Page 1


... MUITACOMICHAO UM PARASITA Os piolhossão parasitasque precisamdos sereshumanos - os seus hospedeiros- paracompletaro seu ciclode vida. Pequenosmas vìsíveis,Íixam-seno cabelojunto ao couro de pequenasquantidadesde cabeludo.Alimentando-se sangueque sugam,injectando depoisumaespéciede saliva: a ela se deve a comìchãotípica. Multiplicam-se ao ritmode oito ovos por dia - são as lêndeas, ovaise brilhantes,que se fixam nos cabelos.Ao Íim de Setea dez dias,nascemnovospiolhos,dando inícioa novo ciclo reprodutivo.Está-seentão peranteuma infestaçãooediculose. Pode acontecerem qualquercabeça:não impoftaa idade, raça ou estratosocial.E em cabeloslimposou sujos,porque, ao contráriodo que se pensa,esta não é uma questão de (faltade) higiene.

CRTANÇAS... oNDE HA MUTTAS

COM O REGRESSO AS AULAS,PODEM

que possamexistirpiolhos(casa,escolaou ... é provável ginásios). facilmente Nãosaltamnemvoam,maspassam de para por directo. Também o conumacabeça outra contacto chapéus, almofatactoindirecto atravésde pentes,escovas, novoshospedeiros. dasou lençóis lhespermite encontrar

REGRESSAR TAMBEM.,, OS PIOLHOS. ^ ^r rr r rÁ a rrzrn \J \JUE I-'IÊì É\ Tfl.LEN

E ESTARATENTO, PARATRATARO MAIS

COMICHÃO,MUITA COMICHÃO E quasesemprea comichãoque denuncia a presença de piolhos.Porisso,háquevigiaros cabelose se a criançase coça,sobretudo se insistirna nucae atrásdasorelhas, as pelospiolhos. zonaspreferidas

CEDOPOSSIVEL E

Quandoa coceiraé muita,há o riscode se desenvolverem EVITAR A TRANSMISSÃO. dermatoses, pequenaslesõesno couro cabeludoque podemagravar-se e darorigema infecções. Perantea suspeita,há que agir.A simplesexistência directade de comichãonão basta,só a visualização piolhosvivose lêndeasconfirmaa infestação. Como?Com a ajudade uma luz forte,de um pente próprioe algumapaciência: - lava-se o cabeloe aplica-se amaciador emabundância, parafacilitar o desprendimento do piolhoou da lêndea - desembaraça-se o cabeloaindahúmido,dividindo-o em secÇões


- escova-se cada madeixa, da ratz ás pontas, com pente próprio,de dentes muito finos que pode ser adquiddona farmácia - a cada passagem,limpa-seo pente a um lenço de oaoeroranco - depoisanalisam-se as padículas recolhidas: os piolhos soltam-see vêem-seÍacilmente,as lêndeassão mais resistentese tendema fixar-seaos cabelos - por fim deita-seo lençode papelno lixodentrode um saco fechado.

PARACABELOSLIVRESDE PIOLHOS O tratamentomaiseficazconsistena aplicaçãode antiparasitários sob a forma de champô, creme ou loção. A maioriadestesprodutosnão requerreceitamédica,mas o aconselhamento farmacêuticoé essencialpara garantiro uso correctoe assegurara eficáciado tratamento. Há que respeitaras instruçõesde aplicação,nomeadamente quanto ao intervalode tempo entre aplicações. No geral, os produtossão aplicadosno cabelo e couro cabeludo, não esquecendoa zona atrás das orelhase nuca. Depoispassa-seo cabelocom um penteÍino para removeros piolhos e lêndeas.Quando indicadauma segundaaplicaçãodeve-seaguardar7 a 10 dias. Os antiparasitários usam-seapenasem caso de infestação prévio:o seu uso em elementosda e com aconselhamento famíliasem infestaçãocomprovadaou paraprevenirre-infestaçõese desaconselhado e tem como consequência a redução de eÍicáciade algunsantiparasitários. A prevenção do contágio consegue-se através de outras medidas como: - Evitaro contactodirectoentrecabeças - VeriÍicar o cabelo das crianças e dos restantes membrosda famÍliacom regularidade - Lavarvestuário e roupade cama,escovase pentesem água bem quente(60"C) - Guardar os objectos/vestuárioque não podem ser lavadosem sacosÍechadosdurante2 semanas. Ao encontrarpiolhosalertea escolaparaevitara propagacão a maiscrianÇas.

Pediculose  

ONDE HA MUTAS CRiANÇAS... UM PARASITA... MUITA COMICHAO ...