Page 1

575

Foto da semana

A não perder!

Na passada segunda-feira decorreu mais uma sessão do ciclo “Ciência Aberta às Escolas”. “Moléculas pela luz das estrelas” foi o título da palestra apresentada por Paulo Ribeiro Claro do Departamento de Química da Universidade de Aveiro. Alunos do 12º ano da Escola Secundária Homem Cristo, Aveiro, tiveram a oportunidade de ouvir falar de algumas das mais fascinantes descobertas científicas da astroquímica.

No dia 21 de abril, das 10h00 às 13h00, a Fábrica celebra o Dia Mundial do Livro, com um Workshop especial, que parte de uma Hora do Conto para a construção de um livro. A Barriga do Caracol e o Dóing Makerspace dão “ferramentas” aos participantes para editarem a história com ciência: “Espiritromba, Borboleta!”. Depois de ouvirem o conto, os participantes ocupam o Dóing, para construírem o seu livro. Esta sessão destina-se a maiores de 6 anos e as inscrições podem ser feitas para: 234 427 053 ou fabrica.cienciaviva@ua.pt. mais informações em www.fabrica.cienciaviva.ua.pt

Ciência na Agenda

Apresentação do livro “A Ciência e os Seus Inimigos” 6ª feira | 20 abril ’18 | 21h30 Carlos Fiolhais e David Marçal

Cientistas à caça de gargalhadas! Carlos Fiolhais, uma das mais eminentes figuras da ciência em Portugal, e David Marçal, especialista em comunicar com piada, lançaram-se a quatro mãos em “Darwin aos tiros e Outras Histórias de Ciência”, e caçaram-nos boas gargalhadas. A coleção Ciência Aberta, da Gradiva, continua a demarcar-se pela qualidade e originalidade das obras científicas que faz chegar ao público, em livros práticos, com conteúdos acessíveis, e até divertidos. Este centésimo nonagésimo título revela a capacidade dos seus autores para traduzir com piada os conceitos científicos, pois temas como a evolução das espécies ganham outra proximidade quando vemos como uma “vantagem na luta pela sobrevivência (…) um pescoço maior, que lhe possibilita chegar a alimentos nos armários mais altos da cozinha”.

Carlos Fiolhais há muito que nos traz livros e projetos fascinantes na área da ciência, e junta-se aqui ao bioquímico David Marçal que, embora estreante na publicação de livros, tem já um longo currículo em projetos de comunicação de ciência e em fazê-lo com graça, quer na imprensa, televisão ou teatro. É por isso que nesta obra não faltam episódios interessantes da história da ciência, factos científicos, e muitas oportunidades de rir, com cerca de uma centena de pequenas histórias sobre Matemática, Astronomia, Física, Química, Geologia, Biologia, Medicina, e até de Pseudociência. Nuns parágrafos mais complexos (afinal estamos a falar das chamadas “ciências duras”), noutros mais simples e acessíveis, estas pequenas histórias são excelentes compilações de curiosidades e introduções aos temas.

No entanto, não se debruçam sobre eles, ficando em alguns casos aquém do que gostaríamos de saber, cabendo ao leitor ir à secção de notas para aprofundar a seu gosto os temas que mais o cativem. Esta obra fala sim da história da ciência, recheada de informações sobre os homens e os acontecimentos que a tornaram possível. Sabia que um naturalista menos famoso, Alfred Wallace, chegou às mesmas conclusões que Charles Darwin, mas que este se adiantou por ter os meios necessários para publicar o seu estudo? Ou ainda que o DDT, o inseticida tão temido nos nossos dias, valeu um Prémio Nobel da Medicina, foi herói de guerra e ainda ajudou a fundar o movimento ambientalista moderno? Mas esta obra, embora ligeira e fácil de ler, não foge de tocar em histórias mais negras, pois a ciência não se fez

Rua dos Santos Mártires, 3810-171 Aveiro · tel. 234 427 053 · www.fabrica.cienciaviva.ua.pt · www.facebook.com/fccva · fabrica.cienciaviva@ua.pt

sem erros, e nem sempre foi usada para os melhores fins. E procura que o leitor desenvolva o seu espírito crítico, essencial a qualquer cientista, lançando questões pertinentes e atuais. Esta obra consegue assim fazer chegar a ciência ao público, providenciando uma introdução a estes temas habitualmente densos e estimulando o leitor a aprofundar o seu conhecimento noutras fontes (e se não o fizer, terá pelo menos um vasto leque de informações para tornar as suas conversas mais interessantes). E quanto à satisfação de aprender, aí os autores acertaram em cheio no alvo. Leonor Medeiros Ciência na Imprensa Regional / Ciência Viva

A Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro organiza a apresentação do livro “A Ciência e os Seus Inimigos”, edição “Ciência Aberta” da Gradiva. A sessão será realizada pelo físico Carlos Fiolhais e pelo bioquímico David Marçal. Num ambiente informal e descontraído, os autores apresentarão o seu novo livro, dinamizarão um Quiz de ideias combativas (como estão as suas defesas da ciência?) e os participantes poderão ainda contar com uma leitura astral personalizada totalmente grátis! Seguir-se-á uma sessão de autógrafos. Público-alvo: jovem e adulto Data: 6ª feira, 20 abril’18 Horário: 21h30 às 23h00 Local: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro Co n t a c to s :

234

4 27

fabrica.cienciaviva@ua.pt Entrada livre ■

0 53

|

29 abr

11h00

DOMINGO DE MANHÃ NA BARRIGA DO CARACOL

20 abr

21h30

21

10h00

Workshop Dóing – Vem construir o teu livro!, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

21

14h30

Workshop “Livro infantil”, no BMI MAKERSPACE, na Biblioteca Municipal de Ílhavo.

21

21h00

Exibição do documentário “Deriva Litoral” no Mar Film Festival, no Museu Marítimo de Ílhavo.

29 abr

10h00

Workshop Dóing – Pinhole, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

29

11h00

Domingo de manhã na barriga do caracol, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

abr

abr

abr

abr

> 23h00

> 13h00

> 13h00

> 12h00

Apresentação do livro “A Ciência e os Seus Inimigos”, por Carlos Fiolhais e David Marçal, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro 2018

Lab 575  
Lab 575  
Advertisement