Issuu on Google+

Turismo e Cultura Ano V/2013/2014 - Nº 13 - Dez - Jan - Fev

E o verão chegou...

Guarapari tem roteiro para todos os gostos. São 51 praias de belezas deslumbrantes, muito agito e gente bonita!

Turismo:

Dicas e Roteiros

Entrevista:

Marco Azavedo e o Turismo Estado

Direito:

Portabilidade Política


Editorial Fim de ano é tempo de festas e confraternizações e a expectativa da chegada da estação mais esperada do ano; o verão, que tem o poder de mudar nas pessoas a cor, o astral, o visual, o comportamento... Pensando nele, ficamos encantados com as perspectivas que ele nos trará. Nesta edição, listamos roteiros e dicas com sugestões e muitos atrativos, para fazer do seu verão o mais movimentado na Cidade Saúde. Caminhar, pedalar, patinar, ou fazer trilha nos parques de reservas ambientais estão dentro da lista, além de um ótimo passeio no parque aquático,Aquamania, com

várias opções de lazer. Roteiros históricos e culturais, assim como grande parte de exposição de trabalhos artesanais você encontra no centro da cidade, nas feiras instaladas no ponto mais famoso, o Radium Hotel. A gastronomia da cidade é muito variada, mas com tendência, claro, para frutos do mar, e o destaque são os pratos tradicionais: moqueca capixaba e o peroá frito, servido na maioria dos quiosques à beira da praia. A Praia do Morro se destaca pelos atrativos, durante o dia, mas também conta com várias opções de bares e restaurantes à noite, com música ao vivo. Mas é na região das águas azuis

(Nova Guarapari e Meaípe) que a badalação é mais forte, com vida noturna agitada e muita gente bonita. O Terceiro Setor na cidade é muito atuante e trabalha com ações voluntárias, o ano todo, em prol do bem comum. A preservação ambiental é compromisso de grande parte dos moradores da cidade, onde existe lei para proteção de árvores nativas da Mata Atlântica, ainda muito preservada no Estado do Espírito Santo.

Boa leitura e ótimo verão!

A equipe da INFORMAR deseja a todos Boas Festas e Feliz 2014!

Expediente Diretora-geral e jornalista responsável Fátima Fonsêca Registro – 2254/ES

Colaboradores: Jornalistas Josiane Trindade Solange Medina Carlos Henrique de Souza Advogado Carlos Tadeu Albernaz

Diretor de Fotografia e Capa: Tiago Albernaz

professor de Educação Física e personal trainer

Diagramação Carla Silva

Publicitária Imaculada Souza

Felipe Toscano

Consultoria de Moda e Estilo Regiane Alfenas Periodicidade: Trimestral Tiragem: 6 mil unidades CNPJ: 13.141.227/0001-07 Tiago Albernaz Fotografia E-mail: esinformar@gmail.com (27) 9246-1286 / 9255-0336 Associada a ADJORI-ES


esinformar

3


Turismo

1º Torneio de Pesca de Arremesso de Guarapari Josiane Trindade

O destino turístico mais famoso do Espírito Santo ganhou, nos dias 15 e 16 de novembro, mais uma opção saudável de lazer e entretenimento. Trata-se do Torneio de Pesca de Arremesso Paulo Amorim, que atraiu moradores e turistas de vários destinos para o Siribeira Iate Clube, um local de vista privilegiada, que se tornou o point da pesca esportiva no feriado da Proclamação da República. O evento foi realizado em duplas nas categorias: Maior Quantidade, Tamanho e Pescador(a) Mais Idoso(a). Os classificados foram contemplados com troféus, medalhas e camisetas para todos os participantes. O torneio tem como objetivo prestar uma homenagem a um dos maiores esportivas na área, Paulo Amorim, pescador mais famoso da cidade. reconhecido internacionalmente, com o recorde de pesca

R

AU EST

RA

NT

E E P I

DO

e

ZZ

AR

IA

Self-service e Alacarte

do marlim-azul, que pesou 636 kg, em Guarapari, além de promover o turismo. O projeto foi idealizado e colocado em prática por Carmem Amorim, esposa do pescador. A supervisão ficou por conta da Confederação Brasileira de Pesca e Desportos Subaquáticos e da Federação de Pesca e Desportos Subaquáticos do Espírito Santo, com a promoção da empresa Paulo Amorim Sport Fishing 636 e o apoio da Prefeitura Municipal de Guarapari, através da Secretaria de Esporte, Cultura e Turismo. O Siribeira Iate Clube, que tem à frente o comodoro Ricardo Cruz, encarregado da organização do torneio.

Divulgação

Com uma alimentação farta, ele varia no cardápio marinho comendo peixes como atuns, sororocas, peixes-voadores, lulas e muitos outros, esse é o marlim-azul, considerado o grande pescador do mar. Sua presença se faz em toda costa brasileira, onde abriga a melhor região para a pesca dessa espécie marinha, por causa das águas azuis, limpas e quentes. As correntes que trazem essas águas chegam mais perto da costa entre setembro e março, e o melhor período para a pesca é entre outubro e fevereiro. Nas águas do mar de Guarapari, existe uma grande diversidade de peixes, o que atrai o marlim-azul para essa região. Por esse motivo, o Espirito Santo detém os dois recordes mundiais de pesca do marlim: um azul, que pesou 636 kg, e outro branco, de 82 kg.

Carmem Amorim

Disk-Pizza

27

3361-3476

Self-service a aprtir de 11h

Trabalhamos em família para servir bem, onde a qualidade faz a diferença! Rua Mônaco - Praia do Morro - Guarapari/ES 4

esinformar


esinformar

5


Turismo

Dicas e roteiros Divulgação

Praia do Morro Destino mais famoso e procurado da cidade: orla recém-urbanizada e pronta para você se mexer: caminhada no calçadão (2.900km), pedal na ciclovia, curtição com skat ou patins, aparelhos de ginástica, parque infantil, quadra de esporte – areia/mar: caiaque, bananaboite, jet-ski, projeto vela na praia, etc., além de fácil acesso ao Morro da Pescaria, onde se faz um belo passeio pela trilha (1km ) da reserva ambiental. Na orla, você ainda encontra quiosques que servem as delícias da gastronomia do litoral capixaba, como o famoso peroá, peixe mais procurado para consumo, à beira da praia. À noite, a movimentação do bairro fica por conta de passeio no calçadão, nos bares e restaurantes, localizados nas vias principais. Na Avenida Paris, encontra-se a maior concentração de bares com várias opções como: comida de boteco, pizzas, sanduíches, churrasquinhos, etc. Um dos destaques é o Restaurante e Pizzaria Paris, que serve pizzas e carnes grelhadas e o Restaurante La Viola, especializado em comida mineira, com opção de churrasco e à noite música ao vivo.

6

esinformar

Nova Guarapari e Meaípe Local com lindas enseadas, entre as mais famosas está a Praia da Bacutia, considerada a praia com maior concentração de gente bonita no verão. A região também é referência em restaurantes tradicionais e vida noturna agitada, onde estão instaladas as mais disputadas casas noturnas da cidade, destacando-se a Mais, considerado, em 2005 pela EMBRATUR, o maior complexo de lazer noturno do Brasil. ho Marin ulgação quário Div A b Su Planet

Divulgação

Centro Roteiro Histórico e Cultural Passeio de Escuna Shopping/Cinema Planeta Sub (aquário de mergulho) Siribeira Iate Clube FEINARTG – Feira Interestadual de Negócios e Artesanato de Guarapari – de 05 a 27 de janeiro 2014 na praça do Radium Hotel.

Multiplace Mais Divulgação

Poço dos Jesuitas


Cultura

8º Festival da Cultura e 5º Festival Guarapari Gastronômico e Regiões Josiane Trindade

Divulgação

No período de 06 a 08 de dezembro de 2013, foi realizado o 8º Festival da Cultura e 5º Guarapari Gastronômico e Regiões, no Radium Hotel – Centro. O Festival é uma realização da Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura e Turismo – SECTUR em parceria com a Secretaria da Educação – SEMED. Este ano, o evento contou com uma ilha gastronômica e cultural, buscando incentivar e fortalecer tanto o setor de

restaurantes, bares e similares quanto valorizar e motivar a cultura local. Foram instalados dez stands para visitação, com produtos da região de Guarapari e de cidades próximas, com variedades entre cachaça, artesanato, quitutes da zona rual, além de uma grande diversidade da gastronomia local. Na programação cultural, foram apresentados projetos desenvolvidos por alunos da rede pública municipal de ensino, onde foram divulgados a arte e

o artista local. O Festival contou, ainda, com a apresentação da premiada Cia. de Dança, Mítzi Marzzuti, que pela primeira vez esteve em Guarapari, onde encenou a apresentação de um projeto desenvolvido há alguns anos, que consiste em mostrar a constante troca de relação entre as pessoas, desencontros sentimentais, buscas, afetos, que persistem no cotidiano do ser humano, ao som de músicas do compositor e poeta, Chico Buarque de Hollanda.

esinformar

7


Cultura

Fim de ano Crônica Solange Medina

O ano se aproxima do final e, inevitavelmente, o ser humano se dispõe a balanços interiores. Vai desfilando mês a mês, na memória, toda sua proposta eufórica empenhada para si mesmo. Uma aquisição aqui, outra ali... Comparando com o ano anterior, ele constata que até mesmo a agenda ainda está nova, e os compromissos programados lhe

parecem iguais. A rotina, que se estabelece no passar dos dias pela pressa de viver e cumprir o que se firmou, transforma todas as cores, espraiadas na calma, num cinza indefinido, fincado na ansiedade. Vive-se pulando etapas, pois são tantas metas para atingir. Daí, a urgência mascara a apoteose alcançada, porque a plenitude reside na serenidade. Catalogam-se aspirações, que não comportam no exíguo espaço do ser que tem pressa... No céu, mãos mágicas esculpem nuvens em esculturas fugazes, irrepetíveis e ir reproduzidas, que os observadores sensíveis de um tempo, que já vai bem distante, já não podem admirar, sugados que foram pela correria do dia a dia. O mar, cúmplice nessa habilidade em extasiar visões, nesse contexto de arte natural, joga e recolhe suas águas, numa pintura infinita que se move e, assim, como as nuvens, é cada dia mais ignorado pelos que correm. Em nome de uma pressa incompreensível, desdenha-se a arte da natureza que nos cobre e nos cerca... Contabilizar o que se empenhou é tão fugidio

como observar um caleidoscópio; tudo se mistura na sensação doída de quem não segurou a essência preestabelecida. Doze meses se passaram e outros tantos já estão ao alcance da nossa teimosia em adiar possibilidades. E apenas porque falta-nos obstinação para concretizá-las, damos-lhes o nome de desafios, que justificam a tibieza da nossa coragem. Virar a página da agenda é mais ameno, não compete com noites insones... No tilintar das taças, os nossos sorrisos conterão todas as euforias convencionalmente programadas, e os fogos não dirão que é mentira. Estarão lá para confirmar alegrias confraternizadas em comemorações, até nos darmos conta de que mesmo eles, após dilacerarem o céu tantas vezes com suas luzes fantásticas, caem sobre o mar, aflito para apagar ilusões encomendadas. Todavia, a frase calada e o gesto adiado, por um tempo que não sabemos dimensionar, podem durar apenas um segundo, basta que nós, que tão bem nos conhecemos, os transformemos e façamos valer a pena...

Arte de alta qualidade em cerâmica

Divulgação

As primeiras cerâmicas de que se tem notícia são da Pré-História: vasos de barro, sem asa, que tinham a cor de argila natural ou era enegrecida por óxidos de ferro. Nesse estágio de evolução ficou a maioria dos índios brasileiros. A tradição ceramista — ao contrário da renda de bilros e outras práticas artesanais — não chegou com os portugueses ou veio na bagagem cultural dos escravos. Os índios aborígines já tinham firmado a cultura do trabalho em barro, quando Cabral aqui

8

esinformar

aportou. Com o tempo, a cerâmica foi evoluindo e ganhando espaço no dia a dia das pessoas. Lilia Zainott é ceramista, carioca, especializada em trabalhos de alta qualidade, na produção de peças únicas, as quais expõe em feiras e exposições, em vários Estados brasileiros. Seu trabalho consiste na decoração de peças cruas, as quais recebem tratamentos exclusivos. Segundo Lilia, o trabalho começa com a

compra da peça e a idealização do motivo a ser decorado, até o momento em que se retira a peça acabada do forno, após seu cozimento: “Nenhum artista é completamente original, mas, se utiliza de suas próprias ideias e imaginação, para chegar a exprimir o que realmente sente e deseja. Devo reconhecer que talvez seja um hábito, mas sempre utilizo coisas novas no meu trabalho, porque sinto necessidade de conhecer o seu funcionamento e sua constituição”, conclui.


Entrevista foto: Cacá Lima

“Considero-me um cidadão capixaba, vivo no circuito Vitória, Vila Velha, Guarapari” Marco Azevedo é empresário do trade turístico. Nasceu em Vitória, mora em Vila Velha e frequenta Guarapari desde criança, onde tem negócios. Sócio-proprietário do Parque Aquático Acquamania, Marco Azevedo trabalha com turismo há 25 anos, o que lhe proporcionou grande experiência na área. Um dos fundadores do Espírito Santo Convention & Visitors Bureau, onde por duas gestões atuou como presidente, o empresário tem no currículo destacadas funções como diretor-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Espírito Santo (ABIH-ES), diretor regional da Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (ADIBRA) e representante do Conselho Nacional de Turismo do Espírito Santo, nas gestões dos presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

INFORMAR - Como você se iniciou no turismo?

Sou engenheiro civil por formação e entrei no turismo por acaso. Na década de 70, meu pai comprou uma fazenda em Guarapari, e minha mãe sempre sonhava com um hotel. Em 1990, meus irmãos resolveram construir um hotel e me chamaram para trabalhar com eles. Na época, era sócio de uma empresa bem-sucedida, mas meu sócio resolveu desfazer o negócio, e aceitei o convite. Como tinha experiência com obras, fiquei responsável pela contratação dos projetos. Juntamos forças, e em 20 meses construímos o Hotel Fazenda Flamboyant.

INFORMAR - Trabalhar em novas áreas é um desafio?

Fiquei responsável pela a área comercial do hotel e, assim, tive oportunidade de fazer vários contatos. Viajava muito para conhecer outros hotéis, e foi numa dessas viagens que conheci um toboágua e me amarrei. Na época, como não tinha internet, pesquisei bastante, porque tive interesse no produto. Tínhamos feito ampliação no hotel, e resolvi construir o Acquamania. O sucesso foi grande, porque fiz uma coisa inovadora no Estado, um parque aquático com recreação, toboágua, cinema, futebol, e esse foi um dos primeiros no Estado e o terceiro no Brasil. Fiquei famoso e até virei capa de revista nacional.

INFORMAR

-

Foi

assim

que

começou sua vida pública no turismo?

Comecei a ter mais interesse pelo turismo e passei a estudar mais. Apesar da escassez de literatura sobre turismo no Brasil, consegui bons resultados. Então, resolvi fazer cursos, participar de palestras e, em uma dessas palestras, tive aula numa escola muito importante, com a presença dos catalães, que vieram para o Estado e apresentaram um projeto fantástico para o Espírito Santo. O convite veio do secretário de Turismo do Estado, que convocou todos os líderes do setor, e foi nessa época que fui convidado, pela primeira vez, a participar do Conselho de Turismo do Estado, que na época só tinha figuras ilustres do Espírito Santo.

INFORMAR - Como o Convention & Visitors Bureau chegou ao Espírito Santo ?

O Convention & Visitors Bureau foi fundado em 1998 por empresários do setor e, como parte integrante, com idéias inovadoras, experiência e conhecimento na área de turismo de lazer, a indicação para presidência foi natural. Mas, com o tempo, tive que me empenhar e aprender a respeito de turismo de eventos e captação desses eventos. Isso tudo foi muito importante para a minha formação pessoal e profissional, oportunizando a participação em grandes eventos nacionais e internacionais.

INFORMAR - Você conseguiu captar muitos eventos para o Estado?

Isso, na época, foi fantástico. Já era conhecido por meus empreendimentos,

e com o sucesso que o Convention teve, inicialmente, na área de captação de eventos, conseguimos montar uma estrutura, não muito grande, mas bem integrada. Chegamos a cancelar eventos durante a semana por falta de estrutura nos hotéis, para atender a essa demanda. INFORMAR - Os gestores públicos acompanharam esse desenvolvimento?

Não. Os grandes projetos, na minha gestão, até hoje não foram realizados. Os dois principais projetos, que eram a ampliação do Aeroporto de Vitória e a construção de um Centro de Convenções, até hoje não saíram do papel, e isso tem mais de dez anos. O Estado do Espírito Santo desperdiça as oportunidades. Precisa-se encontrar uma solução: a taxa de ocupação nos hotéis está caindo e a oferta hoteleira crescendo, com a construção de novas unidades.

INFORMAR - O Parque Acquamania é um dos grandes atrativos turísticos de Guarapari e o carrochefe de seus empreendimentos. Há alguma novidade na área?

A intenção é unir o Flamboyant, o Acquamania e o Acquamarine, para transformá-los num resort. Acredito que nos próximos dois anos conseguiremos realizar essa integração, e acredito, ainda, que isso será um grande passo para o desenvolvimento de nossa empresa e, até mesmo, da região.

esinformar

9


Tecnologia

Processos de negócio e tecnologia Saber usar as ferramentas e treinar usuários para obter resultados relevantes

Assistindo ao Seminário de BPMP (Business Process Management) em Vitória, no mês de novembro, percebi como o termo “processo de negócio” ainda não é bem conhecido dentro das empresas. Todos sabem que é necessário, mas não sabem como fazer. Encontrar profissionais que executem essa tarefa é outro desafio. Vale listar aqui cinco competências fundamentais para as pessoas que pretendem desempenhar ou desempenham esse papel em uma organização. 1 - Profundo conhecimento do negócio - Análise dos pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades. Qual o seu produto ou negócio? Sabe claramente para onde caminha a empresa? 2 - Formação ampla - O profissional que resolver assumir a responsabilidade de analisar os negócios da empresa e utilizar a tecnologia a seu favor, precisa ter um conhecimento amplo, para ser capaz de se entender com os demais usuários.

10

esinformar

3 - Habilidades interpessoais e pensamento sistêmico - Saber se relacionar com todos é muito importante. Esse profissional de processos de negócio precisa se relacionar bem com pessoas de diferentes formações, estilos e mentalidade, especialmente na medida em que é sua função “fazer a ponte” entre as diversas áreas de negócio e as áreas de tecnologia. 4 - Domínio de técnicas Não podemos esquecer-nos de citar o domínio de diversas técnicas necessárias para entender, modelar, analisar e documentar processos de negócio e requisitos de sistemas. 5 - Visão pragmática da tecnologia Visão prática, conhecer o que está acontecendo no mercado tecnológico, não só em sua comunidade, mas no país e no mundo. Sobram recursos para se informar o tempo todo sobre o assunto. Sites, blogs, fornecedores, indústrias, dispõem de informações sobre seus produtos, diariamente.

As empresas precisam ter claro que não basta mudar a descrição de cargo do colaborador e jogá-lo aos leões, cobrando resultado. É fundamental que ele receba a formação necessária, cobrindo as lacunas que possam existir. De outro modo, o risco de problemas de comunicação, atritos, e mesmo desmotivação por parte deles, é imenso, o que fará da empresa a primeira e a mais prejudicada. É melhor capacitar do que remediar.

Maria Imaculada de Souza Publicitária – DRT 159ES


Direito

Extinção da portabilidade política

Dr. Carlos Tadeu Albernaz advogado especialista em Direito Trabalhista e Eleitoral Hoje em dia, é comum se falar em moralização da política, ética na política, fim dos troca-trocas entre os poderes da República, principalmente os poderes Legislativo e Executivo. Poucas pessoas percebem que uma das maiores práticas, que há anos alimenta a corrupção no nosso país, é praticada, sem o menor constrangimento e respeito ao eleitor, pelo Poder Executivo, com a doação de cargos a políticos em ministérios, empresas estatais, secretarias e outros postos, para se fortalecer nas casas legislativas, e aprovar projetos de seu interesse e interesse dos partidos, que na realidade se vendem. Os chefes dos executivos federal, estadual e municipal nomeiam para os cargos de ministros, chefes de estatais, secretários e outros políticos com mandato em curso, obrigando, tanto a Câmara quanto o Senado e as Assembleias Municipais a convocarem suplentes

para os seus lugares. Quando um desses políticos, travestido de ministro ou outro posto, é pego cometendo algum delito, imediatamente é demitido e, com a maior tranquilidade, ele volta ao seu cargo no Legislativo, como se nada tivesse acontecido. Essa portabilidade política de poder ir para o Executivo e voltar para o Legislativo a qualquer hora, sem ser responsabilizado por nada, é que imediatamente deve acabar com a nova reforma política. Exemplo clássico é o do senador Edson Lobão, que se elegeu senador e aceitou dirigir o Ministério das Minas e Energias do governo Dilma, entrando em seu lugar o seu filho de 20 e poucos anos, que não recebeu nem um voto, e que é o senador mais faltoso da casa. Defendo a ideia de que o político que quiser ir para o Executivo, assumir algum cargo, que vá, mas antes renuncie

ao seu cargo de senador, deputado ou vereador, e se for pego com algum, na cueca, responda por seus atos e se quiser voltar a ser político, que encare a próxima eleição A OAB, brevemente, vai colher assinaturas para fortalecer a sua visão sobre a próxima reforma política. Devemos todos os advogados tentar incluir esse tema tão importante e pouco falado nessa reforma, que com certeza vai trazer um viés moralizador para as relações, hoje tão promíscuas, entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo. O texto de Berthold Brecht revela a importância do voto e mais que isso, revela a importância de se votar consciente e livre de pressões.

O ANALFABETO POLÍTICO Bertolt Brecht

O pior analfabeto é o analfabeto político Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio, dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

esinformar

11


E o verão chegou...

Mar, sol, praias, montanhas, atrativos turísticos e muitas belezas naturais fazem parte do cenário da bela cidade de Guarapari, principalmente no verão, estação mais esperada por todos, durante o ano. Conhecida, nacionalmente, como o destino turístico mais famoso do Estado do Espírito Santo, a Cidade Saúde, (título concedido no início dos anos 70, por causa das propriedade medicinais das areias monazíticas da Praia da Areia Preta), 12

esinformar

está localizada a 51km de Vitória, entre o mar e a montanha, com clima agradável e temperatura variando entre 22 e 35 graus, ideal para curtir férias inesquecíveis. Guarapari tem roteiro para todos os gostos. São 51 praias de belezas deslumbrantes, onde se destacam as mais famosas, como a Praia do Morro, das Castanheiras, da Areia Preta, da Bacutia - entre as mais reservadas -,

Praia dos Padres, Santa Mônica e a Praia D`ulé (propícia para prática do surf). Um passeio pelo manguezal é imperdível. Lá, pode-se observar o ecossistema, junto com a procriação das mais variadas espécies de animais e plantas. Para interagir ainda mais com a natureza, a sugestão é uma caminhada pelo Parque Municipal Morro da Pescaria, localizado na Praia do Morro ou Parque Paulo César Vinha, em Setiba, ambos reser-


vas ambientais. Artesanato, gastronomia, feiras e exposições, vida noturna com baladas, shows em espaços fechados ou abertos, como as serestas ao ar livre em praças públicas, são atrativos que deixam o verão mais alegre e proporciona ao turista momentos de liberdade e interação com o cotidiano da Cidade Saúde. A gastronomia tem como carro- chefe a famosa Moqueca

Capixaba, de dar água na boca, motivo de orgulho para o povo da terra. São muitas as opções de restaurantes que servem peixes, carnes, massas e até carnes exóticas, como o Restaurante Sal e Tal que tem em seu cardápio carne de carneiro. O artesanato destaca-se pelos trabalhos em conchas, barro (para produção da famosa panela de barro), rendas de bilro, onde tem sua concentração nas rendeiras de Meaípe e trabalhos em

fibra de bananeira, produzidos pelas Mulheres de Fibra, da região de montanhas da cidade. A cidade contempla cinco circuitos turísticos, para agradar aos mais variados gostos: Turismo Rural, Ecoturismo, Histórico e Cultural, Náutico e o Turismo de Vivência. Todos de ótima qualidade, destacando-se o Naútico e o de Vivência, por suas características e inovações. esinformar

13


Monumento nuo o mo e d a r e id cons ado d Tigrão: ais fotograf m é uma mento ri, o Tigrão 1972, a e Guarap a Esso, desd ádua, d P o o ã doaç rio Din o Dino, á s e r p t ao em rio do Pos ida de u tá proprie hosamente c isualiv in r que ca peças mais ação: liz as uma d cidade. Loca . a d n o s p te zada ximo à ó r p , o Centr Marlim-Azul

Marlim-azul: ho menagem a Pau lo Amorim, pesc so da cidade qu e fisgou o maior Marlim-azul, em Localização: Pra ia do Morro

Tigrão

Turismo Náutico

Turismo de Vivência

Para os amantes da prática de mergulho, a opção é realizar um mergulho para conhecer o Victory 8B, navio afundado e transformado no maior Recife Artificial da América Latina, numa região considerada a mais rica em biodiversidade marinha da costa do Espirito Santo. O navio foi preparado e afundado em 2003, a seis milhas da costa de Guarapari, em frente às Ilhas Rasa e Escalvada, em posição de navegação, entre 15 e 35 metros de profundidade. O passeio pode ser realizado pela Atlantes, especializada em mergulho submarino.

Chegar a um destino turístico e conhecer de perto a produção da cultura local é comum. Imagine produzir uma peça única, orientada por um artesão do lugar? Essa é a atividade do Turismo de Vivência, lançada em 2011, pela Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria de Esporte, Cultura e Turismo, elaborada especialmente para promover o contato do turista com o cotidiano da cidade por meio das artes, dos ritmos, dos movimentos e dos sabores. A experiência pode ser vivenciada na produção de uma peça em barro, na oficina do Mestre Pixiló, na Praia de Setiba, com um dos mais famosos artesãos da região, entalhar uma peça em madeira, em frente à Praia das Castanheiras, com o artesão Itamar, aprender a fazer pintura em panela de barro, no Artesanato Praia do Riacho ou até mesmo fisgar um peixe no Morro da Pescaria, como fez Zélia Mateus, 75 anos, aposentada, de Pedro Leopoldo-MG, pela 2ª vez em Guarapari: “Adorei o Morro da Pescaria e, como pescadora nata, terminei fisgando

Divulgação

14

esinformar

Zélia Mateus

um cação-viola, causando surpresas aos que estavam próximos”, destacou. Mais informações: SECTUR – (27) 3262-8759


os da cidade

cador famom Guarapari

Poço dos Jesuítas:

Estátua de São

Pedro

adores da dro: para os pesc Pe o Sã de a tu tá ação Es proteção e orient o m co e rv se a, Prainh ainha de ar. Localização: Pr na saída para o m Muquiçaba

Poço dos Jesuítas: construído de pedras, areia e conchas trituradas e óleo de baleia. O poço cobre uma nascente que por muito tempo abasteceu a cidade. Construído pelos Jesuítas, é o único no Estado. Localização: Praia da Fonte – Centro.

esinformar

15


Comemoração do aniversário do restaurante La Viola

Entrega do título de Cidadã Guarapariense pela Camâra Municipal de Guarapari à Fátima Fonseca editora da Revista Informar. O título é doado a pessoas não nascidas na cidade mas que tenham realizado ações para o bem comum. O vereador Anselmo Bigossi foi o indicado para a entrega do troféu.

www.pousadapraiadomorro.com.br

Praia do Morro Guarapari/ES

16

esinformar


Inauguração da Unidade de Saúde da Família, em Setiba, pelo Governador Renato Casagrande, com a presença do Prefeito Orly Gomes e demais autoridades.

Abertura Verão 2014 no Restaurante Pedra da Paquera, Siribeira Iate Clube, com apresentação de Jazz, Bossa Nova e MPB. A casa tem novidades e apresentou uma deliciosa Paella, com a marca do Chef João Delpupo.

Marcelo e Samara Rio de Janeiro

Prefeito Orly Gomes e a Secretária de Comunicação Érika de Carvalho

Lúcia e Francisco

Empresários/ Hamburgão

esinformar

17


Empresario

Vida saudável e sustentabilidade A alimentação saudável e a utilização de produtos alternativos virou moda, na década de 80, quando adeptos do naturalismo passaram a consumir mais grãos, optaram pelo leite de soja, produtos sem agrotóxico, diminuíram o consumo de carnes, principalmente a vermelha, e passaram a ter mais consciência ambiental. Atualmente, o mercado desse seguimento é vasto. A franquia Nação Verde, fundada em 2010, vem fazendo o diferencial no mercado, com a produção e comercialização de mais de 100 itens exclusivos, como: suplementos alimentares para a reeducação alimentar, controle de peso, repositor de vitaminas e minerais; alimentos lights, diets e sem glúten; cosméticos naturais, livres de parabenos (petróleo), além de produtos da linha pet, limpeza de casa e carro, todos naturais e ecossustentáveis, com o propósito de eliminar ou minimizar o impacto ao meio ambiente. Para Demétrio Castro, franqueado da loja Nação Verde de Guarapari, ele veste a camisa da franquia e acredita que os produtos consumidos por seus clientes, certamente, trarão mais qualidade de vida para os mesmos. A franquia se posiciona como a “Primeira franquia

18

esinformar

de sustentabilidade do Brasil” e trabalha com três canais de vendas: loja física, virtual e a venda direta (por meio de catálogos).

Em Guarapari, a loja funciona no Shopping Guarapari, 3º piso, de segunda a sábado, das 10h às 21h.


Moda

Brindemos o verão que desponta!

Divulgação

Com altas temperaturas em vigor e clima de férias, as praias ficam cheias de gente bonita, bronzeada, corpos malhados... Vamos viajar nas tendências e propostas para esta estação. Na mala, não se esqueça de levar biquínis de franjas e babados para os modelos tomara que caia ou cortininha, que serão o hit da temporada. Nuances de tropicalismo, com estampas maxi e selvagens, estampas miúdas e suaves. O movimento das ondas aparecem em desenhos de psicodelismo e etnia. Essas inspirações também alcançam as sungas e os maiôs.

O verão combina com tecidos sutis. A dica é para quem quer apostar na transparência, para o dia a dia, e escolher peças que não mostrem muito. Por exemplo, aposte em uma blusinha delicada, transparente, com uma regatinha por baixo, ou use um vestido só com uma barra transparente, ou até aposte numa t-shirt com transparência bem leve. Quanto aos acessórios, no calor, menos é mais. Quando for escolher, lembre-se de que o chapéu está na moda e a madeira também, além de oferecer conforto e não esquentar muito, ao contrário dos

metais, durante o dia. Por outro lado, o requinte e a formalidade se baseiam no brilho do sol radiante e trazem força ao dourado e poder às pedrarias, com tons vivos. A paz do branco reinará sobre o colorido das roupas, entre lese e brocados. Deleite-se nessas dicas e vibre com o verão.” Regiane Alfenas Consultoria de Moda e Estilo

REGIANE ALFENAS BOUTIQUE oferece

Acompanhe

opções e sugestões para diversas ocasiões.

Quadro de Moda e Estilo, toda sexta-feira,

Visamos atender à sua necessidade e desejo.

às 14h30/ 22h/zero hora e,

A Consultoria de Moda e Estilo é uma cortesia,

no sábado, às 8h30 (manhã).

sem custo adicional, para os clientes da loja.

TV Guarapari - Canal 9.

3361-6470

(27)

Av. Joaquim da Silva Lima, Lj 12, 556 - Ed. Maestri, Centro regianealfenasestilista@hotmail.com /consultoriaeimagem

esinformar

19


Terceiro Setor

Creche Alegria é beneficiada por Clube de Serviço

Creche Alegria

Em setembro, o Rotary Clube da Praia do Morro realizou o Chá da Primavera, que neste ano teve como objetivo levantar recursos para a instalação de um consultório odontológico na Creche Alegria, no bairro Santa Mônica, para atender a cerca de 80 crianças da creche. No mês de maio, o Rotary Clube da Praia do Morro instalou o projeto Saúde Legal, realizando exames de Odontograma (avaliação bucal) em 60 crianças e ministrou pal-

20

esinformar

estras para os pais, orientandoos como fazer higiene bucal nos filhos. O projeto do Consultório Odontológico está sob a responsabilidade do dr. João Luiz Flores, cirurgião dentista, que tem como objetivo atender, inicialmente, às crianças da Creche Alegria e familiares, na faixa etária de 03 a 12 anos. Depois, o projeto será estendido para as crianças

Dr. João Luiz Flores

da comunidade de Santa Mônica. Segundo a presidente do Rotary Clube da Praia do Morro, Adriana de Souza Flores, os recursos arrecadados com o chá foram de R$ 9.700,00, e o orçamento para Adriana Flores a instalação do consultório é de R$ 25.000,00. A Creche Alegria é mantida pela Casa de Oração São Francisco de Assis e conta com a ajuda da comunidade.

Mais informações: Creche Alegria (27) 3262-2590


Meio Ambiente

Árvores do Brasil

Divulgação

Carlos Henrique Souza A importância do pau-brasil remonta ao século XVI, quando a extração da resina vermelha, obtida com o corte da árvore, era utilizada para tingir tecidos de alto luxo. O método foi a primeira atividade econômica dos colonos portugueses, na recém-descoberta Terra de Santa Cruz. E a abundância dessa árvore, na imensidão das floresta tropical do país, teria conferido à nova colônia portuguesa o nome de Brasil. O alto valor do corante vermelho, obtido a partir da árvore, era uma alternativa aos corantes de origem terrosa e conferia aos tecidos uma cor de qualidade superior. Sem contar o aproveitamento da madeira na marcenaria. Mas a grande demanda forçou rápida e devastadora caça ao paubrasil, e a árvore quase foi extinta no país. Por meio de Lei 6.607-1978, o pau-brasil (caesalpinia echinata, lam), foi declarado árvore símbolo do Brasil e o dia 3 de maio,

Ipê Rocho

instituído como data comemorativa. Hoje, diversas ONGs desenvolvem iniciativas, no sentido de utilizar sementes da árvore em projetos de reflorestamento e na preservação da espécie. No entanto, seu habitat natural, a Mata Atlântica, corre sério risco de extinção e, com isso, a sobrevivência do pau-brasil poderá, no futuro, existir apenas para a ornamentação de

casas e jardins. A ONG Força Verde, que tem como presidente, Celso Maioli, é uma associação ambiental que luta para que duas outras importantes árvores nativas do país não acabem apenas nos livros de Biologia. Uma delas é o jequitibá-rosa que, em 2000, se transformou em árvore símbolo do Espírito Santo. A Cidade Saúde também ganhou uma árvore- símbolo, em 2010, quando a Lei Municipal nº 3166/2010 instituiu o ipê-amarelo para representar Guarapari. Uma ação da ONG, em 2010, possibilitou que 100 mudas de ipê-amarelo fossem plantadas na estrada de Buenos Aires (Guarapari). Há cinco anos, a associação também desenvolve projetos de educação ambiental em escolas capixabas, com a realização de concursos de poesias e redação, onde os estudantes produzem texto sobre o jequitibá-rosa. A árvore pode ser conhecida por turistas e moradores da cidade no Morro da Pescaria, onde três mudas foram plantadas pela ONG.

esinformar

21


Cidade

Destaque

22

esinformar

O mercado de trabalho é muito promissor para quem tem qualificação, determinação e atitude. Se esses dotes vierem de jovens, as oportunidades são ainda mais abrangentes. Em Guarapari, a jovem Isadora Guimarães, 17 anos, emancipada e gerente da franquia da Chilli Beans, loja que trabalha com acessório para jovens, foi destaque no primeiro semestre de 2013, por ter alcançado o melhor desempenho em vendas, em todo território nacional. Feliz, Isadora destaca: “Meu trabalho na loja começou aos 16 anos, e a franquia exige do vendedor que ele seja autêntico. Isso pra mim foi muito bom, porque gosto da espontaneidade, das coisas corretas e me identifiquei muito com a loja”.


Cidade

Lançamento do Programa Família Acolhedora e Extensiva em Guarapari Fotos: Pixel video

Maria Helena, Dora Nossa e Prefeito Orly Gomes

Maria Helena Netto No início de dezembro, no Multiplace Mais, a Prefeitura Municipal de Guarapari, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência e Cidadania – SETAC- apresentou o Programa Família Acolhedora e Extensiva, para crianças e adolescentes vítimas de abandono, negligência e multiformas de violência. O Programa tem como objetivo o acolhimento de crianças e adolescentes, afastados temporariamente de sua família de origem, em famíliaextensiva (com os parentes) ou acolhedora (com voluntários), visando a reduzir a população infanto-juvenil aten-

dida na modalidade de acolhimento institucional, proporcionando à mesma um convívio mais humanizado e acolhedor. O Programa é um projeto do Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, instituído no município de Guarapari por meio da Lei 3566/2013, aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Prefeito Olly Gomes, para normatizar e disciplinar as ações do programa na cidade, segundo a Assessoria de Imprensa da SETAC. A Secretária de Trabalho, Assistência e Cdadania, por meio de sua secretária, Maria Helena Netto, destacou que as famílias

ou pessoas interessadas deverão passar por um processo de avaliação, e que o prazo de acolhimento pode variar de seis meses a um ano e meio. Convidada pela secretária, Maria Helena, para apadrinhar o Programa Família Acolhedora e Extensiva, a sra. Dôra Nossa, primeira-dama do município, falou da importância do projeto para as crianças e adolescentes de Guarapari e disponibilizou-se a colaborar para a continuidade do mesmo. Mais informações: SETAC – (27) 3261-1377 3261-5787

Centro Integrado SESI/SENAI/IEL será construído em Anchieta No dia 21 de novembro, foi assinada a ordem de serviço para início das obras do Centro Integrado SESI/SENAI/IEL, em Anchieta, com o objetivo de levar mais oportunidade de apredendizado e mão de obra qualificada para jovens e adultos da região CONDESUL – Conselho de Desenvolvimento da Região Sul –, composto pelos municípios: Guarapari, Anchieta, Piúma, Iconha e Alfredo Chaves. Os recursos são da ordem de 12.400,000,00, provenientes da FINDES – Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo –, com previsão de entrega para 2014.

esinformar

23


Cidade

No verão, trânsito muda na Praia do Morro! Em reunião realizada na Associação dos Moradores da Praia do Morro – AMPM, dia 25 /11/2013 – , o secretário adjunto de Trânsito de Guarapari, EdinhoMaioli, informou que no verão ocorrerá mudança na Avenida Beira-Mar, altura do marlimazul, até o final da Praia do Morro, trecho onde haverá somente mão única. Segundo o Subsecretário, Edinho Maioli, os veículos circularão pelas ruas e avenidas paralelas à Avenida Beira-Mar, até

24

esinformar

sair na Avenida Paris pelas avenidas Praiana ou Atlântica. Nenhum veículo poderá trafegar pela Paris, saindo direto da Beira-Mar. Todo fluxo de saída deverá ser realizado pelas avenidas Praiana e Atlântica, conforme mapa anexo. O Secretário destaque ainda que serão instaladas122 placas de sinalização vertical, faixas horizontais e de pedestres, além de faixas regulamentadas, que delimitam o estacionamento de veículos em toda orla da Praia do Morro.

Edinho Maioli


A Decisão é sua!

A prática regular de atividade física sempre esteve ligada à imagem de pessoas alegres, bonitas, dispostas e saudáveis. Atividade física é definida como um conjunto de ações que um indivíduo, ou grupo de pessoas, pratica, envolvendo gasto de energia e alterações do organismo por meio de exercícios que envolvam movimentos corporais, com aplicação de uma ou mais aptidões físicas, além de atividades mental e social, de modo que terá como resultados os benefícios à saúde. Em contrapartida, um dos fatores de maior contribuição para o surgimento de doenças ocupacionais é a falta da prática de atividade física ou inatividade física. O indivíduo que não pratica atividade física, de modo regular, e também aquele que não faz qualquer tipo de atividade, é considerado uma pessoa sedentária. A inativi-

dade física leva à regressão progressiva da capacidade funcional de diversos órgãos e sistemas do corpo humano. Atualmente, as atividades mais comuns, mesmo entre as crianças, são aquelas sedentárias, que não exige grandes esforços, oferecidos por video games, televisão e computadores. Essa cultura ao sedentarismo, que se inicia na infância, estende-se na fase adulta, induzindo as pessoas a hábitos extremamente sedentários. A prática regular de atividade física acompanha-se de benefícios que se manifestam, sob todos os aspectos, na vida pessoal, profissional e no lazer. Do ponto de vista musculoesquelético, auxilia e melhora a força e tônus muscular, flexibilidade, fortalecimento dos ossos e articulações. Com relação à saúde geral, há uma redução de peso e de gordura,

redução da frequência cardíaca e pressão arterial em repouso, melhora a diabetes, diminui o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL), entre outros. No caso das crianças, ajuda no desenvolvimento das habilidades psicomotoras e crescimento, ajuda na formação da autoestima e na formação de bons hábitos de vida. A atividade física exerce, também, efeitos no convívio social do indivíduo tanto no ambiente de trabalho quanto no ambiente familiar. Então, vamos nos exercitar, a palavra de ordem é MOVIMENTO!!! Felipe Toscano é professor de Educação Física e personal trainer. Especializado em Treinamento Desportivo

esinformar

25


DIVERSOS

TELEFONES UTEIS

Alô Táxi - 24h (27) 3262.8333 / 9878.8333

Aeroporto de Guarapari (27) 3361.2813

Prefeitura Municipal (27) 3361.8200

Aeroporto de Vitória (27) 3235.6300

Procon (27) 3261.7534

Estação Ferroviária (Vitória) (27) 3333.2444

Radium Hotel (Centro Cultural) (27) 3261.0271

Oficina Mecânica e Autopeças 3 Irmãos Rodovia do Sol, 170 - Muquiçaba (27) 3362.4555 / 8114.4555 Farmácia Alquimia (Manipulação) Av. Getúlio Vargas, 161, Lj 01/02 Centro - (27) 3362.9092 Dr. João Luiz Flores (Cirurgião Dentista) (27) 3361.0483 Laar - Material de Limpeza Rod. Jones dos Santos Neves,376 Muquiçaba - (27)3361-0565

Hospital São Pedro (27) 3361.1560

Parque Morro da Pescaria (27) 3361.4815

Rodoviária São Geraldo (27) 3261.1336 Itapemerim (27) 3361.0199 Alvorada (27) 3261 - 0414

Parque Paulo César Vinha (27) 3242.3665/9727.6295

Secretaria de Turismo (27) 3262.8759

Polícia Civil (27) 3262.7178 / 147

UPA (Adulto) (27) 3261.8989

Polícia Militar 190

UPAI (Infantil) (27) 3362.6195

Ônibus de Guarapari para eroporto Vitória 27) 3261.0414

HOSPEDAGEM MARLIN

PRAIA HOTEL

FAST FOOD (27)

3362-0329

Av. Beira Mar, 185 - Praia do Morro contato@marlinpraiahotel.com.br www.marlinpraiahotel.com.br

Disk pizza e lanches

3361 - 1935 Matriz: Av. Ewerson de Abreu Sodré. 14 - Muquiçaba (ao lado do supermercado Santo Antônio) Filial: Av. Beira Mar, Meaípe - (ao lado da boate Mais

pizza e lanche AgradecemosDisk a preferência es desejamos a todos

BOAS FESTAS E FELIZ 2014!

26

esinformar


.S ol

R.

DA

CO

R VE

Ro d

TA

.S ol

A

R.

AN

D AL

U ZI

TA

Rod. Sol

JO

R. P IE T R A NG E LO

BR

AV

O

LS

IN

CE

NT

E

IL HA

V. DE B IA S

R.

L. PE A

CO UT O

IR A MA R) E AN IC A PR ) A IA NA )

BE

OC

(A V (A V.

(AV

P R A IA DO MOR R O

IR

TO

RE

OB AS

RI S

-----

A E R OP OR TO

-----

-----

-----

-----

-----

---

Sol

CA) (AV. AT LANTI

(AV. PRAIANA)

(AV. OC E A NIC A )

Rod.

E R . MUR IA R

-----

A E- R - OP OR TO

-----

--------

AT L A NT IC A )

praia hotel

Mapa turístico de Guarapari

Acesso as três praias

Aldeia .PA AV

Marlin

Av . MUN IR A B UD

Morro da Pescaria

R . C AN NE S

V.

BE

IR

A

M

A

R)

Sod ré

SESC

reu Ab

(A

Praia da Fonte

R. F. F UR TA DO

Praia das V irtudes AV . E DIS IO C irne

P raia do Meio P raia das C as tanheir as P raia dos Namorados

n Jo

e

os sd Sa nt os

A L ME IDA

Vitória Belo Horizonte Brasilia

od

R

R

R. SAINT TROPES

IA

IS AV . PA R

CO NA R.

MO

I OB B NO C T IL IA

e

S AV . DE

. L OUR

L ME DE A

IDA

Av .J OA QUIM DA S ILVA L IMA

IVA L

ON

AV . V IT ÓR

U

A

A

LG

R

A FA

A

IT

E

. TR

D

R

A

R

E IR

N TA

R

SA

R

F.

FE

RE

IO

.P

N

AV

TO

R

IT E

N

J UP

.A

O

T UN

AV

R.

I

NE

AR

R.

B

M

R IS AV . PA

LA

R . QUIN

R.

UD NI R AB AV . MU

od

ers

NT OS M. DOS S A R . V IR G INIA

Ew

s eve

tos N s San es do Jon

CA

Av .J OA QUIM DA S ILVA L IMA

ue

ng

ma

s

Praia da Areia Preta

Siribeira

Matto Av. Davino

R. D r. AV .

LM T R A B A L HO

R . DO

. So Rod

l

Região de Montanhas

P ra ia do R ia c ho

V INA

DEL

MA

R AL

AM.

MA

LVIN

A M. AT L AN T IDA

l Rod. So

AV . V INA DE L MAR

AV . V INA DE L MA R

Praia de Bacutia

L

Praia do s Padres

Rod.

Sol

Praia de Meaípe

Vila-Velha 44km Vitória 54km Anchieta 22km Iriri 30km Piúma 37km Domingo Martins 72km Belo Horizonte 550km Brasília 1250km Porto Seguro 640km Rio de Janeiro 460km Salvador 1285km São Paulo 900km

Anchieta Rio de Janeiro São Paulo

Hospital Posto de combustivel Monumentos Históricos Cinema Meios de Hospedagem Rodoviária Camping Parques ecológicos Mergulho Mirante

Legenda:

AV .

AL

Praia de Peracang a

S S A L INA AL AM.

EN SEA DA AZU L

MA S PA L AS M. L AL A

Praia de Guaibura

P L ATA LA M.

A

AL A

L AZU MAR

AN

A M.

A NT

AL

OMA L A PA L

N A V. P UNTA DE L E S TE

O

S .S

A L A M.

AV

s ve

Ne

esinformar

27


Foto: Photolife

28

/teoziviani

esinformar


Informar verao2014