Page 1

Sugestões de pautas, críticas e elogios: cadernoc@rac.com.br

CADERNINHO C CantaVento celebra 15 anos de música e brincadeiras. PÁGINA A26

CORREIO POPULAR Campinas, sábado, 8 de outubro de 2016 Fábio Trindade/AAN

BBC faz a festa em NY /NOVIDADES/ Em grande estilo, canal participa da New York Comic Con com três superproduções; duas delas ainda inéditas

Elenco de Doctor Who participa de painel no teatro do Madison Square Garden

Fábio Trindade DE NOVA YORK

fabio.silveira@gmail.com

A BBC fez a festa no segundo dia da New York Comic Con. O canal, como prometido há meses, chegou com grande estilo no teatro do Madison Square Garden com nada menos que três superproduções, duas delas ainda inéditas: Dirk Gently’s Holistic Detective Agency e Class, spin-off da aclamada

Premiere mundial de Dirk Gently empolga plateia da convenção produção Doctor Who, esta, a terceira atração do dia. Todos no local estavam ansiosos para ver a estreia de Peter Capaldi, o atual doutor, na convenção, assim como as novidades da série, como a entrada da atriz Pearl Mackie como a nova companheira dele, Bill. Mas antes da Tardis (a famosa espaçonave que viaja no tempo e

no espaço) aterrissar em Manhattan, o público ficou muito bem acompanhado do elenco e criadores das novas atrações do canal, pois, adiantando, elas prometem. Para começar, as quatro mil pessoas que lotaram o teatro puderam assistir a premiere mundial de Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, produção que resgata o famoso inspetor que dá nome à série, criado por Douglas Adams, numa versão não tão amável como décadas atrás, mais ainda muito carismática. Agora, ele é interpretado por Samuel Barnett, que tem como companheiro o ator Elijah Wood como Todd. Elijah foi o único do elenco principal a não participar do painel da NYCC, por motivos de “casamento do melhor amigo”, mas mandou um vídeo explicando, pediu desculpas e agradeceu a atenção dos presentes. O episódio piloto, de cerca de uma hora, é hilário. Ele começa com o assassina-

to de um milionário no hotel onde Todd trabalha. É ele, claro, quem acha o corpo num cenário de verdadeiro caos. Ele chega à cena do crime depois de perceber diversas situações estranhas (e quase paranormais) no hotel, como ver a si mesmo numa situação inexplicável. De repente, o detetive Dirk Gently cruza o seu caminho (na verdade, ele invade o apartamento de Todd), porque diz ser predestinado a resolver tal mistério. Mas, para isso, Todd terá que ser seu assistente. Algo que ele recusa, claro. Nesse meio tempo, histórias paralelas que ainda não fazem muito sentido, pelo menos nesse primeiro episódio, dão o tom da série, recheada de comédia, ação, personagens perigosos e muitas coisas que o mundo comum não explica. “Eu sou apaixonado pelo trabalho do Douglas Adams e toda a origem de Dirk Gently e, por isso, minha intenção sempre foi manter esse clima total-

mente esquisito que permeia o personagem”, explicou o roteirista Max Landis. Apesar disso, ele diz que a série é mais humana que os livros do personagem, mas muito fiel a essência do que os fãs conhecem do inspetor. Para provar isso, o astro Samuel Barnett disse que “mesmo depois de viver o Dirk Gently por uma temporada inteira, eu ainda me sinto preso nele. Eu não consigo me desapegar, de tão forte que foi para mim.” Universo Doctor Who Depois de ver o piloto e falar com o elenco de Dirk Gently, foi a vez de Class invadir a sala. O painel contou com o lançamento mundial do trailer, o que gerou uma cena no teatro que comoveu a plateia. Os quatro atores principais, Greg Austin, Fady Elsayed, Sophie Hopkins e Vivian Oparah, se abraçaram no centro do palco em agradecimento, já que era a primeira vez que eles também viam o vídeo. O trailer

mostra um universo fantasmagórico e inusitado, mas um pouco mais juvenil que Doctor Who. Mesmo assim, mostrou diversas cenas que contam com a participação do próprio doutor, Peter Capaldi — para delírio dos presentes. “É uma série que mostra o que acontece depois que o Doutor terminou a sua aventura.” A lenda Mas todos aguardaram mesmo pela cereja do bolo. Não é comum ouvir que Doctor Who foi a porta de entrada para muita gente no mundo nerd. Bom, para começar, porque a série tem mais de 50 anos de história. Depois, porque seu enredo permite uma renovação a cada nova temporada, assim como troca de elenco, parte dele ou todo mundo mesmo. Sem esquecer, ainda, que a série fala sobre viagem no tempo, alienígenas, tecnologia inexistente, enfim, pura ficção científica que quem é nerd mesmo não perde por nada.

O painel contou com momentos muito engraçados, principalmente de Matt Lucas, que retorna para a décima temporada. Entre as partes mais divertidas, está uma pergunta feita pela plateia sobre qual personagens cada um do elenco queria interpretar, excluindo o doutor da brincadeira. Peter, arrancando risos de todo mundo, disse: “eu adoraria fazer a Missy. Assim, eu poderia voltar como o novo Master disfarçado de décimo segundo doutor.” Missy, para quem não sabe, é a nova versão do Master, um outro timelord e arqui-inimigo do doutor. Agora ele regenerou como mulher e tudo pode acontecer. Além disso, Peter disse que a entrada de Pearl Mackie deu um novo vigor à série, e que o público vai se surpreender com a nova temporada. “Tudo está relativamente diferente.” Vale lembrar que Doctor Who também é exibido no Brasil pelo canal SyFy.

Cobertura da New York Comic Con 2016 - Segundo Dia  

Matéria sobre as séries da BBC apresentadas na NYCC, em Nova York

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you