Issuu on Google+

Video

Multimédia

Ilustração

PORTFÓLIO Fotografia

FábioFelício Design

2D/3D


Fábio Miguel Guerreiro Felício 27 Novembro 1990 Paderne, Albufeira 916540703 fabiofelicio.multimedia@gmail.com http://fabiofeliciomultimedia.blogspot.com Curso Tecnólogico de Multimédia Escola Secundária de Loulé |2008 Licenciatura em Artes Plásticas e Multimédia Escola Superior de Educação de Beja | 2011


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


2D/3D

Modelação Este projecto consistiu em encontrar um elemento da Natureza, que neste caso foi uma pedra, e reproduzi-la em barro mimeticamente e a gesso, na técnica de molde perdido. Em seguida, baseando-se no elemento da natureza, foi pedido elaboração de um personagem. Onde foi também reproduzido em barro e gesso. No final, a personagem foi reproduzida virtualmente em 3D.

MODELAÇÃO | Elemento da Natureza | Esboço, Barro, Gesso


2D/3D MODELAÇÃO | Personagem | Esboço, Barro, Gesso


2D/3D

No âmbito da Unidade Curricular – Animação 2D e 3D, leccionada pela professora Cristina Santos, no 2º ano do Curso de Artes Plásticas e Multimédia, da Escola Superior de Educação de Beja, do Instituto Politécnico de Beja, foi proposto a modelação e animação de um personagem em 3D. Aproveitando, assim a minha personagem da UC de Atelier de Artes Plásticas III convertia para tecnologia 3D CGI.

MODELAÇÃO | Personagem | Modelação e Animação em 3D CGI


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


No âmbito da Unidade Curricular – Design, leccionada pelo professor Tiago Nunes, no 2º ano do Curso de Artes Plásticas e Multimédia, da Escola Superior de Educação de Beja, do Instituto Politécnico de Beja, foi proposto a elaboração de um manual de normas para o Logotipo de uma empresa. Foi criada uma equipa fictícia de rally para elaboração deste trabalho.

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

Design

Manual de Normas Gráficas

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS | Logotipo | Apresentação do Logotipo e B&W


Morada

Design

Assunto: Data:

DL

Texto

DL

A4

ly Team

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

INUS rally Team LYNX PArD

LYNX PArD ralINUS

A4

MANUAL DE NORMAS GRテ:ICAS | Logotipo | Aplicaテァテオes

N LY

UTeSam ly DlIN r ra A XP


LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

LYNX PArDINUS rally Team

MANUAL DE NORMAS GRテ:ICAS | Logotipo | Aplicaテァテオes

Design

LYNX PArDINUS rally Team


Design

Dispositivo Multimédia No âmbito da Unidade Curricular de Design foi pedido estudos de um dispositivo multimédia destinado para às comunicações móveis, acesso à internet, leitura de ficheiros áudio e vídeo, que fosse a escala da mão.

CIMA

21cm

14cm

30º

3cm

22cm

3,2cm

FRENTE DISPOSITIVO MULTIMÉDIA | IFelicio27 - PC | Desenhos Técnícos

DIREITA


Design

O Dispositivo Multimédia a ligar e em funcionamento. Ecrã - Tecnológia FOLED Teclado - Infra-Vermelhos projectados

DISPOSITIVO MULTIMÉDIA | IFelicio27 - PC | Em funcionamento


Design

Ilustração Na Unidade Curricular de Laboratório Multimédia II foi pedido a ilustração de uma rotina e aplicação dessa ilustração em vários desdobramentos.

Pasta em A4

Ilustração ILUSTRAÇÃO | Rotina | Ilustração e Aplicações Impressas

Marcadores de Livro


Wallpaper 1024 x 768 (4-3)

Banner

Wallpaper 1440x900 (16-9) ILUSTRAÇÃO | Rotina | Aplicações Digitais

Design

Wallpaper Nokia 6630 (176x208)


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


Rally de Portugal 2010

Fotografia

No hobby pela fotografia desportiva, estas fotos foram tiradas em diversas classificativas do Rally de Portugal 2010, sendo uma delas publicada na revista da especialidade AutoSport Portugal.

FOTOGRAFIA | Rally de Portugal 2010 | Salto no estรกdio


Fotografia FOTOGRAFIA | Rally de Portugal 2010 | Revival Rally


Fotografia

A Fotografia principal foi publicada na revista AutoSport Portugal na Edição nº1727.

FOTOGRAFIA | Rally de Portugal 2010 | Estádio e Shakedown


Fotografia

O Crime da Rua da Morgue No âmbito da Unidade Curricular de Laboratório de Fotografia e Video foi pedido a elaboração de seis fotografias no registo científico que ilustrassem o conto “O Crime da Rua da Morgue” de Allan Poe.

FOTOGRAFIA | O Crime da Rua da Morgue | Edição de imagem


Fotografia FOTOGRAFIA | O Crime da Rua da Morgue | Edição de imagem


Fotografia

Capicua Foi pedido a realização de duas imagens sobre o tema “Capicua” para a Unidade Curricular de Laboratório de Fotografia e Video.

FOTOGRAFIA | Capicua | Edição de imagem


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


Ilustração

Livro Infantil

A ilustração e paginação do conto infantil “O Menino e o Pássaro” de José Leon Machado para a Unidade Curricular de Ilustração.

livro.indd 1

ILUSTRAÇÃO | Livro Infantil | Ilustração e Paginação

15-01-2010 2:10:44


livro.indd 4

15-01-2010 2:10:47

livro.indd 5

15-01-2010 2:10:48

Instalaram-se nos bancos traseiros, aqueles parecidos com os do comboio em que os passageiros estão voltados uns para os outros. O menino sentou-se junto de um senhor de bigode, mal encarado e sempre a coçar o joelho. A irmã ficara ao lado de uma amiguinha a conversar. Em frente esta¬va uma senhora gorda que ocupava mais de metade do banco e entalava contra a janela um outro passageiro. – O que levas no saco com tanto cuidado? – perguntou a amiga da irmã ao menino. – É um passarinho. – Deixas-mo ver? – Deixo. Mas ele que não fuja! – É tão pequenino! – exclamou a amiga espreitando pela abertura da saca – Onde o apanhaste? – No jardim de minha avó. – Já lhe deste de comer? – Dei-lhe migalhas de pão. – O que vais fazer com ele? – Vou tê-lo preso até que aprenda a voar. Se andar por aí, os gatos podem comê-lo. Vou pedir ao meu pai que me ajude a fazer uma gaiola. – Não tens pena de o prender? – Ele é meu amigo!

livro.indd 6

15-01-2010 2:10:48

livro.indd 7

15-01-2010 2:10:51

ILUSTRAÇÃO | Livro Infantil | Ilustração e Paginação

Ilustração

Um menino descobrira um passarinho que ainda não voava. Encontrou-o saltitando assustado num canteiro de flores na casa da avó que fora visitar com a sua irmã, uma menina de tranças muito compridas. O menino correu para a irmã e pediu-lhe que o ajudasse a apanhar o pardal. E os dois, com um saco plástico vermelho e azul, conseguiram apanhá-lo. Foram muito satisfeitos mostrá-lo à avó que lhes preparava um lanche apetitoso, como as avós fazem quando são visitadas pelos netos. O menino estava excitado e ela disse-lhe que o pássaro era muito engraçado e que não o deixasse fugir. O menino então projectou uma gaiola de madeira que o pai lhe haveria de fazer e seria a casa do passarinho. E ele tê-lo-ia no quarto e ouvi-lo-ia cantar, dar-lhe-ia miolo de pão e seriam os dois muito amigos. Após o lanche com biscoitos caseiros e leite quente com chocolate, os netos deram quatro beijos à avó e partiram para sua casa de autocarro. A menina era mais velha e já tinha certa responsabilidade. – Adeus, meninos. Cumprimentos aos papás e tratai bem do passarinho.


Ilustração

A senhora gorda, ajeitando-se num gesto macilento, abriu a boca bochechuda e disse para o menino: – Mata-o! Faz uma arrozada com ele. Esses pássaros são maus, não prestam. Estragam as sementeiras e depenicam a fruta. Nem os espantalhos os assustam. Quando crescer, será um verdadeiro demónio. Tenho lá em casa umas laranjeiras com laranjas muito boas, de umbigo. Um dia destes, tive desejos de comer duas e pedi ao meu marido, que faz sempre a minha vontade, para mas colher. Pois estavam ocas. Os pardais comeram tudo por dentro e só deixaram a casca redonda e muito direitinha pendurada. Grandes lambões! São pássaros maus e feios. Mata-o! Põe-no no chão, um pé em cima e... trás!, menos um. Ou então dá-o à tua mãe para fazer arroz com ele. O menino ficou chocado. Aqueles senhores não gostavam do passarinho. O pardal era seu amigo. Porque é que a gente crescida era tão malvada? Só a avozinha disse bem dele. livro.indd 9

15-01-2010 2:10:59

Quando o pai chegou à noite a casa, o menino pedira-lhe a gaiola. Mas o pai, fatigado do dia de trabalho, não se queria incomodar a construir uma gaiola para um pássaro e muito menos gastar dinheiro a comprá-la. Tinha mais que fazer, mais em que pensar, mais em que gastar o dinheiro, respondeu-lhe. Por isso o menino meteu o pardalito numa caixa de papelão dos sapatos que lhe ofereceram no Natal e tapou-a com pauzinhos para o pardal não se escapar.

livro.indd 10

ILUSTRAÇÃO | Livro Infantil | Ilustração e Paginação

15-01-2010 2:11:07

O senhor de bigode tossiu e disse: – Ó meu rapaz, de que cor é o passaroco? – É castanho. – Castanho? Humm!... – E fez uma careta. – Deve ser um pardal. – Não é, não! É um passarinho – protestou o miúdo. – Pois olha – acrescentou o senhor de bigode tossindo novamente e coçando o joelho –, os pardais não podem viver fechados. Se o meteres numa gaiola, ele amanhã aparece-te morto. São pássaros que gostam da liberdade. O melhor é tu deitá-lo à vida. Senão, morre. – Não morre, não! – protestou o miúdo – Eu não posso deixá-lo fugir. É muito pequeno ainda, não sabe voar! E encostou ao peito o saco plástico vermelho e azul numa atitude protectora.

livro.indd 8

15-01-2010 2:10:54

Todos os dias lhe dava miolo de pão, sementes, moscas que ele apanhava na cozinha com a palma da mão e água fresca numa lata vazia de sardinhas de conserva. E ficava feliz, pois, ao contrário do que o senhor de bigode profetizara, ele não morria. Antes pelo contrário: crescia todos os dias um bocadinho mais.

livro.indd 11

15-01-2010 2:11:08


Ilustração

Quinze dias depois, o menino retirou os pauzinhos da caixa e o par¬dal esvoaçou pelo quarto. Deu duas voltas à roda do menino e desapare¬ceu pela janela aberta na espessura das árvores próximas. O menino nem chorou nem ficou triste. Veio-lhe uma grande alegria, porque salvara um passarinho das mãos dos homens crescidos e das garras afiadas dos gatos. Agora, sempre que via um bando a saltitar, a chilrear nalguma árvore, apontava e dizia: – Um daqueles é meu amigo. Fui eu que o salvei.

livro.indd 12

15-01-2010 2:11:10

livro.indd 13

15-01-2010 2:11:10

ILUSTRAÇÃO | Livro Infantil | Ilustração e Paginação


Infografia

Ilustração

Cegonha - Preta

No âmbito da Unidade Curricular de Ilustração foi pedido uma infografia sobre a Cegonha - preta em formato A4.

Distribuição

A velocidade média em voo é de 40km/h, mas chegam atingir 70km/h

Nídifica em toda a Euroásia e no Sul de África, com praticamente metade da sua área de distribuição localizada na Europa. Actualmente as principais populações reprodutoras estão concentradas na Polónia, Rússia e Turquia. Em Portugal , na Lituânia, Croácia, Albânia e Grécia continuam a diminuir.

Migração É uma espécie migradora e depersiva. Alguma aves da Península Ibérica e da Europa são residentes; no entanto, as restantes populações migraram em Setembro ou Outubro para invernar na Africa subsariana. As populações do Leste tendem a invernar na Índia ou na China.

Nidificação Residência Invernada

ILUSTRAÇÃO | Infografia | Ilustração

Identidade: Classe: Aves  Ordem: Ciconiformes  Família: Ciconidoe  Género: Ciconia  Espécie: Ciconia nigra 


Ilustração Editorial

Ilustração

No âmbito da Unidade Curricular de Ilustração foi pedido uma ilustração de uma notícia.

ILUSTRAÇÃO | Infografia | Ilustração


Ilustração

Ilustração

No âmbito da Unidade Curricular de Ilustração foi pedido uma ilustração de um auto-retracto com referência no autor Thomas Kuhlenbeck.

MEN

U

ILUSTRAÇÃO | Auto-retracto | Ilustração com referÊncia em Thomas Kuhlenbeck


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


Leitor MP3

Multimédia

Foi pedido um leitor de musica Mp3 na linguagem ActionScript 2.0. para Unidade Curricular de Programação Multimédia .

PROGRAMAÇÃO MULTIMÉDIA | Leitor MP3 | iFelício27


Multimédia PROGRAMAÇÃO MULTIMÉDIA | Leitor MP3 | iFelício27


Jogo em ActionScript

Multimédia

Foi elaborado um jogo na linguagem ActionScript 2.0. para a Unidade Curricular de Programação Multimédia .

PROGRAMAÇÃO MULTIMÉDIA | Jogo em ActionsScript | Gran Turismo 2D


2D/3D Design Fotografia Ilustração Multimédia Video


ALL-IN

Video

Na Unidade Curricular de Laboratório de Fotografia e Video foi pedido a elaboração de um filme, onde usamos como referência o filme “Rounders”.

VIDEO | ALL-IN | Captura e Edição de Video


Remake “Requiem for a dream”

Video

Realizei o remake do filme “Requiem for a dream” de Darren Aronofsky para a Unidade Curricular de Laboratório Multimédia II.

VIDEO | Remake “Requiem for a dream” | Captura e Edição de Video


FábioFelício

PORTFÓLIO


Fábio Felício Portfólio