Page 1

AN ESP UNCIE ECI NA E A CON L DO JO DIÇÃO FIR A NA RNAL C I. P. 12

Animais

Cotia

GUARDA AMBIENTAL SERÁ DESATIVADA E VOLTARÁ APÓS O DIA 10/02/2012

O Priscila Prado (departamento comercial CI) e os mascotes do Jornal, Nacko e Angel

efetivo da GCM, que ao que tudo indica, traz o aumento da tal sensação de segurança à população... Mas o que é ‘sensação de segurança’? Seria um estímulo (sensação) que recebemos e cada um pode interpretar de um modo diferente? Corresponderia a uma expectativa verdadeira, a de real aumento da segurança, ou seria apenas uma sensação? P. 06

Destruição de Bairro

A verdade sobre cães e gatos: Animais de

F

ormas compactas de aço visualmente desajustadas vêm ocupando espaços residenciais em bairros tradicionais de Cotia. P. 06

estimação são ótimos para a saúde mental de pessoas comuns- P. 08

Entenda Direito SÍNDROME

DA ALIENAÇÃO PARENTAL- P.03

Viva Saúde OBESIDADE INFANTIL- RESPONSABILIDADE DE TODA A FAMÍLIA

Especialistas alertam que cerca de 25% das crianças com

idade entre 7 e 14 anos apresentaram excesso de peso- P.

CritiCidade Prof. Aziz N. Ab´Sáber

50 Anos De Luta Pelo Brasil- Por João Barcellos- P. 07

10

Cidades Vargem Grande Paulista irá comemorar 30 anos no dia 27 de Novembro, mas e aí?

SEGURANÇA PÚBLICA P.07


EDITORIAL

2

ENQUANTO ISSO

P

OS POSTES...

ergunta que não quer calar para os moradores de Vargem Grande Paulista é se os postes do J. Serrano irão sair dos locais residenciais ou permanecer? A resposta parece que já foi anunciada pelo Prefeito Roberto Rocha, em reunião realizada aproximadamente no dia 15 de Outubro com os moradores do Jardim Jane. Segundo informações, o Sr. Prefeito afirmou que se estivesse no lugar dos moradores também estaria reclamando, porém não tem autoridade para determinar a retirada dos postes. “Que belezaaa”, como diria o narrador Milton Leite. O Sr. Prefeito deveria pegar seu chapeuzinho, agradecer ao povo e ir para casa, se não tem autoridade, deixe a prefeitura para quem tem, e não demonstre medo de agir em prol da população. O senhor teve autoridade o bastante para permitir a obra em benefício privado, mas para determinar a retirada dos postes não tem. Também segundo informações, alguns moradores estão aceitando de R$ 5.000.00

TIRADINHAS

à R$ 10.000,00 de indenização. Ora, sempre tem o que chamamos de “zé povinho”, sempre em busca de defender o seu, ao invés de lutar pelo grupo. Uma dica a este pequeno grupo que está vendendo sua saúde: guardem este dinheiro para quando precisarem tratar das doenças adquiridas pela fortíssima radiação, vocês podem precisar, e nem o poder público, tão pouco o privado irão ajudar neste momento. “Um povo corrompido não pode tolerar um governo que não seja corrupto.” Vamos ser sensatos, o povo de Vargem Grande Paulista tem como seus representantes apenas aqueles que a cidade merece de verdade. E a Câmara que afirmou que estaria com o povo e faria de tudo para resolver o problema? A realidade é que nem tentaram. Tudo que presenciamos foi mera captação de votos, lobinhos preparando para atacar as presas, afinal, 2012 está logo aí. “O verdadeiro fundador da sociedade civil foi o primeiro que, tendo cercado um terreno, lembrou-se de dizer ‘isto é meu’ e

Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

encontrou pessoas suficientemente simples para acreditá-lo. Quantos crimes, guerras, assassinos, misérias e horrores não pouparia ao gênero humano aquele que, arrancando as estacas ou enchendo o fosso, tivesse gritado a seus semelhantes: ‘Defendei-vos de ouvir esse impostor; estareis perdidos se esquecerdes que os frutos são de todos e que a terra não pertence a ninguém’”(Jean-Jacques Rousseau). E os novos candidatos a Câmara e a Prefeitura? MEUS DEUS.... Passou da hora das pessoas acordarem nesta Cidade, continuaremos passando por grande provações e privações se não mudarmos a forma medíocre de pensar e votar em Vargem Grande Paulista. Passou da hora de protestarmos de forma veemente. E protesto que estamos nos referindo aqui não é votar em “palhaço”, é votar e participar, cobrar. A população prejudicada pela instalação dos postes devem sim acionar o judiciário, é a melhor saída em defesa de seus direitos, ou irão esperar os políticos resolverem? Procurem seus direitos, acionem o Ministério Público, que, inclusive, como fiscal da lei, já passou da hora de tomar a frente do caso.

FAMÍLIA CONTEÚDO INDEPENDENTE

O Jornal Conteúdo Independente é um periódico mensal dedicado aos interesses do município e região. Temos o compromisso com a crítica construtiva, respeito ao cidadão, informação de qualidade, ética, a busca por uma vida melhor, tanto do ponto de vista pessoal como do coletivo, sempre almejando um futuro melhor! Nosso diferencial é o fato de não termos vínculo político, temos origem Independente. Em outras palavras, somos uma mídia livre e atuamos para o benefício e melhora da sociedade, e é devido a esta atitude que o número de leitores vem aumentando constantemente. O Jornal Conteúdo Independente nasceu e se constrói de uma necessidade humana, justa, verdadeira e se diferencia exatamente nisso!

Família CI

Tiradinhas escritas pelo redator publicitário Léo Castelo Branco- Twitter @leocastelob e ilustradas pelo designer gráfico Gustavo Arcaldi- email: contatocdcsp@gmail.com

expediente

APAX METALÚRGICA,INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA., torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação Nº 6006310,válida até 08/11/2015,para a Fabricação de Produtos de Metal..., sito à RUA ANTILHAS,Nº12 JD. MARGARIDA - VARGEM GRANDE PAULISTA/SP.

CONTEÚDO INDEPENDENTE

Publicação mensal da Empresa Jornalística Conteúdo Independente Ltda. CNPJ: 12.059.922/ 0001- 53 R. Francisco M. Oliveira- 433, CentroVargem Gde. Paulista/SP- 06730- 000 Email: contato@jornalci.com.br (11) 7231- 7535

Direção

Gerente Comercial

Fábio Soares Rodrigues contato@jornalci.com.br

Priscila Prado- (11) 9791 - 0980 comercial@jornalci.com.br

Coeditor e Colunista

Projeto Gráfico e Diagramação:

Edegar Ferreira edegar@jornalci.com.br

Fábio Soares Rodrigues jornaldesign@gmail.com

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA: Butantã, Osasco, Cotia (Granja/ Caucaia), Vargem Grande Pta, São Roque / Para adquirir: 7231 - 7535

Colaboradores:

Alessandro Silva, Gilberto Cardoso, Caio Fábio, Jorge Pereira, Fernando Lei, Willian Delarte, João Barcellos, Léo Castelo Branco, Gustavo Arcaldi O Jornal não se responsabiliza por matérias assinadas, e todos os anúncios aqui publicados são de responsabilidade dos Anunciantes. Colaboradores do “CONTEÚDO INDEPENDENTE”, não possuem nenhum vínculo empregatício com este Jornal.


Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

SÍNDROME DA

ENTENDA DIREITO

3

ALIENAÇÃO PARENTAL

Há alguns anos atrás, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), constatou que um a cada quatro casamentos terminam em divórcio no Brasil. A partir desde momento é que se começa a guerra entre os cônjuges, não só pelos bens materiais e acepções do gênero, mas como também pela guarda dos filhos. Os desentendimentos que acontecem por motivos variados entre o casal, geram sentimentos de raiva, ódio e vingança entre os mesmos. Estes sentimentos por via natural acabam atingindo os filhos, que são influenciados por pais irresponsáveis e doentes, a romperem o sentimento fraterno da relação com um dos cônjuges. É o que chamamos de Síndrome da Alienação Parental (SAP), que ocorre com a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este. (Lei 12.318/2010). O cônjuge alienante tenta a todo momen-

to, excluir o outro genitor da vida dos filhos, dificultando as visitas, atacando a relação entre os filhos com o ex companheiro (a), denegrindo a imagem do outro genitor com acusações falsas, além de outras atitudes incompatíveis perante uma criança ou adolescente.

Thiago Comin- Advogado, Pós-Graduado em Direito thiagocomin1@hotmail. com

Os filhos vítimas de SAP podem aparentar depressão, ansiedade, pânico, facilidades para o uso de drogas e álcool, baixa alto estima e até mesmo casos de suicídio. Estudos demonstram que 80% dos filhos de pais divorciados já sofreram algum tipo de alienação parental e estima-se que mais de 20 milhões de crianças sofram este tipo de violência. O genitor prejudicado poderá provocar o Judiciário antes ou durante o andamento do processo de Divórcio, Guarda ou etc. Poderá também procurar diretamente o Ministério Público, que tomará as providências necessárias em defesa do menor. O Juiz poderá independentemente da responsabilidade civil ou criminal do genitor alienador, aplicar advertência, multa, acompanhamento psicológico, determinar a alte-

ACESSE:

e-virtual.net

ração da guarda, dentre outras cautelas. A informação sobre a SAP é de extrema importância para a tutela de crianças e adolescentes, em defesa de um desenvolvimento saudável, e do convívio familiar, com a participação de ambos os genitores em seu crescimento. A Alienação Parental não é um problema dirigido apenas aos cônjuges, mas sim um problema social, que, de forma silenciosa,

traz conseqüências nefastas para as futuras gerações. Denuncie o genitor alienante. Não permita que seus filhos sofram tamanha agressão psicológica. Ambos os genitores devem se conscientizar da importância que cada um tem no crescimento saudável de seus filhos, e que os mesmos, necessitam estar protegidos desta situação.


LITERATURA

4

LETRA ENVENENADA

Conto/Crônica

EMBOLORADO QUADRO PATERNALISTA

S

Willian Delarte- Escritor, Músico, Agente Cultural, e Protetor resoluto das Artes. wdelarte@hotmail.com / http://williandelarte.blogspot.com

egundo uma recente pesquisa do Ibope, 55% dos brasileiros não aceitam a lei da “união estável homoafetiva”... A julgar que, dentro deste percentual, muitos permanecem “enrustidos”, é possível que encontramos no país até homossexuais conservadores consigo mesmos!

maculando a sociedade inteira: “Homem com diversas parceiras sexuais é garanhão. Mulher com a mesma prática é vagabunda ou prostituta...” “Meu filho, com muita dor, é homossexual e usuário. O filho do vizinho é veado e maconheiro...”

“Dependência química é caso de polícia. Livre expressão do Repare, há um quadro hipócri- pensamento em forma de passeta e embolorado, todo feito de ata também é caso de polícia...” “ordem e progresso”, que ainda “Meu pai, depois que se sepaenfeita a sala e o seio de nossas famílias – é o quadro da “moral rou, só namora ninfetinha. O pai cívica e do bom costume”, e sua do meu amigo é um safado de um tinta carcomida é fácil de notar, pedófilo...”

Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

“Eu capo quem se engraçar com a minha filha. A filha do vizinho até que está ficando bonitinha...” “Sem-teto é marginal. Preto é suspeito. Nordestino roubou meu emprego...” É mesmo o paradoxo institucionalizado do conservadorismo liberal!, resquícios de místicas cruzadas e armadas ditaduras... Ora, escolhemos 5 dias no ano para exibirmos o corpo, a libido e a farra da sexualidade libertária, e nos outros 360 reclamamos ao nosso companheiro de trabalho da “pouca-vergonha” que se viu em algum lugar, do nojo que dá um beijo entre pessoas do mesmo sexo, e até arrancamos a orelha, espancamos pai e filho se, por ventura, confundirmo-los com gays que se abraçam por aí...

GANHADOR DO CONCURSO CULTURAL JORNAL CI E EDITORA PÁTUA DO MÊS PASSADO Quem levou o ácido e irreverente livro "Churrasco Grego" de poesias de Acauam Oliveira e José Virgínio foi Andersom Luis de Borba de Vargem Gde. Paulista. Parabéns Andersom!

A PROMOÇÃO CULTURAL JORNAL CI E EDITORA PATUÁ DESSE MÊS É O BELO LIVRO DE POESIAS DE ROGÉRIO FERNANDES, “INCENSÁRIO”! Para concorrer ao sorteio de um exemplar é só enviar um email para contato@ jornalci.com.br e dizer: - Eu quero o Incensário de Rogério Fernandes! Boa Sorte!

LEVE E LEIA

A reunião de poemas Incensário, livro de estreia de Rogério Fernandes, transporta o leitor para o ambiente de um eu-esfacelado que emana, como num incensário, o seu processo de fragmentação e ao fazêlo firma o seu lugar no mundo. As imagens são múltiplas, se desdobram e fixam pouco a pouco o olhar de um narrador que se vê, ele próprio, na cena que é construída subjetivamente. 3 Poemas do livro Incensário ****** e migro sempre à sentença da vida mera vivência do instante, aplauso liberto, banco, tigre, cegueira, campo, rima. venha comigo, mostrarei a engrenagem segunda – aquela mais adiante confunde-se com o ocaso. minha cicatriz revela a ti a formidável face da pedra e do sal oceano encontrado, margem de ópio, longo encontro no abismo. pacífica tormenta na escuridão teus desvelos à meia luz �

****** deixe o figo sorver o tempo, as mãos sofrem o escondido se acaso souber nadar, mergulhe o fruto deixe clarear a foice com a lua deixe escrito que voltará deixe-me te guiar deixe curtir embaixo da pedra as sua mãos deixe o apolo, deus tão belo está escondido no teu encardido teus trilhos soam como pequenas fuligens descendo a fábrica cansei de fumar cigarro procuro outra moça uma outra tarde cansei de usar segredo bela luz que fustiga a paisagem e entorpece a dança tua cara segrega a minha companhia o figo apodrece os frutos dos meninos sós as partes manchadas de preto e vermelho meu coração trafega na sonata, e torto, bastante torto, pede para abaixar o som

Saiba mais sobre os livros da Patuá e os adquira em 12 vezes sem juros pelo site: www. editorapatuá.com.br


COTIA

6

GUARDA CIVIL AMBIENTAL DE COTIA

EU APOIO A VOLTA IMEDIATA DA

Por: Edegar Ferreira – Jornalista e Produtor Cultural – edegar@jornalci.com.br No site da prefeitura de Cotia, http://www. cotia.sp.gov.br/?p=7379 , o texto começa assim: “Com a preocupação e conscientização de proteger o meio ambiente de Cotia, e agregar responsabilidades entre a população e o verde do município, as Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Segurança Púbica, são parceiras na criação da Guarda Ambiental”. A Câmara aprovou em 1990 - Não está errado, foi em 1990 mesmo - o artigo 228, da Lei Orgânica do Município que preparava a criação da guarda ambiental, e por meio de um decreto em 2009 a atual administração criou o órgão que entrou em ação em 2011, mais de 20 anos depois... Agora a grande manchete é: “Guarda Ambiental Será Desativada e Voltará após o dia 10/02/2012”, em função da complementação do efetivo da Guarda Civil Municipal para o final de ano, que contribui para maior movimentação no comércio e parece que o efetivo atual da GCM não garante a segurança dentro desta perspectiva...

Corresponderia a uma expectativa verdadeira, a de real aumento da segurança, ou seria apenas uma sensação? Este é o método utilizado na elaboração e execução de políticas públicas? Remete a falta de perspectiva do cidadão que elege os seus governantes!... Além de que, os maiores crimes ambientais que acontecem por aqui, como em todo o país, entrarão em recesso neste período? Como se diz: Cobre a cabeça, mas se descobre os pés!

Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

Destruição de Bairro

F

Por João Barcellos

ormas compactas de aço visualmente desajustadas vêm ocupando espaços residenciais em bairros tradicionais de Cotia. Um

dos muitos exemplos está na outrora pacata Vila S. Francisco, onde se ergue um colégio contra tudo e contra todos, porque desfigura a região e ainda transforma a vivência pacífica num caos urbano, e isso só com o trânsito que entope as ruas

estreitas... Onde estão os responsáveis municipais e judiciais do Meio Ambiente e do Urbanismo? Para essas autoridades só conta o lucro? As pessoas não têm vez em Cotia, mas Cotia terá vez?!

Participe você também da campanha: “Eu Apoio a Volta Imediata da Guarda Civil Ambiental de Cotia”, Grupo criado no Facebook, pesquise pelo título da Campanha ou acesse: http://www.facebook.com/groups/270126106362391/27017373 9690961/?notif_t=like

Já que todos sabem que este fenômeno, o do aumento do fluxo no comércio no final do ano, e que o da escalada da violência é crescente, no mundo, não seria de se prever a contingência de uma logística diferente para o período que se repete sempre? O efetivo da GCM, que ao que tudo indica, traz o aumento da tal sensação de segurança à população... Mas o que é ‘sensação de segurança’? Seria um estímulo (sensação) que recebemos e cada um pode interpretar de um modo diferente?

VOZ DO BAIRRO

Caucaia do Alto Por Tati Tribek – Professora na E.E. Sidrônia Nunes Pires

A

disciplina de Apoio à Continuidade de Estudos foi criada pelo Estado em 2007, cujo foco é preparar o aluno do 3º ano do ensino médio para o vestibular e ENEM sobre o tema “Atualidade”. Nas aulas de Apoio, além de temas da atualidade, são debatidas as mudanças sociais e os seus valores: ética, cidadania social e ambiental, qualidade de vida, cultura, lazer e a identidade do aluno (quem ele é e qual o seu papel). Desenvolver no aluno o senso crítico para que possa atuar efetivamente na mudança da sociedade é o princípio básico para qualquer aula de qualidade...

ficado, contextualizada com a realidade sóciocultural do aluno, que deve ser provocado, instigado, estimulado a aprender constantemente, e a função do educador é fazer florescer no aluno a vontade de aprender e sentir prazer com isso: Foi criado o projeto “Revista no jornal”, no qual os alunos produziram uma revista, sobre o distrito de Caucaia, focando os temas mais críticos de acordo com a sua percepção do momento. Esta interação social que o trabalho proporcionou não só contextualiza o aluno, mas o faz enxergar a sua participação na sociedade e nos seus problemas. Leia alguns trechos das excelentes matérias feitas pelos alunos:

A aprendizagem só faz sentido se tiver signi-

Revista “Ontem, Hoje e Sempre Caucaia”

– Por Fabiana, Eudócia, Dayane, Murilo e Mário – 3º B Descaso Público – Por Fabiana: “Quando chegamos a Caucaia do Alto percebemos a completa falta de estrutura do nosso município...”, “A população de nossa região deveria tomar consciência de que há coisas mais valiosas do uma cesta básica, ou um botijão de Gás durante as eleições...” Revista “Detonativa” – Por Amanda do Carmo, Jéssica da Silva e Patrícia Mendes – 3º B Trecho de “Carta ao Leitor” que abre a revista - “Esta revista foi baseada em fatos reais da vida dos moradores de Caucaia, leia com muita atenção, pois ela te fará refletir sobre aspectos que você nem imagina que exista” – Amanda, Jéssica e Patrícia. Subindo o Degrau – “A praça e as calçadas em Caucaia são totalmente inacessíveis para aque-

las pessoas que têm alguma deficiência física ou com dificuldade de locomoção, afinal são todas esburacadas e quebradas...” Revista “Momento” – Por Andreza Porto, Camila Domingues, Eric Almeida, Jonatan Gonçalves e Valber Fernandes – 3º C Descaso na Infraestrutura para os Jovens em Caucaia do Alto – Por Camila Domingues – “... Um exemplo disto é Caucaia do Alto, que não possui uma estrutura profissionalizante para jovens e adultos...”, “... Esta falta de investimento em ensinar uma população prejudica a região e torna a cultura de ‘apenas sobreviver’ cada vez mais enraizada...” N.E. : A retirada, quase certa, da disciplina “Apoio à Continuidade de Estudos” deverá ser votada ainda no mês de novembro de 2011... Esperamos do governo do estado uma postura coerente, que agregue valor ao mal fadado ensino público!


Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

CIDADES

Vargem Grande Paulista irá comemorar 30 anos no dia 27 de Novembro, mas e aí?

SEGURANÇA PÚBLICA No dia 19 de Outubro, chegou em nossa redação um email de um leitor do Bairro Jardim Europa de Vargem Grande Paulista sobre Segurança pública. A seguir trechos da carta do leitor. Obs.: ele não quer se identificar porque tem medo de ser reconhecido e sofrer novo roubo, e por esse motivo preservaremos sua identidade. “Estou escrevendo para o Jornal para utilizar esse meio de comunicação que com pouco tempo de circulação não tem medo de questionar as autoridades que governam nosso município e para tornar publica a minha indignação com que está ocorrendo no bairro Jardim Europa. O motivo pelo qual estou escrevendo para o jornal é a falta de segurança que os moradores do bairro Jardim Europa estão sofrendo. Moro no Bairro faz um ano e meio, e a sensação de insegurança é muito grande. É estranho como toda semana tem casa sendo furtada no bairro e não vemos a Polícia e as autoridades tomando quaisquer atitudes para que esse quadro pare de crescer, e o pior, esse número cada dia só aumenta, nes-

se curto tempo que moro no bairro já soube de vários conhecidos que tiveram suas casas roubadas. Quantas casas ainda sofrerão com esse descaso? Algo de mais grave terá que acontecer para que alguma providência seja tomada? Vale salientar que no próximo ano será de eleições e que o povo está cansado de promessas vazias e eleitoreiras”. Através da carta do leitor, decidimos visitar alguns Bairros de Vargem Grande para coletarmos depoimentos dos moradores sobre esse assunto, e também entramos em contato com a GM que prontamente nos atendeu. O que diz os moradores:

al, o pior é que vereadores que a princípio se mostraram super solícitos, são os que mais estão envolvidos nisso tudo. VERGONHA! Falo mesmo, tem gente achando que o povo é trouxa, pois as mentiras e disfarces não colam mais! Marcos Vinicius- Centro Os bairros do centro também sofrem dessa patifaria. A justiça no Brasil inteiro não funciona, o patriotismo burro somente incentiva isso. Adalto S. Santos- Ex- morador do Jd. Miriam Olha, até o tempo em que eu morava no Bairro “Jardim Miriam”, não ocorreu nenhum roubo as casas do local. E eu mantenho contato com os moradores de lá, e ainda não houve algo do tipo. Viviane Ferraz- Jd. Europa Dentro de 15 dias estou me mudando daqui por medo. Tenho uma filha e ela é meu bem mais precioso, e como toda semana esta tendo um ou dois assaltos, estarei deixando um bairro que eu adoro e que um dia FOI um bairro fantástico para se morar onde tinha portaria e segurança 24h.

Vanessa Paiva Villanova Widmanski- Jd. Geane

Daniel Lessa- São Judas

Meu bairro deveria ser excluído da cidade, uma vergonha o que estão fazendo no Jardim Geane e região, com aqueles postes da empresa J. Serrano. Será que uma indenização de 5 mil vale a vida de uma família? Precisamos estar unidos contra esse pesso-

O que nos disse a GM:

Bom... Aqui onde moro no momento é sem comentário... tenho até medo de falar algo, segurança Zero. Temos recebido várias solicitações de munícipes e temos nos dedicado ao máximo para

7 minimizar o problema. Prova disso, foi a detenção, feita pela GM, de um suspeito de um dos roubos acontecidos no Jd Europa. Mas o nosso objetivo não é só agir após o acontecido, e sim a prevenção dos delitos. Temos nos empenhado, seja com as rondas nos bairros visando diminuir os índices de roubo e furtos ou mesmo prisões em flagrante que temos efetuado no Município. A prevenção cabe a PM, por meio das rondas ostensivas, mas a GM está preparada para atender a população. A GM foi criada para proteção dos Bens, Serviços, Instalações Municipais e apoiar as Policias Civil, Militar e os órgãos Judiciais. Ocorre que, devido a grande “demanda”, onde é notório que alguém não está conseguindo cumprir com as atribuições previstas, a GM atende a população, seja em crimes ou auxílio diversos. Sempre que necessitar, deve-se ACIONAR a PM, que tem por obrigação esta atribuição, mas também a GM que está preparada para atender a população.

Para acionar a PM disque: 190 Para acionar a GM: 153 e 4158 - 7673 Para fazer denúncias, que não precisa se identificar, e o sigilo é absoluto, o número é: 181

CRITICIDADE Prof. Aziz N. Ab´Sáber 50 Anos De Luta Pelo Brasil Por: João Barcellos *

Prof. Aziz N. Ab’ Sáber

Hoje é 2011, mas saboreio uma interessante conversa com o professor Aziz Nacib Ab´Sáber com um recuo a 1956, quando ele defendeu a sua tese “Geomorfologia do Sítio Urbano de São Paulo” na Universidade de São Paulo [USP], trabalho acadêmico que viria a se tornar uma ferramenta para as novas gerações de geógrafos, cartógrafos e ecólogos, e que hoje, é ainda referência...

“Agora, tiram fotos de morros com alguns arbustos e dizem que são topos de morros para defenderem um código falsamente florestal porque desconhece a biodiversidade”, comentava ele com a sábia ironia do mestre que o é pelo conhecimento adquirido em campo e não em gabinetes de politiqueira gritaria e baixaria ideológica. Por outro lado, “o professorado já nem se obriga a uma cultura geral para poder observar melhor o seu sítio, que é a sua Nação, e os outros sítios, que são o Mundo, por isso existe falta de comunicação acadêmica e profissional”, e este é o ponto em que, concluímos, abre-se a porteira para os espertos ´agroboys´ devastarem o Brasil florestal através atos sustentados por políticos corruptos, das vereanças ao senado. Conversar com o professor Ab´Sáber é sempre um prazer intelectual pelas lições que saltam entre os temas que ele aborda holística e categoricamente, mas todos convergindo para o humanismo crítico pela ética profissional e cultural. O seu combate ao Código Florestal que os políticos revisaram e que teve Aldo Rabelo como relator e que é “um neófito em matéria de questões ecológicas, espaciais e

em futurologia...”, como lembra, focaliza aquilo que qualquer ecólogo logo percebe: “...se houvesse um movimento para aprimorar o atual Código Florestal, teria que envolver o sentido mais amplo de um Código de Biodiversidades, levando em conta o complexo mosaico vegetacional de nosso território”, Porque tal complexo florestal não é um topo-de-morro meio careca com alguma vegetação enxertada... O recado do professor Ab´Sáber está no seu texto “Do Código Florestal para o Código da Biodiversidade” [20.6.2011]. Os atuais políticos ´ambientalistas´ são generalistas defasados da realidade que é o Brasil florestal, e pior, são acompanhados e assessorados por geólogos que, pelo que parece, e ouvindo-se Aldo Rabelo falar já dá uma idéia da gravidade do assunto..., geólogos, dizia eu, que não perceberam ainda a diferença entre formação e deformação! Assim, se o Governo Lula foi um desastre ´ambiental[ista]´, o Governo Dilma segue a mesma trilha da ignorância e da prepotência financeira e dá, nisso, exemplo para os desmandos urbanos que os políticos municipais autorizam e que criam rupturas sociambientais cuja fatura já pagamos muito caro em nossos dias. Por isso, mais uma vez está certo o professor Ab´Sáber ao dizer-nos: “É triste saber que algumas pessoas que possuem algum poder político desconheçam os impactos negativos de alguns de seus projetos eleitorei-

ros, ao revisar códigos importantes a favor de gente que não tem nenhum pensamento sobre o futuro de seu país. O mais lamentável é que se trata de pessoas que pretendem revisar o Código Florestal sem entenderem nada do assunto mais amplo que é o Código da Biodioversidade, que inclui apropriados (?) conhecimentos sobre os diferentes domínios de natureza do Brasil inter e subtropical” [in “Do topo de morros para as cimeiras das serranias florestadas e suas aguadas” [21.7.2011]. O que mudou de 1956 para 2011? Nada. Governo vai, governo vem, e o Brasil cada vez mais à mercê da bandidagem eleitoreira que transforma o Parlamento em banca de corrupção e a Nação no penico d´oiro pago pelos contribuintes. Saiba-se, e se não sabem eu vos digo: o sítio urbano é a nossa Comunidade, a nossa Nação, e em cada ação nele projetada alcançamos o Mundo, pelo bem e pelo mal... Evoé!, professor Aziz Nacib Ab´Sáber, as gerações atentas de hoje te saúdam. * Escritor e Conferencista, autor de “Cotia / Uma História Brasileira”, “Morgado de Matheus”, “Araçariguama / Do ouro Ao Aço”, “Brasil – 500 Anos”, “Do Fabuloso Araçoiaba Ao Brasil Industrial”,entre outros livros. [jb.escritor@uol.com.br / www. noetica.com.br]


ANIMAIS

8

Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

A verdade sobre cães e

gatos:

Animais de estimação são ótimos para a saúde mental de pessoas comuns

Segundo uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia, animais de estimação podem servir como importantes fontes de apoio social e emocional não só para indivíduos que enfrentam desafios significativos para a saúde, mas também para as “pessoas comuns”. E, de acordo com o estudo, os donos eram tão ligados às pessoas importantes em sua vida quanto aos seus animais, indicando que não há evidências de que a relação com os animais veio por causa de problemas de relacionamento com outras pessoas. Psicólogos da Universidade de Miami e

Jorge Pereira- Cinotécnico e Etólogo jorge_adestrador@hotmail.com

Até agora, a maioria das pesquisas sobre os benefícios de animais de estimação foi correlacional, o que significa que olhou para o relacionamento entre duas variáveis, mas não mostra o que um causa ao outro. Por exemplo, pesquisas anteriores mostraram que os pacientes idosos com animais de estimação tinham menos visitas de médicos do que pacientes similares sem animais de estimação, ou que os homens HIV-positivos com animais eram menos deprimidos do que aqueles sem. Priscila Prado (departamento comercial CI) e Neste estudo, 217 os mascotes do Jornal, Nacko e Angel pessoas (79 por cento de mulheres, com da Saint Louis University realizaram três idade média de 31, experimentos para examinar os benefícios a média de renda familiar anual de US $ potenciais do animal de estimação entre a 77.000) responderam pesquisas que vimassa de pessoas que eles denominaram savam determinar se os donos de animais “pessoas comuns”. do grupo eram diferentes das pessoas que Segundo o pesquisador Allen R. McCon- não tinham animais de estimação nas áreas nel, PhD da Universidade de Miami em de bem-estar, de personalidade e estilo de Ohio, durante o estudo foi observado que apego. Várias diferenças entre os grupos as pessoas que tinham animais de estima- surgiram, e em todos os casos, os donos ção tinham maior auto-estima, eram mais de animais de estimação eram mais felizes, aptas fisicamente, menos solitárias, mais mais saudáveis e mais equilibrados do que conscientes, mais extrovertidas, apresen- os não-proprietários. tavam tendências a ser menos medrosas e Um segundo experimento, envolvendo menos preocupadas do que aquelas que não 56 proprietários de cães (91 por cento dos tinham animais. quais eram mulheres, com idade média de

ANIMAIS PARA ADOÇÕES- Espaço cedido gratuitamente

42 e renda média familiar anual de US $ 65.000), verificou que os donos de animais eram mais beneficiados quando seus animais de estimação eram notados por realmente fazem bem aos seus donos. Este estudo encontrou um maior bem-estar entre os proprietários cujos cães aumentaram seu sentimento de fazer parte, a auto-estima e existência significativa. O último estudo, composto por 97 estudantes universitários com idade média de 19, descobriu que animais de estimação podem fazer as pessoas se sentir melhor depois de experimentar a rejeição. Indivíduos foram convidados a escrever sobre ocasiões em que se sentiram excluídos. Em seguida, eles foram convidados a escrever sobre seu animal de estimação favorito, ou para escrever sobre seu melhor amigo, ou para desenhar um mapa do seu campus. Os pesquisadores descobriram que escrever sobre animais de estimação foi tão eficaz como escrever sobre um amigo quando o assunto era amenizar o sentimento de rejeição. Segundo os pesquisadores, o presente trabalho mostra evidências consideráveis de que os animais beneficiam a vida de seus donos, tanto psicologicamente quanto fisicamente, servindo como uma importante fonte de apoio social. Considerando que os estudos anteriores se concentravam principalmente nos proprietários de animais que enfrentaram desafios significativos para a saúde, o presente estudo estabelece que também existem muitas conseqüências positivas para as pessoas comuns que possuem seu amigão de estimação.


Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

VOZ DO JOVEM

CORRE MUNDO

9

CORRE TEXTO!

JOGOS MORTAIS

Poema-imagem "Demão" de Rubens Guilherme Pesenti (Caieiras-São Paulo/SP)

Alessandro Alves- Estudante de Psicologia androsale1@hotmail.com/ www.incoletiva.blogspot.com

Durante o mês de outubro foram coletadas respostas de cidadãos para a pergunta “Videogames e desenhos violentos influenciam comportamento violento em crianças e adolescentes?”. Nem a pesquisa e tampouco este texto foram feitos com o objetivo de estabelecer uma conclusão. Abaixo estão algumas das respostas. “Influenciam, mas não são as únicas causas. O ambiente familiar e a forma como a pessoa foi criada podem determinar isso, pois o comportamento e o caráter são construídos desde o nascimento.” (Orminda Santos Freitas, Itapevi). “Não. Se fosse verdade, seríamos todos psicopatas. Todo desenho que vemos, desde o Pica-Pau até Tom e Jerry tem violência. Nos jogos, então... Toda criança hoje nasce jogando GTA, jogos de tiro em geral. Isso não faz diferença, o que faz pessoas terem comportamento violento é a própria sociedade e o governo. Imagina quantos órfãos tem por aí, tendo que se virarem pra sobreviver sem o mínimo de educação, já estão com destino certo: o tráfico. No caso do massacre do Realengo acho que ficou bem claro, né? A sociedade o transformou naquilo, não jogos e desenhos...” (Cláudio Andrade, Vargem Grande Paulista). Em 1999, dois estudantes americanos viciados em videogames violentos mataram treze pessoas dentro de uma escola e cometeram suicídio em seguida. A influência do ocorrido foi atribuída aos jogos encontrados em suas casas, entre eles, o jogo Doom. Nas investigações sobre Wellington

Menezes, o atirador do Realengo, foi descoberto que ele tinha um blog onde escrevia sobre GTA e Counter Striker, jogos de conteúdo violento que foram proibidos há alguns anos. Acontecimentos como estes alimentam a ideia segundo o qual videogames, filmes e desenhos com conteúdo violento influenciaram estas atitudes e que podem “criar assassinos”. No entanto, isso faz surgir uma dúvida: por que várias pessoas que cresceram assistindo Pica-Pau e jogando Mortal Kombat não se tornaram “psicopatas”? Isto pode sugerir que jogos e desenhos não influenciam, ou pelo menos não são os únicos responsáveis. Sabe-se que a forma como uma pessoa é criada desde o nascimento, as referências que ela recebe ao longo de sua vida, enfim, todo o seu histórico de vida, moldam a personalidade e boa parte de suas características, então, é essencial considerar isto e não tratar uma característica do indivíduo como fator isolado. Em desenhos animados, a violência é mostrada como sendo aceitável e única saída para a resolução de um problema, como no Dragon Ball e no Naruto, e talvez, com o tempo em que uma criança fica em frente a uma televisão, ela possa demonstrar cargas de estresse e agressividade, o que poderia significar uma certa assimilação, porém, é preciso verificar que uma criança não interpreta a violência do castigo físico aplicado pelos pais como semelhante aos socos que o Batman acerta no Coringa.

"Envie você também o seu texto (poema, conto, crônica ou artigo de opinião - com ou sem imagem) para "corretextos@hotmail.com", com seu nome (civil ou autoral), bairro e cidade, que ele será divulgado no blog e no Facebook do Corre Cotia, assim como em diversos grupos literários desta rede social! O "melhor do mês", escolhido por nós, será também divulgado nesta coluna do Jornal CI! Participe e faça seu texto correr-mundo!" Adicione o Corre Cotia no seu facebook e siga o blog: http://corre-cotia.blogspot.com

Participe do >> FALA CIDADÃO / Envie seu texto para: contato@jornalci.com.br Esporte de Vargem Grande Paulista Meu nome é Daniel Aparecido Lessa, Professor de Karatê e Taekwondo e como morador de Vargem Grande Paulista a 24 anos, posso dizer sem dúvidas que vivemos o pior momento no esporte de Vargem Grande Paulista. Não temos apoio das autoridades públicas, estamos com pouco apoio de comerciantes locais, está muito difícil fazer o esporte de VGPTA funcionar, o que chega a ser um absurdo pois a partir do esporte se tem educação, disciplina, respeito, dignidade, honestidade entre outras qualidades necessárias para se mudar o mundo de hoje. Sr. Prefeito, o senhor deveria saber que investir no esporte é economizar em outras áreas

como segurança e saúde, pois uma cidade que o esporte funcione com certeza a criminalidade diminui e a saúde pública melhora muito. Esporte não é apenas futebol, temos muitas equipes de modalidades diferentes na cidade, e por sinal equipes muito boa, como Taekwondo, Judô, Vôlei, Handball, Karatê, entre outros. Eu como professor da cidade a praticamente 6 anos, e filho do professor que ministrou aulas na cidade por mais de 20 anos de karate, posso afirmar que hoje não temos apoio nenhum da prefeitura. Dou aulas de Taekwondo em academia, e tenho 8 atletas bolsistas, mas não consigo nem mesmo um transporte para poder levá-los a campeonatos fora da cidade.

Nós professores de qualquer modalidade esportiva precisamos nos unir e juntos buscarmos nossos direitos como cidadãos que pagam impostos absurdos. Precisamos criar uma corrente forte para podermos juntos batermos na porta do Sr. Roberto Rocha e pedirmos nossos direitos, pois nessa prefeitura nem tudo funciona como deveria, e isso eu afirmo pois já trabalhei dentro de um programa público que foi um fiasco, quem não se lembra do PELC/PRONASCI. NADA NESSA CIDADE FUNCIONA, muito menos o esporte, fica aqui um apelo de um professor que faz o que faz por que ama o esporte.


10

A busca do conviver e do cuidado - reflexões de um

VIVA Saúde

naturólogo

Caio Fábio S. Portella- Naturólogo caiofabio1@yahoo.com.br www.espacointegralsaude.blogspot.com

E

stive aqui pensando hoje (31/10) no dia das bruxas simbólico de transformações, também meu aniversário, sobre qual tema escolher para a coluna deste mês e acabei chegando a conclusão de que algumas vezes é o tema que nos escolhe. Nos últimos 3 dias fiquei mergulhado no IV Congresso Brasileiro de Naturologia, neste evento passei quase 100% do tempo convivendo com pessoas dedicadas a avançar no conhecimento da saúde, em ideais sinceros e profundos, sonhos, e até lágrimas, reflexões que gostaria de compartilhar aqui. Acho muito forte esta palavra, Com-viver, algo como Viver-Com, e a coisa mais importante na vida é justamente isso, a vivência que compartilhamos, que temos em uma relação de interagência. Este termo interagência significa que estabelecemos uma relação profunda, de igual pra igual, onde há uma troca, uma experiência compartilhada entre dois ou mais seres. Há um conceito que diz sobre interser, que

nada é, tudo inter-é. Graças ao sol, a chuva, a terra uma árvore nasceu, e desta ,uma pessoa colheu e transformou em papel, que de alguma forma chega em suas mãos neste jornal impresso. O Jornal inter-é com a água, a árvore, a terra, a pessoa que colheu, assim numa página de jornal contém todos estes elementos, e estes ligados a outros e no fim das contas nesta página temos um pouco de tudo que existe. É delicado ter esta percepção, mas isso muda tudo, muda o olhar, muda o significado, muda o mundo por respeitar como parte de nós aquilo que nos compõe. Você já pensou que sobre isso? Será que somos seres mesmo separados do resto? Será que temos realmente esta consciência de que somos interdependentes e conectados? Será que aquilo que acontece fora de mim não esta ligado comigo, com meus valores, com aquilo que cultivo e alimento em mim? Sabe, podemos simplesmente achar que somos separados do resto, que não há nenhuma relação, que não tenho nenhuma

OBESIDADE INFANTILRESPONSABILIDADE DE TODA A FAMÍLIA

Fernando Lei- Atua como profissional e militante na área da Saúde, Meio Ambiente e Cultura/ email: sifer.lei@hotmail.com Blog: maeterra-fernando.blogspot.com

Foi-se o tempo que bebe fofinho e criança gordinha eram sinônimos de saúde. Hoje o cenário é diferente. A obesidade é uma das doenças que mais crescem no mundo. Em 2010 eram 300 milhões de crianças obesas, portanto GORDURA NÃO É SINÔNIMO DE SAÚDE. De forma geral, até os dois anos, as mães tem controle sobre a alimentação dos filhos. O problema começa quando elas crescem e começam a ser influenciadas pelas propagandas de produtos que não contribuem em nada para a sua saúde, mas que infelizmente são mais acessíveis e baratos que os produtos saudáveis, estimulando assim o seu consumo. A partir dos oitos anos a criança pode, caso já apresente um quadro de sobrepeso, usar a comida como válvula de escape diante das agressões verbais que costuma receber por conta de sua condição física. Come não para alimentar o físico e sim o emocional, que tende a ser frágil. Durante seu crescimento os pais pregam a ideia de que devem comer bastante para ficarem forte, ou se comer tudo irá ganhar a sobremesa. Um grande erro. Os pais tem que respeitar os limites de seus filhos. Desta forma eles irão desenvolver o seu ponto real de saciedade. A família é fundamental neste processo. Se uma criança vive em um ambiente onde co-

mem de forma descontrolada, sem horário e lugar correto, rápido, em frente à televisão, com frituras, refrigerantes, salgadinhos, fast foods, bolachas recheadas, guloseimas fora de hora e sem atividade física, inevitavelmente desenvolverá um quadro de obesidade. Os prejuízos são enormes. Além do impacto na autoestima, temos os problemas ortopédicos, infecções respiratórias e de pele, de excesso de gordura no fígado, apneia, colesterol alto, diabetes, problemas cardíacos, entre outras. A família deve estipular horários e lugares corretos, limpos e calmos. Oferecer opções saudáveis de alimento como frutas, verduras, legumes, sucos naturais (sem açúcar), pão integral, linhaça e água. Após as refeições estimule os pequenos a movimentarem-se para fazer a digestão e incentive a prática de atividade física. Agindo desta forma, você poderá de maneira �controlada� deixar que elas degustem as desejadas guloseimas. É importante que a reeducação alimentar envolva toda a família, e se for necessário que tenha o acompanhamento de um psicólogo, para que a criança gordinha venha a ser um adulto saudável e feliz.

Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

responsabilidade com o mundo, continuar no modelo consumista que nos faz acreditar que as coisas são inesgotáveis. Você sabia que se todos consumissem o que os americanos consomem precisaríamos de 3 a 5 planetas pra suprir? E que 99% do que produzimos vira lixo em menos de seis meses? Quanto tempo vamos deixar de olhar para essas coisas? Imaginem agora, somos 7 bilhões de pessoas, e cada vez mais, onde isso vai parar? Parece que nossa maneira de ver as coisas realmente causa algum impacto. Então fica a reflexão: será que realmente estamos convivendo uns com os outros, será que temos noção de quanto somos conectados, interdependentes? Valorizamos isso ou somos simplesmente levados por uma maré de superficialidade, consumo e felicidade “enlatada”? Saúde é, acima de tudo, reconhecer e valorizar nossas origens, nosso meio, nossas inter-relações, para que assim sejamos um dia sustentáveis.

Fica a dica, para quem se interessar, do filminho de 20 minutos chamado “A Historia das Coisas” vale a pena conferir no Youtube. L i n k : h t t p : / / w w w. y o u t u b e . c o m / watch?v=lgmTfPzLl4E

Dicas de Saúde Folha da Fortuna / Kalanchoe pinnata O Kalanchoe é uma planta muito interessante, é conhecida como folha da fortuna pois se multiplica com grande facilidade, a partir de uma única folha fazemos muitas mudas. Se você colocar uma folha em um prego na parede dentro de alguns dias ela começa a brotar. Para plantar é so enterrar até a metade uma folha de Kalanchoe, esta planta não gosta de água em excesso, 2x por semana está bom. Alguns Usos: Cicatrizante, úlceras, gastrite, queimaduras. Forma de Uso: Bater 1 folha em 200 ml de água e tomar 3x ao dia, em forma de cataplasma (amassar as folhas) aplicar diretamente no ferimento, ou queimadura.


Novembro de 2011/ ANUNCIE: 9791 - 0980

ESPORTE

VOLEIBOL VARGEM GRANDE PAULISTA A equipe masculina de voleibol de Vargem Grande Paulista foi campeã da etapa regional dos jogos da cidade, realizado pela Prefeitura do Município de São Paulo. Na final realizada no clube Piratininga em Pinheiros, Vargem Grande venceu a equipe FEA-PUC por 3 x 0 em pouco mais de uma hora de partida. Com a vitória e o título de campeão regional, a equipe está representando a região de

Pinheiros na etapa final dos jogos, que reúne os campeões de cada região em sistema de eliminatório simples. Na primeira partida da fase final Vargem Grande já venceu a equipe que representa Jabaquara por 3 x 0 (25-20, 25-19 e 25-10) e está nas quartas de final dos Jogos da Cidade. O professor Denis, responsável pelo voleibol de Vargem Grande Paulista deseja sorte a equipe na fase final dos jogos.

AGITO NA ACADEMIA

RITMU´S

Halloween é um termo do inglês para o festival de ano novo dos Celtas, um povo que habitou a região da Irlanda, a primeira referência literária a este povo data do século VI a.C. Chamado originalmente de Samhain, o Halloween marca o fim do verão, o que significava para eles o final de um ciclo, a morte, portanto era o festival dos mortos. Nessa época os portais eram abertos para fazer contato com o “outro mundo”. Bem voltando ao nosso mundo, mais precisamente em Vargem Gde Pta... Aconteceu no dia 29 de Outubro na Academia Ritmu’s a Festa Halloween. Com direito a uma ambientação especial, o DJ embalou a noite. Fadas e Piratas, Monstros de todos os tipos, Bruxas, Super heróis e até Freddie Mercury prateado, completaram bem o clima de Halloween. Agradecemos à todos os participantes!

11

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA MILAN/VGP Ganha seu primeiro troféu.

No dia 09 de outubro de 2011 o time milan/vgp teve seu primeiro grande desafio, e trouxe um lindo troféu do V festival São Roque futebol de campo disputado no alto da serra em São Roque. Os técnicos Professores Selma Carvalho de Souza Ferminino e João Paulo Januario, ficaram contentes com o desempenho da equipe, já que faz apenas um mês que o grupo foi organizado e nunca tinha jogado junto antes. O resultado alcançado pelo time foi uma grande façanha por causa da dificuldade de chegar na competição por falta de transporte, realmente foi uma luta muito grande por parte das atletas que mostraram muita vontade em chegar até a competição, pois as dificuldades para um time feminino são grandes, desde sua montagem até transporte para competições, e por isso este primeiro troféu tenha um gosto muito especial. Nós acreditamos muito nessas jovens, que estão despontando no nosso município e na equipe que a cada dia fica mais madura e experiente e vai buscar grande vitórias a partir de agora. Mas uma vez agradeço o Professor Paulinho, diretor de esporte que vem ajudando muito o time, juntamente com o responsável pelo ginásio senhor Juarez que estão se tor-

nando grandes amigos da equipe. Nosso time disputou esse festival com essas grandes altetas: Giselli da Silva Moura, Mariana Pereira landim, Jessica do Nascimento Santana, Tathiane, Fernanda Silva Santos, Lariza Maria da Silva Santana, Jéssica Borba da Silva, Beatriz Rezende da Silva, Janaina Xavier dos Santos Silva, Renata e Alberice Mauricio. Nossos próximos desafios são: VI TORNEIO DE FUTSAL DO PROJETO JM DE VARGEM GDE PTA e VII -COPA TIETÊ DE FUTSAL FEMININO 2011. Por: Gilberto Cardoso Vieira- gilbertocardosovieira@yahoo.com.br


ATENÇÃO: O POVO ESTÁ SE MOBILIZANDO MOVIMENTO PRÓ IBIUNA de reivindicação para coibir práticas que contradizem os interesses da sociedade. O coletivo é pluralista, apartidário, laico e os indivíduos que ele compõe pertencem a diversas correntes ideológicas. Pela inviabilidade de angariar possíveis interessados nos 1.093 km2 de nossa cidade, criamos este canal de comunicação como instrumento de união entre sujeitos que possuem interesses em comum: o exercício da cidadania. O movimento em defesa da população ibiunense surge para intervir em todas as questões que afetam direta, ou indiretamente, nosso município. Dessa forma, a administração pública composta por indivíduos eleitos através do sistema democrático eleitoral - será constantemente observada, fiscalizada e, acima de tudo, cobrada por aquilo que diz respeito aos interesses do povo. Este coletivo não dispensará nenhum mecanismo para intervir nestes assuntos. Sendo assim, tanto as vias judiciais quanto às mobilizações de rua, serão instrumentos

“O pior analfabeto é o analfabeto político, ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e o lacaio das empresas nacionais e multinacionais.” (Berthold Brecht)

Jornal CI- Nov 2011  

Jornal Conteúdo Independente edição nº20- Novembro de 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you