Page 1

crédito em Foco Ano 0 - número 1 - setembro a novembro de 2010

Informativo trimestral sobre crédito para microempresas e empresas de pequeno porte de Minas Gerais

Acesso ao crédito As micro e pequenas empresas (MPEs) e empreendedores enfrentam diversas barreiras para ter acesso ao crédito. O segmento tem dificuldade para oferecer garantias solicitadas pelos bancos, tem problemas para comprovar sua capacidade de pagamento, encontra taxas e prazos inadequados à sua realidade, além de pouca informação sobre produtos e serviços oferecidos no mercado financeiro. Para atender às determinações da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (Lei nº 123, de 14/12/2006), as ins-

de empréstimos e financiamento, dicas e novidades relacionadas ao assunto. Nesta primeira edição você vai encontrar informações sobre linhas de crédito para o Empreendedor Individual, estatísticas de crédito em Minas Gerais e diferenças entre crédito para capital de giro e investimento. O boletim Crédito em Foco é uma das ações do Fórum Permanente Mineiro das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fopemimpe). Boa leitura!

tituições financeiras criaram ou aperfeiçoaram linhas de crédito direcionadas às MPEs. Porém, essas medidas nem sempre são percebidas pelos empresários. O Sebrae-MG, em parceria com Banco do Brasil, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, Banco do Nordeste do Brasil e Caixa Econômica Federal, criou o boletim Crédito em Foco. Este boletim reúne informações sobre estatísticas de acesso das micro e pequenas empresas e empreendedores mineiros aos serviços financeiros, linhas

Empreendedor Individual individual, sem sócios e com receita bruta anual de até R$ 36 mil/ano. Quem aderir terá direito a aposentadoria por idade ou invalidez, entre outros benefícios. A lista de atividades que podem ser registradas está no site da Receita Federal.

Desde 1º de julho de 2009, profissionais autônomos como sapateiros, manicures, pintores, marceneiros, entre outros, passaram a desfrutar dos benefícios da Lei Complementar nº 128, que criou a figura jurídica do Empreendedor Individual. A lei beneficia o empresário

Linhas de crédito O registro como empresa permite ao empresário obter linhas de crédito com juros mais baixos. Mas o simples fato de se registrar e obter um CNPJ não significa que o crédito será liberado. Conheça algumas exigências do sistema financeiro: 7 Documentação completa conforme

exigência do agente financeiro; 7 Situação fiscal e creditícia em dia; 7 Capacidade de pagamento; 7 Garantias.

Onde encontrar um escritório de contabilidade inscrito no Simples Nacional 7 No site da FENACON -

www.fenacon.org.br; www.portaldoempreendedor.gov.br

7 No portal do empreendedor

Informações 7 Central de Atendimento ao Empreendedor Individual

Bernardo Guimarães, 1.903 – Bairro Lourdes – BH/MG; 7 No site do Sebrae-MG (www.sebraemg.com.br) e/ou nas unidades da instituição no Estado; 7 Pelo site Portal do Empreendedor – www.portaldoempreendedor.com.br; 7

Central de Relacionamento do SEBRAE-MG: 0800 570 0800.

Linhas de Crédito para o Empreendedor Individual Linha de crédito

Prazos

Encargos

Garantias

Até 36 meses

Sob consulta

Aval, fiança e garantias reais

Valores disponíveis

Finalidade

CREDPOP 1

Giro/Fixo/Misto

De R$ 200,00 até R$ 10 mil

Linha de crédito

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

BB Giro Rápido 1

Capital de giro

Até R$ 1 mil

Até 24 meses

A partir de 2,28% a.m.

Aval, fiança e garantias reais

para o beneficiário final BANCO De desenvolvimento de minas gerais 1) Concessão de microcrédito para microempreendedores (PFePJ) formais e informais é feita por meio de agentes repassadores. As condições do financiamento serão aquelas do agente www.bdmg.mg.gov.br* repassador. Para conhecer as entidades que trabalham em parceria com o BDMG, acesse o site do banco.

BANCO DO BRASIL www.bb.com.

Outros Serviços Conta Corrente Pessoa Jurídica e Poupança - Cartão de Crédito Ourocard Empreendedor (Isento de anuidade) - Cheque Especial (empréstimo sob a forma de limite de crédito rotativo) 1) Linha de crédito para financiamento de capital de giro (cheque especial + crédito fixo), com carência de até 59 dias para pagamento da 1ª parcela.

Linha de crédito

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

Crediamigo

Giro e Investimento fixo

Até R$ 15 mil

Até 36 meses

Sob consulta

Aval

Linha de crédito

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

2,72% a.m.

Aval, fiança e garantias reais

BANCO DO NORDESTE www.bnb.gov.br*

Giro Caixa Fácil2

Capital de giro

Até R$ 1 mil

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL www.caixa.gov.br*

Até 18 meses

Outros Serviços Conta Corrente Pessoa Jurídica - Cheque Empresa Caixa (empréstimo sob a forma de limite de crédito rotativo) Cartão de Crédito Empresarial (Bandeira Visa) - Credenciamento Redecard Empreendedor Individual 2) Linha de crédito sem destinação específica, disponibilizada na forma de linha de crédito pré-aprovada, para utilização parcial ou total, conforme necessidade de capiral de giro.

*Obs.: informações repassadas pelas instituições financeiras conveniadas, sujeitas a alteração sem aviso prévio e condicionadas a avaliação de crédito e análise cadastral. O SEBRAE-MG está isento das responsabilidades sobre as mesmas. Para mais informações sobre esses e outros produtos dos bancos conveniados, acesse o site da instituição ou procure uma agência bancária mais próxima. A área de atuação do Banco do Nordeste é a Região Nordeste do Brasil, compreendendo ainda a região norte dos Estados de Minas Gerais (incluindo o Vale do Jequitinhonha e o Vale do Mucuri) e do Espírito Santo, observadas as disposições legais pertinentes.

Estatísticas consolidadas - Micro e pequenas empresas As instituições financeiras conveniadas são responsáveis pelo atendimento de cerca de 32% do total de micro e pequenas empresas do Estado de Minas Gerais, conforme levantamento realizado junto a esses agentes (Posição Agosto/2010).

número de concessões de empréstimos/financiamentos realizadas Bancos Conveniados

Em unidades

37.500 37.000

37.216

37.005

36.500

Prazo médio das operações de crédito por modalidade

37.321

37.069

36.836

36.000

Bancos Conveniados Meses

36.444

50

35.500

40

35.000 34.500

34.606

35.132

44

30

34.000

20

33.500

10

33.000

18

0 jan/2010

fev/2010

mar/2010

Média

abr/2010

mai/2010

Principais motivos de reprovação de concessões solicitadas

24.302

jun/2010

jul/2010

ago/2010

Capital de Giro

Documentação incompleta; endividamento elevado da empresa; avalista com patrimonio insuficiente.

taxa média de juros por modalidade

Volume de crédito tomado por modalidade

Bancos Conveniados

Em R$ milhões

Bancos Conveniados

% ao ano

R$ 1.000

30 1.093,4

3.813,2

1.087,3

3.855,0

1.080,3

3.824,7

1.057,0

3.782,5

1.051,0

3.759,4

1.055,5

3.774,9

1.047,7

3.700,5

3.655,1

R$ 2.000

1.043,5

R$ 4.000 R$ 3.000

Investimento Fixo/Misto

20

25,5

10

12,9

0 jan/2010

fev/2010

mar/2010

abr/2010

mai/2010

jun/2010

jul/2010

ago/2010

Capital de Giro

Investimento Fixo/Misto

Capital de Giro

Investimento Fixo/Misto

*OBS.: Informações repassadas pelas instituições financeiras conveniadas.

Linhas de Crédito para as micro e pequenas empresas Linha de crédito

Finalidade

BDMG Geraminas

Giro/Fixo/Misto

Valores disponíveis De R$ 5 mil até R$ 360 mil

Prazos

Encargos

Garantias

Até 36 meses

0,95% a.m.

Aval, fiança e garantias reais

BANCO De Aval, fiança e 0,72% a.m. Até 36 meses De R$ 5 mil até R$ 360 mil Giro/Fixo/Misto Geraminas Dinamizar 1 desenvolvimento garantias reais de minas gerais www.bdmg.mg.gov.br* 1) Linha de crédito para empresas enquadradas no Simples Nacional, localizadas nas regiões Norte de Minas, Jequitinhonha, Mucuri, Rio Doce e municípios do Programa Travessia.

BANCO Do Brasil www.bb.com.br*

Linha de crédito

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

BB Giro Recebíveis

Capital de giro

Sob consulta

Até 12 meses

A partir de 1,25% a.m

Duplicatas registradas ou cheques custodiados

De R$ 5 mil até R$ 200 mil

Até 72 meses

TJLP + 0,21% a.m

Aval, fiança e garantias reais

2

Proger Urbano Empresarial 3 Investimento Fixo/Misto

2) Crédito rotativo para capital de giro. 3) O PROGER financia projetos de investimento de empresas na área urbana com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

BANCO Do nordeste www.bnb.gov.br*

Linha de crédito

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

MPE Capital de Giro

Capital de Giro

De R$ 1 mil até R$ 200 mil

Até 36 meses, sem carência

Sob consulta

Aval, fiança e garantias reais

FNE-MPE 4

Investimento Fixo/Misto

Até 100% do investimento projetado

Até 12 anos

Varia entre 0,55% a.m. e 0,66% a.m.

Aval, fiança e garantias reais

4) Fonte de Recursos: Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Linha de crédito Giro Caixa Caixa economica federal www.caixa.gov.br*

5

BNDES Automático

Finalidade

Valores disponíveis

Prazos

Encargos

Garantias

Capital de giro

Até R$ 100 mil

Até 36 meses

TR + 0,83% a.m.

Aval, fiança e garantias reais

Investimento Fixo/Misto

Até R$ 10 milhões

Até 60 meses

Sob consulta

Aval, fiança e garantias reais

5) Modalidades: Giro Caixa Recursos Caixa e Giro Caixa Recursos PIS, com ou sem Garantia do Fundo Garantidor de Operações. *Obs.: informações repassadas pelas instituições financeiras conveniadas, sujeitas a alteração sem aviso prévio e condicionadas a avaliação de crédito e análise cadastral. O SEBRAE-MG está isento das responsabilidades sobre as mesmas. Para mais informações sobre esses e outros produtos dos bancos conveniados, acesse o site da instituição ou procure uma agência bancária mais próxima. A área de atuação do Banco do Nordeste é a Região Nordeste do Brasil, compreendendo ainda a região norte dos Estados de Minas Gerais (incluindo o Vale do Jequitinhonha e o Vale do Mucuri) e do Espírito Santo, observadas as disposições legais pertinentes.

Tome Nota Modalidades de empréstimos

necessidades imediatas da empresa, essas linhas oferecem prazos mais curtos.

Antes de escolher uma linha de crédito ideal para o negócio, é preciso identificar qual o valor do financiamento e qual a finalidade do recurso pretendido. De modo geral, o empresário busca crédito quando ocorrem as seguintes situações:

INVESTIMENTO FIXO: Quando precisa de crédito para financiar a implantação, expansão, recolocação, ou modernização do negócio. Esses recursos podem ser utilizados para reposição de máquinas e equipamentos, compra de móveis, utensílios e veículos, para melhorar as instalações ou incorporar novas tecnologias.

CAPITAL DE GIRO : Quando precisa de crédito para suprir as defasagens de caixa da empresa ou para a manutenção da atividade operacional. Esses recursos podem ser utilizados para compra de insumos, de mercadorias, pagamento de fornecedores, de salários, e outros compromissos de curto prazo. Como atendem às

INVESTIMENTO MISTO: Quando precisa de crédito para suprir as duas situações anteriores. Exemplo: a empresa financiou uma máquina e poderá precisar de capital de giro para a matéria-prima.

Dicas e Orientações 7 Crédito não cria oportunidades, apenas viabiliza; 7 Planejar bem a abertura e expansão do negócio contribui para identificar e administrar riscos e capacidade de pagamento do empréstimo; 7 Faça uma avaliação criteriosa das reais

necessidades do crédito e somente tome o recurso se sua empresa tiver condições de arcar com essa despesa; 7 O crédito deve ser sempre utilizado na finalidade para a qual foi obtido (capital de giro e investimento fixo ou misto); 7 Muitas vezes, a necessidade de capital de

giro decorre de má gestão e do desequilíbrio entre contas a pagar e a receber; 7 Obter um empréstimo para cobrir outro

pode causar mais problemas para sua empresa, elevando as dívidas e dificultando as condições de pagamento.

2010/11 - Crédito em Foco  

Informativo trimestral sobre crédito para microempresas e empresas de pequeno porte de Minas Gerais. Edição de setembro a novembro de 2010.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you