Page 1


Alana Amorim

editorial

JAÉCIO CARLOS

jaeciocarlos@gmail.com DIRETOR: JAÉCIO DE OLIVEIRA CARLOS INFORMÁTICA EM REVISTA, PRÊMIO INFORMÁTICA, INFORMÁTICA NA TV e Café da Tarde com Jaécio Carlos -ME I. Municipal 171.294-2 Rua das Orquídeas, 765 Conj. Mirassol - Capim Macio CEP.59078-170 – Natal/RN Fones: (84) 3206.1756 99853.9097 (TIM /WhatsApp) e 98742.1468 (OI) Diretor / Editor Jaécio de Oliveira Carlos informaticaemrevista@gmail.com facebook.com/informaticaemrevistarn

Adriana Cavalcante acavalcantef@hotmail.com ADRIANO MOTTA ahmotta@gmail.com Luiz Alexandre Castanha Marcos Abellón www.q2l.com.br Mercia Dantas merciacdantas@hotmail.com ROBERTO CARDOSO rcardoso.gti@terra.com.br SILVIO NASCIMENTO silviocap_36@hotmail.com Stephan Romeder www.magicsoftwareeurope.com Talles Roney tallesroney@hotmail.com Vinicius Albuquerque infodocdiretoria@gmail.com Fotos Informática em Revista / Rosi Nascimento Capa HJ Design Manutenção do Site New System newsystemrn@newsystemrn.com.br www.newsystemrn.com.br Assessoria Jurídica Dr. Pedro Ribeiro – OAB/RN 1608 pedro.lira@natal-rn.gov.br

IMPRESSÃO

Projeto Gráfico e execução (84) 3086.4815 facarn@facarn.com www.facarn.com

Voltamos

Iniciamos o trabalho de divulgação dos profissionais de TI e empresários do meio, no nosso estado em 1995 com o suplemento O Poty Informática, encartado no Diário de Natal, todos os primeiros domingos de cada mês. Depois ficamos 11 anos sem editar nada sobre informática, nem artigos em jornais. Em junho de 2006, estivemos com Fernando Oliveira, dono da Work Informática, que sugeriu voltarmos com alguma publicação pra a área e criamos a Informática em Revista, com dupla interpretação: revisitar o mercado e lançar os assuntos numa revista. Criamos então o projeto Informata, com edição da revista, programa Informática na TV, Prêmio Destaques do Mercado e jantar de adesão, reunindo os integrantes do segmento da informática na primeira semana de Ficamos durante oito anos e quatro meses, todos os meses, em edições impressas e eletrônicas veiculadas no site www.informaticaemrevista.com.br e no ISSUU, uma espécie de Youtube de revistas, marcando presença entre 53 revistas brasileiras. Contando com colaboradores de alto nível, escrevendo artigos, enviando releases, contando seus “cases” presariais, enfim, com um time de primeira linha e ideias brilhantes, ficamos no ar de julho de 2006 a fevereiro de 2015. Conquistamos muitos e incontáveis amigos, tanto no RN como em outros lugares do Brasil, de onde recebemos comentários sobre este trabalho através de e-mails, uma boa parte deles publicados aqui na seção E-mail dos Leitores. Esse espaço é uma avaliação que se pode fazer do conteúdo das revistas e comentados no editorial. Não foi fácil suportar essa vacância de oito meses fora do ar. Foi necessário a atenção de um parceiro, que propôs a volta da Informática em Revista, pois “uma publicação como esta, não pode deixar de circular, de existir, mostrando o mercado e a colaboração dos nossos profissionais”.

Topei a parada e aqui estamos de volta, recomeçando a vida tal qual Fênix, o pássaro da lenda, renascendo e saindo das cinzas. Esperamos reconquistar antigos parceiros, na esperança de que o vôo seja mais longo e duradouro, em “céu de brigadeiro”, para nortear novos horizontes. Nesta edição temos as colaborações de Adriano Motta, Adriana Cavalcante, Roberto Cardoso, Silvio Nascimento, com seus artigos interessantes e o “case de Marketing do Programa Café da Tarde com Jaécio Carlos pr o canal Youtube;. Veja também a aula no oportuno “Diabetes tem cura?” de Talles Roney, distribuidor do produtos Kenko Pato, no RN., mostrando as ações alternativas do aparelho terapêutico Kenko Bio e no tema de capa a vantagem do marketing digital para geração de negócios nas redes sociais, entre outros assuntos. Que Deus nos ilumine e nos abençoe, sempre! Até dezembro!

novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 3


e-mal dos leitores Gostei de saber que a Informática em Revista, voltou. Luiz Wilker luizwilker@gmail.com R- Nós, também, que fazemos todo o possível para continuar com a Qualidade há quase nove anos. ********************************** Recebi o e-mail com o assunto: INFORMÁTICA EM REVISTA VOLTA EM NOVEMBRO e fiquei muito satisfeita com a notícia. Afinal, há oito anos acompanho essa publicação que só valoriza quem trabalha no setor e nós, leitores. Muito obrigada e parabéns pela volta. Maria da Conceição ceiça.natal@yahoo.com.br R-Grato pela atenção. Esperamos continuar por muito tempo, daqui pra frente. ********************************** Com a volta da Informática em Revista, haverá o Prêmio Destaques do Mercado em 2016? Maria de Nazaré mazé@gmail.com

Aqui em Porto Alegre não há uma publicação como a Informática em Revista. Fui assinante dela e colaborador, onde enviei artigos. Gostaria de editar uma revista como a de vocês, aqui. O que você sugere?

Por que Informática em Revista ficou tanto tempo sem circular, este ano?

Leonardo Teixeira da Silva leonardo.ts@gmail.com

R-Fomos atingidos pela crise financeira que assola o pais e isso dificultou muito angariar recursos de anunciantes para produzir e editar a Informática em Revista, de março a outubro. Agora, com nova parceria, estamos voltando ao normal.

R- Podemos conversar a respeito. Vamos mantendo contato. ********************************** Vi no Facebook os vídeos do Programa Café da Tarde com Jaécio Carlos as entrevistas com Alexandre Carvalho, Sonia Rocha, José Roberto e Vober Junior. Gostei do formato, simples e objetivo. Parabéns. Ana Lucia Fernandes aninha82@hotmil.com R-O programa é voltado para exibição no Canal Youtube e mídias sociais, com apenas 10 minutos de duração. Em novembro os entrevistados são: Adriano Motta, Nelson Freire, Williman Souza e Talles Roney. ********************************** Na volta da Informática em Revista, continuará a distribuição em lojas e empresas de informática?

R-Dependerá dos apoios que recebermos. ********************************** Gostaria de escrever para a Informática em Revista. Como faço? Antônio Saraiva a-saraiva82@yahoo.com R- Mande seu texto em até 35 linhas e uma foto em jpg, 300dpi. 4 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

Antonio Roberto antonio-roberto@gmail.com R-sim, a distribuição em lojas, anunciantes, escolas e instituições, continuará, bem como a edição eletrônica no ISSUU e PDF enviado para o mailling list da revista, em todo o Brasil. **********************************

Mário Monte Galvão montalvao2016@hotmail.com


Startup Weekend

Trata-se de um evento voltado para educação empreendedora, num final de semana nos dias 13,14 e 15 de novembro no Instituto Metrópole Digital, localizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). As inscrições estão abertas no site bit.ly/SWNatal. O Startup Weekend é um evento mundial realizado em mais de 135 países e com mais de 3,5K edições. Chega a Natal para proporcionar empreendedores, empresários e aos estudantes universitários, a oportunidade aprender sobre empreendedorismo, inovação e modelo de negócio. A edição natalense contará com convidados renomados do mercado de startups e inovação do país. Segundo a organizadora do evento, Rayanny Nunes, “O objetivo do Startup

Weekend é proporcionar aprendizagem através da criação de novos negócios e validação de ideias. O evento permite o desenvolvimento de relações de contatos e experiência prática no desenvolvimento de uma empresa em um ambiente livre de risco, e para muitos, trata-se de dar o primeiro passo para o empreendedorismo”, declara. Startup Weekend é o maior evento de startups no mundo e consiste em um final de semana intensivo, o qual reúne profissionais de várias áreas - gestão, comunicação, marketing, tecnologia - para criarem protótipos de empresas ou projetos em apenas 54 horas.

Em conjunto os participantes vão compartilhar uma ideia, forma equipe, criar produtos e lançar uma startup. Começa na sexta-feira com uma apresentação (pitch) de ideias de 60 segundos, em seguida são eleitas pelos participantes as melhores, por uma comissão julgadora e as equipes começam a se formar. A equipe passa o sábado e parte do domingo focados em desenvolver e validar suas ideias, constroem protótipos e são acompanhados por mentores experientes. No domingo, as equipes apresentam seus produtos e recebem o feedback dos jurados e especialistas.

Informações: http://www.up.co/communities/brazil/natal/startup-weekend/7434 Inscrições: https://www.sympla.com.br/startup-weekend novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 5

Startup Weekend

Natal receberá pela terceira vez, o


Aplicativo

Pagar.me aposta em programa de partnership Na Pagar.me, startup de tecnologia, os colaboradores que se destacam em seus projetos recebem um convite para entrar na sociedade. A empresa utiliza o conceito de partnership, em que um funcionário ganha participação na sociedade ao surpreender no cumprimento de projetos, por meritocracia. O modelo foi inspirado em outros programas estudados pelos fundadores Henrique Dubugras e Pedro Franceschi e começou a ser aplicado desde a fundação do empreendimento, em 2014. O objetivo é estimular a inovação constante dos colaboradores e garantir que os funcionários tenham dedicação e alcancem resultados. “O nosso sistema de meritocracia é de cima para baixo. Conforme o profissional vai se destacando, ele mesmo contrata pessoas para auxiliá-lo e toma conta da gestão desta equipe. Se ele continuar subindo, vira sócio da empresa”, confirma Henrique Dubugras. Dois funcionários já atingiram esse patamar: Jonathan Lima, 17 anos, e Evandro Nascimento, 29. Outros também podem chegar lá, desde que consigam manter a dedicação e cumprimento de metas estipulada pela diretoria para as equipes que coordenam. Com a cara e com a coragem o programa também premia o “risco” que os colaboradores estão dispostos a correr. A Pagar.me não conta com um programa formal de treinamento para estimular o crescimento profissional e o novato possui as mesmas responsabilidades projetos que os mais experientes. É preciso aceitar estas condições para trabalhar na empresa. “Aqui a responsabilidade é para todos e o profissional tem que entregar resultado sempre. Ele precisa aceitar correr os riscos de se autodesenvolver, mas a recompensa também é enorme”, prossegue. Contratação por desafios Essa mentalidade de sócio da empresa permeia até mesmo a contratação de novos colaboradores. A startup estipulou um sistema 6 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

baseado em desafios, ao invés de divulgar vagas com salários e informações técnicas em plataformas virtuais. Funciona da seguinte maneira: a companhia cria missões inspiradas nos seus serviços para os candidatos cumprirem. Quem conseguir vencer essas metas recebe as condições de trabalho e, se aceitá-las, entra no quadro de “Os profissionais nos procuram porque gostam de motivações para suas missões. Na empresa, cada projeto é da própria pessoa. Isso dá liberdade, aumenta a responsabilidade do colaborador e estimula o espírito de dono do negócio”, conclui Dubugras.

Sobre a Pagar.me

É uma solução digital voltada aos empreendedores virtuais do país, atuando

como Gateway – e facilitador – entre as empresas e toda a burocracia que elas enfrentam para receber seus pagamentos. Com infraestrutura de pagamento completa, a ferramenta permite aumentar as taxas de conversão em até 25% com retentativas inteligentes (processo que fica tentando realizar a transação em mais de uma operadora de cartão quando alguma está fora do ar), sistema antifraude eficiente e um checkout de pagamento dentro do próprio ambiente, sem a necessidade de encaminhar o cliente para outro site. Empresas como a Endeavor Brasil, Catarse, Ingresse.com e Geração de Valor já adotaram a Pagar.me, que levantou mais de R$ 1 milhão de investimentos. Até o fim de 2015, a expectativa é transacionar mais de R$ 500 milhões pela solução.


Security Day

Empresa natalense Fundada em 2008, a Qualitek Tecnologia vem se destacando pelo compromisso com o cliente e pela qualidade apresentada nos projetos executados. Com mais de 300 clientes atendidos, a empresa tem se consolidado no segmento de Segurança da Informação no Nordeste do país enquanto se expande para as demais regiões, sempre levando consigo os seus valores de ética, responsabilidade e confidencialidade. Atualmente a empresa possui escritórios nas cidades de Natal, Recife, São Paulo, Manaus e Brasília. Ganhadora de várias premiações a Qualitek Tecnologia é reconhecida pelo alto desempenho dos seus profissionais. Os prêmios que recebe são prova da quali-

dade do serviço prestado. Em 2011 a Kaspersky Labs premiou a Qualitek com o prêmio internacional de "Melhor revenda para os mercados emergentes". Na mesma ocasião a empresa ficou entre as quatro melhores no quesito "Suporte e Serviços". Em Natal foi várias vezes homenagea-r do com o Troféu Destaques do Mercado, promovido pela Informática em Revista. Essa premiação é escolhida anualmente, pelos usuários, anunciantes, leitores e especialmente por profissionais do setor. O Security Day será realizado dia 28 de novembro, no Inova Metrópole Digital, das 9 às 18h. Para participar basta levar 3k de alimentos. O evento conta também com Oficinas e Trilha de Palestras dos Patrocinadores Oito palestrantes, participam dessa martona: 1. Claudio Martinelli -Kaspersky Brasil 2. Willian Caprino - Clavis 3. Carol Bozza - CyberArk 4. Anchises Moraes - RSA

Segurança

Qualitek realiza mais um 5. Alexandro Silva - iBliss 6. Manoel Veras - UFRN 7. Renato Monteiro Leite - Opice Blum Advogados 8. Fernando Mercês - Trend Micro

Rodrigo Jorge, recebe prêmio de Informática 2014

Colaboração: Heyder Macedo – Fonte We Logo

Tudo começa com criação Uma boa identidade visual desenvolvida com criatividade pode, além de dar uma “cara” nova a empresa, aumentar a credibilidade dela com seu público. Pequenas e grandes empresas investem nesse conceito que tem ganhado seu espaço no meio corporativo devido a sua grande capacidade de tornar o serviço ou produto da empresa mais chamativa e vistosa. Para criar boas identidades visuais alguns itens são essenciais, como:

Briefing objetivo

Um briefing objetivo é aquele que atende totalmente as perguntas que serão feitas pelo designer e que passe tudo o que

o empreendedor espera do projeto. É preciso paciência e estar por dentro de tudo que a empresa almeja para produzi-lo. Ela é o que nos mostra soluções onde menos esperamos e que faz com que um simples projeto de papel ganhe vida e vire um sucesso. A criatividade pode ser estimulada de diferentes formas, cada uma com sua forma peculiar de se “soltar”. Esse item é importantíssimo e muitas vezes ignorado pela equipe de produção. É preciso que as inspirações do projeto sejam definidas, é delas que teremos referências concretas para colocar o que está documentado em prática. Uma inspiração pode ser o primeiro passo para começar sua identidade visual. Bom, com o primeiro e segundo item

não podemos te ajudar pois são aspectos particulares e variam com cada pessoa mas com a inspiração podemos te dar uma “mãozinha”. Listamos algumas referências de identidades visuais que são sucesso. Fizemos nossa busca no site pinterest e aqui vai mais uma dica, o site é uma ótima ferramenta para aqueles que buscam por inspirações diferenciadas e inéditas.

novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 7

arte

Design


Ano novo

2016 será marcado por extorsões online e hacktivismo

Malware em dispositivos móveis chegarão a 20 milhões e hackers tornarão ataques ainda piores, explorando novos vetores A Trend Micro – especializada na defesa de ameaças digitais e segurança na era da nuvem – anuncia em seu relatório “Uma Linha Tênue: Previsões de Segurança para 2016” as principais previsões de segurança para o próximo ano. No estudo, a equipe de Segurança e Ameaças Trend Micro destaca: crescimento contínuo da extorsão online, do hacktivismo e dos malware em dispositivo móveis, assim como uma postura mais ofensiva com relação à segurança cibernética de entidades e corporações governamentais. "O ano de 2016 será muito significativo para ambos os lados no cenário dos crimes cibernéticos", afirma Raimund Genes, CTO (Chief Technology Officer) da Trend Micro. "Governos e empresas começarão a ver os benefícios da prevenção por meio da segurança cibernética, com mudanças na legislação e um maior número de agentes responsáveis por manter a integridade da rede nas mpresas. Além disso, conforme os usuários se tornarem mais conscientes das ameaças online, os atacantes reagirão com o desenvolvimento de sistemas sofisticados e personalizados voltados tanto para pesso8 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

as físicas quanto para pessoas jurídicas.'' Destaques do relatório Trend Micro de previsões para 2016 • Os cibercriminosos criarão novas formas de personalizar os ataques, fazendo com que o ano de 2016 seja marcado pelas extorsões online – que aumentarão por meio do uso da análise psicológica e da engenharia social das vítimas potenciais; g

g

g

g

Os malwares em dispositivos móveis chegarão a 20 milhões, afetando principalmente a China e também direcionando ataques contra as novas opções de pagamento móvel mundialmente; Conforme mais consumidores passem a usar dispositivos inteligentes nas suas atividades do dia-a-dia, haverá pelo menos uma falha letal de dispositivos em 2016; Os hacktivistas tornarão seus ataques ainda piores, visando destruir sistematicamente alvos com forte perfil de violações de dados; Apesar do entendimento de que é preciso proteger a integridade dos dados corporativos, menos de 50% das organizações terão a presença de um colaborador especialista em segurança cibernética em suas equipes até o final de 2016;

g

g

O aumento do bloqueio de anúncios de produtos e serviços forçará os cibercriminosos a encontrar novos meios de atingir suas vítimas, resultando em menos malvertisements.Softwares para bloquear anúncios online tiveram um aumento de 41% no uso global este ano. Como resultado, os anunciantes buscarão novas abordagens para vender seus produtos online e assim, os criminosos cibernéticos irão se esforçar em encontrar novas maneiras de obter informações do usuário; A legislação será expandida para um modelo de defesa de segurança cibernética global, permitindoprisões, acusações e condenações mais bem-sucedidas.

Segundo Tom Kellermann, diretor de segurança cibernética da Trend Micro: "Os hackers estão em constante evolução para se adaptarem ao ambiente ao seu redor, visto a queda dos anúncios online e o aumento de ransomware (sequestro de informações). Apesar do crescimento dos investimentos e das legislações na área de segurança, essas mudanças trarão, inevitavelmente, novos e mais sofisticados vetores de ataque.


COSERN recebe certificação internacional por realizar contribuição para o meio ambiente. A reciclagem de 1.500 kg de cabos eletrônicos provenientes da obra de reestruturação do prédio sede da Cosern, ocorrida no ano passado, resultou no reconhecimento do Programa Green It, uma solução sustentável que tem o objetivo de racionalizar a utilização de recursos não renováveis. Criado em 2007 pela empresa japonesa Furukawa, o Programa Green It consiste na permuta de sobras de cabos eletrônicos e de energia por cabos novos da marca Furukawa, e na racionalização do uso de recursos não renováveis com o tratamento adequado do descarte de produtos de cabeamento estruturado. O recebimento do certificado atesta o

comprometimento a Cosern com o meio ambiente. Também é um reconhecimento da política de sustentabilidade do Grupo Neoenergia, que foi aprovada em 2014 e compõe um dos valores institucionais do grupo e da concessionária. A certificação que a Cosern recebeu da Furukawa, empresa com atuação nos principais ercados mundiais que trabalha com tecnologia de última geração para soluções em fibras óticas, declara que aproximadamente 750 kg de materiais contaminados com metais pesados fossem escartados indevidamente. A reciclagem do material também ajudou a reduzir a extração de 142,5 toneladas de minério de cobre e o consumo de energia de 14.340 Kwh, suficiente para abastecer uma média de 96 residências durante um mês, con-

siderando o consumo médio mensal de uma família de 4 pessoas no Brasil, que corresponde a 150 kwh. Participação - O primeiro passo para participar do Programa Green It é efetuar a inscrição no site da Furukawa (www.furukawa.com.br). Na etapa seguinte, a empresa providencia a remessa das embalagens ao solicitante, onde será depositado o material de Depois disso a transportadora leva o resíduo coletado a uma filial da Furukawa no Brasil. Em seguida a empresa participante recebe uma bonificação. Os resíduos recolhidos passam por um processo de tratamento adequado e após todo o processo, a empresa participante recebe o certificado de participação no Programa ambiental, mediante solicitação. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 9

Certificado

Cosern recebe prêmio internacional


artigo

Capacidade acabativa, você já ouviu falar? No universo dos Recursos Humanos fala-se frequentemente em capacidade acabativa. Você já ouviu falar neste termo? Alguma vez alguém já tentou ou solicitou compreender a sua capacidade acabativa? A capacidade acabativa é a demonstração de suas realizações profissionais, de suas conquistas, do que você é capaz de fazer pela organização, seus resultados alcançados. Sabe àquela relação de tarefas que você listou ao desenvolver o seu currículo? Elas são muito importantes, mas o que causará impacto aos recrutadores e headhunters serão as suas realizações. Estas realizações devem vir expressas quantitativamente, ou seja, através de cifras, estatísticas e números. O profissional que o estará avaliando em um processo seletivo, seja um entrevistador ou o dono da vaga, irá querer informações concretas, Vamos melhor entender um pouco como melhor demonstrar a sua capacidade acabativa? Por exemplo, se você é um profissional da área de tecnologia da informação, você poderá apresentar seus resultados da seguinte forma: “Gestão de equipe de 30 técnicos para projeto de implantação do sistema SAP, alcançando redução de 25% do orçamento”. Ou se você é um profissional da área de

10 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

vendas, seus resultados poderão ser descritos da seguinte maneira: “Gestão da carteira de 150 clientes do segmento alimentício, compreendendo a região nordeste do país, atingindo um patamar de vendas de 1,5 milhão/ano”. Entendeu que existe uma grande diferença da forma e convencer o recrutador? Está convencido de que a sua abordagem será muita mais legítima ao empresário? Mas, preste atenção, não é possível admitir informações mentirosas e, ou, sigilosas. O entrevistador poderá conferir o seu depoimento, as informações contidas no seu currículo. Se você é um profissional que dispõe de uma série de conquistas, de resultados alcançados, selecione àqueles que são mais importantes, que apresentam mais relevância para a sua trajetória profissional. Eles deverão ser os mais recentes ou os que estão associadas às empresas que você teve mais estabilidade, ou ainda às posições maiores que ocupou. Se sentido inseguro ou com dificuldade em comunicar suas experiências, recorra a um especialista em recolocação ou transição de carreira. Certamente, este apoio será fundamental e sua recolocação ocorrerá em um espaço menor de tempo.

Adriana Cavalcante Consultora em Outplacement acavalcantef@hotmail.com


A pesquisa “A Empresa do Futuro”, realizada em 14 países, traça as tendências para o futuro do mercado de Tecnologia da Informação Até 2017, 84% dos líderes de TI implantarão em suas companhias uma infraestrutura em que a interconexão – ou seja, as conexões diretas e seguras entre empresas – estará no centro de suas decisões. É o que aponta a pesquisa “A Empresa do Futuro”, realizada pela Equinix, companhia global de serviços de data center e interconexão. Hoje, apenas 38% utilizam esse tipo de solução. O estudo buscou traçar as tendências do mercado global de tecnologia e conversou com mais de mil profissionais de TI em 14 países: Austrália, Brasil, Canadá, China, Dubai, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Holanda, Singapura, Suíça, Estados Unidos e Reino Unido. O levantamento revela, ainda, que a prioridade de negócios número um para quase metade dos pesquisados é aumentar sua receita, e a interconexão está no centro das estratégias citadas como chave para alcançar este objetivo. Entre as empresas, 3 em cada 5 acreditam que a interconexão de colaboradores, parceiros e clientes é "mui-

to importante" para a capacidade de competição. Quase metade está, atualmente, buscando conexões diretas com plataformas em cloud, sendo que a maioria (aproximadamente 4 em 5) vê isso como necessidade crucial para os próximos cinco anos. Além disso, entre as empresas que já possuem estratégias de interconexão, mais de um terço já colhe valor total de mais de 10 milhões de dólares de ganhos em receita e economia de custos. "As infraestruturas tradicionais de TI não estão equipadas para competir nesta nova era interconectada sem realizar mudanças. Com a Arquitetura de Interconexão da Equinix, nós ajudamos as empresas a iniciar uma abordagem transformadora para interconectar pessoas, locais, clouds e dados que são essenciais para a diferenciação e o crescimento de mercado", afirma Tony Bishop, vice-presidente de marketing de verticais da Equinix. Os analistas concordam que a interconexão é crucial para o sucesso da empresa. Um estudo recente da Forrester intitulado “O impacto econômico total da interligação das soluções de interconexão da Equinix” mostrou que a interconexão rende

300% de retorno sobre o investimento, recuperação do investimento em 4,2 meses e uma redução média de 40% na latência. Dentre as estratégias que os líderes de TI têm usado para aumentar a receita, a principal, citada por cerca de 69% dos entrevistados, é implantar infraestruturas para apoiar ofertas de novos produtos. Outras táticas incluem: criar novos canais ou sistemas de engajamento entre a empresa e seus clientes, parceiros e colaboradores; implantar infraestruturas em novos locais e incorporar ou distribuir inteligência (analytics, dados, conteúdos) nos processos de negócios, localizações de regiões ou escritórios para obter grandes ideias para clientes e tomar decisões de negócios de forma mais rápida e precisa. Outra estratégia de negócio citada em todo o mundo é a interconectividade multi-cloud. Segundo a pesquisa, 86% das empresas planejam interligar-se com diversas nuvens em vários locais nos próximos cinco anos. Ser capaz de se conectar diretamente e com segurança a provedores em cloud, evitando a internet pública, alivia a maior preocupação dos entrevistados: a segurança, relatada por 64% das empresas. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 11

Previsão

Estudo global diz que número de empresas interconectadas dobrará até 2017


Case

Programa Café da Tarde e as canecas personalizadas

12 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015


Alexandre Carvalho da Peggasus

Nosso editor Jaécio Carlos em Conversa com Marcilio Dantas, meados de julho deste ano, sobre criar um programa de entrevistas para veicular no Youtube e mídias sociais, ele, Marcilio, um profissional de rádio (trabalha na Globo AM/Natal), surgiu logo o nome, sugerido por ele, “Café da Tarde com Jaécio Carlos”. Nome aprovado, o design Heyder Macedo criou a marca e o trabalho começou. Vieram as dificuldades em conseguir patrocinadores e anunciantes, mesmo porque não havia nada para

wober júnior, presidente do pps/rn

Dra. Sônoa rocha da unidental

mostrar, só planos. Então, inspirado no marketing de Luciana Melo, cantora, que colocou na Internet um aviso informando que precisava arrecadar recursos para gravar seu novo disco, e em troca as pessoas receberiam um CD autogrfado, como recompensa. Foi um sucesso. “Ai eu pensei em presentear, como recompensa, uma belíssima caneca em porcelana, tendo de um lado a marca do programa e do outro a foto da pessoa ou a marca da empresa”. – comenta Jaécio. E assim foi

feito. Em poucos dias a venda das canecas personalizadas começou a fazer sucesso. Esse marketing foi responsável pela produção e gravação dos 4 primeiros programas Café da Tarde com Jaecio Carlos. Os entrevistados foram Alexandre Carvalho, da Peggasus, Dra Sônia Rocha, da Unidental, Vober Junior, do PPS/N e José Roberto, da Sincronia Gráfica. Para receber o link dos programas, os interessados podem solicitá-lo através do e-mail cafedatardenatal@gmail.com É de graça.

josé roberto, sincronia gráfica

novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 13


Porque sua escola deve investir em tecnologia Nunca se falou tanto em inovações no contexto pedagógico. O surgimento de novos recursos tecnológicos e formatos de pedagogia colocam diversos tipos de mudanças em curso, que levam as escolas para muito além das suas bibliotecas, salas de aula, professores e alunos. As rápidas e necessárias transformações nos colégios e instituições de ensino colocam os gestores do mercado de educação em uma corrida constante, para se adaptar aos novos tempos e alunos. É natural que alunos, pais e professores pressionem as escolas a adotarem soluções digitais. De acordo com a pesquisa da Penn Schoen Berland, para 77% dos brasileiros, as escolas e professores devem se apoiar mais na tecnologia para melhorar o sistema educacional. Os donos de instituições já entenderam que investimento em tecnologia é um diferencial de vendas e um bom negócio para aumento de matrículas. O motivo é um pouco óbvio: os pais preferem que seus filhos estudem em escolas atualizadas, que o filho tenha prazer em frequentar e que ofereçam diversos recursos e serviços diferenciados. Porém, essa questão deve se tornar um fator de sobrevivência para os gestores e muitos ainda desconhecem como fazer. A capacidade de inovar representa um dos principais ativos das organizações hoje, mas, o que vemos na maioria das vezes nas escolas são salas lotadas, com carteiras enfileiradas, foco em conteúdos previamente estabelecidos e ensino massificado. Seria ótimo, se o objetivo fosse formar funcionários para linhas de produção, como na época da Revolução Industrial. Modelo muito antiquado para as escolas que querem sobreviver ao novo contexto. Muito se engana quem pensa que, só consegue mudar esse cenário, os gestores que têm muito dinheiro para investir em tecnologias de ponta. Muitas vezes o conceito de inovação tem sido confundido com tecnologia. De fato, as ferramentas tecnológicas de aprendizagem são meios de inovação, mas nem toda inovação precisa, necessariamente, de recursos tec14 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

nológicos requintados e Um primeiro passo, simples e essencial é escutar estudantes, educadores e pais. Os gestores precisam estabelecer diálogos através de reuniões ou até mesmo conversas informais para discutir sobre a adoção de tecnologia na escola. Entender e alinhar essa ideia com todos os envolvidos é um fator importante para o desenvolvimento de novas práticas e modelos pedagógicos. Além disso, estabelecer parcerias com empresas para estruturar programas de formação de professores é uma ótima ideia. Afinal, não basta adquirir novas tecnologias. É preciso preparar os educadores para as utilizarem como ferramentas pedagógicas ou o investimento se torna um desperdício. E dessa forma, é possível criar e estabelecer novas ideias que gerarão resultados. Ter bons recursos é ótimo, mas sem uma organização e planejamento correto junto aos alunos, pais e professores, os resultados não serão alcançados. Com tecnologia aplicada, bons projetos e profissionais preparados, o ensino se torna mais atraente, a cultura de aprendizado é intensificada, e a marca da escola fortalecida. Projetos de colégios que têm a inovação como princípio acabam se tornando conhecidos na sociedade. Isso os coloca como referência no ensino e a conquista e o desempenho dos alunos são apenas consequência.

artigo

Marcos Abellón diretor geral da W5 www.q2l.com.br


A empresa natalense especializada no desenvolvimento de serviços exclusivos para gestão de negócios jurídicos e com experiência de 15 anos, participou em outubro da FENALAW 2015. Trata-se do maior evento jurídico da América Latina e ponto de encontro que reúne os maiores profissionais do meio jurídico em um contexto de negócios. Durante muitos anos, o profissional liberal no Brasil precisava ser apenas um bom técnico na sua área para ter uma carreira bem sucedida. Na advocacia não era diferente. Com o passar do tempo, dominar o conteúdo aprendido nos bancos da faculdade não é mais suficiente. É preciso agregar conhecimentos e boas práticas na organização da rotina das sociedades de advogados e departamentos jurídicos, como por exemplo. na gestão financeira e disponibilização de ferramentas que facilitem o acompanhamento e publicações e de processos. Mesmo um profissional em início de carreira precisa de uma estrutura mínima de retaguarda. A ATI Jurídico, com foco em sociedades de advocacia e departamentos jurídicos, mostrará ao público os serviços disponibilizados por meio do SIJAF, o trabalho de consultoria, Raio X Jurídico, stribuições Judiciais, Virtualização e lançará um novo serviço, o Pocket Jurídico. “Desenvolvemos nosso trabalho pautado nos valores da transparência, gilidade e comprometimento, de modo que somos

reconhecidos pelos nossos clientes pelo abordagem altamente profissional, a ATI excelente nível de serviço que desempe- Jurídico possui especialistas para trabanhamos e nos tornamos referência no lhar, oferecer orientação para a prática visando criar uma maior integração entre mercado norte-rio-grandense. A FENALAW se mostrou como a me- profissionais e setores e um ambiente colhor portunidade para ATI jurídico apor- laborativo de trabalho, promovendo maxitar ao mercado do centro-sul do País. mização dos recursos, redução de custos e Temos as melhores soluções tecnológicas otimização do desempenho. Para tanto, a empresa desenvolveu em gestão de negócios jurídicos para escritórios de advocacia de todos os portes uma metodologia própria que abrange as e departamentos jurídicos de empresas, seguintes dimensões: Estratégia; Procesalém de, também, realizarmos ventos e sos organizacionais; Finanças; Gestão de prestarmos consultoria em gestão para o pessoas; e Mercado. Certificação A ATI meio jurídico”, afirmou o diretor comer- Jurídico foi certificada, em fevereiro deste ano, em Melhoria de Processo de Softwacial da ATI Jurídico, Adriano Motta. Praticidade, agilidade e simplicidade são re - Serviços (MPS.Service), certificado de o foco do Pocket Jurídico, o aplicativo que qualidade que equivale ao tão conhecido notifica, em tempo real, as publicações ofi- ISO, e promoveu uma estruturação estraciais de processos na Justiça em todo o Brasil tégica, adotando um novo posicionamene permite ainda o agendamento de compro- to estratégico, criando uma nova marca, missos relacionados aos mesmos em sincro- reforçando o foco exclusivo na área jurídica, para poder melhor servir à gestão de nia com a agenda do seu dispositivo. O Pocket Jurídico é um APP de uso negócios jurídicos de forma ampla e com individual ompatível com os sistemas iOS abrangência nacional. Para mais informações sobre empresa, e Android e acessível também na web. O SIJAF é um software de gestão de negócios visite atijuridico.com.br. jurídicos disponível em cinco diferentes planos e que pode ser acessado de qualquer dispositivo com acesso a internet. Dependendo das necessidades de cada profissional, escritório ou departamento jurídico, bem como do plano escolhido, o sistema disponibiliza gestão administrativa, gestão de processos, publicações ficiais, andamentos processuais, gestão de compromissos (agenda e prazos), armazenamento de documentos, consultas e gráficos gerenciais, cobertura nacional, orientação sob demandas e gestão financeira e de contratos. Em relação à consultoria, por entender que a gestão de negócios jurídicos requer uma ADRIANO MOTTA,CONSULTOR DE Ti novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 15

Feira

ATI Jurídico participou do maior evento jurídico da América Latina


União

Acorp e SEP Software anunciam parceria Foco é o fornecimento de soluções de backup e recuperação de dados, incluindo infraestruturas virtualizadas e na computação. A Acorp, distribuidora de soluções de software e hardware de valor agregado, acaba de firmar acordo com a SEP Software para o fornecimento no Brasil de soluções para o gerenciamento de armazenamento, backup e recuperação de dados para ambientes de TI complexos e heterogêneos, incluindo os virtualizados e computação em nuvem. Os produtos SEP Software foram projetados para dar resposta rápida na guarda e recuperação de grandes volumes de dados em ambientes complexos e heterogêneos nas principais arquiteturas, incluindo Citrix, Novell, Suse Unix, Linux, Windows, VMWare, Oracle, RedHat, Zarafa,

16 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

Apple, SAP, IBM, entre outras. A Acorp possui mais de 10 mil revendas em todo o país e a expectativa de distribuição das soluções SEP Software no mercado brasileiro, segundo Rinaldo Bonfim, diretor comercial da Acorp, acontece porque a linha de produtos oferecida atende às corporações de médio e grande porte onde o uso dos recursos de TI é elevado e demanda tecnologias eficientes e avançadas. “Temos clientes com ambientes muito complexos e percebemos nas soluções SEP Software a capacidade de realizar processos de backup e recuperação de dados com foco nas necessidades de segurança destas corporações, o que possibilita, também, garantir aos nossos parceiros uma oferta abrangente de soluções e de atendimento aos

projetos de seus clientes”, comenta Bonfim. Para a SEP Software, segundo Bob Orosco, diretor Regional de Vendas na América Latina da SEP Software, a parceria com a Acorp impulsiona a expansão da companhia norte americana no mercado brasileiro através da ampla rede de revendas capacitadas pela Acorp para atender a clientes com necessidades particulares e complexas. “A expertise da Acorp é comprovada pelos seus mais de 20 anos de mercado de TI, com grandes clientes de vários segmentos. Daremos o apoio tecnológico à Acorp e seus parceiros comerciais para que possam entregar os melhores projetos aos seus clientes, que poderão contar com uma ampla gama de soluções SEP sesam em ambientes heterogêneos, comuns nas grandes companhias”, afirma.


Isis vasques

A Acrilex é considerada a maior ábrica da América Latina no segmento de tintas para anualidades e está entre as maiores empresas nos segmentos de tintas artísticas e escolares, possuindo mais de 10 mil pontos de vendas somente no Brasil. Exporta para quase toda América Latina além de alguns países da Europa e África. Durante muito tempo a empresa foi atendida por um serviço de e-mail e de hospedagem de site sem muitos problemas. No entanto, com a evolução do uso da Internet como ferramenta de apoio aos negócios e na divulgação da sua linha de produto, estas soluções não acompanharam as necessidades da empresa, que investe bastante em várias atividades que promovem o uso de seus produtos: cursos, eventos, vídeos, workshops, entre outras ações de marketing. A empresa usava um servidor de e-mail em código aberto que ficou ultrapassado e optou pela plataforma Google Apps for Work, que passou a fornecer a mensageria e também o Google Drive sendo bastante utilizado para o armazenamento de uma grande quantidade de arquivos e documentos. Para conduzir esta migração de ambiente a empresa contratou a Dedalus Prime, primeiro Cloud Broker Services brasileiro, com grande experiência na identificação das necessidades das empresas que estão iniciando sua jornada para a computação em nuvem, como é o caso. A plataforma Google Apps for Work beneficia atualmente 180 usuários, que podem enviar e receber e-mails de forma mais segura, sem a limitação do espaço destinado às mensagens, situações vivenciadas diariamente com a antiga solução onde os usuários corriam o risco de perder informações pois o serviço de e-mail era atendido por uma empresa externa que roteava o DNS e devolvia as mensagens para a Acrilex. O serviço era arcaico, com poucas funcionalidades, lento, vulnerável e com atualização precária. Como o software cliente de e-mail era instalado no computador do usuário, era necessária a realização de

Conquista

Acrilex conquista alto desempenho na computação em nuvem

Isis Vasques, sócia-diretora da Agência Ecco Acrilex

cópias de segurança constantemente. Os usuários não confiavam mais no serviço e chegavam a enviar uma mesma mensagem três vezes para garantir o recebimento pelo destinatário. No caso do Google Apps for Work, como o serviço é em nuvem, todo esse processo é feito de forma “A mudança para Google foi natural”, segundo conta Erik Souza Silva, analista de infraestrutura de TI da Acrilex, “porque o pessoal de TI aqui já era usuário do Gmail, a escolha

por ele foi uma coisa natural. Nossa opção foi fortalecida porque chegamos a receber uma oferta de instalação de um servidor de e-mails da era pré-nuvem, bastante usado pelas empresas, mas como funcionaria na empresa, optamos por investir mesmo na mudança para Google Apps”, lembra ele. “A migração com o apoio da Dedalus foi tranquila, tanto que a convidamos para cuidar da migração de nossos sites para a Amazon Web Services”. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 17


CAPA

Marketing digital futuro dos negócios

18 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015


Marketing Digital é o modelo de negócio no qual a internet é usada como plataforma para a realização de ações promocionais, que têm a finalidade de divulgar produtos, negócios, serviços ou atributos de marca e que envolve o uso de dispositivos conectados à internet e suas funcionalidades para espalhar mensagens de marketing promocionais. Empresas vêm utilizando o marketing digital nos negócios desde que a internet passou a ser considerada a maior fonte de informação em nível global. Trata-se de uma plataforma conveniente, acessível e que oferece oportunidades competitivas para negócios de todos os tamanhos. A modalidade, também chamada de marketing de internet, ainda se diferencia por seu conjunto ferramentas, que se referem muito mais do que a só navegação em si. No marketing digital, as ferramentas mais usadas pelas empresas para aumentar a visibilidade de páginas de internet e consequentemente atrair mais consumidores são os banners de displays em portais, links patrocinados e a otimização de páginas. Modalidades como o mobile marketing, o social media marketing e o e-mail marketing também são largamente utilizados com o intuito de estabelecer relacionamentos, embora também sejam usadas para realizar novas ativações, promoções, etc. Combinar esses esforços com as técnicas do marketing tradicional já utilizadas é essencial para obter êxito com campanhas online. O marketing digital representa também uma ferramenta competitiva já que a internet não está restrita somente aos computadores. O desenvolvimento constante de novas tecnologias trouxe a capacidade de ampliar o potencial das estratégias do

marketing digital, pois faz com que cada vez mais dispositivos se tornem capazes de acessar a internet. É o caso dos smartphones, tablets, consoles de vídeo game, aparelhos de televisão, entre outros. Garantir a diversidade de acesso por meio desses dispositivos significa abrir novos canais de marketing digital, possibilitando que mais ações sejam realizadas. Outra oportunidade de marketing digital gerada a partir disso, é a criação de ações diretamente voltadas para um determinado canal. Por meio de conteúdos e de abordagens mercadológicas diferenciadas é possível estabelecer diferentes tipos de interação. Um exemplo disso é o mobile marketing, no qual os usuários, por meio de seus tablets ou smartphones, passam a ser capazes de interagir com locais, marcas ou até mesmo entre si de acordo com sua posição geográfica. Esses dispositivos além de estarem equipados com sistemas de posicionamento global, também se integram à internet para tornar possível a interação. Visite a página do Curso de Gestão em Marketing Digital daInternet Innovation veja como você pode melhorar o desempenho de seu negócio com campanhas de e-mail marketing e com o gerenciamento dos seus canais de social media. Conheça as ferramentas mais eficazes para promover suas páginas e aprenda a implementar estratégias de divulgação online utilizando links patrocinados, banners e mídias gráficas. Não esquecer de providenciar site, instagram, facebook, twitter e outras midias de comunicação social e divulgar cwm ações pertinentes ao projeto e recorrer aos serviços de um profissional especializado em Marketing Digital para cuidar da imagem e do desenvolvimento do projeto digital. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 19


Lançamento dsasda

APC by Schneider Electric lança nobreak O nobreak Smart-UPS 2200BI-BR traz maior monitoramento da rede elétrica por meio do software PowerChute, alarmes sonoros e LEDs indicadores e status A APC by Schneider Electric, líder mundial em soluções e serviços para ambientes críticos de energia e refrigeração, apresenta ao mercado o nobreak Smart-UPS BR 2200 VA. Com topologia line interactive e saída senoidal, maior confiabilidade, mais robustez e fator de potência unitário, o novo modelo é totalmente desenvolvido e fabricado no Brasil, na unidade de Eusébio (CE) da Schneider Electric, mantendo a qualidade global e a credibilidade da APC by Schneider Electric. A principal funcionalidade do aparelho é a proteção das cargas conectadas contra surtos, picos e outras anomalias elétricas. “Nobreaks são essenciais para garantir a segurança de informações e equipamentos, e prevenir as falhas de energia, que são a principal causa de inatividade para 40% das companhias”,afirma Adriano Hada, Diretor Comercial da APC by Schneider Electric. O lançamento foi desenvolvido tendo

20 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

como base plataformas globais utilizadas pela APC by Schneider Electric, o que garante sua confiabilidade lendária, e atende às necessidades de pequenas e médias empresas, protegendo dados, servidores de rede, terminais de computador, equipamentos hospitalares e laboratoriais, balanças eletrônicas, caixas registradoras, circuitos e sistemas de segurança, centrais PABX e demais equipamentos eletrônicos que necessitem de energia estabilizada para operar corretamente. O Smart-UPS BR 2200 VA oferece ao usuário o gerenciamento remoto através de interface USB, com o software PowerChute Business Edition, alarmes sonoros e LEDs indicadores de status, garantindo melhor monitoramento da rede elétrica. Além disso, o nobreak é bivolt, conta com estabilizador e filtro de linha inclusos, tem maior potência real, evoluindo de 2000VA / 1400W do modelo anterior para 2200VA /2200W e maior número de tomadas, sendo 8 no total. Outra novidade é o desconector de baterias, que evita energização do produto em transporte e manutenção, aumentando a segurança e a vida útil e suas baterias internas.

O software de monitoramento PowerChute permite configurar quais alertas o usuário deseja ser comunicado por e-mail ou SMS, além de prever a data para a troca das baterias internas e possibilitar a configuração do nobreak quando se é conectado um ou dois bancos de baterias externos, de acordo com a autonomia desejada, para maximizar seu desempenho. O produto tem preço sugerido de R$ 2.976,00 para usuário final, dois anos de garantia, sendo 1 ano para as baterias, e pode ser encontrado nos distribuidores e revendas autorizadas APC by Schneider Electric.


artigo

A Força de Vendas do iPad:

Aumentando a Produtividade nos Negócios Stephan Romeder

Managing Director, www.magicsoftwareeurope.com

Mais e mais departamentos de vendas, serviços de campo e de indústrias estão buscando os tablets pela portabilidade de um smartphone, mas com a tela maior e a possibilidade de uso de teclados mais semelhantes ao de um notebook. Com a Apple, responsável por absurdos 89% das ativações de tablets nas empresas, o iPad é, sem dúvidas, rei da arena nas empresas. Uma das formas de uso mais poderosas dos iPads é na automação de vendas. Com um iPad em mãos, vendedores podem acessar e casualmente guiar um cliente até a apresentação de vendas correta, demonstrar seu produto e então acessar sistemas back-end para gerar cotação de preços, checar disponibilidade e confirmar datas de entrega, realizando em apenas um encontro presencial o que anteriormente levava uma semana ou mais. Na verdade, forças de vendas móveis estão ficando tão acostumadas a usar tablets que a consultoria Forrester gosta de mencionar uma empresa que organizou uma competição para ver quem do departamento de vendas poderia navegar pelo website cometendo o menor número de erros enquanto segura o iPad de ponta cabeça (para que o cliente do outro lado da mesa veja o conteúdo no sentido correto). Aqui estão dois exemplos de aplicações de automação de forças de vendas que aumentaram significativamente a eficiência de vendas. O Banco Japonês: De Smartphones para iPad Um banco do Japão oferece empréstimos, hipotecas, cartões de crédito e ainda fornece serviços de leasing para uma vasta gama de equipamentos para construção, manufaturas, negócios e instituições Anteriormente, o banco havia desenvolvido um sistema de automação de força de vendas para Windows Mobile que era usado para fazer contatos, agendas e para rastreamento de performance de vendas. Contudo, o banco também queria usar dispositivos móveis para rascunhar e revisar acordos longos de leasing e a pequena tela do smartphone dificultava este propósito. Ao migrar sua aplicação para o iPad, eles puderam aumentar a utilidade da maior tela à base de toque para criar, confirmar e fechar propostas de venda fora do escritório,

na frente do consumidor. Isto adicionou conveniência, não apenas pela redução de papel e burocracia, mas pela eliminação de desnecessários passos no processo de venda que aumentaram a produtividade entre 30 e 40%. Como o app original foi criado com uma plataforma de desenvolvimento de aplicações e a migração permitiu a alavancagem da mesma lógica de negócios, a migração foi completada em dois meses, resultando em um aumento imediato da eficiência de vendas e um rápido ROI. O Fabricante de Colchões Alemão: Um Aplicativo de Vendas e Serviço para iPad Um fabricante de colchões alemão armou sua força de vendas com iPads para servirem de catálogo móvel e aplicação do ponto de venda. O sistema de automação da força de vendas inclui acesso ao histórico de pedidos e produtos disponíveis em estoque. Vendedores podem fechar acordos em trânsito, diminuindo o ciclo de vendas de maneira significativa e reduzindo o custo de vendas. O iPad também ajuda a melhorar a qualidade do atendimento ao consumidor. Se um varejista reclama de mercadorias defeituosas, a equipe de vendas pode fotografar e compartilhar instantaneamente com gerentes no escritório. Isto simplifica o lento processo de preencher formulários, e/ou devolver mercadorias defeituosas, enquanto ajuda a construir confiança e um maior nível de cooperação com seus consumidores. Ao usar uma plataforma de desenvolvimento de aplicações, o atacadista pode criar sua automação de força de vendas no iPad utilizando uma equipe existente. Além de reduzir os custos iniciais de desenvolvimento, permite manter, atualizar e melhorar o sistema sem precisar depender de terceiros. De acordo com o IDC, o número de aplicações empresariais otimizadas para mobilidade irá quadruplicar até 2016. Enquanto automação de força de vendas for o ponto de contato mais próximo com o consumidor, é natural que iPads sejam introduzidos para aumentar a eficiência de cada passo do processo de vendas e assim diminuir ciclo e custo de vendas. Com todos os novos benefícios que ainda estão sendo descobertos, novos recursos de dispositivos, e novas habilidades técnicas necessárias, uma plataforma de desenvolvimento de aplicação multicanal rápida pode diminuir os riscos e os custos de desenvolvimento, manutenção e atualização de apps empresariais. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 21


sa

artigo

Estratégia de TI: verdadeira parceira entre TI e negócio É fato que vivenciamos nas organizações públicas e privadas rápidas mudanças e constante evolução no que se refere a Tecnologia da Informação (TI). Sabemos que a TI deve apoiar e ser apoiada pela estratégia global das organizações para que possa agregar valor. O crescente debate sobre a estratégia e o valor da TI dentro das organizações tem possibilitado uma evolução no papel da TI, mas as organizações ainda têm muito o que aprender em relação a uma estratégia de TI eficaz. As novas estratégias organizacionais são inconcebíveis sem o uso da TI. Por isso, se faz necessário: escrever os processos que a organização utiliza para desenvolver suas estratégias de TI; avaliar a importância relativa do uso estratégico da TI na organização; e determinar qual o nível de associação da estratégia de TI com a estratégia global da organização. Um dos muitos desafios no desenvolvimento de uma estratégia de TI eficaz é o fato de que a tecnologia pode ser utilizada das mais distintas maneiras, gerando oportunidades praticamente ilimitadas. Em contra partida, a realidade demonstra que os orçamentos estão cada vez mais limitados. Assim, é fundamental que seja determinado a melhor forma de alocar o orçamento de TI, distinguindo bem operação e investimento. Outro fator primordial para uma estratégia bem-sucedida é uma verdadeira parceria entre TI e negócio que leve ao entendimento por parte de todo

22 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

o quadro gerencial, inclusive e especialmente, os gerentes de TI, de como a organização e seu negócio funciona, eliminado os dois mundos – TI e negócio – que atuam de forma isolada e desalinhada, impossibilitando a visualização da sinergia e das interdependências. O processo de mudança deve iniciar no nível superior e a execução da estratégia a partir dos níveis mais inferiores da organização. É preciso ser adaptável, flexível, ter orientação estratégica, aprender e fazer correções de rumo em direção ao destino desejado. Saber que informação insuficiente, com granularidade ou assimétrica pode tornar mais difícil o esforço para o monitoramento e aferição de indicadores. Portanto, maior disponibilidade de informações e maior facilidade de monitoramento e de aplicação de métricas nas organizações são fundamentais para alavancar a governança. Atualmente há uma compreensão e um reconhecimento maior de que os executivos precisam assumir um papel mais participativo e preponderante em relação às decisões de TI. Por outro lado, os líderes de TI estão cada vez mais sendo chamados a assumirem papéis organizacionais, inclusive o de líder de mudanças, com aumento crítico de responsabilidade para favorecer o alinhamento de TI ao negócio. Novas competências, capacidades e habilidades são desejáveis e até mesmo exigidas para moldar a TI à estratégia global das organizações.

ADRIANO MOTTA CONSULTOR DE TI ahmotta@gmail.com


por Roberto Cardoso

O tempo e os tempos dos tempos na aprendizagem, na transmissão de uma informação e um conhecimento: Tempo de brincar com brinquedos educacionais; Tempo de alfabetizar. Tempo de aprender a somar e multiplicar; tempo de aprender a dividir e subtrair. Tempo de aprender a história do Brasil; tempo de aprender a geografia local, até chegar na geografia e na história global. Tempo de aprender o tempo verbal e as classes gramaticais; as regras ortográficas. Tempo de aprender outros idiomas. Tempo de aprender fórmulas matemáticas da álgebra e da geometria, um passo para chegar na trigonometria. Cálculos matemáticos a caminho das disciplinas de Cálculo, com diferencial e integral. Tempo de aprender em enormes livros de anatomia e fisiologia, com um olhar na citologia e outro na fisiologia, em conjunto com a histologia. Tempo de juntar todos os conhecimentos da biologia para estudar a fisiopatologia. A junção de todos os conhecimentos médicos e científicos para entender uma bula ou uma receita. O tempo de estudar em livros diversos, divididos em volumes, fazendo parte de uma biblioteca temática. Tempo de ler livros de acordo com um tempo do colégio ou da escola, da faculdade ou da universidade. Tempo de ler resumos e pontos de vista e chegou-se ao tempo das revistas. Revistas com temas simples, rápidos e objetivos. Artigos simples e rápidos para ler um pouco, em pouco tempo. Um artigo não pode ser muito extenso, já não há mais Assuntos que podem não ir a fundo no conhecimento, mas é um primeiro ponto de vista, ou um novo ponto de vista. Um primeiro argumento para sair em busca de outros pontos de vista, ou novos conhecimentos. Tempo de aprender a utilizar um

computador, ou um telefone com acesso à internet, com programas e aplicativos. Já não há mais tempo, é necessário logo usar os aparelhos e aprender as funcionalidades, de aplicativos e programas com o tempo, com as necessidades que chegam com o tempo. Já não há tempo, para fazer um curso ou ler um manual operacional, uma nova mensagem com outras informações está chegando a todo momento. Todo aquele tempo disponibilizado para aprender em escolas, livros, e revistas estão embutidos em pequenos aparelhos. E a quantidade de conhecimento aumentou muito durante os últimos anos. Uma tamanha quantidade que se tornou necessário diminuir uma velocidade. A velocidade de exposição de alguns conhecimentos. Dos pequenos livros chegou-se as revistas, que agora estão sendo substi-

tuídas pelas entrevistas, com as características de uma aula ao vivo. Uma enorme quantidade de informações e conhecimentos podem ser transmitidos por uma entrevista, com o ambiente, o entrevistador, o entrevistado e o tema. Um novo tempo para transmitir uma informação, o tempo de tomar um café. Um café com o Jaécio. Um Jaécio que já passou pelo período dos livros, das bulas e das revistas, e agora estabelece um novo tempo. E nem teve tempo de registrar um sobrenome, ficou com nome e prenome: Jaécio Carlos. A família que estabeleceu o Carlos como sobrenome, quem sabe, em função do tempo. A nova velocidade do tempo. Com uma mão é possível segurar um pequeno aparelho com aplicativos, e com outra mão segura-se uma caneca, a caneca com um Café da Tarde com Jaécio Carlos. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 23

Ensaio

A informação ganha novas velocidades


Novo papel na comunicação

artigo

ROBERTO CARDOSO jornalista científico rcardoso.gti@terra.com.br

News paper, um novo papel do jornal e do jornalismo; as novas oportunidades dos jornalistas. Um novo trabalho do periodista. A nova responsabilidade do editor, e o novo compromisso do colunista. A nova versão do conhecimento no compromisso socialda ciência. Um novo comportamento da academia, abrindo os portões para a sociedade estabelecida à sua volta. A popularização do conhecimento encontrado em livros e revistas cientificas, com a informação em novas mídias, dos jornais e das revistas, com maior velocidade de informação, por textos rápidos e objetivos. A introdução e o prefácio do conhecimento. A informação que já circula nas mãos de cada um, uma informação para fazer links com outras informações que estão a volta. Cada vez ela é mais rápida a partir de equipamentos conectados com bases de informações, e interconectado com outros aparelhos do não só um exame clínico pode ser feito a distância, como um profissional interpretador de exames e laudos pode ser formado, especializado e capacitado à distância. Universidades já disponibilizam cursos on line e cursos à distância. Em cena a reinvenção dos cursos por correspondência. Restruturação e alinhamentos; atualizações e 24 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

adequações de cursos contínuos, não possuem a mesma velocidade, pois precisam de dados, reuniões e avaliações para tomar decisões e fazer A cada turma formada não há tempo para ver resultados e identificar o feed back dos formados. E cada vez mais fica claro um modelo de auto formação, cada um escolhendo seus conhecimentos direcionados e paralelos. Resta algo a instituição educacional até o momento, somente o respaldo e o reconhecimento, construído com seu histórico. Ainda persiste a ideia, de que só mediante a uma comprovação por escrito, de um conhecimento adquirido, com um diploma ou um certificado atestado por outrem. Só quem não domina um conhecimento precisa conferir o conhecimento do outro, por um papel assinado e reconhecido. Situação de tempos distantes como uma cartinha do curso de alfabetização, testando que o referido, o possuidor do citado diploma, sabe ler e escrever, mesmo estando ali presente lendo e escrevendo uma ficha de cadastro. O conhecimento fruto da informação é cada vez mais rápido. Quem sabe ler e escrever tem o livre arbítrio para escolher suas leituras, seus discos e seus livros. E pode agora escolher seus sites, seus blogs e seus links. Independentemente de ter uma casa no campo ou na cidade.


Novo módulo do StruxureWare™ para Data Centers trabalha para minimizar o uso de energia de refrigeração nos data centers e reduzir a suscetibilidade a riscos térmicos. A Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação, está lançando o Data Center Operation: Cooling Optimize, um módulo de software adicional disponível no seu pacote de Data Center Infrastructure Management (DCIM) StruxureWare para Data Centers. Esse novo recurso adiciona inteligência aos sistemas existentes de refrigeração de data centers, permitindo a redução significativa no consumo de energia e do custo das operações, bem como diminuindo o risco de incidentes de refrigeração. "A maioria dos sistemas de refrigeração de data centers é especificada para assegurar que os racks mais quentes na instalação recebam um fluxo suficiente de ar frio. Isso resulta no desperdício de uma grande quantidade de energia, uma vez que toda a instalação é refrigerada excessivamente para oferecer esta capacidade de projeto”, afirma Soeren Brogaard Jensen, vice-presidente de Softwares Empresariais e Serviços Gerenciados da Schneider Electric. "Para os gerentes destes data centers, é impossível considerar como reduzir a quantidade de refrigeração sem introduzir o risco de desligamentos térmicos, visto que

não possuem as informações necessárias para fazer isso com segurança". O Data Center Operation: Cooling Optimize permite que os gerentes de data centers entendam a complexidade do fluxo de ar nas suas instalações, incluindo todas as fontes de calor, influências e dependências de refrigeração. Estes dados são processados e analisados para permitir e controlar a interação com as unidades de refrigeração como ajustes da temperatura de entrada, adições de equipamentos, ou movimentações e mudanças na carga de TI, mantendo a refrigeração continuamente otimizada. Uma vez implementado, o Cooling Optimize permite que os operadores monitorem em tempo real o status dos data centers e determinem o impacto de qualquer evento de refrigeração. Isso também permite que situações como superaquecimento, pontos quentes e questões de capacidade sejam previstas e evitadas. Ao analisar continuamente o uso, as necessidades de capacidade futuras podem ser planejadas e a capacidade de refrigeração ociosa pode ser eliminada. O Data Center Operation: Cooling Optimize utomatiza uma resposta a mudanças no ambiente de data center para reduzir os pontos quentes - onde a necessidade de carga excede o resfriamento - e energia desperdiçada - onde a refrigeração excede o que é realmente necessário.

Em um estudo de caso recente, o sistema foi atualizado por um grande fornecedor da Pacific Telco para medir, analisar e controlar automaticamente a saída de resfriamento, atendendo à exigência de um ambiente de data center dinâmico. Controlado de uma única sala, o usuário foi capaz de desligar 13 unidades de condicionadores de ar de sala de computadores (CRAC) uma vez que a instalação e configuração foram concluídas, economizando 37% no uso médio de energia no primeiro ano de operação. Com o investimento recuperado, o cliente atualmente está implementando o Data Center Operation: Cooling Optimize em todo o seu parque de data centers. Soeren Jensen afirma que através da combinação de software de atualização que aprende de maneira inteligente e de sensores wireless nos racks, os gerentes de data centers podem começar rapidamente a operar as suas instalações de maneira confiável, mais próximas das diretrizes de temperatura de entrada da ASHRAE, sem risco para a disponibilidade e sem qualquer investimento nos sistemas de refrigeração existentes. Em uso, podem prever uma redução de 40% nos custos de refrigeração. Em 2014, a Schneider Electric foi posicionada pelo Gartner como líder no Quadrante Mágico para Ferramentas de Gerenciamento de Infraestrutura de Data Centers (DCIM) para o seu pacote de software StruxureWare™ para Data Centers. Como uma fonte amplamente reconhecida de comparações competitivas no setor de tecnologia da informação, os relatórios do Quadrante Mágico do Gartner oferecem análises profundas e resumos visuais da direção e maturidade dos mercados e principais fornecedores. O pacote de software DCIM, de ponta a ponta, da Schneider Electric permite que os data centers monitorem, operem, analisem e otimizem a potência, refrigeração, segurança e energia. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 25

Inovação

Data Center da Schneider


A ética e a pátria da Indecisão O Brasil, país do Carnaval, paraíso de tantas delícias e oportunidades, tornou-se – ao longo dos séculos – um lugar imprevisível. Quando está em crise econômica, surpreende com festas monumentais; quando tudo parece ruir, eis que ressurge das cinzas. Uma nação capaz de dar exemplo de alegria incontida mesmo diante das mais terríveis diversidades precisa mostrar-se bem ou manter-se firme. Conviver com a surpresa faz parte da rotina de um povo acostumado a sair de situações difíceis. O “novo” – no pensar brasileiro – tende a ser um incômodo até instalar-se no dia a dia das pessoas, mas ser diferenciado pela novidade pode atenuar a sensação de alienação diante do desafio que é viver para tomar. Vivemos em tempos de tantas surpresas, e seria surpreendente admitir um pensamento indiferente dessa verdade. Quantas vezes não já criamos expectativas diante de pessoas (estando sujeito a frustrações) ou de algum projeto (grande ou pequeno) e, de última hora, soubemos que nada mais poderia ser feito para dar andamento àquilo que parecia tão iminente! Há lugares, ações e seres capazes de provocar novidades positivas ou adversas, gerando um efeito nem sempre esperado na vida dos outros. Diante disso, a atitude movida pelo respeito ao que é moralmente e eticamente aceitável, com efeito, deve nortear nossas ações. Não importa qual seja o lugar. A Ética parece ser algo novo para muitos. Não sabemos conviver com a novidade. A capacidade de perceber isso é pouco estimulada, não se considera importante buscar essa convivência. O viver eticamente é uma competência compartilhada e precisa do outro para que ela se legitime socialmente. Millôr Fernandes disse: “O importante é ter sem que o ter te tenha”. Nessa certeza, é interessante que não sejamos possuídos pelo que temos; devemos ser soberanos em relação ao que, supostamente, seja nosso. Isso – efetivamente – contribui para a tomada de boas decisões e aceitação de suas consequências. “A vergonha é a tristeza causada por você mesmo”, segundo Clóvis Barros, e saber decidir – quando tantos não o fazem – precisa ter espaço na rotina das pessoas. Quando alguém se envergonha de algo ou de si mesmo, é porque a decisão tomada provocou tristeza a outrem – mas, sobretudo, à própria pessoa. Respeitar os direitos alheios, reconhecer o espaço que delimita cada atitude, enxergar os deveres a cumprir, tudo requer 26 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

uma assimilação nem sempre fácil de admitir. A Sociedade passa por transformações comportamentais a cada tempo. Um exemplo disso é que não há mais aviso, como havia há alguns anos, de que seja PROIBIDO FUMAR, porque muitas pessoas aprenderam que o normal é “não fumar”. Isso significa que a exceção é que deve ser avisada. Se pudesse fumar, seria posto um cartaz: É permitido fumar. Há – na verdade – um desencontro entre as épocas e as pessoas no que tange às tendências e aos anseios de quem lhes é contemporâneo. Se alguém está perdido e encontra quem pode ajudá-lo, cabe-lhe a pergunta: Aonde você quer ir? Mas quem se perde, não sabe para onde ir. E a resposta para quem não sabe aonde ir, claro, é que qualquer caminho serve. E qual seria a melhor decisão a tomar quando a pergunta é tão incisiva: aonde você quer ir? Se nossas ações forem vetorizadas por sentimentos nobres, excelentes decisões partirão de nós. A despeito de vivermos em algum lugar de permissividades ou de grande rigor comportamental, embora o hábito de decidir pelo certo pareça difícil, “Aquele que não ama deve agir como se amasse. O amor imaturo diz: “eu te amo porque preciso de você”; mas o amor maduro diz: “eu preciso de você porque eu te amo!” (Mário Sérgio Cortella). Decisões tomadas por sua nobreza hão de promover as verdadeiras expectativas e atendê-las de modo adequado, independentemente das pessoas de pensamento ntrário e dos lugares com comportamentos mais paradoxais. E, se essa for a novidade com a qual tenhamos que conviver, saibamos – então – nos adaptar, tomando as melhores decisões.

artigo

SILVIO NASCIMENTO

PROFESSOR DE PORTUGUÊS silviocap_36@hotmail.com


O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Software da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPgSW/ UFRN) está com inscrições abertas até o dia 15 de novembro para o processo seletivo 2016.1 do Mestrado Profissional em Engenharia de Software (MPES). São ofertadas 25 vagas, distribuídas para as linhas de pesquisa Engenharia de Sistema Web e Desenvolvimento de Jogos Digitais. Os interessados em participar da seleção deverão acessar o formulário online, disponível em:https://sigaa.ufrn. br/sigaa/public/processo_seletivo/lista. jsf?aba=pprocesso&nivel=S e encaminhar eletronicamente a documentação necessária por meio do sistema de inscrição online no momento da submissão da inscrição.O processo seletivo será realizado em duas etapas:

catório, sobre tema correlato à área de concentração do programa, de acordo com a bibliografia constante no anexo II do edital;

Etapa 1

edital-03-2015 - Selecao Turma 2016.1 O Mestrado Profissional em Engenha-

Prova de conhecimento, de caráter classifi-

Etapa 2

Entrevista técnica, também de caráter classificatório, e análise da proposta de intervenção realizada pela Comissão de O resultado do processo seletivo será divulgado nos quadros de aviso e na página: <http:// www.posgraduacao.ufrn.br/ppgsw, no dia 5 de dezembro de 2015>. Quaisquer dúvidas poderão ser esclarecidas diretamente na Secretaria do PPGSW e via e-mail: ppgsw@imd.ufrn.br. Acesse também a página do IMD – http://www.imd.ufrn.br/mestradosw.php – e do PPGSW – www.posgraduacao.ufrn.br/ ppgsw e saiba mais.

Edital

ria de Software foi concebido dentro do contexto do Instituto Metrópole Digital da UFRN. O IMD coordena uma ampla ação de ensino, pesquisa, inovação tecnológica, inclusão digital e social e incubação de empreendimentos de base tecnológica na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Dentro deste contexto, o MPES objetiva a formação de profissionais altamente qualificados que possam propor, aplicar e avaliar a adoção de técnicas, métodos e ferramentas avançadas de engenharia de software na produção de sistemas de software complexos e de larga escala. Espera-se que a pesquisa aplicada desenvolvida no MPES contribua para a transferência de tecnologia e conhecimento na área de Tecnologia da Informação para a resolução de problemas reais de empresas privadas e públicas da região, assim como para a geração de novos produtos e serviços de software com caráter de inovação.merciacdantas@hotmail.com novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 27

UFRN

Mestrado em Engenharia de Software para turmas 2016


Liderança

Qlik é líder em satisfação de clientes A empresa lidera, pelo 2° ano consecutivo, os primeiros lugares nas categorias Desempenho, Satisfação do Produto e Solução Considerada para Aquisição. De acordo com o levantamento BI Survey 2015, as soluções de Data Discovery da Qlik, líder em Visual Analytics, ocupam a primeira colocação nas categorias Satisfação do Cliente, Desempenho, Satisfação do Produto, e Solução Considerada para Aquisição. Este é o segundo ano consecutivo que a companhia é premiada nestas áreas. Realizado pelo Centro de Pesquisa Business Application (BARC), o BI Survey 2015 é o maior estudo independente do mundo feito com empresas que utilizam ferramentas de Business Intelligence (BI). "A Qlik está entre as melhores em todas as regiões do globo, o que torna a companhia líder no fornecimento de soluções voltadas para os negócios”, afirma o Dr. Carsten Bange, fundador e CEO da BARC. "A capacidade de organizar os dados de forma prática rápida e intuitiva é claramente uma vantagem do produto para os tomadores de

28 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

decisão nas organizações”. A Qlik também foi reconhecida como líder em outras 14 categorias, incluindo: Colaboração, Inovação, BI móvel, Inteligência de Localização, Suporte e Implementação. A organização também foi destaque em todas as regiões do globo – nos países de língua alemã, EMEA (Europa, Oriente Médio e África), Américas e APAC (Ásia-Pacífico) – como líder em Benefícios para os Negócios, Investimento por Posto de Trabalho, Data Discovery/ Visualization, Inteligência de Localização e Desempenho de Consulta."Os resultados do BI Survey 15 mostram não apenas o poder da plataforma de análise da Qlik, mas também o nosso compromisso com os clientes. Nos esforçamos para desenvolver ferramentas de análise intuitiva, fáceis de usar e, às vezes, viciantes", diz Lars Björk, CEO da Qlik. "Ao superar a concorrência em áreas chave, como desempenho e satisfação do usuário, mostramos como nossa solução tornou-se uma parte natural e vital das operações de negócios dos clientes."

O BI Survey 15 é uma pesquisa global, realizada com 3.267 entrevistados, que questiona detalhamentos sobre o uso de programas de BI. A pesquisa examina a seleção de ferramentas de Business Intelligence e seu uso entre os usuários em diversas áreas, como benefícios de negócios, custos, proporção de empregados que utilizam o produto, competitividade, recomendação, inovação, performance, satisfação do cliente e agilidade. No total, 35 produtos ou grupos de produtos são Para acessar o BI Survey 15, visite: www.qlik. com/BARC2015 A Qlik é líder em visual analytics. Seu portfólio de produtos atende às crescentes necessidades dos clientes a partir de relatórios e análises de dados self-service, bem como análises guiadas e personalizadas. Cerca de 36 mil clientes confiam nas soluções Qlik para dar significado às informações de diversas fontes e explorar as relações entre os dados que geram boas ideias. Com sede em Radnor, Pensilvânia, a Qlik possui escritórios em todo o mundo e conta com mais de 1700 parceiros em mais de 100 países.


artigo

Luiz Alexandre Castanha administrador de Empresas

O lado B de se montar uma startup Goyo disse. no disco removível Imagine, a seguinte situação: “você está sozinho, em uma ilha deserta, sem maneira de fazer qualquer contato, sem lugar para se abrigar, dormir ou conseguir comida. Terá que pensar em como resolver os problemas sem nada em mãos”, como no reality show norte-americano, Largados e Pelados, transmitido pela Discovery Channel. A série, que já está em sua terceira temporada, coloca os participantes no limite da sobrevivência e testa a habilidade de cada um, de conseguir ficar vinte e um dias sem nenhuma estrutura em algum lugar deserto e inabitado. Já pensou em como você reagiria a essa situação? Como lidar com o caos em um mundo com tantas facilidades e situações já solucionadas? Pode parecer loucura, mas é assim que penso quando falo do mundo dos negócios. Quando uma pessoa quer abrir uma startup e conseguir fazer o negócio prosperar, precisa ter algumas habilidades e saber lidar com situações adversas, encontrando soluções quando tudo parece impossível, como na nossa situação O empreendedor tem que gostar de desconforto. Da ausência de comodidade, de aflição e mal estar. Afinal é preciso se incomodar com as situações para gerar mudanças, inovar e arriscar. Você gosta da ideia de se hospedar em hotéis luxuosos, conhecer praias paradisíacas e comer nos melhores restaurantes? Pois saiba que não é assim. Os donos de startup sabem e gostam de lidar com situações que geram desconforto e não têm medo disso. É preciso desenvolver a resiliência para lidar com estas situações. Voltando à ilha deserta. Já pensou que para cozinhar a própria comida vai ter que conseguir fogo com apenas alguns gravetos? Que talvez as plantas se tornem roupas para proteger do frio e que você precise “caçar” sua comida? Aqui falamos de uma das principais características do empreendedor: ter visão. O empreendedor percebe as oportunidades que existem nas coisas mais banais e rotineiras do dia e a dia e da sociedade e consegue transformar simples ideias ou situações adversas em negó-

cios efetivos. Fazer o que todos fazem é muito fácil, tem que fazer diferente e melhor. E que tal formiga para o jantar? Não se assuste, é isso mesmo. Seu corpo precisa de proteína e a formiga passa a ser uma ótima opção. E convenhamos, isso não é lá o tipo de coisa que você aprende no colégio, nem na faculdade e nem nos melhores mestrados do mundo. O que te ensina esse tipo de coisa é a Escola da Vida. Em muitas situações, de nada vale falar cinco línguas e ter dez diplomas. A formiga não liga para o seu currículo, nem fala francês. Brincadeiras à parte, em uma startup, é fundamental explorar o potencial das situações mais adversas. Ou seja, saber lidar com circunstâncias que só a Escola da Vida nos proporciona. O mercado é como a lei da sobrevivência: “só os fortes sobrevivem”. Por isso, em qualquer situação é preciso saber pensar rápido, agir da maneira certa, no momento exato. Mais do que isso: ter qualidade e agilidade em suas ações. No fim das contas, vence o mais rápido. Não posso deixar de citar outro fator extremamente determinante para empreendedores de sucesso: ter paixão pelo que faz. Não importa se você é um médico, jornalista, eletricista ou empresário. Sem paixão você não vai chegar a lugar nenhum. Quem realmente gosta do que faz tem um diferencial único para o mercado de Para finalizar, nunca podemos desconsiderar que todo e qualquer feedback ou opinião influenciam no negócio, por mais absurdos que pareçam. O empreendedor precisa sabe ouvir sempre o cliente ou o colaborador e nunca despreza comentários, insights e críticas. Ele deve ter critério para avaliar se dá 100% de atenção, 10% ou até 1%, mas NUNCA pode desconsiderar o comentário e dar 0% de atenção. Entender de pessoas e relacionamentos, ter capacidade de ouvir, se expressar e criar empatia é essencial no desenvolvimento de negócios promissores. Empreender não é uma tarefa fácil e exige muito mais do que uma boa formação acadêmica e recursos para investimento. Na verdade, por mais que tudo isso seja realmente importante, acaba sendo uma pequena parcela diante das características e habilidades que um bom empreendedor precisa ter para ser diferenciado e ter o tão sonhado sucesso. novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 29


artigo

Gestão de Arquivos Atualmente a Gestão de Arquivos em uma empresa passou a ser não só uma questão de tendência, mas de necessidade dentro das organizações. A periodicidade dos documentos permanentes, o acúmulo desordenado de papeis, a má conservação dos documentos e a demora na busca das informações quando necessário são apenas algumas das problemáticas que as empresas Essas consequências ocorrem pelo fato de as empresas não priorizarem a gestão de seus arquivos ou até mesmo não possuírem esse setor. A massa documental diária e mensal gerada por uma empresa é geralmente grande e dependendo da área em que a empresa atua pode se tornar na maioria das ocasiões, imensurável. Por mais que uma organização adote políticas e normas específicas para reduzir ao essencial à produção de papeis em prol da preservação do meio ambiente e da sustentabilidade, temos uma certeza: Arquivos sempre existirão. Sendo assim, levantamos a seguinte questão: As empresas de hoje estão preparadas para gerir seus Arquivos? Analisar, classificar, organizar, arquivar e conservar os documentos de uma organização parece um trabalho simples e que geralmente pode ser desempenhado por qualquer funcionário dentro da empresa, certo? Errado! Segundo a bibliotecária Cleide C. Albuquerque, esse trabalho deve ser desenvolvido no setor

30 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

de Arquivo, dentro da própria organização, por um profissional qualificado e instruído para isso, no entanto, como muitas empresas não possuem esse setor e/ou não dão a devida importância a essa gestão, a solução para essa problemática é a terceirização desses serviços por empresas especializadas nessa área. É pensando na necessidade dessas empresas, na Gestão Especializada de seus Arquivos que a InfoDoc chega ao mercado de Natal apresentando estratégias para assumir essa responsabilidade. A InfoDoc trabalha na prestação de serviços técnicos aplicados na gestão de documentos e da informação. Atua na execução de atividades específicas envolvendo gestão arquivística e o tratamento do acervo documental (recuperação, classificação, organização do armazenamento, indexação, descarte e eliminação seletiva cumprindo as formalidades). Completando, nosso portfólio, a InfoDoc desenvolve consultorias e apresenta soluções modernas na parte de digitalização de documentos e armazenamento das informações com a implantação de sistema para o gerenciamento. Por fim, caso as organizações optem pela salva guarda de seus documentos fora da empresa, a InfoDoc possui espaços planejados para gerenciar a guarda de documentos externos.

Vinicius Albuquerque diretor comercial infodocdiretoria@gmail.com


Com o Only@Regus, a empresa alia eficiência e conforto e permite que clientes Regus experimentem o trabalho flexível onde quer que estejam. Com o lançamento, a empresa irá tornar ainda mais eficiente a rotina e a maneira de trabalhar do cliente aliada às suas necessidades reais. A funcionalidade Global Connect, oferece 18 milhões de pontos wi-fi cobrindo 106 países e estabelecimentos como hotéis, restaurantes, centros de convenção, trens, aeroportos Além disso, permite que seus usuários fiquem online e mantenham-se produtivos em qualquer lugar do mundo economizando dinheiro em dados móveis de roaming com apenas um clique, sem ter que fazer login ou compartilhar dados pessoais. Criado para aumentar a flexibilidade e a produtividade, tanto empresários como multinacionais podem utilizar outras funções do Only@Regus como: g

Mais de 700 lounges em aeroportos no mundo, para ajudar os viajantes a trabalhar de forma eficiente e com conforto até ao momento da chamada para o seu voo;

g

Acesso imediato a espaços de trabalho Regus em todo o mundo por meio do cartão virtual;

g

Preços especiais em serviços de aluguéis de carros até artigos de escritório, com a utilização online do Regus Marketplace;

g

Acesso a toda a rede Regus em 2.500 locais com acesso ilimitado à Internet e serviço de café;

g

Descontos em salas de reunião, videoconferência, aluguéis de um dia de escritório ou salas coworking;

g

Networking e eventos. Por meio do aplicativo móvel MyRegus e pela plataforma de reservas on-line, as pessoas podem encontrar um espaço para si ou para sua equipe, verificar a disponibilidade de espaços de trabalho ou obter direções para o centro mais próximo Regus.

“’O Only@Regus proporciona comodidade e produtividade aos colaboradores que necessitam de internet, rapidez

e conforto e os mantém a par das novas possibilidades tecnológicas. Essa nova ferramenta é mais uma inovação da Regus e queremos compartilhar com todas as pessoas que acreditam no trabalho flexível’’, finaliza Dante Righetto, diretor da Regus Brasil.

Sobre a Regus

A Regus é líder mundial em soluções flexíveis de espaços de Sua rede de mais de 2.500 centros de negócios em 106 países fornece espaços convenientes e de alta qualidade para as pessoas trabalharem, seja por alguns minutos ou alguns anos. Empresas como Google, Toshiba e GlaxoSmithKline escolheram a Regus para trabalhar de forma flexível e tornar seus negócios bem-sucedidos. A chave para o trabalho flexível é a conveniência e, pensando assim, a Regus está onde quer que seus 2,1 milhões de membros Fundada em Bruxelas, na Bélgica, em 1989, a Regus fica baseada em Luxemburgo e está listada na Bolsa de Valores de Londres. Para mais informações, visite: www.regus.com.br novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 31

Avanço CHAPEU

Serviço permite acesso a mais de 700 lounges


sdas

artigo

Diabetes tem cura? Talles Roney

Distribuidor Kenko Pato tallesroney@hotmail.com

O diabetes é uma doença que afeta cerca de 12 milhões de brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia. E suas complicações são bastante temidas: amputações, hemodiálise ou perda da visão, além de infartos ou derrames. Diante da gravidade do problema, é natural que busquemos incessantemente a cura do diabetes. E afinal de contas DIABETES TEM CURA? Quando analisamos pela óptica da medicina, na realidade, o diabetes não tem cura. Mas hoje existe a disposição da sociedade o APARELHO ELETROMAGNETICO KENKOBIO que vai combater diretamente todos os sintomas e suas complicações que são: amputações, hemodiálise, perda da visão, disfunção erétil, alivio das dores, além de prevenir infartos ou derrames. Há uma enorme diferença entre viver e viver bem. Mais dias de vida são anseios de cada um de nós e que sejam de dias saudáveis. Uma das sociedades mais inteligentes e que tem a medicina homeopática mais desenvolvida do mundo, a sociedade médica Japonesa vem tomando cada vez mais espa32 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

ço no meio médico. Em 21 de Agosto de 1987 a Kenko Patto do Japão através do Drº Onishi Teruo conseguiu a aprovação do Ministério da Saúde do Japão, para um aparelho eletromagnético, sob registro nº 59 B 1200. Lançado oficialmente no Brasil em 20 de janeiro de 1988 pela Kenko Patto do Brasil. O Kenkobio é um aparelho eletromagnético que emite ondas eletromagnéticas pulsáteis alternantes (alterna polaridade Norte-Sul 60 vezes por segundo) com 550 Gauss de intensidade magnética. Atualmente Hospitais Federais e Universidade do Japão utilizam e apresentam depoimentos e relatórios sobre a eficácia do KENKOBIO em doenças tidas até como irreversíveis, como Diabetes tipo 2, mal de Parkinson, Vitiligo e até Câncer. O Kenkobio trabalha com quatro terapias: Eletromagnetismo, Photonterapia, Ionização Negativa e a Termo terapia. E tem efeito Vasodilatador, Analgésico, Anti-inflamatório e Ativador Glandular Devido à grande quantidade de glicose no sangue o diabético tem um sangue mais denso, e desenvolve problemas circulatórios. Nos olhos e nos ór-


MINISTÉRIO DA SAÚDE AFE: P163HMW7L41W

gãos genitais, onde existem os vasos mais estreitos do corpo, com a dificuldade de circular, e em muitos vasos capilares não havendo nenhuma circulação, desencadeia problemas como a retinopatia diabética e a disfunção erétil. Um outro problema devido a circulação é o chamado pé diabético, que em alguns casos chega ao quadro de amputação. O Kenkobio atua diretamente no processo do retorno venoso, reduzindo o inchaços nas pernas e atuando no processo de cicatrização de ferimentos reduzindo em menos da metade do tempo necessário para isso, ele atua nas partículas de Ferro do sangue, fazendo com que elas entrem em movimento alinhando-se, oxigenando o sangue, melhorando a circulação sanguínea, diminuindo a viscosidade do sangue, atuando de forma potente na vasodilatação, pois diminui a resistência periférica das veias. Potencializando a capacidade curativa natural (sistema imunológico), o Kenkobio quebra as macromoléculas de água quebrando as pontes de hidrogênio, liberando as toxinas e metais pesados para serem filtrados e expelidos do organismo. Os diabéticos normalmente ingerem grandes níveis de drogas medicamentosas e quanto mais elas se tornam resistentes maior tem que ser sua administração. Essa situação leva a um sobrecarga para os

rins e fígado que tem como uma de suas funções, filtrar o sangue, enviando para os rins as toxinas para serem eliminadas do organismo, o Kenkobio age diretamente na desintoxicação dos rins e fígado e pelo alto poder do eletromagnetismo em chamar o sangue e com ele os glóbulos brancos, plaquetas e outras células que atuam na cicatrização e regeneração celular, evitando um quadro de hemodiálise ou cirrose hepática. A diabetes tipo 2 e uma deficiência na glândula pâncreas, o pâncreas e responsável pela produção da insulina que é um hormônio responsável pela queima da glicose no sangue, ele produz a quantidade suficiente de insulina, contudo a célula Beta que fica na cabeça da glândula não libera a quantidade necessária de insulina pro organismo, elevando assim a quantidade de glicose no sangue. O Kenkobio e um Ativador Glandular, e no caso do pâncreas, ele vai estimular que a célula Beta venha a liberar uma quantidade maior da insulina reduzindo assim as taxas de glicose, contudo apenas para pessoas que ainda não tomam insulina injetável um outro aspecto que tem que ser levado em consideração são as duas contraindicações: para quem usa marca-passo, por causa da bateria do marca-passo que com o uso descarregará, e para quem já faz hemodiálise.

Ação analgésica trazendo rápido alívio de dores; g Diminui a pressão arterial por vaso dilatação periférica; g Estimula liberação de neuro-hormônios; g Promove drenagem linfática, por ação vasodilatadora; g Antioxidante, combate radicais livres trazendo ação antienvelhecimento; g Estimulante da micro circulação sanguínea; g Melhora oxigenação do sangue por ionização; g Aumenta o metabolismo celular acelerando queima de calorias; g Melhora o funcionamento dos nervos autônomos; g Fortalece a resposta do sistema imunológico; g Auxilia a regular o funcionamento das glândulas tireoides g

Para esclarecer dúvidas e mais informações: Kenko Patto Natal Av. Amintas Barros, 2777, Loja 01 (entre a Jaguarari e a São José) (84) 98835-4504 / 99948-3367 Distribuidor Talles Roney E-mail tallesroney@hotmail.com Loja virtual: www.kenkoweb.net/29762 Atenção: Ao manter contato use o código INFO104 e ganhe descontos especiais na compra de qualquer produto Kenko Pato, até 25/12/2015 novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 33


artigo

Forças competitivas como, na identificação de estratégias e ações futuras para a obtenção de vantagem. O modelo possibilita analisar o grau de atratividade de um setor da economia. Este modelo identifica um conjunto de cinco forças que afetam a competitividade, dentre os quais uma das forças está dentro do próprio setor e os demais são aceoriais. É modelo de análise que explica os fatores que influenciam o mercado e que afetam o comportamento. Tem como principais objetivos entender o ambiente competitivo e identificar ações e estratégias futuras para se obter vantagem no mercado. Rivalidade entre concorrentes, ameaça de entrada de novas empresas (entrantes), ameaça de produtos e serviços substitutos, poder dos fornecedores, poder dos compradores.

Um segmento não é atraente se já possui concorrentes poderosos, agressivos ou numerosos. É ainda mais atraente se for estável ou estiver em declínio, se os acréscimos, se os custos fixos forem altos à capacidade produtiva ocorrem em amplos incrementos. Se for estável ou estiver em declínio, se os acréscimos forem grandes ou se os concorrentes possuírem forte interesse em permanecer nele. A atratividade de um segmento varia conforme se configuram as barreiras à entrada e à saída desses segmentos. O mais atraente é aquele em que as barreiras à entrada são grandes e as barreiras às saídas são pequenas. Um conjunto que adotam a mesma estratégia em determinado mercado-alvo é chamado de grupo estratégico. Uma coisa é perceber oportunidades atraentes, outra é ter capacidade de tirar melhor o melhor proveito delas É evidente que o negócio deve se limitar às oportunidades para as quais dispõe dos recursos necessários ou se deve examinar

melhores oportunidades.

À medida que for implantada sua estratégia, precisa acompanhar os resultados e monitorar os novos acontecimentos nos ambientes internos e externos. Alguns ambientes permanecem razoavelmente estáveis, outros evoluem lentamente, de maneira bastante previsível. Os principais objetivos de uma empresa estão relacionados ao ambiente competitivo, assim 34 INFORMÁTICAEMREVISTA | novembro/2015

Mercia Dantas

Atendimento Estácio Natal merciacdantas@hotmail.com


Destaques do Mês

APOIO PESSOAL

Vanúsia Bezerra do setor de informática da Cosern/ Natal, ganhou a caneca em porcelana, personalizada, e a frase “colaborei com o programa”. Nesta edição há um release do Programa Café da Tarde, mostrado como um dos “cases” de marketing, bem sucedido.

APOIO EMPRESARIAL Miranda Computação, uma das maiores empresas de varejo em produtos de informática, a nível nacional, sediada em Natal, é um dos apoiadores do Programa Café da Tarde com Jaécio Carlos, veiculado no Youtube e mídias sociais. A caneca é um registro do apoio.

edição histórica

SEGURANÇA Com o objetivo de ampliar suas ações no mercado da segurança eletrônica, Valter Miranda, mudou a marca, criada por Heyder Macedo, onde um bússola é o ícone, mostrando que segurança e orientação são essenciais nesse mercado. A empresa sai da Miguel Castro e vai pra Candelária, a partir deste mês. Veja a nova marca.

Esta Informárica em Revista de dezembro de 2014, trousse a premiação aos melhores do ano. Em 2015 não promovemos o Prêmio Destaque do Mercado Informática, porém a partir de 2016 pretendemos voltar coma premiação que é de grande importância para os profissionais de TI, empresários do setor e público em Geral. A revista tem como tema Núcleo Consultria em informática que atua como filial no Rio Grande do Norte. Foram nove edições e quem quiser receber em PDF basta solicitar pelo e-mail informaticaemrevista@gmail.com. É de graça! novembro/2015 | INFORMÁTICAEMREVISTA 35


Informática em Revista | Edição 104 | Novembro 2015  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you