Page 247

246 - Módulo II - Mobilizando Recursos Estratégicos

Com o suor do próprio rosto Pais, professores e alunos arregaçam as mangas e deixam a escola pronta para a volta às aulas Família e escola têm uma coisa importante em comum: preparam para a sociedade seus futuros cidadãos. Esse fato tece laços profundos entre as duas instituições, favorecendo a troca de informações e a ajuda mútua. A escola que reconhece isso e abre suas portas para a comunidade consegue dar um salto qualitativo em relação às outras. Em certos casos, esse salto não se traduz apenas em melhoria das ações pedagógicas, mas também na própria garantia de sua existência física. O Centro Educacional 01, do Cruzeiro, escola pública de Brasília, deu o exemplo de como envolver pais e comunidade nos problemas da escola. Antes, as verbas para construções, consertos e reformas dos prédios públicos, entre eles as escolas, eram destinadas segundo o chamado orçamento participativo, que levava em conta as aplicações consideradas prioritárias pela comunidade. O sistema foi extinto. A escola, que contava com uma verba para reparos, a serem feitos no início do ano letivo, não teve como realizá-los.

Felizmente, a administração escolar não ficou de braços cruzados: convidou pais, alunos, professores e todo o resto da comunidade para, em mutirão, melhorar as instalações do colégio. Alguns pais iniciaram o trabalho às 9 horas da manhã e saíram às 18 horas, vencidos pelo cansaço. Muitas pessoas ainda ficaram, entre elas professores, alunos e servidores da escola. Durante aquele duro dia de trabalho, lixaram e pintaram paredes, portas e janelas, varreram e lavaram o chão. Nenhuma expressão de desagrado ou desânimo no rosto de ninguém. Os alunos colocaram música para animar o ambiente, mas o som que mais se ouvia eram as vozes alegres dos adolescentes que, lambuzados de tinta, carregaram rolos, pincéis, vassouras, baldes e mangueiras, trabalhando com energia e entusiasmo. Uma festa de força e participação, numa escola que, com otimismo e sabedoria, foi além do currículo oficial e ensinou seus alunos a superarem as dificuldades, impedindo que elas se transformassem em "impossibilidades".

Escola Eficaz  

Concetos, instrumentos e ingredientes que tornam uma escola eficaz.

Escola Eficaz  

Concetos, instrumentos e ingredientes que tornam uma escola eficaz.

Advertisement