Page 1

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Ano 2 • # 4 • Março 2017 Florianópolis • Santa Catarina Distribuição gratuita e dirigida. www.basket-fcb.com.br

SUPERAÇÃO

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL FOGE DA CRISE E ALCANÇA RESULTADOS EXPRESSIVOS EM 2016 BASQUETE CATARINENSE DE VOLTA AO CENÁRIO NACIONAL ENTREVISTA

GALERIA E FICHA TÉCNICA SELEÇÕES DE BASE CONQUISTAM DOS CAMPEÕES ESTADUAIS TÍTULOS IMPORTANTES

EX-PIVÔ DA SELEÇÃO BRASILEIRA, OLÍVIA ENCERRA A CARREIRA EM SANTA CATARINA


Z515

TRÊS PONTOS. | 1 | BOLA OFICIAL CBB | 2 | APROVADA PELA FIBA | 3 | DUPLAMENTE TESTADA.

A PENALTY É UMA MULTINACIONAL BRASILEIRA QUE FABRICA PRODUTOS ESPORTIVOS DE ALTA QUALIDADE E APROVADOS PELOS MAIS ALTOS PADRÕES INTERNACIONAIS DE QUALIDADE.

OFICIAL CBB

APROVADA PELA FIBA

É do Brasil.


 COM A PALAVRA, OS EDITORES

2016, O ANO DA SUPERAÇÃO

A

palavra crise dominou o noticiário brasileiro no ano passado. Em Santa Catarina, o cenário não foi diferente. Somente casos pontuais tiveram o que comemorar em 2016, entre eles o basquete catarinense; fruto de gestão competente, parcerias exitosas e equipe de trabalho ajustada. Sob comando do professor Oscar Archer, a Federação Catarinense de Basketball (FCB) novamente bateu recordes dentro e fora das quadras com a realização de 1300 jogos e ações esportivas, sociais e educativas. O ponto alto ficou por conta do Campeonato Catarinense de Basquete, que reuniu 22 equipes e recebeu amplo acompanhamento da mídia. Além da renovação da parceria com a RIC/TV Record para transmissão em TV aberta de 13 jogos, houve intensa cobertura das demais emissoras de rádio, televisão, internet e jornal tanto no naipe masculino quanto no feminino. Talvez a principal notícia para o basquete catarinense, no entanto, tenha vindo no apagar das luzes de 2016: a confirmação de quatro equipes no Campeonato Brasileiro após anos de ausência. Com suporte da FCB, os amantes do esporte têm a oportunidade de reviver os tempos áureos e novamente lotar os ginásios como fizeram na década passada. Com diversas situações relevantes produzidas pela Federação Catarinense de Basketball, a 4ª edição da Revista BasqueteSC busca

reunir os principais fatos desenvolvidos no ano passado e projetar os próximos passos do esporte em Santa Catarina. Assim, caro leitor, você terá a oportunidade de ver nas próximas páginas a repercussão do trabalho desenvolvido em 2016 por dirigentes, atletas, técnicos e árbitros; bem como acompanhar os resultados obtidos por cada um através de reportagens exclusivas e galeria de campeões. Ainda nesta edição, produzimos entrevistas especiais: Olívia, ex-pivô da seleção brasileira, que escolheu Santa Catarina para encerrar sua carreira e a técnica Aline Wonsick, vitoriosa comandante das meninas de Chapecó, que após vencer todas as categorias de base, finalmente sagrou-se campeã catarinense adulta. Para finalizar, a Revista BasqueteSC traz o reconhecimento àqueles que construíram a história do basquete no estado e agora compõem a Turma III dos beneméritos, dessa forma, inspirando os novos talentos da modalidade a continuar treinando para atingir patamares cada vez maiores, levando, assim, o esporte de Santa Catarina para o Brasil e o mundo.

BOA LEITURA! OS EDITORES

3


 COM A PALAVRA, O PRESIDENTE Foto: Divulgação/FCB

OSCAR ARCHER ANALISA 2016 COMO O ANO DA CONSOLIDAÇÃO DO BASQUETE EM SANTA CATARINA A FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL QUER CONSTRUIR UMA VISÃO DE ESPORTE”

E

m 2016, o professor Oscar Archer completou mais um ano à frente da Federação Catarinense de Basketball com êxito. Com a realização de mais de 1500 ações, a entidade demonstra estar na vanguarda do esporte brasileiro combinando recordes nas competições e atividades desenvolvidas com o reconhecimento da mídia e sociedade de Santa Catarina. Sendo assim, é possível dizer que o sucesso da FCB em 2016 está alicerçado nos pilares enumerados pelo presidente Oscar Archer.

4

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


PARCERIAS AMPLIAÇÃO DE PRATICANTES irigir uma entidade de administração esportiva de âmbito esutro fato relevante que podemos citar, para atender essa necessiDtadual é uma responsabilidade que requer compromisso e de- Odade identificada no Planejamento Estratégico elaborado em 2014 dicação. Essa tem sido a tônica da nossa equipe que conta com a satisfação de ser parceiro da Trimania Cap. Esses predicados se tornam ainda mais necessários devido ao teor legal e jurídico que demandam das atividades financiadas por tal fonte. Por meio do produto Trimania Cap, desde 2009, a FCB se tornou pioneira no Brasil, e consolidando sua estrutura na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). Hoje, esse produto está em todos os estados do país com o modelo desenvolvido aqui.

ATIVIDADES E COMPETIÇÕES m 2016, houve mais de 1.500 atividades divididas entre as Ecompetições exclusivas da Federação, das Ligas Regionais fi-

liadas e das que acontecem com a chancela da FCB: caso das competições da FESPORTE, tais como JASC, Joguinhos Abertos, OLESC e JESC; da Federação Catarinense de Desporto Universitário – FCDU; da Confederação Brasileira de Basketball; e de outras instituições que nos solicitam. Tivemos ainda como pontos a destacar, a realização de três torneios Sul-brasileiros (Sub 13, Sub 15 e Sub 17) realizados e patrocinados pela Federação, em caráter supletivo, pela não realização dos campeonatos brasileiros de base devido à crise na CBB. Tal decisão teve que ser tomada para evitar que essa geração ficasse sem uma competição de tamanha importância. Nesses eventos, contamos com a participação das seleções dos estados vizinhos e como convidado especial chamamos o Caaguazu, uma forma de estreitarmos relações com o Paraguai. No Sub 13, trouxemos a seleção do estado do Alagoas. Esses três eventos aconteceram tanto no masculino como no feminino com toda uma estrutura de alimentação, alojamento, arbitragem e premiação.

ARBITRAGEM aralelo às Clínicas Técnicas, houve investimento em outro elePmento do tripé: os árbitros. Com uma tarefa a ser desenvolvida

pelas seis Ligas Regionais: LNB, LIBAVI, LBSC, Serrana, LOCAB e Metropolitana, a FCB, dentro da atividade de ampliação da base e do programa de iniciação desportiva, tem o Projeto de Iniciação à Arbitragem. Dessa forma foram ministrados seis cursos, um em cada região de abrangência da Liga. Esses cursos culminaram com um Acampamento de Arbitragem, que contou com o Instrutor e destaque da arbitragem brasileira Cristiano de Jesus Maranho. Além disso também participou a equipe de arbitragem convidada para avaliar os novos 60 oficiais de quadra e mesa que se apresentaram no Acampamento, fato inédito na história da Federação Catarinense de Basketball.

com várias atividades previstas, destaca-se a ampliação da base de praticantes de basquete de quadra. Como pilar principal de incentivo à iniciação desportiva ao basquete temos o Projeto Basquete Para o Amanhã. Dessa forma, fixamos os esforços em três elementos primordiais ao jogo de basquetebol: técnicos, árbitros e atletas.

TÉCNICOS o que tange aos técnicos, promovemos três clínicas e fizemos Nparcerias com as universidades locais. Em Joaçaba, dias 17 e

18/06, com a UNOESC, promovemos a primeira de três clínicas com a presença de 53 técnicos, sendo 27 novos profissionais que ingressaram nos registros da FCB. Na segunda clínica, em parceria com o CEFID na UDESC, dias 12 e 13/08, houve um número maior de participantes: 59 técnicos. E por fim, em Blumenau, em parceria com o Colégio Bom Jesus, nos dias 02 e 03/09.

ATLETAS or último e não menos importante, os atletas. Foram investidos Pmais de R$ 1 milhão em subsídios aos clubes para que as cate-

gorias Sub 12 e Sub 13 se desenvolvessem. Isso ocasionou um incremento no número de inscrições de equipes e consequentemente no de atletas. Foram 92 equipes: 25 Sub 12 masculina, 20 Sub 12 feminina, 26 Sub 13 masculina e 21 Sub 13 feminina. Isso significa mais de 1.800 atletas jogando basquete, movimentando toda uma cadeia necessária para acontecer esse jogo maravilhoso.

CONSOLIDAÇÃO ão podemos deixar de falar no sucesso de participação dos Ncampeonatos adultos (masculino e feminino). Entre os homens,

houve recorde de participação com 13 equipes. E, pelo segundo ano consecutivo, a transmissão pela Record News.É com essa performance que a Federação Catarinense de Basketball quer construir uma visão de esporte, preocupando-se com a formação e tratando da consolidação para a sustentabilidade. Buscamos novas parcerias e desenvolvimento do mercado para, acima de tudo, pensarmos o futuro em que o esporte possa alinhar a prática esportiva como ferramenta de desenvolvimento social e educacional.

OSCAR ARCHER

PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

5


 NESTA EDIÇÃO

 EXPEDIENTE

Foto: Adriano Krischke/FCB

Diretoria FCB

2015 / 2019

Oscar José Orsi Archer Nelson da Silva Aguiar DIRETOR FINANCEIRO E DE PATRIMÔNIO Ênio Feller DIRETOR JURÍDICO Fábio Pamplona Deschamps PRESIDENTE

VICE PRESIDENTE

Conselho Fiscal TITULARES SUPLENTES

Paulo Roberto Cunha Carlos Luiz de Oliveira Henrique Guilherme Koettker

Luiz Ernani Bueger Francisco Amorim Neto – Licenciado Mário Sergio Steffen – Licenciado

Assessoria

Luciano Davies Zappelini Franciele Oliveira Veiga PLANEJAMENTO GERAL Jairo Anello COMISSÃO DE ARBITRAGEM José Carlos Conte / Luiz Gastão Neves Dubois / Cristiano Jesus Maranho COORDENADOR TÉCNICO Luiz Gastão Neves Dubois TÉCNICO Luiz Gastão Neves Dubois COORD. DE REGISTRO E DOCUMENTAÇÃO Adriano de Souza Krischke ASSESSORIA JURÍDICA Mariana Kovalski Archer TESOURARIA E CONTABILIDADE Irland Vieira ADMINISTRATIVO Clóvis Feller REGISTRO E DOCUMENTAÇÃO Adriano de Souza Krischke ATIVIDADES DE SELEÇÕES Luiz Ernani Buerger NÚCLEOS ESTUDANTIS TRIMANIA/FCB Nelson da Silva Aguiar / Julio Rocha ATIVIDADES MASTER Adílson Nunes Pires MARKETING, DIVULGAÇÃO E SITE Mariana Kovalski Archer ATENDIMENTO Stefanni Kras Dorvalina SECRETÁRIO GERAL

SECRETÁRIA EXECUTIVA

www.basket-fcb.com.br REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL Ano 02 / Nº 04 – Março de 2017

JORNALISTAS RESPONSÁVEIS

EDIÇÃO GRÁFICA / ARTES REVISÃO ORTOGRÁFICA

Nikolas Stefanovich (SC/JP 2122) Henrique Santos (SC/JP 3473) Isaias Zaião –  48 99173.1279 Juçá Fialho Vazzata Dias

A Revista BasqueteSC é uma edição trimestral da Federação Catarinense de Basketball. Todos os direitos são reservados, sendo proibida a reprodução total ou parcial de qualquer artigo ou imagem desta obra sem a autorização por escrito da FCB. A Revista BasqueteSC não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas assinadas e/ou dos anúncios publicitários. Todo conteúdo voltado a publicação nesta revista deve ser enviado devidamente identificado.

6

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

10

BRUSQUE É CAMPEÃO CATARINENSE DE 2016


Foto: Divulgação/FCB

OUTROS DESTAQUES...

CHAPECÓ LEVA O TÍTULO DE 2016 NO BASQUETE FEMININO

14

12

BASQUETE DE SC TEM A MAIOR COBERTURA EM CANAIS ABERTOS

20

COM APOIO DA FCB, O ESPORTE VOLTA AO CENÁRIO NACIONAL

24

OLÍVIA: APÓS 30 ANOS, ATLETA ENCERRA CARREIRA NO BASQUETE

32

FCB PROMOVE ENCONTRO PARA FORMAÇÃO DE ÁRBITROS

34

GRANDE FESTA PREMIA OS MELHORES DO BASQUETE DE 2016

36

GALERIA COM AS EQUIPES CAMPEÃS DE 2016

Foto: Adriano Krischke/FCB

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

COMPETIÇÃO TEM RECORDE DE EQUIPES PARTICIPANTES

17

Ano 2 • # 4 • Março 2017 Florianópolis • Santa Catarina Distribuição gratuita e dirigida. www.basket-fcb.com.br

Foto: Divulgação/FCB

SUPERAÇÃO

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL FOGE DA CRISE E ALCANÇA RESULTADOS EXPRESSIVOS EM 2016 BASQUETE CATARINENSE DE VOLTA AO CENÁRIO NACIONAL ENTREVISTA

SELEÇÕES DE BASE LEVAM SC AO CENÁRIO NACIONAL

29

GALERIA E FICHA TÉCNICA SELEÇÕES DE BASE CONQUISTAM DOS CAMPEÕES ESTADUAIS TÍTULOS IMPORTANTES

EX-PIVÔ DA SELEÇÃO BRASILEIRA, OLÍVIA ENCERRA A CARREIRA EM SANTA CATARINA

CAPA  Nesta edição, criamos uma montagem com alguns momentos importantes do ano de 2016, ilustrando a boa fase do esporte apoiado pela federação catarinense de basketball

7


 FLAGRANTE 8

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


Foto: Henrique Santos/FCB

CASA CHEIA

T

orcedores de Blumenau e Brusque lotaram o Ginásio Galegão para a decisão do Campeonato Catarinense de Basquete. No fim, melhor para os brusquenses que se sagraram campeões estaduais após derrotarem os anfitriões por 67 a 58. 9


 ESTADUAL MASCULINO Fotos: Henrique Santos/FCB

FINAL  Mesmo fora de casa, Brusque (vermelho) superou Blumenau na decisão do Campeonato Catarinense de Basquete

BRUSQUE É CAMPEÃO

CATARINENSE DE BASQUETE 2016 10

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


EQUIPE BRUSQUENSE RECUPEROU A HEGEMONIA APÓS DOIS VICES CONSECUTIVOS

D

epois de perder o título de 2015 em seus domínios, a AD Brusque deu o troco e bateu a APAB em pleno Ginásio Galegão, na cidade de Blumenau, conquistando o Campeonato Catarinense de Basquete 2016. Nem mesmo os mais de mil torcedores presentes conseguiram levar os blumenauenses ao tricampeonato e viram o time da casa perder a decisão do quadrangular final por 67 a 58. A vitória conquistada, em 5 de novembro, foi a 10ª consecutiva da AD Brusque/FME/UNIFEBE/Aradefe no estadual. O feito mereceu elogios do treinador Alexandre Barros, que assumiu o time no início de 2016. "O mérito dessa conquista é dos jogadores. Eles foram incríveis e levaram Brusque ao título após dois vices seguidos. Fechamos a competição com uma arrancada de dez vitórias consecutivas", enalteceu o popular Bicudo. Do outro lado, o treinador Christian Nau lamentou a derrota em casa, mas viu um jogador de seu time ser condecorado como o maior pontuador da competição. O prêmio foi dado ao blumenauense Luiz Henrique Semmke dos Santos, autor de 321 pontos.  QUASE 1000 JOGOS REALIZADOS EM 2016: Depois de oito meses de competições promovidas pela Federação Catarinense de Basketball, em 2016, o presidente da entidade, Oscar Archer, destacou a grande quantidade de jogos realizados neste ano. "Foram 965 partidas contando os campeonatos estaduais sub-12, 13, 15, 17, 19 e adulto. Se contarmos os Festivais de Núcleos, Projeto Basquete para o Amanhã e as categorias máster, esse montante ultrapassa os mil jogos realizados pela FCB em 2016", celebrou o dirigente.

TETRA  AD Brusque levou o 4º troféu para o basquete da cidade

JOINVILLE BATE VIDEIRA E FICA COM O 3º LUGAR

N

a primeira partida disputada no último dia do quadrangular final, a AABJ venceu a AVIBA por 97 a 65 e conquistou o 3º lugar. Além disso, os joinvilenses tiveram o atleta Lucas Gabriel Vezaro eleito como o destaque do Campeonato Catarinense de Basquete.

11


 BASQUETE NA TV Foto: Adriano Krischke/FCB

MAIS DE 30 HORAS DE TRANSMISSÕES EM TV ABERTA

BASQUETE É A SEGUNDA MODALIDADE NA TV BRASILEIRA

P

elo segundo ano consecutivo, a Record News SC mostrou o Campeonato Catarinense de Basquete Masculino para todo o estado de Santa Catarina. Foram destinadas mais de 30 horas para a transmissão via Record News SC de 13 jogos. As equipes da emissora percorreram cinco mil quilômetros para levar aos telespectadores todos os detalhes da competição. A narração ficou por conta de Clayton Ramos, profissional que tem experiência em grandes coberturas esportivas, como a Copa do Mundo de Futebol na África do Sul e os Jogos Olímpicos de Londres. Comentaristas e repórteres também acompanharam todos os detalhes das partidas, movimentando uma grande estrutura. “O basquete é a segunda modalidade com mais transmissão na TV aberta, com repercussão em todas as faixas etárias. O Grupo RIC trouxe uma grande visibilidade para a competição, seja pela Record News SC, pelo jornal Notícias do Dia ou pelas nossas redes sociais que somam mais de um milhão de seguidores”, afirma Reynaldo Ramos Junior, diretor superintendente do Grupo RIC SC. Para o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, a parceria trouxe grande visibilidade e repercussão. “Esta parceria contribui para o fortalecimento da modalidade. A palavra basquete está consolidada no Estado, vemos os frutos disso e com todas as razões haveremos de continuar este processo”, afirma. A FCB planeja um 2017 com extenso calendário, serão dez campeonatos estaduais masculinos e femininos. “Temos ações dentro e fora de quadra. De 1º de março até 30 de novembro, vamos atuar de maneira completa e com muito trabalho com diversos investimentos como o projeto Basquete do Amanhã que forma árbitros e novos técnicos”, defende Oscar.

12

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

RIVAIS  Florianópolis enfrenta o São José


Quadrangular Final – CCB Masculino QUINTA-FEIRA (03/11) !! A.D. Brusque/FME/UNIFEBE/Aradefe 59 x 56 AABJ/FELEJ/ Embraco/Ciser/Selbi/Dettecore/Millium

!! APAB/FMD/FURB/Taschibra/Altenburg/INCAPE 84 x 66 AVIBA/UNOESC/FMEV

SEXTA-FEIRA (04/11) !! AABJ/FELEJ/Embraco/Ciser/Selbi/Dettecore/Millium 80 x 83 APAB/FMD/FURB/Taschibra/Altenburg/INCAPE

!! A.D. Brusque/FME/UNIFEBE/Aradefe 76 x 66 AVIBA/ UNOESC/FMEV

SÁBADO (05/11) !! AVIBA/UNOESC/FMEV 65 x 97 AABJ/FELEJ/Embraco/Ciser/ Selbetti/Decore/Millium

!! APAB/FMD/FURB/Taschibra/Altenburg/INCAPE 58 x 67 A.D.Brusque/FME/UNIFEBE/Aradefe

13


 ESTADUAL FEMININO Foto: Divulgação/FCB

CAMPEÃS  Após quatro vices seguidos, Chapecó vence o Campeonato Catarinense de Basquete

CHAPECÓ SUPERA VASTO VERDE E

CONQUISTA O CAMPEONATO

CATARINENSE DE BASQUETE FEMININO 14

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


APÓS DIVERSAS FINAIS, MENINAS DO OESTE CONSEGUIRAM SUPERAR AS RIVAIS DE BLUMENAU ATLETA DESTAQUE DA COMPETIÇÃO  Fernanda de Brito Santana

EQUIPE TÉCNICA  Profissionais cuidaram do sucesso da competição

D

epois de quatro vezes seguidas na 2ª posição, o Clube de Basquete Chapecó conseguiu vencer o grande rival Vasto Verde/Blumenau, por 57 a 51, sagrando-se campeão catarinense de basquete feminino em 8 de outubro. Com três vitórias no quadrangular final, o time comandado pela técnica Aline Wonsick ainda teve a maior pontuadora da competição. O prêmio ficou com a chapecoense Glenda, autora de 186 pontos. “Foram quatro anos batalhando por algo e dessa vez conseguimos mudar a história, superar nossos limites e soltar aquele grito de vitória que estava engasgado”, celebrou a treinadora campeã. Disputadas no ginásio Ivo Silveira, em Chapecó, as finais do Campeonato Catarinense de Basquete Feminino contaram com quatro equipes. Elas jogaram entre si até a rodada final na tarde de sábado (8 de outubro), quando Chapecó alcançou o título inédito. Na disputa do terceiro lugar, na preliminar da final, Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul venceu Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ por 62 a 54.

Quadrangular Final – CCB Feminino QUINTA-FEIRA (06/10) !! Vasto Verde/Blumenau 83 x 24 Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul

!! CB Chapecó 54 x 35 Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ

SEXTA-FEIRA (07/10) !! Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ 36 x 89 Vasto Verde/Blumenau

!! Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul 28 x 75 CB Chapecó

1º LUGAR  Capitã chapecoense levanta o troféu de Campeão Catarinense

SÁBADO (08/10) !! Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ 54 x 62 Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul

!! CB Chapecó 57 x 51 Vasto Verde/Blumenau

15


 ENTREVISTA COM ALINE Foto: Divulgação/FCB

MEDALHAS  Oscar Archer, presidente da FCB, entrega medalhas da equipe nas mãos da treinadora

10 ANOS DE BASQUETE COM

ALINE WONSICK BASQUETESC: Como foi sua trajetória no

basquete de Chapecó até conquistar o título estadual em 2016? ALINE: Em 2006, iniciei o trabalho com equipes de base (mini e mirim) e já conquistamos nosso primeiro título. Após vencer nas categorias Mirim, Infantil, Infanto, Sub-19, Olesc (Olimpíada Estudantil Catarinense), Jesc (Jogos Escolares Catarinenses), Brasileiro Escolar, Pan-Americano Escolar, Sul-Americano Escolar, e Joguinhos, chegou o momento de arriscar como técnica do adulto. Em 2012, montamos um time mesclado. As atletas participantes de todas essas conquistas, unidas às mais experientes que eram treinadas até então pelo professor Lima, formaram um novo time adulto e já de cara conquistaram a primeira medalha de Chapecó nos Jogos Abertos (JASC), quando ficamos em segundo lugar, assim

16

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

como no Estadual. A história se repetiu em 2013, 2014 e 2015. Além disso, houve os títulos na Liga Desportiva Universitária e dois bronzes nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS). Até que em 2016 veio o esperado título do Estadual Adulto. BASQUETESC: Qual o diferencial da equipe de Chapecó para derrotar Blumenau após vários anos? ALINE: Após quatro anos de bola batendo "no aro", era preciso trabalhar de outra forma. O elenco foi praticamente renovado e no ano todo houve muita ênfase à coletividade. Essa doação de todas as atletas para a equipe foi o diferencial. BASQUETESC: Como será o trabalho durante 2017? ALINE: Para 2017, ainda estamos em formatação do elenco, mas vamos procurar trabalhar como em 2016, com grande atenção para as partes física e psicológica.

 ALINE TREINA O CLUBE DE BASQUETE CHAPECÓ: Campeã em todas as categorias defendendo as cores de Chapecó, a técnica Aline Wonsick almejava o título adulto. Foram anos de batalha até que o troféu veio em 2016, coroando os dez anos de trabalho na cidade do Oeste catarinense.

PRÊMIO  Aline recebe troféu Destaque Esportivo 2016 na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Foto: Eduardo Guedes de Oliveira/Agência AL


 FICHAS TÉCNICAS MASCULINO

RECORDE DE

PARTICIPANTES

E EQUILÍBRIO DISPUTAS EMOCIONANTES NAS FASES DE CLASSIFICAÇÃO E FINAIS MARCARAM A COMPETIÇÃO

O

Campeonato Catarinense de Basquete 2016 contou com 22 equipes, representando 15 cidades e cinco regiões do estado (Grande Florianópolis, Serra, Norte, Vale do Itajaí e Oeste). Houve 13 participantes no naipe masculino (recorde na história da competição) e nove no feminino. O número expressivo entre os homens provocou grande equilíbrio. "O Campeonato Estadual Adulto de 2016 está o mais equilibrado da história de Santa Catarina. Em 32 anos de basquete, não lembro de nada parecido, nem em categorias de base", revelou em setembro o comandante de Blumenau, Christian Nau. O cenário se repetiu entre as mulheres, tanto que Chapecó quebrou a hegemonia do Vasto Verde/Blumenau e ainda viu o crescimento das riosulenses do Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul. Elas terminaram na terceira posição, superando o tradicional time joinvilense da Sociedade Ginástica.

1º BRUSQUE

2º BLUMENAU

A. D. BRUSQUE/FME/ UNIFEBE/ARADEFE !! !! !!

15 jogos: 13 vitórias e 2 derrotas Cestinha: Rodrigo Gomes da Silva – 164 pontos Técnico: Alexandre Barros da Rocha

APAB/ALTENBURG/FMD/ FURB/TASCHIBRA/INCAPE !! !! !!

3º JOINVILLE 15 jogos: 9 vitórias e 6 derrotas

Cestinha: Lucas Gabriel Vezaro – 285 pontos Técnico: George Rodrigues Salles

Cestinha: Luiz Henrique Semmke – 321 pontos Técnico: Christian Gerhard Nau

4º VIDEIRA

AABJ/FELEJ/EMBRACO/CISER/ SELBETTI/DECORE/MILLIUM !! !! !!

15 jogos: 11 vitórias e 4 derrotas

AVIBA/UNOESC/ FMEV !! !! !!

17 jogos: 8 vitórias e 9 derrotas Cestinha: Wanderson Jesus Jovino – 278 pontos Técnico: Fábio de Oliveira Wonzoski

17


 FICHAS TÉCNICAS MASCULINO

5º JOAÇABA ABLUJHE UNOESC !! !! !!

14 jogos: 11 vitórias e 3 derrotas Cestinha: David Willian Perusso – 290 pontos Presidente: Jéssica Mota

6º CONCÓRDIA

ACOB/SENAC/PASSARELA/ FMEC !! !! !!

14 jogos: 8 vitórias e 6 derrotas Cestinha: Anderson Luiz Flach – 166 pontos Técnico: Rubens Mascelani Filho

7º XAXIM

A. D. BRUSQUE/FME/ UNIFEBE/ARADEFE !! !! !!

12 jogos: 8 vitórias e 4 derrotas Cestinha: Heitor Attolini Neto – 267 pontos Técnico: Ivan Atolini

8º SÃO JOSÉ C. D. INDEPENDENTE/ SÃO JOSÉ !! !! !!

10 jogos: 6 vitórias e 4 derrotas Cestinha: Maxwell Dias Ribeiro – 166 pontos Técnico: Vicente Kalbusch

9º RIO DO SUL

PROJETO ESCOLA BASQUETE/FMD RIO DO SUL !! !! !!

12 jogos: 6 vitórias e 6 derrotas Cestinha: Otavio dos Santos Medeiros – 148 pontos Técnico: Eduardo Cartier Larangeira

10º FLORIANÓPOLIS ADIEE/ AVAÍ !! !! !!

10 jogos: 2 vitórias e 8 derrotas Cestinha: Diego Ribeiro dos Santos – 152 pontos Técnico: Kênyo da Silva Nunes

11º LAGES

12º B.CAMBORIÚ

APABLA / FME LAGES !! !! !!

18

12 jogos: 2 vitórias e 10 derrotas Cestinha: Gabriel do Nascimento Elói – 167 pontos Técnico: João Altamiro de Moraes Lopes

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

13º S. M. OESTE

ABAVI/FME/ BALNEÁRIO CAMBORIÚ !! !! !!

10 jogos: 0 vitórias e 10 derrotas Cestinha: César Augusto de Oliveira – 126 pontos Técnico: Maikon Guérios

ABASMO/P. M. SÃO MIGUEL DO OESTE/LA SALLE PEPERI !! !! !!

12 jogos: 0 vitórias e 12 derrotas Cestinha: Fabricio Luiz Basso – 103 pontos Técnico: Anderson Rodrigo Dalla Costa


 FICHAS TÉCNICAS FEMININO

3º RIO DO SUL

PROJETO ESCOLA BASQUETE/FMD RIO DO SUL !! !! !!

9 jogos: 5 vitórias e 4 derrotas Cestinha: Camila Schneider – 168 pontos Técnico: Eduardo Cartier Larangeira

4º JOINVILLE SOCIEDADE GINÁSTICA JOINVILLE/FELEJ !! !! !!

11 jogos: 5 vitórias e 6 derrotas Cestinha: Luciana de Angeloni Borges – 147 pontos Técnico: Fabiano Soares Borges

5º ITAJAÍ

COLÉGIO SALESIANO !! !! !!

8 jogos: 5 vitórias e 3 derrotas Cestinha: Larissa Fernanda Porto Maciel – 158 pontos Técnico: Gustavo Ziolla Bussmann

6º S. M. OESTE ABASMO/FUNDESMO/LA SALLE PEPERI !! !! !!

6 jogos: 2 vitórias e 4 derrotas Cestinha: Fernanda da Costa Bibiano - 146 pontos Técnico: João Almeida Camargo Neto

7º B.CAMBORIÚ ABAVI/FME/ BALNEÁRIO CAMBORIÚ !! !! !!

8 jogos: 1 vitória e 7 derrotas Cestinha: Gabriela Pedri – 71 pontos Técnico: Maikon Guérios

8º SÃO JOSÉ INDEPENDENTE/ SÃO JOSÉ !! !! !!

1º CHAPECÓ

2º BLUMENAU

C.B. CHAPECÓ !! !! !!

9 jogos: 9 vitórias e 0 derrotas Cestinha: Glenda Maria de Jesus Cruz – 186 pontos Técnico: Aline Fagundes Wonsick

!! !! !!

BEAGLE / UNIASSELVI / FMD / PÉRICLES BY MOTORS / ZEUS DO BRASIL / VASTO VERDE 11 jogos: 10 vitórias e 1 derrota

Cestinha: Fernanda da Costa Bibiano - 146 pontos Técnico: João Almeida Camargo Neto

8 jogos: 1 vitória e 7 derrotas Cestinha: Camila Fadel da Silva – 68 pontos Técnico: Paulo Celso di Pilla Montibello

9º VIDEIRA

AVIBA/UNOESC/FMEV !! !! !!

6 jogos: 0 vitórias e 6 derrotas Cestinha: Lara Dutra – 57 pontos Técnico: Volmar Adriano Júnior

19


CENÁRIO NACIONAL

REVANCHE  Adversários na Supercopa Brasil, Brusque e Botafogo voltam a se encontrar na Liga Ouro

SANTA CATARINA CONTA COM QUATRO TIMES EM COMPETIÇÕES NACIONAIS

APOIO DA FEDERAÇÃO VIABILIZOU AS PARTICIPAÇÕES NAS LIGAS OURO E DE BASQUETE FEMININO APÓS ANOS DE AUSÊNCIA

E

m 8 de abril de 2013, Joinville perdeu para Limeira e se despediu do NBB. Depois daquele dia, o basquete masculino catarinense não mais figurou nas principais competições brasileiras. Outrora entre os quatro melhores times do país, o joinvilense passou três temporadas órfão. Porém, em 2017 terá a oportunidade de reviver anos anteriores com o retorno de Joinville ao cenário nacional através da Liga Ouro, competição que dá acesso ao NBB. “Acredito que garantindo a continuidade do projeto, mais cedo ou mais tarde estaremos de volta ao NBB. Quando saímos da competição há três anos, perdemos toda a estrutura construída. O apoio da Federação Catarinense de Basketball, através do presidente Oscar Archer, tornou realidade

20

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

o retorno de Santa Catarina ao cenário nacional do basquete”, diz Kelvin Soares, presidente da AABJ. Outras duas equipes também voltam a figurar entre as principais do Brasil: Blumenau e Brusque farão companhia aos joinvilenses. A confirmação dos três representantes de Santa Catarina no certame ocorreu após diversas reuniões entre os dirigentes Kelvin Soares (AABJ/Joinville), Zurico Frota (A.D. Brusque), Sergio Corrêa Carneiro (APAB/Blumenau) e a Federação Catarinense de Basketball. Em pauta, entre outros assuntos, a comprovação da capacidade de arcar com os R$ 500 mil (entre salários e demais benefícios concedidos aos atletas) exigidos pela Liga Nacional de Basquete (LNB). Parte deste valor é disponibilizado pela FCB.


TABELA DE JOGOS DA LIGA OURO 2017 1ª RODADA ˌˌ ˌˌ

“A Federação está subsidiando grande parte desse processo natural de despesas. Se assim não dermos esse passo de qualidade, aí vai ficar difícil fazer basquete em nível nacional”, ressalta Oscar Archer, presidente da entidade. Além das equipes masculinas, Blumenau disputa desde dezembro a Liga de Basquete Feminino. É a segunda vez das blumenauenses no campeonato criado em 2010 e o retorno ao certame brasileiro após cinco anos. Ainda marca a volta de Santa Catarina à LBF depois da temporada 2014/2015 quando Jaraguá do Sul defendeu o estado. “O significado de poder participar de uma Liga Nacional é o melhor possível. Ser a única equipe representando nosso estado e a região sul aumenta ainda mais nossa alegria e responsabilidade”, destaca João Camargo Neto, técnico que em anos anteriores dirigiu o time do Vasto Verde no antigo Campeonato Brasileiro. Mais um participante de edições passadas do nacional, Sérgio Corrêa Carneiro é outra figura de destaque no basquete de Blumenau. Ele acumula passagens por Brusque e é o atual presidente da APAB. Sob seu comando, os blumenauenses jogaram o nacional de 2004 e terminaram a disputa com o cestinha da competição, o ala norte-americano Charles Byrd. Passados treze anos, Serjão celebra o retorno de sua e demais equipes ao cenário nacional. “Trata-se de um momento único e especial do basquete catarinense. Tenho conversado com técnicos e jogadores e notado que as atenções estão todas voltadas para cá. Se o basquete nacional está passando por um momento difícil, Santa Catarina vive um momento especial com grande visibilidade, retorno e interesse; atraindo holofotes e demonstrando credibilidade muito grande”, salienta o dirigente. Com adversários de diversos estados, os principais ginásios dos três municípios serão utilizados na Liga Ouro e LBF. Joinville atuará no Centreventos Cau Hansen, Brusque na Arena Brusque e as equipes de Blumenau no ginásio Galegão.

7/3 – Blumenau x Joinville – Ginásio Galegão 7/3 – Brusque x Contagem Towers – Arena Brusque

2ª RODADA ˌˌ ˌˌ

9/3 – Brusque x Contagem Towers – Arena Brusque 21/3 – Blumenau x Joinville – Ginásio Galegão

3ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

12/3 – Blumenau x Santos (AP) – Ginásio Galegão 31/3 – Botafogo x Brusque – Ginásio Oscar Zelaya 31/3 – Contagem Towers x Joinville – Ginásio Divino Ferreira Braga

4ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

2/4 – Botafogo x Brusque – Ginásio Oscar Zelaya 2/4 – Contagem Towers x Joinville – Ginásio Divino Ferreira Braga 4/4 – Blumenau x Santos (AP) – Ginásio Galegão

5ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

16/3 – Brusque x Santos (AP) – Arena Brusque 11/4 – Blumenau x Contagem Towers – Ginásio Galegão 14/4 – Botafogo x Joinville – Ginásio Oscar Zelaya

6ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

6/4 – Brusque x Santos (AP) – Arena Brusque 13/4 – Blumenau x Contagem Towers – Ginásio Galegão 16/4 – Botafogo x Joinville – Ginásio Oscar Zelaya

7ª RODADA ˌˌ ˌˌ

26/3 – Botafogo x Blumenau – Ginásio Oscar Zelaya 28/3 – Joinville x Brusque – Centreventos Cau Hansen

8ª RODADA ˌˌ ˌˌ

28/3 – Botafogo x Blumenau – Ginásio Oscar Zelaya 11/4 – Joinville x Brusque – Centreventos Cau Hansen

9ª RODADA ˌˌ ˌˌ

14/3 – Brusque x Blumenau – Arena Brusque 14/3 – Joinville x Santos (AP) – Centreventos Cau Hansen

10ª RODADA ˌˌ ˌˌ

8/4 – Joinville x Santos (AP) – Centreventos Cau Hansen 18/4 – Brusque x Blumenau – Arena Brusque

11ª RODADA ˌˌ ˌˌ

20/4 – Joinville x Blumenau – Centreventos Cau Hansen 21/4 – Contagem Towers x Brusque – A definir

12ª RODADA

LBF

ˌˌ ˌˌ

riada em 2010, a Liga de Basquete Feminino (LBF) chega a sua sétima edição e conta com seis participantes. Além de Blumenau e Uniassau (PE), participam Corinthians/Americana (SP), Presidente Venceslau (SP), Santo André (SP) e Sampaio Corrêa (MA). Desde dezembro, as seis equipes jogam entre si em quatro turnos, totalizando 20 partidas realizadas para cada ao final da fase de classificação, marcada para março. As quatro melhores avançam à semifinal dos playoffs, que será disputada em até três jogos. Já a grande decisão do Campeonato Nacional - temporada 2016/2017 - será realizada em uma série melhor de cinco jogos.

ˌˌ ˌˌ ˌˌ

C

23/4 – Contagem Towers x Brusque – A definir 2/5 – Joinville x Blumenau – Centreventos Cau Hansen

13ª RODADA 29/4 – Joinville x Botafogo – Centreventos Cau Hansen 12/5 – Santos (AP) x Brusque – Instituto Federal do Amapá 26/5 – Contagem Towers x Blumenau – Ginásio Poliesportivo do Riacho

14ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

14/5 – Santos (AP) x Brusque – Instituto Federal do Amapá 18/5 – Joinville x Botafogo – Centreventos Cau Hansen 28/5 – Contagem Towers x Blumenau – Ginásio Poliesportivo do Riacho

15ª RODADA ˌˌ ˌˌ ˌˌ

1/5 – Brusque x Botafogo – Arena Brusque 5/5 – Santos (AP) x Blumenau – Instituto Federal do Amapá 11/5 – Joinville x Contagem Towers – Centreventos Cau Hansen

16ª RODADA

LIGA OURO

D

isputada pela primeira vez em 2014, a Liga Ouro é a divisão de acesso ao NBB. Em 2017, a competição será disputada entre março e julho. Nas três edições anteriores, houve a participação de oito times, sendo que quatro subiram para o NBB: os campeões de cada ano e o vice-campeão de 2016 após a desistência de um componente do principal campeonato nacional. Além de Blumenau, Brusque e Joinville, outras três equipes participam da Liga Ouro: o tradicional Botafogo (RJ); o Santos (AP), campeão da Supercopa Brasil realizada em Brusque; além do Contagem Towers (MG).

ˌˌ ˌˌ ˌˌ

7/5 – Santos (AP) x Blumenau – Instituto Federal do Amapá 13/5 – Joinville x Contagem Towers – Centreventos Cau Hansen 20/5 – Brusque x Botafogo – Arena Brusque

17ª RODADA ˌˌ ˌˌ

26/4 – Brusque x Joinville – Arena Brusque 27/4 – Blumenau x Botafogo – Ginásio Galegão

18ª RODADA ˌˌ ˌˌ

4/5 – Brusque x Joinville – Arena Brusque 16/5 – Blumenau x Botafogo – Ginásio Galegão

19ª RODADA ˌˌ ˌˌ

29/4 – Blumenau x Brusque – Ginásio Galegão 26/5 – Santos (AP) x Joinville – Instituto Federal do Amapá

20ª RODADA ˌˌ ˌˌ

18/5 – Blumenau x Brusque – Ginásio Galegão 28/5 – Santos (AP) x Joinville – Instituto Federal do Amapá








INCLUSÃO SOCIAL 

INCLUSÃO SOCIAL 

   QUADRA NO HO 

E PARA O AMANHÃ

PROJETO BASQUET

SPITAL DE CUSTÓDIA /PENITEN CIÁRIA



INCLUSÃO SOCIA



INCLUSÃO SOCIAL 

22

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

QUADRA NO HOSPITAL DE CUSTÓDIA/PENITENCIÁRIA



 GALERIA RETROSPECTIVA 2016

L



OLIMPÍADAS 



INCLUSÃO SOCIAL 







INCLUSÃO SOCIAL 

INCLUSÃO SOCIAL 

SUPERCOPA BRASIL






CLEOS 

FESTIVAL DE NÚ

FESTIVAL DE NÚ

CLEOS 



FESTIVAL DE NÚCLEOS 



FESTIVAL DE NÚCLEOS



EOS 







NÚCL FESTIVAL DE

JOGOS TRIMANIA MASTER

FESTIVAL DE NÚCLEOS 





CLEOS 

FESTIVAL DE NÚ

JOGOS TRIMANIA

MASTER 

JOGOS TRIMAN

IA MASTER 



PROJETO A BOLA DA VEZ 

23


 ENTREVISTA COM OLÍVIA Foto: Divulgação/CBB Montagem: Isaias Zaião/FCB

24

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


OLÍVIA:

EXPERIÊNCIA E SUPERAÇÃO EM 30 ANOS DE BASQUETE

25


 ENTREVISTA COM OLÍVIA Fotos: Divulgação/CBB

EX-JOGADOR DA SELEÇÃO BRASILEIRA ENCERRA SUA CARREIRA DURANTE O CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE

A

os 42 anos, o pivô Olívia se despediu das quadras na decisão de 3º e 4º lugares do Campeonato Catarinense de Basquete 2016. O esporte, no entanto, continua fazendo parte do seu dia a dia, haja vista a nova função na AABJ a partir deste ano. Olívia será auxiliar técnico da equipe joinvilense, a qual começou a defender em 2008. A trajetória vitoriosa servirá de inspiração aos ex-colegas de quadra. Nela, estão passagens marcantes pela seleção brasileira, títulos estaduais e nacionais, atuações em equipes do exterior, além da experiência de ter jogado ao lado de craques como Oscar Schmidt em diversas competições como os Jogos Olímpicos de Atlanta 1996. Mas não é apenas no lado atleta em que estão suas lições de vida. A história do carioca Carlos Henrique Rodrigues do Nascimento também proporciona momentos de superação. Por sua altura e físico esguio, ganhou o apelido na infância de Olívia Palito (personagem do desenho Popeye), o qual gerou episódios de bullying e retração. “A pior coisa é você falar para a pessoa: não quero isso! Aí que pegou mesmo. Porque eu falava que não gostava desse apelido, pedia para parar, mas não teve jeito. O meu treinador naquela época, aos 13 anos, falou que não ia mais me chamar assim, mas quando chegava no jogo, ele me chamava de Carlos, Henrique, Carlos Henrique e nada. Quando chamava justamente de Olívia, aí eu olhava. Então, acabou ficando”, explicou o ex-jogador ao site “Esporte Essencial”. O ex-pivô superou o bullying na adolescência e desde 2013 coordena trabalho social ensinando basquete para crianças e jovens (8 a 14 anos) em Joinville. Dessa forma, tenta ajudar para que fatos semelhantes os quais vivenciou não se repitam. “Sempre no meu primeiro contato com os alunos, eu sento com a turma e falo que não vai ter aula de basquete, vai ser um dia para conhecer o professor. Então, eu conto a minha história, o que eu passei na infância, para eles se soltarem. Muitos chegam ali acanhados, não querem falar nada. Mas a partir do momento que eu conto a história, eles falam: ‘sério, professor, aconteceu isso mesmo?’ Eu falo que sim, aconteceu, e hoje eu estou aqui, feliz da vida com vocês”, completa. Depois de tantas experiências em 30 anos no esporte, Olívia traduz as décadas em quadra em entrevista concedida à Revista BasqueteSC após a vitória da AABJ sobre Videira (97 a 65), naquela que foi sua última partida como profissional.

26

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

EXPOENTE  Olívia brilhou nos principais times do país, como o Flamengo


Foto: Henrique Santos/FCB

30 ANOS DE CARREIRA

C

omecei em 1987 no Fluminense, do Rio de Janeiro, onde fiz toda a minha categoria de base. Quando cheguei à categoria adulta, fui para São Paulo e aí joguei no Monte Líbano, Sírio, Suzano, Ribeirão Preto até chegar à Seleção Brasileira em 1993. De 1993 a 1999, pude disputar todos os campeonatos internacionais possíveis, chegando às Olimpíadas de 1996. Depois voltei para clubes como o Flamengo, onde apareci mais no cenário nacional e agora aqui em Santa Catarina desde 2008.

JOGADOR MARCANTE – Oscar Schmidt e Pipoca. Foram dois caras que me ajudaram bastante na carreira. BASQUETE CATARINENSE E RETORNO A JOINVILLE – Cada ano que passa, cresce mais o

Campeonato Catarinense de Basquete. Para mim, o retorno a Joinville foi mais para dar uma ajuda à equipe, pois nem estava programado jogar o Estadual. Como a AABJ estava precisando, eu falei: vamos lá, vou tentar me sacrificar um pouco pela equipe e buscar o retorno ao cenário nacional.

AGRADECIMENTOS – A todos os meus treinadores,

meus companheiros de equipe. A todos que me fizeram trabalhar, suar e gostar desse esporte maravilhoso, de acordar cedo e treinar constantemente. 

RAIO-X

NOME: Carlos Henrique Rodrigues do Nascimento APELIDO: Olívia POSIÇÃO: Pivô NASCIMENTO: 03/02/1974 NATURALIDADE: Rio de Janeiro (RJ) ALTURA: 2,11 m PRIMEIRA EQUIPE: Fluminense (RJ) EQUIPES: Suzano (SP), Monte Líbano (SP), Sírio (SP), Flamengo (RJ), Mackenzie (SP), Ribeirão Preto (SP), Corinthians/Mogi (SP), Shougang Beijing Ducks (China), Barreteros de Zacatecas (México), Union de Zacatecas (México), Osorno (Chile), Videira (SC) e Joinville (SC). ÚLTIMO ATO  Conquista do bronze marcou a despedida

27


 SELEÇÕES DE BASE Foto: Divulgação/FCB

28

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


ORGANIZAÇÃO

SELEÇÕES REPRESENTARAM O ESTADO EM COMPETIÇÕES DISPUTADAS EM SOLO CATARINENSE

E TÍTULOS MARCARAM E O ANO DAS CATEGORIAS DE BASE DO BASQUETE DE SANTA CATARINA CAMPEÕES  Seleção catarinense Sub-15 vence o Campeonato Sul Brasileiro na disputa com a equipe paranaense

m 2016, o basquete de Santa Catarina mostrou competência. Além de alcançar resultados expressivos com as seleções de base, a Federação Catarinense de Basketball organizou as disputas dos Campeonatos Sul Brasileiros Sub-13, 15 e 17 tanto no naipe masculino quanto no feminino. “Sempre falo para todos que Santa Catarina vive um momento especial. Enquanto houver parcerias, entendimento, equipe de trabalho e condições de realização, a Federação jamais vai deixar de promover grandes eventos”, explica Oscar Archer, presidente da FCB. As competições disputadas em Jaraguá do Sul e Brusque ainda foram transmitidas pela Internet. A parceria firmada com o portal da Central de Imprensa da Federações Esportivas (Cifesc) proporcionou maior alcance na divulgação e acompanhamento dos jogos por todo o planeta. “Acredito que a Federação cumpre com seu dever. Eu agradeço mais do que nunca a equipe de trabalho que nós temos. A imprensa que nos dá a oportunidade de publicar, de divulgar e expandir essa parceria Federação e Trimania. São quase oito anos de negócios bem-sucedidos, bem realizados, que estampam um resultado positivo para eles como parceiros e para nós com o basquete crescendo em Santa Catarina”, finaliza o dirigente. Os títulos vieram no sub-13 e sub-17 feminino e no sub-15 masculino.

29


 SELEÇÕES DE BASE Foto: Divulgação/FCB

MASCULINO SELEÇÃO CATARINENSE SUB 17 MASCULINO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Brusque »» Período: 23 a 26 de novembro de 2016 »» Classificação: 3º lugar (Santa Catarina A) e 4º lugar (Santa Catarina B)

SELEÇÃO CATARINENSE SUB 15 MASCULINO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Brusque »» Período: 17 a 20 de novembro de 2016 »» Classificação: 1º lugar (Santa Catarina A) e 3º lugar (Santa Catarina B)

SELEÇÃO CATARINENSE SUB 13 MASCULINO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Jaraguá do Sul »» Período: 25 a 28 de agosto de 2016 »» Classificação: 3º lugar

30

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

CAMPEÃO  Comandada pelos técnicos Cordovan e Luiz Gulini, a seleção catarinense sub-15 derrotou o Paraná na decisão

FUTURO  Jovens da região Sul participaram de três competições em Santa Catarina


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEÃ  Seleção catarinense sub-17 venceu os três jogos disputados

FEMININO SELEÇÃO CATARINENSE SUB 17 FEMININO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Brusque »» Período: 23 a 26 de novembro de 2016 »» Classificação: 1º lugar

SELEÇÃO CATARINENSE SUB 15 FEMININO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Brusque »» Período: 17 a 20 de novembro de 2016 »» Classificação: 2º lugar

SELEÇÃO CATARINENSE SUB 13 FEMININO »» Campeonato Sul Brasileiro »» Local: Jaraguá do Sul »» Período: 25 a 28 de agosto de 2016

DESTAQUE  Nataly Dunka encerrou a disputa como a cestinha da competição, com 37 pontos

»» Classificação: 1º lugar

31


 FORMAÇÃO TÉCNICA

FCB REALIZA ENCONTRO PARA A FORMAÇÃO DE ÁRBITROS

Foto: Divulgação/FCB

32

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


Fotos: Divulgação/FCB

COMPETÊNCIA  Quadro de árbitros da FCB é um dos principais do país. Estado foi o único com representantes nos Jogos Olímpicos

ACAMPAMENTO DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL BUSCOU A FORMAÇÃO DE ÁRBITROS E OFICIAIS DE MESA

N

o final de novembro, a Federação Catarinense de Basketball promoveu, em Brusque, o Acampamento de Arbitragem – Estágio Final. Sob coordenação do árbitro Cristiano Maranho e do representante da FCB, José Carlos Conte, participaram 35 árbitros e 29 oficiais de mesa. "Foram 64 pessoas de todas as seis Ligas de Desenvolvimento do Basquete no acampamento. Eles ainda irão participar de curso de formação, em 2017, em Florianópolis e assim integrarão os quadros da arbitragem catarinense", explica Cristiano Maranho, árbitro de três Jogos Olímpicos e final de Copa do Mundo.

Entre as atividades exercidas no Acampamento de Arbitragem – Estágio Final, houve palestra de abertura e um torneio com atletas de sub-13 das cidades de Blumenau, Brusque, Nova Trento e Guabiruba. Dessa forma, todos os futuros árbitros e oficiais participaram e receberam as orientações dos profissionais Cristiano Maranho, José Carlos Conte e Ariovaldo Carvalho. Em seguida, houve entrega de certificado de participação e conclusão do acampamento aos participantes e confraternização, encerrando as atividades da arbitragem da Federação Catarinense de Basketball em 2016.

SUCESSO  Clínica reuniu representantes de todo o estado

33


 HOMENAGEM Foto: Sidney Silva/EsporteSC

SOLENIDADE PREMIA OS

MELHORES DE 2016 34

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL


EM GRANDE FESTA, FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL PREMIA OS MELHORES DE 2016 E OS NOVOS BENEMÉRITOS DA MODALIDADE

A

A Federação Catarinense de Basketball encerrou o ano de 2016 com solenidade realizada no dia 8 de dezembro, em Florianópolis, onde homenageou os destaques das mais diversas categorias de base, profissional e adulto; além de condecorar os 20 novos beneméritos do basquetebol. O evento contou com a presença de representantes da Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Regional de Educação Física, diretoria da RIC/TV Record, profissionais de diversos veículos de comunicação do estado, além do presidente da Confederação Brasileira de Basketball, Carlos Nunes. Parceiro da FCB, o coordenador da Trimania Cap, Cinomar José Teodoro, mostrou satisfação e orgulho em fazer parte da festa. "A Federação está de parabéns por ter uma equipe comprometida e investir cada vez mais na formação da criança através da educação e iniciação do trabalho esportivo", disse. Também apoiador do basquete catarinense, o vice-presidente da Invest Capitalização, Luciano Graneto Vieira, destacou a excelência do trabalho realizado pela FCB. "Todos os meses recebemos relatórios detalhados sobre o destino dos investimentos da Invest Cap. Dessa forma, temos a certeza do êxito desta parceria que proporciona inclusão social e exaltação do esporte", avaliou. Já o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer, enumerou os mais de 1300 jogos e ações desenvolvidos pela entidade em 2016. "Foi um trabalho árduo, mas recompensador. Quero parabenizar a minha equipe que passa vários finais de semana na estrada para desenvolver o basquete em Santa Catarina desde as categorias de base até o máster", salientou o mandatário que prometeu o lançamento do terceiro livro sobre a história desse esporte no estado. Na solenidade, a FCB premiou os melhores do ano nas categorias de base, adulto, máster, seleções catarinenses, ligas regionais e arbitragem.

OS 20 NOVOS BENEMÉRITOS DO BASQUETEBOL

A

inda no evento festivo, os novos beneméritos do basquetebol foram homenageados e agregaram 20 personalidades aos quadros de quem construiu a história do esporte em Santa Catarina. Representante dos condecorados (Tuma III), o professor Airton Luiz Schiochet - o “Ito do Basquete”, relembrou o início do esporte em Jaraguá do Sul. "Fui o precursor. Na época não havia tabela para a modalidade, então improvisei um aluno sentado numa cadeira segurando um bambolê a fim de fingir uma cesta", disse o hoje coordenador do Projeto “A Bola da Vez”, o qual ensina o esporte a mais de mil crianças no município do norte catarinense. Além de Ito, outras 19 personalidades receberam o título de benemérito: Aloysio Soares de Oliveira , Aluísio Dobes, Carlos Brognoli (In Memoriam), Donald Rosemiro de Abreu, Isael Pastuch (In Memoriam), Jaime Andrade Ramos, Jaime Nadir Di Domenico, João Pedro Nunes (In Memoriam), Rui Altenburg, Wilson Moreli, João Lucio da Costa Baracuhy (In Memoriam), Luiz Carlos Gonzaga Barbosa, Marli Magda Müller, Nelson Eisenhut, Osmar Boabaid (In Memoriam), Paulo Roberto de Miranda Coutinho, Pedro Alexandrino Pereira de Mello (In Memoriam), Roberto Zen e Rolando Werner (In Memoriam).

35


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Henrique Santos/FCB

BRUSQUE  Campeão

CESTINHA  blumenauense Luiz Henrique Semmke dos Santos terminou o estadual com 321 pontos

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE ADULTO MASCULINO !! Brusque (A. D. Brusque / FME / UNIFEBE / Aradefe) !! Blumenau (APAB / FMD / FURB / Taschibra / Altenburg / INCAPE) !! Joinville (AABJ / FELEJ / Embraco / Ciser / Selbetti / Decore / Millium)

36

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE ADULTO FEMININO !! Chapecó (Clube de Basquete Chapecó) Campeão !! Blumenau (Beagle / Uniasselvi / FMD / Péricles By Motors / Zeus do Brasil / Vasto Verde) 2º lugar !! Rio do Sul (Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul) 3º lugar

37


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-19 MASCULINO !! Joinville (AABJ / FELEJ / Ciser / Embraco / Decore / Selbetti / Millium) !! Rio do Sul (Projeto Escola Basquete / FMD Rio do Sul) !! Lages (APABLA / FME / Lages)

38

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Adriano Krischke/FCB

COPA SANTA CATARINA ADULTO MASCULINO !! Florianópolis (ADIEE / Avaí) !! Blumenau (APAB / FMD / FURB / Taschibra / Altenburg / INCAPE) !! São José (Independente / São José)

Campeão 2º lugar 3º lugar

39


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-17 MASCULINO !! Jaraguá do Sul (AJAB / Unimed / FME) !! Lages (APABLA / FME / Lages) !! Florianópolis (ADIEE / Avaí / FME)

40

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-17 FEMININO !! Criciúma (A. D. Criciúma) !! Jaraguá (Basquete Jaraguá / FME) !! Joinville (Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ)

Campeão 2º lugar 3º lugar

41


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-15 MASCULINO !! Porto União (APAB / DME /PU / Clube Concórdia) !! Joinville (AABJ / FELEJ / Ciser / Embraco / Decore / Selbetti / Millium) !! Florianópolis (ADIEE / Avaí / FME)

42

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-15 FEMININO !! Piçarras (ADEPI / Semel / SED / CIESF) !! São Miguel do Oeste (ABASMO / Prefeitura Municipal / La Salle Peperi) !! Porto União (APAB / DME /PU / Clube Concórdia)

Campeão 2º lugar 3º lugar

43


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-13 MASCULINO !! Jaraguá do Sul (AJAB / Brasduto / FME) !! Florianópolis (ADIEE / Avaí / FME) !! Joinville (AABJ / FELEJ / Ciser / Embraco / Selbetti / Millium)

44

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-13 FEMININO !! Porto União (APAB / DME / PU / Clube Concórdia) !! Jaraguá do Sul (Basquete Jaraguá / FME) !! Joinville (Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ)

Campeão 2º lugar 3º lugar

45


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-12 MASCULINO !! Florianópolis (IBBC / CEFID / UDESC) !! Porto União (APAB / DME / PU / Clube Concórdia) !! Brusque (A. D. Brusque)

46

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


Fotos: Divulgação/FCB

CAMPEONATO CATARINENSE DE BASQUETE SUB-12 FEMININO !! JAraguá do Sul (Basquete Jaraguá / FME) !! Blumenau (S. D. Vasto Verde) !! Joinville (Sociedade Ginástica Joinville / FELEJ)

Campeão 2º lugar 3º lugar

47


 CAMPEÕES DE 2016 Fotos: Sidney Silva/EsporteSC

TAÇA FCB ADULTO MASCULINO !! Bruqsque (A. D. Brusque / FME / Unifebe / A Italianinha / Atlantica) !! Joinville (AABJ / FELEJ / Ciser / Embraco / Decore / Selbetti / Millium) !! Blumenau (APAB / FMD / FURB / Taschibra / Altenburg / INCAPE)

48

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

Campeão 2º lugar 3º lugar


îƒˇ FCB EM NĂšMEROS

EVOLUĂ‡ĂƒO DE EQUIPES PARTICIPANTES – FCB CATEGORIAS

oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo

SUB 12 MASCULINO SUB 12 FEMININO SUB 13 MASCULINO SUB 13 FEMININO SUB 15 MASCULINO SUB 15 FEMININO SUB 17 MASCULINO SUB 17 FEMININO SUB 19 MASCULINO SUB 19 FEMININO ADULTO MASCULINO ADULTO FEMININO TOTAL VARIAĂ‡ĂƒO APĂ“S 2011

2011

2012

2013

2014

2015

2016

12 Equipes 6 Equipes 4 Equipes 7 Equipes 13 Equipes 12 Equipes 14 Equipes 10 Equipes 7 Equipes 6 Equipes 5 Equipes 4 Equipes 100 Equipes

5 Equipes 8 Equipes 7 Equipes 7 Equipes 11 Equipes 13 Equipes 13 Equipes 7 Equipes 6 Equipes 0 Equipes 5 Equipes 3 Equipes 85 Equipes -15 Equipes

8 Equipes 5 Equipes 8 Equipes 8 Equipes 10 Equipes 13 Equipes

11 Equipes 10 Equipes 15 Equipes 10 Equipes 12 Equipes 12 Equipes 12 Equipes 11 Equipes 4 Equipes 0 Equipes 10 Equipes 8 Equipes 112 Equipes 26 Equipes

15 Equipes 10 Equipes 17 Equipes 14 Equipes 14 Equipes 8 Equipes 8 Equipes 7 Equipes 5 Equipes 4 Equipes 11 Equipes 11 Equipes 126 Equipes 14 Equipes

25 Equipes 20 Equipes 26 Equipes 21 Equipes 13 Equipes 8 Equipes 8 Equipes 8 Equipes 6 Equipes 0 Equipes 13 Equipes 9 Equipes 158 Equipes 32 Equipes

EM GRĂ FICO

13 Equipes

9 Equipes 7 Equipes 0 Equipes 5 Equipes 3 Equipes 86 Equipes 1 Equipe

EVENTOS EM 2016 CATEGORIA

MASCULINO

FEMININO

TOTAL

oo SUB 12

161

oo SUB 13

176



oo SUB 15

71



oo SUB 17

81

oo SUB 19

21

oo ADULTO

84

oo TOTAL

594

121 133 44 35 0 38 371

282 309 115 116 21 122 965

oo TOTAL DE EQUIPES  



100

85

86

112

126

158



2011

2012

2013

2014

2015

2016

49


 CALENDÁRIO FCB 2017

CALENDÁRIO DE EVENTOS EM 2017 EVENTO

oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo oo

50

CAMPEONATO CATARINENSE ADULTO M/F TAÇA FCB ADULTO M/F COPA SC ADULTO M/F CAMPEONATO CATARINENSE SUB 19 MASCULINO SUL BRASILEIRO DE CLUBES SUB 19 (PR) CAMPEONATO CATARINENSE SUB 17 M/F SUL BRASILEIRO DE SELEÇÕES SUB 17 (SC) M/F SUL BRASILEIRO DE CLUBES SUB 17 (SC) CAMPEONATO CATARINENSE SUB 15 M/F SUL BRASILEIRO DE SELEÇÕES SUB 15 (SC) M/F SUL BRASILEIRO DE CLUBES SUB 15 (RS) CAMPEONATO CATARINENSE SUB 13 M/F SUL BRASILEIRO DE SELEÇÕES SUB 13 (SC) FESTIVAL SUB 12 M/F FESTIVAIS DOS NÚCLEOS PROJETO BASQUETEBOL UNIVILLE LIGA ESTUDANTIL DE BASQUETE (JOI) RUA, PRAÇAS E PRAIAS CLÍNICAS TÉCNICAS BASQUETE PARA O AMANHÃ CURSO ARBITRAGEM CLÍNICA SC DE PADRONIZAÇÃO DE ARBITRAGEM ENCERRAMENTO DAS ATIVIDADES ESPORTIVAS OFICIAIS DA FCB

REVISTA OFICIAL DA FEDERAÇÃO CATARINENSE DE BASKETBALL

PROGRAMAÇÃO

Julho a Outubro Maio Julho Julho a Outubro Maio Abril a Outubro Novembro Junho Março a Agosto Novembro Abril Março a Agosto Agosto Setembro a Outubro Maio a Outubro Agosto a Outubro Abril a Outubro Novembro Março a Julho Abril a Junho Março Dezembro


Profile for FCB-Basket

Revista FCB - BasqueteSC 004  

Basquete SC – 4ª Edição. A revista oficial da Federação Catarinense de Basketball busca aproximar o público desse centenário esporte que já...

Revista FCB - BasqueteSC 004  

Basquete SC – 4ª Edição. A revista oficial da Federação Catarinense de Basketball busca aproximar o público desse centenário esporte que já...

Advertisement