Page 1

As cheias fertilizantes

Altas águas espalhou o Tigre sobre os campos E tudo se regozijou; Os campos produziram grão abundante, A vinha e o pomar deram os seus frutos, As colheitas foram armazenadas nos celeiros. Deus fez desaparecer o luto da terra E encheu os espíritos de alegria. Poema sumério, Uruk. 3º milénio a. C.

As cheias fertilizantes  
As cheias fertilizantes  

poema sumério de 3000 a. C.