Issuu on Google+

ESTADO DE MINAS - QUINTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2001

PÁGINA 5

TURISMO

❚ SANTA CATARINA

PROGRAMAÇÃO SEMANAL ATRAI GRUPOS DA “MELHOR IDADE”, DO BRASIL E DO MERCOSUL, ATÉ BALNEÁRIO CAMBORIÚ, ONDE ACONTECEM AS OLIMPÍADAS DA MATURIDADE, COM DEZESSEIS MODALIDADES ESPORTIVAS E UMA VASTA PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA, SOCIAL E CULTURAL

“MELHOR IDADE” EM BALNEÁRIO

vôlei de praia, malha, peteca, futebol de areia. Até o final de maio, Balneário Podem participar dos jogos Camboriú que, durante o verão, pessoas com mais de 50 anos de recebe uma multidão de visitan- idade, pertencentes a grupos de tes, grande parte de países do idosos, associações e/ou federaMercosul, tem também um pú- ções nacionais e estrangeiras. blico diferente. A cidade litorâ- Participantes individuais só nos nea de Santa Catarina tem o pe- eventos sociais, recreativos e ríodo que é batizado pela prefei- culturais como, por exemplo, a tura local como festa havaiana e a “Meses de Felicinoite típica cataridade”. Ele tradinense. cionalmente coO coordenador meça no mês de dos Meses de Felimarço e vai até cidade, Emery maio para receLenzy, explica o ber um grande modo de realizafluxo de grupos ção da Olimpíada: da Melhor Idade, “Durante os três com uma promeses são comergramação divercializados vários sificada que inpacotes turísticos, clui, por exemhavendo, a cada plo, a Olimpíada semana, um novo da Maturidade. público. Por isso São 16 moda- ■ Emery Lenzy mesmo cada selidades esporti- coordenador mana é realizada vas, atividades uma olimpíada. sociais, recreativas e culturais Os participantes vencedores de tendo como principal objetivo a cada uma recebem os prêmios. integração e a motivação das pessoas de terceira idade. Este ano, a coordenação do SERVIÇOS evento acredita que pelo menos 20 mil pessoas de Melhor Idade Por ser uma destino com grande estarão participando de tudo, procura quase todas as agências de inclusive das 16 modalidades de viagens têm pacotes áereos e terrespráticas esportivas que estão sendo realizadas numa área da tres, com formatos e preços variados, faixa de areia, entre as ruas para Balneário Camboriú, que geral2.400 e 2.600, especialmente mente incluem passeios no parque Bemontada com esse objetivo, e to Carrero World, Blumenau e outros no Centro de Eventos Auto Cine pontos. (av. do Estado, 4.770) onde tamCaso sua decisão seja ir de forma bém acontecem atividades soindependente – ou para outras inforciais, culturais e educacionais. mações – consulte a Secretaria de TuAs modalidades esportivas de rismo da cidade, no telefone (47) 3672001 estão sendo: natação, bo4422, ramal 241. Lembre-se que nesta cha, tênis de mesa, tênis de época do ano as águas das praias de campo, canastra, boliche, truco, xadrez, sinuca, dominó, dama, Balneário Camboriú estão bem frias

na Barra Sul, porém com preços que não são para todo mundo. Para os aventureiros, têm os vôos panorâmicos de asa delta ou paraglider no Morro do Careca, no Pontal Norte. Já para todos os gostos e, de certa forma, ao alcance geral, os passeios de barco contornando a Ilha das Cabras, no que é considerado um verdadeiro cartãopostal de Balneário. Tem gente que prefere fazer o mesmo caminho de outro modo, de jet ski. A ecologia é também um dos seus atrativos maiores. Percorrer as trilhas do Parque Ecológico no Bairro dos Municípios é obrigatório. O mesmo objetivo é buscado nas trilhas do Parque Unipraias mas o ecologista vai se sentir mais à vontade na Estação Mata Atlântica, no alto do Morro da Aguada, um verdadeiro santuário de preservação ambiental. Há também o Parque Cyro Gevaerd, que abriga o Zoológico de Camboriú.

LARISSA ANDRADE

CADA SEMANA É REALIZADA UMA OLIMPÍADA. OS PARTICIPANTES VENCEDORES DE CADA UMA RECEBEM OS PRÊMIOS.

PRAIAS DIEGO POPELIER

DIVERSIDADE

Praia não é tudo em Balneário. São várias opções de lazer, inclusive ir no Beto Carrero

Bondinhos no céu do Parque Unipraias Balneário Camboriú fica numa posição privilegiada no centro do litoral catarinense. Seu aeroporto é capacitado a receber quase todos os tipos de aeronaves. A cidade possui uma baía cercada de edifícios numa orla de quase sete quilômetros, onde se concentram o comércio durante o dia e, à noite, os ba-

res e restaurante, enfim tudo aquilo que muita gente procura num destino turístico. Contrastando com esse agito, do outro lado uma natureza preservada, que conserva todo o verde da Mata Atlântica e muitas praias selvagens, capazes de atender todos os gostos. Em Camboriú o que não falta

é novidade. Lá estão os bondinhos aéreos no Parque Unipraias, muito ao gosto do pessoal da Melhor Idade. Do alto do Morro da Cruz, o monumento Cristo Luz abençoa a cidade e ajuda na montagem de um painel multicolorido. Para quem quer algo diferente há os passeios de helicóptero

NO MUNDO DA PESCA ENGENHEIRO AGRÔNOMO É O “LOBISOMEM DO ANO” Logo nos primeiros minutos do sábado de aleluia recebi o nome do “Lobisomem do Ano”, escolhido por uma comissão especial de alto nível, depois de incansáveis e minuciosas investigações de dezenas de pescadores, suspeitos de se transformarem no estranho ser que aparece nas noites de lua cheia e na quaresma. Ele é Homero Guimarães, nascido em Curvelo, em 21 de abril de 1929, engenheiro agrônomo aposentado, fazendeiro, atualmente no comando do “Pesque & Paz Lagoa do Açude, em Paraopeba, onde vive com a esposa, Vilma, formando um casal de ótima cultura geral, irradiando ambos muita simpatia e inteligência. Homero é baixinho, cabelos vastos e brancos, com uma imensa barba, tendo um papo de primeira, gostando de falar de nossos rios e florestas, seus peixes e animais silvestres. Seu nome foi indicado por pessoas que o conhecem profundamente como o Ivon Campos, do Posto Campinho, na BR 040, em Paraopeba; Lincoln Botomarco, fazendeiro em Paraopeba; pescador Clodomir Sampaio de

LOBISOMEM

Homero Guimarães, o simpático “lobisomem”, adora passar momentos de paz às margens do seu “pesque & paz”, na Fazenda do Açude

Castro, jornalista Geraldo Martins da Costa; seresteiro Luiz de Suinga e por toda a sua família, a esposa Vilma, os filhos Bráulio, Marisaura, Maura e Andréia e o primo Humberto. Essa gente adora o Homero como figura humano, um exemplo de vida mas apontando-o também como um autêntico lobisomem. É que ele, todas as sextas-feiras da quaresma, à noite, costuma desaparecer, regressando na manhã de sábado, todo sujo, roupas rasgadas e demonstrando cansaço, o que faz com que durma muitas horas seguidas, acordando, depois, sem se lembrar de nada. Nesta última quaresma ele foi visto passando como um raio por várias fazendas em Paraopeba, Sete Lagoas e Curvelo, montado em um avestruz, sumindo na mata e atravessando rios. Um verdadeiro corisco. Tudo isso foi comprovado pela comissão especial, depois de ouvir moradores nessa região, seus amigos e familiares. Não restou dúvida alguma. Homero Guimarães é um autêntico “Lobisomem do Ano”.

nha família, em que deposito total e irrestrita confiança”.

CABOCLO D‘ÁGUA O nosso simpático “Lobisomem do Ano” é um defensor da existência do caboclo d‘água, pois já viu este bicho no vale do rio São Francisco por várias vezes, chegando mesmo a enfrentá-lo numa violenta luta pelas bandas de Januária, no final da década de 50. Defende-se afirmando que as testemunhas que o apontaram como lobisomem podem tê-lo confundido com esse caboclo d‘água que também tem estatura baixa, com cabelos e barbas longas, somente aparecendo durante a noite. FOTOS MEDRANO PEREZ

FAMILÍA

O “lobisomem” Homero Guimarães com sua família

TROFÉU Homero Guimarães vai receber o seu troféu, durante uma movimentada peixada,dia 17 de maio, no restaurante do Clube dos Pescadores, em BH, no bairro Dona Clara, em evento que terá a presença de centenas de pescadores, ministros, deputados, secretários, presidente de federações e clubes de pesca, jornalistas e vários lobisomens de anos anteriores. Será um festão de arromba, com muita alegria, música ao vivo e seresta. O troféu, como é tradição, será uma carranca do rio São Francisco.

HÁBITOS Homero Guimarães gosta de tomar uma boa pinta, falar de coisas do sertão que tanto ama e defende, de uma boa pescaria, ficando bravo com a destruição de nossas florestas e

rios e do meio ambiente em geral. Entende, e muito, de piscicultura e, por isso mesmo, montou o seu pesque e paz numa área de sua Fazenda do Açude, em Paraopeba. Lá é o seu mundo, vivendo momentos de alegria com sua inseparável companheira Vilma, os filhos e um punhado de amigos mineiros e de outros estados. Ele afirmou a essa coluna: “Eles estão dizendo que eu viro lobisomem, não vou protestar, mas não sei de nada. Tenho que concordar pois todos não errariam juntos, inclusive mi-

AMIGOS O Festão dos Pescadores, dia 17 de maio, será patrocinado pelo IEF, Pousada Matrinxã, Fish Tour, Banzay, Sea Náutica, Mundo da Pesca, Hotel Porto Morrinho (Pantanal), Hotel Fazenda Mar Doce (Três Marias) e América do Sul Turismo (ônibus para excursões).

OBJETIVO

A entrega do troféu ao Lobisomem do Ano possibilita a reunião de um grupo de pescadores esportivos, todos unidos na luta contra os crimes ecológicos e a preservação de nossas lendas e do folclore. Devemos fazer tudo o que for possível

De perto do Parque Cyro Gevaerd sai uma estrada que já se transformou numa espécie de rodovia temática. É a chamada Linha de Acesso às Praias que, com seus 16,5 quilômetros de extensão, leva o visitante a locais maravilhosos. São praias como Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Estaleiro e Estaleiro e até uma que atende aos naturistas, a famosa Praia do Pinho, uma das mais famosas do gênero em todo Brasil e onde já vive uma comunidade naturista sedimentada. Todas essas praias ficam em locais de vegetação praticamente intocada e natural e com águas límpidas e cristalinas.

ONOFRE MIRANDA

para que o progresso não acabe para sempre com o caboclo d‘água , o lobisomem, a mula sem cabeça com estrela na testa e outros mitos existentes na cultura de nossa gente.

INFORMÁTICA Não tive outra saída e estou participando de um curso de informática para enfrentar um computador, na Escola Crescer, no bairro Jaraguá, ministrado pela Flávia Aparecida e onde estou aprendendo a bater as teclas ao lado da Sílvia, do Nivaldo, Lucinéia, Eloisa, Rodrigo e Sidney.

SURUBI O surubi, peixe que chega a atingir mais de cem quilos, ocorre em quase todos os rios brasileiros, mas nenhum deles possui carne mais saborosa do que os encontrados na bacia do São Francisco. É com esse peixe que o Sérgio Luiz vai preparar a grande peixada, dia 17 de maio, na homenagem ao “Lobisomem do Ano”, Homero Guimarães.

TELEFONES ÚTEIS IEF - Diretoria de pesca 3295-3614 Piscicultura 3362-6000 Federação dos Pescadores 01-9777 Coluna no ‘‘Mundo da Pesca’’ 3443-6973 Marinha - Pirapora (38) 3741-1855 Polícia Florestal 3483-2055 IGAM 3337-3355


ENGENHEIRO AGRÔNOMO É O “LOBISOMEM DO ANO”