Issuu on Google+

Sem autoria C O P I E E R E P R O D U Z A S E Q U I S E R

O silêncio chicoteia as ruas. Sob o ronco triste dos automóveis e o silvo impaciente das buzinas, uma multidão perambula em linhas cruzadas. Vozes interrompidas irrompem nas redes sociais no circuito de fibra ótica, linguagens misturadas, dores expostas num desassossego de pensamento. Vida nua. Gente que grita. A vida como puro espetáculo escorrega no beco sem saída da precariedade e a multidão se espalha em becos e vilas. Um vento forte a agita e ondula, o mar tenebroso se curva imponente, movimentando-se de forma harmoniosa, anunciando a tempestade que vem da bonança, mas as folhas tremulam calmas sem sinal de medo.

No horizonte, uma luz se acende e a cada dia que passa sinto que algo há, porvir.

001 Presságio Nº

www.bocadomangue.com.br 08/02/2012


Presságio nº 001