Page 1

346

Experimentandum Ponte autossustentável de Leonardo Da Vinci

Encontro da Rede de Centros Ciência Viva

O que precisas? - 15 fósforos grandes

O que acontece? De entre os tipos de pontes projetadas por Leonardo da Vinci, a autossustentável é certamente a mais genial, pela simplicidade dos seus elementos construtivos e estruturais. A ponte é montada sem nenhum elemento de fixação ou encaixe. Uma vez montada, o peso da ponte é suficiente para exercer a pressão necessária para que as vigas longitudinais - encerradas por um par de fósforos - bloqueiem as vigas transversais, impedindo que a estrutura colapse.

Era uma vez… Ciência assim

Histórias com ciência na rádio

Como fazer? Utilizando os fósforos, construir a ponte seguindo os passos apresentados.

1 Fonte: http://www.welovemercuri.com/

2 3

Exercício de Escrita Criativa Uso obrigatório de termo científico

Nos dias 3 e 4 de novembro de 2013 decorreu na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro o Encontro da Rede de Centros Ciência Viva. Este evento contou com a participação de 40 elementos de 19 Centros Ciência Viva de norte a sul do país e da ilha de S. Miguel - Açores. As boas-vindas ao Encontro foram dadas pelo Exmo. Sr. Reitor da Universidade de Aveiro - Professor Doutor Manuel Assunção, pelo Diretor da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro – Dr. Pedro Pombo e pela Presidente da Ciência Viva – Dra. Rosalia Vargas. Neste evento todos os Centros tiveram a oportunidade de dar a conhecer os seus espaços e atividades, bem como partilhar ideias e definir estratégias de uma maior interação em rede. O Encontro reforçou a pertinência da existência de ligações entre entidades congéneres no sentido do seu crescimento individual e coletivo.

4 5

6

7

8

9

Dra. Rosalia Vargas – Presidente da Ciência Viva e Dr. Pedro Pombo – Diretor

Professor Doutor Manuel Assunção – Reitor da Universidade de Aveiro e Dra. Rosalia

da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Vargas – Presidente da Ciência Viva

Quem sabe, sabe

Visita guiada à Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

10

O engenheiro abre a porta do táxi, empurra a pasta, senta-se, cumprimenta, diz a direção, acena à mulher, tira o casaco, tudo enquanto acaba o telefonema: “Não. No encontro. O grande investimento tem que ser no encontro. É o apoio direto, a ligação fundamental, você sabe disso, Rui. Não há cedência. Vá! Até logo. Abraço.” – Boa tarde, desculpe. Para a estação, por favor, não sei se me fiz entender... – Eu ouvi. Até se me permite uma achega… – Uma achega a…?! Mas, faça o favor, faça o favor... – É que, para mim, os encontros, “chefe”… Os encontros são a causa da gente não sair da crise. Quais mercados internacionais fechados; qual descrédito dos investidores… Eu, para mim, acho qu’a culpa de não sairmos da crise só tem um nome: encontros! Se eu lhe dissesse o ror de “gravatinhas” que eu levo diariamente a “Encontros”… Neste país, digo-lhe eu, organizam-se conversas por tudo e por nada: move-se uma palha, sai logo um “Encontro da Erva Seca”. E então, não há abébias: o resto do serviço para, interrompe-se a produção toda se for preciso; a prioridade é organizar o encontro. E nisto passa uma empresa meio ano ou mais. Certinho, com’haver coffee breaks nos intervalos… Agora, trabalhar, que é bom para a economia?! Uih, isso é aqui p’ò Costa taxista…- pisca à direita, para - Aqui estamos: estaçãozinha. São oito euros e quarenta, por favor. E bom encontro, ahn?! Que isto… cada um…ahn, chefe?! PS: Encontro, em engenharia, é o elemento de uma ponte que faz o apoio direto das extremidades da estrutura da ponte com o solo (margens).

11

“Era uma vez …Ciência assim” é uma rubrica de narração de histórias com ciência para difusão na rádio, da responsabilidade da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro em parceria com a Rádio Terra Nova. O programa reúne um conjunto de treze histórias dedicadas a crianças entre os 6 e os 12 anos que, associando ficção e componente experimental num registo leve e cativante, visa proporcionar momentos de educativo lazer, tanto para professores e alunos como para pais e filhos. A pesquisa, a redação, a criação, a edição e pós-produção dos conteúdos são da responsabilidade da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, e a revisão científica é da responsabilidade da sua Comissão Científica, de docentes/investigadores da Universidade de Aveiro. O programa terá uma difusão semanal na rádio Terra Nova: todas as quartas-feiras, pelas 11h30 (direcionado ao público escolar) e todos os domingos, pelas 10h00 (para o público familiar), com repetição na semana seguinte. A estreia aconteceu ontem, com a história “Na Tacinha das Natas”, sendo que a calendarização completa do programa está disponível em www.fabrica.cienciaviva.ua.pt. “Era uma vez …Ciência assim” é uma produção no âmbito do projeto Fábrica Media, financiado pelo Programa COMPETE (uma iniciativa QREN), e pela Ciência Viva (Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica).

Ciência na Agenda 7 nov (21h00) - Café de ciência "Quintas da Ria" – “A Ria de Aveiro, as pessoas e a História”, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro. 12 nov (10h30) - A Fábrica vai... à pediatria do Hospital Infante D. Pedro, com a oficina Criar Dunas. 17 nov (11h00) – Domingo de manhã na barriga do caracol “Um gole de sabedoria, sr. Rodrigo!”. 24 nov (11h00) – Pai, vou ao espaço e já volto! – A conquista

12

*Errata Na edição anterior (31 de outubro), na rubrica “Mais vale saber… O que é o moliço?” a apanha do moliço foi atribuída por lapso aos marnotos, pois quem

Workshop “Produção de Exposições”

Fotografia de grupo

Rua dos Santos Mártires, 3810-171 Aveiro · tel. 234 427 053 · www.fabrica.cienciaviva.ua.pt · www.facebook.com/fccva · fabrica.cienciaviva@ua.pt

Show de ciência “Física Viva”

do espaço, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro. 24 nov (16h00) – Peça de teatro Claro como Água, na Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro.

exercia esta tarefa eram os tripulantes dos moliceiros.

Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro 2013

Laboração continua  

Edição nº 346 7 de Novembro de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you