Page 1

JAMES DEAN

Curso de Formação Profissional em Astrologia Escola – Faces Isabel Guimarães Francisca Cruz – Nível II

1


BIOGRAFIA “Only the gentle are ever really strong.”- James Dean James Byron Dean, nasceu a 8 de fevereiro de 1931 em Marion, no estado de Indiana (Estados Unidos da América). Foi ator e acima de tudo um ícone cultural, tendo ficado conhecido pela sua imagem arquetipada do jovem rebelde. Aos 5 anos de idade mudou-se com os pais para a California, onde viveu até aos 9 anos de idade até a sua mãe falecer (por motivos que ele nunca chegou de facto a conhecer). É aí que Jimmy (como era chamado) se muda para a fazenda dos tios em Fairmount, no Indiana, onde vive o resto da sua infância e adolescência. Sempre foi considerado uma criança muito introspectiva, e para muitos o falecimento precoce da sua mãe teve uma influência inquestionável do desenvolvimento da sua personalidade. Desde cedo se interessou por música, dança e artes dramáticas, e foi mesmo pelo mundo da representação que decidiu seguir caminho. Em 1949 muda-se para Los Angeles para estudar artes dramáticas e passa a viver com o pai e a madrasta. Acaba por abandonar a curso de artes dramáticas e mudase para Nova Iorque onde ingressou no Actor’s Studios. Em 1951 desempenha o seu primeiro papel em cinema, sendo que é a partir daí que começa a sua escalada no mundo da representação. Em 1954 protagoniza o filme “East of Eden”, onde representava um jovem amargurado, foi obrigado a assinar um contrato em que se comprometia a não participar em corridas de carro. É nesse mesmo ano que conhece Pier Angeli, por quem se apaixona e mantém um relacionamento durante 3 meses. Acabam por se separar, pois a mãe de Pier era contra o relacionamento pelo facto de Dean não ser católico. A separação abalou-o bastante. Era igualmente conhecido pela sua vida social bastante agitada, sendo que fumava e bebia imenso. A velocidade e os automóveis eram a sua grande paixão. A 30 de setembro de 1955, sofre um aparatoso acidente de automóvel enquanto se dirigia para uma corrida, e acaba por falecer aos 24 anos de idade. No dia em que faleceu, James Dean ainda esgotava bilheteiras com o seu primeiro filme, sendo que a sua consagração chega dias após a sua morte com a estreia de “Rebel Without a Cause”. Foi o primeiro actor a receber uma nomeação póstuma nos Óscares.

2


3


ANÁLISE DOS ASPECTOS DA PERSONALIDADE: Todos estamos familiarizados com o arquétipo de rebeldia associado a James Dean, e a verdade é que tal imagem se encontra bem marcada no seu mapa natal. Nasceu a 8 de fevereiro sendo, portanto, do signo solar de Aquário. E o que pode existir de melhor para descrever um aquariano do que a irreverência? Aquário é o signo da inovação, da rebeldia, do coletivo na sua vertente social, dos amigos, das esperanças. É notório na personalidade de Dean a sua tendência irreverente para quebrar regras, para viver de forma diferente da norma. O seu sol encontra-se a 18º do signo de Aquário, na casa XI (casa natural de Aquário), sendo que este posicionamento marca ainda mais as características do “signo do aguadeiro” na personalidade de James Dean. Estamos perante um indivíduo que valoriza as questões humanitárias e que sabe (e quer) que a sua presença tenha capacidade de mudar a sociedade. É livre por natureza, e não tolera que alguém ou algo ponham em causa essa liberdade. Como é um signo do elemento ar está invariavelmente ligado ao intelecto, à troca de ideias (em específico para com o coletivo) e ao estímulo mental. Um posicionamento solar na casa XI induz um individuo que tem a sua vitalidade ligado aos amigos, à partilha para com a sociedade, mas também à necessidade de ser afirmar como um ser único, diferente e livre. Contudo, é importante frisar que o Sol encontra-se exilado em Aquário (por se encontrar no signo oposto à sua regência), o que pode dificultar em certa medida, e dependendo dos aspetos que fará com outros planetas, esta expressão pessoal, podendo muitas vezes essa identificação excessiva com o coletivo dificultar o assumir da identidade. Podemos concluir pela análise do resto do mapa de James Dean que não será este o caso, nomeadamente pelos aspetos fluídos que faz ao Ascendente, Nodo Norte e a Úrano (regente de Aquário) em Carneiro. Para complementar a análise do posicionamento solar, é essencial recorrermos ao regente, sendo neste caso o planeta Úrano, que em especial neste mapa apresenta uma importância fundamental na análise. Dean nasceu com Úrano em Carneiro, em conjunção exata ao ascendente. Um posicionamento de Úrano em Carneiro confere ao indivíduo um caráter pioneiro, irreverente e de ações repentinas e aceleradas. Úrano é o planeta das revoluções, da liberdade, da tecnologia e da diferença, posicionado neste signo confere ao seu nativo uma figura marcada pelas suas ideias e ações inovadoras, alguém que se manifesta sem medos, que quer fazer sempre diferente do que foi visto até então, alguém ativo e com muita energia. Por um

4


lado mais negativo, essa afirmação tão marcadamente pessoal pode tornar o individuo um pouco intransigente, autoritário e pouco flexível. O ascendente Carneiro apresenta-se de uma forma marcante, é aquele indivíduo que caminha em frente e de cabeça erguida, não diminuindo o paço nem quando esbarra acidentalmente contra alguém. O facto de o regente solar de James Dean (Úrano) estar em conjunção ao seu ascendente faz com que este tenha demonstrado com facilidade a sua essência, ou seja, aquilo que de facto era, transparecia facilmente para quem o observava. Dean apresentava uma grande capacidade de perseguir os seus sonhos, mesmo que para isso tivesse de mudar de cidade, viver longe da família que lhe restava e viver num certo isolamento. Sempre acreditou que a sua persistência e trabalho árduo o levariam a bom porto, e de facto levaram. Para mim esta incontornável figura da cultura pop/vintage americana nasceu de facto para ser uma estrela, mas não uma estrela qualquer. A velocidade estava-lhe impressa na essência (característica associada ao signo de Carneiro), pois quando não estava a atuar, um dos seus hobbies preferidos eram as corridas de carro (que infelizmente lhe viriam a tirar a vida aos 24 anos). Chegou inclusive a afirmar: “Racing is the only time I feel whole.”. Um dos episódios mais marcantes da sua vida, foi quando aquela que se acredita ter sido a sua grande paixão (facto este que por muito que se especule, só o próprio poderia confirmar), Pier Angeli se casou com o cantor Vic Damone. Reza a “lenda urbana” que enquanto o casamento decorria na Igreja de Católica de S.Timóteo, Dean acelerou a sua mota do lado de fora da igreja para chamar a atenção dos noivos (certamente em especial da noiva). No meu ponto de vista, este episódio marca o modo como um ascendente em Carneiro, usa a sua mota para expressar os sentimentos, num “rugido” de dor. Podemos ainda observar que o regente de Carneiro, Marte, encontra-se posicionado em Leão na casa V, estando esta área de vida ligada às paixões, à criatividade, à expressão do self. É notória a presença constante do elemento fogo no seu tema natal, o que o torna de facto um indivíduo de grandes paixões, nomeadamente a sua paixão pela sua profissão que o fez batalhar (o guerreiro marciano) para se poder expressar em palco e no grande ecrã. Estando também a casa V ligada aos hobbies e aos nossos prazeres na vida, a presença de Marte (planeta ligado ao automóvel) evidência também a sua paixão por carros, por corridas e pela velocidade. Após analisarmos o Sol e o ascendente resta-nos a Lua para a tríade inicial estar completa. Neste caso, encontramos uma Lua em Escorpião na casa VII. De focar que a Lua encontra-se em queda no signo de Escorpião, dada a profundidade com que este signo sente e o caráter denso dos seus sentimentos. Não foi “inocentemente” que acima referi que apenas o próprio poderia confirmar se Pier Angeli foi de facto o amor da sua

5


vida, pois uma Lua em Escorpião não é de fácil “leitura”, já que os seus sentimentos estão encobertos pela natureza misteriosa e pouco evidente deste signo. Este posicionamento mostra-nos indivíduos que são reservados em relação à sua vida sentimental, já que acabam por sentir com grande intensidade e não apreciam vê-la estampada nas capas de revista ou jornais. Pelo lado mais negativo, pode traduzir-se em indivíduos ciumentos e possessivos, que não gostam de ser rejeitados. É importante realçar que esta Lua encontra-se na área de vida dos relacionamentos e das parcerias, simbolizando assim que estes estão assim diretamente ligados à nutrição deste indivíduo. Para mim é também fundamental, neste caso realçar a Lua como arquétipo da mãe. Como referi na biografia, a mãe de Dean faleceu quando este tinha 9 anos, de causas que este nunca soube ao certo, sendo que segundo os seus biógrafos este foi um dos momentos que mais marcou a sua personalidade (a natureza oculta de Escorpião em ação). Podemos perceber que provavelmente durante toda a sua vida, a morte prematura da mãe manteve-se enraizada no seu inconsciente, dominando a sua vida emocional. Esta questão pode ainda ser reforçada pela recessão mútua entre LuaPlutão. Plutão (regente de Escorpião) encontra-se na casa IV no signo de Caranguejo (representado este também o arquétipo feminino, a mãe). Plutão é o planeta da morte e da transformação, que se encontra na área de vida ligada à família e às raízes. Podemos interpretá-lo pela mudança profunda que a morte da mãe desencadeou no seu ambiente familiar, desde logo pela perda abrupta da progenitora, bem como a incompatibilidade com o pai e com a futura madrasta, o que o fez viver a sua adolescência com os tios, e mais tarde mudar-se sozinho para Nova Iorque para viver o seu sonho.

6


ANÁLISE DA APRENDIZAGEM, VALORIZAÇÃO E AÇÃO: Em seguida, irei debruçar-me sobre os aspetos da aprendizagem (ligado a Mercúrio), da valorização (ligado a Vénus) e da ação (ligado a Marte). Ao analisarmos a tendência intelectual, a maneira como uma pessoa aprende e comunica o planeta de relevância é Mercúrio, que rege não só todos os processos de aprendizagem, a comunicação, mas também as pequenas viagens e o modo como o indivíduo se relaciona com o seu ambiente circundante. No caso de James Dean, podemos encontrar o seu Mercúrio no grau 26º de Capricórnio, na casa X. Estamos perante um indivíduo de ideias e pensamentos estruturados, pouco divagadores e com grande capacidade de materializar os seus pensamentos. Ponderado, tende apenas a comunicar depois de muita reflexão, contudo podemos assistir a um aspecto de alguma tensão com o planeta Marte, o que pode contrariar esta tendência mais prudente, e traduzir-se em respostas pouco refletidas e acutilantes. O ponto positivo deste aspecto poderá ser a capacidade de criar uma ponte entre o pensamento e a realização deste em ações. Esta tendência encontra-se ainda mais marcada pela presença da conjunção a Saturno (regente de Capricórnio), também este em Capricórnio. É assim conferida mais estrutura e rigidez aos pensamentos e às palavras, podendo até inclusive manifestar-se de um modo extremo, na medida em que poderá traduzir-se num certo receio deste indivíduo em manifestar-se abertamente. O posicionamento em relação à área de vida, manifesta-se bastante na profissão escolhida, já que estando esta casa ligada à carreira e o planeta Mercúrio ligado à comunicação encontramos uma ligação à manifestação artística. A Vénus demonstra a natureza de como nos relacionamos, aquilo que valorizamos e também as nossas posses materiais. No mapa de James Dean, Vénus é o planeta mais alto, ou seja, aquele que mais perto se encontra do ponto mais elevado do mapa, o Meio do Céu. O caminho deste indivíduo é assim fortemente marcado por fazer aquilo que ama e pelo que valoriza. Podemos perceber ao longo da sua curta vida, que Dean não desistiu até alcançar onde queria estar e a fazer aquilo que lhe dava prazer. A Vénus em Capricórnio caracteriza-se por uma natureza menos expansiva, mais controlada, de valorização à carreira, ou seja, aquilo que eu posso construir para levar até ao outro. De realçar que esta Vénus faz um aspecto benéfico e fluente a Neptuno, o que se traduz no enorme potencial artístico, e como ambos os planetas estão posicionados em signos de Terra, ao trabalho árduo, persistente e consistente para

7


alcançar aquilo que lhe trazia realização pessoal. James Dean desde cedo se destacou pelas suas interpretações marcantes, que logo chamaram à atenção da crítica pela profundidade dos sentimentos que conseguia manifestar (possivelmente também devido ao seu posicionamento lunar), mas sempre foi um ator que nunca menosprezou a necessidade de aperfeiçoamento através de estudo e trabalho em detrimento do talento natural. É curioso observamos em diversas biografias desta personalidade que James Dean acreditava profundamente que o seu caminho passaria pela representação, e mesmo depois de diversos obstáculos a vontade da Vénus capricorniana persistiu. Marte, por sua vez, é manifestação da vontade, a ação, o movimento, a realização. Este planeta encontra-se no signo de Leão na casa V, e como já tive oportunidade de introduzir inicialmente, recebe especial importância por ser o regente do ascendente de James Dean. É um Marte de fogo, numa casa de Fogo, o que lhe confere uma natureza duplamente enérgica, focada e apaixonada. Podemos caracterizar este indivíduo por paixões fugazes e avassaladoras, podendo por vezes tornar-se descontroladas e até mesmo autoritárias. Um Marte em Leão gosta de se expressar, de se fazer ouvir e ver, de fazer aquilo que lhe traz prazer e vitalidade. Contudo, é absolutamente crucial percebemos que no momento do nascimento de James Dean, Marte encontrava-se em movimento retrógrado, o que significa que toda esta iniciativa e explosividade encontram-se comprometidas e até mesmo diminuídas. Apesar da natureza acima descrita se manter presente, esta é mais contida e comedida, o que se traduz numa qualidade mais moderada dos ímpetos leoninos: a expressão, o brilho mas também o autoritarismo. Como este planeta se encontrar diretamente interligado com o ascendente, podemos perceber que a expressão pessoal deste nativo manifesta-se sobretudo nas atividades de lazer, nos divertimentos, nas paixões e também no contacto com crianças.

8


ANÁLISE DA APRENDIZAGEM, OTIMISMO E ESTRUTURA: Ao analisarmos o papel de Júpiter num mapa natal, debruçamo-nos essencial nas filosofias e ideias, nas aprendizagens superiores, nas viagens, na fé. A importância de Júpiter prende-se com a capacidade de fazer crescer, de sermos otimistas, de confiarmos que todos os dias surgem novas oportunidades para o nosso crescimento. No caso de James Dean, Júpiter encontra-se posicionado na casa IV no signo de Caranguejo, estando assim em exaltação. É um posicionamento que se traduz num indivíduo que encontra na sua família a sua base de apoio seguro, estando os seus ideais fortemente enraizados à família e às tradições. Em especial a figura da mãe é vista com grande positividade, sendo que é esta que é o grande “motor” de crescimento enquanto criança. A trígono com a Lua favorece ainda mais a uma imagem positiva e encorajadora da mãe, sendo que provavelmente terá sido a maior fonte de amor e carinho que experienciou ao longo da vida. Contudo, a quadratura com Úrano tende a trazer à vida do indivíduo mudanças repentinas que obrigam a uma reorganização dos planos (neste caso em específico, podemos referir o episódio da morte da mãe, como uma mudança profundamente brusca que veio abanar as estruturas de Dean). No que toca à personalidade este aspecto poderá traduzir-se em características de extrema impulsividade pouca capacidade prática de materializar as suas filosofias. A conjunção a Plutão poderá ter sido benéfica nos momentos da vida mais difíceis do actor, pois confere ao indivíduo uma grande capacidade de regeneração e transformação dos eventos que com ele lhe sucedem, sendo possível o nativo crescer espiritualmente através de momentos marcantes e profundos. A importância de Saturno no mapa prende-se com a capacidade de dar estrutura, de solidificar os projetos iniciados por Júpiter. Em Capricórnio e na casa X, esta necessidade de estrutura manifesta-se sobretudo na carreira, e no status que pretende alcançar. A projeção social advém do esforço árduo, e estamos perante um indivíduo que gosta de ser reconhecido. Podemos estabelecer aqui também uma ligação com a figura paterna, que se mostra restritiva, fria e distante. É conhecido que James Dean teve uma relação complicada com o pai, em especial após o falecimento da mãe. Viveu o resto da sua infância e adolescência com os tios, e quando começou a ter visibilidade pública, procurou continuamente a validação do pai, que acabou por nunca chegar. A oposição quase exata a Plutão pode ter interpretações kármicas, inclusivamente no que toca à sua morte.

9


ANÁLISE DA GENIALIDADE, SONHOS E TRANSFORMAÇÕES: Úrano rege a excentricidade, e a sua conjunção ao Ascendente de James Dean conferiu-lhe

características

de

expressão

pessoal

pouco

convencionais.

O

comportamento deste nativo pode ser entendido como caótico, desajustado e provocativo. E a verdade é que é exatamente isso que este pretende transparecer. São indivíduos que usualmente não gostam de ser catalogados e farão com que a sua presença seja notada pela diferença. Um Úrano conjunto ao Ascendente é “Um Rebelde Sem Causa”, um dos filmes mais notáveis protagonizados por Dean. É curioso que parece existir algo de fatídico nas suas personagens, que são percetivelmente semelhantes à sua própria personalidade. Úrano em Carneiro é acima de tudo rápido, impulsivo e obstinado, não acata facilmente ordens e tende a fugir de qualquer tipo de situação que coloque a sua liberdade em questão. A conjunção de Úrano ao Nodo Norte também reforça o facto de o seu propósito de vida estar intrinsecamente relacionado com a sua afirmação pessoal através da irreverência e da manifestação original do seu self. Por sua vez, Neptuno simboliza o sonho, a ilusão, os complexos psicológicos, as adições... Nesta análise deparamo-nos com um Neptuno exilado em Virgem na casa VI. Se por um lado, este posicionamento é propício para um artista (reforçado ainda pelo trígono a Vénus no MC), por outro, traduz-se numa grande nebulosidade e falta de estabilidade nas questões do dia-a-dia, nomeadamente oscilações e mudanças no trabalho. Neptuno em Virgem fica facilmente desagradado com o rigor e rotina virginiana e acaba por encontrar escapes tipicamente neptunianos para escapar da realidade: as adições. Dean sempre foi conhecido por uma vida social agitada, onde consumia muito álcool e também fumava bastante. Já Plutão é o planeta que nos fala da capacidade de transformação, mas também das questões mais ocultas que povoam o nosso inconsciente. Como acima tive a oportunidade de referir, encontramos neste mapa um Plutão de casa IV em Caranguejo, que faz uma receção mútua à Lua. A figura da mãe torna-se um marco claro que transformação na vida de James Dean, sendo que a forte ligação aos símbolos do arquétipo feminino presentes no seu mapa, sugerem que a figura materna ficou fortemente enraizada no seu inconsciente. A conjunção a Júpiter sugere uma capacidade de re-significar os eventos traumáticos. Por sua vez, a oposição quase exata a Saturno, pode derivar numa série de interessantes interpretações, nomeadamente, em que o Saturno em Capricórnio (poderemos interpretar como simbolizando pai, e a sua opressão) se encontra em oposição a Plutão em Caranguejo

10


(simbolizando o próprio Dean, alicerçado no ideal de amor que a mãe representava). Esta oposição sugere também uma luta entre dois poderes, o poder instituído de Saturno e o poder oculto de Plutão, que podem dotar o indivíduo com este posicionamento com uma necessidade insaciável de estar no controlo de todas as situações. Do ponto de vista mais kármico, pode também indicar exposição a situações constantes de violência.

11


ANÁLISE DE OUTROS ASPECTOS: NODOS, FASES DA LUA, ASTERÓIDES: Os Nodos Lunares, também conhecidos como cabeça e cauda do Dragão, indicam-nos o propósito para o qual cada ser está “predestinado” (coloco a palavra entre aspas, pois os astros não nos forçam a seguir determinado caminho, mas mostram-nos sim aquele que nos fará mais realizados, e que nos permitirá evoluir pessoalmente. Seguir ou não a indicação é escolha de cada um.). Como podemos observar o Nodo Norte de James Dean encontra-se a 17º do signo de Carneiro, logo, em oposição encontra-se o Nodo Sul em Balança. A cabeça do Dragão, quando posicionada no signo de Carneiro, vem indicar-nos a necessidade do indivíduo aprender a marcar firmemente o seu self, a assumir a sua vontade, a trabalhar mais o Eu pessoal, já que o Nodo Sul posicionado em Balança, indica-nos alguém que já está confortável em fazer cedências, em perceber e acatar os pontos de vistas dos outros, e em colocar a vontade dos outros acima das suas próprias vontades. Esta ideia de transferir a zona de conforto dos Outros, para o crescimento do Eu como individual, torna-se ainda mais marcada pois acontece neste mapa no eixo casa I - casa XII (o Eu, os Outros). Percebemos aqui uma clara orientação para a valorização pessoal, para o assumir-se como se é, deixando de lado a necessidade de agradar ao outro. Claro que o que está aqui em causa não é o renegar completamente a aprendizagem de Balança, mas sim integrá-la em equilíbrio com a de Carneiro. A análise da Fase da Lua que ocorria no momento do nascimento, é fundamental para percebermos a natureza do nativo na concretização de projetos a nível pessoal, ou seja, a sua predisposição natural para o processo de crescimento. Podemos perceber que neste caso específico, Sol e Lua encontram-se separados por 257º, o que corresponde à fase da Lua Divulgadora, que se traduz num indivíduo que apresenta uma grande capacidade de análise dos resultados das suas conquistas, de reflectir e integrar sobre as situações, bem como partilhar com os outros os resultados obtidos. Fazendo agora um pequeno apanhado sobre os asteroides Juno, Ceres, Vesta e Pallas, é importante reforçar que estes servem para acrescentar informação adicional ao mapa, tendo assim um caráter de enriquecer a interpretação. Juno é considerado o asteroide casamenteiro, pois fornece-nos informação adicional do tipo de parceiro que o indivíduo tende a atrair. Neste mapa, Juno encontra-se em Peixes nada Casa XII, o que nos sugere que o potencial parceiro deve partilhar de alguma sensibilidade e conexão espiritual, sendo que relativamente à casa, podemos dizer que não será um reconhecimento óbvio (devido à nebulosidade da casa XII), mas que o parceiro poderá auxiliar no ultrapassar de complexos psicológicos.

12


Por sua vez, Ceres indica-nos onde o indivíduo fornece apoio e nutrição os outros, e aquilo que necessita para se sentir seguro. Este asteroide encontra-se em Balança na casa VII, o que nos indica alguém que tem grande sentido de responsabilidade para com os outros, e perceberá facilmente os diversos pontos de vista, tendo uma natureza conciliadora e diplomática. Contudo, um excesso de preocupação e segurança ligado aos Outros poderá traduzir-se numa dependência emocional. Vesta, simboliza o lar, a dedicação, o foco de vida que o indivíduo tem e ainda a escolha final de um parceiro. Neste caso encontra-se em Sagitário da casa IX, que nos indica uma grande valorização dos ideais, do expandir de horizontes e do crescimento pessoal e espiritual. Por último, Pallas Atenas, simboliza num mapa a compreensão e o bom senso, estando igualmente ligado ao intelecto. Está em Virgem na casa VI, o que demonstra um senso de praticidade de minúcia nas tarefas realizadas. O intelecto é acutilante e está muito relacionado com as questões ligadas ao trabalho e ao quotidiano.

13


“ I'm a serious-minded and intense little devil, terribly gauche and so tense I don't see how people stay in the same room with me. I know I wouldn't tolerate myself.” – James Dean

14


BIBLIOGRAFIA: •

Manual do 2º Nível – Faces Isabel Guimarães

“The Mutant King – James Dean” , David Dalton

“The Only Astrology Book You’ll Ever Need”, Joanna Martine Woolfolk

“Manual Completo de Astrologia” – Julia & Derek Parker

Wikipedia, James Dean Biography: https://pt.wikipedia.org/wiki/James_Dean

James Dean, The official website: https://www.jamesdean.com

15

Profile for FacesIsabelGuimaraes

Trabalho do final do Curso de Formação Profissional de Astrologia -James Dean  

Trabalho do final do Curso de Formação Profissional de Astrologia -nível 2 - com a formanda Francisca Cruz

Trabalho do final do Curso de Formação Profissional de Astrologia -James Dean  

Trabalho do final do Curso de Formação Profissional de Astrologia -nível 2 - com a formanda Francisca Cruz

Advertisement