Issuu on Google+

Última tempo Céu geralmente muito nublado. Períodos de chuva, por vezes forte a partir da tarde no Minho e Douro Litoral e na região sul. Vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente moderado a forte no litoral oeste. Nas terras altas, o vento soprará forte de sudoeste e com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora. Pequena subida da temperatura mínima, mais significativa na região sul e no interior centro. No distrito de Braga, períodos de chuva. Vento fraco de sudoeste. Temperatura entre os 7 ºC e os 10 ºC. No distrito de Viana do Castelo, períodos de chuva, vento moderado de sul, tornando-se de oeste. Temperatura entre os 11 ºC e os 15 ºC. Ondas de noroeste, com 2,5 a 3,5 metros de altura, fixando-se a temperatura da água do mar nos 16 ºC. Estado do mar: Costa Ocidental: ondas de oeste, com 2,5 a 3,5 metros de altura. Temperatura da água do mar: 16/17 ºC. Costa Sul: ondas de sudoeste, com 1 metro a 2 metros de altura. Temperatura da água do mar: 19 ºC.

cidadania O país que melhor funciona na Europa Impressionou-me muito positivamente a leitura de um trabalho do jornal “El Pais” sobre a Noruega, publicado no passado dia 30 de Outubro de 2011. O autor, Jesús Rodriguez, depois de dizer que é o “país que melhor funciona na Europa” divulga um conjunto de aspectos que merecem, a meu ver, atenta reflexão. Desde já esclareço que não acredito na existência de um país ideal na Europa ou no Mundo, mas considero que é sempre possível melhorar o modo como funciona cada um deles e temos o dever de contribuir para isso naquele em que vivemos. É por essa razão que vale a pena conhecer algo do que se passa na Noruega e de que retiro apenas alguns dados parcelares, mas significativos. Nesse país nórdico, há uma “equilibrada mistura” de “capitalismo e colectivismo”, de “mercado e planeamento”, de “idealismo e realismo”. O serviço militar é obrigatório e 95% das escolas são públicas, o IVA alcança 25% e o petróleo, que produz em abundância desde que foi descoberto, em 1969, é propriedade do Estado, ou seja, dos noruegueses. O nível de impostos é muito alto, mas a questão é: “dar para receber”. Os cidadãos são generosos com os impostos porque o Estado é generoso para com os cidadãos. Na Noruega, há uma partilha de responsabilidades entre todos, tendo “mais responsabilidade quem mais tem” e não é difícil saber quem mais tem, pois “a informação sobre os rendimentos de cada cidadão é pública através da internet”. Existe uma religião oficial, a luterana, sem deixar de

haver liberdade religiosa, e o luxo e a ostentação são, note-se, um pecado cívico e moral. Por outro lado, a ética do trabalho tem muito a ver com o milagre norueguês. Trabalham desde muito jovens e sentem isso como um dever. A igualdade entre homens e mulheres e a protecção da maternidade são objecto de particular atenção. E quanto a esta última, a razão não é só moral, é também económica: “sem filhos não há futuro”. Nenhuma mulher deve ser forçada a escolher entre a família e a carreira. Por isso, para além de uma enorme rede de creches, ter um filho dá direito a uma licença de maternidade de um ano, com 80% do vencimento normal. Dirão que isto só é possível num país muito rico. Direi que é possível ter um melhor Estado, seja qual for a riqueza que se possua. Em Portugal, por exemplo, se tivéssemos um país a funcionar como devia, estaríamos certamente muito melhor. Seguramente, sem a riqueza da Noruega, mas, mesmo assim, em situação muito diferente e muito mais equilibrada do que está actualmente. Em Portugal, só nos falam da produção, mas é preciso falar também da partilha, porque produzir apenas para alguns, aumentando as desigualdades, não motiva ninguém. Precisamos de acreditar que trabalhar e produzir vale a pena porque todos ganhamos. Tarefa impossível no nosso país? Seguramente que não. Bastaria pôr em prática os princípios da doutrina social da Igreja de que tão afastados estamos.

euromilhões 1

4

15 29 40

5

1

Estas informações não dispensam a consulta da lista oficial Pub

www.chamasdavida-fogoes.pt PACK PARA LAREIRAS JÁ EXISTENTES

VENDAS E MONTAGEM

- SALAM AMANDRAS

RECUPERADORES Pack 4 - Chamaszeus Instalado Só 83,25€/mês P.V.P: 999€

PELLETS

RECUPERADOR Só 58,25€/mês P.V.P: 699€

António Cândido de Oliveira

- CALDEIRAS - FOGÕES E ACESSÓRIOS

Ferreiros-Braga Tel.:: 253 670 968 Tel

Pub

Edifício Nogueiró Praça da Justiça, n.º 166 – 4715-125 BRAGA – TEL. 253 217 470 • TLM 917 811 249 • Fax 253 613 743 www.construcoes-amanciomendes.com Email: comercial@amanciomendes.mail.pt Apartamentos

T0 E T1 Edifício Gualtar Junto à Universidade do Minho - Braga

Arrenda-se

Vende-se

T2-T3-T4 Junto ao Centro Saúde do Carandá e junto à Residência Universitária e Instituto de Nanotecnologia

Lotes

Vivendas Lojas Comerciais GEMINADOS INDIVIDUAL Junto ao Centro de Saúde E INDIVIDUAL e EM BANDA do Carandá C/projecto e junto Na Rodovia aprovado ao Instituto em ADAÚFE-BRAGA

BRAGA

de Nanotecnologia

Apartamentos

T0 E T1 Edificio de Gualtar Junto à Universidade do Minho-Braga

ARRENDA-SE T3 S/ mobília S. Victor – Braga T2 Junto Esc. D. Maria II

Lojas Comerciais

Escritórios

Várias Áreas

Várias Áreas

Em vários locais da cidade de Braga

Junto ao Tribunal Judicial de Braga


Noruega: O país que melhor funciona na Europa