Issuu on Google+


EDITORIAL

ACONTECEU...

Incêndio na Electrolux A fumaça do incêndio provocado em um depósi-

Foram anos de luta

A duplicação, ainda

para o início das obras da du-

que a passos lentos, não

plicação, e agora, dois anos

deixa de ter seu valor, mas

depois de iniciadas as obras

a população quer mais agi-

vemos um pequeno trecho,

lidade, mais cobrança do

menor que dois quilômet-

poder público, menos enro-

trabalho sem parar dos bombeiros. O prejuízo

ros, sendo inaugurado. Não

lação na execução das obras,

ainda não foi avaliado, as causas não foram

vamos pregar o pessimismo,

menos conversa e mais trab-

descobertas. Mas o susto ficou na memória das

mas a necessidade dessa

alho, afinal nós já pagamos

obra e sua urgência carecem

essa conta há tempos e até

de mais rapidez em sua ex-

agora nos pedem para espe-

ecução e o começo das obras

rar.

no sentido de Mandirituba

Que as obras embalem

traz algum fator positivo,

de vez e a novela tenha um

mas baseados em nossas ex-

final, não apenas feliz, mas

periências, teremos que ter

rápido!

mais paciência.

Boa leitura!

to da empresa Electrolux no bairro Tatuquara, à margem da Rodovia do Xisto, afetou cerca de 30 mil pessoas, moradores da região. Aulas foram canceladas, 130 pessoas precisaram ser atendidas nas unidades de saúde e 48 horas de

pessoas.

E D I TA I S


Secretaria de Meio Ambiente faz limpeza de rios Em comemoração ao Dia Mundial da Limpeza de Rios e Praias, um mutirão entre a ONG International Coast Clean, a Matte Leão e a Prefeitura de Fazenda Rio Grande foi organizado e contou com 160 pessoas que fizeram a separação do lixo, encaminhado para a ONG. Foram retirados 3,5 toneladas de lixo da área. Segundo Rafael Campaner, da Secretaria de Meio Ambiente, a ação serve também para aumentar a conscientização das pessoas. “Esse tipo de ação, não somente nos rios, tem sido realizada

pela administração”, disse. O local escolhido foi um afluente do Rio Mascate. Para esse serviço houve o acompanhamento da Guarda Municipal. Esse foi o terceiro ano em que a parceria da Matte Leão com a Prefeitura foi realizada, em um projeto voltado para o ambiente. Segundo o prefeito Marcio Wozniack, essa ação também serve como estímulo e conscientização. “Queremos integrar os setores da sociedade e mostrar que é possível educar e viver em harmonia com o meio ambiente, sem agressões”, disse.


STF decepciona e dá hora extra para condenados O Supremo Tribunal Federal vai realizar um novo julgamento para parte dos crimes pelos quais 12 dos 25 réus do mensalão foram condenados. O voto decisivo pela aceitação dos embargos infringentes, que permitem uma nova análise quando uma sentença é obtida numa votação apertada entre os ministros da Corte, foi dado nesta semana pelo juiz Celso de Mello. A decisão criou um clima de insatisfação entre a população que desejava a punição aos acusados. O Supremo já escolheu, por sorteio, o relator dos embargos: será Luiz Fux. Indicado para o car-

go pela presidente Dilma Rousseff, ele praticamente acompanhou todos os votos condenatórios do hoje presidente da Corte, Joaquim Barbosa, relator do processo na primeira fase do julgamento. A previsão é de que a nova análise deverá voltar à agenda do plenário do Supremo em 2014, ano eleitoral. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que pedirá novo julgamento para o crime de formação de quadrilha, ficou isolado no interior de São Paulo. Já o ex-deputado Roberto Jefferson, que em 2005 detonou o escândalo, elogiou a decisão do Supremo,

mesmo não tendo direito aos embargos. Enquanto 12 condenados esperam

pela nova fase, os outros 13 poderão ter a execução de suas penas ainda neste ano.

O Palácio do Planalto manterá a tática de assistir ao desfecho à distância.


Quantos já não se perguntaram? Bola de Neve? Branca de Neve? Floco de Neve? O que é isso? Uma sorveteria? Isso não é nome de Igreja! Mas sim, é o nome da Igreja Evangélica Bola de Neve mais conhecida como Bola de Neve Church, que quer dizer: algo que não para de crescer. O nome surgiu de um sonho que Deus deu a Rinaldo Seixas (Rina) fundador da igreja e apostolo.

No sonho uma bola de neve pequenininha virava uma avalanche, na direção de Deus ia rolando e cumprindo seu papel. Fundada em 1999, Deus levantou um empresário de uma das maiores marcas da moda surf para montar um auditório em sua empresa, para a realização dos cultos, o local tinha capacidade para 130 pessoas. Minutos antes de começar o primeiro culto surge um problema, onde apoiar a Bíblia? E agora? O

salão estava lotado e o culto tinha que começar, foi então que uma longboard serviu de apoio para Bíblia. Assim a prancha acabou virando púlpito da igreja e ajudou a compor uma de suas identidades. Hoje com sede na antiga casa de shows Olympia (SP), com capacidade para mais de 2.640 pessoas sentadas, é um local onde todos se sentem a vontade e tem contato com a palavra de Deus. Pessoas estão sendo alcançados no Brasil e no mundo.

O Bola de Neve da Fazenda Rio Grande, também vem crescendo, amadurecendo e fazendo história. Somos uma família, e queremos que através da pregação da Palavra de Deus, vidas sejam salvas, famílias sejam transformadas, bênçãos sejam derramadas, pessoas sejam tocadas e vazios sejam preenchidas com a presença de Deus, queremos demonstrar todo o amor de JESUS, cuidando e amando sua vida. Nós esperamos por você! Deus espera por você!

Cultos Quintas às 20h e Domingos às 19h. Culto de Primícias Todo 1º Domingo do mês às 10h. Mergulhando na Palavra e Vida Nova Toda Sexta às 20h.


Semana de Trânsito prioriza a educação

A Semana Nacional do Trânsito acontece até o dia 25 em Fazenda Rio Grande. As ações educativas tiveram início nesta quarta-feira (18), com duas palestras na Escola Municipal Marlene Barbosa e deve continuar

nos próximos dias com mais palestras nas escolas Nossa Senhora e 26 de Janeiro. Além disso, estão previstas blitzes educativas nas ruas da cidade. No final da tarde de quarta-feira diversos agentes entregaram na Ave-

nida Brasil, folders com material sobre o trânsito. Segundo o coordenador da Faztrans, Davi Alves Pereira, um dos objetivos da semana é levar aos jovens, principalmente, a educação no trânsito. “Nós temos

como foco a educação, a prevenção, pois precisamos justamente mudar e moldar para essa educação”, disse. Entre as propostas estão também levar os agentes de trânsito para dentro das escolas, com o objetivo de

educar, conscientizar. Davi também comenta essa postura da Faztrans. “A multa é a última instância, queremos educar, antes de qualquer coisa, fazer um trabalho preventivo”, concluiu.


Secretaria de Saúde informa a população sobre a Febre Amarela A Divisão de Vigilância e Controle de Agravos Estratégicos da Secretaria da Saúde informa à população que apesar de o Paraná não registrar casos de febre amarela urbana (somente silvestre, onde o contágio ocorre em área de risco) é necessário que a população se mantenha atenta quanto à presença do vírus. De acordo com a coordenação de Vigilância, o vírus da febre amarela é transmitido tanto aos seres humanos quanto aos macacos, pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo transmissor da dengue. Quando monitoramos a morte de macacos por febre amarela temos um controle da presença do

vírus no ambiente. Por isso, é importante que a população informe imediatamente a Secretaria de Saúde caso saibam da ocorrência de morte ou doença nesses animais. O objetivo do alerta é orientar a população quanto à importância da vacinação contra a febre amarela para as pessoas que vão viajar a qualquer local considerado de risco para a doença, principalmente as zonas rurais da Região Norte, Centro Oeste, estado do Maranhão, parte dos estados do Piauí, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) “Fazenda Rio Grande não é área endêmica, mas a preocupação é com os via-

jantes”, diz o secretário de saúde Pedro Cavichiolo, informando que a vacina está disponível em todas as Unidades de Saúde). Lembrando também que a imunização deve ser feita dez dias antes da viagem, conferindo imunização por um período de 10 anos. A doença apresenta os seguintes sintomas: - Febre - Dor de cabeça - Calafrios - Náuseas - Vômito - Dores no corpo - Icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) - Hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina)

A incubação da doença varia de três a seis dias após a picada do mosquito contaminado com o vírus. Os sintomas iniciais da febre amarela, dengue, malária e leptospirose são os mesmos. Portanto, é necessário a realização de exames laboratoriais para a diferenciação. Em caso de suspeitas procure o Pronto Atendimento do Município.

CONTROLE: Além de evitar focos de mosquitos em área urbana, é importante que pessoas que nunca tomaram a vacina contra a febre amarela ou que tomaram há mais de dez anos e que vivam ou transitem em áreas de mata fechada e com circulação de animais silvestre procurem qualquer posto de saúde para tomarem a vacina.


BR-116 tem tre Mandirituba é o novo ponto A segunda etapa da duplicação da rodovia BR-116 entre Fazenda Rio Grande e Mandirituba, do quilômetro 131 até o quilômetro 141, começou nesta semana com obras de terraplenagem. A obra custará R$ 36 milhões para as duas etapas. Na última semana o trecho de 1,7 quilômetros da BR-116, que liga Curitiba a Fazenda Rio Grande, foi liberado para o fluxo de veículos. A rodovia está em obras de duplicação há dois anos. O trecho que foi liberado é entre a ponte do Rio Iguaçu e o Aterro da Caximba, próximo ao posto 16. A entrega parcial da obra foi

anunciada durante a semana na apresentação de representantes da empresa Arteris na Câmara de Vereadores. O prefeito Márcio Wozniack comentou a entrega desse trecho. “Além de garantir mais segurança para motoristas e pedestres ela está sendo de extrema importância pelo momento que vivemos, com empresas chegando”, disse. Para o prefeito, também serão necessárias outras obras pontuais. “Já solicitamos que a balança, que fica próxima a Rua Pernambuco, muito utilizada como alternativa para caminhões que fogem da fiscalização,

seja transferida para outro local, longe de vias públicas, assim como ocorreu em São José dos Pinhais”, disse Márcio. Além do trecho entregue, está prevista pelo Ippuc uma trincheira na Rua Vereador Ângelo Burbello, km 119 e pela Comec um trevo em desnível nas proximidades da Rua Jorge Tortato. Como o cronograma dessas obras é posterior ao final da duplicação, a concessionária irá executar provisoriamente dois retornos em nível, permitindo que os moradores dos bairros do entorno possam retornar em locais menos distantes da rodovia

duplicada. Deste modo, o primeiro segmento a ser liberado ao tráfego na pista nova será do km 123 ao km 124,7 na divisa de Fazenda Rio Grande. Com previsão para o mês de outubro, o segundo segmento será liberado ao tráfego no lado de Curitiba, do km 119 ao km 117, melhorando a fluidez do tráfego da rodovia. Estão previstos também no contrato de concessão, dispositivos em desnível que possibilitam retorno nos km 116,5 (Distrito Industrial/ CEASA), 117,7 em Curitiba, km 127,6 e km 128,5 (em Fazenda Rio Grande).


echo liberado e Fotos: Maicon Lima

Hoje o usuário que trafega nesse trecho convive com grandes congestionamentos e riscos de acidentes, essa obra aumenta a capacidade da via, estando dimensionada para os níveis de serviço previstos em contrato. A situação atual do trecho Curitiba - Fazenda Rio Grande além dos congestionamentos diários, apresenta número de acidentes elevado, com a duplicação e a implantação de trevos em desnível a rodovia se tornará mais segura. Os cruzamentos serão todos em trevos completos em desnível, com alças, sem semáforos, exceto no km 119 e km 123 que serão provisórios.


Definido os semifinalistas da 2ª divisão de FRG

Após 5 rodadas, no último domingo ficou conhecido os semifinalistas da Série B do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Fazenda Rio Grande. No apertado e disputado

Grupo A a equipe do Dinamo conquistou o primeiro lugar no grupo após empate em 3x3 com a forte equipe do Inter, agora a equipe joga por dois resultados iguais com a equipe do Capocuen-

se que classificou-se em 2.º do grupo B com 10 pontos em 4 jogos. A outra semifinal ficou por conta da Equipe do Real Madri, 1.ª no Grupo B que enfrenta a experiente equipe do Bril-

hante, 2.º no grupo A por uma vaga na grande decisão e ao acesso à 1.ª divisão do futebol amador em nossa cidade. Os jogos acontecem no próximo domingo no Centro Esportivo Parque

Verde, ás 9h, Capocuense x Dinamo e ás 11h, Brilhante x Real Madri, lembrado que os dois vencedores garantem vaga na série A do futebol amador de Fazenda Rio Grande em 2014.

Tubarão de Fazenda Rio Grande, Campeão Intermunicipal Quarentinhas Foi realizado no ultimo domingo a final do Intermunicipal de Quarentinhas da Região metropolitana. E mais uma vez um evento Intermunicipal que envolveu os desportistas da região e terminou com sucesso. A decisão foi entre as equipes do Tubarão da Fazenda e Urano de Curitiba, na final da partida o time do

Tubarão venceu pelo placar de 2 X 0. Marcaram para equipe do tubarão Jair e Parma. O time do Tubarão da Fazenda foi campeão com este grupo: Peixeiro, Parma, Ademir Drevék, Ozeas, Sergio, Edilson, Helcio, Mario, Jair, Ronei, Moisés, Valdemar,Valdinei, Gibson, Cesar, Valcir, Adilson, Neri, Carlos, Betão, Sidney,

Jorge, Elcio, Correa, Ailton, Luiz Sergio, e Adriano. Técnico Campeão: Osmar Correa. A Prefeitura Municipal através do departamento municipal de Esporte e Lazer, parabeniza a forte equipe do Tubarão que representou e trouxe o titulo de campeão intermunicipal para nossa cidade.


Andrios Taborda lini, Jaque Koch, Be e Al a, Lim n Maico e Sheila Alves. ration ada na Joy Celeb im an Galera

Felicidades à amiga Clarice Narcizo por m ais um ano de vida. Parabé ns!

rdo o amigo Edua Parabéns para no e ad id que trocou de e , muita saúde último dia 10 ! es felicidad

Felicidades para a peque na Isabelly qu e completa mais um ano de vida! São os votos de toda a fa mília.

Ana Paula, neste dia tão especial, queremos lhe se desejar muitas felicidade do han tril ue tin que você con Com o caminho do sucesso. a sua muito carinho de toda família.


RM mostra expansão do mercado imobiliário expansão da linha de crédito na área dos programas sociais do governo, e do grande mercado imobiliário de FRG.

Há quanto tempo existe a RM, é uma empresa familiar? Sempre esteve instalada em Fazenda Rio Grande? A empresa RM Imóveis existe há quatro anos, não é uma empresa familiar e nesse período a área de atuação sempre foi a cidade de Fazenda Rio Grande. Como surgiu a ideia, acredita que tinha a

vocação ou foi mais uma oportunidade de negócios. Eu trabalho no ramo imobiliário há praticamente 16 anos, sendo que nesse tempo consegui fazer uma pós-graduação em administração na área de gestão de negócios imobiliários. A idéia de abrir um negócio próprio veio juntamente com uma oportunidade de novos negócios, aproveitando o grande momento de

Como avalia que está o mercado imobiliário, há espaço para muitas empresas? O mercado imobiliário de nossa cidade cresceu muito nesses últimos anos, pelo fato do grande incentivo do governo federal na linha de crédito do programa “Minha Casa, Minha Vida”, e pela localização de nossa cidade que está colada em Curitiba, São José dos Pinhais e Araucária. Hoje, estamos com muitos projetos em andamento em nossa cidade, mas vejo com cautela a abertura de novas empresas no ramo imobiliário, o mercado recebeu muitas empresas novas neste ramo e não vejo muito espaço para empresas “prestadoras de serviços – vendas”, mas o mercado ainda está aberto para em-

presas que queiram investir na construção civil, gerando mais negócios no setor imobiliário. Como você avalia o atual estágio de FRG, há um clima propício para novos negócios? Fazenda Rio Grande sempre terá grandes oportunidades na área imobiliária, seja em loteamentos, condomínios, construção civil ou locação de imóveis. O momento ainda é de grandes negócios, pois são vários empreendimentos que estão sendo iniciados e outros ainda em fase de aprovação. Vejo que o mercado tem espaço para grandes negócios, mas de forma mais planejada, mais qualificada e mais atenta às necessidades do cliente e do planejamento urbano de FRG. Você pretende ampliar seu negócio, criar novas unidades, por exemplo. A curto prazo vamos

investir mais em Fazenda Rio Grande, buscando negócios em nossa própria cidade e se preparando para fazer parcerias com outros empreendedores da área em cidades próximas. E a, longo prazo buscar parcerias em outras cidades do Paraná, principalmente na área de loteamentos. O que mais dá satisfação o lado empresário ou político? O lado de empresariado dá uma satisfação de realização pessoal, profissional e financeira, enquanto o lado político dá uma sensação de realização para a coletividade, no sentido de ajudar a desenvolver a nossa cidade e ajudar as pessoas no desenvolvimento coletivo e do crescimento da nossa cidade. Dizer quais dos dois lados (empresário ou político) dá mais satisfação é difícil, pois os dois são uma grande paixão.


Deputado Toninho volta a cobrar Patrulha Escolar para Fazenda Rio Grande Da assessoria

O deputado estadual Toninho Wandscheer (PT) voltou a cobrar do Governo, o aumento de efetivo e viaturas do Projeto Patrulha Escolar para o município de Fazenda Rio Grande. Toninho havia feito o mesmo pedido em abril deste ano e aguarda posicionamento do Governo. Segundo o deputado, atualmente, Fazenda Rio Grande é atendida por uma equipe de dois policiais e apenas uma viatura que faz a ronda em apenas 16 escolas. “Uma viatura não é suficiente para atender a demanda, uma vez que o município conta com

Foto divulgação

12 escolas estaduais, 27 municipais e 08 particulares. É preciso um contingente maior de policiais e viaturas para atender satisfatoriamente a segurança dos estudantes”, explicou o deputado. Para Toninho, o aumento de equipes e viaturas, com as constantes rondas, inibirá eventuais ocorrências relacionadas à violência e a criminalidade nas escolas, além de promover ações de combate às drogas - esse malefício que deixa os familiares dos alunos apreensivos da forma como seu comércio vem se alastrando no município.

Deputado vota contra projeto que autoriza aumento do capital da Sanepar O deputado estadual Toninho Wandscheer (PT) e demais parlamentares que integram a Bancada de Oposição na Assembleia

Legislativa, se posicionaram contra o projeto que autoriza o aumento do capital social da Companhia Paranaense de Sanea-

mento (Sanepar) e a venda de ações da empresa sem direito a voto. Segundo a Bancada, esta forma de gestão apli-

cada pelo Governo Richa privilegia os acionistas e seus lucros, em detrimento dos usuários da companhia. A Sanepar pode chegar

a ter um lucro de R$ 100 bilhões, porém, nenhum centavo será destinado ao paranaense, por conta deste envolvimento acionista.


Thor Don traz o rock para FRG neste sábado O rock volta a Fazenda Rio Grande neste sábado (21) no Senhor X, com a banda Thor Don, de Curitiba (PR). Formada desde 2004, o grupo toca covers de diversas lendas do hard rock, como Led Zeppelin, Deep Purple, Ozzy Osbourne, Black Sabbath, além de outras bandas do período. Segundo o tecladista Thiago Bomkoski, o grupo deve lançar um CD ainda no próximo ano, mas por ora, eles têm tocado as bandas preferidas de todos integrantes. “Não tocamos músicas que não gostamos, queremos sempre fazer um rock de melhor qualidade, mas com nosso jeito, de forma mais pesada, com uma batida nossa”, disse.

O grupo é formado pelo vocalista: Cidão (Edson Lima), o guitarrista Dailha (Marcelo Bomkoski), o tecladista Thiago Bomkoski, o baixista Jaciel Tiago Matins e o baterista Marcelo

Gobbi. Sobre a cena roqueira, Thiago disse que há muito lugares que o grupo tem tocado, mas está em uma fase a qual inclui a Regfião Metropolitana.

“Tocamos em diversos lugares, como o Seba, o Claymore e o Café Brasil, em Araucária, mas agora vamos fazer essa apresentação em Fazenda Rio Grande, em um lugar que

tem aberto espaço para o rock, então queremos fazer um bom som, pois sabemos que há um público muito bom e que curte rock em Fazenda Rio Grande”, disse.



Jornal Fazenda Popular nº11