, NA UNIDADE MÓVEL DO SENAC RN, DURANTE A FENAVALE 2017

Dentre os assuntos tratados na palestra, Marcelo Dantas respondeu perguntas sobre as mudanças da lei em casos de acidente de trajeto, empregado intermitente, hora de descanso, uso do fardamento e licença maternidade. O professor de Direito ainda ressaltou que a nova lei trabalhista mostra equilíbrio entre empregador e empregado. “Hoje o empregador tem soluções melhores para contratar alguém que, antes da reforma trabalhista, ele não contrataria. Como também o empregado se beneficia de melhores condições oferecidas pela empresa”, afirmou o especialista.

O seminário Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou? já passou pelas cidades de Natal, Currais Novos, Mossoró, Macaíba, Santa Cruz, Nova Cruz, reunindo mais de duas mil pessoas. ENTREGA DE CERTIFICADOS SENAC A solenidade também contou com a entrega de certificados a cerca de 30 alunos que concluíram o curso de Informática Inicial com Internet, na unidade móvel do Senac RN, durante a Fenavale 2017. O programa Senac Móvel tem o objetivo de democratizar ao máximo o acesso

DENTRE OS ASSUNTOS TRATADOS NA PALESTRA, MARCELO DANTAS RESPONDEU PERGUNTAS DO PÚBLICO PRESENTE

à educação para o trabalho, levando infraestrutura pedagógica de última geração e contribuindo com a formação profissional de centenas de pessoas. “Nosso objetivo é melhorar a qualidade de vida das famílias de vulnerabilidade social, dando oportunidade de capacitação. Quanto mais se capacitar, mais chances de entrar no mercado de trabalho” enfatizou a Secretária de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação de Assú, Helenora Costa, que agradeceu a parceria com o Sistema Fecomércio, através do Senac Rio Grande do Norte.


CULTURA

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

52

ARTES CÊNICAS A GIRAR


21º PALCO GIRATÓRIO, UM DOS MAIORES PROJETOS DE CIRCULAÇÃO DAS ARTES CÊNICAS DO PAÍS, REALIZA OFICINAS E APRESENTA ESPETÁCULOS ENTRE ABRIL E NOVEMBRO NO RN

E

ntretenimento, fomento, difusão, capacitação e intercâmbio de talentos. Estes elementos orbitam em torno do Palco Giratório, um dos maiores projetos de artes cênicas do Brasil. Em sua 21ª edição, o Palco começou a circular no Rio Grande do Norte em abril com o espetáculo Clake, do Circo Amarillo (SP). A peça, apresentada em Natal, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, Caicó e Mossoró, integra a programação gratuita oferecida até novembro pelo projeto do Departamento Nacional do Sesc. Na capital do Oeste, o grupo local Esquetes Circenses de Mossoró se apresentou dois dias antes de Clake, uma forma de o projeto incentivar também a troca entre artistas locais e nacionais. Com classificação livre, o espetáculo cômico Clake evidencia o trabalho da dupla Marcelo Lujan e Pablo Nordio como palhaços excêntricos musicais. Sequências de gags clássicas são combinadas com a linguagem contem-

porânea da dupla e resultam num espetáculo de palhaçaria física e musical. Uma interessante experiência de sonoridades e circo que diverte públicos de todas as idades. Após as apresentações, a dupla conversará com o público interessado, uma ação padrão do Palco Giratório após os espetáculos que visa aproximar público e artistas. Para Pablo, participar pela 1ª vez de um projeto da dimensão do Palco é “sensacional”. “Participar deste projeto é realmente gratificante para qualquer artista”, pontuou após a apresentação no Parque das Dunas, em Natal. Além de encenar as peças, a dupla de palhaços ministrou oficinas gratuitas de introdução à dramaturgia circense e metalinguagem contemporânea em Natal e em Mossoró. PALCO GIRATÓRIO 2018 De abril a novembro deste ano, o Palco Giratório trará ao estado quatro espetáculos: Clake (SP); Como manter-se Vivo, com Flávia Pinheiro (PE); Desastro, com Neto Ma-

chado (BA); e Os cavaleiros da triste figura, do grupo teatral Boca de Cena (SE). Além disso, como forma de promover o intercâmbio com artistas potiguares que apresentarão duas peças locais, totalizando 11 apresentações. Os artistas também ministrarão sete oficinas ao todo, aliando entretenimento e capacitação cultural. A programação até novembro é gratuita e está disponível no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br. Reconhecido como uma das maiores iniciativas de fomento, intercâmbio e difusão das artes cênicas do país, o Palco Giratório é um projeto consolidado no cenário cultural brasileiro. Ao longo de 20 edições, levou uma grande variedade de gêneros e linguagens artísticas para um público diversificado em todo o país, entre grupos de teatro de rua, circo, dança entre outras linguagens artísticas — em espaços do Sesc, praças e outros ambientes urbanos. Para saber mais sobre o projeto, os espetáculos e os grupos, acesse www.sesc.com.br/palcogiratorio.

53


PALCO PAPA-JERIMUM

Pelo 4º ano consecutivo, terá espetáculo potiguar Brasil afora pelo Palco Giratório: a Trapiá Cia Teatral, de Caicó, apresentará em 26 cidades brasileiras o seu P’S. Já participaram do projeto do Sesc a Cia Gira Dança, o Grupo Estação de Teatro, a Cia. Pão Doce de Teatro, o Grupo Carmin e o Clowns de Shakespeare. Vale frisar que a montagem da peça P’S também contou com o apoio do Sesc RN, por meio do Circuito Sesc das Artes Cênicas Potiguar.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO 21º PALCO GIRATÓRIO! MAIO

Apresentação única: Desastro | Neto Machado (BA)

54 Dia 27, 17h - Casa da Ribeira Classificação: livre

NOVEMBRO

Os cavaleiros da triste figura | Grupo teatral Boca de Cena (SE)

Apresentações: Dia 11, às 18h - Sesc Caicó Dia 15, às 20h - Sesc Mossoró Dia 18, às 20h - Sesc Cidade Alta (Natal) Intercâmbio (apresentação de grupo local): Dia 10, às 18h - Sesc Caicó Oficinas “Boca em Cena: Introdução ao Teatro de Rua” Classificação: livre Inscrições: cultura@rn.sesc.com.br ou pelo site www.sescrn.com.br Carga horária: 8h Dia 9, às 8h - Sesc Caicó Dias 13 (18h) e 14 (10h) - Sesc Mossoró Dias 16 e 17, às 18h - Sesc Cidade Alta


BOLO ARCO-ÍRIS

Que tal conferir uma receita de um bolo original e divertido que empolga especialmente a criançada? Ele é feito com várias camadas com diferentes cores parecendo mesmo um arco-íris. Esta é uma das preparações que os alunos aprendem no curso de Técnicas de Confeitaria do Senac RN.

INGREDIENTES 240g de açúcar refinado 200g de manteiga com sal 03 unidades de gemas 250g de farinha de trigo 240ml de leite integral 01 unidade de fava de baunilha 04g de fermento químico em pó 03 unidades de clara em neve 01 unidade de cada de corante em gel: vermelho; laranja; amarelo; verde; azul e roxo.

55

MODO DE PREPARO: Aqueça o leite com a baunilha e deixe esfriar. Enquanto isso, bata o açúcar com a manteiga até ficar bem fofo e acrescente as gemas e bata bem. Depois, peneire a farinha com o fermento. Adicione à massa a farinha e o leite alternadamente. Em seguida, acrescente as claras batidas em neve. Depois, unte e enfarinhe assadeiras de 15cm ou 17cm e coloque cada massa dentro de seis assadeiras, lembrando que é preciso tingi-las com as cores (depois de assar as cores ficam mais fortes). Por último, asse os bolos em forno de 160°C.


REPIS

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

SICOMÉRCIO RN VIABILIZA ADOÇÃO DE PISO SALARIAL DIFERENCIADO POR ME’S E EPP’S DA SUA BASE VANTAGEM DO REGIME DIFERENCIADO DE PISO SALARIAL É A REDUÇÃO DE CUSTOS

O 56

Sindicato do Comércio Varejista e de Serviços do Rio Grande do Norte e o Sindicato dos Empregados do Comércio encerraram no início de abril as negociações que resultaram na Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019. A novidade do documento é que desde 1º de abril, as microempresas e as empresas de pequeno porte podem aderir ao Regime Diferenciado de Piso Salarial, o Repis. Uma das vantagens em

aderir ao Repis é a redução de custos, já que as empresas ficam autorizadas a praticar salários diferentes e mais enxutos do que os praticados pelas demais empresas. No caso da Convenção Coletiva do Sicomércio RN, o piso salarial das microempresas e empresas de pequeno porte que aderirem o Repis será de R$ 986. O piso salarial das empresas das demais categorias será de R$ 1.005. O Repis é o mecanismo que permite que as microempresas (ME) e as empre-


sas de pequeno porte (EPP), estabelecidas pela Lei Complementar nº 123/06, que define o Simples Nacional, possam adotar pisos salariais diferenciados das demais empresas. No Rio Grande do Norte são 100 mil microempresas e empresas de pequeno porte, sendo 60 mil delas somente em Natal. Para adesão ao Repis, as empresas interessadas devem requerer a expedição do Certificado de Adesão ao Repis, acessando o site da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, o fecomerciorn.com.br, e clicar no banner do Repis, preencher o formulário eletrônico com dados da empresa e anexar a documenta-

ção exigida. O documento será expedido pela Fecomércio RN no prazo máximo de três dias úteis, a partir da data de recebimento da solicitação. O envio de informações falsas no requerimento implicará no desenquadramento da empresa do regime especial, sendo imputada à mesma o pagamento de multa. A prática do regime especial está acontecendo de forma escalonada por meio das negociações das CCT’s entre sindicatos patronais e laborais em todo o país. O Certificado de Adesão ao Repis será válido até 31 de março de 2019, e a microempresa ou empresa de pequeno porte que obtiver

o documento não terá qualquer outra condição de trabalho diferenciada para seus colaboradores. Vale ressaltar ainda que a aplicação indevida do salário diferenciado por microempresas e empresas de pequeno porte, que não possuírem o Certificado de Adesão ao Repis, implicará em multa equivalente a um salário convencional, multiplicado pelo número de empregados. A Convenção Coletiva de Trabalho regulamenta e disciplina o que diz respeito a relação jurídica de trabalho entre empresa e o trabalhador e passa a valer a partir do dia 1º de abril até 31 de março de 2019.

COMO SABER SE SUA EMPRESA É ME OU EPP?

Para se caracterizar como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, basta possuir faturamento anual dentro dos limites determinados legalmente, conforme indicação abaixo:

ME

Faturamento anual de até R$ 360 mil

EPP

Faturamento anual de entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões 57

OUTRO PONTO MAIS SOBRE O REPIS

O Regime Especial de Piso Salarial (REPIS) está previsto nas Convenções Coletivas de Trabalho – CCT 2018 celebradas pelas categorias econômicas representadas pelos Sindicatos filiados à Fecomércio RN. Seu principal objetivo é dar tratamento diferenciado às Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP).

Entre os diversos outros pontos discutidos pela CCT, está o reajuste salarial para os empregados das empresas do Comércio Varejista. Para os trabalhadores com remuneração de até quatro salários base, o reajuste salarial será de 2,6% sobre os salários vigentes em abril de 2017. Para os trabalhadores com remuneração acima de quatro salários base, o reajuste será objeto de livre negociação.


REFORMA

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ VISITA OBRAS DO HOTEL ESCOLA SENAC BARREIRA ROXA A REFORMA DO HOTEL E DA ESCOLA ESTÁ ORÇADA EM CERCA DE R$ 27 MILHÕES, ENTRE OBRAS E EQUIPAMENTOS, E DEVE SER CONCLUÍDA AINDA ESTE ANO

58


O

presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, fez uma visita, no início de maio, às obras do Hotel Escola Senac Barreira Roxa, localizado na Via Costeira, em Natal, cuja reinauguração deve acontecer ainda este ano. Os detalhes da obra foram apresentados pelo engenheiro responsável Bernardo Gaspar e pelo empresário Arnaldo Gaspar, dono da construtora que toca a obra. Também participaram da visita o vice-presidente da Fecomércio e presidente do Sindicato do Comércio Varejista e de Serviços do RN, Gilberto Costa; o diretor Executivo da Fecomércio, Jaime Mariz; o diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio; a diretora Administrativo-financeira do Senac, Rafaela Sampaio; e a direto-

ra de Educação Profissional do Senac, Lucinete Araújo. Orçada em cerca de R$ 27 milhões (entre obras e equipamentos), a reforma do hotel e da escola contempla a modernização da estrutura e construção de novos espaços, como adega, bares, espaço kids, café, salão de jogos e academia de ginástica. Além disso, todas as 52 suítes, a área de lazer e o centro de eventos serão inteiramente reformados e ganharão novos equipamentos e mobiliário. O Barreira Roxa terá capacidade para acomodar até 150 leitos e eventos para cerca de 300 pessoas. Estão sendo gerados aproximadamente 200 empregos diretos na fase de obra e serão cerca de 60 postos de trabalho após a inauguração. O empreendimento será executado atendendo

OS DETALHES DA OBRA FORAM APRESENTADOS PELO ENGENHEIRO RESPONSÁVEL BERNARDO GASPAR E PELO EMPRESÁRIO ARNALDO GASPAR

todos os critérios e recomendações quanto à acessibilidade, sustentabilidade e redução do impacto sobre o meio ambiente. Haverá, por exemplo, o reaproveitamento da água da chuva em usos nos quais não se exige potabilidade; bem como acesso a portadores de deficiências aos ambientes por meio de piso podotátil e sinalização específica. O Senac RN capacita cerca de três mil pessoas na área de turismo, hospitalidade e lazer. Ferramenta fundamental para o eixo, o Hotel Escola Senac Barreira Roxa permitirá que os alunos do Senac vivenciem a rotina do trabalho, com clientes e desafios reais, dentro de um ambiente monitorado, permitindo formação mais sólida, com avaliação ainda mais ampla.

59


ELEIÇÕES

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ COM O EX-PRESIDENTE E O ATUAL DO SINDICATO DO COMÉRCIO VEREJISTA E DE SERVIÇOS, GEORGE RAMALHO E GILBERTO COSTA, RESPECTIVAMENTE

60

FRANCISCO SALES DE SOUZA NETO ASSUME A PRESIDÊNCIA DO SINDICATO DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS E DE EMPRESAS DE REPRESENTAÇÃO COMERCIAL DO RN, NO LUGAR DE JACIRATAN RAMOS

SINDICATOS FILIADOS À FECOMÉRCIO ELEGEM NOVAS DIRETORIAS PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ PARTICIPOU DAS SOLENIDADES DE POSSE

O

s 14 sindicatos filiados à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte irão escolher nova diretoria em 2018. Cinco deles já realizaram as eleições e já deram posse às diretorias para os novos mandatos, que se estendem até 2022. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, participou das solenida-

des. “É uma honra participar da posse dos sindicatos filiados. São momentos em que renovamos nossa parceria, ficando sempre à disposição de cada presidente, com as ações e projetos da Fecomércio, Sesc e Senac”, afirmou. O Sindicato do Comércio Varejista e de Serviços do Rio Grande do Norte agora tem à frente o empresário Gilberto Costa. “Agradeço

CINCO SINDICATOS JÁ REALIZARAM AS ELEIÇÕES

a confiança depositada pelos associados do Sicomércio em mim e na minha futura gestão. Há 80 anos, o sindicato possui um papel ativo na defesa do comércio potiguar e vamos continuar nessa missão, junto com a minha diretoria composta por empresários de destaque no comércio”, declarou o novo presidente, Gilberto Costa. Costa ainda destacou a importância gestão do seu


MICHELSON FROTA DISCURSA NA SOLENIDADE QUE O RECONDUZIU À PRESIDÊNCIA DO SINDIVAREJO MOSSORÓ

antecessor, George Ramalho, que aproveitou para a agradecer a parceria com a diretoria e colaboradores durante seu mandato. O Sindicato dos Representantes Comerciais e das Empresas de Representação Comercial no Estado do RN também tem novo presidente. Francisco Sales de Souza Neto assumiu no

REELEITO, O PRESIDENTE HÉLDER ARAÚJO E A DIRETORIA DO SINDIVAREJO CURRAIS NOVOS

lugar de Jaciratan Ramos, que ficou à frente da entidade por oito anos. “Tenho um grande desafio, um longo caminho daqui pra frente, que é trabalhar e inovar”, declarou Sales. Já os presidentes dos Sindicatos do Comércio Varejista de Mossoró, Michelson Frota; de Currais Novos, Helder Araújo; e de Produ-

LUZIA DIVA ASSUME MAIS UM MANDATO À FRENTE DO SINCOFARN

SÃO 14 SINDICATOS FILIADOS À FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

tos Farmacêuticos, Diva Dutra; foram reconduzidos ao cargo. “A minha reeleição na presidência do Sindivarejo é um sinal que os empresários de Currais Novos estão satisfeitos com o nosso trabalho na entidade e querem que nós os ajudemos, através do Sistema Fecomércio RN, a impulsionar socioeconomicamente a cidade”, afirmou Helder Araújo. A presidente do Sincofarn, Diva Dutra, declarou que “não tenho dúvidas que eu e a diretoria iremos enfrentar muitos desafios em diversos âmbitos na condução do Sincofarn, mas nada que nos desanime e tenho certeza que irão somar na administração da entidade. Conto com o apoio e o envolvimento dos associados para juntos trabalharmos mais e melhor”.

61


NOVIDADE

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

SENAC LANÇA CURSO DE BARBEIRO NO RIO GRANDE DO NORTE CURSO TEM 160 HORAS AULA, ALIA TEORIA E PRÁTICA, E TEM TURMAS EM NATAL E EM MOSSORÓ

N 62

o novo cenário social brasileiro surge um novo perfil de homem mais vaidoso. Cada vez mais, os brasileiros estão se preocupando com a beleza e bem-estar. E esse mercado veio para ficar. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), anualmente, são movimentados cerca de R$ 15 bilhões no setor de cosméticos, dos quais 37% são de produtos para os homens. Os profissionais e estabelecimentos que atuam com este mercado precisaram se reinventar e pensar novas estratégias. Entre eles, o barbeiro ganhou um novo status e perfil. É o que explica o instrutor do segmento de Beleza do Senac RN, Cleyber Melo. Desde o final do ano passado, a instituição lançou o curso de Barbeiro. Inicialmente ofertado em

Natal, o curso também será lançado no município de Mossoró neste semestre. Ao todo, já foram ofertadas sete turmas e treinadas cerca de 120 pessoas. O curso tem 160 horas de aulas, que aliam teoria e prática. O aluno aprende noções que vão desde empreendedorismo, passando pelas técnicas de cortes de cabelo, barba e bigode até conhecimentos voltados a ética profissional. O laboratório possui a estrutura de uma barbearia profissional com modernos equipamentos. Para o instrutor Cleyber Melo, a profissionalização é uma questão de necessidade. “A vivência técnica é o grande diferencial dos nossos alunos, pois eles aprendem não apenas os cortes, mas também têm noções de luzes, químicas e design de barba e visagismo, estando mais

SEGUNDO DADOS DO IBGE, ANUALMENTE, SÃO MOVIMENTADOS CERCA DE R$ 15 BILHÕES NO SETOR DE COSMÉTICOS, DOS QUAIS 37% SÃO DE PRODUTOS PARA OS HOMENS

capacitados para atender as demandas do mercado”, explicou o professor. Segundo ele, atualmente, muitos estabelecimentos voltados ao público masculino oferecem um verdadeiro SPA para homens. Apropriando-se do clima e conceito retrô, acrescentam ao serviço tradicional, o jogo de sinuca, chopps e drinks e, em alguns casos, até mesmo tatuadores. Outro diferencial é que algumas barbearias oferecem o “Dia do Noivo” com barboterapia e cuidados especiais. Foi em busca de atualização frente às novas tendências do mercado da beleza que a cabeleireira Isis Nascimento, que tem 10 anos de experiência, procurou o Senac. “Ainda não trabalho na área, mas vi com a realização deste curso uma oportunidade para me especializar


no atendimento ao público masculino, que é bem mais despojado. Como já tinha feito um outro curso no Senac, não pensei duas vezes em me matricular aqui”, disse. Outro que busca ampliar conhecimentos é o estudante Luciano Silva. “Fazia alguns cortes para amigos e daí comecei a trabalhar. Vi que abriu as vagas e resolvi fazer o curso para me aperfeiçoar. Aqui aprendi muita teoria, bem como as atividades práticas ajudam no vasto conhecimento melhorando minhas técnicas”, avaliou. O Senac está com duas turmas com matrículas abertas em Natal, com iní-

cio previsto para o mês de junho. O investimento é de R$ 1.155,00, podendo ser dividido em 12 parcelas de R$ 96,25, nos cartões de crédito Hipercard, Visa e Mastercard. Os interessados podem obter mais informações no site www.rn.senac.br ou pelo telefone (84) 4005-1000. HISTÓRIA Desde o Egito Antigo, a vaidade é algo presente no público masculino, quando homens iam para espaços para cuidarem das barbas, cabelos e unhas enquanto discutiam política e esportes, entre outros assuntos. No

O INSTRUTOR CLEYBER MELO EXPLICOU QUE O BARBEIRO GANHOU UM NOVO STATUS E DESTACA A IMPORTÂNCIA DA CAPACITAÇÃO

NO BRASIL, O OFÍCIO FOI TRAZIDO PELOS PADRES JESUÍTAS

Brasil, o ofício foi trazido pelos padres jesuítas. Por muito tempo, os homens frequentaram as barbearias, que antigamente eram mais que um lugar para fazer a barba e cortar o cabelo, e sim um ambiente de socialização. Porém, durante a Segunda Guerra Mundial, surgiram novos equipamentos que facilitaram o home care, por conta da lâmina de barbear descartável. Com isso, o público das barbearias diminuiu drasticamente e o ofício ficou por um tempo sem visibilidade, realidade que vem mudando no Brasil, ao longo dos últimos anos.

O ALUNO LUCIANO SILVA JÁ CORTAVA O CABELO DOS AMIGOS QUANDO RESOLVEU PROCURAR O SENAC

63


1º DE MAIO

O SISTEMA EM REVISTA / MAIO DE 2018

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ PARTICIPA DAS COMEMORAÇÕES DO DIA DO TRABALHADOR EM NATAL 64

SISTEMA FECOMÉRCIO PROMOVEU ATIVIDADES GRATUITAS EM NATAL, CAICÓ, MOSSORÓ, SÃO PAULO DO POTENGI E NOVA CRUZ


65


O

Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, preparou uma vasta programação gratuita, voltada para todas as idades, em homenagem ao Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º de maio. As atividades iniciaram no dia 29 de abril e aconteceram até o dia 20 de maio, em Natal, Caicó, Mossoró, São Paulo do Potengi e Nova Cruz. Na tarde do dia 1º, o Sesc Cidade Alta recebeu comerciários, suas famílias e a população em geral para celebrar a data com sessão de cinema no

Cine Sesc; biblioteca aberta para empréstimo e consulta; contação de histórias com o grupo Estação de Teatro; show de Luizinho Nobre; apresentação da dupla de palhaços Espaguete e Ferrugem no auditório da unidade; massagens relaxantes; orientações em saúde; entre outras. O ponto alto da tarde foi o Circuito Sesc de Corridas, tradicional prova de rua realizada pelo Sesc RN, e que este ano integra um projeto, promovido pelo Departamento Nacional da entidade em todo o país. A etapa de Natal

O PONTO ALTO DA TARDE FOI O CIRCUITO SESC DE CORRIDAS, TRADICIONAL PROVA DE RUA REALIZADA PELO SESC RN

do Circuito Sesc de Corridas contou com cerca de 1.900 participantes, sendo 1.500 adultos e 400 crianças. Os percursos foram de 5 e 10 km para adultos e de 100 metros para as crianças (recreativa). A auxiliar de serviços gerais Carla Cristina da Silva Machado, 31 anos, levou o sobrinho Caio Gabriel, de 4 anos, para participar da corrida infantil. “A gente gosta muito de esporte. Corrida, luta... Então, é uma coisa que faz bem para a saúde e é bom acostumar as crianças a terem esse hábito, buscar

66

PRESIDENTE MARCELO QUEIROZ DÁ A LARGADA OFICIAL DA ETAPA DE NATAL DO CIRCUITO SESC DE CORRIDAS

A ASG CARLA CRISTINA FEZ QUESTÃO DE LEVAR O SOBRINHO PARA PARTICIPAR DA CORRIDA, COMO FORMA DE INCENTIVO À PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS

PAULO EDUARDO DA COSTA, 37 ANOS, PARTICIPOU PELA 4º VEZ DA CORRIDA DO SESC


essas coisas boas. Hoje em dia é difícil a gente ver, é todo mundo nos brinquedos eletrônicos, essas coisas, então a gente tem que puxar, mostrar pra ele o que é bom”. Antes da largada do percurso dos adultos, houve um aquecimento orientado pelos educadores físicos do Sesc. O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, deu o sinal inicial da corrida e participou da premiação dos atletas. “Celebrar o Dia do Trabalhador é uma grande satisfação para todos. Afinal, só com trabalho se muda os destinos de um país, de um estado ou de uma cidade. Só com trabalho, se muda o destino de um povo. É o trabalho que constrói o desenvolvimento social e econômico tão desejado por todos nós. Todos nós aqui estamos de parabéns hoje. Afinal, somos trabalhadores com muito orgulho. E

é por isso que o Sistema Fecomércio faz questão, todos os anos, de promover uma ampla programação alusiva a esta data tão emblemática”, afirmou Queiroz. Paulo Eduardo da Costa, 37 anos, é cadeirante e participou pela 4ª vez da corrida do Sesc, e ficou em primeiro lugar na categoria Cadeirante 5 KM. “É importante para a saúde, para tirar a gente de dentro de casa. Aqui é outro mundo. Se as pessoas que são deficientes soubessem que aqui fora tem um mundo tão especial, não ficavam só dentro de casa. Esporte é vida, né? Há seis anos sofri um acidente e sou paraplégico. No início foi difícil, como todo mundo sabe, mas como você entra no esporte, já era. Aí você vê que não acabou a vida”, comemorou Paulo Eduardo. No dia 29.04, as unida-

AS UNIDADES SESC ZONA NORTE E PONTA NEGRA EM NATAL, SESC MOSSORÓ E SESC CAICÓ REALIZARAM ATIVIDADES ALUSIVAS AO DIA DO TRABALHADOR

des Sesc Zona Norte e Ponta Negra em Natal, Sesc Mossoró e Sesc Caicó realizaram atividades alusivas ao Dia do Trabalhador. O Sesc Nova Cruz abriu as portas nos dias 4 e 5 de maio, e o Sesc São Paulo do Potengi nos dias 19 e 20 de maio. Também estavam presentes nas comemorações do 1º de maio em Natal o vice-presidente da Fecomércio RN e presidente da Federação das Associações Comerciais do RN, Itamar Manso Maciel Júnior; o diretor Regional interino do Sesc e diretor Regional do Senac, Fernando Virgilio; a diretora Administrativo-financeira do Sesc, Elza Isac; e a diretora de Programas Sociais do Sesc, Ilsa Galvão. Confira o resultado da etapa de Natal do Circuito Sesc de Corridas: http://www. sescrn.com.br/p/circuito-sesc-de-corridas.

67


O Sistema em Revista / Maio 2018  
O Sistema em Revista / Maio 2018  
Advertisement