Page 1

Paraíba Março 2014 Ano 8 Nº 23 

Turismo em alta na Paraíba: mais de 97% dos visitantes pretendem retornar

EDUCAÇÃO Alunos do Dom Ulrico são aprovados na seleção do IFPB Página 24

CAPACITAÇÃO Senac inova com curso de fotografia em João Pessoa Página 29

Novo Centro de Convenções e Feiras da Paraíba, em João Pessoa

CRESCIMENTO

Comércio varejista comemora resultados positivos em 2013

Pág. 7


OPINIÃO

De bem com os turistas

PRESIDENTE Marconi Medeiros 1º VICE-PRESIDENTE: Geraldo Magela Lima  2º VICE-PRESIDENTE: Ricardo Vasconcelos Pereira de Melo  3º VICE-PRESIDENTE: José de Assis Lima  4º VICE-PRESIDENTE: Antonio Rangel Moreira  1º SECRETÁRIO Alexandre José Cartaxo da Costa  2º SECRETÁRIO: Juarez Pereira Marques  1º TESOUREIRO: Fernando de Andrade Teixeira  2º TESOUREIRO: Benjamim Maia Lins DIRETORES: Davi Livengston Lauro de Sales  Diana Chianca Gusmão Edalmo Leite Fernandes de Assis Fernando Flávio Madruga Oliveira Lima  Giuseppi Coutinho de Souza  Guilherme Coutinho de Souza  Inácio Ramos Borba Ione Regina de Souza Isaac Junior Moreira Jailton Eloy Mendes João Batista André da Costa José Claudionor Fernandes da Silva Jurandi Ferreira de Souza Kleber Sampaio Santiago  Luiz de Gonzaga Guimarães Correira Marconi Barros dos Santos Moacir Tavares dos Santos Paulo Sérgio Navarro de Souza Raul Ventura da Silva Rodrigo Guedes Rodrigues Silvino Bezerra da Costa Vantuiler Leite Chaves Vicente Martins da Nóbrega Vinicius José de Araújo Silva  TITULARES CONSELHO FISCAL: Antônio Vicente da Silva  Edigar Florêncio da Silva Francisco Wanderley Junior  SUPLENTE CONSELHO FISCAL: José Coriolano Porto Manoel José do Nascimento  Pedro Soares dos Santos DIRETORA REGIONAL DO SESC: Mônica Barros DIRETOR REGIONAL DO SENAC: Geraldo Veras SINDICATOS FILIADOS SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DE JOÃO PESSOA (SINDIALIMENTOS) SINDICATO DO COM. ATACADISTA DE MAQUINISMOS EM GERAL DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIMAQUINISMOS) SINDICATO DO COM. ATACADISTA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDICONSTRUÇÃO) SINDICATO DO COM. ATAC. DE ALGODÃO E OUTRAS FIBRAS VEGETAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIALGODÃO) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DE JOÃO PESSOA (SINDIFARMA JOÃO PESSOA)   SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL ÓPTICO, FOTOGRÁFICO E CINEMATOGRÁFICO DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIÓTICA) SINDICATO DO COMÉRCIO DE VENDEDORES AMBULANTES E FEIRANTES DE JOÃO PESSOA (SINDIAMBULANTES)   SINDICATO DOS LOJISTAS DO COMÉRCIO DE JOÃO PESSOA (SINDILOJAS) SINDICATO DAS EMPRESAS DE COMPRA, VENDA, LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS, E DOS CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS E COMERCIAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SECOVI)   SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE DROGAS E MEDICAMENTOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIDROGAS)  SINDICATO DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINRECOM) SINDICATO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE INFORMÁTICA DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDISOFT) SINDICATO DAS EMPRESAS DE CENTROS DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES “A” E “B” DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDECFCPB) SINDICATO DO COMÉRCIO DE REVENDEDORES DE VEÍCULOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINVEP-PB)   SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DOS FEIRANTES E AMBULANTES DE CAMPINA GRANDE (SINDIAMBULANTES) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAMPINA GRANDE (SINDILOJAS C.GRANDE) SIND. DO COMÉRCIO DE PEÇAS E ACES. PARA VEÍCULOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIPEÇAS) SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PROD. FARMACÊUTICOS DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIFARMA CAMPINA GRANDE) SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DO ESTADO DA PARAÍBA (SINDIATACADISTA) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CARNES FRESCAS DE CAMPINA GRANDE (SINDICARNES FRESCAS) SIND. DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DE CAMPINA GRANDE (SINDIALIMENTOS)   SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PATOS (SINDILOJAS PATOS)  SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE SOUSA (SINDIEMPRESAS SOUSA) SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE CAJAZEIRAS (SINDIBENS CAJAZEIRAS)  SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE GUARABIRA (SINDILOJAS GUARABIRA).

Revista

FECOMÉRCIO

Mais um ano se passou e a Paraíba comprovou, por excelência, que sabe receber bem o turista. Segundo dados do Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas, é quase unânime a intenção do turista em retornar ao estado. Mas o que faz de nós um destino tão procurado? Além das belezas naturais, da nossa história, do rico artesanato ou da gastronomia peculiar, os braços abertos do paraibano são o principal convite para que os visitantes de outros estados e países conheçam nossa cultura. E isso não é a nossa opinião: os próprios turistas destacaram a hospitalidade do paraibano como um dos nossos pontos fortes. Tudo isso faz parte de um ciclo que atrai cada vez mais turistas e, dessa forma, quem mais ganha é a Paraíba, que, a cada ano, percebe o desenvolvimento econômico proveniente do setor. Tudo isso, claro, é o resultado de investimentos que vêm sendo semeados ao longo de anos. Com o interesse do poder público em parceria com as instituições privadas, o turismo paraibano vem colhendo frutos cada vez melhores. Entidades que trabalham em prol do setor, a exemplo da Fecomércio, focam sua atenção a este período importante que a Paraíba atravessa. Além do crescimento turístico que ocorre no período de férias, estamos nos preparando para receber um dos maiores campeonatos esportivos do mundo e, para isso, é importante que o nosso mercado de trabalho esteja preparado para receber o fluxo de turistas esperado no mês de junho. Através do Senac, estamos investindo fortemente neste trabalhador do terceiro setor, que precisa, além da capacitação eficaz na sua área (que já é a marca de qualidade do Senac), estar fluente em outro idioma, tendo em vista a quantidade de estrangeiros que visitarão nosso estado, que está situado entre duas cidades-sede da Copa do Mundo. Os ventos são bons e sopram a nosso favor, e os dados comprovam que estamos no caminho certo quando falamos em desenvolvimento econômico e turístico da Paraíba. O que devemos fazer, neste momento, é aumentar, ainda mais, o ritmo, somar esforços e continuar este trabalho em que o maior beneficiado é a sociedade paraibana e o turista que nos visita.

Paraíba

PRODUÇÃO EDITORIAL: Assessoria de Comunicação do Sistema FECOMÉRCIO/SESC/SENAC-PB REPORTAGENS: Dennise Vasconcelos, Diego Caiaff e Gianni Almeida. REVISÃO: João Trindade FOTOGRAFIA: Rizemberg Felipe, Piu Dip, Roberto Guedes, Giselma Franco, Secom-JP , parahybacultural.blogspot.com e Canstockphoto. EDIÇÃO: Dennise Vasconcelos (DRT – PB 3021) e Diego Caiaffo (DRT – PB 3044) PROJETO GRÁFICO: Anderson Rodrigues DIAGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO ELETRÔNICA: Ricardo Araújo (DRT-PB 631) IMPRESSÃO: Gráfica Santa Marta TIRAGEM: 1.000 exemplares

MARCONI MEDEIROS Presidente do Sistema FECOMÉRCIO/SESC/SENAC-PB


EDITORIAL

Um novo ano se iniciou e, com ele, muito é esperado para acontecer e outro tanto já está em andamento. No Sistema FECOMÉRCIO/ SESC/ SENAC Paraíba as ações já estão a todo vapor e convidamos você a acompanhar um pouco das nossas realizações. Neste ano especial, em que o Brasil sediará a Copa do Mundo, todos os olhos estão voltados para o Turismo. A Fecomércio Paraíba, grande incentivadora desse segmento, continua contribuindo com o mais completo levantamento sobre o turismo paraibano. A Pesquisa sobre o Desempenho do Turismo na Região Metropolitana de João Pessoa será o grande destaque desta 23ª edição da Revista Fecomércio Paraíba, revelando-nos o perfil do turista, suas impressões e avaliações. Além disso, a Fecomércio mostrará a realização do Prêmio Corálio Soares de Oliveira, a visita de representantes da Capitania dos Portos e a pesquisa do Comércio Varejista em 2013, que revelou crescimento no setor. As páginas do Sesc nos mostram mais sobre sua atuação nas diversas áreas e por todo o estado. Poderemos acompanhar as comemorações do Carnaval e do Dia da Mulher; a Mostra Curumim em Campina Grande; os editais de cultura publicados; o início das aulas nas unidades do Sesc Ler no Sertão; o Projeto Recrear em Guarabira; as ações de saúde e o bom desempenho dos alunos da Escola Sesc Dom Ulrico na seleção do IFPB. O Senac nos apresenta suas ações, no Programa de Aprendizagem, junto aos alunos do Pronatec; na Escola Senac Dom Ulrico; o curso de Fotógrafo; os cursos de idiomas ofertados e seus eventos; e a oportunidade de fazer uma pós-graduação a distância. Com essa variedade de temas, reforçamos o convite para que vocês desfrutem a leitura desta nova edição da Revista Fecomércio Paraíba que nos mostra as ações dessas três instituições sempre em prol dos comerciários e dos paraibanos. Uma boa leitura!


SUMÁRIO

Altas nas vendas Comércio Varejista na Paraíba cresce em 2013 Página 7

Paraíba se destaca no Turismo neste verão

Pesquisa do Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba mostra que 97,67% dos turistas pretendem retornar ao estado.

Páginas 14 a 19

Diretores, conselheiros e funcionários recebem homenagem do Sistema Fecomércio Paraíba Páginas 10 e 11

Alunos da Escola Sesc Dom Ulrico se destacam na seleção do IFPB

Estudantes do Pronatec realizam atividades no Senac

Página 24

Página 26

Senac Paraíba oferece curso de fotografia para capacitar novos profissionais Página 29


Representantes da Capitania dos Portos visitam a Fecomércio Paraíba O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Paraíba, Marconi Medeiros, recebeu a visita do Comandante da Capitania dos Portos da Paraíba, o Capitão-de-Corveta Wagner Guedes Abrantes. O encontro estreitou os laços e a parceria entre as instituições. Na ocasião, Medeiros também recebeu o troféu da Travessia do Dia do Marinheiro, promovida pela Marinha, com o apoio da Fecomércio Paraíba. O evento aconteceu em duas etapas: em novembro e dezembro, na Praia do Cabo Branco e em Cabedelo. A ação contou com a participação de aproximadamente 350 atletas; inclusive com uma categoria para comerciários.

Presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros, recebe o troféu das mãos do Comandante da Capitania dos Portos, Wagner Guedes Abrantes

Mônica Barros, Diretora Regional do Sesc Paraíba; Marconi Medeiros; Comandante Wagner Guedes Abrantes; e 1º Tenente (RM2-S) Kalyne Dantas Salgado Bandeira Travessia do Dia do Marinheiro teve a participação de cerca de 350 atletas nas duas etapas

6

MARÇO I 2014


Comércio Varejista encerra 2013 com alta, na Paraíba O comércio varejista da Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP) encerrou 2013 com crescimento de 3,93% no faturamento real acumulado, em comparação com o mesmo período de 2012. De acordo com a pesquisa, quase todos os segmentos registraram alta nas vendas, com destaque para tecidos (12,39%); combustíveis (12,11%); eletrodomésticos e eletro-eletroeletrônicos (10,32%); e supermercados (5,42%). O levantamento foi realizado pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba (IFEP-PB). Na comparação anual, dezembro de 2013 com o mesmo mês do ano anterior, o faturamento real do varejo também teve crescimento (2,98%). Nesse período, nove dos doze ramos pesquisados apontaram aumento nas vendas. Os melhores desempenhos foram: vestuário (15,69%); tecidos (12,51%); combustível (6,53%); e materiais de construção (5,60%). Na análise do comportamento do faturamento em dezembro de 2013 com relação a novembro, o comércio varejista apresentou uma expansão de 20,97%. Todos os segmentos analisados, com exceção dos materiais de construção (-11,06%), apresentaram elevação nas vendas. Os resultados positivos foram maiores nos segmentos de vestuário (93,05%) e de calçados (80,31%). Os eletrodomésticos e eletroeletrônicos e as concessionárias de veículos apresentaram o terceiro maior crescimento, com 21,50% cada. É importante salientar que no resultado acima não foi retirada a sazonalidade, que acontece no último mês do ano, em decorrência das festas natalinas, e provoca um aumento na demanda, com maior proporção em dezembro. MARÇO I 2014

Pesquisa da Fecomércio Paraíba aponta alta no comércio varejista em 2013

MELHORES DESEMPENHOS QUE APONTARAM AUMENTO NAS VENDAS EM RELAÇÃO DO MÊS DE DEZEMBRO DE 2012 VESTUÁRIO

15,69%

TECIDOS

12,51%

COMBUSTÍVEL

6,53%

CONSTRUÇÃO

5,60% 7


SALDO POSITIVO! Setores de serviços impulsionaram a criação de vagas, em janeiro

Criação de emprego formal na PB tem melhor número, em 12 anos O início de 2014 foi animador, com o aumento no número de pessoas empregadas com carteira assinada na Paraíba. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em janeiro deste ano, o saldo foi de 1.065 postos: melhor resultado da série Caged dos últimos 12 anos e colocou o estado na terceira melhor posição do Nordeste. Este resultado foi obtido pela diferença de criação de 14.696 postos, contra 13.631 desligamentos. Os setores que mais contribuíram para MARÇO I 2014

o saldo recorde foram o de serviços, com 914 vagas criadas, e a construção civil, 832 postos. A pesquisa também mostrou crescimento de 4,70%, no acumulado dos últimos doze meses, com 17.852 postos de trabalho gerados. Entre as cidades da Paraíba, João Pessoa e Campina Grande lideraram a geração de contratações. A capital paraibana criou 678 vagas e Campina Grande 293. Outras cidades que também geraram vagas em janeiro deste ano foram Cabedelo, Guarabira, Mamanguape, Sousa, Solânea, Sapé e Pombal. 9


O presidente Marconi Medeiros entrega as homenagens aos conselheiros Moacir Tavares, representando os sindicatos patronais; Edgar Florêncio, representando os conselheiros do Senac e Jailton Eloy os conselheiros do Sesc

Fecomércio homenageia diretores, conselheiros e funcionários A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba realizou uma homenagem aos seus diretores, conselheiros e funcionários com a entrega do Prêmio Corálio Soares de Oliveira. A solenidade, que aconteceu no Centro de Turismo e Lazer Sesc Cabo Branco, em João Pessoa, foi uma forma de agradecimento e incentivo pela contribuição que essas pessoas deram não apenas à instituição, mas ao desenvolvimento do comércio na Paraíba. Jailton Eloy, conselheiro do Serviço

10

Social do Comércio, recebeu o prêmio, representando todos os membros do Conselho Regional do Sesc. O conselheiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Edgar Florêncio, recebeu o troféu como representante do Conselho Regional do Senac; e Moacir Tavares, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Campina Grande, recebeu a homenagem em nome de todos os sindicatos do comércio e serviços de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sou-

MARÇO I 2014


Troféu Mérito Comercial Corálio Soares de Oliveira

Edvânia Nascimento e Marcelino Mendes receberam a homenagem pela suas atuações junto ao Sesc

Corálio Soares de Oliveira fundou a Fecomércio na Paraíba, no mês de julho de 1949. O primeiro presidente da instituição lutou pelos legítimos interesses dos empresários e contribuiu com a qualidade de vida dos trabalhadores do setor do comércio de bens, serviços e turismo na Paraíba. Por tudo isso, a premiação que homenageia e agradece a contribuição de personalidades pelo trabalho desenvolvido em prol do comércio recebe o seu nome.

Edmar Faustino e Maria de Fátima Florêncio foram agraciados com a homenagem através do Senac

sa, Cajazeiras e Guarabira. Além deles, dois funcionários do Sesc e dois do Senac também receberam o prêmio, por se destacarem em critérios como assiduidade, disponibilidade, presteza, bom humor, boa relação interpessoal, satisfação no que faz, iniciativa, comprometimento e proatividade. Os homenageados do Sesc foram Edvânia Nascimento e Marcelino Mendes e os do Senac foram Edmar Faustino e Maria

MARÇO I 2014

de Fátima Florêncio. O presidente da Fecomércio, Marconi Medeiros, destacou a importância dessa homenagem. “Decidimos olhar para nós, os grandes responsáveis por estas instituições: o Sesc, o Senac e a Fecomércio. Hoje, também homenageamos todos os conselheiros do Sesc e Senac, responsáveis por todas as decisões tomadas em prol do comércio paraibano, de uma forma geral”, destacou.

11


Conselho diretivo se reuniu na Capital no final de fevereiro

Diretoria da Fecomércio PB se reúne em João Pessoa

Membros debateram assuntos relevantes às três instituições

12

Diretores e conselheiros do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Paraíba estiveram reunidos na capital paraibana no último dia 27 de fevereiro. O objetivo da reunião, que foi presidida pelo diretor da Fecomércio Geraldo Magela, foi avaliar os resultados obtidos no último mês e traçar metas e estratégias para ampliar, ainda mais, as atividades desenvolvidas pela Fecomércio, pelo Sesc e pelo Senac em prol do desenvolvimento econômico e social do Estado.

O foco da reunião é a atuação do Sistema em prol dos paraibanos

MARÇO I 2014


Turismo em alta

CAPA

Mais de 97% dos visitantes pretendem retornar à Paraíba

14

MARÇO I 2014


CAPA Um local que reúne belas praias, pontos turísticos, atrativos naturais, tranquilidade e um povo acolhedor. Com todos esses atributos, a Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP) conquistou os turistas neste verão. A satisfação fica evidente quando 97,67% dos entrevistados manifestam o desejo de voltar. Mais que isso: 95,85% dos turistas estão dispostos a indicar a Paraíba como roteiro turístico. Os dados integram a Pesquisa sobre o Desempenho do Turismo na Região Metropolitana de João Pessoa, a maior e mais completa análise do perfil do turista que visita o estado, desenvolvida há nove anos pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas e Sociais da Paraíba. Essa intenção de voltar e indicar a Paraíba é confirmada pela professora Daniela de Souza, de Campo Grande (MS), que esteve na região em janeiro. Foi a segunda vez que ela visitou o estado e ainda trouxe um casal de amigos. “Amei conhecer mais a Paraíba, visitar outros lugares e conviver com este povo especial que é o pessoense. O que mais me chamou a atenção foram as belezas naturais e a receptividade das pessoas”, afirmou.

MARÇO I 2014

UM DOS MAIORES DO NE O novo Centro de Convenções da Paraíba vai movimentar o turismo de eventos no estado. Com um auditório com capacidade para 2340 pessoas, o Centro de Convenções é um dos maiores do Nordeste. O local ainda conta com uma área para exposições e feiras com 10 mil m².

A professora Daniela e sua família no litoral paraibano

15


CAPA

69,77% apontaram as belas praias como destinos para o turismo de lazer

BELEZAS DAS PRAIAS MOTIVARAM VISITAS A pesquisa mostrou que as expectativas dos visitantes em relação à Paraíba foram totalmente correspondidas para a maior parte dos entrevistados (68,27%). Para 27,57%, essas expectativas foram superadas. Apenas para 3,16% dos turistas foi abaixo do esperado. Mais um ano, o turismo de lazer foi o responsável pelo maior número de visitantes, totalizando 56,48%, enquanto o turismo familiar respondeu por 36,05% das visitas. Entre as principais razões da escolha da RMJP como destino para o turismo de lazer estão a beleza das praias, citada por 69,77%; a visita a familiares ou amigos, apontada por 45,02%; gostar dos atrativos naturais da cidade (32,23%); e a indicação de parentes ou amigos (23,59%). A propaganda da Paraíba pela Internet (13,62%) e a propaganda em revistas e/ou televisão (7,97%) também apareceram entre os motivos, com crescimento de, respectivamente, 1,63p.p. e 3,91p.p. na comparação com 2013. A indicação de agências de viagem aparece com 3,82% do total. De acordo com a pesquisa, 34,05% dos entrevistados estavam visitando o estado pela primeira vez. Por outro lado, 65,95% afirmaram que já haviam visitado a RMJP pelo menos uma vez; esse resultado registrou alta de 2,89p.p se comparado a 2013. “Esse fato se configura como um elemento importante e positivo para o desenvolvimento da atividade turística local, por indicar um elevado grau de satisfação dos 16

visitantes. Numa visão econômica, isso indica um efeito multiplicador; pois além de seu retorno, o turista torna-se um espontâneo divulgador da RMJP, indicando-a como destino turístico para outras pessoas”, afirmou o presidente da Fecomércio Paraíba, Marconi Medeiros. PERMANÊNCIA O levantamento mostrou, também, que o tempo médio de permanência dos visitantes é de 10 dias, sendo que 51,16% dos turistas permaneceram na RMJP de três a oito dias. Os dados apontaram ainda que 22,09% dos que visitaram a RMJP também foram a outras cidades do estado. Campina Grande foi a mais procurada, com 47,37%. Em seguida, aparecem Patos (9,77), Guarabira (7,52%), Sousa (6,02%), Areia (5,26%), Cajazeiras, Solânea e Bananeiras (com 4,51% cada). Além dos pontos turísticos, outro destaque são as praias, consideradas o principal atrativo turístico da Paraíba. De acordo com 69,77% dos visitantes, a escolha da Paraíba como roteiro turístico foi devido às praias. As mais belas do estado foram consideradas as localizadas no Litoral Sul, com destaque para a Praia de Coqueirinho. Porém, as mais visitadas foram Tambaú (84,85%) e Cabo Branco (78,83%), devido à localização central e o fácil acesso. Também foram citadas: Manaíra (48,71%), Coqueirinho (40,10%), Bessa (35,97%), Cabedelo (30,46%) e Tambaba (26,68%). MARÇO I 2014


CAPA

SERVIÇOS TURÍSTICOS Entre os serviços turísticos, a receptividade do paraibano (importante fator na satisfação dos turistas) ficou em evidência mais uma vez e alcançou um percentual de 96,32%. Este resultado foi 2,19 p.p. maior do que o registrado na avaliação do ano passado. Os serviços turísticos que receberam os maiores percentuais de níveis “ótimo” ou “bom” foram a gastronomia paraibana (95,21%), instalações de hospedagem (90,04%), guia de turismo (88,57%), atendimento no Aeroporto Castro Pinto (88,52%), diversão noturna (87,76%) e comércio (87,26%).

INFRAESTRUTURA URBANA De acordo com os resultados obtidos, o serviço de táxi foi o que apresentou melhor índice na avaliação da infraestrutura urbana, sendo aprovado por 89,82% dos entrevistados, registrando alta, ano após ano, desde 2010. Em seguida, na classificação de “ótimo ou bom” aparecem sinalização urbana (88,22%), segurança pública (77,10%) e serviços de comunicação (73,78%). Por outro lado, os maiores percentuais de “ruim ou péssimo” foram os serviços médicos (14,28%), limpeza pública (11,80%), transporte público (9,83%) e serviços de comunicação (8,91%).

METODOLOGIA A pesquisa ouviu 602 turistas, entre os dias 26 de dezembro de 2013 e 15 de janeiro de 2014, escolhidos de forma aleatória, em diversos pontos turísticos, aeroporto e terminal rodoviário. É importante ressaltar que, em algumas questões, os respondentes poderiam indicar mais de uma alternativa como resposta. Logo, a soma dos percentuais das respostas para questões desse tipo não permitia totalização, já que ultrapassava 100%. Além dos questionários com questões fechadas, também foi garantido espaço para questões que permitiram aos entrevistados manifestar suas opiniões de forma espontânea. MARÇO I 2014

17


CAPA PONTOS TURÍSTICOS MAIS DESTACADOS

54,32%

49,83%

Mercado de Artesanato

46,68% Praia do Jacaré

Farol do Cabo Branco

44,85% Estação Ciência

44,68% Hotel Tambaú

43,52%

Parque Solon de Lucena

27,91% Centro Histórico

22,26% Areia Vermelha

QUALIFICAÇÃO POSITIVA Entre os entrevistados, 59,93% destacaram as praias. Os turistas também ressaltaram a receptividade dos paraibanos (18,07%), a gastronomia (8,61%), o clima (6,42%), a tranquilidade de João Pessoa (6,25%), as belezas naturais (5,41%) e os pontos turísticos (3,72%). Um percentual de 3,04% de turistas citou as praias do Litoral Sul como sendo o ponto positivo que mais gostou durante sua estadia. Aqui, os participantes também puderam citar mais de uma opção.

PONTOS POSITIVOS CITADOS

56,93% - PRAIAS 18,07%

Receptividade

8,61%

Gastronomia

6,42% Clima

6,25%

Tranquilidade

5,41%

Belezas naturais

3,72%

Pontos turísticos

18

MARÇO I 2014


CAPA HOSPEDAGEM

PERFIL DO TURISTA

48,34%

dos turistas que visitaram a Paraíba neste verão são constituídos por famílias

FAIXA ETÁRIA

27,24%

SSão casados ou vivem em regime de união estável, enquanto 43,19% são solteiros. es

D Dos pesquisados, no que condiz à faixa salarial, tê têm remuneração acima de R$7.240,00. Outros 223,26% declararam receber entre R$2.897,00 e R$5.068,00, enquanto 22,43% têm rendimentos entre R$1.449,00 e R$2.896,00.

No que condiz à faixa salarial, Os dados alusivos à renda dos entrevistados apresentam uma estreita relação com os indicadores de escolaridade.

ESCOLARIDADE

A maioria (41,18%) possui nível superior completo e aqueles com Ensino Médio completo vêm logo após com 28,41%.

OCUPAÇÃO

Do total pesquisado, 29,90% trabalham em empresas privadas, 25,58% são funcionários públicos, seguidos por autônomos ou profissionais liberais (16,28%) e estudantes (7,48%).

DESTINO FAMILIAR MARÇO I 2014

O gasto médio do turista observado pela pesquisa foi de R$122,71 por dia. E os maiores gastos citados foram: alimentação (41,21%), hospedagem (22,92%), compras (16,94%) e diversão (15,61%).

A maior parte dos visitantes (77,08%) fizeram suas alimentações em restaurantes e bares da RMJP, 53,32% na casa onde estavam hospedados e 23,92% em lanchonetes. Neste quesito, os entrevistados poderiam marcar mais de um local. PROCEDÊNCIA

RENDA

14,95%

GASTO

REFEIÇÕES D total de entrevistados possui idade Do entre 26 e 35 anos, seguido pelos turistas com en idade entre 36 e 45 anos (25,75%). id

ESTADO CIVIL

48,34%

Os meios de hospedagem mais utilizados pelos turistas foram os convencionais, 47,22% do total se hospedaram na rede hoteleira, sendo 22,71% em hotéis, 20,26% em pousadas e 4,25% em flats ou hotéis residência. Uma expressiva parcela dos visitantes (46,08%) ficou hospedada nas casas de parentes ou amigos. O restante ficou distribuído em casa ou apartamento alugado (2,04%), residência própria (2,04%), albergues (0,50%) e em camping (0,17%).

Mais uma vez, a Paraíba aparece como destino familiar. Do total de turistas, 54,15% estavam acompanhados por seus familiares. Em seguida, aparecem os que estavam viajando sozinhos (31,56%), em grupo (11,13%) e em excursão (3,16%).

A maior parte dos turistas (41,03%) da RMJP é procedente da Região Nordeste. Destes, a maioria vem de outras cidades da Paraíba (33,20%). Logo depois, aparecem os vindos de estados vizinhos, Pernambuco (30,36%) e Rio Grande do Norte (17,41%). O segundo maior número de visitantes vem do Sudeste (38,04%), entre estes, a maioria (50,66%) é oriunda de São Paulo. Da Região Centro-Oeste foi apontado um percentual de 9,63% de turistas, da Região Sul 4,98% e da Norte 4,32%. E do total, 2,00% dos turistas são estrangeiros. TRANSPORTE O transporte mais utilizado foi o avião, citado por 46,51% dos visitantes, já que uma parcela expressiva destes é proveniente de locais distantes, como Sudeste e Centro-Oeste. Em seguida, aparece o ônibus de linha, utilizado por 34,06%. 19


Sesc comemora o Dia 08 de Março Numa constante busca pela valorização feminina e na tentativa de se chegar a uma sociedade mais justa, o Sesc Paraíba comemorou, por todo o Estado, o Dia 08 de Março, instituído internacionalmente como o Dia da Mulher. Nas unidades do Sesc que trabalham a Educação Fundamental e Educação de Jovens e Adultos foram realizadas diversas discussões ligadas a temas transversais. No Trabalho Social com Idosos, palestras abordaram temas como a saúde da mulher e o papel da mulher em todas as gerações. Outras atividades, como, por exemplo, um dia de beleza e tardes de recreio com música ao vivo e brincadeiras, deram o tom da alegria e comemoração no dia dedicado exclusivamente a elas.

Unidades do Sesc na Paraíba homenagearam as mulheres

Turismo Social

Sesc divulga programação para 2014. Belezas do Nordeste são destaque Praias paradisíacas, belezas naturais, complexos históricos e cenários de tirar o fôlego. Tudo isso faz parte do roteiro de viagens do Turismo Social Sesc para 2014. Neste ano, a programação mais uma vez destaca as belezas da região Nordeste, com um olhar especial para o potencial turístico da Paraíba. O roteiro das excursões já começou com Garanhuns,

em Pernambuco, comemorando o Carnaval, e a programação continua com Salvador e Itaparica, Fortaleza, Triunfo, Xingó e Paulo Afonso, Natal, Maceió, Barra de Camaratuba e Aracaju e Mangue Seco. Já os passeios, viagens com duração de um dia, passam este ano pela Lagoa de Arituba, Alagoa Grande e Areia, Cabaceiras, Galante, Araruna e Itamaracá.

A Usina Hidrelétrica de Xingó, localizada entre os estados de Alagoas e Sergipe, será um dos roteiros de excursões do Turismo Social do Sesc, em 2014

20

MARÇO I 2014


Carnaval no Sesc também é cultura! Idosos caíram na folia em João Pessoa

O período carnavalesco inevitavelmente envolve a todos, mesmo a quem não é adepto dele. Baseado nessa premissa, o Sesc Paraíba exalta o Carnaval como uma oportunidade de trabalhar o processo pedagógico no sentido de aplicar ações alusivas à data, que estimulem a sensibilidade, criatividade, coordenação motora e a socialização dos participantes. Neste ano, tanto na capital quanto no interior, as unidades desenvolveram atividades pedagógicas como Oficinas de Máscaras para os grupos das terceira idade e bailes de carnaval para os alunos dos projetos do PHE e da EJA. Sem perder o cunho educacional, o Sesc buscou proporcionar momentos de divertimento aliados à cultura ao promover um resgate dos antigos carnavais, que possibilitaram a participação de toda a comunidade comerciária em espaços festivos na busca da fantasia e da diversão. Em momento dedicado à terceira idade, o Sesc promoveu uma tarde de festa e animação para quem, apesar de já ter curtido muitos carnavais, ainda exala alegria e disposição para dançar e ser feliz. MARÇO I 2014

Em Campina Grande também teve muita animação 21


Sesc seleciona artistas para a programação cultural de 2014 No início do ano, o Sesc Paraíba lançou edital para a seleção de artistas nas áreas de Música e Artes Visuais. O objetivo da seleção é definir o calendário cultural da instituição, ao longo de 2014, para integrar as exposições e shows nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Guarabira. Na área de Artes Visuais, foram escolhidos 17 artistas para integrar o projeto ExpoSesc. As propostas foram analisadas

Artistas da área musical e visual foram selecionados para integrar a programação ao longo de 2014

por um especialista em artes visuais. Os escolhidos concorreram entre artistas que se inscreveram oriundos de João Pessoa, Campina Grande e Guarabira. Já na área musical, foram 19 artistas e bandas selecionadas para integrar a programação do MusiSesc e Caçuá das Artes. Os artistas/bandas inscritos também foram analisados por uma comissão julgadora especializada na área.

OPORTUNIDADE PARA UNIVERSITÁRIOS

Sesc Paraíba recebe mais de 70 estagiários este ano

Com o treinamento, os estagiários puderam conhecer mais sobre o Sesc 22

Depois de uma seleção composta por três etapas, o Sesc Paraíba dá as boas vindas aos 74 novos estagiários que contribuirão com a instituição, além dos 26 que continuam neste ano. O estágio no Sesc é uma ótima oportunidade para os universitários, que podem colocar em prática o que aprendem na academia. Os estagiários vão atuar em João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos, Sousa e Cajazeiras. A seleção foi voltada para 20 cursos. O treinamento introdutório aconteceu no final de fevereiro e foi o momento de conhecer mais sobre o Sesc e sua atuação no estado. O estágio tem início em março e vai até dezembro deste ano. Os estagiários são regidos pela Lei 11.788/2008 de estágio. MARÇO I 2014


MOSTRA CURUMIM DE TEATRO INFANTIL E DIA MUNDIAL DO TEATRO

Abril cultural no Sesc em CG O Sesc reservou o mês de abril para incentivar, formar plateia e circular arte na cidade de Campina Grande, com eventos em comemoração ao Dia Mundial do Teatro e a Mostra Curumim de Teatro Infantil. De 9 a 19 de abril, acontece a Mostra Curumim de Teatro Infantil, realizada no Sesc Centro Campina Grande, que recebe mais de 500 crianças de escolas públicas por dia. No evento, elas têm a oportunidade de assistir a filmes e espetáculos e participar, ativamente, de oficinas e narração de histórias. Um dos destaques deste ano é o espetáculo O Mistério da Bomba H, de Minas Gerais, e que faz parte do Circuito Palco Giratório. Ainda em abril, de 22 a 26, está programada uma homenagem ao Dia Mundial do Teatro, comemorado em 27 de março. Haverá espetáculos nas ruas e teatro do Sesc, além de oficinas e intercâmbios culturais.

Campina Grande fica ainda mais animada com as ações culturais

A criançada aproveita a Mostra Curumim de Teatro Infantil

Dia Mundial da Saúde será comemorado em João Pessoa, Guarabira e Campina Grande Muito mais do que lazer, o domingo dia 6 de abril será voltado para orientações e cuidados visando a uma vida mais saudável e ao bem-estar físico, mental e social. Nessa data, o Sesc Paraíba comemora o Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril. As ações acontecerão no Sesc Gravatá, em João Pessoa; no Sesc Guarabira e no Sesc Açude Velho, em Campina Grande. De forma lúdica, acontecerão orientações individuais, gincanas e oficinas. Serão realizadas verificações de pressão arterial e de glicemia, avaliações nutricionais; além das informações sobre câncer bucal e de pele, DSTs/Aids e alimentação saudável.

MARÇO I 2014

O público pode verificar a glicemia e participar de diversas ações de saúde

23


Com esforço e determinação Oito alunos da Escola Sesc Dom Ulrico são aprovados para o IFPB O Sesc Paraíba e todos os que fazem a Escola Sesc Dom Ulrico estão orgulhosos dos oitos alunos que foram aprovados no Processo Seletivo para os Cursos Técnicos (PSCT 2014) do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). As provas aconteceram em novembro do ano passado e participaram 12.399 inscritos, que concorreram a 3.678 vagas, distribuídas nos 10 campi do Estado. A concorrência não desanimou os alunos, que mostraram que, com esforço e determinação, é possível alcançar seus objetivos.

Os aprovados foram: Vinícius Marques (1° lugar em Meio Ambiente); Iderval da Costa Neto (7° lugar em Eletrônica); Nathan Oliveira (8° lugar em Controle Ambiental); Wesley dos Santos (13° lugar em Instrumento Musical); Amon Martins (14° lugar em Eletrotécnica); Diego de Andrade (14° lugar em Mecânica); Helton de Souza (16° lugar em Mecânica); Manuela Costa (18° lugar em Controle Ambiental).

Sucesso no Auto de Natal da Escola Sesc Dom Ulrico Um espetáculo de muito encantamento e realidade marcou as apresentações do Auto de Natal da Escola Sesc Dom Ulrico. A encenação contou a história do nascimento de Cristo, fazendo uma relação com a situação do Sertão no Nordeste brasileiro, além alertar sobre questões ambientais e mostrar elementos próprios da cultura

24

nordestina. A apresentação contou com a participação de cerca de 170 alunos, professores e funcionários, que colaboraram na organização e produção. O Auto de Natal foi apresentado durantes três dias para diretores, conselheiros e funcionários da Fecomércio, do Sesc e Senac e para os pais dos alunos.

MARÇO I 2014


Projeto Recrear Sesc inicia atividades em Guarabira, no brejo paraibano Após o recesso, as atividades do projeto Recrear reiniciaram neste mês de março, na cidade de Guarabira, no brejo paraibano. Neste ano, a ação conta com a participação de aproximadamente 50 crianças, que, gratuitamente, realizam atividades físicas, de leitura, noções de cidadania e educação em saúde, três vezes por semana. Além disso, a garotada recebe um lanche saudável dentro dos critérios necessários à nutrição. A ação é voltada para crianças entre 6 e 12 anos que estejam matriculadas em alguma escola da cidade.

Projeto busca o desenvolvimento físico, crítico e artístico dos alunos através de diversas atividades

Programas de ensino iniciam ano letivo no sertão Os alunos do Programa Habilidades em Estudo (PHE) e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas unidades de Patos, Sousa e Cajazeiras retornaram às salas de aula em janeiro e foram recepcionados com atividades recreativas, dinâmicas de acolhimento, música e momento de interação com os novatos. Para as crianças também teve circo temático e brincadeiras com palhaços. O PHE funciona nos períodos da manhã e tarde e é destinado às crianças de 7 a 14 anos que estejam matriculadas regularmente no ensino fundamental. Seu objetivo é auxiliar o desenvolvimento social e a capacidade de ler e escrever das crianças. À noite, acontecem os cursos da EJA, que promovem a alfabetização de jovens a partir dos 15 anos e são também destinados aos adultos e idosos que não concluíram os estudos em tempo regular. MARÇO I 2014

Alunos em atividades, no PHE 25


Alunos do curso técnico em Guia de Turismo em aula

Alunos do Pronatec realizam atividades na Escola Senac A Escola Senac Dom Ulrico recebe os estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e oferece uma variedade de cursos que capacitam e preparam para o mercado de trabalho. Atualmente, são cerca de 340 alunos que participam das aulas do Pronatec nessa unidade de ensino, nos três turnos. São nove cursos que iniciaram recentemente: Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Crédito e Cobrança, Auxiliar de Pessoal, Alunos das turmas de Inglês e Espanhol aplicado a Serviços Turísticos realizaram apresentações Operador de Caixa, Operador de Supermercado, Recepcionista, Vendedor, estudada. Usando as aptidões artesanais dos Espanhol aplicado a Serviços Turísticos e Inpróprios alunos para a confecção dos mateglês aplicado a Serviços Turísticos. riais, a turma de inglês mostrou um pouco do Mesmo com pouco tempo de curso, os cotidiano das aulas, por meio de diálogos e a alunos já mostram o interesse e a iniciativa de de espanhol falou de forma cômica sobre os se preparar em diversas habilidades. Foi assim falsos cognatos. Os estudantes de Espanhol que as turmas de Espanhol e Inglês aplicado a também organizaram uma exposição para Serviços Turísticos realizaram apresentações apresentar características de diferentes paíde teatro de fantoche, praticando a língua ses de Língua Espanhola. 26

MARÇO I 2014


Pós-graduação a distância é no Senac EAD A educação a distância está consolidada no Brasil e se mostra uma alternativa viável, ágil e de qualidade para quem deseja crescer profissionalmente ou ingressar no mercado de trabalho. E no Senac é possível fazer pós-graduação, adequando os estudos ao tempo do disponível. Neste primeiro semestre, são oferecidos os cursos: Design Institucional; Docência no Ensino Superior; Docência no Ensino Técnico; Educação Ambiental e Sustentabilidade; Gestão

Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado; Gestão da Segurança de Alimentos; Gestão de Marketing; Gestão de Pessoas; Gestão do Relacionamento com o Cliente; Gestão do Varejo; Gestão Empreendedora; Gestão Empresarial; Gestão Escolar; Governança de Tecnologia da Informação; e Tecnologias na Aprendizagem. As pós-graduações contam com material didático próprio, publicações e recursos multimídia, com uma metodologia especialmente planejada para quem precisa conciliar estudos e outras atividades. Além disso, os alunos têm o apoio de tutores para orientar e esclarecer dúvidas. O Senac EAD é referência em educação profissional e atua há 25 anos no Ensino Superior. A instituição ainda conta com polos espalhados por todo o Brasil para a realização das avaliações presenciais.

A pós-graduação no Senac é a melhor opção para quem procura desenvolver o potencial MARÇO I 2014

27


MOSTRA CULTURAL

Através da música, os alunos colocaram em prática os ensinos da sala de aula. Amigos, parentes e alunos lotaram o auditório do Senac para assistir a programação

anima alunos de idiomas no Senac Paraíba

Foi com alegria, empolgação e muita música que o Senac Paraíba realizou, na capital, a II Mostra de Idiomas da instituição. O evento objetivou, sobretudo, o estímulo à expressão oral em idioma estrangeiro, colocando em prática o que foi visto dentro da sala, além de integrar os alunos e desenvolver a socia-

bilidade por meio de apresentações musicais e teatrais. Alunos dos cursos de inglês, francês e espanhol apresentaram performances artísticas no palco para colegas e familiares, que aplaudiram de pé esta iniciativa do Senac, por meio do Centro de Desenvolvimento Gerencial (Cendege).

SENAC INICIA TURMAS DE IDIOMAS EM JOÃO PESSOA O Senac Paraíba iniciou novas turmas dos cursos de Inglês e Espanhol, por meio do Centro de Desenvolvimento Gerencial (Cendege), em João Pessoa, além de dar continuidade nos módulos das turmas iniciadas anteriormente. Só neste ano foram iniciadas as aulas de Inglês (Beginners I e II, Pré-intermediário I e II, Intermediário I e Pós-Intermediário I) e Espanhol (Básico I, II, III e intermediário I). Com os cursos, o Senac objetiva aperfeiçoar os profissionais dentro do mercado de trabalho, tendo em vista a necessidade de um segundo idioma. Além disso, a instituição centraliza seus esforços também na Copa do Mundo, momento em que os profissionais do terceiro setor terão que estar preparados para receber o turista estrangeiro que visitará a Paraíba no mês do campeonato. 28

Senac amplia atuação na área de idiomas com o foco na qualificação profissional MARÇO I 2014


Senac Paraíba oferece curso de fotografia A fotografia eterniza momentos e é capaz de expressar sentimentos e impressões. Saber as melhores maneiras de captar esses instantes exige técnica e conhecimento. Para isso, o Senac Paraíba oferece o curso de Fotógrafo, que capacita o profissional para elaborar, produzir, captar e tratar imagens fotográficas. O participante do curso desenvolve habilidades para aplicar nas várias áreas de atuação: fotografia social, fotojornalismo, arquitetura, natureza e paisagem, moda e publicidade. O professor do curso, fotógrafo e publicitário Aluizo Nunes, destacou a atuação no mercado. “O fotógrafo, hoje em dia, pode atuar na publicidade, no jornalismo, no mercado de casamento e outros eventos sociais; pode tentar carreira profissional de fornecedor de Banco de Imagens e há, também, um mercado emergente em material para internet”, apontou. Nathália Kessia Melo participou da primeira turma de fotógrafo e ressalta o que aprendeu nas aulas. “Achei muito interessante a parte da história da fotografia, para saber como surgiu e evoluiu até hoje; gostei de aprender a fazer edição gráfica; e também da prática, quando saímos, depois de estudar bastante a teoria, e aprendemos como realmente fazer a fotografia”, afirmou. Na conclusão das aulas, foi realizada uma exposição com as fotos feitas pelos alunos nas aulas práticas. O público que passou pelo Senac em João Pessoa pôde conferir o resultado do aprendizado dos alunos no curso, que tem carga de 190 horas. MARÇO I 2014

Alunos do curso praticando na Fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo

A concluinte do curso Nathália Kessia ficou encantada pela fotografia 29


ProChef

Instrutor do Senac participa de etapa nacional em Brasília O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial da Paraíba esteve presente na etapa nacional do curso de ProChef, que teve sua fase presencial realizada no mês passado, em Brasília. O instrutor da Escola Senac de Gastronomia e Hotelaria, Samuel Lacerda, representou a Paraíba no curso, que conta ainda com 31 instrutores de outros estados. O objetivo da Chef Samuel Lacerda, instrutor do Senac Paraíba ação, realizada pelo Departamento Nacional do Senac, em parceria com o Culinary Institute of America (CIA), é certificar os profissionais que demonstrarem as competências necessárias para a obtenção do título de Chef Internacional na Gastronomia, estando aptos a atuar na área, em quaisquer países. Para isso, o curso busca o aprimoramento e a padronização das técnicas internacionais de cozinha. Com esta participação, o Senac Paraíba busca aprimorar, ainda mais, seu reconhecimento em prol do setor turístico e gastronômico e do desenvolvimento do estado. “Esta é uma prova do alto nível de qualificação dos professores do Senac, garantindo, além de um ambiente ideal para o aprendizado, educadores de nível elevado e um ensino de excelência aos seus alunos”, destacou a Diretora de Educação Profissional do Senac Paraíba, Vera Lúcia. Os pratos elaborados pelo instrutor Samuel Lacerda foram avaliados e julgados pela equipe do Culinary Institute of America 30

MARÇO I 2013


Programa Aprendizagem 2014: um novo horizonte para o jovem aprendiz Formar jovens de 14 a 24 anos em cursos profissionalizantes, com o intuito de despertar o exercício da cidadania e a inclusão social. Esses são alguns dos objetivos do Programa de Aprendizagem 2014, ação implementada pelo Senac Paraíba, que consiste na realização de Cursos de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços. O programa engloba as áreas de Supermercados, Saúde, Administrativos, Hoteleiros e Vendas. Com duração de 1.400 horas, os cursos possuem duas etapas, sendo 400 horas de aprendizagem sob responsabilidade direta do Senac e mil horas em situação real de trabalho. Todo o processo é baseado e fundamentado em legislação específica (Lei 10.097/200 e Decreto 5.598/2005) a qual estabelece as diretrizes gerais para a instituição, que promove a aprendizagem, como também para a empresa que participa do programa. O período dos cursos é de fevereiro a dezembro e, atualmente, são 265 empresas atendidas, com 925 jovens matriculados, num total de 33 turmas distribuídas entre as cidades de João Pessoa (Centro de Educação Profissional e Escola de Gastronomia e Hotelaria); Campina Grande, Cajazeiras e Guarabira (através das Unidades Móveis). O Senac Paraíba cumpre sua missão social, no que tange à inserção de jovens e adolescentes na formação técnico-profissional, garantindo a eles uma perspectiva de futuro.

MARÇO I 2013

Alunos participam, atentamente, das aulas de Aprendizagem

Com duração de 1.400 horas, os cursos possuem duas etapas, sendo 400 horas de aprendizagem sob responsabilidade direta do Senac e mil horas em situação real de trabalho.

Jovens buscam qualificação profissional no Senac

31


PARAIBANIDADE

Exposição

Lançamento do edital do Salão de Artes Visuais do Sesc Paraíba será em abril

Folia de Rua atrai multidões às ruas de João Pessoa

Alegria e descontração marcam a prévia carnavalesca em João Pessoa

32

Uma das primeiras capitais brasileiras a dar início às festas momescas, João Pessoa realizou mais um Folia de Rua, projeto que levou milhares de foliões às principais ruas da cidade. De acordo com a Prefeitura Municipal, cerca de um milhão de pessoas prestigiaram o período carnavalesco, que, neste ano, contemplou 41 blocos do Projeto Folia de Rua, 40 agremiações que desfilaram no Carnaval Tradição e mais 70 blocos alternativos de bairros. As Virgens de Tambaú, o Muriçocas de Miramar e o Bloco do Cafuçu, maiores blocos do projeto, são o espelho da alegria e do gosto do Paraibano pelo carnaval. O Projeto Folia de Rua tem se consagrado a cada ano, ganhando visibilidade nacional, atraindo muitos turistas.

Atitude

Carnaval

Por mais um ano, o Sesc Paraíba incentiva a difusão de produção de novos artistas no estado, através do Salão de Artes Visuais. O lançamento do edital de 2014 será na primeira semana de abril, em João Pessoa, Campina Grande e Guarabira. A ocasião será marcada por exposições do Acervo Sesc. O salão de Artes Visuais envolve várias categorias, como pintura, desenho, gravura, fotografia, escultura/objeto, instalação e vídeo arte.

Estação Cabo Branco realiza Semana Literária A 1ª Semana Literária promovida pela Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes aconteceu de 11 a 15 de março e envolveu manifestações de literatura, como teatro, narração de história, saraus e troca de livros. O evento contou com a participação de escritores paraibanos como Ronaldo Monte, Marcelo Soares, Rodrigues Lima, Glaucia Lima, Marília Arnaud e André Ricardo Aguiar e a participação do grupo de Declamadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O objetivo foi despertar o prazer da leitura e mostrar sua importância para o público escolar. MARÇO I 2014


ARTIGO Álcool versus Gasolina O uso do álcool nos motores de combustão interna (ciclo Otto) data do final do século XIX, mas não foi adiante em decorrência das crescentes descobertas de reservas de petróleo e o desenvolvimento das técnicas de exploração e refino, que resultaram em preços baixos para os combustíveis líquidos. No Brasil, aconteceram diversas tentativas da indústria do açúcar e do álcool para incentivar o uso do álcool como combustível automotivo e há registro da então chamada Estação Experimental de Combustíveis e Minérios ter feito experiências, ao final dos anos 1920, com motores a álcool testados num Ford de quatro cilindros. A partir de 1931, sucessivos decretos determinaram a mistura do álcool anidro na gasolina, com um teor de álcool na “mistura carburante”, que, inicialmente, era de 5% e chegou a 42% durante o período da II Guerra Mundial. A instituição do Programa Nacional do Álcool (Proálcool), em 1975, para incentivar o uso do álcool etílico como combustível automotivo, foi a resposta encontrada pelo do Governo para minorar os efeitos da primeira crise mundial do petróleo sobre a economia nacional; crise iniciada dois anos antes pela forte elevação de preços imposta pelos países produtores organizados em cartel, a OPEP. Com o segundo choque do petróleo, em 1979, através de acordos com a indústria automobilística e as destilarias de álcool anexas às usinas de açúcar, surgiu grande número de destilarias autônomas. Essas destilarias são a fonte de produção do álcool hidratado. No caso das destilarias anexas, a oferta de álcool pode oscilar em função do preço alcançado pelo açúcar no mercado internacional. O açúcar em alta reduz a oferta de álcool. Tal oscilação não acontece nas destilarias de álcool direto, que garantem oferta mais regular, excetuado o efeito das variações climáticas sobre os canaviais. Essa distinção é importante, porque, na década de 1990, com o forte crescimento das exportaç exportações de açúcar estimulado pelo preço no mercad mercado internacional, houve escassez interna, que co comprometeu a confiabilidade do Proálcool. A recuperação surgiu por volta de 2003, com a introdução no mercado doméstico do

automóvel flex fuel cuja tecnologia incorpora aos motores de combustão interna a técnica dos computadores. Nessa inovação, que poderíamos chamar de incremental, o motor bicombustível permite o uso da gasolina C com o álcool hidratado, em proporções a priori variáveis, dando flexibilidade de escolha ao usuário de combinações intermediárias entre, gasolina e álcool. Nas possíveis combinações, o preço para o usuário final leva em conta a diferença de poder calorífico (kcal/m3) entre o álcool e a gasolina. É da diferença de rendimento traduzida em quilômetros rodados que surge o critério que estabelece que o preço do álcool no posto de serviço deve corresponder a aproximadamente 70% do preço da gasolina. Nos dias atuais, a agroindústria do açúcar e do álcool está em regime de stress. As dificuldades financeiras são, em parte, devidas a fatores climáticos, que explicam porque entre a safra 2010/2011 e a safra 2011/2012 houve, em ton/ha uma queda de 8,4% na produção de cana e uma perda de 11,8% em produtividade, medida em kg/ha. A menor produção de etanol foi compensada pela importação de 1.150 milhões de litros em 2011, 545 milhões em 2012 e 120 milhões em 2013. Ao lado do fator clima, a retirada da incidência da CIDE, Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico sobre a importação alterou a relação de preços relativos entre a gasolina e o etanol, reduzindo a competitividade do etanol. Mas isso não é tudo. A contenção do preço da gasolina, para não impactar a taxa de inflação, também comprometeu a relação de preços etanol/gasolina. Na realidade, as vicissitudes do setor sucroalcooleiro, no que tange ao etanol, estão na falta de uma política de longo prazo que, entre outros aspectos, deveria incorporar o incentivo à bioeletricidade. Nos dias de hoje, em que, por força de condições climáticas adversas, o setor elétrico opera no limite da sua capacidade, não custa lembrar que as usinas e destilarias são autossuficientes em termos de energia e que o uso crescente dos excedentes de bagaço e palha como matéria prima para as termoelétricas tem efeito positivo sobre a rentabilidade da agroindústria do açúcar e do álcool. Jornal do Commercio, 21 de fevereiro de 2014.

ANTONIO OLIVEIRA SANTOS Presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo 34

MARÇO I 2014


Revista Fecomércio Paraíba (Ed. 23)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you