Page 1

Paraíba Março 2019 Ano 13 Nº 38 

Turista satisfeito na

Paraíba Pesquisa aponta que 97,95% dos turistas que visitaram a Paraíba tiveram suas expectativas correspondidas ou superadas

PREVENÇÃO

SUSTENTABILIDADE

Saúde Mulher realizou mais de mil exames em João Pessoa

Mais de 800 Jovens Aprendizes participam de projeto educacional

PÁGINAS 22

PÁGINA 30

Marconi Medeiros toma posse no Conselho Deliberativo do Sebrae Paraíba

PÁGINAS 10 E 11


OPINIÃO PRESIDENTE José Marconi Medeiros de Souza 1º VICE-PRESIDENTE: Stanley Lira de Souza  2º VICE-PRESIDENTE: Inácio Ramos Borba  3º VICE-PRESIDENTE: Giuseppi Coutinho de Souza  4º VICE-PRESIDENTE: Jailton Eloy Mendes  1º SECRETÁRIO Alexandre José Cartaxo da Costa  2º SECRETÁRIO: Fernando Flávio Madruga Oliveira Lima 1º TESOUREIRO: Fernando de Andrade Teixeira  2º TESOUREIRO: José Claudionor Fernandes da Silva DIRETORES: Carlos Augusto Pinheiro Cavalcante  Guilherme Coutinho de Souza Francisco das Chagas Santana de Medeiros Neilton Neves dos Santos Francisco de Assis Oliveira Edalmo Leite Fernandes de Assis Antônio Rangel Moreira Herbert Almeida da Cunha Otilio Neiva Coelho Junior Geniezer Pereira Ventura Marconi Barros dos Santos Moacir Tavares dos Santos DIRETORES SUPLENTES: Vanduhi de Farias Leal Vantuiler Leite Chaves  Geraldo Magela Lima  José Gilson Dantas de Brito  Lindenbergh Vieira da Cunha  Judite Pereira Farias Silvino Bezerra da Costa Junior Leonardo Lins Pereira de Melo  TITULARES CONSELHO FISCAL: Edigar Florêncio da Silva  Manoel José do Nascimento  Raul Ventura da Silva  SUPLENTE CONSELHO FISCAL: José Coriolano Porto José Antônio do Nascimento George Nacre Barbosa DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À CNC:  José Marconi Medeiros de Souza  Fernando Flávio Madruga Oliveira Lima   Guilherme Coutinho de Souza   Otilio Neiva Coelho Junior   DIRETORA REGIONAL DO SESC: Mônica Barros DIRETOR REGIONAL DO SENAC: Geraldo Veras SINDICATOS FILIADOS SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DE JOÃO PESSOA (SINDIALIMENTOS) SINDICATO DO COM. ATACADISTA DE MAQUINISMOS EM GERAL DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIMAQUINISMOS) SINDICATO DO COM. ATACADISTA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDICONSTRUÇÃO) SINDICATO DO COM. ATAC. DE ALGODÃO E OUTRAS FIBRAS VEGETAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIALGODÃO) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DE JOÃO PESSOA (SINDIFARMA JOÃO PESSOA)   SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL ÓPTICO, FOTOGRÁFICO E CINEMATOGRÁFICO DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIÓTICA) SINDICATO DO COMÉRCIO DE VENDEDORES AMBULANTES E FEIRANTES DE JOÃO PESSOA (SINDIAMBULANTES)   SINDICATO DOS LOJISTAS DO COMÉRCIO DE JOÃO PESSOA (SINDILOJAS) SINDICATO DAS EMPRESAS DE COMPRA, VENDA, LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS, E DOS CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS E COMERCIAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SECOVI)   SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE DROGAS E MEDICAMENTOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIDROGAS)  SINDICATO DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINRECOM) SINDICATO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE INFORMÁTICA DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDISOFT) SINDICATO DAS EMPRESAS DE CENTROS DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES “A” E “B” DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDECFCPB) SINDICATO DO COMÉRCIO DE REVENDEDORES DE VEÍCULOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINVEP-PB)   SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DOS FEIRANTES E AMBULANTES DE CAMPINA GRANDE (SINDIAMBULANTES) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAMPINA GRANDE (SINDILOJAS C.GRANDE) SIND. DO COMÉRCIO DE PEÇAS E ACES. PARA VEÍCULOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIPEÇAS) SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PROD. FARMACÊUTICOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIFARMA CAMPINA GRANDE) SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIATACADISTA) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CARNES FRESCAS DE CAMPINA GRANDE (SINDICARNES FRESCAS) SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DE CAMPINA GRANDE (SINDIALIMENTOS)   SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PATOS (SINDILOJAS PATOS)  SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE SOUSA (SINDIEMPRESAS SOUSA) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAJAZEIRAS (SINDIBENS CAJAZEIRAS)  SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GUARABIRA (SINDILOJAS GUARABIRA).

Momento de otimismo Iniciamos o ano com boas notícias para o setor do comércio de bens, serviços e turismo na Paraíba. Segundo dados do IBGE, o estado finalizou 2018 com um dos melhores resultados no país. Isso confirma a tendência positiva que estamos atravessando apesar das dificuldades econômicas no cenário nacional. Além disso, a Confederação Nacional do Comércio registrou, nacionalmente, um aumento no número de estabelecimentos e nos postos de trabalho e confirmou que a Paraíba tem acompanhado esse crescimento. Apesar da cautela que ainda é necessária, devido aos ecos da instabilidade econômica e política, o momento é de otimismo e de acreditar em uma guinada positiva no setor. Um dos pontos fortes do terceiro setor paraibano é o turismo, e confirmando a tendência de alta observada a cada ano, a atividade, mais uma vez, cresceu neste último verão. Quem comprova isso são os próprios turistas: quase 98% das pessoas que nos visitaram tiveram suas expectativas correspondidas ou superadas. Isso é fruto de um trabalho dedicado e atencioso do trade turístico, que une os poderes público e privado em prol do desenvolvimento do turismo no estado da Paraíba. Esse trabalho, aliado à visão do novo governo em 2019, visa manter o Destino Paraíba nos olhos de todo o Brasil e do mundo, fazendo com que nosso estado, cada vez mais, receba turistas e que nossa infraestrutura seja desenvolvida para atender à demanda crescente com excelência. Temos muitas notícias boas para conduzir 2019 com otimismo e esperança. Confiantes, os empresários tendem a investir mais e a trazer mais qualidade para o setor. Satisfeitos, os consumidores acreditam no comércio paraibano para satisfazer às suas necessidades de bens e de serviços. Quem ganha com essa relação de trocas é a Paraíba, otimista de que este ano seja um dos melhores anos para o desenvolvimento econômico e social.

PRODUÇÃO EDITORIAL: Assessoria de Comunicação do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PB REPORTAGENS: Dayana Valéria, Dennise Vasconcelos, Diego Caiaffo, Lizandra Alcântara e Taissa Travassos. REVISÃO: Rejane Araújo IMAGEM DA CAPA: SecomPB/PBTur/Foto: Cácio Murilo EDIÇÃO: Dennise Vasconcelos (DRT-PB 3021) e Diego Caiaffo (DRT-PB 3044) PROJETO DE DESIGN GRÁFICO: Ricardo Araújo (DRT-PB 631) DIAGRAMAÇÃO/EDITORAÇÃO ELETRÔNICA: Ricardo Araújo (DRT-PB 631) IMPRESSÃO: Gráfica Moura Ramos TIRAGEM: 1.000 exemplares

MARCONI MEDEIROS Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/ Senac-PB


Editorial Iniciamos mais um ano cheios de entusiasmo e com o desejo de que 2019 seja um ano de avanço na retomada da economia, com a ampliação de investimentos e da produtividade, com destaque para os setores do comércio de Bens, Serviços e Turismo. Nesta 38ª edição da Revista Fecomércio Paraíba, trazemos para você, caro leitor, diversas ações e projetos desenvolvidos pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac PB. Na matéria de capa, apresentamos a Pesquisa Anual do Desempenho do Turismo na Região Metropolitana de João Pessoa, realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP), que apontou que 97,95% dos turistas que visitaram a Paraíba tiveram suas expectativas correspondidas ou superadas.

Nesta edição, o leitor vai encontrar diversas ações e projetos desenvolvidos pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac na Paraíba.

Entre as atividades realizadas pela Fecomércio, destacamos a visita da Cônsul da Alemanha, a reunião entre o Exército, a Marinha e a Fecomércio Paraíba, para ajustar os primeiros detalhes do Circuito Sesc de Corridas/ Corrida da Infantaria, e a Travessia Batalha Naval do Riachuelo. Ressaltamos, também, a posse do empresário Marconi Medeiros como presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Paraíba. Nas páginas que trazem o conteúdo sobre o Sesc, apresentamos o trabalho desenvolvido pelas unidades móveis do Sesc Saúde Mulher, em que são oferecidos exames de prevenção ao câncer de mama e do colo de útero e do OdontoSesc, que oferece serviços odontológicos gratuitamente para a população. Destacamos, ainda, o resultado positivo dos alunos da Escola Sesc Dom Ulrico no Enem, a abertura dos editais para o ExpoSesc e para a XVI Mostra Sesc Curumim de Teatro Infantil, o trabalho desenvolvido com os idosos para estimular o protagonismo social da terceira idade, entre outras ações. Em relação ao Senac, o leitor vai encontrar, aproximadamente, 800 alunos do Programa de Aprendizagem do Senac Paraíba, que participam do Projeto Elevação de Escolaridade que, neste ano, trabalha o tema ‘sustentabilidade’ e incentiva a produção de gêneros textuais; a Jornada Pedagógica, realizada com mais de 75 profissionais, entre diretores, gerentes, professores, supervisores e instrutores da instituição; e o Programa de Aprendizagem responsável por inserir, só em 2019, aproximadamente 800 jovens, com idades entre 14 e 24 anos, no mundo do trabalho. Agora, convidamos você, leitor, a acompanhar nossa atuação nas páginas seguintes. Boa leitura!


NESTA EDIÇÃO Turistas que visitaram a Paraíba pretendem retornar e indicariam o destino A Pesquisa Anual do Desempenho do Turismo, realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP) em 2018, apontou que 71,49% dos visitantes que estiveram na Paraíba corresponderam às suas expectativas, e 26,46% tiveram suas expectativas acima do esperado. PÁGINAS 16 A 21 s

Cônsul da Alemanha conhece atividades do Sesc e do Senac na Paraíba

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

PÁG. 8

PÁG. 12

Comércio fecha 2018 com resultados positivos

PÁG. 31

Senac promove evento para profissionais da Educação

Alunos da Escola Sesc Dom Ulrico têm bons resultados no exame do Enem

PÁG. 33

PÁG. 26

JORNADA PEDAGÓGICA

JOVEM APRENDIZ

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

PÁG. 25

Mais de 100 empresas são parceiras do Senac no programa

Sesc promove escolinha de futebol para crianças e jovens na capital


artigo

José PASTORE

Cortes no Sistema S O Ministro Paulo Guedes e sua equipe manifestaram a disposição de cortar os recursos arrecadados pelas entidades do Sistema S. As justificativas são vagas. Fala-se até na possibilidade de as empresas contribuírem espontaneamente para as escolas profissionais. É uma proposta sonhadora. Nenhum empresário se dispõe a contribuir voluntariamente para formar um técnico que pode ser contratado por seu concorrente que nada contribuiu. Em nenhum país do mundo, isso ocorre. Conhecimentos técnicos, capacitação prática e domínio de equipamentos são bens públicos que exigem recursos garantidos. O ensino profissional é muito mais complexo e caro do que o ensino convencional: demanda profissionais experientes e equipamentos atualizados. A interface entre instrutores e empresários nesse campo tem sido crucial para definir exatamente o que as empresas precisam. No ano passado visitei algumas escolas dedicadas à revolução 4.0. Ali vi a importância da parceria entre empresários, instrutores e alunos para bem dominar as novas tecnologias. O ensino profissional exige a combinação dos capitais físico (equipamentos atualizados), humano (mestres devotados) e social (valores adequados). No recrutamento das pessoas, as empresas buscam conhecimento das profissões e vivência dos valores que formam o capital social do seu quadro de pessoal. Entram aqui o zelo, a disciplina e o comprometimento. Zelo. O mundo do trabalho espera que os profissionais tenham zelo em tudo o que fazem: no trabalho a ser realizado e com o equipamento; com o meio ameq biente e com os cole colegas. Disciplina. A disciplina entra em tudo: respeito aos horários e à hierarquia das organizaçõ entendimento e obediorganizações; ência às pr prioridades. Com Comprometimento. Este é expresso no gostar g do que se faz; em ter b amor pelo bem feito e para fazer cada vez melhor. Além d disso, as empresas estão de

olho no jovem que tem vontade de aprender e de estudar o tempo todo; que tem obsessão pela leitura e que possui dentro de si o vírus da curiosidade. Como se forma o capital social? Valores e condutas só se transmitem pelo exemplo. Neste campo, o que vale é a pedagogia do exemplo e não a pedagogia das explanações. Por que algumas escolas conseguem transmitir capital social e outras não? Só transmite quem tem o que transmitir; quem cultiva a ética do trabalho e faz isso dando exemplos na conservação das escolas e áreas de lazer; na limpeza, na ordem; na pontualidade; no respeito e amor ao próximo. Isso pesa na empregabilidade e na renda do futuro candidato e sucesso da empresa. Na minha longa carreira de pesquisador, visitei dezenas de escolas do SENAI e do SENAC. Nunca vi um aluno terminar o dia sem antes arrumar a bancada; sem deixar tudo em ordem. Nunca vi um aluno ofendendo professores ou funcionários. Nunca vi uma parede pichada ou um banheiro sem manutenção. Nunca vi um gramado abandonado. Nunca vi desprezo pelo trabalho. Nunca vi promoção sem mérito. Como se explica tudo isso? Afinal, as escolas do SENAI e do SENAC estão na mesma comunidade e atendem a mesma população. Penso que a transmissão desses valores faz parte da cultura das empresas que dirigem essas escolas. Não conheço nenhuma empresa bem sucedida que seja suja, desorganizada, relapsa e tocada por profissionais desleixados, dominados pelas ofensas e sem ética do trabalho. Convém conhecer in loco essas escolas antes de propor um corte indiscriminado dos seus recursos ou sonhar com a contribuição voluntaria de empresas que concorrem entre si. É bom lembrar que a boa formação profissional é crucial não apenas para o educando e para as empresas. É estratégica para a necessária e urgente elevação da produtividade do trabalho no Brasil.

José Pastore Professor da Universidade de São Paulo, Presidente do Conselho de Emprego e Relações do Trabalho da Fecomercio-SP e membro da Academia Paulista de Letras. 6

PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Cônsul da Alemanha visita Sistema Fecomércio

asfdasdfasdfdsfsadfdsf O Presidente Marconi Medeiros, ao lado da Cônsul da Alemanha para o Nordeste, Maria Könning, em visita à Fecomércio

A Cônsul Geral da Alemanha para o Nordeste, Maria Könning, esteve na Paraíba no mês de fevereiro. Na ocasião, a convite do presidente da Federação do Comércio da Paraíba, Marconi Medeiros, ela visitou a sede da Fecomércio, a do Sesc e a do Senac. Na reunião, de que participaram a cônsul, o presidente e os diretores do Sistema Comércio, foram apresentadas as atividades desenvolvidas pelas instituições em todo o estado, visando a futuras parcerias com o consulado alemão, sobretudo nas áreas de Turismo e de Educação. Könning parabenizou as ações desenvolvidas pelo Sesc e pelo Senac em todo o estado: “Desenvolver ações de fortalecimento em áreas estratégicas, como o turismo, é fundamental, e o Sesc e o Senac têm feito esse trabalho com excelência em toda a Paraíba”, afirmou.

Exército, Marinha e Fecomércio discutem primeiros detalhes sobre parceria em evento esportivo Recentemente, o Exército, a Marinha e a Fecomércio Paraíba estiveram reunidos para ajustar os primeiros detalhes do Circuito Sesc de Corridas / Corrida da Infantaria e a Travessia Batalha Naval do Riachuelo. A reunião aconteceu na sede da Fecomércio, na Capital, e contou com a presença do Presidente da Fecomércio, Marconi Medeiros, a Diretora Regional do Sesc, Mônica Barros, o Comandante da Capitania dos Portos da Paraíba, Capitão Serrano, e o Major Rocha, do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado.

8

Representantes do Exército e da Marianha visitaram a Fecomércio para tratar sobre parceria esportiva com a Federação

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Reunião aconteceu no Sesc Cabo Branco neste mês de março

Diretores da Fecomércio e presidentes de sindicatos patronais participam de reunião Com o propósito de debater sobre contribuição e pluralidade sindical, diretores da Fecomércio e presidentes de sindicatos patronais de João Pessoa se reuniram, neste mês de março, no Centro de Turismo e Lazer Sesc Cabo Branco. A iniciativa foi importante, pois se discutiu

sobre assuntos relevantes para o setor, como a reforma previdenciária, por exemplo. Participaram da reunião sindicatos representantes do Comércio: Sindilojas - JP, Sindialimentos - JP, Sindifarma-JP, Sindióptica, Secovi, Sindidrogas, Sinrecom e Sindisoft.

35º CONGRESSO NACIONAL DE SINDICATOS EMPRESARIAIS

Estão abertas as inscrições para o 35º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (35º CNSE). Promovido pela Fecomércio – CE, em parceria com o Sindilojas Fortaleza, o evento será realizado de 15 a 17 de maio de 2019 no Centro de Eventos, em Fortaleza. Palestras, workshops, seminários e debates farão parte da programação, que irá abordar as ações colaborativas para alcançar a autossustentabilidade das entidades sindicais, representantes legais do comércio de bens, serviços e turismo. A inscrição é realizada por meio do site http://35cnse.com.br/. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

DIVULGAÇÃO 35º CNSE

Inscrições estão abertas no site do evento

A cidade de Fortaleza irá sediar o 35º CNSE, entre os dias 15 a 17 de maio, no Ceará 9


Marconi Medeiros toma posse no Conselho Deliberativo do Sebrae Paraíba

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

O empresário Marconi Medeiros tomou posse como presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Paraíba em janeiro. A cerimônia também empossou a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal da instituição para o quadriênio 2019-2022. O Conselho Deliberativo Estadual era presidido por Francisco de Assis Benevides Gadelha, que deu posse a Marconi Medeiros. Os di-

Presidente Marconi Medeiros destacou o papel dos pequenos negócios na economia do Brasil 10

retores executivos foram reeleitos para atuar nos seguintes cargos: Walter Aguiar, como Diretor Superintendente; Luiz Alberto Gonçalves Amorim, Diretor Técnico; e João Monteiro da Franca Neto, como Diretor de Administração e de Finanças. Os membros do Conselho Fiscal que tomaram posse foram: Agenor Augusto de Albuquerque Filho, Marcelo Alves de Oliveira Júnior e Sílvio Marcos Lima de Carvalho, como titulares; e Alexandre Bento de Farias, Chateaubriand Pinto Bandeira Júnior e Fábio da Rocha Oliveira, como suplentes. A solenidade contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, o Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Estado, Gustavo Feliciano, representando o Governador da Paraíba, João Azevedo; e o Deputado João Gonçalves, representando a Assembleia Estadual. Em seu discurso de posse, o novo presidente do Conselho Deliberativo Estadual, Marconi Medeiros, destacou a importância dos pequenos negócios na economia do país e do estado e se mostrou otimista em relação aos desafios: “Ninguém deve se assustar com os problemas que possam surgir porque saberemos encontrar as soluções. Basta termos calma e parcimônia em relação aos gastos financeiros. Além disso, não são os governos que geram empregos, mas as micro, as pequenas, as médias e as grandes empresas, que têm um papel fundamental na economia brasileira. Portanto, essa é a hora de ver a importância dos pequenos negócios e ter em mente que temos tudo para acertar”, concluiu. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Solenidade aconteceu no auditório do Centro de Educação Empreendedora do Sebrae na capital paraibana

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Na foto, da esquerda para a direita, o Diretor técnico, Luiz Alberto Amorim; o Presidente do Conselho Deliberativo, Marconi Medeiros; o Diretor de Administração e Finanças, João Monteiro da Franca Neto; e o Diretor Superintendente, Walter Aguiar, durante cerimônia de posse I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

11


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

As vendas do setor que contempla hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo cresceram 3,8% e registraram a maior influência positiva

Paraíba foi o único estado que apresentou alta no comércio varejista de dezembro Entre os estados do Brasil, apenas a Paraíba não acompanhou o recuo no volume de vendas no comércio varejista nacional em dezembro de 2018. O estado apresentou variação positiva no volume de vendas de 0,4%, enquanto a média do Brasil foi de -2,2%. No comércio varejista ampliado, a Paraíba também obteve um resultado positivo (0,7%), em contraponto ao nacional, que registrou -1,7%. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado do ano passado, o setor paraibano também registrou alta, foi a terceira maior taxa de crescimento do Nordeste. Os estados do Rio Grande do Norte (6,8%), do Maranhão (5,9%) e da Paraíba (2,2%) apresentaram os maiores índices de crescimento da região, en12

quanto a média do país apresentou alta de 2,3%. Já no comércio varejista ampliado, que inclui os segmentos de veículos, peças e materiais de construção, a Paraíba esteve entre os quatro estados que apresentaram variação positiva em relação a novembro. Foram eles: Roraima (0,9%), Paraíba (0,7%), Minas Gerais (0,2%) e Paraná (0,1%). Por outro lado, no acumulado do ano, 25 das 27 Unidades da Federação tiveram aumento nas vendas, e a média nacional foi de 5,0%. Numa análise nacional, o comércio varejista fechou 2018 com alta de 2,3%, a maior taxa anual desde 2013, quando as vendas aumentaram 4,3%. Foi o segundo resultado positivo consecutivo, ligeiramente acima do desempenho de 2017, quando subiu 2,1%. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Dia Mundial do Consumidor O Dia Mundial dos Direitos do Consumidor é comemorado no dia 15 de março. Todos somos consumidores, quando compramos uma roupa, um lápis, um pacote de biscoitos, ou contrata algum serviço, você está exercendo esse papel. Desde que o ser humano começou a trocar dinheiro por mercadorias o consumidor é uma figura muito importante. A data foi criada em 1983, em alusão ao discurso feito pelo presidente americano John F. Kennedy no Congresso Americano, em 1962. Em sua fala Kennedy elencou quatro direitos do consumidor: o direito a ser ouvido na elaboração de políticas públicas, o direito a produtos seguros que não atentem contra a vida e a saúde, o direito à informação, inclusive na propaganda e, finalmente, o direito à escolha, incluindo o combate a monopólios, oligopólios e a defesa da concorrência. Para o Presidente da Fecomércio Paraíba é de grande relevância a celebração da data: “O consumidor é o grande impulsionador da economia, em virtude disso, ele deve ser bem tratado e respeitado pelas empresas”, afirmou. Ele ainda destaca. “Uma das coisas que mais me chama a atenção no Brasil é o crescimento da atenção e do respeito que os empresários do setor terciário tem com a figura do consumidor. Precisamos lembrar sempre que se você tratar bem seu cliente, oferecendo mercadorias de qualidade com um preço justo, você está atendendo bem à sociedade”, destacou. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Uma data para reflexão

DIREITO DO CONSUMIDOR A comemoração do Dia do Consumidor celebra também o Código de Defesa do Consumidor, que entrou em vigor no dia 11 de março de 1991. A Lei nº 8.078, sancionada por Fernando Collor de Mello, é de 11 de setembro de 1990, mas foi instituída 180 dias depois. Antes disso, os problemas no relacionamento entre consumidores e fornecedores de bens e serviços eram tratados pelo Código Civil, que se mostrava insuficiente para dar conta dos fenômenos cada vez mais sofisticados e dinâmicos na sociedade de consumo. A necessidade de criar uma lei específica ficou ainda mais evidente ao se verificar que as mudanças econômicas ocorridas ao longo do tempo tornavam as relações de consumo mais complexas, colocando o consumidor em posição extremamente vulnerável. Nesse sentido, de acordo com Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o CDC nasceu como uma resposta legal protetiva, objetivando ainda estabelecer a transparência e a harmonia entre consumidores e fornecedores. Mais do que uma legislação fiscalizadora e punitiva, o Código criou uma cultura de respeito aos direitos de quem consome produtos e serviços. 13


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Conselheiros e diretores se reúnem na capital

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Conselheiros e diretores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Paraíba se reuniram em João Pessoa, no final de fevereiro, para avaliar as ações estratégicas das instituições, discutir sobre elas e planejá-las. A reunião aconteceu na sede da Fecomércio, onde foram debatidas as ações realizadas nos meses de janeiro e de fevereiro e conhecidas as que foram propostas para os próximos meses. BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

14

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Varejo paraibano teve crescimento na abertura de lojas em 2018

Cenário nacional de abertura de lojas no varejo tem alta, e Paraíba marca presença positiva O comércio varejista do país retoma a confiança na economia brasileira e inicia 2019 com novos investimentos, frutos dos bons resultados referentes ao saldo entre aberturas e fechamentos de lojas com vínculos empregatícios no varejo brasileiro, que fechou 2018 de forma positiva com +8,1 mil novas unidades, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A Paraíba também teve um resultado positivo acompanhando a tendência nacional. Acreditar na demanda e no consumidor final para comercializar os produtos se tornou algo mais tangível com a abertura de novas lojas, neste novo tempo, que abre o olhar dos empreendedores depois de quase quatro anos de quedas. A CNC projeta abertura líquida de 23,3 mil novos estabelecimentos comerciais no fim de 2019. Através dos dados oferecidos pela pesquisa da CNC, houve avanço de 5,3% no volume de I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

vendas de janeiro a novembro, e o ano de 2018 marcou a consolidação da recuperação do setor, não apenas do ponto de vista do volume de vendas, mas também de outro termômetro importante: o nível de ocupação. Ao longo do ano passado, 71,6 mil vagas formais foram criadas – melhor saldo anual desde 2014 (154,4 mil). Dentre os segmentos, os hiper e os supermercados se destacaram positivamente em números absolutos (4.510), seguidos pelas lojas de utilidades domésticas e de eletroeletrônicos (1.747) e pelas drogarias, farmácias e lojas de cosméticos (1.439). Regionalmente, a reação do setor se difundiu por todo o País, uma vez que, em 15, das 27 unidades da Federação, foram registradas mais aberturas do que fechamentos de estabelecimentos comerciais. No Nordeste, a Paraíba está presente de forma positiva (+39). Esse número demonstra a expansão do consumo e o aumento das vendas, como a recuperação gradual da confiança do consumidor. 15


ASCOM/PMJP/CASTONHOLA FILMES

CAPA

Mosteiro de São Bento, no Centro de João Pessoa

TURISTA SATISFEITO NA ASCOM/PMJP/CASTONHOLA FILMES

PARAÍBA Pesquisa aponta que 97,95% dos turistas que visitaram o estado tiveram suas expectativas correspondidas ou superadas

Passeios nos Corais de Picãozinho - Praia de Tambaú, orla de João Pessoa

16

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


A

combinação de belezas naturais com monumentos históricos e um povo acolhedor foi aprovada por quem visitou a

Paraíba neste verão. O estudo apontou que, no 14º ano da Pesquisa Anual do Desempenho do Turismo na Região Metropolitana de João Pessoa, realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP), 71,49% dos visitantes corresponderam às suas expectativas, e 26,46% tiveram suas expectativas acima do esperado, resultado 2,66 p.p superior ao de 2018. Esse foi apenas um dos números positivos apontados por quem visitou a Paraíba entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019. Outro dado que merece destaque é a possibilidade de 97,51% dos turistas retornarem, resultado superior em 0,95 p.p. ao registrado no ano passado. Além disso, 97,66% dos visitantes estão dispostos a indicar a Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP) como roteiro turístico.

CANSTOCKPHOTOS

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

17


CAPA

Tambaba Foi uma das praias mais visitadas pelos turístas

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Nossas praias encantaram os turistas O turista Paulo da Silva Bezerra, de São Paulo, está entre esse percentual de visitantes que pretende retornar ao estado. Ele já havia visitado a Paraíba quando era criança e, nesse ano, voltou trazendo a família para uma viagem de lazer. Paulo destacou a beleza do pôr do sol na Praia do Jacaré e a animação da Feirinha de Tambaú e ressaltou a acolhida do povo da terra: “A receptividade do paraibano é muito boa, é um povo muito alegre e engraçado. Passamos 13 dias na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, mas os dias que ficamos na Paraíba foram sensacionais, é um lugar onde eu volto com certeza”, afirmou. Em mais um ano, as praias da Paraíba foram o principal motivo da escolha pelo turismo de lazer, apontado por 68,50% dos entrevistados, que disseram a razão da escolha: praias de beleza singular, com águas mornas e cristalinas além das praias de forma ainda bastante nativa. As praias mais visitadas são a de Tambaú (72,29%) e a de Cabo Branco (70,18%), por serem praias urbanas, de fácil acesso e onde há a maior concentração de locais de hospedagem. Em seguida, vêm Coqueirinho (42,95%), Manaíra (39,38%), Bessa (38,41%), Tambaba (33,23%), Cabedelo (27,55%) e Seixas (21,72%). Além das praias, os turistas escolheram o estado pelos atrativos naturais (34,86%), por indicação de amigos e/ou parentes (25,69%), propaganda na internet (20,49%), preço da viagem mais adequado (18,65%), proximidade (11,31%) e o verde da cidade (8,87%). Nesse quesito, o entrevistado poderia citar mais de um motivo, o que torna o somatório das respostas superior a cem por cento. 18

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

O turista Paulo da Silva Bezerra, de São Paulo, está entre o percentual de visitantes que pretende retornar ao estado

EXPECTATIVA DO TURISTA APÓS CONHECER A PARAÍBA

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


O Açude Velho, em Campina Grande, um dos pontos mais visitados pelos turistas no interior da Paraíba

DESTINOPARAIBA.PB.GOV.BR/SECOMPB/CACIO MURILO

A pesquisa também mostra os pontos turísticos que mais atraíram os turistas: Parque Solon de Lucena (Lagoa) (48,02%), o pôr do sol de Jacaré (47,60%), o Mercado de Artesanato Paraibano (45,72%), o Farol do Cabo Branco (39,46%) e o Centro Histórico (36,53%). Neste último, os mais visitados foram o Centro Cultural São Francisco (68,57%), o Hotel Globo (61,14%) e o Mosteiro de São Bento e a Vila Sanhauá, com 38,29%. Merece destaque também a frequência dos visitantes em outros pontos turísticos: as piscinas naturais do Seixas (30,69%), o Hotel Tambaú (28,39%), as praias de Areia Vermelha (25,89%) e Picãozinho (24,84%), a Estação Cabo Branco – Ciências, Cultura e Artes (20,25%) e a Ponta do Seixas (20,04%). Além dos locais visitados na região metropolitana, 9,36% dos turistas aproveitaram a viagem para conhecer outras cidades paraibanas, como Campina Grande (31,25%), Patos (10,94%), Areia e Guarabira, com 6,25% cada.

CAPA

Centro de João Pessoa: história e arte

Campina Grande Em Campina, os pontos turísticos mais visitados foram o Açude Velho (28,57%) e o Parque do Povo (14,29%); e nas outras cidades, foram apontados o Parque Religioso Cruz da Menina, em Patos, o Lajedo de Pai Mateus, em Cabaceiras, e a Pedra da Boca, em Araruna, com 9,52% das visitas, cada. É importante frisar que, nesses quesitos, a soma dos resultados ultrapassa os 100%.

Parque da Lagoa foi o ponto turístico mais visitado I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

19


CAPA

Planejamento e viagem familiar A maioria dos turistas (47,81%) estava fazendo turismo de lazer; em seguida; 29,97% vieram visitar familiares e amigos; 8,63%, passar o réveillon na RMJP; 7,02% vieram a negócio ou a trabalho (7,02%); e 2,05%, para o Fest Verão. A maior parte dos turistas (46,93%) veio à RMJP acompanhada da família. O destaque para o planejamento de viagem familiar é observado desde 2008. Depois, aparecem 32,31% dos visitantes que vieram sozinhos, 18,86%, em grupo, e 1,90% estava em excursão. A pesquisa mostrou, ainda, que 67,54% dos respondentes já haviam estado na RMJP pelo menos uma vez, e 32,46% visitaram a Paraíba pela primeira vez – desses, 80,18% vieram para o turismo de lazer. ORIGEM DOS TURISTAS Neste ano, o Nordeste foi o principal emissor de turistas para a Região Metropolitana de João Pessoa, responsável por 42,25% dos visitantes, a maior parcela vinda de outras cidades da Paraíba; 15,92%, do estado de Pernambuco; 13,84%, do Rio Grande do Norte; e 7,61%, da Bahia. Os visitantes do Sudeste aparecem em segundo lugar (36,26%) - a maior parte (58,87%) de São Paulo. Uma observação importante é

que, desde o início da pesquisa, São Paulo envia o maior número de turistas dessa região. Já os turistas estrangeiros representam 2,92% do total, resultado 1,57p.p. maior do que em 2018. Os estrangeiros são oriundos de países como Argentina, Portugal, Chile, Estados Unidos, Alemanha, Japão, Suécia, Suíça, Angola, Bolívia, Colômbia, Guatemala e Paraguai. MEIOS DE HOSPEDAGEM Em relação aos meios de hospedagem, 51,02% optaram pela casa de parentes e de amigos; 46,78%, pelos meios de hospedagem convencionais - 29,09% se hospedaram em hotéis; 9,21%, em pousadas; 4,68%, em flats/hotéis residências; e 3,80%, em hostel. Cabe destacar que o número de pessoas que procuram a rede hoteleira vem apresentando um crescimento consecutivo nos últimos três anos: 34,39%, em 2017; 39,22%, em 2018; e 46,78%, em 2019. O tempo médio de permanência do turista na região metropolitana é de nove dias. O gasto médio é outro dado importante, e a pesquisa destacou que, por dia, o turista gasta, em média, R$123,71, o que representa uma expansão de 17,30% quando se compara com o ano passado.

Receptividade e gastronomia são aprovados pelos turistas Os serviços turísticos compreendem um amplo conjunto de atividades nos mais diversos segmentos. O objetivo principal desse tipo de serviço é de facilitar o acesso aos equipamentos de infraestrutura turística. Para os visitantes, a receptividade dos paraibanos se destacou, porquanto foi considerada ótima ou boa por 97,06% dos entrevistados, e embora não seja exatamente um serviço, esse elemento está diretamente liga20

do ao nível de satisfação do turista. Dentre os serviços turísticos utilizados, a gastronomia paraibana foi o que obteve o maior nível de aprovação, já que 96,79% a classificaram como “ótima ou boa”; a diversão noturna, com 95,76%, e o comércio, com 95,53%. É importante destacar que todos os serviços turísticos melhoraram seus índices de classificação - “ótimo” ou “bom” - em relação ao mesmo período do ano passado. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


CAPA

NÚMEROS QUE AJUDAM A COMPREENDER O TURISMO NA PARAÍBA INFRAESTRUTURA, COMUNICAÇÃO, TRANSPORTE, SAÚDE E ACESSIBILIDADE Uma boa infraestrutura urbana e a oferta de serviços públicos eficientes são importantes itens para o desenvolvimento da atividade turística, que 70,00% dos turistas avaliaram como “ótima ou boa”, com exceção do transporte público (62,42%). Os serviços prestados pelos motoristas de aplicativos de transporte privativo foram avaliados como “ótimos ou bons” (96,92%); os serviços médicos/hospitalares, com 95,00%; a sinalização urbana em João Pessoa, 93,26%; e os serviços prestados pelos taxistas de João Pessoa, 92,31%. Os turistas também apontaram como “ótimos ou bons” os serviços públicos de segurança e de limpeza na cidade de João Pessoa, com 86,32% e 84,50%, respectivamente.

O estudo também procurou saber se a RMJP estava preparada para receber os turistas com dificuldade de locomoção ou com alguma deficiência de ordem física ou motora, idosos, entre outros. Do total de respondentes, 2,63% eram pessoas com deficiência ou tinham alguém em seu grupo que necessitava de cuidados especiais. Desses, 38,89% citaram problema de locomoção. Questionados sobre as dificuldades encontradas, 55,56% citaram como a maior dificuldade a falta de locomoção perto do Parque Solon de Lucena, provocada pela concentração de ambulantes, e 44,44% sentiram falta de rampa da rodoviária para o terminal de integração.

PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS APONTADOS PELOS TURISTAS

PERFIL DO TURISTA

As praias, mais um ano, foram o ponto positivo mais comentado por 50,78% das citações; a gastronomia, por 17,19%; a receptividade do paraibano, por 16,56%; a tranquilidade da cidade de João Pessoa, por 11,56%; e o clima, por 11,25%. Em contrapartida, os turistas destacaram os principais pontos negativos durante sua estadia. Os principais foram o desconforto na sala de embarque no Aeroporto Castro Pinto (12,15%) e a desorganização do comércio de ambulantes próxima à Lagoa (10,80%).

Segundo os dados da Fecomércio, 50,29% dos turistas que visitaram a Paraíba neste verão são do sexo masculino. Do total, a maior parte (45,61%) está casada ou em regime de união estável. Em relação à faixa etária, a maioria tem entre 26 e 35 anos (27,63%). Quanto à renda, os que ganham até dois salários mínimos representam a maioria, com 21,93% dos entrevistados. No que diz respeito à escolaridade, 40,06% dos entrevistados cursaram o ensino superior completo. Já em relação à ocupação, 35,23% são de empresas privadas.

METODOLOGIA E A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA PARA GESTORES E EMPRESÁRIOS A Pesquisa Anual do Desempenho do Turismo foi realizada no período de 27 de dezembro a 15 de janeiro. Foi levantada uma amostra de 684 turistas, consultados de forma aleatória – no aeroporto, no terminal rodoviário e em diversos pontos turísticos na RMJP - com destaque para João Pessoa.

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

Com essa pesquisa, a Fecomércio contribui com informações que servem de subsídios para que gestores, empresários e pessoas ligadas diretamente à atividade turística da Região Metropolitana de João Pessoa possam definir políticas que fortaleçam o mercado turístico do Estado.

21


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

A Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher ofereceu gratuitamente exames preventivos de câncer de mama de colo do útero

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Suely de Sousa, comerciante de 51 anos, foi uma das mulheres atendidas pela Unidade Móvel do Sesc Saúde Mulher

Sesc oferece exames gratuitos de mamografia e citopatológicos na capital Durante o mês de fevereiro, a Unidade Móvel Sesc Saúde Mulher ofereceu gratuitamente exames preventivos de câncer de mama e de colo do útero em João Pessoa. Nesse período, foram realizados mais de mil exames - 512 mamografias e 512 exames citopatológicos. Os atendimentos aconteceram na unidade que ficou estacionada no Sesc Odontologia, no Centro de João Pessoa. Umas das mulheres atendidas foi Suely de Sousa, comerciante de 51 anos: “Não é a primeira vez que eu utilizo os serviços do Sesc Saúde Mulher, ano passado, quando teve essa mesma ação, eu vim e fiz todos os exames e, graças a Deus, estava tudo bem. Gostei muito do atendimento e da facilidade para conseguir marcar e fazer os exames”, afirmou. A aposentada Rita Batista, de 64 anos, foi outra beneficiária dos atendimentos: “A gente sabe que é importante cuidar da saúde e, quando encontramos uma oportunidade como essa, não podemos deixar passar. Eu vi a tenda montada na Lagoa e fui logo procurar saber o que era, quando soube que era para mamografia, marquei o meu exame na mesma hora”. 22

PREVENÇÃO Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo de doença mais comum entre as mulheres e o câncer de colo do útero é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres por causa de câncer no Brasil. A detecção precoce dessa doença é uma estratégia para encontrar um tumor numa fase inicial e possibilitar mais chances de tratamento: “Os exames preventivos são os nossos aliados, todas as mulheres precisam ter consciência de que a prevenção deve estar sempre em primeiro lugar. Através deles, podemos detectar lesões em estágios primários”, afirmou a coordenadora do Sesc Saúde Mulher na Paraíba, Ana Rita Albuquerque. Para a realização dos atendimentos, a equipe conta com um caminhão dividido em consultórios para proceder aos exames citopatológicos (preventivo); sala de mamografia (espaço composto de mamografia digital, estação de trabalho e negatoscópio); banheiro e área para ações educativas. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Nos meses de março e abril, a unidade móvel de odontologia do Sesc Paraíba oferece seus serviços à população de Santa Rita. A previsão é de que, até o final do mês, o OdontoSesc ofereça, gratuitamente, seus serviços de saúde bucal para cerca de 300 pessoas da região, com tratamento de cárie, extração, limpeza e apli-

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

OdontoSesc estaciona em Santa Rita cação de flúor. Além disso, a unidade promove ações de conscientização por meio de palestras, orientações e brincadeiras educativas para o público infantil. A atuação do OdontoSesc em Santa Rita é uma parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Em 2019, a unidade móvel de Odontologia completa 20 anos de atuação. E foi na Paraíba, na cidade de Esperança, que o OdontoSesc iniciou sua missão de levar saúde bucal, visando melhorar a vida das pessoas. Desde então, já atendeu a mais de 100 mil em sua itinerância pelo país. Os roteiros das unidades móveis são traçados de forma a atender à população de locais com baixa cobertura ou que não dispõe de serviços odontológicos e tem um baixo índice de desenvolvimento humano (IDH). Elas permanecem nas localidades por cerca de 90 dias e, além de atender, promovem o intercâmbio técnico com profissionais locais, com enfoque na promoção da saúde e na biossegurança. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

20 anos do OdontoSesc

Primeira unidade do OdontoSesc se instalou na cidade de Esperança, em 1999

23


Sesc realiza XVI edição da Mostra Sesc Curumim de Teatro Infantil em Campina

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Mostra Curumim encanta o público infantil campinense há 16 anos

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Há dezesseis anos, o Sesc promove educação inclusiva e democrática através da arte e, em cada edição, a Mostra Curumim de Teatro Infantil surpreende e encanta tanto aos que estão nos bastidores quanto aos que participam desse evento, como artistas ou espectadores. Uma das propostas da Curumim é de descentralizar e democratizar a arte e consolidá-la cada vez mais na memória das crianças e dos adolescentes que, quando assistem aos espetáculos, às oficinas, aos filmes e à contação de histórias, podem vivenciar a magia e passear pela imaginação e pelo encantamento mesmo sem sair do lugar. Assim, ao oferecer essa e outras atividades socioculturais, o Sesc demonstra que se preocupa em oferecer uma formação lúdica de boa qualidade, respeitando a diversidade cultural, social e emocional, e incentiva o respeito mútuo e a convivência com o novo. A programação, que é totalmente gratuita, acontece no Sesc Centro, durante dez dias, nos turnos da manhã e da tarde, onde são recebidas milhares de crianças, a maioria delas oriundas de escolas municipais da cidade e da região. 24

Sesc seleciona artistas para o calendário de exposições em 2019

Artistas plásticos são selecionados para o calendário de exposições em 2019 Artistas plásticos paraibanos terão a chance de expor suas obras no Serviço Social do Comércio. A instituição selecionou oito propostas de exposição para o ExpoSesc 2019, um projeto cujo objetivo é de preencher o calendário de artes visuais da instituição durante o ano. A seleção aconteceu via edital, com inscrições gratuitas, visando valorizar e incentivar os artistas da terra. Puderam se inscrever artistas ou curadores paraibanos, residentes no estado, com produção nas formas de manifestações bidimensionais (desenho, pintura, gravura, fotografia), tridimensional (escultura, objeto e instalação) e mídias contemporâneas, dentre outras. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Primeira turma concluinte do Ensino Médio da Escola Sesc Dom Ulrico teve grande número de aprovações no Enem

Alunos da Escola Sesc Dom Ulrico obtêm bons resultados no Enem Ao concluir o Ensino Médio, boa parte dos alunos opta por continuar na formação acadêmica ingressando no Ensino Superior. Com esse intuito, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é a porta de entrada para universidades públicas e privadas. Nesse contexto, os concluintes da primeira turma do Ensino Médio da Escola Sesc Dom Ulrico obtiveram bons resultados no Enem 2018. Um das aprovadas foi Juliane Lara Ribeiro Silva, que irá cursar Nutrição na Universidade Federal da Paraíba. As expectativas para a nova fase são muitas, e ela destaca o que foi fundamental para que conseguisse ser aprovada: “A educação que tive no Sesc foi muito importante para a minha aprovação, principalmente a ajuda dos professores, tanto em relação às matérias quanto ao apoio psicológico”. “Essas aprovações são importantes por mostrarem nosso foco na excelência que gera resultados elevados de aprovação em uma importante avaliação nacional, que é o Enem e por, consequentemente, darem visibilidade à instituição”, comemorou o gerente da Escola Sesc Dom Ulrico, Carlos Ramos. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

Paraibanos ingressam na Escola Sesc de Ensino Médio (RJ) Quatro alunos paraibanos, das cidades de João Pessoa, Campina Grande, Esperança e Sousa, embarcaram no mês de março rumo à Escola Sesc de Ensino Médio, no Rio de Janeiro, para um novo tempo de aprendizagem, pautados na missão da instituição que tem como pilares a autonomia intelectual, criatividade e compromisso social. Lua Helena Barbosa, Nicole Cristina da Silva, Luis Felipe de Luna Lima e Jocinaldo Alves Pereira terão três anos de bolsa integral de estudos numa das maiores instituições de ensino do país.

25


Desde que a Escolinha de Futebol Sesc é gol surgiu, há mais três anos, já passaram pelos gramados do projeto mais de 150 crianças e jovens de 10 a 17 anos. O objetivo é de promover lazer e inclusão social por meio do esporte. O trabalho é realizado, de maneira gratuita, na unidade do Sesc Gravatá, atende a diversas comunidades da cidade de João Pessoa e oferece a modalidade de futebol de campo. De acordo com o coordenador de Esportes e Recreação da instituição, Tharyk Vinícius, a integração social entre os atletas é o mais importante do projeto: “O intuito da Escolinha de Futebol ‘Sesc é Gol’ é a de promover a inclusão social e a integração entre os seus participantes e não, apenas, a competição”, afirma. O estudante Michael Gomes, de 17 anos, é um dos atletas que faz parte do projeto. Há um ano e dez meses, todos os sábados, ele está nas aulas da escolinha: “Gosto bastante de vir aqui, sempre estou nos treinos. O ‘Sesc é Gol’ é uma ótima ação, os professores estão sempre preocupados conosco. O incentivo ao trabalho em equipe também é muito legal”, afirmou. Outro adolescente que faz parte do projeto é Gabriel Pereira, de 14 anos, que afirma: “Fazer parte da escolinha é muito bom. A gente faz muitos amigos, desenvolve o trabalho em equipe. E eu percebo que minha técnica ficou bem melhor. Os professores estão sempre nos orientando”, explicou. O projeto ‘Sesc é Gol’ é realizado no Sesc Gravatá todos os sábados pela manhã. 26

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Escolinha de Futebol do Sesc promove integração social de crianças e jovens

Futebol:ótima ferramenta para a integração de crianças e de jovens

Belezas do Nordeste são destaques do Turismo Social Conhecer as belas praias de Maceió, passar o São João em Caruaru, acompanhar a Paixão de Cristo em Nova Jerusalém ou se divertir no maior parque aquático da América Latina, o Beach Park, em Fortaleza. Essas e muitas outras opções integram a programação de 2019 do Turismo Social, promovido pelo Sesc Paraíba, que embarca com excursões e passeios com um olhar especial para as belezas naturais e históricas do Nordeste brasileiro. Com um preço acessível e toda a comodidade oferecida pelo Sesc, a programação embarca para seis diferentes estados em 2019: Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará e Bahia. Com um foco nas riquezas naturais, históricas, arquitetônicas e culturais de cada lugar visitado, o Turismo Social promove o lazer aliado à educação e à sustentabilidade, com um olhar especial também para os destinos turísticos dentro do nosso próprio estado. A programação completa está disponível no site sescpb.com.br. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Trabalho Social com Idosos

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

Maria Salete integra o TSI há mais de 20 anos e teve sua vida transformada junto ao Sesc

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Mesmo nos dias em que não acontecem atividades do grupo de Trabalho Social com Idosos (TSI), a aposentada Maria Salete Barros, de 76 anos, sai de sua casa e vai para a unidade do Sesc Centro, em João Pessoa. Ela faz parte do grupo há mais de 20 anos e não pensa em deixar de participar. “O TSI e o Sesc são a minha vida, aqui é a minha casa. Na minha residência, eu, praticamente, só vou para dormir. O Trabalho Social com Idosos me tirou de uma depressão, a minha vida melhorou bastante desde que eu cheguei aqui”, conta dona Salete. Reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o TSI cria condições para que as pessoas idosas tenham autonomia e possam se integrar na sociedade e participar dela. Assim, poderão elevar a autoestima e resgatar seu valor social. O TSI é norteado pelas cinco áreas em que o Sesc atua: educação, saúde, cultura, lazer e assistência. Atualmente, mais de 60 mil pessoas são atendidas pelo programa em todo o País. Na Paraíba, mais de mil pessoas foram atendidas no ano de 2018 nos quatro grupos. Dois deles estão na cidade de João Pessoa, e dois, em Campina Grande. No estado, o TSI tem o objetivo de reintegrar o idoso na sociedade, a fim de que se torne mais independente e protagonista da própria história. Ao longo do ano, são realizadas diversas ações, como aulas de dança, coral, hidroginástica, natação, pintura em tela, passeios turísticos, celebrações de datas comemorativas e reuniões de convivências mensais. Também são desenvolvidas oficinas, algumas delas ministradas pelos idosos do grupo.

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

estimula o protagonismo social da terceira idade

Diversas atividades culturais, esportivas e de educação são realizadas com os grupos de idosos na Paraíba 27


Sesc e Senac destacam números de 2018 na Paraíba

O ano de 2018 trouxe resultados positivos para o Sesc e o Senac, na Paraíba, com destaque para diversas ações, atividades e eventos em prol dos trabalhadores do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Presente em todo o estado por meio de suas 26 unidades fixas e seis unidades móveis, as instituições põem em prática, todo os dias, seus objetivos de promover o bem-estar social, no caso do Sesc, e de ofertar educação profissional por meio do Senac. Dando ênfase aos números, o Sesc teve forte atuação em suas cinco vocações: na Educação, destacaram-se as 1.595 matrículas no Ensino Fundamental, no Médio e na Educação de Jovens e Adultos; na área de Saúde, foram 20.940 atendimentos odontológicos e 2.586 exames no Programa Saúde Mulher; na área de Cultura, participaram 109.360 pessoas; na de Lazer, 58.032 pessoas visitaram os parques aquáticos; e na Assistência, 1.466.282 quilos de

alimentos foram doados pelo Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc. Já o Senac qualificou 14.232 paraibanos para o mercado de trabalho em 2018. Entre os destaques, podemos elencar a carga horária executada em sala de aula, que foi de 1.433.739 horas, e os paraibanos puderam se capacitar por meio dos 799 cursos ofertados pelo Senac, em 2018, e as 5.372 pessoas qualificadas pelas Unidades Móveis. “É importante destacar os números do Sesc e do Senac para que possamos ver como essas instituições atendem aos paraibanos nos mais diversos setores, proporcionando qualidade de vida, desde atendimentos de saúde, educação, atividades de lazer e culturais, até assistência, e promovendo a qualificação profissional para atender ao comércio de bens, serviços e turismo do estado”, destacou o Presidente da Fecomércio, do Sesc e do Senac Paraíba, Marconi Medeiros. BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

28

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

29


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Aluno Henryke Thomaz já iniciou a reflexão sobre o tema

Turmas da Escola Senac Dom Ulrico participaram de palestra

Uma das ferramentas do projeto é o álbum de figurinhas dos ODS

Cerca de 800 alunos do Senac participam de projeto sobre sustentabilidade Aproximadamente 800 alunos do Programa de Aprendizagem do Senac Paraíba participam do Projeto Elevação de Escolaridade que, neste ano, trabalha o tema sustentabilidade e incentiva a produção de gêneros textuais. Serão várias ações que culminarão em apresentações socioculturais e na produção de um livro com os textos dos alunos desenvolvidos no projeto. No primeiro momento da ação, houve palestras em que se apresentaram os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) promovidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) e se discutiu sobre vários tópicos do contexto social e, principalmente, do ambiental. Essa ação, de que participaram o empresário Luciano Piquet e a embaixadora da ONU para os ODS, Déborah Piquet, foi o pontapé inicial para que os jovens começassem a refletir sobre o desenvolvimento sustentável. Na ocasião, os alunos receberam um álbum de figurinhas, para que os estudantes aprendessem sobre os ODS de forma lúdica: “Esse álbum de figurinhas permite que os alunos voltem à infância, preencham-no de forma prazerosa e aprendam cada um dos objetivos que forem colando, para saber o que é cada um deles. Temos certeza de que, no final do ano, teremos alunos 30

bem comprometidos com todas essas ações”, destacou Luciano Piquet. ESTÍMULO À ESCRITA Para o aluno Henryke Thomaz, da turma de Aprendizagem em Serviços Hoteleiros da Escola Senac de Gastronomia e Hotelaria, “esse momento foi importante por causa da divulgação da informação, pois espalhar o conhecimento, principalmente sobre sustentabilidade, é algo muito importante porque afeta nossa vida e a das futuras gerações”, ressaltou. Ao longo do ano, a equipe docente do Senac desenvolverá várias ações de estímulo à escrita, entre elas, produção de diferentes gêneros textuais, desenvolvimento de ideias, reflexão sobre os ODS e atividades lúdicas. “Nós trouxemos esse projeto para as escolas de educação profissional, trabalhando com esses jovens na perspectiva de inovação, criatividade e mudança de atitude, uma nova forma de ver o planeta. Nós vamos promover um trabalho de desenvolvimento de construção do conhecimento, pois, no final do projeto, queremos construir um livro com os alunos para apresentar todos os resultados desse projeto que estamos iniciando”, explicou a Diretora de Educação Profissional do Senac Paraíba, Vera Lúcia Silva. I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Equipe do Senac participa de O Senac Paraíba reuniu 75 profissionais, como diretores, gerentes, professores, supervisores e instrutores, para participarem da Jornada Pedagógica. Com o tema ‘Educação e inovação: unidos para fazer a diferença e ampliar as competências’, o evento aconteceu em janeiro na Pousada Aruanã. A programação contou com diversas formações, com palestras, workshops, vivências e dinâmicas de grupo, coordenadas por renomados profissionais, como Ana Luísa Araújo, Júlio Furtado e Alex Santos Gomes. Os assuntos abordados foram Metodologias ativas; Gestão da sala de aula: construindo caminhos para uma aprendizagem significativa; Liderança, gestão escolar e pedagógica: o desafio de fazer acontecer e Metodologias na Educação Profissional: inovação e ensino com tecnologia. Na abertura do evento, o Diretor Regional do Senac Paraíba, Geraldo Veras, falou das expectativas para a jornada: “Queremos propor a motivação da equipe Senac, para que trabalhem com engajamento, com empatia e que, através desta imersão no conhecimento, aconteça uma troca. Cada um apresenta um pouco do que sabe e aprende ainda mais”, afirmou.

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Jornada Pedagógica Equipe de profissionais do Senac discutiu e refletiu sobre diferentes contextos educacionais

A Jornada Pedagógica visou trabalhar, por meio da inovação e da tecnologia, o corpo docente e a missão de levar o aluno para as ações e o desenvolvimento dos programas e dos projetos pedagógicos. “Trouxemos essa experiência para refletir, construir, vivenciar e compartilhar com o outro a construção do conhecimento. Na sala de aula, essa construção é coletiva, ela é do aluno e do docente, e cada turma tem seu perfil. E devemos ter o foco do aluno como centro da cena pedagógica”, concluiu a Diretora de Educação Profissional, Vera Lúcia Silva.

Jornada Pedagógica reuniu 75 profissionais do Senac Paraíba I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

31 31


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Cursos de Idiomas contribuem para a valorização profissional Conseguir compreender e estabelecer uma boa comunicação utilizando outro idioma é uma habilidade essencial para quem deseja entrar no mundo do trabalho, e para os que já estão no mercado, é cada vez mais um item básico do currículo. A gerente do Centro de Desenvolvimento Gerencial (Cendege) do Senac e responsável pela área de Idiomas, Tâmara Gonçalves, afirma que o aprendizado de uma nova língua auxilia no crescimento profissional. “Outro idioma pode contribuir agregando valor ao currículo e abrir portas para o profissional no mercado de trabalho. Esse é um grande diferencial”, afirmou. DESENVOLVIMENTO DA COMUNICAÇÃO Com o aprendizado de outro idioma, o profissional melhora o currículo e, na prática, amplia seu potencial de comunicação. “Quando a pessoa domina uma língua estrangeira, ela pode entender o que o outro está dizendo e responder de volta, manter uma interação, conectar-se com as pessoas e com o mundo. É disso que se trata aprender outros idiomas”, explica a professora de Idiomas do Senac, Amanda Sarmento. Na Paraíba, o Senac oferece cursos de inglês e de espanhol nas unidades do Centro de Desenvolvimento Gerencial em João Pessoa e no Centro de Educação Profissional em Campina Grande. As turmas são divididas em níveis básico, intermediário e avançado, com aulas nos turnos da manhã, da tarde e da noite. Os cursos são indicados para alunos com idade a partir de 12 anos. A carga horária varia de 60h a 70h, de acordo com o idioma. 32

Aprender um novo idioma pode ser o diferencial na hora de conseguir uma vaga no mercado de trabalho

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Aproximadamente 800 jovens aprendizes participam do projeto promovido pelo Senac Paraíba

JOVENS APRENDIZES Mais de 100 empresas qualificam por meio do Senac O Programa de Aprendizagem do Senac Paraíba é responsável por inserir, só em 2019, aproximadamente, 800 jovens, de 14 a 24 anos, no mundo do trabalho. Isso é feito por meio de cursos de qualificação que atendem às demandas do mercado. O trabalho da instituição é reconhecido por mais de 100 empresas que elegem o Senac para qualificar seus jovens. São empresas de diversos ramos do comércio de bens, serviços e turismo - como hospitais, farmácias, supermercados atacadistas, hotéis, livrarias, veículos de comunicação e diversos estabelecimentos comerciais – que proporcionam o aprendizado na empresa e no Senac. Contemplando um conjunto de ocupações, a instituição propicia aos jovens aprendizes competências voltadas para a profissionalização e a cidadania. A empresa contrata o jovem aprendiz I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

e o inscreve no Senac. A partir daí, ele alterna jornadas na escola de educação básica, nas unidades do Senac e na empresa, preparando-se para o mundo do trabalho. A supervisora de Recursos Humanos, Deborah Leite, da Nova Diagnóstico, uma das empresas que capacitam seus aprendizes no Senac, destacou a contribuição dos jovens e a parceria com a instituição: “O desejo de aprender, de ir além e de conquistar um espaço na empresa faz dos jovens uma mão de obra colaborativa e qualificada. A parceria com o Senac rende bons frutos. Poder ensinar na prática o que eles aprendem na teoria com o Senac dá todo sentido a compreender o que é uma empresa e quais são suas regras e responsabilidades na rotina de trabalho. Aprender com fundamento teórico transforma o jovem em um profissional diferenciado”, ressaltou. 33


Senac tem polos de Educação a Distância na Paraíba Nossa necessidade de mudar e de crescer é constante, e o pensamento sempre caminha para uma vida com mais preparo profissional. Na sociedade, o Senac participa de trajetórias para qualificar os trabalhadores para o comércio de bens, serviços e turismo. São várias formações em diferentes áreas e modalidades. E para quem busca oportunidades de estudo que possibilitem usar o tempo de forma flexível, a instituição oferece Cursos de Educação a Distância (EAD), com polos em João Pessoa e em Campina Grande. Na EAD, são oferecidos Cursos Técnicos, de Graduação e Pós-Graduação, em João Pessoa e em Campina Grande, nas áreas de artes, beleza, comércio, comunicação, design, educação, gastronomia, gestão, hospitalidade, idiomas, informática, meio ambiente, moda, produção de alimentos, saúde, segurança, tecnologia da informação e turismo. Atualmente estão abertas inscrições para os Cursos Técnicos na Paraíba. A formação é dividida em atividades virtuais, com a experiência de instrutores que garantem referências atualizadas, e atividades práticas, que possibilitam ao estudante um preparo adequado para enfrentar os desafios da área em que atua. Tudo isso aliado ao reconhecimento e à credibilidade do Senac. CANSTOCKPHOTOS

34

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Paraibanas aproveitam serviços no Dia Internacional da Mulher sitou o Hospital Universitário Lauro Wanderley, na UFPB, para levar serviços de corte de cabelo e esmaltação de unhas, e beneficiou as funcionárias e as usuárias do CRECI-PB com serviços de massagem quick, corte de cabelo e esmaltação. Para Romena Reis, que desfrutou do serviço no MAG Shopping, a ação foi bastante positiva: “A ideia foi muito bem pensada, porque, na nossa correria do dia a dia, um minuto que a gente para e recebe este cuidado já faz uma grande diferença. Isso tudo com a assinatura do Senac, uma instituição que conheço e confio muito e acho que o resultado é só positivo”, afirmou a fotógrafa.

Serviços como de massagem quick foram oferecidos para o público feminino I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I

35

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

O Senac realizou, na capital, diversas ações alusivas ao Dia Internacional da Mulher. Com serviços de beleza, ações em tecnologia, divulgação de cursos e outras atividades, a instituição atendeu a cerca de 250 pessoas em comemoração à data. Em parceria com o Mag Shopping, a instituição esteve presente no local, com um stand, ministrando oficinas, levando serviços e divulgando os cursos. No espaço, o público participou das seguintes oficinas: Saúde: bem-estar e qualidade; Idiomas: conecte-se com o mundo; Moda: workwer style, e Informática: revilt arquiteture - conhecendo o software, além dos serviços de massagem quick e interação com a realidade virtual. Além disso, o Senac vi-


paraibanidade

ARTE NAIF FEMININA BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

MÚSICA - CINEMA - ARTES VISUAIS - LITERATURA - SHOWS - EXPOSIÇÕES - TURISMO

A Estação Cabo Branco recebe a exposição de Arte Naif Feminina, com as expositoras Analice Uchoa, Célia Gondim, Marby Silva e Val Margarida. A exposição ficará aberta para visitação pública até o dia 5 de maio. Na mostra, as artistas não se preocupam em preservar as proporções naturais nem os dados anatômicos corretos das figuras que representam.

CAMINHOS DO FRIO 2019 O Fórum Paraibano de Turismo já divulgou a programação de 2019 para a Rota Cultural Caminhos do Frio. As atividades serão iniciadas no mês de julho e seguirão até setembro, animando o público, que já tem o evento como garantido no calendário estadual, o qual começará na cidade de Areia e seguirá por Pilões, Matinhas, Solânea, Serraria, Bananeirais, Remígio, Alagoa Nova e Alagoa Grande.

PALCO GIRATÓRIO O Palco Giratório, idealizado pelo Sesc, tem o objetivo de difundir as artes cênicas brasileiras e de democratizar o acesso à cultura. Neste ano, sua primeira etapa trará o espetáculo ‘Meu Seridó’, da Companhia Casa de Zoé. Em João Pessoa, acontecerá no dia 31 de março, no Theatro Santa Roza, às 19h. Em Campina Grande, a apresentação será no dia 06 de abril, às 20h, no Cine Teatro do Sesc Centro. Além das apresentações, os grupos ministram oficinas para quem tem interesse na área.

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

Até o mês de abril, estão abertas as inscrições para o Projeto Sesc Paraíba EnCena. O edital contempla 12 espetáculos de Artes Cênicas. Os grupos farão apresentações simultâneas em João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras. Além dos espetáculos, durante o projeto, os grupos selecionados realizam outras atividades, totalizando 72 apresentações, 72 conversações e mais de 280 horas de oficinas.

ARTE DA PALAVRA O Sesc Paraíba está com inscrições abertas para a oficina de Histórias em Quadrinhos, que acontecerá dos dias 06 a 10 de maio. A ação será ministrada pela ilustradora e professora Thaís Quintella. Ela é criadora multiplataforma, com destaque para produções premiadas em literatura, cineanimação e histórias em quadrinhos. A oficina, que integra o projeto Arte da Palavra, acontecerá no auditório da Fecomércio em João Pessoa. PARAÍBA -- MARÇO OUTUBRO / 2018 II PARAÍBA / 2019 I I

PARAIBANA APRESENTA ‘ESPECIAL ELIS VIVE’ A cantora e compositora paraibana e ex The Voice Brasil, Nathália Bellar, apresenta o especial Elis Vive, que promete emocionar gerações com clássicos de Elis Regina, uma das cantoras mais consagradas da MPB. O evento, em apresentação única, acontece no auditório do Tambaú Hotel no dia 11 de maio, às 20 h.

BANCO DE IMAGENS DO SISTEMA

SESC PARAÍBA ENCENA

3737


artigo

Gonçalo Pontes

A necessária inflexibilidade de princípios Começa um novo ano e, comumente, chega o momento de refletir sobre o que se fez, o que se está fazendo e o que será feito. Particularmente, penso que essa época é de suma importância para melhorar o comportamento humano. É tempo de rever as verdadeiras definições do que chamamos de “valores”, pois tenho defendido o quão é importante pensarmos no significado dos princípios, não só nos inatos, como também, e principalmente, nos que vimos aprendendo no caminhar da vida. Quem de nós, nos dias atuais, consegue jogar um papel na rua? Atirar uma latinha de cerveja ou de refrigerante pela janela do carro? Fumar em qualquer lugar? Ficar indiferente ante uma injustiça cometida contra um idoso na rua ou diante de tantas outras situações que eram consideradas comuns no passado e que agora são repudiadas? Isso se chama seguir ‘princípios’ e é neles em que nascem os “valores”. Nesse contexto, precisamos rever e aprender, para que os valores se tornem cotidianos na convivência humana, a necessária inflexibilidade de princípios. Temos que nos habituar a tratar, com presteza e boa vontade, as pessoas, a ser mais solidários, a ser os melhores membros familiares e mais profissionais, tudo seguindo princípios. É exatamente nesse momento em que surgem os valores humanos. O que significa chegar em casa cansado, depois de um dia de trabalho duro, e encon-

trar, na mesa, uma torrada queimada ou um leite frio, que uma pessoa preparou com boa vontade ou, pelo menos, lembrou que chegaríamos ao fim de um dia com fome e, mesmo também cansada, fez isso para nós? Será que não seria uma questão de princípios esquecermos os defeitos e lembrarmos mais das virtudes dos que nos cercam? O que custa a alguém que ama dar um bom dia diferente e inesperado e surpreender a quem o ouve? O que custa secundarizar o smartphone e priorizar nossos ouvidos, nosso olhos e sentimentos em prol de alguém que precisa de atenção? O que custa dar a vez na fila? O que custa dar passagem no trânsito a alguém que está mais apressado? O que custa oferecer um café ou uma água a um colega durante o trabalho? O que custa receber um panfleto publicitário em um sinal de trânsito? O que custa abalizar bem as palavras que saem de nossa boca e que podem machucar alguém? O que custa aproveitar as pessoas, enquanto ainda vivas, para dizer o que sentimos por elas? Enfim, o que custa rever e aprender os princípios que podem mudar nossa vida e a das pessoas? Esse 2019 pode ser diferente como nunca foi outro ano em nossa vida. Você pode fazê-lo e vivê-lo de forma totalmente incomum, desde que aja também de forma incomum. Aproveite e passe essa ideia à frente e plante essa semente. Assim, poderemos fazer um mundo melhor e maior em relação aos valores. Pense nisso e até a próxima!

GONÇALO PONTES é conferencista, Consultor e Palestrante, Graduado em Economia e Direito. Possui Master Business Administration em Gestão Empresarial, Pós-Graduado em Direito e Processo do Trabalho 38

I PARAÍBA - MARÇO / 2019 I


Profile for Fecomércio Paraíba

Revista Fecomércio Ed 38  

Revista Fecomércio Ed 38  

Advertisement