Page 1

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais

FEDERAÇÃO em AÇÃO A revista do movimento lojista mineiro • jun/jul 2012 • nº 32 • www.fcdlmg.com.br

AIMORÉS • ALÉM PARAÍBA • ALMENARA • ARAGUARI • ARAXÁ • ARCOS • ASTOLFO DUTRA • BARBACENA • BELO HORIZONTE • BETIM • BOCAIÚVA • BOM DESPACHO • BRASÍLIA DE MINAS • BURITIS • CACHOEIRA DO CAMPO • CARATINGA • CARLOS CHAGAS • CARMO DO CAJURU • CARMO DO PARANAÍBA • CARMÓPOLIS DE MINAS • CONSELHEIRO LAFAIETE • CONTAGEM • COROMANDEL • CORONEL FABRICIANO • CURVELO • DIVINOLÂNDIA DE MINAS • DIVINÓPOLIS • ELÓI MENDES • ESPINOSA • FORMIGA • GOVERNADOR VALADARES • IBIRITÉ • IPANEMA • IPATINGA • ITABIRA • ITABIRITO • ITAPECERICA • ITAÚNA • ITUIUTABA • JAÍBA • JOÃO MONLEVADE • JUATUBA • JUIZ DE FORA • LAGOA DA PRATA • LAGOA FORMOSA • LAMBARI • MACHADO • MANHUAÇU • MERCÊS • MONTE CARMELO • MONTES CLAROS • MURIAÉ • MUTUM • NOVA ERA • NOVA PONTE • OURO BRANCO • PARÁ DE MINAS • PARACATU • PARAGUAÇU • PARAOPEBA • PATOS DE MINAS • PATROCÍNIO • PIRAPORA • PITANGUI • PONTE NOVA • PORTEIRINHA • POUSO ALEGRE • PRATA • PRESIDENTE OLEGÁRIO • RIBEIRÃO DAS NEVES • RIO PARDO DE MINAS • SANTA BÁRBARA • SANTOS DUMONT • SÃO GONÇALO DO PARÁ • SÃO GOTARDO • SÃO JOÃO DE NEPOMUCENO • SÃO JOÃO DEL REI • SÃO JOÃO EVANGELISTA • SÃO LOURENÇO • SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO • SETE LAGOAS • TEÓFILO OTONI • TIMÓTEO • TRÊS MARIAS • TUPACIGUARA • UBERABA • UBERLÂNDIA • VARGINHA • VÁRZEA DA PALMA • VESPASIANO • VIÇOSA • VIRGINÓPOLIS Federação em Ação - jun/jul de 2012

1


Diretoria 2011 / 2014 PRESIDENTE JOSÉ CÉSAR DA COSTA 1° VICE-PRESIDENTE VANDIR DOMINGOS DA SILVA 1° VICE-PRESIDENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO MARCO ANTÔNIO DE OLIVEIRA 2° VICE-PRESIDENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO FRANCISCO JOSÉ DE MELO VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO ZONA DA MATA ANTÔNIO CHALA SADE VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO TRIÂNGULO CELSO VILELA GUIMARÃES VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO RIO DOCE FLÁVIO GONÇALVES LEAL VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO CENTRO-OESTE LUIZ VICENTE DA COSTA VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO NOROESTE DE MINAS MARCOS ANTÔNIO LUIZ VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO SUL DE MINAS NILSON ANDRADE VICE-PRESIDENTE DO ALTO PARANAÍBA PEDRO PAULO FONSECA DE FREITAS VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO CENTRAL ROBERTO ALFEU PENA GOMES VICE-PRESIDENTE DAS REGIÕES JEQUITINHONHA E MUCURI ROSILDA GONÇALVES SANTOS VICE-PRESIDENTE DA REGIÃO NORTE DE MINAS WANDI MILTON RIBEIRO

CONSELHEIROS FISCAIS: JOÃO BATISTA DE ASSIS PEREIRA JOSÉ DE OLIVEIRA BARBOZA MAURÍCIO HENRIQUE MARTINS VANESSA MARIA LOBATO MACIEL DIRETORIA ESPECIAL: DIRETOR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL FÚLVIO FERREIRA DIRETORA DE MISSÕES INTERNACIONAIS DARLENE MARIA DE CARVALHO MOURA DIRETOR DE EXPANSÃO DE CDLS JOSÉ ALVES DE AGUIAR DIRETORA DO CONSELHO DO SEBRAE-MG MAURA DE FÁTIMA MENDONÇA SANTOS COORDENADOR CDLS JOVEM DE MINAS GERAIS GEOVANNE GUALBERTO TELES

Expediente A revista Federação em Ação é uma publicação da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais (FCDL-MG). Av. Silviano Brandão, 25, Sagrada Família BH - MG - Cep: 31030-525 Fone: (31) 2532-3300 / Fax: (31) 2532-3328 E-mail: comunicacao@fcdlmg.com.br Site: www.fcdlmg.com.br Superintendência: Carlos Ávila Assessoria de Comunicação: Ana Rodrigues Luana Lorenzi Jornalista Responsável: Bárbara Campos - MT 17068/MG Projeto gráfico e diagramação: Pedro Chagas Fotos: Arquivo FCDL-MG e internet Tiragem: 1.000 exemplares

2

Federação em Ação - jun/jul de 2012


Mensagem do Presidente Amigos do movimento lojista,

As expectativas para a 21ª Convenção Estadual do Comércio Lojista e 9° Encontro de Profissionais promovidos pela FCDL-MG, em maio deste ano, foram grandes. Passados os eventos, constatamos que aperfeiçoar é sempre possível, mas é preciso igualmente, reconhecer o quão enriquecedora foi a oportunidade. Atentamo-nos para cada detalhe da programação, buscamos palestrantes de referência que pudessem compartilhar ideias, tendências, conceitos atuais. Investimos nas novidades com foco nos grandes pilares: relacionamento interpessoal, interação, reencontro de amigos, parcerias, a troca de informações e a tão necessária reflexão. Percebemos nestes eventos que a união continua sendo o diferencial do movimento lojista mineiro, que é referência no cenário nacional e continua sendo admirado por militantes de outros estados. O companheirismo, a vontade de crescer, aprender juntos, de seguir adiante são os principais motivadores para esta grande família que como qualquer outra, traz em sua história episódios de dificuldades, mas também de vitórias e superação. Revestida deste sentimento fraterno, a FCDL-MG parabeniza a CDL Uberaba e todas aquelas que aniversariaram nos meses de junho e julho, celebrando mais um ano de conquistas. A entidade se orgulha em fazer parte dessa trajetória. Destacamos com satisfação a parceria firmada com o BDMG, uma nova oportunidade de geração de receitas para as CDLs e de crescimento para os micro e pequenos empresários mineiros. Aproveito também o momento para convocar os amigos do movimento lojista para a 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, a ser realizada entre os dias 14 e 16 de novembro deste ano, em Natal. Precisamos nos organizar para este evento de repercussão e abrangência nacional que antecede a Copa do Mundo 2014, e discutir as vantagens, benefícios e consequências gerados por um evento de porte internacional mundial em nosso país. Temos a certeza de que a delegação mineira fará bonito, como sempre fez e retornará com o título de maior delegação estadual.

José César da Costa Presidente da FCDL-MG

Federação em Ação - jun/jul de 2012

3


Editorial Nesta edição, a matéria de capa traz os me-

06 Presidente da FCDL-MG GERAL

participa de mais uma Missão Internacional

lhores momentos da 21ª Convenção Estadual do Comércio Lojista e 9º Encontro de Profissionais das CDLs Mineiras: sucesso de público, pontualidade dos participantes, de temário técnico e workshops. E para quem perdeu, a ‘Federação em Ação’ traz também o ‘Case de sucesso’ apresentado pela CDL Araguari durante a Convenção e Encontro: conheça a atuação e abrangência do Projeto Curupira no Triângulo Mineiro. O movimento lojista não para. Além da par-

08 Informação, formação GERAL

profissional e capacitação: vem ai o ECOM 2012

ceria da FCDL-MG com o BDMG, a Federação participou ainda da Missão Internacional à Europa e do VIII Encontro de Federações, realizados em junho. Já a editoria ‘Movimento Lojista’, faz uma homenagem à CDL Uberaba. No mês em que comemorou seus 32 anos de história a entidade presenteou a comunidade uberabense com um Memorial do Comércio.

09 FCDL-MG se empenha GERAL

para levar suas federadas à Convenção Nacional

E fique atento. A agenda continua movimentada: Belo Horizonte recebe, no mês de outubro, as palestras e workshops do ECOM 2012. A proposta deste grande evento é, passando por diversas capitais brasileiras, oferecer capacitação profissional focada no mundo do comércio eletrônico, compartilhando técnicas de vendas pela Internet e atraindo novos clientes e investidores no meio digital. Já no ritmo de Convenção Nacional, agendada para o mês de novembro, a FCDL-MG se empenha para levar o maior número de participantes e voltar com o título de maior delegação estadual do evento. Mais uma vez, estão todos convocados!

10 VIII Encontro de GERAL

Federações reúne presidentes das FCDLs

Boa leitura!

10 FCDL-MG recebe GERAL

instituições mineiras

4

Federação em Ação - jun/jul de 2012


20 21ª Convenção Estadual e

11 CNDL participa de

9º Encontro de Profissionais: fique por dentro de tudo o que aconteceu

CNDL

reunião do FIRAE

11 Varejo registra alta CNDL

de 9,08% nas vendas do Dia dos Namorados

12 CDL Uberaba: 32 anos MOV. LOJSITA

construindo a história do movimento lojista na cidade

15 FCDL-MG firma

34 Infância, arte e educação

CASOS DE SUCESSO

socioambiental

36

PARCERIA FCDL-MG

39

CDL EM FOCO Patos de Minas

41

ASSESSORIAS FCDL-MG

46

FEDERAÇÃO EM AÇÃO

50

GIRO PELAS CDLs

Sumário

CAPA

MOV. LOJISTA

parceria com BDMG

16 Banco do Brasil apresenta ECONOMIA

‘Bom para todos’, em BH

18 Rio+20: muitas

SUSTENTABILIDADE

negociações, poucos resultados concretos

Federação em Ação - jun/jul de 2012

5


GERAL

Presidente da FCDL-MG participa de mais uma Missão Internacional O objetivo da viagem foi investir no aperfeiçoamento profissional, proporcionando aos participantes o contato com uma realidade diferente daquela vivida pelo movimento lojista no Brasil Uma experiência enriquecedora foca-

titui uma modalidade de serviço que

revelando a grandeza

da no contato e discussões realizadas

oferece recursos de processamento e

e

dentro de entidades com atuação no

armazenamento de dados em larga

empresa que trabalha

varejo internacional. Esta foi a pro-

escala para que as organizações pos-

não só na Europa, mas

posta da Missão Internacional, reali-

sam ter, ao seu alcance, uma estru-

em todos os países do

zada entre os dias 4 e 14 de junho

tura segura e capacitada do ponto de

mundo”,

deste ano e organizada pela Confede-

vista de hardware e software.

César da Costa. Recebidos

ração Nacional de Dirigentes Lojistas

A visita permitiu aos participantes que

por lideranças da empresa,

(CNDL) em parceria com a agência de

conhecessem a atuação desta empresa

os

viagens Primeiro Mundo.

que possui convênio com o SPC Brasil.

passaram todo o dia em reuniões,

O roteiro da viagem que reuniu em-

“O convite da Experian proporcionou

discutindo

presários, líderes e representantes

a aproximação do sistema SPC com

ideias. “Esperamos que a missão

do movimento lojista nacional, con-

o sistema Experian e seus diretores,

possa

seriedade

desta

ressaltou

integrantes

José

desta

modelos,

aumentar

a

missão

conceitos confiança

templou diversas capitais europeias, como Paris e Londres, onde foi possível não só observar o contexto econômico do referido continente, mas analisá-lo de maneira mais ampla e comparativa. Os participantes estiveram reunidos na sede da Experian, empresa proprietária da Serasa no Brasil. Localizada em Nottinglam, a três horas de Londres, na Inglaterra, a empresa possui um dos DataCenter mais modernos do mundo. O DataCenter consRoque Pellizzaro Junior (CNDL) e José César da Costa (FCDL-MG)

6

Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012 Federação

e e


Representantes lojistas em visita à sede da empresa Experian

abrangência

deste

que

atual de mercado desses países,

ímpar de aprendizado e aperfeiçoa-

muda, definitivamente, a visão do

acompanhando de perto os efeitos

mento profissional que em muito irá

movimento lojista”, completou o

econômicos no mercado Europeu

contribuir ao nosso trabalho de agora

presidente da FCDL-MG.

e traçando um comparativo com

em diante”, finalizou o presidente da

Seguindo o roteiro previsto para a via-

o Brasil. “A palavra chave para o

FCDL-MG, José César da Costa.

gem, de Londres o grupo partiu em

varejo na França é proximidade. O

Além do presidente da Federação mi-

direção a Paris, onde puderam conhe-

público exige esta proximidade com

neira e do presidente da CNDL, Roque

cer o Instituto Francês de Merchandi-

o cliente”, informou o presidente da

Pellizzaro Junior, participaram desta

sing. Na cidade luz, os empresários

CNDL, Roque Pellizzaro Junior.

missão o presidente do Conselho de

também fizeram um tour em diver-

“Certos da necessidade da atualiza-

Administração o SPC Brasil, Roberto

sas lojas conceito acompanhados por

ção constante de conhecimentos e

Alfeu Pena Gomes, o presidente da

uma especialista em visual merchan-

tendências dadas às exigências de

CDL BH, Bruno Falci, e presidentes de

dising.

nosso mercado, esperamos adaptar

CDLs e de Federações do Brasil.

Durante a viagem, os empresários

as informações adquiridas à nossa re-

vivenciaram

alidade, já que este foi um momento

o

convênio

conceito

mais

Federação Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012

7


GERAL

Informação, formação profissional e capacitação: vem ai o ECOM 2012 Evento é destinado aos comerciantes, varejistas e empreendedores das áreas de serviços e rede hoteleira Impulsionar e propagar o movimento de formação profissional

Isso porque, a Copa do Mundo de 2014 vai antecipar no Brasil

de líderes e representantes do varejo de modo a adequar o

uma tendência mundial de negócios pela Web, fazendo com

comércio ao meio digital. Esta é uma das propostas do ECOM

que os empresários e comerciantes que atuam no meio di-

2012. O projeto, que chega a Belo Horizonte no dia 04 de ou-

gital possam ser identificados, visitados e tenham a oportu-

tubro, pretende ainda proporcionar aos participantes, suporte

nidade de terem seus produtos e serviços vendidos no meio

especializado, auxiliando-os a adaptar e operar seus negócios

virtual.

de acordo com as novas tendências ditadas pelo mercado,

Já não é mais possível ter um negócio que dependa do clien-

possibilitando sua entrada no comércio eletrônico. O encontro

te de tomar a decisão de entrar fisicamente em uma loja para

vem mostrar que adequar um negócio para a Web e efetuar

fazer suas compras, é preciso motivá-lo e estar a disposição

vendas eletrônicas não é somente um questão comercial, mas

nos sistemas de busca online de modo a dar continuidade

uma decisão estraté-

nos negócios e

gica de continuidade

vendas.

2012

e crescimento. Trata-se de uma iniciativa com abrangência

nacional,

www.ecom2012.com.br

realizada pela Con-

As atividades seguem o formato “Road Show”, ou seja, de acordo com o calendá-

federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CNDL) e que

rio previamente estabelecido, a cada mês, uma capital será

conta com o apoio de todas as Federações das Câmaras de

a anfitriã do projeto recebendo especialistas e autoridades

Dirigentes Lojistas (FCDLs), bem como Câmaras de Dirigentes

para compartilhar conhecimentos e experiências profissio-

Lojistas (CDLs). A ideia é que as 12 capitais brasileiras, se-

nais, além de orientar e prestar suporte técnico aos interes-

lecionadas estrategicamente por serem as mesmas que irão

sados. A meta é reunir um público superior a 6.000 partici-

sediar jogos da Copa de 2014, recebam os Seminários de Co-

pantes durante os 90 dias de eventos pelo Brasil.

mércio, Negócios Eletrônicos e Meios de Pagamento.

EXPO ECOM 2012 Além das palestras e workshops, o ECOM 2012 vai disponibilizar um espaço para que empresas de tecnologia e serviços participantes divulguem seus produtos e serviços, bem como, as principais tendências tecnológicas para os interessados em atividades de Comércio Eletrônico e Infra-Estrutura de TI. Este espaço irá funcionar durante todo o dia e os participantes poderão agendar consultas e reuniões de atendimento com os especialistas. Consultores de Marketing e Negócios também estarão à disposição para auxiliar os interessados em inovar seus negócios ou adequar as tendências e oportunidades do mercado.

8

Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012 Federação


GERAL

FCDL-MG se empenha para levar suas federadas à Convenção Nacional Entre as iniciativas promovidas pela entidade está a parceria com a CVC para oferecer aos participantes melhores condições nos pacotes de viagem Que a FCDL-MG é reconhecida por le-

cientização e interesse por parte das

nos pacotes de viagem que a entidade

var a maior delegação estadual, tendo

pessoas que integram o movimen-

firmou, em março deste ano durante

recebido inúmeras premiações por

to lojista mineiro em participar de

o 5° Encontro de Presidentes das CDLs

isso, todos já sabem. Para quem não

eventos focados no aperfeiçoamento

mineiras, uma parceria com a CVC.

se lembra, no ano passado, a Federa-

profissional. Em 2011 foi assim, nos-

A ideia é oferecer pacotes de viagem

ção conseguiu a presença de mais de

sa Convenção Estadual do Comércio

que incluem estadia nos melhores ho-

500 participantes do movimento lojis-

Lojista, realizada em maio deste ano,

téis de Natal, passagem aérea, além

ta mineiro em Fortaleza, entre presi-

também veio reforçar este interesse e

do transfer aeroporto-hotel e hotel-

dentes, executivos e demais colabo-

participação ativa do varejo mineiro.

-aeroporto, e um tour pelos principais

radores das CDLs. Não foi em 2011,

Esperamos, nos dias 14 a 16 de no-

pontos turísticos da cidade. As facili-

que a FCDL-MG conquistou o prêmio

vembro, nos orgulhar mais uma vez

dades desta parceria também se es-

de maior delegação estadual. Em con-

com a presença de nossos amigos

tendem às formas de pagamento. O

trapartida, neste mesmo ano, a CDL

cedelistas”, destacou o presidente da

pacote de viagem para o evento po-

Jovem mineira conseguiu o troféu por

FCDL-MG, José César da Costa.

derá ser parcelado em até dez vezes,

ser a maior delegação estadual jovem

Por isso, a FCDL-MG tem se empenha-

sem juros. Garanta sua vaga. Basta

presente na 52ª Convenção Nacional

do em garantir a presença de dirigen-

procurar uma agência de viagens CVC

do Comércio Lojista.

tes e executivos das CDLs do Estado.

mais próxima da sua CDL e conferir

Neste ano, as expectativas são as

Foi com o objetivo de proporcionar

nossas condições.

melhores. “Há uma crescente cons-

aos interessados melhores condições

Federação em Ação - jun/jul de 2012

9


GERAL

Presidentes de entidades mineiras em visita à sede da FCDL-MG

FCDL-MG recebe instituições mineiras Presidentes são convidados para encontro na sede da Federação organizações

presidentes de instituições que são

Gonzaga; o presidente da FIEMG, Olavo

importantes para o cenário econômico

referência para a economia mineira.

Machado Jr; o presidente da FETCEMG,

mineiro estiveram reunidos no mês

Desejamos reforçar a presença da

Vander

de maio na sede da Federação das

FCDL-MG enquanto uma entidade de

Scucato, presidente da OCEMG; Wander

Câmaras de Dirigentes Lojistas de

classe que representa ativamente o

Luis Silva, presidente da Federaminas;

Minas Gerais (FCDL-MG). O objetivo do

movimento lojista no Estado”, destaca

Roberto Luciano Fagundes, presidente

encontro foi reunir estes representantes

o presidente da Federação, José César

da ACMinas; o presidente da CDL-BH,

a fim de fortalecer um canal de diálogo

da Costa.

Bruno Falci; o presidente da CIEMG, José

constante. “Nossa proposta é promover

Compareceram ao encontro o presidente

Agostinho da Silveira Neto; e Roberto

um espaço de interação e troca com

da Fecomércio e Sebrae MG, Lázaro Luis

Simões, presidente da FAEMG.

Presidentes

de

Francisco

Costa;

Ronaldo

VIII Encontro de Federações reúne presidentes das FCDLs Esta edição do evento foi realizada em Natal (RN), cidade que vai sediar a 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, em novembro deste ano Presidentes de Federações em encontro realizado em Natal-RN

Presidentes de FCDLs de todo o país estiveram reunidos en-

da 53ª Convenção. Na oportunidade, também trataram de

tre os dias 22, 23 e 24 de junho em Natal para mais uma

assuntos referentes ao fortalecimento do movimento lojista.

edição do Encontro de Federações. Desta vez, o evento teve

Já suas esposas dedicaram-se aos preparativos do Encon-

por objetivo proporcionar aos participantes visitas a diversos

tro Nacional da Mulher Empreendedora, além de visitar os

hotéis, locais onde ficarão hospedadas as delegações estadu-

possíveis locais de realização do jantar das delegações. No

ais durante a 53ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, a

segundo dia de atividades (23) presidentes das Federações,

ser realizada entre os dias 14 e 16 de novembro deste ano.

bem como suas respectivas esposas realizaram visitas aos

No primeiro dia de atividades, os presidentes participaram de

hotéis onde ficarão hospedados os convencionais. À noite,

um café da manhã com a imprensa para o lançamento oficial

um jantar de confraternização reuniu todos os participantes.

10 Federação Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012


CNDL

CNDL participa de reunião do FIRAE O encontro foi realizado em Barcelona, na Espanha, e reuniu representantes de 29 países Foto oficial dos executvos em reunião do FIRAE

O

foco

da

reunião

do

Fórum

visa regular a cobrança de ICMS para

e compram no e-commerce.

Internacional de Executivos de Varejo

A

(FIRAE), realizado nos dias 4 e 5

Dirigentes Lojistas (CNDL) foi uma das

debate no Congresso Nacional.

de junho, foi avaliar a questão dos

representantes do Brasil no evento. A

“A experiência do encontro será levada

meios eletrônicos de pagamento e o

pauta da reunião também contemplou

ao Governo Federal e ao Congresso

e-commerce, sua evolução e impactos

a preocupação com os impostos

Nacional para fomentar as discussões

sobre

convencional,

praticados por todos os países quando

que já estão em andamento no Brasil”,

em especial pelo crescimento do

o assunto é compras no comércio

comentou Roque Pellizzaro Junior,

showrooming, quando consumidores

eletrônico, principalmente relacionadas

presidente da CNDL.

visualizam os produtos nas lojas físicas

à Europa. No Brasil, a PEC 56/2011 que

o

comércio

Confederação

Nacional

de

vendas no comércio eletrônico está em

Fonte: Assessoria de Imprensa CNDL

Varejo registra alta de 9,08% nas vendas do Dia dos Namorados O crescimento de 4,5% refere-se à variação registrada entre 2011 e 2012 O SPC Brasil apurou alta de 9,08% nas vendas do varejo

propiciando as compras de final de semana.

na semana que antecedeu o Dia dos Namorados 2012. O

O economista citou ainda que os dados divulgados pelo

resultado veio acima da projeção inicial da Confederação

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em

Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), de crescimento de

março deste ano mostram que o varejo brasileiro cresceu

4,5%, e se refere à variação registrada entre 2011 e 2012.

12,5% quando comparado a março de 2011 e são um bom

Conforme avaliação do economista Nelson Barrizzelli,

exemplo da força do setor e da demanda interna.

do SPC Brasil e CNDL, o crescimento de 9,08% pode ser

“No caso de datas especiais, o ticket médio pode variar

explicado por diversos fatores, entre eles o movimento

para baixo em relação às compras normais, mas o

atípico de consumo elevado nos shopping centers e nas

comportamento do consumidor não se altera em relação

lojas em função do feriado de Corpus Christi, que neste

aos segmentos do varejo nos quais ele busca satisfazer

ano ocorreu na primeira quinta-feira de junho, dia 7,

seus desejos de compras”, explicou Barrizzelli. Com informações Assessoria de Imprensa CNDL

Federação em Ação - jun/jul de 2012

11


MOVIMENTO LOJISTA

CDL Uberaba: 32 anos construindo a história do movimento lojista na cidade Com mais de três décadas de existência, a entidade desempenha papel fundamental no desenvolvimento do comércio local e região Atuante e representativa. Estes são apenas dois dos adjetivos que caracterizam a CDL Uberaba no município. O número de associados, que atualmente chega a dois mil, é um dos fatores que comprovam e, na mesma medida, reforçam sua relevância

A CDL comemora com alegria mais um ano de existência. Além da credibilidade da instituição perante a população uberabense, fruto de nossa transparência, muito nos alegra poder contar com todos os parceiros e uma diretoria disposta a buscar o crescimento deste setor na cidade, com projetos fortes e ações que realmente possam gerar resultados. Agradecemos a cada empresário que acredita no trabalho que a CDL desenvolve, às diversas entidades, instituições, órgãos parceiros e colaboradores, bem como ao Poder Público”. Fúlvio Ferreira Presidente CDL Uberaba

para o movimento lojista mineiro. Desde a sua fundação, a CDL Uberaba tem participado de vários momentos importantes da história da cidade, participando de questões econômicas, políticas e sociais. “Ao longo desses anos, nossa entidade tem atuado de forma incansável para desenvolver o comércio local que, pela diversidade, atrai consumidores de diversas localidades”, comenta o atual presidente da instituição Fúlvio Ferreira. No dia 10 de junho, a entidade completou seus 32 anos de existência. Muitos são os motivos para comemorar. E a celebração, como não poderia deixar de ser, foi em grande estilo, à altura de sua atuação e alcance. “Temos a certeza de que muito ainda está por ser feito. No momento, a nossa grande meta é a concretização do CDL Hall, um moderno centro de eventos, em uma área doada pelo município”, adianta Fúlvio. Entre as atividades previstas para a comemoração estavam a missa realizada na Catedral Metropolitana, no dia 10 de junho, a inauguração do Memorial do Comércio de Uberaba, a Sala do Conselho Superior, composta pelos ex-presidentes e o programa SenacMóvel, que focou o aperfeiçoamento profissional dos empresários uberabenses estes últimos, realizados no dia 18.

12 Federação em Ação - jun/jul de 2012


Memorial do Comércio

Inaugurado no dia 18 de junho e localizado na sede da

que é mais uma referência da história do município.

CDL, o objetivo do Memorial do Comércio é resgatar a

Todo material recebido foi catalogado e cada peça tem

vida comercial do município. Caixas registradoras anti-

uma etiqueta contando sua trajetória, estabelecimento e

gas, calculadoras, cédulas, moedas, balanças, fotogra-

período em que foi utilizada, além do nome do doador.

fias, peças de publicidade e outros objetos relacionados,

“Um objeto utilizado atualmente, daqui a 20 anos será

compõem o acervo deste espaço. “Nossa proposta é res-

obsoleto, assim como os de outrora já fazem parte da

gatar peças que foram utilizadas por aquelas empresas

nossa história”, comentou o presidente.

que já encerraram suas atividades, e também de esta-

As pessoas interessadas em contribuir para este proje-

belecimentos comerciais ainda em funcionamento. Todos

to, ainda podem fazer doações. Basta entrar em contato

fazem parte da história”, revelou Fúlvio Ferreira.

com a CDL Uberaba pelo telefone (34) 3319-4400. O inte-

De acordo com o presidente da CDL, os registros mos-

ressado que não tiver disponibilidade de levar o objeto

tram que os primeiros habitantes da cidade já comer-

ao Memorial do Comércio, poderá solicitar à entidade

cializavam algum tipo de produto. Por isso, a entidade

que a busca seja feita em domicílio ou no estabeleci-

mobilizou a população de Uberaba para que doasse ob-

mento comercial.

jetos antigos e auxiliasse na construção deste espaço,

Federação Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012

13


Sala do Conselho Superior Composta

por

presidentes

que

estiveram à frente da instituição nestes 32 anos de história, a Sala do Conselho Superior cumpre a proposta de reunir fotos e fatos relevantes da trajetória de cada ex-presidente da CDL Uberaba. De acordo com Fúlvio Ferreira, “o objetivo deste espaço é preservar a história e homenagear Membros do Conselho superior

pessoas que contribuíram, em muito, para o desenvolvimento e atuação da

poderão realizar reuniões, já que

(in memorian), Januário Marques de

entidade no município”, afirma.

estatutariamente todos contribuem e

Oliveira, Lucio Scalon, Arnaldo Santos

Com uma localização estratégica no

deliberam assuntos, além de ser um

Anjo, Daniel Fabre, Mario Vilmair

prédio da CDL, a sala do Conselho

espaço de integração, de reencontrar

Silvestre Pereira, Antônio Alberto

Superior cumpre também a função

os amigos”, completa.

Stacciarini (in memorian),

de sediar encontros destes ex-

Até o momento, a entidade soma

Azor Fakhouri e, atualmente, Fúlvio

presidentes

nove

Ferreira.

que

compõem

este

Conselho. “Nesta sala, os membros

diretorias

lideradas,

pela

Fakher

ordem: Ronaldo Batista Machado

Investindo no aperfeiçoamento profissional Como parte da programação comemo-

CDL, com uma média de 240 alunos

profissional com o mesmo padrão de

rativa pelo aniversário da entidade, a

atendidos.

qualidade oferecido pelas unidades fi-

CDL Uberaba e o Sindicato do Comércio

A grande novidade desta proposta é

xas do Senac.

Varejista (Sindicomércio) do município

que todas as capacitações são realiza-

Além do SenacMóvel, a programação

fecharam com o Senac uma parceria

das no interior da ‘Carreta do Conhe-

mensal de cursos e palestras oferecida

visando investir no aperfeiçoamento

cimento’. O veículo que ficou estacio-

pelo Centro de Educação Tecnológica

profissional dos associados. O pro-

nado ao lado da sede da CDL, possui

do Comércio de Uberaba (Ceteco), per-

grama, conhecido como SenacMovel,

14 metros de comprimento, 2,6 metros

tencente à entidade, foi mantida. “Os

atendeu, entre os dias 18 e 27 de ju-

de largura e 4 metros de altura, e foi

cursos da ‘Carreta do Conhecimento’

nho, empresas dos segmentos de ho-

totalmente adaptado para ser uma

foram gratuitos para as empresas as-

tel, restaurantes e bares associadas à

verdadeira escola, levando a educação

sociadas à CDL que tiveram preferência no preenchimento das vagas abertas”, informou o executivo da entidade, Iovaldo Basílio de Oliveira. O SenacMóvel foi criado para democratizar o acesso ao ensino profissional. Com as unidades móveis de educação, é possível levar infraestrutura pedagógica de úl-

Oportunidade de aperfeiçoamento profissional proporcionada pelo programa SenacMovel

14 Federação 14 Federaçãoem emAção Ação- -jun/jul jun/julde de2012 2012

tima geração a qualquer município.


MOVIMENTO LOJISTA

FCDL-MG firma parceria com BDMG Objetivo é facilitar e ampliar a oferta de recursos e serviços aos micro e pequenos empresários Geração de receitas para as CDLs e de

associados. Entre eles estão linhas de

em todo o Estado. Nesse sentido, a FCDL-

oportunidades para os empresários.

financiamento para micro, pequenas

MG faria uso de sua abrangência como

Tendo em vista estes objetivos, a

e médias empresas como o Giro Fácil,

potencial de captação desses novos

FCDL-MG assinou no mês de maio,

Geraminas e Fixo Fácil, com concessões

clientes. Entre os fatores considerados

um

de capital de giro e expansão das

pelo BDMG, para a escolha da Federação

empresas.

O objetivo é descentralizar

como parceira está a credibilidade

(BDMG). A proposta é disponibilizar

e ampliar o acesso às linhas de

e atuação da entidade, que busca

para as empresas associadas às CDLs

financiamento para o segmento, além

constantemente

de todo o Estado, linhas de crédito com

de garantir facilidade e agilidade nos

para

taxas mais atraentes e competitivas,

processos solicitados.

Federadas e, consequentemente, para as

e que viabilizem o financiamento de

Para o presidente da FCDL-MG, José César

empresas associadas às CDLs mineiras.

projetos para micro, pequenos e médios

da Costa, os resultados desta iniciativa

“A parceria com a FCDL-MG vai fortalecer

empresários.

serão muitos positivos. “A expectativa é

a nova forma de atuação do Banco

Na prática, significa que, com esta

que a ampliação do acesso ao crédito

via Correspondentes Bancários, que

parceria, as CDLs mineiras poderão ser

para o financiamento dos mais diversos

é fundamental para estarmos cada

Correspondentes

(COBAN).

empreendimentos contribua para o

vez mais próximos de nossos clientes,

Seu papel será apresentar às empresas

crescimento, não só do movimento

facilitando o acesso ao crédito. É

soluções

oferecidas

lojista em Minas, mas também para a

também uma excelente oportunidade

pelo BDMG, bem como a recepção e

melhoria das condições socioeconômicas

de contarmos com uma instituição com

encaminhamento

dos municípios mineiros”, destaca o

grande

financiamento. Em outras palavras, as

presidente.

micro e pequenas empresas mineiras”,

entidades irão transferir os benefícios

A ideia é que o BDMG amplie os pontos

afirma o presidente do BDMG, Matheus

oferecidos

de atendimento aos clientes do banco

Carvalho.

convênio

Desenvolvimento

com de

o

Minas

Bancários

financeiras

pelo

de

Banco

Gerais

propostas

Banco

de

aos

de

seus

o

melhores

desenvolvimento

representatividade

condições de

suas

junto

Federação em Ação - jun/jul de 2012

15

às


ECONOMIA

Banco do Brasil apresenta Micro e pequenos empresários foram o foco Micro

e

empresários,

mundial vivida em 2008, pela qual o

taxas de juros iniciado em abril deste

entidades de classe, autoridades e

Brasil enfrentou com tranquilidade,

ano,

imprensa estiveram reunidos no dia

se comparado aos demais países.

que este é um divisor de águas que

11 de maio no auditório do Banco

De acordo com Sardelari, ousadia e

certamente irá mudar a estrutura do

do Brasil (BB), em Belo Horizonte,

responsabilidade permitiram ao Banco

sistema financeiro do país. “Contamos

para

pequenos

uma

o

superintendente

afirmou

apresentação

com lideranças, entidades de

especial da campanha ‘Bom

classe, para que contribuam

para

na

todos’.

O

objetivo

divulgação

desses

foi compartilhar com os

benefícios a seus associados.

convidados os benefícios e

O mercado interno brasileiro

vantagens desta iniciativa

é dinâmico e encontra-se

para o segmento das Micro e

fortalecido para iniciativas

Pequenas Empresas (MPEs).

como esta. A economia do

A Federação das Câmaras

país permite movimentos

de Dirigentes Lojistas de

mais ousados, é isso que

Minas

Gerais

estamos fazendo”, pontuou

esteve,

mais

(FCDL-MG) uma

vez,

Sardelari. Ainda de acordo

presente no evento. Na oportunidade,

do Brasil uma atuação expressiva no

com o superintendente, a meta da

o superintendente Estadual de Minas

cenário econômico à época, sem que

instituição é investir em um conjunto

Gerais do Banco do Brasil, José

isso significasse o comprometimento

de medidas de apoio e consultoria

Roberto Sardelari, deu boas vindas

da instituição.

para que as MPEs possam utilizar, da

aos participantes e relembrou a crise

Sobre o movimento de redução das

melhor forma, esta oferta de crédito.

Evolução da Carteira de crédito MPE 34,9

68,1 57,0

43,3

Crescimento de

dez/08

70,2

dez/09

dez/10

Segundo pesquisa do Sebrae, o BB é o principal agente financeiro das MPEs.

101,27% dez/11

1T12

A partir de dez/10 (inclusive), os saldos consideram as empresas (indústria, Comércio e Serviço) com FBA de até R$ 25 milhões. * Relatório semestral Sebrae, nov/2011

16 Federação Federaçãoem emAção Ação- -jun/jul jun/juldede2012 2012


‘Bom para todos’, na capital de reunião especial, na sede da instituição Na sequência, foi a vez do diretor de

agora opera com uma tarifa de 3,94%

na redução da mortalidade dessas

Micro e Pequenas Empresas do BB,

a.m, o que significa uma redução de

empresas, que passam a investir o

Adilson do Nascimento apresentar

56,8%. Já o parcelamento automático

capital em seu desenvolvimento”,

aos participantes como, na prática,

em 24 vezes sofreu uma redução de

completou Adilson Nascimento.

o posicionamento do banco poderá

25,4% e passou de 3,94% a. m para

Também

esteve

na

reunião

beneficiar os empresários

presidente

mineiros. Para se ter uma

Deliberativo Nacional (CDN)

ideia,

do Sebrae e presidente da

6,1 e

o

Brasil

milhões pequenas

de

possui micro

FAEMG,

do

o

Conselho

Roberto

Simões,

empresas,

que encerrou o encontro

responsáveis por 52% dos

destacando a importância

empregos gerados no país.

desta iniciativa. “Estamos

Por isso, conforme explicou

caminhando

Adilson, “o posicionamento

a um país mais moderno,

do BB com as MPEs pretende

e além da redução das

a simplificação do processo

taxas de juros, precisamos

de concessão do crédito e

caminhar

em

direção

também

pela

a facilidade no relacionamento com

2,94% a. m. O Banco pretende ainda

desburocratização do processo de

este segmento”, completou o diretor.

trabalhar na implantação de agências

concessão do crédito. Muitas vezes o

Com a nova redução das taxas, o

com

especializado

micro e pequeno empreendedor não

cheque especial, por exemplo, que

em Micro e Pequenas Empresas.

recorre ao banco pela burocracia em

antes tinha juros de 9,13% a.m,

“Esta e outras medidas implicam

si”, ressaltou Roberto Simões.

Linhas em destaque

atendimento

27,6%

R$ 1,9 bi

desembolsados em abril/12

839,6 28,1%

Comparativo entre média diária Mar/12 e o período de 12 a 30 de Abril/12.

658,2

10,5%

40,8% 263,8 99,0

24,4%

338,0

139,4

BB Capital de Giro Mix Pasep

116,1 144,4

116,1 144,4 BB Giro Empresas Flex

BB Giro Empresa Flex - Lib. Estruturas

BB Giro Cartões

Crescimento de 23,8% nos desembolsos em relação a Março/12 R$ milhões

ACL

Federação Federaçãoem emAção Ação- -jun/jul jun/julde de2012 2012

17


SUSTENTABILIDADE

Rio+20: muitas negociações, poucos resultados concretos Balanço dos dez dias de evento é marcado por críticas e divergências, e ainda divide opiniões Exatos vinte anos depois da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, em junho de 1992, também conhecida como ECO-92, a Conferência das Nações Unidas sobre o Desen-

queremos”, assinado pelos participantes no úl-

volvimento Sustentável ou Rio+20, realizada neste mês de

timo dia do evento, 22 de junho, apenas cita

junho, pouco avançou nas negociações. O tema central das

que os objetivos devem ser criados para adoção

discussões girou em torno da transição para uma Econo-

a partir de 2015.

mia Verde no contexto da preservação do meio ambiente,

Negociadores brasileiros reconheceram que se frustraram

biodiversidade, pers-

Crédito: Marcos de Paula / Agência Estado

pela Rio+20 não ter

pectiva da erradica-

conseguido

ção da pobreza e das

pelo menos a indi-

desigualdades, bem

cação dos temas a

como da reforma da

serem tratados pelas

governança

global

futuras metas. Faltou

relacionada às ques-

consenso, sobretudo

tões ambientais e

pela dificuldade em

ao Desenvolvimento

discutir compromis-

Sustentável.

sos em relação à re-

Antes de seu início

dução das emissões

a previsão era que

de gases de efeito

os 188 participantes

estufa.

obter

entre chefes de Estado, delegados, secretários e ativistas,

Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), apon-

pudessem formular um plano para que a humanidade se

tados como principal resultado da Rio+20, partiu de uma

desenvolvesse de modo a garantir vida digna a todas as

proposta brasileira lançada no ano passado, e se inspira

pessoas, administrando os recursos naturais para que as

nos Objetivos do Milênio, que países em desenvolvimento

gerações futuras não fossem prejudicadas. Uma das expec-

perseguem até 2015 na área social e de meio ambiente.

tativas era de que a reunião conseguisse determinar metas

Na plenária de encerramento da Rio+20, o secretário-geral

de desenvolvimento sustentável em diferentes áreas, mas

da ONU, Ban Ki-moon, disse que o documento final adotado

isso não foi atingido. O documento intitulado “O futuro que

por consenso, fornece formação firme para um bem-estar

18 Federação em Ação - jun/jul de 2012 Federação em Ação - jun/jul de 2012 18


Belo Horizonte sedia ICLEI Entre os casos de sucesso de ações em sustentabilidade apresentados, estava o projeto ‘Comércio Sustentável’, elaborado pelo CDL Jovem de BH

Entre os dias 14 e 17 de junho, Belo Horizonte sediou pela primeira vez, mais uma edição do Congresso Mundial de Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI). O evento, realizado a cada três anos é uma oportunidade para que representantes de governos locais, organizações internacionais, financiadores e outros parceiros se reúnam para discutir temáticas como sustentabilidade, economia verde, preservação do meio ambiente de forma local, bem como o papel central das cidades frente a alternativas para a promoção do desenvolvimento sustentável.

social, econômico e ambiental. “Não podemos mais hipotecar o nosso

Palestras, plenárias, workshops e apresentação

futuro para as necessidades de curto prazo”, alertou.

de casos de sucesso integraram a programação

“O documento torna-se, hoje, um marco no conjunto dos resultados

do evento. Entre os projetos apresentados estava

das conferências das Nações Unidas ligadas ao desenvolvimento sus-

o ‘Comércio Sustentável’, elaborado pelo Centro

tentável”, discursou a presidente Dilma Rousseff aos delegados. “Um

de Desenvolvimento Lojista (CDL Jovem) de Belo

passo histórico foi dado em direção a um mundo mais justo, equânimo

Horizonte e desenvolvido pela CDL/BH.

e próspero”, afirmou a presidente.

A iniciativa tem por objetivo trabalhar a conscien-

Mas a verdade é que o balanço dos dez dias de discussões ainda divide

tização da sociedade e empresas para a impor-

opiniões. Autoridades brasileiras consideram um avanço a inclusão do

tância da reciclagem do lixo. Por isso, no dia 6 de

desenvolvimento sustentável com erradicação da pobreza, enquanto

junho, jovens empresários e oito garis varreram o

movimentos sociais e alguns líderes estrangeiros condenam a falta de

quarteirão fechado da Rua Pernambuco na Praça

ousadia do texto por parte das autoridades na exigência de definições

da Savassi, na capital mineira. Durante a varrição

claras sobre responsabilidades específicas, repasses financeiros, discri-

os empresários distribuíram cartilhas e panfletos

minação de prazos para a adoção de medidas e a ampliação de poderes

sobre o descarte do lixo para lojistas e pedes-

do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).

tres da região. O projeto, que tem a parceria da

As discussões mostraram ainda que as divergências econômicas estão

Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), prevê

presentes também nos debates políticos e ambientais. Os negociadores

outras ações para conscientização de pedestres e

dos países desenvolvidos e em desenvolvimento entraram em vários

lojistas da Savassi. Além da varrição e distribuição

conflitos, principalmente os que envolviam recursos. A União Africana

dos panfletos, a equipe de teatro da SLU, com

(formada por 54 países) foi um dos blocos que mais reagiram às restri-

artistas em perna de pau e fanfarra, circulou na

ções impostas pelos países desenvolvidos. O texto ratifica que os temas

praça chamando a atenção da população para o

polêmicos e sem consenso ficarão para uma próxima cúpula.

tema.

Federação em Ação - jun/jul de 2012 19 Federação em Ação - jun/jul de 2012 19


CAPA

RECORDE DE PÚBLICO

20 Federação em Ação - jun/jul de 2012

Focado no aperfeiçoamento profissional dos participantes, evento proporcionou 40 horas de conhecimento


U

m espaço de interação, troca, compartilhamento e, sobretudo, aprendizado. Este foi o cenário da 21ª Convenção

Estadual do Comércio Lojista e 9º Encontro de Profissionais das CDLs Mineiras, realizados entre os dias 24 e 27 de maio no Hotel Tauá Caeté, em Minas Gerais. Promovido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG), o evento proporcionou aos mais de mil participantes, uma programação técnica diversificada e inovadora. Com o tema “CDL – Mais que uma entidade, um grande negócio”, o evento teve por objetivo investir no aperfeiçoamento

presidente da CNDL Ro-

profissional de representantes e líderes do movimento lojista. A

que Pellizzaro Junior;

proposta foi valorizar o associativismo e reafirmar o compromis-

o superintendente da

so com a classe varejista, destacando o conceito de que uma

CNDL, André Pellizzaro

entidade é mais que uma forma de afirmar valores e exercer a

e o Juiz de Direito da 2ª

cidadania, uma entidade pode ser um grande negócio.

Vara Cível da Comarca de Conselheiro Lafaiete, o Doutor José Leão Santiago Campos.

Música, fogos de artifício e muita animação

Em seu pronunciamento, José César da Costa,

Manhã e tarde do dia 24 de maio foram reservadas para a che-

presidente da FCDL-MG, destacou a importância

gada dos participantes ao local do evento. Em clima de festa

do evento para as CDLs mineiras: “O número ex-

e de grandes expectativas, as primeiras delegações municipais

pressivo de participantes demonstra, mais uma vez, a força do

de CDLs mineiras chegaram cedo. Nem a baixa temperatura de

movimento lojista mineiro, que se potencializa a cada edição

aproximadamente 17º, comprometeu a animação das delega-

com o apoio de todos os participantes”, afirmou. Na avaliação

ções das CDLs de todo o Estado. O clima descontraído se es-

do presidente, o tema deste ano “CDL mais que uma entidade,

tendeu ao longo do dia, quando mais e mais caravanas desem-

um grande negócio”, não poderia ser mais relevante. “A pro-

barcavam no Tauá.

posta é oferecer a todos uma contribuição efetiva na evolução e estratégia de cada CDL. Entendemos o quanto é importante

Show de inovação e tecnologia marcou início do evento

falarmos e atuarmos ativamente para o crescimento de nossas

A solenidade de abertura, realizada na noite do dia 24 de maio,

federadas, base de todo movimento lojista”, destacou.

surpreendeu os participantes com um show de tecnologia e

Na ocasião Paulo Sérgio Machado, transmitiu os votos do gover-

uma intervenção de flash mob preparada pelo Núcleo Artístico

nador Antonio Anastasia e destacou a importância do evento

Floresta. Balé, rock e uma coreografia especial com a música

para o segmento varejista, e consequentemente para o desen-

tema do evento “Minas Gerais é bão demais”, encantaram o

volvimento de todo o Estado.

público. Mas a grande surpresa da noite foi a proposta das bai-

Já Silvio Antônio de Vasconcelos Souza ressaltou o destaque que

larinas de convidarem, aleatoriamente, alguns participantes no

o movimento lojista mineiro tem no contexto nacional: “Minas

evento para dançar uma valsa.

Gerais, tem se destacado pela força de suas CDLs, sempre mui-

Entre as autoridades presentes na noite de abertura estavam

to unidas. Este movimento, que tem à frente o presidente da

o secretário de Política Mineral e Energética, da Secretaria de

FCDL-MG, José César da Costa, é referência e modelo para FCDLs

Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Paulo

e CDLs de todo o país. A força do movimento lojista está em sua

Sérgio Machado Ribeiro, representando governador do Estado de

união”, completou.

Minas Gerais, Antônio Anastasia; o vice-presidente administra-

Também na solenidade, presidentes de várias CDLs mineiras,

tivo financeiro da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas

recém-empossados receberam pelas mãos do presidente da

(CNDL), Silvio Antônio de Vasconcelos Souza, representando o

FCDL-MG, seu diploma.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

21


Ciclo de palestras e workshops Focado no aperfeiçoamento profissional dos participantes,

seios, para nos planejarmos”, explicou.

o primeiro dia de temário técnico foi interativo, mas, so-

Ao final, o palestrante exibiu um vídeo reflexivo e motiva-

bretudo reflexivo. Iniciando as atividades, Renato José de

cional sobre o poder de decisão que cada um tem e como

Melo, graduado em Ciências Contábeis, especializado em

esta questão está intimamente ligada à administração do

Auditoria e Contabilidade Financeira, além de Estratégias

tempo.

e Marketing e também executivo da CDL Paraguaçu, falou

Na sequência foi a vez de Waldez Ludwig com sua palestra

aos participantes sobre independência financeira.

“Desenvolvendo o capital intelectual”. Consultor e gestor

Na oportunidade, o palestrante apresentou um panora-

empresarial, Waldez é formado em Psicologia pela Univer-

ma em números da atuação e alcance da CDL Paraguaçu,

sidade de Brasília e em Teatro pela Federação Brasileira de

que iniciou suas atividades com 110 associados em 2002

Teatro. O profissional dedica-se à pesquisa de vanguarda

e possui atualmente uma média de 400, além de um fatu-

em cenários e tendências da gestão das organizações, es-

ramento anual previsto para R$ 3 mi. Um dos fatores que

pecialmente em temas ligados as estratégias competitivas,

influencia fortemente a construção deste cenário positivo

mercado de trabalho, perfil profissional, criatividade e ino-

é, na avaliação de Renato Melo, o foco nos associados.

vação, além de melhoria da qualidade e desenvolvimento

Diversas outras estratégias são fundamentais para o de-

do capital intelectual.

senvolvimento da entidade. Funcionários qualificados e

Com criatividade e bom humor, o palestrante contemplou

bem remunerados são, por exemplo, a garantia para este

assuntos como inovação tecnológica, comportamento, o

sucesso. “Se queremos uma CDL forte, temos que ter os

papel da mulher no mercado de trabalho, além de tra-

melhores conosco”, adiantou Renato. Ainda segundo o

zer aos participantes reflexões sobre gestão colaborativa,

palestrante, “o tempo é fundamental no planejamento e

poder do conhecimento, sustentabilidade, liderança com-

agilidade no mundo dos negócios”. É preciso também, co-

partilhada, valorização da ética, e responsabilidade social

nhecer o cliente, o contexto, para então estabelecer seus

e cidadania. De acordo com Waldez Ludwig o capital inte-

propósitos. “Podemos, por exemplo, aplicar uma simples

lectual de uma empresa está nos seus profissionais, e que

pesquisa para sabermos o que nossos associados esperam

as pessoas que não visam o aperfeiçoamento profissional,

em relação a nossa instituição. Temos que apurar os an-

não têm espaço no mercado.

22 Federação em Ação - jun/jul de 2012


Renato Melo

Waldez Ludwig

Mágico Renner

César Frasão

Gerson Nunes e Nival Martins

Para finalizar as atividades do turno da manhã, o Mágico

traído, sobre abordagem, controle do tempo, rendimento,

Renner deu seu show de mágica, e igualmente, de mo-

dicas de como abordar clientes, a importância da palavra

tivação. Com a palestra “Foco e disciplina – a chave do

‘novidade’ no mundo dos negócios, como vender sem dar

sucesso”, o palestrante cumpriu sua proposta de levar

desconto, determinação e foco.

humor, alto astral e interatividade ao cenário do evento.

Outro assunto também proposto para reflexão foi a ques-

Mesclando histórias de sua trajetória, truques de mágica

tão do ambiente de trabalho. Isso porque, “é impossível

e interatividade com a plateia, o palestrante lançou aos

dar um show de vendas em um ambiente negativo”, afir-

participantes questões sobre o poder do pensamento e a

mou o palestrante. Sobre as características que definem

forma como as pessoas lidam com as dificuldades. “Qual

um bom profissional, César Frasão adiantou: “Não existe

é o tamanho da sua adversidade?”, indagou aos presentes

perfil de vendedor ideal, existe o perfil que melhor se ade-

o Mágico Renner.

qua à realidade e demandas de uma empresa”. Para finalizar sua apresentação, César Frasão compartilhou

Um show de vendas

um vídeo com os participantes, e concluiu afirmando que

Na parte da tarde do primeiro dia de atividades, os par-

o verdadeiro sucesso de um vendedor não está apenas em

ticipantes conferiram o workshop ‘Um show de vendas”,

ser um bom profissional, mas nos valores éticos e familia-

com César Frasão. Formado em Administração de Recursos

res que este profissional agrega ao seu perfil.

Humanos e especializado em Treinamento de Vendedores

Seguindo a programação, o superintendente do SPC Brasil,

para Mercados Competitivos, o palestrante compartilhou

Nival Martins, e Gerson Nunes de Lima, gerente de vendas

técnicas de venda e relacionamento com os clientes in-

do Serasa palestraram sobre Certificação Digital. O certi-

dispensáveis a qualquer negócio. “Não se tem sucesso no

ficado digital é um documento eletrônico que possibilita

trabalho sem organização e disciplina. Bom humor pode

comprovar a identidade de uma pessoa, de uma empresa

mudar todo o contexto da venda”, adiantou Frasão. Estas

ou de um site na internet. Esse documento funciona como

foram apenas algumas técnicas compartilhadas durante

uma assinatura digital, com validade jurídica, garantindo

sua apresentação.

sua segurança nas transações online, como troca eletrôni-

O palestrante falou ainda, em um tom divertido e descon-

ca de documentos, mensagens e dados.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

23


Guilherme Santos

Roberto Alfeu

Dedé Santana

Roberto Carlos

Roberto Carlos e Dedé Santana emocionam com suas histórias de vida No sábado (26), os participantes

entre SPC e Serasa.

os acessos ficassem suspensos”.

conferiram,

a

De acordo com Roberto Alfeu, os

Seguindo a programação, o contador

apresentação do gerente de divisão do

últimos anos foram marcados por

de histórias Roberto Carlos, palestrou

Banco de Desenvolvimento de Minas

muitas mudanças, que exigiram um

sobre a ‘Pedagogia do amor’, focada na

Gerais (BDMG), Guilherme Santos,

novo perfil de competidor, bem como

confiança e no resgate do humanismo

que contemplou a nova parceria do

novas

competição.

no processo do ensino. A apresentação

Banco com a FCDL-MG, oficializada

Neste contexto houve a necessidade

trouxe relatos de sua infância e da

em maio deste ano. A assinatura de

de

sistema

educação que recebeu ao longo de sua

convênio entre as duas instituições,

norteando as ações com base em dois

vida. Vários aspectos da motivação, de

vai possibilitar que as CDLs mineiras

pilares: retorno e perenidade. Alfeu

como se pode chegar a um resultado

sejam

Bancários

ressaltou ainda que “as oportunidades

educacional favorável por meio da

(COBAN) do BDMG. Sua função será

geram mudanças, mas é preciso estar

educação

apresentar às empresas associadas

ciente de que toda mudança gera

motivou os participantes.

soluções

nos

transtorno”. Juntamente com Roberto

Manfried Sant’Anna, mais conhecido

produtos oferecidos, bem como a

Alfeu, Ricardo Almeida, gerente de TI do

como Dedé Santana, por sua vez,

recepção

de

SPC Brasil, tirou dúvidas e explicou aos

encantou os participantes com seu

propostas de financiamento ao banco.

participantes sobre o incidente com o

show de humor e histórias de sua

De acordo com Guilherme Santos, esta

SPC no sábado (12 de maio), véspera do

trajetória. Entre os fatos compartilhados

é uma grande oportunidade de geração

dia das mães, quando o sistema ficou

com o público, o artista contou como

de receitas para as CDLs e para os

fora do ar e impossibilitou as consultas

conheceu o humorista Renato Aragão

empresários mineiros que terão mais

pelas CDLs de todo o Estado. Ricardo

e como surgiram “Os Trapalhões”.

facilidade para linhas de crédito.

Almeida informou que “o excesso de

Para finalizar sua apresentação, o

Na sequência foi a vez de Roberto Alfeu

acessos ao sistema na data, acabou

humorista e seu empresário, Bub Razz,

Pena Gomes, presidente do Conselho

por provocar uma sobrecarga de

fizeram uma sequência de trapalhadas,

de Administração do SPC Brasil, falar

conexões e, por critérios de segurança

divertindo a plateia.

aos participantes sobre a parceria

do próprio sistema, fazendo com que

pela

manhã,

Correspondentes

financeiras

e

contidas

encaminhamento

24 Federação em Ação - jun/jul de 2012

estratégias

de

operacionalização

do

divertiu,

mas

também


Feira de Stands: grande oportunidade de negócios e networking Paralelamente ao ciclo de palestras e

lojista conheceram também três casos

(missão, visão e valores), os objetivos

atividades previstas na programação

de sucesso, apoiados ou promovidos

estratégicos que norteiam os projetos

do evento, a FCDL-MG realizou ainda

por CDLs mineiras. Entre eles estavam

da entidade, bem como os indicadores

a tradicional feira de stands. Além do

o ‘Projeto Curupira’, apoiado pela CDL

de resultados. “O grande beneficiado

stand da CVC, que por meio da parceria

Araguari, o ‘Gestão para resultados’,

de toda essa transformação é o

realizada com a Federação ofereceu aos

desenvolvido

associado, que conta hoje com uma

pela

CDL/BH,

e

o

participantes ótimos pacotes de

entidade

viagem para a 53ª Convenção

focada nos seus interesses e

Nacional do Comércio Lojista,

preparada para enfrentar novos

outras instituições participaram

desafios”, afirma a gerente de

oferecendo seus produtos e

Planejamento e Gestão da CDL/

serviços. Entre elas estavam:

BH, Lidiane Tostes.

o BDMG, além de sua atuação,

Programa Educação e Trabalho

informou

(PET): a iniciativa está focada

principais

e

esclareceu dúvidas

as dos

na

mais

capacitação

organizada,

e

inserção

participantes sobre a nova

de adolescentes no mercado

parceria entre as instituições:

de trabalho para o primeiro

o

emprego

Correspondente

Bancário;

como

aprendizes.

a empresa ATS Informática, que há

“Programa Educação e Trabalho”, uma

Podem ingressar no PET adolescentes

mais de 20 anos desenvolve sistemas

realização da Fundação CDL Pró-Criança

com idade entre 16 a 20 anos, que

para gestão empresarial e comercial;

(CDL/BH).

estejam cursando ou tenham concluído

o Conselho Estadual do SPC por meio

Gestão para Resultados: como o

o ensino médio e cuja a renda per

da Base Operadora Estadual, que

próprio nome sugere, trata-se de

capita do grupo familiar seja de no

tirou dúvidas dos participantes sobre

um projeto de gerenciamento de

máximo um salário mínimo. Em 11 anos

a atuação deste Conselho; e o grupo

estratégias,

de Programa foram mais 13.000 jovens

Multi, empresa que opera as marcas

Scorecard

e

qualificados e cerca 5.000 inseridos no

Wizard, Yázigi, Skill, Alps, Microlins,

implementado na CDL/BH a partir de

mercado como aprendizes. Em 2011,

S.O.S, Bit Company e People.

2004. Por meio desta iniciativa, a CDL

1340 jovens foram capacitados no

definiu sua identidade organizacional

curso de iniciação profissional e 825

Representantes e líderes do movimento Almoço de presidentes

baseado (BSC),

no

Balanced

desenvolvido

encaminhados para o mercado. Projeto Curupira: trata-se de um projeto de formação cultural e socioambiental que tem por objetivo colaborar para o desenvolvimento social, afetivo e cognitivo das crianças de baixa renda e em situação de risco social em Araguari, no Triângulo Mineiro, por meio de ações de arte. A iniciativa,

Almoço Presidentes

realizada pela organização do terceiro

Um espaço destinado ao diálogo e deliberação de assuntos relacionados ao

setor ‘Emcantar’, conta com o apoio da

movimento lojista mineiro, como a participação das CDLs na 53ª Convenção

CDL do município.

Nacional do Comércio Lojista. Este foi o ambiente do almoço de presidentes, realizado no sábado, 26.

Federação em Ação - jun/jul de 2012 25 Federação em Ação - jun/jul de 2012 25


FLASH FCDL-MG

Federação em em Ação Ação -- abr/mai jun/jul de 26 Federação 26 de 2012 2012


Federaçãoem emAção Ação- -jun/jul abr/mai 201227 27 Federação de de 2012


Ampliação da participação no mercado e crescimento contínuo das entidades, este foi o foco do workshop comercial A proposta do

oportunidade para falar aos parti-

cado atual. Na avaliação do pales-

workshop comercial foi oferecer

cipantes sobre o marketing do SPC

trante, tomar decisões assertivas,

uma capacitação focada no desen-

Brasil, que desenvolveu uma campa-

conhecer a distribuição geográfica

volvimento comercial das CDLs, bem

nha nacional de posicionamento das

dos clientes e prospects são fatores

como no posicionamento destas en-

entidades e cujo objetivo é fortale-

fundamentais neste contexto. Bruno

tidades diante de novos mercados.

cer os diferenciais da marca como a

Lozi também apresentou os produtos

Para isso, entre os palestrantes con-

mais conceituada instituição de pro-

que o SPC oferece, como o SPC Score,

vidados estavam Rodrigo Rotondo

teção ao crédito no Brasil.

o SPC Avisa, e o SPC Gedodados.

Martins, gerente regional de negó-

O gerente comercial da CDL/BH, Ra-

Para o presidente da CDL Muriaé,

cios do SPC Brasil, profissional com

fael Ribeiro, também contribuiu para

Gustavo Ferreira de Oliveira, momen-

sólida carreira na área comercial de

o aperfeiçoamento profissional dos

tos de aperfeiçoamento profissional,

grandes empresas. Sua apresentação

presentes ao palestrar sobre gestão

proporcionam a troca de informação

contemplou um panorama sobre a

comercial, indicando o perfil dos

e, dão igualmente, o respaldo para

evolução do mercado de crédito.

gestores de vendas; estruturas de

que os participantes possam atuar

O palestrante destacou que a com-

monitoramento de visitas e resulta-

de forma ativa em seus municípios.

petição, neste cenário, requer efici-

dos; além das campanhas de incenti-

“O workshop comercial foi muito vá-

ência das entidades, não só na área

vo realizadas na área comercial.

lido e esclarecedor, além do conheci-

comercial, mas nas áreas institucio-

Bruno Lozi foi o palestrante que deu

mento, nos permitiu relacionar com

nal e operacional. Segundo Rodrigo

sequência às atividades do workshop

as CDLs de todo o Estado e trocar

a fórmula para o êxito é planejar

comercial. Sua apresentação contem-

experiências”, avaliou presidente.

estrategicamente. “Se as entidades

plou a questão dos novos mercados,

Gustavo Ferreira destacou ainda a

se desenvolvem comercialmente, as

com adoção de estratégias, novas

importância da união entre as enti-

outras áreas serão automaticamente

políticas de crédito e condições co-

dades do movimento lojista, soman-

desenvolvidas”, pontuou.

merciais que estejam de acordo e

do forças, conquistas e defendendo

Rodrigo Martins aproveitou ainda a

atendam às necessidades do mer-

os interesses da classe.

28 Federação Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012


Além do aporte teórico, capacitação buscou esclarecer dúvidas práticas dos participantes Mais de 80 participantes estiveram

há mais de 15 anos no Ministério

Lourdes

presentes neste workshop. Planeja-

Público Estadual, já que é lotado no

apresentação para as ações judiciais

do pela assessora jurídica da FCDL-

PROCON-MG.

relacionadas às CDLs e comércio

-MG, Sara Sato, este espaço teve por

Na sequência, foi a vez do superin-

varejista associado. Na oportunidade

objetivo capacitar profissionais das

tendente do SPC Brasil, Nival Mar-

a palestrante trouxe, por exemplo,

CDLs no que diz respeito às principais

tins, falar aos participantes sobre a

ações relacionadas ao associado,

questões jurídicas que interferem no

nova parceria SPC Brasil e Serasa. A

como erro na inclusão, demora na

funcionamento das entidades com

proposta era esclarecer os principais

exclusão e como proceder quando o

a nova parceria SPC Brasil e SERASA;

impactos e questões jurídicas e opera-

associado é vítima de estelionato. A

compreender as principais demandas

cionais deste acordo. A consultora ju-

participante deste workshop, Cecília

relacionadas ao mercado mineiro, a

rídica da CDL/BH, Patrícia Loyola, bem

Alves da Silva Antero, assistente

partir do Código de Defesa do Consu-

como suas sócias na empresa Loyola

financeiro da CDL Viçosa, destacou

midor (CDC), além de minimizar pos-

Canabrava Sociedade de Advogados,

a importância de oportunidades de

síveis ações judiciais relacionadas às

Pollyanna Mara Ribeiro e Rita de Cás-

capacitação profissional. “Participar

CDLs e empresas associadas.

sia Viana, também contemplaram o

do

do

assunto. As advogadas abordaram as

positivo. É fundamental que esses

workshop jurídico foi Ricardo Amo-

competências e atribuições da Base

momentos

rim, advogado, graduado em Direito

Operadora Estadual (BOE), seu papel

permite

pela UFMG e especializado em Co-

no convênio firmado com a Serasa

informações com outras CDLs”. Na

municação e Marketing pelo Centro

Experian, além de apresentarem e

avaliação de Cecília, o espaço permitiu

Universitário Uni-BH. Na oportunida-

orientarem os participantes sobre as

aos participantes estarem atentos às

de, Ricardo apresentou aos partici-

principais ações jurídicas envolvidas

mudanças que ocorrem no movimento

pantes as principais demandas do

neste contexto.

lojista

Quem

iniciou

as

atividades

mercado mineiro na área jurídica, com o conhecimento de quem atua

Já a advogada e assessora jurídica da

CDL

Divinópolis,

Maria

de

Andrade,

Workshop

direcionou

Jurídico

aconteçam,

atualização

como

e

foi

sua

muito

pois

nos

troca

a

nova parceria SPC Brasil e SERASA.

Federação Ação - jun/jul 2012 29 Federação emem Ação - jun/jul dede 2012

de


Mais de 120 mulheres participaram do workshop ‘Mulher Empreendedora’ Na tarde do sábado (26) as mulheres

taram sua independência, estudando,

doras”, completou o médico.

do movimento lojista tiveram uma pro-

trabalhando e se destacando no mer-

Motivação e Renovação. Esses foram

gramação dedicada a elas. A proposta

cado de trabalho, por outro, há um

os principais sentimentos das parti-

da organização do evento foi propor-

preço a se pagar por isso”, pontuou.

cipantes do workshop Mulher Empre-

cionar às participantes um momento

Assim, o stress que deveria durar pou-

endedora. De acordo com a gerente

não só de interação, mas também de

cos minutos, passa a durar horas, dias

executiva da CDL Ipatinga, Daniela

aprendizado e descontração. Quem

e até meses, tornando-se a maior fonte

Sírio Coelho, a organização do evento

iniciou as atividades do workshop

de adoecimento físico e psíquico. “Ao

“acertou em cheio na escolha do tema

‘Mulher Empreendedora’ foi o médico,

nos preocuparmos com filhos, traba-

proposto, um momento ideal para falar

psiquiatra e neurocientista Eduardo

lho, ao sofrermos por antecipação,

sobre o stress”: “O palestrante, Edu-

Aquino. Autor de 11 livros, Eduardo mi-

ativamos erradamente o stress, e, com

ardo Aquino, surpreendeu trazendo

nistrou a palestra ‘Aprenda a lidar com

isso, desencadeamos uma série de re-

exemplos fáceis e aplicáveis ao nosso

seu stress’.

ações e efeitos negativos como as in-

dia a dia. Dicas para aprender a lidar

Em um tom dinâmico e divertido, o

sônias, mau humor, depressão, e mui-

com este mal do século”, destacou Da-

médico explicou que o stress é uma

tos outros”, explicou Eduardo Aquino.

niela.

reação normal e necessária do organis-

O palestrante também deu dicas pre-

Depois da palestra, as mulheres foram

mo. Entretanto, as urgências e imedia-

ciosas para que as mulheres que se

contempladas com um pocket show

tismos, característicos da atualidade,

desdobram cada vez mais para serem

de Fernando Ângelo. Ele que é o maior

alteraram essa reação que passou a

ao mesmo tempo mães, esposas, do-

cantor-imitador do Brasil, reviveu can-

ser provocada por preocupações ex-

nas de casa e profissionais, possam

tores como Louis Armstrong, Gal Costa,

cessivas e pelo pensar compulsivo. “As

lidar melhor com o stress do dia a dia.

Stevie Wonder, Tetê Espíndola, Cauby

mulheres passaram por grandes mu-

“Desviar o pensamento de preocupa-

Peixoto, Raul Seixas e Elvis Presley. Hu-

danças ao longo

ções rotineiras com atividades como o

mor e boa música marcaram sua apre-

do tempo e, se por

exercício físico, por exemplo, é essen-

sentação que finalizou as atividades

um lado, conquis-

cial para aquelas que são empreende-

deste workshop.

Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012 30 Federação


Workshop proporcionou o aperfeiçoamento profissional de lideranças jovens Para o público jovem, a organização

sem mais espaço e liberdade para

o numero que lhe

do evento preparou uma programa-

executar as dinâmicas propostas. A

correspondia. Estratégia, habilidade,

ção especial, focada na capacitação

primeira ação foi separar os 30 jovens

disciplina e trabalho em equipe foram

dos empreendedores das CDLs Jovem

em dois grupos menores para que to-

os conceitos desenvolvidos na ter-

de todo o Estado. A ideia nesta edi-

dos pudessem participar e contribuir

ceira atividade. A dinâmica da ‘teia’

ção foi promover o Treinamento Ex-

de maneira efetiva.

propunha aos participantes que, um

perimental em Grupos (TEG), focado

Organizados em círculo, a proposta

a um, atravessassem a teia montada

principalmente nos componentes da

de um dos exercícios era fazer com

em uma trilha no Hotel Tauá, sem,

liderança e no trabalho em equipe.

que os participantes se movimentas-

contudo, tocá-la. Outro detalhe fun-

Trata-se de um programa de educa-

sem sem deixar o bastão que cada

damental deste exercício é que o jo-

ção que utiliza a experiência como

um segurava, cair. A ideia foi incenti-

vem só poderia passar para o outro

forma de aprendizado realizado pela

vá-los a refletirem sobre como sinto-

lado carregado pelos colegas.

Proativa Treinamentos e Consultoria,

nia, equilíbrio na gestão, flexibilidade

Na

empresa do Rio Grande do Sul.

e entendimento, podem influenciar o

estadual da CDL Jovem, Geovanne

Nesse sentido, o objetivo do workshop

contexto de uma organização.

Telles, o evento proporcionou um

‘Dia de sobrevivência’ foi orientar o

Outro exercício trabalhava com os

espaço destinado à troca de ideias

aprendizado dos jovens por meio de

participantes conceitos de agilidade,

e networking. “Todos puderam de

uma abordagem prática, centrada na

espírito de liderança, e como as indi-

alguma forma participar e exercitar

importância do exercício de posturas

vidualidades, se potencializadas, são

da maneira mais rica e profissional a

individuais que contribuam para o

fundamentais para o bom desempe-

busca pelo aprendizado na formação

processo de liderança e da coopera-

nho de um conjunto. Nesta atividade,

de novos líderes. Agradeço a todos

ção na busca dos melhores resulta-

cada jovem recebia alguns números

que se dispuseram a participar, e

dos nas organizações. As atividades

de zero a 30 e em um espaço fecha-

em especial aos presidentes das

ocorreram na área externa do hotel,

do com todos estes numerais eles

CDLs mineiras que patrocinaram a

de modo que os participantes tives-

deveriam, um a um, entrar e tocar

presença de todos”.

avaliação

do

coordenador

Federação Federaçãoem emAção Ação- jun/jul - jun/juldede2012 2012 31


Glamour e muita animação marcaram a noite de encerramento da 21ª Convenção Estadual do Comércio Lojista e 9º Encontro de Profissionais das CDLs Mineiras

R

ealizada na noite do dia 26 de maio, a festa de encerramento dos eventos promovidos pela FCDL-MG foi em grande estilo. Na ocasião, os participantes conheceram

a Miss Comerciária 2012. Em sua terceira edição, o evento teve por objetivo reconhecer e valorizar a presença feminina no varejo mineiro. No total, 12 garotas participaram do concurso. Entre as cidades representadas nesta edição estavam Betim; Conselheiro Lafaiete; Itabira; Itapecerica; Itaúna; Ituiutaba; Monte Carmelo; Montes Claros; Nova Ponte; Patrocínio; Santos Dumont e Três Marias. No primeiro desfile as candidatas se apresentaram com a camisa oficial do evento. Na sequência, o desfile foi em traje passeio. O seleto corpo de jurados composto pelo humorista Dedé Santana; o chefe do Gabinete Militar e coordenador estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, coronel Luis Carlos Dias Martins; o médico Eduardo Aquino; o vice-presidente administrativo financeiro da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Silvio Antônio de Vasconcelos Souza e sua esposa, Rita de Vasconcelos; a esposa do superintende da FCDL-BA, Rita de Cássia Pagiola de Oliveira; e Juliana Trivellato, representando a CVC Minas, parceira da FCDL-MG, foi responsável pela escolha da vencedora desta edição.Durante o processo de avaliação das candidatas pelos jurados, o público conferiu uma apresentação de stand up comedy com o grupo ‘1,2, 3 e JÁ’, formado pelos comediantes Christiano Junqueira, Leandro Nassif e Glauber Cunha. Piadas, brincadeiras, música, personagens inusitados e

32 Federação em Ação - jun/jul de 2012


sa Bianca da CDL Patrocínio, premiada com uma faixa e uma viagem de oito dias para Arraial d’ Ajuda, também na Bahia, e direito a um acompanhante. Já a primeira colocada foi Cristiane Silva, que representava a CDL Conselheiro Lafaiete, além da coroa e faixa de Miss Comerciária, Cristiane ganhou uma viagem de oito dias para Maceió, Alagoas, com direito a acompanhante. A CDL Conselheiro Lafaiete também foi contemplada com um cheque-moto no valor de quatro mil reais. A noite de encerramento contou com a dupla ‘Ales & Adriano’ e banda, que fizeram o público cantar e dançar hits de sucesso do sertanejo. O DJ Blau também marcou presença e atendeu aos participantes que preferiram a música eletrônica.

um show de improviso animaram a plateia. Na sequência, os participantes finalmente conheceram a Miss Comerciária 2012. Neste ano, a terceira colocada foi Deisiane Araújo que representou a CDL Santos Dumont. Deisiane foi contemplada com uma faixa e uma viagem de oito dias para Porto Seguro, Bahia, com direito a um acompanhante. Já a segunda colocada foi Wanes-

Federação em Ação - jun/jul de 2012

33


CASOS DE SUCESSO

Infância, arte e educação socioambiental Apoiado pela CDL Araguari, no Triângulo Mineiro, o projeto Curupira trabalha, com muita criatividade, o potencial de crianças carentes por meio da cultura da coletividade, cooperação e relacionamento responsável com o meio ambiente São seis anos de existência, mais

nome do projeto, uma brincadeira de

cionar a essas crianças que vivam o

de 500 crianças atendidas e muitos

seus idealizadores, faz referência ao

seu tempo. “Queremos democratizar

motivos para se orgulhar. Apresenta-

Curupira, figura do folclore brasileiro

o acesso à arte, aos bens culturais,

do como um ‘case de sucesso’ pela

cuja função é defender e cuidar da

por meio não só das oficinas, mas

CDL Araguari durante a 21ª Conven-

floresta e dos animais, confundindo

também de passeios diversos. Enten-

ção Estadual do Comércio Lojista e 9°

e espantando os caçadores que não

demos que a arte não é um artigo de

Encontro de Profissionais das CDLs

respeitam as leis da natureza”, revela

luxo, mas uma necessidade huma-

Mineiras, promovidos pela FCDL-

Ana Paula Rabelo, coordenadora geral

na. Queremos que as crianças sejam

-MG no mês de maio, o ‘Curupira’ é

do EMCANTAR e, também responsável

crianças e exerçam seu direito à in-

um projeto de formação cultural e

pela articulação juntos aos parceiros

fância”, ressalta Ana Paula.

socioambiental que tem por objetivo

para aprimorar o projeto Curupira.

A ideia é estimular os participantes

colaborar para o desenvolvimento

Oficinas lúdicas e artísticas, traba-

para os processos de criação coletiva,

social, afetivo e cognitivo dos parti-

lho em grupo e muita música são o

oferecendo oportunidades de conhe-

cipantes por meio de ações de arte.

pano de fundo para os pequenos com

cimento e construção que colaboram

A iniciativa, realizada pela organiza-

idade que varia entre 4 e 11 anos.

no desenvolvimento do potencial cria-

ção do terceiro setor ‘EMCANTAR’, nas-

Duas vezes por semana, as terças e

tivo das crianças. Além disso, aspec-

ceu de uma vontade de desenvolver

quintas-feiras, as 100 crianças aten-

tos mais específicos de linguagens ar-

o lado humano, valorizar a infância e

didas pelo Educandário Lar da Criança

tísticas como a melodia, a harmonia,

promover o contato das crianças com

atualmente, participam das ativida-

o ritmo, a palavra, o som e o silêncio,

a arte e cultura. Suas atividades são

des deste projeto, centrado na pers-

o corpo, as cores, os tons, as formas,

hoje uma referência no atendimento

pectiva da educação integral e que se

os movimentos, se tornam conteúdos

de crianças de baixa renda e em situ-

propõe a desenvolver e potencializar

e brincadeiras a serem descobertas

ação de risco social em Araguari. “O

habilidades, e principalmente propor-

nas oficinas. “No momento estamos

34 Federação em Ação - jun/jul de 2012


preparando as crianças para uma

tivista adotado pelo movimento lojis-

ma de preservar todo o trabalho de-

apresentação inédita no Educandá-

ta. “O cooperativismo também foca

senvolvido com as crianças”, explica

rio quando elas poderão mostrar aos

o desenvolvimento social e todas

Ana Paula. Para pais ou responsáveis,

familiares e à comunidade tudo que

as iniciativas são na verdade, como

as oficinas são realizadas mensal-

aprenderam ao longo do ano”, conta

uma corrente. Se você faz um bem

mente, já para educadores, a cada

Ana Paula Rabelo.

ao seu próximo, na verdade você está

dois meses.

Além do apoio financeiro, com contri-

fazendo o bem a todos que integram

O projeto é fruto de uma parceria

buições mensais para a execução do

esta corrente, e nesse sentido, o que

entre diversas entidades que atuam

projeto, a CDL Araguari, ciente da im-

é bom para um, certamente é bom

no Triângulo Mineiro. Além da CDL

portância desta proposta de atuação comunitária, contribui ainda a cada evento realizado pelo projeto, prestando assistência, divulgando campanhas e ações entre seus associados, e mobilizando a população para uma causa tão nobre. “Este projeto é de fundamental importância não só para

Araguari, outras instituições como SICOOB Aracoop; Ozanam - Programa de Assistência Familiar; e o Educandário Lar da Criança instituição filantrópica as crianças por ele atendidas, mas

para todos”, completa Totó.

que atende gratuitamente crianças de

para a sociedade como um todo. Por

Ao todo, o Curupira já atendeu cerca

famílias de baixa renda no contra-tur-

meio dele, temos a chance de investir

de 500 crianças em seus seis anos de

no escolar e local onde são realizadas

e preparar essas crianças para o ama-

existência. Mas sua atuação não se

todas as atividades do projeto; são

nhã, afinal elas serão nossas repre-

limita a este público. “Nos dois pri-

parceiras e grandes apoiadoras deste

sentantes legítimas”, avalia o presi-

meiros anos do projeto, as crianças

projeto. Já a organização EMCANTAR,

dente da CDL Araguari, Sebastião dos

eram o único foco de nossas ações.

realizadora das oficinas e demais ati-

Santos Totó.

Com o passar do tempo, percebemos

vidades do projeto, atua desde 1996

Ainda de acordo com o presidente da

que os familiares e, colaboradores do

nas áreas de Cultura, Educação e

entidade, a iniciativa em muito está

Educandário também precisavam ser

Meio Ambiente, em Araguari e Uber-

relacionada com o sistema coopera-

contemplados pelo projeto, como for-

lândia, no Triângulo Mineiro.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

35


PARCERIA FCDL-MG

de um líder motivador. Percebi no convívio com meus alunos e colegas professores que ninguém é capaz de motivar ninguém se não estiver motivado, ninguém é capaz de acalmar os outros se não estiver calmo. Você não pode mudar e nem consegue mudar as pessoas. Como já dizia Gandhi “você deve ser a mudança que deseja ver nelas”. A motivação é sentida, não ensinada. Aqui entre nós: o que te motiva e o que será que motiva quem trabalha ao seu lado? Se quisermos modificar o mundo dos negócios precisaremos mudar o comportamento das pessoas e o único modo de se fazer isso é modificando suas motivações. Motivações são causas, comportamentos são efeitos. O principal a fazer é educar a mente. Isso é perceptível na

Professor Pachecão pachecao@pachecao.com.br

Motivação: a chave do negócio

área de vendas. Alguns vendedores vendem muito mais do que outros, os produtos são os mesmos e os preços também. Na comparação entre eles, o que os separa? Pode ter certeza de que não são as capacitações técnicas nem a inteligência. É simplesmente o modo como administram os próprios sentimentos. Sua motivação, sua persistência e seu modo de lidar com os relacionamentos refletem em

Independentemente do seu ramo de atuação, linhas aéreas

seus resultados. As pessoas especiais têm um grau de sen-

a biotecnologia, construção civil a marketing, navegação a

sibilidade que os outros sentem e suas interações são tão

decoração de interiores, varejo a segurança, seguros a entre-

diferenciadas que acabam refletindo em seus resultados.

tenimento. Há uma coisa em comum em todas essas áreas:

Vemos o mesmo em líderes muitíssimo bem-sucedidos.

GENTE. E o segredo do sucesso do seu negócio e de qualquer

Há estudos que demonstram como o emocional do líder

outro é: ENTENDER DE GENTE... É GOSTAR DE GENTE. Porque

influi no ambiente de trabalho. Se o estilo emocional for

você compete pela qualidade e qualidade é feita por gente.

positivo, os lucros aumentam porque as pessoas se em-

Você compete pela inovação e inovação é feita por gente. O

penham ao máximo. Do contrário, se os empregados não

ser humano está no centro do processo.

gostam do chefe, sentem-se mal quando estão trabalhan-

Tudo o que fazemos na vida empresarial depende da colabo-

do, isso prejudica a empresa, porque os empregados só

ração dos outros, não importa se a sua empresa tem um ou

fazem o suficiente, ou seja, não dão o melhor de si. Os

mil funcionários. Essa colaboração vai depender da motivação

líderes cujo estilo é mais positivo são inspiradores. Sabem

de seus colaboradores. O processo de motivação é dinâmico,

expressar os valores compartilhados do que fazem e que

é construído diariamente, pois a mente é seletiva, prioriza os

os empregados acham importantes e fascinantes; e está

acontecimentos recentes, e por isso, é primordial a presença

sempre os lembrando dessa missão.

36 Federação Federação em Ação - jun/jul de 2012 em Ação - jun/jul de 2012 36


PARCERIA FCDL-MG

Se o uso do cheque especial se tornou frequente na sua vida você pode liquidar e pedir um cancelamento do limite junto ao banco. A maioria das pessoas usa o limite do cheque especial, mas não ultrapassa este limite, isso porque existe um controle. Portanto se não tiver limite você certamente conseguirá se controlar. O mesmo acontece com o cartão de crédito. O melhor é negociar o valor da fatura ou pegar um empréstimo para liquidação da mesma. Contudo enquanto estiver pagando o financiamento da fatura as compras no cartão devem ser suspensas. Passe a comprar à vista. Avalie a troca de empréstimos já contratados. Seu carro ou algum CDC – Crédito Direto ao Consumidor feito em algum banco pode ser refinanciado. Esta opção deve ser avaliada.

Erasmo Vieira

Faça uma pesquisa. Você empresário também deve rever

Consultor Financeiro

todas as suas dívidas.

contato@planilhar.com.br

Todas estas negociações devem ser feitas com base em um

Crédito mais baixo: notícia boa, mas cuidado!

controle do orçamento pessoal e empresarial. Não adianta

Passamos agora por um momento histórico com a queda nas

sua vida. O nível de endividamento das pessoas e das em-

taxas de juros dos empréstimos. Uma excelente notícia se

presas está grande e causando aumento da inadimplên-

comparamos com o passado recente quando nosso país os-

cia. Não caia nestas estatísticas. Use o crédito de forma

tentava a primeira posição no ranking das maiores taxas de

consciente. A CDL pode ser um canal de divulgação do uso

juros do mundo. Não estamos mais em primeiro lugar, porém

consciente do crédito em sua cidade, assim mais dinheiro

as taxas ainda são altas na comparação com países como

circulará e mais dinheiro significa mais compras. Temos

Estados Unidos, Japão e alguns países da Europa.

vários temas de palestras para empresários e pessoas físi-

É um momento propício para aquelas pessoas e empresas

cas falando sobre o assunto e somos cadastrados no ban-

que possuem dívidas com cheque especial e cartão de crédi-

co de palestrantes do SEBRAE. Consulte a FCDL MG.

negociar se a nova prestação não estiver dentro do orçamento mensal. O alerta que faço é: cuidado para que estas novas taxas de juros não se transformem em mais um empréstimo na

to, por exemplo, negociem seus saldos devedores. Estes créditos possuem taxas de juros altas, são inimigos das finanças e devem ser priorizados quanto à liquidação. Vale a pena pegar um empréstimo mais barato para liquidar, contudo fique atento a algumas observações:

Federação em Ação - jun/jul de 2012

37 37


PARCERIA FCDL-MG

Crédito: Miguel Aun

abertura de empresas, disponibilizam certidões públicas gratuitas na internet e compram de MPEs, como estipula a lei. Poucos gestores públicos conhecem a realidade dos pequenos negócios e sua importância para a economia e geração de empregos. Estudos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2004, indicam que as MPEs representam: . 99% das empresas brasileiras; . 20% do Produto Interno Bruto (PIB); . 13,2 milhões de empregos com carteira assinada do país. Promover políticas públicas é uma forma de atender a

Felipe Ansaloni

100% das MPEs. E mais: na maioria das vezes, com poucos

Analista técnico da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae-MG

investimentos. Estamos falando especificamente de ações

Políticas públicas e micro e pequenas empresas

que visam melhorar o ambiente legal a fim de permitir o

Políticas públicas significam um conjunto de ações e decisões

específicas (leis ou decretos municipais) em favor das

do governo voltadas para a solução de problemas da socie-

MPEs e iniciaram o processo de valorização dos pequenos

dade. Representam o resultado da competição entre diversos

negócios, com benefícios tributários, trabalhistas e previ-

grupos ou segmentos da sociedade que buscam defender (ou

denciários, preferência nas compras de bens e serviços

garantir) seus interesses. Um desses grupos é o das micro e

pela prefeitura e mais acesso ao crédito, tecnologia e as-

pequenas empresas (MPEs). Elas competem entre si e tam-

sociativismo, além de incentivos à inovação. No Brasil, são

bém com as médias e grandes empresas em busca da aten-

mais de 1.700 municípios que regulamentaram a lei.

ção do Poder Público.

Fica claro, portanto, que a legislação brasileira possibilita

Como incentivar as MPEs? A instalação de um novo ciclo de

que as prefeituras façam políticas públicas em favor dos

desenvolvimento econômico e social nos municípios está for-

pequenos negócios. No nosso entendimento, dar atenção

temente ligada a ações das prefeituras. Vamos exemplificar:

às MPEs não é um favor do Poder Público. É um dever.

quando o informal se torna um empreendedor individual (EI) passa a ter benefícios da Seguridade Social. Isso também acontece quando as prefeituras facilitam procedimentos de

38 Federação em Ação - jun/jul de 2012 em Ação - jun/jul de 2012 38 Federação

desenvolvimento dos pequenos negócios. Não de políticas públicas sociais, educacionais, da área de saúde, que são muito importantes, mas que exigem um alto grau de investimento. Em Minas Gerais, 106 cidades já contam com legislações


CDL EM FOCO

CDL PATOS DE MINAS Entre os valores defendidos pela entidade no município está o associativismo, comprometimento, espírito de equipe e visão de negócios

Desenvolver, integrar e defender o

do Alto Paranaíba, região composta

Com tiragem de dois mil exemplares,

comércio contribuindo para seu forta-

por dez municípios, e a 16ª maior ci-

o veículo vai cumprir o objetivo de

lecimento, preservando os interesses

dade de Minas Gerais em população.

fortalecer a comunicação entre di-

da sociedade e valorizando o consu-

Assim, os benefícios do desempenho

retores e associados da CDL”, conta

midor. Esta é a missão da CDL Patos

da CDL Patos de Minas não se restrin-

Eduardo.

de Minas. Com pouco mais de três

gem aos seus associados: os resulta-

Há um ano e meio na gestão da enti-

décadas de existência e significativa

dos positivos de cada ação promovi-

dade, Eduardo Castanheira conta que

atuação no município, a entidade

da se estendem, principalmente, ao

uma das grandes conquistas da CDL

tem buscado, cada vez mais, ser re-

consumidor.

Patos de Minas foi a finalização de

ferência de resultados para o varejo,

Na avaliação do atual presidente da

mais um andar da sede, localizada

promovendo o desenvolvimento da

entidade, Eduardo Queiroz Castanhei-

no centro de Patos de Minas. “Foi um

classe lojista e profissionalizando o

ra o objetivo da CDL é investir na pro-

investimento de 160 mil reais. A obra

mercado de trabalho por meio de di-

ximidade com o associado: “Nosso

para a construção do quinto andar do

versas iniciativas.

grande desafio é trazer o empresário

prédio foi concluída, e o objetivo é,

O contexto socioeconômico de Patos

para a entidade. Queremos o associa-

cada vez mais, colocar este espaço

de Minas tem se mostrado bastante

do mais interessado e participativo.

à disposição dos nossos associados”,

favorável à atuação do movimento lo-

Por isso, temos investido em diversas

revelou. A inauguração está agenda-

jista, que também contribui, em mui-

ações que possibilitem essa aproxi-

da para julho deste ano, quando a

to, para a consolidação deste cenário.

mação. O Boletim Informativo, lança-

CDL completa seus 33 anos de exis-

Considerada polo econômico regio-

do recentemente, é mais uma ferra-

tência.

nal, Patos de Minas, é a maior cidade

menta para incentivar esse diálogo.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

39


Serviços e projetos

a recolocação no mercado de trabalho; o CDL Edu-

Entre os diversos serviços e projetos desenvolvidos

cação que oferece ao aluno carente o kit de mate-

pela entidade estão a assessoria jurídica, cuja pro-

rial escolar básico; além da realização de eventos

posta é avaliar e orientar os associados nas áreas

e campanhas promocionais. São 15 funcionários

cível, trabalhista, direito do consumidor e Serviço

à disposição para orientar, tirar dúvidas e prestar

de Proteção ao Crédito (SPC); a redução do risco

serviços a mais de 900 associados.

de inadimplência por meio do SPC; convênios com

Estrutura

planos de saúde e instituições de crédito como o

Os associados CDL têm à disposição três espaços

Banco do Brasil e Banco de Desenvolvimento de Mi-

para a realização de reuniões, cursos e treinamen-

nas Gerais (BDMG); o SOS Cidadão, serviço criado

tos, seminários, palestras, entre outras atividades.

para proteger os consumidores e lojistas de abor-

As salas disponíveis para locação possuem diferen-

recimentos gerados pela perda, roubos ou extravio

tes capacidades e são preparadas conforme a ne-

de cheques ou documentos; a CDL Cobranças, por

cessidade do evento. A sala de conferências Edson

meio da qual são efetuadas cobranças de débitos

Fernandes Ferreira, por exemplo, conta com 200

vencidos e a vencer para as empresas associadas;

lugares, ar condicionado central, mesas de compo-

a CDL Talentos que atua no recrutamento e seleção,

sição, parlatório, pedestal de bandeiras e tela de

e tem por objetivo auxiliar a população da cidade

projeção.

Um pouco de história Fundada em 26 de julho de 1979, à época a CDL Patos de Minas era conhecida como

Clube de Diretores

Lojistas de Patos de Minas. Na presença de vários lojistas, o projeto idealizado pelo empresário Edson Fernandes Ferreira junto à Federação dos Diretores Lojistas de Minas Gerais foi aprovado e a primeira diretoria foi eleita por aclamação. Assim, estava fundado o Clube de Diretores Lojistas de Patos de Minas.

Serviço – CDL Patos de Minas Endereço: Rua Dores do Indaiá, 17 - Centro Patos de Minas/MG - CEP: 38700-906 Telefone: (34) 3818-3400 Funcionamento: De segunda a sexta, das 7h30 às 17h30. 40 Federação Federação em em Ação Ação -- jun/jul jun/jul de de 2012 2012 40


O que é uma fan page e por que devo utilizá-la? Entenda como funciona este recurso e qual sua principal diferença em relação aos perfis no Facebook Utilizadas cada vez mais pelas empresas como

perfil particular, é que esta oferece uma série

importantes ferramentas de divulgação de

de recursos específicos para as organizações,

produtos, reforço de marca e interação com

possibilitando o planejamento e uma estratégia

os clientes, as redes sociais são um recurso

de marketing digital mais eficiente. A Fan Page

com acesso gratuito e retorno garantido quan-

oferece, por exemplo, relatórios nos quais as

do exploradas da maneira correta. Dados de

empresas podem monitorar e mensurar o aces-

uma pesquisa realizada pelo Altimer Group e

so dos clientes, alcance e repercussão, criando

Wetpaint para a revista Business Week com as

ações de relacionamento direcionadas. Os per-

100 empresas mais valiosas ao redor do globo

fis possuem um limite máximo de amigos, já

mostraram que, em média, aquelas que inves-

as Fan Pages não possuem nenhuma limitação

tiram em mídias sociais cresceram 18% em um

quanto ao número de fãs. Uma Fan Page per-

ano, enquanto as que investiram pouco tive-

mite que você crie aplicativos e interaja com

ram queda de 6%, em média em suas receitas

milhares de fãs. Também é possível realizar

no mesmo período.

promoções.

As vantagens são muitas, mas a ‘presença’ das

Assim que a Fan Page for criada, é importante

organizações nas redes sociais exige planeja-

que sejam feitas constantes atualizações com

mento, disciplina, e principalmente, noções

notícias, informações, imagens, vídeos e curio-

claras de como utilizá-las de maneira correta,

sidades relacionadas à sua empresa ou área de

visando alcançar os melhores resultados. Neste

atuação, isso faz com que o usuário sempre

contexto, uma confusão bastante comum entre

acesse sua Fan Page.

os usuários do Facebook, por exemplo, ainda

É possível transformar o perfil em Fan Page?

gira em torno das Fans Pages. Afinal, quem

Sim. Também há, no Facebook, um recurso

pode utilizá-las, com qual finalidade, e como

que permite a troca de um perfil já existente

utilizar?

para uma Fan Page, sem que haja perda dos

Segundo o próprio Facebook, uma Fan Page é

contatos, por exemplo. Neste caso, os amigos

um canal específico para a divulgação de uma

tornam-se fãs e, novos amigos não precisam

empresa, marca, banda, produto. No momento

fazer uma solicitação de amizade; basta que

em que o usuário vai criá-la, é possível esco-

eles ‘curtam’ o novo perfil, para então, iniciar

lher seu objetivo, definir seu público alvo e, a

a interação com a empresa, recebendo, em sua

partir daí, interagir com os clientes.

linha do tempo, as atualizações por esta reali-

A principal diferença da Fan Page para um

zadas. Confira o nosso passo a passo:

Federação em Ação - jun/jul de 2012

41


1º passo – Acesse normalmente seu perfil no Facebook usando o login e senha como de costume 2º passo – Após acessar seu perfil, digite em seu navegador o seguinte link:

http://www.face-

book.com/pages/create.php?migrate

3º passo – Após acessar o link, uma nova página será aberta e você verá algumas opções para classificar sua CDL de acordo com sua atuação.

4º passo

– Após selecionar a categoria referente ao seu negócio, complete as informações ne-

cessárias solicitadas pelo Facebook.

5º passo

– Depois de fornecer as infor-

mações solicitadas, você deverá confirmar a migração digitando novamente sua senha de acesso. Se você julgar importante fazer o backup de suas informações, tais como fotos e aplicativos, faça isso clicando em “Baixe os dados do meu perfil Facebook”. Nesse processo de migração estas informações geralmente são perdidas, mas todos os seus amigos passaram a ser fãs. No 5º passo, o próprio Facebook informa: “Aviso! Você irá perder todos os dados associados à sua conta.” Não se preocupe. A etapa faz parte do processo, e, com o tempo, você recupera as informações postadas. O mais importante é que as pessoas que já eram suas amigas continuam recebendo suas atualizações, só que como fãs.

IMPORTANTE: Por questões de segurança, o Facebook registra todos os dados de acesso dos usuários, inclusive o computador usado no acesso, IP, entre outros. Quando você usa um computador diferente do usado pelo proprietário do perfil para realizar a migração de perfil, você é automaticamente impossibilitado de concluir a migração. Por isso, se possível, faça a migração do computador mais utilizado para acessar esta conta.

42 Federação em Ação - jun/jul de 2012


AVISO PRÉVIO Constituição Federal do Brasil de 1988

neste artigo serão acrescidos 3 (três) dias

(CF/88)

por ano de serviço prestado na mesma em-

“Art. 7º São direitos dos trabalhadores ur-

presa, até o máximo de 60 (sessenta) dias,

banos e rurais, além de outros que visem à

perfazendo um total de até 90 (noventa)

melhoria de sua condição social:

dias. “

XXI – aviso prévio proporcional ao tempo

O aviso prévio proporcional é apenas em

de serviço, sendo no mínimo de trinta dias,

benefício ao empregado ou estende ao em-

nos termos da lei;”

pregador?

CLT – Decreto 5452 de 01 de maio de 1943

A lei 12506/11 em seu artigo 1º regulamenta

“Art. 487 - Não havendo prazo estipulado, a

a proporcionalidade aos empregados e não

parte que, sem justo motivo, quiser rescin-

aos empregadores. Esse benefício da pro-

dir o contrato deverá avisar a outra da sua

porcionalidade do aviso prévio também é

resolução com a antecedência mínima de:

previsto na CF/88 concedido aos trabalhado-

I - oito dias, se o pagamento for efetuado

res. Sendo assim, o aviso prévio concedido

por semana ou tempo inferior;

ao empregador, que prevê a CLT, continua

II - trinta dias aos que perceberem por quin-

sendo o previsto nos incisos I e II do artigo

zena ou mês, ou que tenham mais de 12

487.

(doze) meses de serviço na empresa.

Quando começo a contar o acréscimo de 3

A lei 12506/11 vem sido discutida e inter-

dias proporcionais do aviso prévio ?

pretada de maneiras adversas, gerando dú-

Segundo a interpretação da nota técnica 184

vidas aos empregadores e empregados que

que consertou o equivoco provocado pela

tiveram rescisões no contrato de trabalho

circular 10/2011, começa a contar a partir

por prazo indeterminado desde 13/10/2011,

do primeiro ano completo, ou seja o empre-

quando passou a vigorar. O MTE diante des-

gado que trabalhou um ano e um dia tem

ses impasses emitiu circular interna 10/2011

direito a 33 dias de aviso prévio, então o

e nota técnica 184 em maio/2012 com a fi-

empregado que completou dois anos terá

nalidade de esclarecer alguns pontos de

direito a 36 e não 33 como haviam interpre-

discursão sobre a matéria.

tado anteriormente na circular citada.

LEI 12506 de 11 de outubro de 2011 publica-

É contado como tempo de serviço para to-

da no DOU em 13/10/2011

dos os fins o aviso prévio mesmo que in-

“Art. 1o - O aviso prévio, de que trata o Ca-

denizado?

pítulo VI do Título IV da Consolidação das

Sim, deverá ser considerado o tempo do

Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decre-

aviso prévio proporcional para todos os fins,

to-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, será

tais como FGTS, férias, 13º salário e indeni-

concedido na proporção de 30 (trinta) dias

zação prevista na lei 7238/84 caso o final do

aos empregados que contem até 1 (um) ano

aviso prévio proporcional ocorra nos trinta

de serviço na mesma empresa.

dias que antecede a data base.

Parágrafo único. Ao aviso prévio previsto

Fábio Chaves Moreira Contador da FCDL-MG CRC 076695/0-0 Federação em Ação - jun/jul de 2012

43


A responsabilidade civil e os fatos sociais no mundo contemporâneo O século XXI traz a herança das grandes

em áreas cada vez mais pungentes e atu-

transformações tecnológicas, científicas e

ais da sociedade.

econômicas ocorridas no século anterior e

Cabe sempre requestionar o papel da so-

que até hoje impactam profundamente a

ciedade e de cada um como cidadão, con-

vida do homem.

tribuinte, consumidor, ou ser humano para

Temas como o biodireito, a biodiversidade,

a construção de uma sociedade mais justa

a criminalidade e a segurança nos grandes

e igualitária e que garanta a todos direitos

centros têm sido amplamente discutidas

básicos.

pela sociedade, resgatando o papel do

Em um mundo de constantes transfor-

homem na preservação do planeta e da

mações há que se avaliar os princípios

convivência pacífica. A sociedade almeja

e elementos norteadores do direito para

por segurança: no emprego, nas relações

aperfeiçoar e desenvolver as relações

familiares e pessoais, quer ainda garantias

humanas, porquanto a atual sociedade

mínimas de desenvolvimento pleno.

requer delineamentos e limites que as-

A recente crise na Grécia evidenciou a

segurem seu pleno desenvolvimento na

fragilidade dos países do bloco europeu,

busca por mecanismos que possibilitem o

interligados em moeda única, com con-

equilibro em suas relações.

sequências para os demais países deste

Diante de tudo, fica a reflexão de Carl Sa-

bloco, demonstrando a interconexão da

gen feita em 1997 (Bilhões e Bilhões, Re-

economia de forma globalizada, reflexo da

flexões sobre Vida e Morte na Virada do

própria dinâmica destas relações.

Milênio):

Embora as consequências desta crise se-

O século XX será lembrado por três gran-

jam evidentes é importante compreender

des inovações: meios sem precedentes

que as transformações econômicas, sociais

de salvar, prolongar e intensificar a vida;

e políticas mundiais devem ser entendidas

meios sem precedentes de destruir a vida,

em conjunto, com princípios e regras já

inclusive pondo a nossa civilização global

normatizados pela própria sociedade e,

pela primeira vez em perigo; e percepções

neste contexto, a sociedade deverá erigir

sem precedentes da natureza de nós mes-

a melhor forma de conduzí-la.

mos e do universo.

No Brasil, a Constituição Federal de 1998,

Todos esses três desenvolvimentos foram

marco da tutela dos direitos fundamentais

realizados pela ciência e tecnologia, uma

e sociais, estabeleceu um novo paradigma

espada de dois gumes afiados. Todos os

nas relações estatais, empresariais, com a

três tem raízes no passado distante.

sociedade e o cidadão. O direito a vida, a privacidade, a dignidade da pessoa humana vão sendo gradativamente rediscutidos

1 COUTO, Antonio, SLAIBI FILHO, Nagib, ALVES, Geraldo Magela, A responsabilidade civil e o fato social no Século XXI. Rio de Janeiro: Forense, 2004, p. 51. Sara Toshie Sato Advogada da FCDL-MG OAB/MG 75.875

44 Federação em Ação - jun/jul de 2012


Perguntas & Respostas 1 - Gostaria de saber que tipo de pessoa física pode filiar-se junto ao SPC Brasil, pois hoje esteve aqui, uma cliente que gostaria de filiar-se, e esta é sacoleira. Gostaria de saber se este ramo de atividade permite a filiação junto à CDL. Resposta: De acordo com o Regulamento Nacional Operacional de SPCs, seu artigo 4º estabelece que poderão ser associadas às entidades mantenedoras do SPC, as empresas mercantis, de prestação de serviços, instituições financeiras, associações, sindicatos, condomínios, órgãos públicos e privados, além de profissionais liberais e assemelhados com atividades regulamentadas em lei, associadas às entidades mantenedoras do serviço. Seu parágrafo 6º estabelece que o profissional liberal poderá utilizar as atividades de SPC desde que possua registro em seu órgão de classe e tenha como finalidade efetuar consultas e registros de débito relacionados a créditos próprios. Portanto, a sacoleira que não é definida juridicamente como profissional liberal e não possui registro em órgãos representativos de classe, não pode se filiar à CDL para utilizar o SPC. Caso a sacoleira se torne uma Microempreendedora Individual – MEI, portanto com CNPJ, será considerada empresária para todos os fins legais e, portanto, poderá se filiar à CDL e utilizar o SPC. 2 - No caso de aluguéis, pode-se colocar um fiador pessoa juridica? Resposta: A regra geral é que a fiança ou o aval são garantias pessoais, dadas respectivamente, pelo avalista ou fiador, dependendo, em muitos casos, da outorga conjugal para ter validade nos termos do artigo 1.647 do Código Civil. Distingue-se das garantias reais, aquelas no qual o bem é dado em garantia do pagamento, como ocorre na hipoteca ou no penhor. Os artigos 818 a 839 do Código civil definem o contrato de fiança no qual uma pessoa garante satisfazer ao credor uma obrigação assumida pelo devedor, caso este não o cumpra. Assim, embora incomum o código civil não veda a fiança de pessoa jurídica, porém suas referências legais são sempre no sentido de que a fiança, por ter caráter pessoal, seria feita pela pessoa natural. Enfim, a fiança pela pessoa jurídica também é possível, conforme decisões dos tribunais neste sentido, até porque dependendo do montante total do contrato, o contratante/locatário/mutuante, etc., solicita que a garantia seja dada por pessoa jurídica, considerando os bens da empresa serem maiores que da pessoa física. Outra situação comum é que, quando houver contrato de locação em nome de uma pessoa jurídica (LOCATÁRIO) solicita-se que os sócios (pessoas naturais) assinem também na condição de fiadores, ou solicita-se que outras pessoas naturais (físicas) assinem como fiadores. Sara Toshie Sato Advogada da FCDL-MG OAB/MG 75.875

Federação em Ação - jun/jul de 2012

45


FEDERAÇÃO EM AÇÃO

Site da FCDL-MG de cara nova Um visual mais leve, dinâmico e interativo. Esta é uma das propostas do novo site da FCDL-MG Uma revitalização do menu, estrutura que organiza a apresenta-

este espaço para divulgar suas ações, investir nesse relaciona-

ção do site, vai facilitar a navegação neste espaço, viabilizando a

mento com seu público. Afinal, a FCDL-MG trabalha para isso”,

busca por conteúdo e diminuin- do o tempo de procura do

destacou o presidente da FCDL-MG, José César da Costa.

leitor para assuntos específicos.

Além do visual mais atraente, o visitante vai encontrar novos

E as novidades do novo site da

canais de informações como o de ‘Eventos’,

FCDL-MG, no ar desde o dia 21 de

que contém um calendário com

junho, não param por aí.

as atividades relacionadas ao

Um ambiente virtual moderno e

varejo, bem como a seção ‘His-

a navegação intuitiva convidam

tórico de Eventos’. Trata-se de

o usuário a ficar mais tempo no

uma galeria que reúne dados

site e acompanhar, com trans-

e fotos dos eventos anterio-

parência, as ações da FCDL-MG

res. Outra grande novidade é o

em prol do movimento lojista

mapa do Estado de Minas Ge-

no Estado, como a agenda do

rais que contém todas as CDLs

presidente José César da Costa.

mineiras, permitindo ao leitor

Um convite também para que o

que, visualizando a disposição

leitor explore, além de notícias,

geográfica das entidades, ob-

fotos e vídeos postados diaria-

tenha informações específicas

mente, informações úteis como

daquela que estiver procuran-

produtos, serviços e assessorias

do. O vídeo institucional e a

oferecidos pela entidade.

revista ‘Federação em ação’,

Mas o principal objetivo desta

são facilmente acessados nes-

iniciativa é estreitar o relaciona-

sa nova estrutura. Também

mento com as CDLs mineiras de

ficou mais fácil chegar à FCDL-

modo que estas possam visitar

-MG. Agora, o site conta com

o site diariamente durante suas

um mapa de localização. A

buscas por informações sobre

ferramenta disponibiliza ainda

movimento lojista e que também

o ‘e-FCDL MG’, o novo boletim

vejam neste espaço uma oportu-

eletrônico da entidade. Sema-

nidade para divulgar suas ações.

nalmente as CDLs irão receber via e-mail notícias e informações

“Muitas entidades ainda não contam com site, blog ou outro

atualizadas sobre o movimento lojista no Estado e no país. Este

meio virtual de comunicação com seus associados. Por isso a

novo canal é mais uma iniciativa da FCDL-MG de estabelecer com

proposta de reformulação do nosso site. Além de sermos fontes

seu público uma comunicação mais próxima e eficiente.

de informações, queremos que as CDLs também contem com

46 Federação em Ação - jun/jul de 2012


Crédito: Assessoria de Comunicação - IF Sudeste MG

FCDL-MG toma posse em Conselho Superior Os novos integrantes do Conselho Superior (Consu) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia foram empossados no dia 11 de maio. A nova gestão é composta por membros de cadeira cativa, como diretores gerais e pró-reitores; por representantes de servidores técnico-administrativos, docentes e discentes; e por conselheiros da sociedade civil e de órgãos públicos. Na avaliação do presidente da FCDL-MG, José César, que é Conselheiro representante do setor público, é preciso que todos os representantes vejam a educação como peça fundamental para o desenvolvimento de qualquer município, estado ou nação.

Crédito: Assessoria de Comunicação Cãmara Municipal de BH

FCDL-MG discute tratamento dado às MPEs A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário da Câmara Municipal de Belo Horizonte promoveu, no dia 29 de maio, audiência pública para discutir normas relativas ao tratamento dispensado à Microempresa (ME), à Empresa de Pequeno Porte (EPP) e ao Microempreendedor Individual (MEI), nos termos da Lei Complementar n° 123/2006, contidas no Projeto de Lei Geral da Capital - PL 2162/12. A reunião foi realizada em decorrência da aprovação do requerimento do vereador Léo Burguês de Castro (PSDB), que propõe a discussão do assunto, conforme preceitos da Constituição Federal.

FCDL-MG participa de evento na Cidade Administrativa O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG), José César da Costa, participou no dia 31 de maio da solenidade para a entrega de veículos e computadores para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) pelo governador do Estado, Antônio Anastasia. Na ocasião, o governador fez a entrega simbólica das chaves e computadores que representam os 151 veículos e 656 computadores. Os novos equipamentos, comprados por meio de uma parceria entre governo de Minas e governo federal, vão melhorar o atendimento aos agricultores familiares pelos técnicos da Emater.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

47


FCDL-MG recebe visita do deputado federal Aelton Freitas O presidente da FCDL-MG, José César da Costa, recebeu no dia 5 de junho, o deputado federal Aelton Freitas (PR/MG). Em visita à sede da Federação, o parlamentar reafirmou seu compromisso com o desenvolvimento do setor varejista no Estado. Entre as iniciativas que compõem a atuação do deputado Aelton Freitas estão, por exemplo, a luta pela isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); a criação de projetos de lei que visem ampliar a participação de empresas de micro, pequeno e médio porte no comércio externo; além do projeto de lei que culminou na Lei dos Consórcios.

Crédito: AC Minas

FCDL-MG participa da elaboração da Política Nacional de Empreendedorismo O “The World Café”, evento organizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), foi realizado no dia 12 de junho, na sede da AC Minas, localizada em Belo Horizonte. O evento teve por objetivo contar com a participação de diversas entidades e órgãos para a elaboração das diretrizes e subsídios na formulação da “Política Nacional de Empreendedorismo no Brasil (PNE)”. A elaboração da PNE está passando por uma série de encontros regionais, que já aconteceram em São Paulo, Belém, Goiás, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Os resultados foram compartilhados no Seminário Internacional sobre Empreendedorismo, realizado no dia 26 de junho.

Crédito: Gil Leonardi / Imprensa MG

Governo de Minas apresenta avanços e desafios do ‘Minas Legal’ O vice-governador Alberto Pinto Coelho presidiu, no dia 19 de junho, reunião do Programa Minas Legal. A FCDL-MG juntamente com outras entidades, servidores e representantes da sociedade civil participou do encontro que apresentou estrutura, composição, funcionamento e regras de adesão ao Fundo Estadual da Cidadania Fiscal Mineira (Fecifim). Também durante a reunião houve a assinatura de um documento com a relação dos integrantes do grupo coordenador do Fundo Estadual de Cidadania Mineira (FECIFIM), previsto no artigo 6º da Lei 19.825, de 24/11/11, que é o responsável pela sustentação financeira do Programa Minas Legal – Cidadania Fiscal.

48 Federação em Ação - jun/jul de 2012


Mais uma reunião do CESPC/MG é realizada em BH Membros do Conselho Estadual do SPC (CESPC/MG) reuniram-se no dia 19 de junho para deliberar assuntos que dizem respeito a atuação do CESPC/MG no Estado. A pauta do encontro, realizado na sede da CDL-BH, na capital mineira, contemplou diversos assuntos.Em maio deste ano, o presidente da FCDL-MG, José César da Costa, juntamente com diretoria executiva e assessoria jurídica da entidade, bem com diretores e gerentes do SPC Brasil, estiveram reunidos na sede da entidade, em São Paulo, para discutir assuntos relacionados aos interesses do movimento lojista mineiro.

Crédito: Evandro Fiuza

Em oito dias de feira, Superagro 2012 recebeu público de 70 mil pessoas Uma promoção do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e Sebrae-MG, a Superagro 2012 foi realizada entre os dias 03 e 10 de junho. A FCDL-MG prestigiou a abertura oficial do evento que contou com diversas autoridades. De acordo com o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, “a Superagro se realizou dentro de um cenário próspero, quando o PIB mineiro registrou índice recorde, no ano passado”.

Crédito: Wellington Pedro / Imprensa MG

FCDL-MG participa de cerimônia do Programa Poupança Jovem A FCDL-MG esteve presente na solenidade de entrega dos certificados de conclusão das atividades do ‘Poupança Jovem’ a 9.569 estudantes da rede estadual de ensino. São alunos que concluíram, em 2011, o ensino médio nos municípios de Esmeraldas, Governador Valadares, Ibirité, Juiz de Fora, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Sabará e Teófilo Otoni. A proposta do Governo de Minas é criar condições para que os jovens possam ingressar no mercado de trabalho. “O Poupança Jovem é um instrumento de transformação. Isso demonstra que acertamos em identificar uma necessidade, conceber um projeto, colocá-lo em funcionamento”, informou o governador do Estado Antonio Anastasia.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

49


GIRO PELAS CDLs

CDL Betim finaliza mais uma Copa de Kart Com o Kartódromo Internacional de Betim lotado, a etapa que definiu o grande campeão da 4ª Copa CDL O Tempo Betim de Kart, foi realizada no dia 16 de junho deste ano. A vitória ficou com o Cartório Roberto Silva, representado pelo piloto Flávio Tito, empresa que também ficou com a 2ª colocação geral, com Felipe Fritz. Nas três posições seguintes, respectivamente, ficaram Hewa Engenharia (Wenceslau Moura), Roupa Mágica (Hari de Faria) e Pingo Imóveis (Raphael Diniz). O evento bateu o recorde de participantes, com 67 pilotos na modalidade masculina e 18 na feminina.

Contrate um estagiário e usufrua de grandes benefícios Uma parceria entre a CDL Conselheiro Lafaiete e o Programa de Complementação Educacional (Proe) vai garantir o melhor acesso em recursos humanos para as empresas associadas à entidade. Entre os benefícios está a contratação de estagiários. Na avaliação do presidente da CDL Conselheiro Lafaiete, João Batista Assis Pereira, esta é uma boa oportunidade para que os empresários possam contribuir para a formação de novos profissionais. Instituições de ensino, estudantes e empresas podem se cadastrar no Programa de Estágio CDL e Proe, pelo site www.proe.org.br.

Espaço Empresarial CDL Curvelo Entre os dias 14 e 20 de maio, a CDL Curvelo participou da 69ª Exposição Agropecuária e Industrial de Curvelo, com o projeto ‘Espaço Empresarial – CDL Curvelo’. O espaço teve com intuito apresentar produtos e serviços dos associados da CDL ao diversificado público que buscou no parque de exposições, além de entretenimento, fomentar negócios, novidades em produtos e serviços. A primeira versão do projeto cumpriu com seu objetivo, tendo em vista a satisfação dos associados e expositores.

50 Federação em Ação - jun/jul de 2012


‘Recrutamento em tempo de escassez de mão de obra’ O ‘Bom dia Lojista’, espaço de diálogo entre a entidade com os associados, criado pela da CDL Divinópolis, tratou neste mês de junho o tema ‘Recrutamento em tempo de escassez de mão de obra’. Nesta edição, o palestrante convidado foi Clayton Albuquerque Vieira, do SEBRAE – MG, que contemplou ainda aspectos sobre a rotatividade de funcionários do comércio, compartilhando situações e dando dicas importante sobre o que deve ser feito para manter um bom funcionário na empresa. Vários lojistas participaram do evento.

Campanha ‘Doe um cobertor’ Interessados em colaborar ou auxiliar na divulgação da Campanha ‘Doe um cobertor’, promovida pela CDL Divinópolis, têm até o dia 26 de julho para contribuir. O objetivo da iniciativa é minimizar o efeito que o frio causa na vida dos idosos que moram nas Obras Assistenciais Frederico Ozanan, proporcionando mais conforto nesta estação do ano e promovendo a solidariedade. As entregas deverão ser feitas na sede da CDL Divinópolis. O endereço é Avenida Getúlio Vargas, 985, Centro. Mais informações pelo telefone: (37) 3229-7233.

Azul Linhas Aéreas tem interesse de operar em Governador Valadares A CDL Governador Valadares sediou no dia 16 de maio uma reunião com o diretor de relações interpessoais da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, Adalberto Febeliano. No encontro, o representante da companhia aérea confirmou o interesse da empresa em operar em Governador Valadares. Entre as instituições representadas na reunião estavam a Associação Comercial, Câmara Municipal, Comtur, Conselho de Veneráveis das Lojas Maçônicas, Convention Bureau, Fiemg, OAB, Prefeitura Municipal, Presidente e diretores da CDL GV, Sebrae, Sindicomércio, Sindicato dos Bares, Hotéis e Restaurantes, União Ruralista, Presidente e diretores da Unimed GV.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

51


Centro de Treinamento e Capacitação está de portas abertas A CDL e Associação Comercial de Ipatinga inauguraram, no dia 14 de junho, as salas do novo Centro de Treinamento e Capacitação, localizado na sede das entidades. O espaço é composto por três ambientes com capacidade para 40, 35 e 25 pessoas. Todos possuem ar condicionado, projetor multimídia e tela. O investimento vai permitir a realização de reuniões, cursos e capacitações para as empresas que precisarem de locais com estas finalidades. As salas receberam o nome de Walter Salles, José Edélcio e Helvécio Thomaz, ex-presidentes das entidades.

Varejistas preparam adoção das sacolas retornáveis A CDL Ipatinga e Associação Comercial, promoveram no dia 22 de maio reunião com supermercadistas para discutir o planejamento estratégico da campanha de utilização das sacolas retornáveis ou biodegradáveis pelo comércio de Ipatinga. Prevista por lei municipal aprovada em 2010 e alterada em fevereiro deste ano, com ampliação para a entrada em vigor, a lei determina que as sacolas plásticas sejam banidas a partir de 15 de setembro, próximo.

Conheça os ganhadores da campanha “Dias de Amor” A CDL Itaúna e a ACE Itaúna realizaram no dia 15 de junho, o sorteio da campanha “Dias de Amor”. Foram 44 dias de campanha, com distribuição de 163.200 cupons, em 155 lojas participantes. Entre os prêmios sorteados estavam 02 viagens com acompanhantes para Porto Seguro-BA, 01 kit de joias no valor de R$2510,00 e 03 kits de joias de R$2500,00. “Com a grande participação de nossos associados, percebemos um crescimento de 16% nas vendas neste período, ótimo resultado para a segunda melhor data em vendas no comércio”, informou o presidente da CDL Itaúna, Marco Antônio de Oliveira.

52 Federação em Ação - jun/jul de 2012


CDL Jaíba realiza palestra focada em aperfeiçoamento profissional A CDL Jaíba e Associação Comercial promoveram no dia 21 de maio, mais uma palestra. Desta vez, a apresentação contemplou o tema ‘O segredo da nova gestão empresarial’, ministrada pelo consultor do Sebrae MG, Jadilson Borges. Entre os participantes, cerca de 230, estavam empresários e colaboradores do Comércio jaibense, além de estudantes do Sesi/ Senai e alunos da Unopar Virtual.

Vice-Presidente da CDL Patrocínio representa o município na FEMUR 2012 O vice-presidente da CDL Patrocínio, Marcos Valério Jacinto, representou a entidade, juntamente com diversas autoridades do Estado, na abertura da 10ª edição da Feira de Móveis de Minas Gerais – FEMUR 2012, realizada entre os dias 21 e 25 de maio, em Ubá. Esta é uma das maiores feiras de móveis do Brasil, expondo diversos segmentos do setor moveleiro. Com um público total de 16 mil visitantes a Feira de Móveis de Minas Gerais, reuniu lojistas e representantes de várias regiões do país. As expectativas em relação aos negócios também foram superadas.

Empresários e autoridades debatem a segurança das agências O ‘Café com ideias’, promovido pela CDL Ponte Nova no mês de maio, reuniu representantes de bancos, Polícias Militar e Civil, Câmara Municipal de Ponte Nova e empresários para debater o assunto. Entre outros tópicos tratados, representantes dos bancos deixaram sugestões importantes relativas ao uso de serviços bancários à distância, como as transferências e demais movimentações pelo Internet Banking. Eles sugeriram, por exemplo, que os clientes não mantenham rotinas e horários iguais quando forem às agências. Os participantes também discutiram a união dos lojistas, assim como dos poderes públicos, para a implantação das câmeras de vigilância.

Federação em Ação - jun/jul de 2012

53


Dia da Indústria - ACIATI-CDL Em comemoração ao Dia da Indústria, a CDL Timóteo juntamente com a Associação Comercial realizaram no dia 22 de maio o evento ‘Santo de Casa, faz milagre sim’. Em sua segunda edição, o encontro teve por objetivo apresentar histórias de sucesso e empreendedorismo dos empresários Omar Santos Garzedin, da empresa Tec Wise e Nassarala Abílio Neto da Vamte. O evento também foi uma oportunidade para que as entidades pudessem prestar sua homenagem as indústrias, reconhecendo a contribuição de todas para a economia e desenvolvimento do município e região.

“O que o Rei quer?” Com a realização da palestra “O que o Rei quer?”, ministrada pelo presidente da CDL Uberaba, Fúlvio Ferreira, a entidade promoveu no dia 1º de junho o encerramento da programação de maio dos cursos e eventos educacionais. De acordo com Fúlvio, “O que o Rei quer?” é um tema pertinente a todos que militam no comércio. Por isso, segundo ele, o consumidor que faz a diferença no dia a dia das empresas e no bolso de cada vendedor, precisa ser cuidado com muito carinho e atenção, para que eles (empresa e vendedor) sejam os escolhidos pelo rei.

Almoço do Varejo reuniu empresários do Center Shopping Mais de 50 varejistas e representantes do comércio e da indústria de Uberlândia participaram no dia 18 de maio de mais uma edição do Almoço do Varejo. O objetivo do encontro foi oportunizar relacionamentos, compartilhar conhecimentos, inovações e soluções para o crescimento sustentável do negócio da classe lojista. “Acredito que à medida que a representatividade ganha força, tem também mais resultados”, destacou o presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela. Entre os participantes do encontro estavam o superintendente regional do Banco do Brasil, José Luiz Pinto Calaza, e gerentes de agências locais que apresentaram aos convidados o programa “Bom pra Todos”.

54 Federação em Ação - jun/jul de 2012


AgorA, você, cDL, poDe ser um corresponDente bAncário bDmg.

Ouvidoria BDMG: 0800 940 5832

Sendo um correspondente do BDMG, seus associados ganharão mais facilidade e agilidade para acessar as linhas de financiamento do Banco, pois você será o parceiro BDMG mais próximo.

Veja um exemplo de oportunidade para as empresas: BDMG Geraminas. Financiamentos de capital de giro e outros investimentos para as empresas, com juros a partir de 0,89% ao mês, carência até 3 meses e prazo total até 48 meses. Não perca essa chance, entre em contato com a FCDL-MG pelo telefone (31) 2532-3300 e informe-se.

AQUI TEM CORRESPONDENTE BANCÁRIO

CORRESPONDENTE BANCÁRIO

Federação em Ação - jun/jul de 2012

55


LeF design

2012 www.ecom2012.com.br II Seminário NACIONAL de Comércio Eletrônico, Meios de Pagamentos e Negócios na Web [+] I Workshop NACIONAL de Redes & Mídias Sociais

UITO)

Um Mega Evento de informação,capacitação e formação profissional

(GRAT

Saiba como vender mais através do Comércio Eletrônico. Prepare-se para uma Nova Era Digital e descubra novos negócios além do balcão da sua loja e dos limites da sua cidade.

Conheça um novo jeito de fazer negócios e aumentar as vendas em tempos de Copa do Mundo.

Patrocinadores:

REALIZAÇÃO

aplicação em monocromia

aplicação em 3 cores

aplicação em degradê

Digital Consulting Brasil

aplicação em monocromia - PB

aplicação em Tons de Cinza

Aplicação em negativo pode ser feita em fundo Azul (SEBRAE) ou Preto

contato@ecom2012.com.br | Inscrições: www.ecom2012.com.br | (11) 3854.4127 56 Federação em Ação - jun/jul de 2012

Federação em Ação jun/jul 2012 nº 32  

Públicação bismestra da FCDL-MG

Advertisement