Page 1

Indiozinho (título provisório) Por Fabricio Cantanhede

Roteiro para Micrometragem de Animação

Email: cantanhedefabricio@gmail.com costa077@hotmail.com Tel: 51 99965833


1

EXT. FLORESTA - DIA INDIOZINHO, 9 anos, apavorado, corre entre as imensas árvores tropicais. Ele veste um calção de futebol velho e usa alguns acessórios indígenas. INSERT: CLOSE UP dos olhos de uma ONÇA PINTADA obervando algo passar. A Onça RUGE.

2

EXT. FEIRA POPULAR - DIA Uma família classe média de turistas: PAI, 40 anos, MÃE 40 anos, FILHO 9 anos, está caminhando perto das bancas de peixes. FILHO Pai, a gente pode comprar aquele peixe que a gente comeu da outra vez? Aquele que tem bigode? Vamos! Ele é muito bom de comer! PAI Meu filho, tá difícil de achar ele hoje. Um PEIXEIRO, 55 anos, gordo, de bigode e barba mal feita, com moscas em volta, ouve a conversa deles. PEIXEIRO Ei! Você quer o peixe de bigode? O Filho faz um olhar curioso e tentador para o Pai. PEIXEIRO (intimidando) Um peixe com um bigode parecido com o meu?! O Peixeiro se aproxima esticando seu bigode. Seu rosto se transforma parecendo um peixe.

3

EXT. ALDEIA NA FLORESTA - DIA (FLASHBACK) Uma ÍNDIA, 85 anos, de saúde frágil, está sentada ao lado do Indiozinho. ÍNDIA Meu filho, não vá muito longe para pescar.


2.

INDIOZINHO Mas aqui perto quase não tem mais peixe, vovó. 4

EXT. BANCA DO PEIXEIRO - DIA O Peixeiro levanta a tampa de uma caixa e mostra uma grande quantidade de peixe de bigode. PEIXEIRO (sorrindo) Esse só tem aqui! FILHO Por que só tem aqui, moço? PEIXEIRO (surpreso) É.. que... É que ele tava só esperando você vim buscar, rapazinho. O Peixeiro dá uma risada mostrando seus dentes podres. PEIXEIRO (para os pais) Que Menino curioso! A Mãe olha desconfiada para o Pai que olha para o Filho animado. PAI Quanto sai o quilo?

5

EXT. FLORESTA - DIA Indiozinho continua correndo. Ele tropeça e olha para trás. Uma ARIRANHA (lontra gigante) corre atrás dele. INSERT: olhos de onça.

6

EXT. ALDEIA NA FLORESTA - DIA (FLASHBACK) A Índia está deitada numa rede. O Índiozinho, com uma rústica vara de pescar, caminha em direção à floresta. ÍNDIA Só não esqueça que se não tem peixe pra nós, também não tem peixe para os animais famintos da floresta!


3.

7

EXT. SAÍDA DA FEIRA - DIA A família sai da feira. O Pai carrega uma sacola com peixes. O Filho está saltitante de feliz. FILHO Tô louco pra comer um ensopado de peixe! Uma placa no fim da feira chama a atenção da Mãe. Ela se aproxima e lê os dizeres: "Não compre peixes que estão em período de reprodução! Pesca predatória é crime! E pode desequilibrar o meioambiente".

8

EXT. FLORESTA - DIA Indiozinho corre da Ariranha. A Ariranha se aproxima cada vez mais. O Indiozinho teme por sua vida quando vê a Onça correndo em sua direção. A Ariranha pula para dar o bote. O Indiozinho olha para frente e a Onça, também pula para dar o bote. Ele fecha os olhos. A Onça passa pelo Indiozinho e abocanha a Ariranha. FADE OUT JUNTO COM A ONÇA DE BOCA ABERTA.

9

EXT. EM FRENTE A FEIRA - DIA O Pai caminha em frenta a Mãe e o Filho. O Pai entrega a sacola com peixes para o fiscal do IBAMA e aponta para a barraca do Peixeiro.

10

EXT. FLORESTA - DIA Indiozinho abraça a Índia deitada na rede. FIM

O Indiozinho  

Roteiro de micrometragem escrito por Fabricio Cantanhede para o Concurso de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas Inéditas, de Micromet...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you