Page 245

244 - Módulo II - Mobilizando Recursos Estratégicos

• quais as formas de se fazer uma seleção criteriosa do voluntariado (entrevistas, questionários, fichas de inscrição, termos de adesão); • quais os compromissos, responsabilidades e direitos da escola com o voluntário e deste com a escola. Para que o trabalho do voluntariado tenha sucesso, primeiramente, devese conseguir um compromisso claro e firme da direção e do pessoal remunerado da instituição, para que atuem de modo a permitir que os voluntários se sintam sempre parte integrante da organização e da equipe de trabalho. Eles chegam movidos por um impulso solidário. Para trabalhar bem, devem encontrar na instituição um espaço acolhedor e um programa de trabalho com objetivos e prazos definidos. Também deve ser feito, como promulga o artigo 2º, da Lei nº 9.608 de 1998, um contrato entre a entidade e o prestador do serviço voluntário, em que são estabelecidos os objetivos, as formas de ação colaborativa de ambas as partes, definindo possibilidades de ações e limites, assim como os princípios éticos. A experiência de milhares de escolas que vêm trabalhando com voluntários sugere que os seguintes passos contribuem para resultados positivos: • definir com clareza a tarefa do voluntário; • explicitar as expectativas da escola e do voluntário a respeito do trabalho; • estabelecer horários e formas de trabalho, de maneira clara; • elaborar um "termo de compromisso", semelhante ao plano de trabalho usado para professores e funcionários; • designar uma pessoa como responsável pelo acompanhamento, supervisão e avaliação do trabalho do voluntário; • fazer registro de todas as atividades desenvolvidas: entrevistas, termos de adesão, horas trabalhadas, avaliações de desempenho; • estabelecer momentos para avaliar a contribuição do voluntário e para ouvir suas avaliações e contribuições, individualmente ou em grupo, sobre seu trabalho e sobre o trabalho da escola; • promover momentos: encontros informais, reuniões internas, eventos oficiais para reconhecimento e valorização dos voluntários. Procedendo desta forma, a escola assegura que o trabalho voluntário não seja apenas um trabalho a mais para o diretor, e que o voluntariado não seja "um peso" para a escola.

Escola Eficaz  

Concetos, instrumentos e ingredientes que tornam uma escola eficaz.

Escola Eficaz  

Concetos, instrumentos e ingredientes que tornam uma escola eficaz.

Advertisement