Page 1

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Ano 1 • # 1 • Março 2016 Florianópolis • Santa Catarina Distribuição gratuita e dirigida. www.basket-fcb.com.br

CATARINENSE 2015 COMPETIÇÃO ENTRA PARA A HISTÓRIA DO BASQUETE NACIONAL REUNINDO NÚMERO RECORDE DE EQUIPES E COM TRANSMISSÃO PELA TV ABERTA

SELEÇÕES DE BASE ENTRE AS MELHORES DO PAÍS CAMPEÕES CATARINENSES

PROJETOS SOCIAIS ALINHAM ESPORTE E EDUCAÇÃO

ÁRBITRO CRISTIANO MARANHO MIRA A TERCEIRA OLIMPÍADAS

AS EQUIPES CAMPEÃS DO BASQUETEBOL CATARINENSE EM 2015


Z515

TRÊS PONTOS. | 1 | BOLA OFICIAL CBB | 2 | APROVADA PELA FIBA | 3 | DUPLAMENTE TESTADA.

A PENALTY É UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA QUE FABRICA PRODUTOS ESPORTIVOS DE ALTA QUALIDADE E APROVADOS PELOS MAIS ALTOS PADRÕES INTERNACIONAIS DE QUALIDADE.

OFICIAL CBB

APROVADA PELA FIBA

É do Brasil.


 COM A PALAVRA

A VEZ DO BASQUETE CATARINENSE O

ano de 2015 foi extremamente positivo para o desenvolvimento do basquete de Santa Catarina, que se solidificou como uma das grandes forças do esporte no país. Tudo isso graças a um planejamento bem elaborado e a parcerias que garantiram competições bem organizadas, alto nível de disputa desportiva e grande repercussão da mídia esportiva estadual. A frente desse processo, a Federação Catarinense de Basketball (FCB), dirigida pelo professor Oscar Archer, foi a grande fomentadora desse novo modelo de gerir o esporte, através da potencialização das equipes adultas, do investimento nas categorias de base e da reciclagem de conhecimento através de cursos técnicos e profissionalizantes. E uma das novas ações encabeçadas pela FCB que visam potencializar a divulgação do basquete catarinense foi a criação da Revista Basquete SC, que nasce com o objetivo de ser um veículo de comunicação que irá aproximar a população desse centenário esporte de tanta história e tradição no Brasil. Nessa edição inicial, a Revista Basquete SC apresenta uma reportagem especial sobre as disputas do Estadual adulto de 2015, que contou com 22 equipes – 11 masculinas e 11 femininas - e movimentou vários municípios e regiões catarinenses. Os quintetos de Blumenau conquistaram as duas taças, mostrando a força do basquete daquela cidade. Vale aqui destacar que, em caráter inédito, o Campeonato Estadual de Basquete de Santa Catarina foi transmitido ao vivo para todo o Estado, graças a uma parceria entre a FCB e RIC/TV Record. A revista também traz reportagem sobre outras duas grandes competições que movimentaram o calendário de nosso basquete: a Taça FCB e a Copa Santa Catarina. As categorias de base também estão em nossas páginas. Os selecionados e os atletas catarinenses alcançaram resultados e conquistas significativas em competições nacionais.

Outro destaque dessa edição são os projetos coordenados pela FCB que buscam revelar novos talentos do esporte associados a atividades educativas, culturais e cívicas, como o Basquete para o Amanhã e o exitoso Festival de Núcleos, numa parceria de sucesso com grande incentivador do basquete estadual, a Trimania. Para finalizar, a Revista Basquete SC publica, nessa primeira edição, reportagens sobre os cursos ministrados ao longo de 2015, as homenagens recebidas, o desempenho das equipes másters e um especial sobre o árbitro Cristiano Maranho, que já se prepara para as Olimpíadas Rio 2016. Estimado leitor e amante do basquete, esperamos, de coração, que você curta a primeira edição da Revista Basquete SC. Ela foi idealizada e toda produzida pensando em você! Desfrute de nossas reportagens e, se achar necessário, entre em contato conosco para expor suas dúvidas, críticas ou elogios. Estamos sempre à disposição para lhe ouvir!

BOA LEITURA! OS EDITORES

3


 EXPEDIENTE

 NESTA EDIÇÃO

BLUMENAU MANTÉM A HEGEMONIA NO ESTADUAL ADULTO DE BASKETBALL Foto: Henrique Santos/FCB

Presidente 2015/2019

Oscar Archer

Vice-Presidente

Nelson da Silva Aguiar Conselho Fiscal - Membros Titulares

Francisco Andrade de Amorim Neto (Presidente CF/FCB) Paulo Roberto Cunha Carlos Luiz de Oliveira Conselho Fiscal - Membros Suplentes

Luiz Ernani Buerger Henrique Guilherme Koettker Secretaria FCB

Franciele Oliveira Zoldan da Veiga Steffani Kras Departamento Técnico

Diretor Responsável: Luiz Gastão Neves Dubois Departamento Administrativo e Financeiro

Diretor Responsável: Ênio Feller Secretário Geral: Luciano Davies Zappelini

Departamento de Registro, Documentação e Estatística

Coordenador do Departamento: Adriano de Souza Krischke Departamento de Arbitragem

Comissão de Arbitragem: José Carlos Conte / Nelson da Silva Aguiar / Luiz Gastão Neves Dubois Departamento Jurídico

Diretor Responsável: Fábio Pamplona Deschamp www.basket-fcb.com.br

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL Ano 01 / Nº 01 Jornalistas Responsáveis

Nikolas Stefanovich (SC/JP 2122) Henrique Santos (SC/JP 3473) Reportagem

Henrique Santos / Nikolas Stefanovich Projeto Gráfico e Editoração

Isaias Pinto –

48 9952.8160 – zdzain.com.br

Revisão

Juçá Fialho Vazzata Dias A Revista BasqueteSC é uma edição trimestral da Federação Catarinense de Basketball, à qual, todos os direitos são reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial de qualquer artigo ou imagem desta obra sem a autorização por escrito dos editores. A Revista BasqueteSC não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas assinadas e/ou dos anúncios publicitários. Todo conteúdo voltado a publicação nesta revista deve ser enviado devidamente identificado.

4

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

10


Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

OUTROS DESTAQUES...

6 CAMPEÕES DA TAÇA FCB E COPA SANTA CATARINA

20

IMAGENS DE FLAGRANTES DO ESPORTE QUE INSPIRAM

14

FICHA TÉCNICA DAS PRINCIPAIS EQUIPES DO CATARINENSE

22

O APOIO EMPRESARIAL AO BASQUETE EM SANTA CATARINA

24

ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DA FCB – OSCAR ARCHER

28

A FCB E O DESENVOLVIMENTO DE PROFISSIONAIS DO ESPORTE

42

GALERIA DE IMAGENS DOS CAMPEÕES ESTADUAIS 2015

Foto: Divulgação/FCB

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

OS BONS RESULTADOS DAS SELEÇÕES DE BASE

26

Ano 1 • # 1 • Março 2015 Florianópolis • Santa Catarina Distribuição gratuita e dirigida. www.basket-fcb.com.br

Foto: Divulgação/FCB

CATARINENSE 2015 COMPETIÇÃO ENTRA PARA A HISTÓRIA DO BASQUETE NACIONAL REUNINDO NÚMERO RECORDE DE EQUIPES E COM TRANSMISSÃO PELA TV ABERTA

SELEÇÕES DE BASE ENTRE AS MELHORES DO PAÍS CAMPEÕES CATARINENSES

PROJETO PARA INICIANTES UNE EDUCAÇÃO E BASQUETE

38

PROJETOS SOCIAIS ALINHAM ESPORTE E EDUCAÇÃO

ÁRBITRO CRISTIANO MARANHO MIRA A TERCEIRA OLIMPÍADAS

AS EQUIPES CAMPEÃS DO BASQUETEBOL CATARINENSE EM 2015

CAPA  Nesta edição, o designer gráfico e editor de artes desta revista – Isaias Pinto, elaborou uma composição sobre foto do jogo Blumenau x Brusque, que aconteceu em outubro de 2015

5


 FLAGRANTE 6

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


ESPORTE E LAZER

C

rianças e jovens são incentivados à prática do basquete através de atividades lúdicas e recreativas. No flagrante, a concentração máxima das novas gerações do basquete catarinense. Foto: Federação Catarinense de Basketball

7


 FLAGRANTE 8

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


APOIO DA GALERA

T

orcida comparece em bom número ao Ginásio Rozendo Lima e empurra Florianópolis à vitória no estadual. No final, o reconhecimento dos jogadores e comissão técnica. Foto: Henrique Santos/FCB

9


 MATÉRIA DE CAPA Foto: Henrique Santos/FCB

FINAL FOUR  Após perder duas partidas para Brusque na fase classificatória, Blumenau dá o troco e fica com a taça

BLUMENAU MANTÉM HEGEMONIA NO ESTADUAL ADULTO DE BASKETBALL 10

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


A HEGEMONIA NO MASCULINO RENDEU O BICAMPEONATO ESTADUAL, ENQUANTO A FAÇANHA DAS MULHERES CULMINOU COM O SEXTO TÍTULO SEGUIDO.

P

rincipal competição realizada pela FCB em 2015, o Campeonato Catarinense de Basketball Adulto apresentou diversas inovações: televisionamento para todo o estado em rede aberta pela Record News, 22 times inscritos, reinauguração do ginásio do clube Ipiranga e cobertura em massa da imprensa. No entanto, dentro de quadra, os resultados conquistados nos anos anteriores não apresentaram fatos novos, pois os títulos masculino e feminino seguiram com Blumenau. Ao término da competição, Oscar Archer, presidente da Federação Catarinense de Basketball, salientou a capacidade de organização da entidade e o quanto isso acrescentou ao basquete em Santa Catarina. “O estadual adulto foi um produto muito bem desenvolvido, de boa aceitação e de uma mídia excelente no ano de 2015”, disse o dirigente.

EMOÇÃO  Pivô Ricardo Probst (acima) venceu em 2014, mas, lesionado, não disputou a decisão de 2015 Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

11


 MATÉRIA DE CAPA

RIVALIDADE EM QUADRA NO MASCULINO

E

m outubro, os blumenauenses comandados pelo técnico Christian Gerhard Nau bateram os brusquenses por 83 x 69 e conquistaram o bicampeonato estadual adulto. Pivô de Blumenau, o experiente Ricardo Probst não esteve nas finais devido à lesão. Ainda assim, destacou a rivalidade entre o seu time e o do adversário da decisão nas últimas competições estaduais. “Esse jogo virou um clássico de Santa Catarina, pois, nas disputas anteriores, a Taça FCB regional ficou com Blumenau enquanto, na etapa estadual, deu Brusque”. Antes do Final Four disputado no ginásio do Sesi, em Brusque, foram três meses de jogos emocionantes disputados por 11 equipes divididas em dois grupos, além da transmissão de onze confrontos pela Record News para todo o estado. Comandante de Videira, terceiro colocado no estadual adulto, o técnico Fábio de Oliveira Wonzoski reconheceu o êxito da competição e projetou a temporada de 2016. “A Federação Catarinense de Basketball e os patrocinadores estão de parabéns por incentivarem o esporte. Com certeza, no ano que vem, faremos um campeonato ainda melhor para dignificar o basquete catarinense, que merece”. Participaram do estadual masculino: Blumenau, Brusque, Joinville, Florianópolis, Balneário Camboriú, Videira, Concórdia, Rio do Sul, Xaxim, São Miguel do Oeste e Lages. ABAIXO  Lance livre do líder Brusque na fase classificatória; AO LADO  Equipe de Blumenau comemora o título estadual adulto de 2015

Foto: Henrique Santos/FCB

12

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Fotos: Adriano de Souza Krischke/FCB


FINAL  Mulheres decidiram o estadual apenas na prorrogação

DISPUTA EMOCIONANTE NO FEMININO

T

ambém disputado por 11 equipes, o Campeonato Catarinense de Basketball Feminino terminou, em novembro, com um final conhecido ao consagrar Blumenau como campeão. O sexto título seguido, no entanto, por pouco não escapou. A partida, decidida na prorrogação, terminou 55 a 52 para o time do técnico João Almeida Camargo Neto. O comandante campeão destacou a dificuldade da disputa diante de Chapecó: “eu sabia que seria difícil. Tentamos minimizar os erros, mesmo

assim erramos muito, mas o final novamente terminou feliz para nós”. A opinião foi ratificada por Aline Fagundes Wonsick, treinadora das chapecoenses, que ficaram com o vice pela quarta vez seguida: “o time que erra menos é o que vai ganhar”. O terceiro lugar ficou com Itajaí e o quarto com Jaraguá do Sul. Ainda participaram do estadual feminino adulto, as equipes de São José, Balneário Camboriú, Joinville, Navegantes, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Concórdia.

13


 FICHA TÉCNICA DE CADA TIME Fotos: divulgação/FCB

MASCULINO ADULTO

 CAMPANHA  CESTINHA  FOTOS OBSERVAÇÃO: A COPA SANTA CATARINA FOI DISPUTADA PELAS QUATRO MELHORES EQUIPES QUE NÃO ALCANÇARAM CLASSIFICAÇÃO AO FINAL FOUR

BLUMENAU

APAB/METROPOLITANO/FMD/FURB/ALTA PAPÉIS/ALTENBURG ºº 10 jogos ºº 8 vitórias ºº 2 derrotas ºº Cestinha: Bruno William Lazzaris – 150 pontos ºº Técnico: Christian Gerhard Nau ºº Posição: 1º

BRUSQUE

A. D. BRUSQUE/FME/UNIFEBE/A ITALIANINHA/ARADEFE ºº 10 jogos ºº 9 vitórias ºº 1 derrota ºº Cestinhas: Rodrigo Gomes da Silva e Guilherme Capoano Procópio Machado – 124 pontos ºº Técnico: George Rodrigues Salles ºº Posição: 2º

VIDEIRA

14

3º REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

AVIBA/UNOESC ºº 12 jogos ºº 9 vitórias ºº 3 derrotas ºº Cestinha: Willian Moreira Costa – 215 pontos (cestinha do campeonato) ºº Técnico: Fábio de Oliveira Wonzoski ºº Posição: 3º


CONCÓRDIA

ACOB/SENAC/FMEC/APAB/PASSARELA 12 jogos  7 vitórias  5 derrotas  Cestinha: Alvaro Augusto Sant´anna dos Santos  – 155 pontos Técnico: Rubens Mascelani Filho  Posição: 4º 

JOINVILLE

AABJ/FELEJ/EMBRACO/CISER/SELBETTI/DECORE/MILLIUM 8 jogos  4 vitórias  4 derrotas  Cestinha: Henrique Bramorski Medeiros – 112 pontos  Técnico: Kelvin Nunes Soares  Posição: Campeão da Copa SC 

FLORIANÓPOLIS

ADIEE/AVAÍ F.C./FME 8 jogos  2 vitórias  6 derrotas  Cestinha: Romário Gabriel Santos Veber – 94 pontos  Técnico: Kênyo da Silva Nunes  Posição: Vice-campeão da Copa SC 

XAXIM

C. B. XAXIM 10 jogos  6 vitórias  4 derrotas  Cestinha: Alan Tiago dos Santos – 167 pontos  Técnico: Ivan Atolini  Posição: 3º lugar da Copa SC 

7º 15


 FICHA TÉCNICA DE CADA TIME Fotos: divulgação/FCB

RIO DO SUL 8º

PROJETO ESCOLA BASQUETE/ABAVI/FMD/RIO DO SUL ºº 10 jogos ºº 7 vitórias ºº 3 derrotas ºº Cestinha: Thomas Vatanabe Cartier Laranjeira 162 pontos ºº Técnico: Eduardo Cartier Laranjeira ºº Posição: 4º lugar da Copa SC

S. MIGUEL DO OESTE 9º

ABASMO/PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO OESTE/ LA SALLE PEPERI ºº 10 jogos ºº 1 vitória ºº 9 derrotas ºº Cestinha: Fernando Henrique Rosa Alves – 87 pontos ºº Técnico: Gelcy Zanchi ºº Posição: 9º

LAGES 10º

APABLA/FME LAGES ºº 10 jogos ºº 1 vitória ºº 9 derrotas ºº Cestinha: Maxmiliano Ermel – 139 pontos ºº Técnico: Luís Carlos Muniz ºº Posição: 10º

BAL. CAMBORIÚ

16

11º REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

APAB/METROPOLITANO/FMD/FURB/ALTA PAPÉIS/ALTENBURG ºº 8 jogos ºº 0 vitórias ºº 8 derrotas ºº Cestinha: Gustavo Ferracciú Philippi – 97 pontos ºº Técnico: Maikon Guérios ºº Posição: 11º


FEMININO ADULTO

 CAMPANHA  CESTINHA  FOTOS OBSERVAÇÃO: A COPA SANTA CATARINA FOI DISPUTADA PELAS QUATRO MELHORES EQUIPES QUE NÃO ALCANÇARAM CLASSIFICAÇÃO AO FINAL FOUR

BLUMENAU 1º

FMD/UNIASSELVI/IPAC/VASTO VERDE ºº 10 jogos ºº 10 vitórias ºº 0 derrotas ºº Cestinha: Fernanda da Costa Bibiano – 214 pontos (cestinha do campeonato) ºº Técnico: João Almeida Camargo Neto ºº Posição: 1º

CHAPECÓ 2º

C. B. CHAPECÓ ºº 10 jogos ºº 9 vitórias ºº 1 derrota ºº Cestinhas: Dominick Vicente Rocha – 154 pontos ºº Técnico: Aline Fagundes Wonsick ºº Posição: 2º

ITAJAÍ 3º

COLÉGIO SALESIANO ºº 10 jogos ºº 5 vitórias ºº 5 derrotas ºº Cestinha: Gilmara do Amaral – 176 pontos ºº Técnico: Gustavo Ziolla Bussmann ºº Posição: 3º

17


 FICHA TÉCNICA DE CADA TIME Fotos: divulgação/FCB

JARAGUÁ DO SUL

BASQUETE JARAGUÁ/FME ºº 10 jogos ºº 5 vitórias ºº 5 derrotas ºº Cestinha: Ana Beatriz Aparecida de Oliveira 113 pontos ºº Técnico: Júlio César Patrício ºº Posição: 4º

SÃO JOSÉ

INDEPENDENTE/SÃO JOSÉ ºº 6 jogos ºº 2 vitórias ºº 4 derrotas ºº Cestinha: Tamiris Beppler Martins – 89 pontos ºº Técnico: Paulo Celso di Pilla Montibello ºº Posição: Campeão da Copa SC

NAVEGANTES

ASDEN/BLACKSTAR ºº 8 jogos ºº 3 vitórias ºº 5 derrotas ºº Cestinha: Janaina Ferrari Oliveira – 115 pontos ºº Técnico: Volmar Adriano Júnior ºº Posição: Vice-campeão da Copa SC

RIO DO SUL

18

7º REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

PROJETO ESCOLA BASQUETE/FMD RIO DO SUL ºº 6 jogos ºº 3 vitórias ºº 3 derrotas ºº Cestinha: Thais Almeida Bonalume – 76 pontos ºº Técnico: Eduardo Cartier Laranjeira ºº Posição: 3º lugar da Copa SC


CONCÓRDIA

ACOB/SENAC/FMEC/APAB/PASSARELA 8 jogos  3 vitórias  5 derrotas  Cestinha: Thuanny Mackowiesky Barcelos Pinto  165 pontos Técnico: Rubens Mascelani Filho  Posição: 4º lugar da Copa SC 

JOINVILLE

GINÁSTICO BASQUETE/FELEJ 6 jogos  2 vitórias  4 derrotas  Cestinha: Palmira Cristina Muratcea – 89 pontos  Técnico: Fabiano Soares Borges  Posição: 9º 

BAL. CAMBORIÚ

ABAVI/FME/BALNEÁRIO CAMBORIÚ 6 jogos  1 vitória  5 derrotas  Cestinha: Gabriela Pedri – 63 pontos  Técnico: João Alberto França Martins  Posição: 10º 

10º

S. MIGUEL DO OESTE

ABASMO/FUNDESMO/LA SALLE PEPERI 6 jogos  0 vitórias  6 derrotas  Cestinha: Suelen Regina Schneider – 60 pontos  Técnico:Osvaldo Augusto Correa de Correa  Posição: 11º 

11º 19


 COMPETIÇÕES ADULTO Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

PREPARAÇÃO  Competição antecede o estadual

BRUSQUE E BLUMENAU, CAMPEÕES DA TAÇA FCB 20

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


R

ealizada antes do início do Campeonato Catarinense de Basketball Adulto, a Taça FCB reuniu 16 equipes, oito masculinas e oito femininas, entre junho e julho. Divididas nas chaves classificatórias – Oeste e Litoral –, a competição teve a fase final disputada no Ginásio Galegão, em Blumenau. Brusque sagrou-se campeão da Taça FCB masculina ao vencer Blumenau por 64 a 61. A terceira colocação ficou com Xaxim, que bateu Videira por 70 a 58. Já no feminino, melhor para Blumenau. As donas da casa bateram Chapecó por 73 a 57. Na disputa pelo bronze, Navegantes derrotou Concórdia por 59 a 43. Participaram da XV Taça FCB Adulto Masculino: Brusque, Blumenau, Joinville e Rio do Sul (chave Litoral); Videira, Concórdia, Xaxim e São Miguel do Oeste (chave Oeste) Participaram da XIII Taça FCB Adulto Feminino: Blumenau, Navegantes, São José e Rio do Sul (chave Litoral); Chapecó, Concórdia, São Miguel do Oeste e Porto União (chave Oeste).

JOINVILLE E SÃO JOSÉ VENCEM A COPA SANTA CATARINA

C

oncomitante à fase decisiva do Campeonato Catarinense de Basketball, a disputa da Copa Santa Catarina reuniu as quatro melhores equipes que não alcançaram classificação ao Final Four. Dessa forma, Joinville e São José foram os vencedores entre os homens e mulheres, respectivamente. Disputada no Ginásio do Sesi, em Brusque, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, a Copa SC masculina foi vencida por Joinville após vitória sobre Florianópolis por 61 a 50. O 3º lugar ficou com Xaxim, que derrotou Rio do Sul por 65 a 53. A competição feminina ocorreu nos dias 13 e 14 de novembro, no Ginásio Nelson Busarello, em Blumenau. O título ficou com São José. A equipe do técnico Paulo Montibello derrotou Navegantes, na final, pelo placar de 28 a 23. Rio do Sul terminou em 3º e, Concórdia, na 4ª posição.

Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

CAMPEÃO  Armador brusquense, Guilherme Machado celebra o título da Taça FCB

JOINVILLE

SÃO JOSÉ

21


 APOIO EMPRESARIAL

Foto: RIC Record/Divulgação/FCB

MÍDIA  Parceria de sucesso

APOIO EMPRESARIAL GARANTE A QUALIDADE DO BASQUETE EM SC 22

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


Foto: Henrique Santos/FCB

N

a abertura do Campeonato Estadual Adulto 2015, em agosto, o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, resumiu a importância das parcerias com as empresas Invest Capitalização, Trimania e Penalty; além da transmissão de jogos para todo o estado através da Record News. “O apoio dos patrocinadores e a transmissão dos jogos pela televisão dão outro patamar à competição. Hoje, o basquete catarinense é referência no Brasil atraindo atletas, treinadores e dirigentes do esporte”, salientou à época. Prova disso, é que a principal competição desenvolvida pela FCB reuniu 22 equipes e teve a transmissão de 13 jogos, incluindo uma semifinal e a decisão do Final Four. A parceria com a Record ainda rendeu uma série de reportagens resgatando a história do basquete no estado, além de conteúdos publicados no Jornal Notícias do Dia, na internet e nos telejornais da emissora de abrangência estadual. Para Oscar Archer, o apoio da televisão proporcionou importantes frutos ao esporte, tanto que novas equipes se interessaram em participar da competição em 2016. Segundo o dirigente, o Campeonato Catarinense de Basketball Adulto: “foi um produto muito bem desenvolvido, de boa aceitação e de uma mídia excelente no ano de 2015”. Além da presença da imprensa, a FCB ainda possibilitou às equipes uma ajuda financeira e entrega de materiais (bolas Penalty, lonas de publicidade, tabelas, entre outros). Tudo isso, graças ao apoio das empresas patrocinadoras. Para Luciano Graneto Vieira, Presidente da Invest Capitalização, a parceria vai além do esporte e envolve o engrandecimento do cidadão catarinense. “Através dos recursos disponibilizados pela Invest Capitalização S.A., por meio do produto Trimania, a FCB contribui proficuamente com o desenvolvimento da modalidade na região, valorizando a prática desportiva como meio de inclusão social, o que nos enche de orgulho e satisfação”. Dessa forma, a Federação Catarinense de Basketball realiza competições sub-12, 13, 15, 17, 19, 3x3 adulto e máster. Ainda apoia financeiramente as equipes; disponibiliza equipamentos indispensáveis à prática do esporte; realiza qualificação de profissionais através de cursos, clínicas, encontro de professores e, a partir de 2016, promove o projeto Basquete para o Amanhã – Trimania/FCB. Sobre a mais nova iniciativa, José Otávio de Queiroga Maciel, sócio Trimania Cap, destaca a importância da parceria no benefício às crianças e jovens de diversos municípios catarinenses. “Hoje, o repasse da cota de resgate do Trimania Cap, Título de Capitalização da Modalidade Popular, representa grande apoio aos projetos desenvolvidos pela Federação Catarinense de Basketball, dando oportunidade de tornar o esporte acessível e popular”. Com tantos parceiros relevantes, serão realizadas mais de 20 competições e atividades em 2016 em busca de continuar aprimorando o esporte em Santa Catarina e tornando, ainda mais, o estado como referência no Brasil.

ANFITRIÃO  Ao lado de Luciano Graneto (InvestCap) e Cinomar José Teodoro (Trimania), prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes (camisa escura), prestigou a abertura do estadual masculino de basquetebol Foto: Divulgação/FCB

PARCERIA  Presidente Oscar (FCB) e José Otávio Queiroga (Trimania) Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

RIC RECORD  Cobertura inédita de televisão aberta Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

APOIO  Equipamentos entregues aos clubes

23


 ENTREVISTA PRESIDENTE Fotos: Adriano de Souza Krischke/FCB

REELEITO  Em reunião que contou com as presenças de Carlos Nunes (Presidente da CBB) e Amarildo Rosa (Presidente da Federação Paranaense de Basketball), Oscar Archer é reeleito para mandato até 2019

OSCAR ARCHER E O BASQUETE CATARINENSE “SOMOS HOJE A SEGUNDA FORÇA DO BASQUETE NACIONAL” 24

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


O

presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, é, acima de tudo, um visionário. Professor da Universidade Federal de Santa Catarina e um dos maiores entusiastas do desporto catarinense, organizou, em 2015, com muito planejamento e dedicação, o maior Campeonato Estadual de Basquete da história, se considerarmos o número de equipes envolvidas, o engajamento dos municípios e a polaridade alcançada, principalmente pela parceria com a RIC/TV Record. Acompanhe, na entrevista a seguir, os motivos que fazem do basquete catarinense o segundo mais importante do país. BASQUETE SC: O Campeonato Estadual Adulto de 2015 foi um

grande sucesso em todos os sentidos. Qual foi o grande segredo dessa conquista? OSCAR ARCHER: O Estadual Adulto foi uma competição muito bem produzida e desenvolvida. Contamos com 22 equipes no masculino e no feminino. Isso foi algo histórico e marcante. Nossa aceitação nos ginásios pelo Estado afora foi impressionante, pois os adeptos do esporte e a imprensa identificaram que se tratava de uma competição estruturada e muito bem organizada. Esses, de fato, foram os grandes diferenciais. Fora a parceria que encaminhamos com a RIC/TV Record, que fez a transmissão ao vivo de nossos jogos. A televisão nos proporcionou uma visibilidade que ainda não havíamos experimentado. A tendência é que toda essa estrutura seja mantida para a competição em 2016. Digo, hoje, com muita tranquilidade, que o basquete catarinense só perde para o paulista em termos de importância em nosso país. BASQUETE SC: Além do estadual adulto, o calendário da

Federação também contou com outras competições para a modalidade... OSCAR ARCHER: Exato. Organizamos antes do Estadual a Taça FCB, que contou com a participação de 16 equipes – oito masculinas e oito femininas. Em paralelo a fase final do Estadual foi a vez da Copa Santa Catarina, que reuniu as quatro melhores equipes que não alcançaram o final four. Tivemos um calendário encorpado e muito bem aproveitado em 2015. BASQUETE SC: Outro grande foco da FCB são as categorias de base. Como está sendo trabalhado o futuro do basquete catarinense? OSCAR ARCHER: Nossas seleções de base alcançaram resultados extremamente expressivos em 2015. Das seis competições disputadas, alcançamos o pódio em cinco. Isso é fruto de um trabalho que envolve os atletas desde a infância. Organizamos as competições Sub-12, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-19 com o intuito de promover o esporte no Estado e revelar novos talentos, como, por exemplo, o pivô Tiago Splitter, atleta que atua na Liga Profissional Americana (NBA) e defende a Seleção Brasileira. Vale destacar, ainda, que vários atletas catarinenses alcançaram conquistas pessoais, sendo protagonistas em várias competições. Isso mostra que estamos no caminho certo, potencializando a formação e a renovação de nossos talentos locais.

BASQUETE SC: A FCB também investiu no desenvolvimento profissional do esporte

através de cursos que promoveu ao longo do ano. Como foi a aceitação dessas ações? OSCAR ARCHER: Foi um grande sucesso. Em 2015, a Federação Catarinense de Basketball promoveu, entre os meses de março e julho, cinco cursos de iniciação à arbitragem no esporte. Com renomados palestrantes, levamos os futuros árbitros a cinco cidades catarinenses (Joinville, Chapecó, Blumenau, Videira e Criciúma). Em março, a FCB, em parceria com o Centro de Ciências e Saúde do Esporte (CEFID), promoveu clínica de padronização da arbitragem em basquete. O evento foi realizado na Udesc, em Florianópolis. Já em maio, a capital também recebeu o 2º Encontro Catarinense de Professores de Basquetebol das Instituições de Ensino Superior. O evento contou com a participação de autoridades do basquete nacional visando divulgar as novidades inerentes à modalidade. E para finalizar, encerramos com muito êxito em 2015, depois de cinco anos, o projeto Núcleos de Basquetebol – Trimania/FCB, que foi oficializado em diversas cidades de Santa Catarina e que tinha como objetivo central o estímulo à prática do esporte associado a atividades educacionais e cívicas. BASQUETE SC: E em relação aos apoiadores, o basquete catarinense está tendo

respaldo?

OSCAR ARCHER: Com certeza! Em minha fala na abertura do Campeonato Estadual Adul-

to 2015, em agosto, destaquei a importância das parcerias com as empresas Invest Capitalização, Trimania e Penalty, além da transmissão de jogos para todo o estado através da Record News. O apoio dos patrocinadores e a exibição de 13 partidas pela televisão deram outro patamar à competição. Hoje, o basquete catarinense é referência no Brasil atraindo atletas, treinadores e dirigentes do esporte. E tudo isso só foi possível graças aos nossos patrocinadores, que também nos apoiam na realização dos cursos, nas competições de base, nas disputas nacionais, enfim, estão ao nosso lado em todos os momentos. Isso fez o nosso basquete catarinense crescer e alcançar patamares fantásticos!

25


 SELEÇÃO DE BASE Fotos: Divulgação/FCB

SELEÇÕES DE BASE ATINGEM BONS RESULTADOS PARA SANTA CATARINA 26

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


A

s seleções catarinenses de base fizeram, em 2015, um bom ano para o basquete do estado. Em seis competições disputadas, os meninos e meninas terminaram no pódio em cinco. Para Oscar Archer, presidente da Federação Catarinense de Basketball, isto é fruto do trabalho que envolve atletas desde a infância. “Organizamos as competições sub-12, 13, 15, 17 e 19 a fim de revelar talentos e difundir o basquete no estado”, salienta o dirigente, que ajudou no surgimento de alguns grandes jogadores como o pivô da NBA, Tiago Splitter, revelado em Blumenau nos anos 90.

Além de bons resultados em quadra, atletas e treinadores de Santa Catarina obtiveram conquistas pessoais. Ingrid Farina, do Basquete Jaraguá, foi escolhida a melhor armadora do Campeonato Brasileiro de Seleções de Basquete sub-17.

Emanuely de Oliveira e Julia Zandonai Schmauch defenderam a Seleção Brasileira Sub-16 na Copa América/Pré-Mundial, realizada em junho. Na época, Emanuely de Oliveira, atleta do Criciúma Basquete Clube, destacou a oportunidade de representar o país e o estado. “Além de vestir as cores do meu país, eu também estou representando Santa Catarina. É a realização de mais um sonho. Quando soubemos da convocação, todo o pessoal que me conhece em Criciúma veio falar comigo e me parabenizar”, disse Emanuely, autora de dez pontos na final da Copa América 2015 vencida pelo Canadá. Quem também teve seus trabalhos reconhecidos foram os técnicos Cordovan de Melo Neto e Anderson Dalla Costa, do Clube Concórdia de Porto União e da ABASMO de São Miguel do Oeste, respectivamente. Ambos foram convocados para a Seleção Brasileira de Basquete Escolar. Junto com outros quatro treinadores, realizaram, em janeiro de 2016, período de treinos, em Sebastião do Paraíso (MG), com 24 atletas (12 meninos e 12 meninas) através do Projeto 2020/24 do Comitê Olímpico Brasileiro.

RESULTADOS MASCULINO

RESULTADOS FEMININO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-17 MASCULINO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-17 FEMININO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-15 MASCULINO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-15 FEMININO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-13 MASCULINO

SELEÇÃO CATARINENSE SUB-13 FEMININO

CATARINENSES NA SELEÇÃO BRASILEIRA

ºº Campeonato Brasileiro: 1ª Divisão ºº Local: Poços de Caldas (MG) ºº Período: 29 de setembro a 15 de outubro de 2015 ºº Classificação: 5º Lugar ºº Campeonato Brasileiro: 2ª Divisão ºº Local: Curitiba (PR) ºº Período: 08 a 13 de agosto de 2015 ºº Classificação: 1º Lugar

ºº Campeonato Sul-brasileiro ºº Local: Toledo (PR) ºº Período: 04 a 08 de novembro de 2015 ºº Classificação: 2º Lugar

ºº Campeonato Brasileiro: 1ª Divisão ºº Local: Poços de Caldas (MG) ºº Período: 29 de setembro a 15 de outubro de 2015 ºº Classificação: 2º Lugar ºº Campeonato Brasileiro: 1ª Divisão ºº Local: Curitiba (PR) ºº Período: 09 a 15 de agosto de 2015 ºº Classificação: 3º Lugar

ºº Campeonato Sul-brasileiro ºº Local: Toledo (PR) ºº Período: 04 a 08 de novembro de 2015 ºº Classificação: 3º Lugar

27


 PROJETOS FCB Fotos: Divulgação/FCB

CAPACITAÇÃO  futuro do esporte em boas mãos

FEDERAÇÃO CATARINENSE INVESTE

NO DESENVOLVIMENTO DOS PROFISSIONAIS DO BASQUETE

28

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


E

m 2015, a Federação Catarinense de Basketball promoveu cinco cursos de iniciação à arbitragem no esporte. Com renomados palestrantes, eles aconteceram nas cidades de Joinville, Chapecó, Blumenau, Videira e Criciúma. Entre os assuntos abordados, destaque para: cronômetro de jogo; operação dos 24 segundos; súmulas e relatórios; interpretação de regras e mecânica de arbitragem. Cursos de Iniciação à Arbitragem em Basquetebol aconteceram nas seguintes cidades e datas: JOINVILLE: 15 A 17/05/2015

ººMinistrante: Ariovaldo Fernandes Carvalho – Árbitro da Federação Catarinense de Basketball desde 1988; árbitro da Confederação Brasileira de Basketball desde 1993.

EDUCAÇÃO  Profissionais reunidos para discutir o esporte

CHAPECÓ: 19 A 21/06/2015

ººMinistrante: Enaldo Batista de Souza – Árbitro da Federação Catarinense de Basketball desde 1994; árbitro da Federação Internacional de Basketball desde 1999. CRICIÚMA: 26 A 28/06/2015

ººMinistrante: Ariovaldo Fernandes Carvalho BLUMENAU: 03 A 05/07/2015

ººMinistrante: Enaldo Batista de Souza VIDEIRA: 10 E 11/07/2015

ººMinistrante: Ariovaldo Fernandes Carvalho No mês de março, a FCB, em parceria com o Centro de Ciências e Saúde do Esporte (CEFID), promoveu clínica de padronização da arbitragem em basquetebol. O evento, realizado na Udesc, em Florianópolis, teve como ministrantes os árbitros internacionais Cristiano Maranho, Guilherme Locatelli e Enaldo Batista de Souza.

UDESC  Evento contou com a participação do reitor Antonio Heronaldo de Souza

ARBITRAGEM  Mais de 50 árbitros fazem parte do quadro da FCB

29


 PROJETOS FCB Fotos: Divulgação/FCB

CAPACITAÇÃO  FCB reúne dezenas de profissionais engajados no ensino do basquete

ENCONTRO REÚNE PROFESSORES E ESTUDANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA

E

m maio, Florianópolis recebeu o 2º Encontro Catarinense de Professores de Basquetebol das Instituições de Ensino Superior. O evento contou com a participação de autoridades do basquete nacional visando divulgar as novidades inerentes à modalidade, refletir sobre aspectos da evolução do esporte no alto rendimento e, principalmente, discutir diretrizes para se traçar o futuro do Basquetebol de Santa Catarina e sua inserção no cenário nacional. Segundo o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, o encontro anual preenche importante lacuna no ensino da modalidade. “Visamos adequar os cursos superiores de Educação Física de Santa Catarina e suas relações com as outras modalidades coletivas, seja

30

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

na escola ou clube, às diferentes formas de manifestação do basquete”, declarou o dirigente e também palestrante. Além de Oscar José Orsi Archer (Presidente da FCB), os docentes Dante de Rose Júnior (Professor da USP e ENTB), Sergio Luiz Carneiro (Professor do Colégio Bom Jesus e Técnico da APAB/Blumenau) e Geraldo Campestrini (Sócio-Diretor da Inspire Sport Business) promoveram palestras e debates, destinados a professores de Basquetebol dos cursos de Graduação e Pós-graduação de Educação Física, acerca dos seguintes temas: reestruturação do basquetebol catarinense; propostas; formação de atletas; plano Estadual para o desenvolvimento do basquetebol; engajamento dos professores de basquetebol do Estado de Santa Catarina.


NÚCLEOS ENCERRAM SUAS ATIVIDADES COM SALDO POSITIVO ENSINO DO BASQUETE E OUTRAS ATIVIDADES ÀS CRIANÇAS CRUZARAM O ESTADO DE 2011 A 2015

D

urante cinco anos, a Federação Catarinense de Basketball promoveu, em parceria com a Trimania, os Festivais de Núcleos. Ao longo desse período, o Projeto – Núcleos de Basquetebol – Trimania/FCB foi oficializado em diversas cidades de Santa Catarina, em busca da prática do esporte, mas também de atividades de educação e civismo como lembra

Oscar Archer, presidente da FCB. “Através de aulas que se destinaram a despertar o interesse pelo basquetebol no seu lado lúdico e social, acredito que tenhamos cumprido nosso objetivo na aprendizagem de uma variedade de habilidades motoras desenhadas para melhorar o desenvolvimento físico, mental, social e emocional de cada criança”, destaca. Em 2015, houve atividades nas cidades de Balneário Piçarras, São José, Guabiruba, Brusque, Nova Trento e Jaraguá do Sul. Além disso, a Federação Catarinense de Basketball distribuiu tabelas, bolas, carros prateleiras, cones e coletes para Núcleos novos e antigos. A partir de 2016, os Festivais de Núcleos darão espaço a outro projeto: Basquete para o Amanhã – Trimania/FCB.

FUTURO  Crianças e jovens têm oportunidades na FCB

31


 ESPECIAL Fotos: Arquivo pessoal Cristiano Maranho/Divulgação/FCB

REFERÊNCIA  Respeito no Brasil e no exterior

CRISTIANO MARANHO

REPRESENTA ARBITRAGEM CATARINENSE NOS PRINCIPAIS CAMPEONATOS DO MUNDO 32

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


Á

rbitro das finais do Campeonato Mundial Masculino de 2010 e dos Jogos Olímpicos de 2012, Cristiano Jesus Maranho integra o quadro da Federação Catarinense de Basketball há mais de dez anos. Desde 1998 na Federação Internacional de Basketball (FIBA), ele ainda tem, em seu currículo, 16 finais de campeonato nacional adulto masculino e mais de 50 internacionais, além de ter trabalhado com jogadores como Lebron James, estrela da NBA. Embora tão prestigiado, Maranho segue apitando partidas em Santa Catarina. “O Campeonato Catarinense de Basketball oferece esta oportunidade de me manter em alto nível devido à sua organização e competitividade. Por ser um dos campeonatos mais competitivos do Brasil, gosto e prefiro apitar no estado”, explica o árbitro. Em 2015, Cristiano Maranho participou de 23 partidas no estadual. Foram 13 jogos pelo adulto masculino e, outros dez, divididos nas categorias adulto feminino, sub-15 e sub-19.

REFERÊNCIA AOS MAIS JOVENS

A

tualmente, a FCB conta com 52 profissionais em seu quadro de arbitragem. Além de Cristiano Maranho, outros três comandam partidas internacionais: Guilherme Locatelli, Enaldo Batista de Souza e Eduardo Albano. Para os jovens, como Hélio Augusto Santos, trabalhar ao lado deles serve como referência na função: “Atuar com árbitros como Cristiano Maranho e Guilherme Locatelli facilita a adquirir experiência. Eles sempre nos oferecem dicas, nos atualizam, e passam suas visões das diversas situações do jogo e das regras. Além de, é claro, estarem num patamar que todo árbitro almeja chegar”. A troca proporcionada nos jogos e no dia a dia contribui para o bom resultado da arbitragem catarinense. Nos dois últimos pré-olímpicos, os dois selecionados para representar o Brasil eram da FCB. Desta forma, Maranho aponta o quadro de Santa Catarina como o melhor do país. “O excelente trabalho realizado tanto pela diretoria quanto pelo departamento de arbitragem da Federação Catarinense de Basketball deu um salto qualitativo na arbitragem catarinense. Acredito que Santa Catarina possui, hoje, o melhor quadro de arbitragem do Brasil, sem sombra de dúvidas”.

EXPERIÊNCIA  Maranho já atuou em duas Olimpíadas

EXPECTATIVA DE MAIS UMA

PARTICIPAÇÃO EM JOGOS OLÍMPICOS

C

om atuações nas Olimpíadas de 2008 e 2012, em Pequim e Londres, respectivamente, Maranho é cotado para participar dos Jogos do Rio de Janeiro. No entanto, projeta 2016 como ano de continuidade em seu trabalho. “Vou esperar pelas convocações internacionais, já que, neste ano, teremos muitas competições em nível mundial”, afirma o árbitro, sem se esquecer do basquete catarinense: “Também seguirei apitando em Santa Catarina, onde se organiza um campeonato de um excelente nível técnico”. Além dos Jogos Olímpicos, Cristiano Jesus Maranho, de 42 anos, pode seguir como integrante da FIBA até 2024, já que o limite para fazer parte do quadro internacional é de 50 anos de idade. Até lá, serão inúmeras competições importantes a enriquecer o currículo desse árbitro da Federação Catarinense de Basketball.

33


 HOMENAGEM Foto: Divulgação/FCB

ANOS 60 E 70  Reverência ao esporte catarinense

JOINVILLE PRESTA HOMENAGEM

A QUEM FEZ HISTÓRIA NO BASQUETE DA CIDADE

34

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


I

PRESIDENTE OSCAR ARCHER RECEBE PLACA DESTAQUE ESPORTIVO PADRÃO EXCELÊNCIA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA

PERFIL IVO KRELLING

E

vo Krelling e Beno Rassweiler, dois ex-atletas do Palmeiras de Joinville, foram homenageados antes da partida entre Joinville e Brusque, pela 2ª rodada do Campeonato Catarinense de Basketball Masculino, no ginásio da Embraco, no norte do estado. Além deles, o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, também recebeu condecoração pelos serviços prestados ao esporte em Santa Catarina.

Entre os muitos títulos no currículo, Ivo guarda com carinho os campeonatos citadinos que costumavam lotar o ginásio Abel Schulz, na época conhecido como Palácio dos Esportes. Ele integrou três gerações do basquete palmeirense e lamenta o fim de um ciclo áureo quando a terceira geração foi deixando as quadras, sem ser substituída. Pelo time alviverde, foi seis vezes campeão estadual. Dos Jogos Abertos de Santa Catarina, participou desde a segunda edição, em 1961, até 84, tendo amealhado 12 medalhas de ouro, seis de prata e três bronzes. Ivo também defendeu a Seleção Catarinense em 15 edições do Brasileiro, pelos times juvenil e adulto. Já veterano, esteve na Seleção Master do Estado nos torneios nacionais de 2003 e 2004, quando encerrou a carreira.

PERFIL BENO RASSWEILER

Beno teve uma importante participação no esporte joinvilense. No basquete, defendeu as cores do Palmeiras (hoje União Palmeiras) e da Seleção de Joinville. Em 1960, ele disputou a primeira edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Rassweiler, falecido em 2012, também foi torcedor do Caxias e conselheiro do JEC.

m solenidade realizada pela Rádio AL, emissora da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, foi uma das 16 personalidades que se evidenciaram por suas atuações no meio esportivo durante o ano de 2015. A premiação aconteceu no mês de dezembro, no Palácio Barriga Verde, em Florianópolis, e reuniu atletas de diversas modalidades, treinadores, além de jornalistas e dirigentes esportivos. “O evento, que está em sua terceira edição, é um reconhecimento do Poder Legislativo aos que, por seu esforço e dedicação, se distinguem no meio esportivo e ajudam a projetar o estado em nível nacional”, destacou a coordenadora da Rádio AL, Gicieli Dalpiaz. Outro desportista ligado ao basque-

te, o professor Gilberto Vaz, coordenador do projeto Baby Basquete, também recebeu a placa através da escolha dos jornalistas que comandam o Programa, da Rádio AL, Esporte na Rede. Criado no ano de 2013, o Destaque Esportivo Padrão Excelência foi idealizado pelo jornalista Eduardo Rocha com o objetivo de dar visibilidade a personalidades que contribuam para o desenvolvimento do desporto em Santa Catarina. “A cada ano, procuramos trazer novos exemplos de luta e vitória que servem de norte para a nossa sociedade e a juventude”, ressaltou Rocha. Além de Oscar Archer e Gilberto Vaz, entre os homenageados de 2015 estiveram Oberdan Vilain, Clube Náutico Francisco Martinelli, Jacqueline Silva e Sandro Pallaoro.

Foto: Eduardo Guedes de Oliveira/Agência AL/FCB

Foto: Adriano de Souza Krischke/FCB

PLACA  Ivo Krelling recebe sua homenagem

35


 MÁSTERS Fotos: Adriano de Souza Krischke/FCB

MÁSTER  Cinco equipes (quatro masculinas e uma feminina) disputaram competições em 2015

VETERANOS VOLTAM ÀS QUADRAS

EM COMPETIÇÕES MÁSTER

36

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


JOGOS ATRAEM QUEM DEDICOU PARTE DA VIDA AO BASQUETE

A

lém de realizar os Campeonatos Estaduais Adulto e Sub 12, Sub 13, Sub 15, Sub 17 e Sub 19, a Federação Catarinense de Basketball promove competições máster. São os veteranos, que já contribuíram para o esporte em Santa Catarina, de volta às quadras. É a oportunidade de rever nomes como Camargo, Capitão e tantos outros. Em março, quatro equipes disputaram o Torneio Máster Feminino de Balneário Camboriú – Troféu 20 Anos da FCB. A competição reuniu representantes da região sul do Brasil: Associação de Basquete Blumenau, Clube Curitibano (Paraná), V. B. Ponta Grossa (Paraná), e Associação de Basquete Porto Alegre (Rio Grande do Sul). Já a primeira etapa do estadual masculino máster ocorreu no início de agosto, em Joinville. A segunda, aconteceu no mês seguinte, no Ginásio do Sesc, no Centro da Capital. Quatro times disputaram a competição: AVAB Florianópolis (1), AVAB Florianópolis (2), Ginástico Basquete / Felej (Joinville) e Segalas (Blumenau).

BENEMÉRITOS E CAMPEÕES DE 2015 SÃO HOMENAGEADOS

E

m março de 2016, a FCB concedeu a Comenda dos Beneméritos a 20 personalidades do basquete catarinense. Acompanhe abaixo a relação dos homenageados:

ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº

Aldo Amadeu Kuerten (In Memoriam) Aldo Marquardt (In Memoriam) Angelo Cunha Airton Thomé de Souza (In Memoriam) Heino Ralf Marx (In Memoriam) Joel Ferreira do Nascimento João Batista Bonassis (In Memoriam) João Carlos Viero João José Vilella Luiz Ernani Buerger Marco Antônio Groinski Crespo Orlando Francisco Müller Oswaldo Meira Reno Camargo Romeo Max Jaehrig Romeu Georg (In Memoriam) Ronaldo Luiz Schreiner (In Memoriam) Rose Helene Alfarth Rozendo Vasconcellos Lima (In Memoriam) Vinícius José Bado

37


 BASQUETE PARA O AMANHÃ Foto: Divulgação/FCB

FUTURO  Basquete voltado a crianças e jovens

FCB ESPERA ATINGIR ATÉ 75 38

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


EQUIPES COM NOVO PROJETO 39


 BASQUETE PARA O AMANHÃ Fotos: Divulgação/FCB

EM SUBSTITUIÇÃO AO PROJETO NÚCLEOS, A FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL INICIA, EM 2016, O BASQUETE PARA O AMANHÃ – TRIMANIA/FCB

O

Projeto Basquete para o Amanhã visa à ampliação da base de participantes, além de se tornar referência esportiva para crianças e jovens na faixa etária compreendida entre 10 e 13 anos (feminino e masculino) nas categorias: sub-12 e sub-13. Em 2015, os “Festivais de Núcleos” envolveram 56 equipes. Neste ano, o objetivo da FCB e seus apoiadores é alcançar 75, divididas em todas as regiões do estado (Oeste, Planalto, Sul, Litoral, Vale do Itajaí e Norte) e com ênfase na questão social e educativa, conforme destaca Luciano Graneto Vieira, presidente da Invest Capitalização, empresa detentora da Trimania. “Em meio a este cenário no qual, para cortar gastos, as empresas reduziram doações a projetos sociais, os Títulos de Capitalização da modalidade Popular são grandes aliados como solução para a continuidade desses nobres propósitos”. A ideia do benefício às crianças e adolescentes é ratificada por José Otávio de Queiroga Maciel, sócio da empresa que dá o nome ao projeto. “A Trimania Cap, enquanto apoiadora deste programa, acredita que o Projeto Basquete para o Amanhã será uma grande oportunidade de tornar o esporte acessível e popular, podendo, assim, beneficiar ainda mais crianças e jovens de diversos municípios catarinenses”.

EDUCAÇÃO PELO ESPORTE

C

ada clube participante deverá conter duas turmas masculinas e/ou duas turmas femininas e desenvolver as competências propostas no projeto com vistas a contribuir também para a educação pelo esporte.

40

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Os treinos serão realizados três vezes por semana para cada turma, com duração de duas horas. As turmas serão formadas de acordo com a competência, capacidade e logística de cada clube.


IMPROVISO  Atividades acontecem nos ginásios e em quadras montadas nas ruas

41


 FCB IMAGENS – CAMPEÕES 2015 Fotos: Divulgação/FCB

42

1

2

3

4

5

6

7

8

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


9

10

11

12

13

14

15

16 43


 FCB IMAGENS – CAMPEÕES 2015 Fotos: Divulgação/FCB

44

17

18

19

20

21

22

23

24

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


25

26

27

28

29

30

31

EQUIPES ADULTO  1. Blumenau: campeã; 2. Blumenau: campeã; 3. Brusque: 2º lugar; 4. Chapecó: 2º lugar; 5. Videira: 3º lugar; 6. Itajaí: 3º lugar; EQUIPES SUB 12  7. Florianópolis: campeã; 8. Joinville: campeã; 9. Piçarras: 2º lugar; 10. São Miguel do Oeste: 2º lugar; EQUIPES SUB 13  11. Bom Jesus: campeã; 12. São Miguel do Oeste: campeã; 13. 2º lugar; 14. Concórdia: 2º lugar; 15. Concórdia: 3º lugar; 16. Joinville: 3º lugar; EQUIPES SUB 15  17. Joinville: campeã; 18. Jaraguá do Sul: campeã; 19. ACOB: 2º lugar; 20. ACAMB: 2º lugar; 21. Porto União: 3º lugar; 22. ADEPI: 3º lugar; EQUIPES SUB 17  23. Concórdia: campeã; 24. Jaraguá do Sul: campeã; 25. AABJ: 2º lugar; 26. Porto União: 2º lugar; 27. Jaraguá do Sul: 3º lugar; 28. São Miguel do Oest: 3º lugar; EQUIPES SUB 19  29. Jaraguá do Sul: campeã; 30. Ginástico: 2º lugar; 31. Concórdia: 2º lugar

45


 NÚMEROS DE 2015 — CALENDÁRIO FCB 2016

JOGOS E EVENTOS DA FCB REALIZADOS EM 2015 JOGOS/EVENTOS

EM 2015

ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº

599 jogos 40 jogos 8 jogos 44 jogos 44 jogos 11 jogos 20 jogos 16 jogos 45 jogos 135 jogos 78 jogos 35 jogos 75 jogos

CAMPEONATO ESTADUAL COPA SANTA CATARINA TAÇA FCB CAMPEONATO SUL BRASILEIROS CAMPEONATO BRASILEIROS DE BASE COPA BRASIL SUPERCOPA BRASIL MASTER FESTIVAIS DE NÚCLEOS LIGA OESTE LIGAS NORTE & LIGA METROPOLITANA LIGAS SUL & SERRANA & VALE DO ITAJAÍ LIGA ESTUDANTIL DE BASKETBALL

ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº

PROJETOS RUAS, PRAÇAS E PRAIAS PROJ. BASQUETEBOL: DESPORTO POPULAR JASC JOGUINHOS OLESC JESC FCDU ASS. GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA CLÍNICA DE ARBITRAGEM CURSOS DE ARBITRAGEM REUNIÕES TÉCNICA COM CLUBES / LIGAS CLÍNICA DE PADRONIZAÇÃO ENCONTRO CAT. DE PROFES. DE BASQUETE TOTAL DE JOGOS E EVENTOS NO ANO

8 eventos 65 eventos 54 jogos 76 jogos 118 jogos 20 jogos 8 jogos 3 eventos 1 evento 5 eventos 3 eventos 1 evento 1 evento 1.513

EVENTOS DA FCB PROGRAMADOS PARA 2016 EVENTO

ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº ºº

46

BASQUETEBOL 3X3 (RUAS, PRAÇAS E PRAIAS) ASSEMBLEIA GERAL E REUNIÃO TÉCNICA CLUBES CLÍNICA SC – PADRONIZAÇÃO DE ARBITRAGEM SOLENIDADE – BENEMÉRITOS E MELHORES DO ANO CAMPEONATOS ESTADUAIS SUB 15 E 17 M/F LANÇAMENTO DO PROJETO BASQUETE PARA O AMANHÃ SUB 12 E 13 M/F ASSINATURA DE CONTRATOS/ENTREGA DE MATERIAIS CURSOS DE INICIAÇÃO À ARBITRAGEM – NÍVEL 1 (LIGAS/FCB) CAMPEONATOS ESTADUAIS SUB 13 M/F COPA SC & TAÇA FCB – SUB 17 M/F CURSOS DE INICIAÇÃO TÉCNICA NÍVEL 1 (LIGAS/FCB) TAÇA FCB ADULTO M/F COPA SC ADULTO M/F CURSOS DE INICIAÇÃO À ARBITRAGEM – NÍVEL 2 (LIGAS/FCB) FESTIVAL REGIONAL TRIMANIA/FCB SUB 12 E SUB 14 – CRI-ITA-JOI – LIGAS FESTIVAL REGIONAL TRIMANIA/FCB SUB 12 E SUB 14 – CHA-LAG-FLN – LIGAS CURSOS DE INICIAÇÃO TÉCNICA – NÍVEL 2 (LIGAS/FCB) CAMPEONATO ESTADUAL ADULTO – M/F CAMPEONATOS ESTADUAIS SUB 19 M/F CAMPEONATOS ESTADUAIS SUB 12 M/F CURSOS DE INICIAÇÃO À ARBITRAGEM – NÍVEL 3 (LIGAS/FCB) ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES ESPORTIVAS OFICIAIS DA FCB

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

PROGRAMAÇÃO

Janeiro a Dezembro Fevereiro Fevereiro Março Março a Agosto Abril Abril Abril Abril Abril Maio Maio Maio Junho Junho Junho Julho Julho a Outubro Agosto a Outubro Agosto a Novembro Setembro Dezembro


RevistaFCB-001  

Entre as novas ações encabeçadas pela FCB que visam potencializar a divulgação do basquete catarinense, foi criada a Revista Basquete SC, qu...

RevistaFCB-001  

Entre as novas ações encabeçadas pela FCB que visam potencializar a divulgação do basquete catarinense, foi criada a Revista Basquete SC, qu...

Advertisement