Page 1

Saúde

Dra. Simone Bell Diniz CRF 15.824

Edição

13

Maio 2014

Higiene

Cosmésticos para bebês

o universo infantil

ao seu alcance

Raquel Moreti Lopes Felicio Neuropsicopedagoga, Psicopedagoga Institucional e Clinica, Terapeuta Cognitivo Comportamental, Mediadora do PEI e Biofeedback.

Comportamento

Aprendizagem emocional

Rafael Bianchi

Mateus Oliveira Professor

Mágico ou Animador?

Educação

Festas

Do que nossos filhos gostam?

Franca/SP e Região - Diretores Responsáveis: Denise Oliveira Guilherme e Fabio Guilherme Anuncie: (16) 3017.9093

www.dicaskids.com.br

Pág: 02

Pág: 02

Pág: 03

Pág: 03

Vacina contra gripe é considerada segura para gestantes Pág: 04


02 | Edição 13 | maio de 2014

www.dicaskids.com.br

o universo infantil

ao seu alcance

Floral Farma 3724.2060 3403.6020

Av. Major Nicácio, 2060 Centro - Franca/SP

www.floralfarma.blogspot.com.br

Higiene

D

Raquel Moreti Lopes Felicio

Carla Peliciari - Professora

Dra. Simone Bell Diniz - CRF 15.824

Natação Infantil

Cosméticos para bebês

escubra o que você pode usar na pele do seu bebê e quais produtos devem ser evitados! Xampu: não existe comprovação de que o extrato responsável pelo perfume do xampu traga benefícios. Por isso, é ideal escolher um produto neutro com mínimo de perfume e corante. Hidratante: abaixo dos seis meses não há indicação do uso desse tipo de cosmético. Deve ser utilizado com indicação do dermatologista ou pediatra em dermatite atópica, ou por mudanças ambientais – inverno e baixa umidade do ar. Nesses casos, o produto deve ser neutro e aplicado logo após o banho. Talco: não é recomendado, pois o pó é aspirado pela criança, podendo causar problemas respiratórios e alérgicos. Sabonete: faça opção pelo neutro sem muito cheiro. Apesar de o bebê possuir toda a estrutura da pele, ele ainda tem o sistema de defesa imaturo. Por isso, há maior risco de infecções, irritações e alergias. Óleo: seu uso não é indicado, exceto se o bebê estiver com a pele ressecada e, nesse caso, a mãe deve optar entre o hidratante ou o óleo. Se preferir o óleo, recomenda-se usar os de origem vegetal, que causam menos irritação e tem melhor absorção. Perfume: NADA DE PERFUME. O produto pode causar irritação e alergia. Protetor solar: usar a partir dos 6 (seis) meses os específicos para essa idade. O produto irá protegê-lo dos efeitos nocivos do sol. No entanto, a maior recomendação é que o bebê permaneça à sombra, e um detalhe: o produto pode causar irritação na pele do bebê. DICA: Às vezes exageramos nos cosméticos com o intuito de manter o bebê limpinho e cheiroso, dando vários banhos por dia ou usando lencinhos umedecidos a cada troca de fralda. “Um banho por dia é o ideal. Se estiver muito calor, podem ser dois, mas o segundo dispensa sabonete. Afinal, a pele do bebê é muito delicada.”

Rua José Ribeiro Conrado, 326 – salas 1,2 e 4 - Bairro São José – Franca/SP - Fone: (16) 3724-3254|(16) 3432-2232 (16) 99999-2261|(16) 99300-6326

Rua Prof. Antonio Fachada, 965

Prática lúdica e educativa

A

natação é o esporte que pode fazer parte da vida da criança logo nos primeiros meses. O método de ensino utilizado em nossa Academia é a natação formativa, educativa, baseada no desenvolvimento do aluno de acordo com sua individualidade, respeitando os objetivos, tempo de aprendizado, idade, maturidade e limites de cada um. Ministramos as aulas de forma descontraída, lúdica, buscando estimular o aluno como um todo, tanto em aspectos motores quanto cognitivos, afetivos e sociais. O aprendizado do aluno é avaliado através de níveis. Ele mudará de nível assim que atingir os objetivos propostos, independente do tempo de natação, e sim do seu desenvolvimento e assimilação dos exercícios. A nossa prioridade está na importância do saber nadar, pois além das aulas serem lúdicas e educativas, ressaltamos que aprender a nadar salva vidas. Por isso, invista na segurança e tranquilidade de toda a sua família. Na Golfinho, o aluno não só aprende a nadar como se torna amigo da água, sentindo-se seguro, fazendo dela um ambiente de diversão, relaxamento e socialização.

Comportamento

A

Aprendizagem emocional

prendizagem emocional - requisito essencial na educação dos nossos filhos! Você já colocou diante da sua criança cenas para dialogarem sobre emoções? Que tal a ideia? Comece a olhar livros e revistas e separe todo tipo de cena que possa ajudar. É fundamental para o desenvolvimento saudável das emoções que as crianças aprendam a falar sobre expressões faciais, possibilidades de sentimento e assim por diante. Mostre figuras e faça perguntas, instigue a curiosidade com perguntas, como: O que você vê nesta figura meu filho (a)? O que o rosto do menino sentado pode dizer sobre o sentimento dele? Por que ele deve estar assim? O que pode ter acontecido? Quando os pais incentivam que os filhos nomeiem sentimentos em forma de exercícios lúdicos, permitem que as redes neuronais articulem novos conhecimentos que ajudarão futuramente. É muito mais difícil tanto para os adultos como para as crianças, obterem equilíbrio e sucesso nos desafios cotidianos quando não possuem aprendizagens sobre consciência emocional, pois, se não há aprendizagem, como colocar reflexão e prática em ação, quando necessário? Impossível! Muitos dos conflitos infantis poderiam ser evitados se as crianças desenvolvessem habilidades para reconhecer e fazer o manejo adequado de suas próprias emoções, por isso é importante que desde pequenas nós ensinemos para elas a expressarem seus sentimentos positivos e negativos de maneira adequada.Pegue livros, mostre as diferentes expressões nos rostos dos personagens e incentive brincadeiras onde seus filhos possam tentar adivinhar o que aquela expressão do personagem pode representar. Converse sobre as reações dos personagens em livros e filmes, questione se seu filho sabe falar o que o personagem sentiu e, mais, o que seu filho faria no lugar se fosse com ele o sentimento. Brinquem e conversem muito sobre isso…Não deixem de colocar essas riquezas em prática, as crianças necessitam! É um diferencial essencial sobre qualidade de vida no futuro. Certamente uma das coisas no topo da lista dos adultos – que sentem muitas dificuldades de realização e satisfação na vida profissional e familiar – diz respeito à falta da habilidade emocional. Exercitem, arrisquem que aos poucos se torna fácil e prazeroso. Fica a dica! Raquel Moreti Lopes Felicio – Neuropsicopedagoga, Psicopedagoga Institucional e Clinica, Terapeuta Cognitivo Comportamental, Mediadora do PEI e Biofeedback. Espaço Cuidar do Saber Espaço Múltiplo de Bem-estar e desenvolvimento humano


www.dicaskids.com.br

Rua Monsenhor Rosa, 2571 - Centro Franca-SP (16) 3017.7979

(16) 3727.1665 | (16) 9 9971.5050 | (16) 9 9281.5100

Maria Laura Puglia Prof. Ballet Clássico

Rafael Bianchi - contato@circusmagia.com.br

Festas

M

Mágico ou animador?

uitas pessoas confundem mágico com animador. São dois tipos de trabalho completamente diferentes. Um mágico geralmente apresenta um espetáculo de 45 minutos (é o tempo ideal e que as crianças conseguem ficar sentadas em uma festa, passando desse tempo fica cansativo) aonde os convidados assistem um show como se estivessem em um teatro com números de mágica. Já o animador apresenta brincadeiras recreativas que geralmente ficam quase toda a festa. A diferença é que o mágico apresenta um espetáculo com inicio, meio e fim e o animador apresenta brincadeiras e gincanas. Espero ter ajudado com dicas de como contratar um mágico para a festa de seu filho.

o universo infantil

ao seu alcance

Dança

Sapatilhas de Ponta: Um Sonho de toda Bailarina

Mateus Oliveira - Professor

Educação

Do que nossos filhos gostam?

A

s sapatilhas de ponta surgiram no início do século XIX e são utilizadas até os dias de hoje na prática do Ballet Clássico para auxiliar nos passos que exigem da bailarina a posição de ponta (aquela em que ficam com os pés eretos para cima apoiando-se apenas na ponta destes). Toda menina quando inicia seus estudos de Ballet, ou mesmo antes disso, sonha em dançar nas pontas dos pés. No entanto é necessário um tempo mínimo de prática da modalidade (mínimo de dois anos dependendo da idade) bem como um bom trabalho de pés, tornozelos e costas para, enfim, realizar-se tal sonho. O início do trabalho com as sapatilhas de ponta requer muitos cuidados e paciência, podendo ser até árduo. Não é simplesmente calçá-las e sair dançando, como muitas pessoas imaginam. Os primeiros meses de prática são constituídos de exercícios simples com o intuito de amolecer as sapatilhas para que seja possível executar os passos mais facilmente. Aos poucos a bailarina vai se acostumando com elas até ser capaz de executar os passos mais complexos. É muito importante a dedicação e a seriedade em tal trabalho para que o objetivo seja atingido com sucesso e sem risco de lesões para a bailarina. Assim, quando esta subir ao palco, será capaz de executar sua dança com leveza e perfeição, sem dar a chance do público imaginar todo o esforço e sacrifício feitos desde o início do trabalho nas pontas.

S

erá que nossos filhos escolhem aquilo de que gostam? Vivemos em uma sociedade que cada vez mais massifica os valores em nome de uma homogeneidade de gostos e valores que limitam nosso poder de escolher aquilo de que gostamos pela simples falta de oferta. As crianças, por influência da mídia massificadora, têm gostos muito parecidos e isso leva a um processo de modelização que nos faz acreditar que aquilo que todos gostam é o melhor. Entretanto, se analisarmos com mais critério, podemos perceber que essa atitude impede o processo de escolha que é extremamente importante para nossa formação crítica. É dever dos pais oferecer a maior quantidade de informações e acessos a fim de que a criança adquira repertório para avaliar o que é bom e o que mais lhe agrada, desenvolvendo assim o senso crítico que vai fazê-la tornarse um adulto com mais capacidade de entender o mundo. Músicas de gêneros diferentes daqueles que a sociedade já oferece, jogos que estimulem o raciocínio e o senso prático, outros idiomas, atividades artísticas são ações que estão ao nosso alcance e fazem grande diferença na formação das nossas crianças.

| 03


04 | Edição 13 | maio de 2014

www.dicaskids.com.br

o universo infantil

ao seu alcance

Música

Amamentação

Escolher o professor de música certo para seu filho

A

parte mais importante de seleção de um professor particular é encontrar o jogo certo para seu filho. Aulas de música são uma atividade pessoal e da relação que seu filho tem com o seu professor, que é a chave para alcançar uma experiência educacional de sucesso, a longo prazo. Peça recomendações de bons instrutores de música de amigos, professores, professores de música, e outros em sua comunidade. Entreviste o futuro professor para descobrir : * Qualificações* experiência de ensino* políticas sobre honorários, cancelamentos, etc * desenvolvimento profissional O que são práticas e requisitos de desempenho do professor? Será que o professor ensina aos seus alunos uma variedade de estilos musicais e de música?Será que o professor incorpora teoria e história para as aulas?Depois de selecionar alguém, pedir para sentar em algumas aulas, a fim de observar a relação entre o desenvolvimento de seu filho e do professor. Olhe para o professor para inspirar e seu filho a cooperar. Seu filho deve ter o seu interesse despertado pelo professor e quer aprender mais. Participar de um recital dado pelos alunos da professora. Converse com outros pais sobre seus pontos de vista de aulas do professor. Será que o professor ajuda seus alunos para definir metas para o progresso? Será que o professor fornecer avaliações formais ou informais para os pais para que você possa ver o progresso do seu filho? Peça referências se for o caso. Às vezes, o melhor conselho que você pode obter sobre a escolha de um professor de música é de outros pais que estiveram lá. Leve um pouco de música na vida de seus filhos! Ela pode ajudar as crianças a melhorar a sua coordenação, entender sua cultura, relaxar e até mesmo melhorar suas habilidades de matemática! Essas atividades musicais ajudarão você a desenvolver o talento musical de seu filho.

Saúde

Dica Especial

Dr. Jefferson Pereira Guilherme Pediatra - CRM. 4291 AM Integrante do Departamento Cientifico de Aleitamento Materno da SBP

A boa alimentação começa com a amamentação...

A

amamentação é mais fácil quando as mães têm informações sobre as práticas saudáveis para ela e para os seus bebês, incluindo a importância do aleitamento exclusivo durante os primeiros seis meses de vida. Mesmo quando existem obstáculos, a amamentação pode ser mantida se as mães receberem a compreensão e apoio dos familiares, dos amigos, da equipe de saúde e no seu ambiente de trabalho. A crescente urbanização e as mudanças nas estruturas familiares têm debilitado estes mecanismos de apoio social. O leite materno é forte e adequado para o bebê, que não vai necessitar de outro alimento até os 06 meses de idade. Depois dessa idade o ato de amamentar deve ser mantido e a alimentação complementar deve ser introduzida.

D

Vacina contra gripe é considerada segura para gestantes

e acordo com o último balanço realizado pelo Ministério da Saúde, até agora as gestantes foram as pessoas que menos compareceram aos postos de saúde para tomarem a vacina contra a gripe. Além de proteger contra o vírus da gripe, a vacina pode reduzir o número de hospitalizações por pneumonias e mortalidade por complicação da influenza. O secretário de Vigilância em saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, reforça que a vacina contra a gripe é segura e deve ser aplicada em qualquer fase da gestação: “A vacina é absolutamente segura para as mulheres grávidas, tanto para mulheres que acabaram de descobrir que estão grávidas, quanto para mulheres que já estão no final da gestação. Milhões de mulheres grávidas foram vacinadas no mundo inteiro sem nenhum tipo de complicação. A vacina não traz qualquer risco para a gestante nem para o feto. Então, grávida pode se vacinar sem nenhuma preocupação porque a vacina é absolutamente segura”, destaca Jarbas Barbosa. A Campanha de Vacinação Contra a Gripe do Ministério da Saúde começou dia 22 de Abril e já registrou mais de 40 milhões de doses aplicadas em todo o País. Exemplo: Vanessa Giácomo, deu um bom exemplo em 05/04/2010 quando foi clicada tomando a vacina contra o vírus H1N1. “Grávidas, a vacinação é muito importante para a sua saúde e a do bebê”, disse a atriz, em um posto de saúde do Rio de Janeiro. Fonte: Portal Brasil

Dicas kids edi13 maio2014 web  

Dicas Kids - Edição 13 - Maio de 2014

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you