Page 1

A nova descoberta japonesa, espermatozoides gerados em laboratório

O que até então era impossível, o Japão conseguiu criar em laboratório, espermatozoides. Esses seres antes criados apenas dentro do corpo, agora já podem ser criados em laboratórios. O que acontecia era que os espermatozoides só podiam ser gerados dentro do testículo e armazenados até serem maturados no epidídimo. Os cientistas japoneses conseguiram retirar parte do testículo de um camundongo recém-nascido e acrescentar a esta todos componentes necessários naturais para a formação dos espermatozoides além da proteína KS3, muito usada na cultura de células-tronco. Após um mês os cientistas presenciaram os primeiros espermatozoides criados em laboratório. O verdadeiro objetivo dos cientistas, que dizem ainda não saber quase nada sobre o assunto, é primeiro desenvolver a técnica para depois pensarem em tratamentos para infertilidade e preservação das células removidas em

tratamentos como

radioterapia

e

quimioterapia

para

futuramente serem repostas. Além disso, num futuro próximo, os cientistas podem fazer modificações no cromossomo do espermatozoide criado e até prevenir doenças genéticas como, por exemplo, a AIDS. Os criadores da técnica afirmaram que a fertilização inVITRO ajudou muito nas pesquisas e nos resultados, e que boa parte das suas experiências resultaram positivamente graças a esta técnica. Além disso, o único jeito de fertilizar o espermatozoide com o óvulo, até o momento, é a técnica inVITRO. Estes pesquisadores também descobriram uma nova informação na qual identificaram o motivo do espermatozoide ser atraído pelo óvulo: um poro é aberto nas células do espermatozoide, que “sente” a progesterona liberada pelo óvulo, ativando o mecanismo que faz com que o espermatozoide busque constantemente o óvulo. Apesar de a célula ser muito pequena e o experimento muito complexo, o resultado com os camundongos animou os cientistas que afirmaram fazer futuramente testes com animais de maior porte e brevemente com seres humanos, o que é muito bom para o avanço cientifico a nível celular.


Referências Bibliográficas: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893269-japoneses-criam-os-primeiros-es permatozoides-em-laboratorio.shtml Fernando Momensso e Thiago Mayllart 1º D

A nova descoberta japonesa, espermatozoides gerados em laboratório  

A nova descoberta japonesa, espermatozoides gerados em laboratório

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you