Page 1

Mobiliários em destaque Mobiliário

03

Acadêmicos do curso de Design da Universidade do Contestado campus Canoinhas, mostram seu talento no desenvolvimento de mobiliários nas disciplinas de projetos de produto. 03

Cerâmica Acadêmicos empregam modularidade e encaixes em objetos de cerâmica. 02

Concursos e Feiras 04


Projetos em Cerâmica

02

Modularidade e Encaixes

Acadêmicos desenvolvemprodutos em cerâmica endo a cerâmica como material definido na ementa da disciplina de Projeto de Produto e com os temas “modularidade", “encaixe” e “empilhamento” prédeterminados, os acadêmicos da 5ª fase projetaram interessantes objetos de uso durante o primeiro semestre de 2011.

T

Os projetos abrangem caneca, candelabro, aparelho de foudue, saboneteira, revestimento cerâmico e uma petisqueira. Caneca “Space”

A acadêmica Sabrina Litz Guimarães foi responsável pelo desenvolvimento da caneca “Space”. Dirigida para um público jovem e espaços

Caneca “Space”

Petisqueira “Cosmopolitan”

reduzidos, como o próprio nome sugere.

O universo cosmopolita e urbano foi o tema inspirador para o desenvolvimento da petisqueira “Cosmopolitan”, pela acadêmica Fabiene Cristine Zadorosny. Num estilo moderno, traz formas puras e sintetizadas, com partes acopladas que agregam mais funcionalidade e ousadia ao produto.

Uma proposta modular, tanto na forma como no design gráfico aplicado à superfície, com o intuito de melhor aproveitar o espaço dentro do guarda-louças e compor um efeito estético interessante do conjunto. Revestimento Cerâmico “Art Nouveau”

Destinado à pessoas elegantes e contemporâneas que buscam peças diferenciadas e conceituais. Nas cores, a dualidade do preto e do branco representam sofisticação e requinte. Mostrando apenas um ponto de luz em meio ao breu da noite Urbana.

Seguindo a temática, modularidade, aliada à delicadeza e elegância das formas orgânicas, extraídas da natureza, a acadêmica Fabine Zadorosny projetou o revestimento cerâmico entitulado “Art Nouveau”. O formato possibilita diversas configurações e composições com outros revestimentos da linha, variando as possibilidades de uso. Desenvolvido para a área social da casa, promete transmitir conforto e elegância, evidenciado pela delicadeza das formas, o emprego de cores neutras, o efeito de luz e sombra proporcionados pelos relevos e e sombra conferindo um apelo estético ao ambiente.

Sakura

D

A temática escolhida foi a bandeira do Japão, orientando a seleção de cores, e a sakura, flor de cerejeira bastante valorizada no país, utilizada impressa na superfície do produto em formas estilizadas.

Esta é a primeira edição de uma série especial de 5 edições distribuídas semanalmente em comemoração ao Dia do Designer, dia 05 de outubro. A série trata sobre o universo do design, seus segmentos, concursos, feiras, novidades e curiosidades do meio. E traz como assunto principal os projetos desenvolvidos pelos acadêmicos do curso de Design da Universidade do Contestado, campus Canoinhas - SC. Além de informar, trazer novidades e divulgar os projetos dos acadêmicos e profissionais de design esta série visa esclarecer as dúvidas sobre as diversas áreas da profissão para alunos potenciais para o curso de design da UnC. Tenham todos uma boa leitura! Abraços.

Revestimento Cerâmico “Art Nouveau”

Harmonia e elegância na cerâmica estinado aos apreciadores da cultura japonesa, atentos à objetos diferenciados e elegantes, o jogo de pratos “Sakura”, desenvolvido pela acadêmica Katrine Ceruti, prima pela simplicidade, equilíbrio e harmonia nas formas e cores, seguindo os preceitos desta cultura.

Ao Leitor


Mobiliário

Design de Mobiliário Uma área de grande expressão para o design brasileiro

O

design de mobiliário, é uma vertente do design de produto e uma das áreas de maior importância no design de produto brasileiro. É uma área em que a arquitetura e o design de produto se entrelaçam com relação direta à decoração de interiores.

O design de mobiliário brasileiro tem tido grande destaque no cenário nacional e internacional como por exemplo, o trabalho dos Irmãos Campana, que procuram originalidade na escolha dos materiais produzindo peças diferentes e inusitadas. História do mobiliário

A história do mobiliário desenvolveu-se a partir do momento em que o homem deixou de ser nômade e acompanha a sua história política, social e artística até à atualidade. Ao longo do tempo, o mobiliário foi evoluindo consoante às necessidades humanas, à capacidade técnica e a sua sensibilidade estética.

Deste modo a sua caracterização varia muito de acordo com a região e a época, podendo-se fazer uma divisão por períodos ou estilos que se inserem mais ou menos dentro dos grandes movimentos da história da arte.

Mobiliário em destaque no Curso de Design da UnC

Os acadêmicos do curso de Design, do campus Canoinhas, da Universidade do Contestado mostram seu talento no desenvolvimento de mobiliários nas disciplinas de projetos de produto. Com uma nova proposta de material a cada semestre os acadêmicos buscam atenter às necessidades do público alvo definido para o produto desenvolvido utilizando a metodologia apresentada em sala de aula e seguindo prérequisitos dos materiais e características do produto. Aplicando o conhecimento adquirido em disciplinas como ergonomia, os acadêmicos exploram novas formas de reaproveitamento de material ou utilização de materiais de baixo custo. Nesta proposta os acadêmicos da 3ª fase, Fabiene, Fabine, Gisele, Ozires e Sabrina desenvolveram a chaise

entitulada “Pétala”, sob a perspectiva da biônica, utilizando a forma e suavidade da pétala da rosa para a concepção do encosto. Desenvolvida como um exercício da disciplina de ergonomia, atende às medidas antropométricas de homens e mulheres. O encosto, apesar de composto por pedaços de madeira, proporciona extremo conforto, já que sua forma acomoda perfeitamente a coluna vertebral. Além dos estudos de ergonomia os acadêmicos levaram em conta a reutilicação de resíduos da indústria, pedaços de madeira que seriam queimadas nas serrarias da região, mostrando com isso, que com criatividade e atenção aos materiais de baixo custo podem ser desenvolvidos produtos interessantes e com valor adequado. Neste mesmo pensamento a acadêmica Andressa dos Santos elaborou a poltrona “Multifuncional”, que combina conforto e multifuncionalidade podendo utilizá-la para acondicionar livros e revistas. A poltrona foi executada em compensado laminado, material de custo relativamente baixo, que proporciona um efeito visual muito interessante para a estética do produto.

Mobiliários desenvolvidos por acadêmicos da UnC

Chaise Pétala por Fabiene, Fabine, Gisele, Ozires e Sabrina 3ª Fase.

Poltrona Multifuncional por Andressa dos Santos - 3ª Fase.

Namoradeira por Grasiele Erzinger - 4ª Fase.

Mobiliário Infantil

A

acadêmica Katrine Ceruti desenvolveu um mobiliário infantil direcionado à crianças de 3 a 6 anos de idade. O móvel multifuncional tem o intuito de estimular a criatividade, tanto pelas diversas possibilidades de montagem como pelas cores empregadas.

Mobiliário Infantil

Sofá Chaise por Maíra Grasiela G. Stange - 3ª Fase.

03


Concursos e Feiras

04

Lab Design 2011 “Mobilidade Inteligente”

A

Electrolux selecionou os 25 melhores conceitos de design a partir de um grupo de 1.300 projetos vindos de 14 países do mundo. Entre os semifinalistas, está o estudante brasileiro Eduardo Murara Nauiack, do Paraná, que criou o misturador Mixer 2050 a “Bola de Gude”. Também fazem parte deste grupo, 2 estudantes da Austrália, 3 candidatos da Nova Zelândia e da Polônia cada. O Canadá, a República Tcheca, a França, a Coréia do Sul e os Estado Unidos tiveram dois representantes cada um.

“... apresentamos as 25 respostas que oferecem as soluções mais interessantes para a vida no futuro...” Henrik Ott Vice-presidente Global da Eletrolux

Neste ano, o concurso Electrolux Design Lab 2011 tem como tema a “Mobilidade Inteligente”, buscando ideias que moldem a forma como as pessoas preparam e armazenam alimentos, limpam e lavam sua louça, tanto dentro como fora de casa. Os protótipos inscritos também devem refletir os valores de design da região da Escandinávia onde está localizado o país de origem da Electrolux, a Suécia que apresentam preocupação com o

meio ambiente ao mesmo tempo em que oferecem facilidade de uso e apelo estético.

Protótipo brasileiro: Mixer 2050 A “Bola de Gude” Eduardo Murara Nauiack Brasil

O Electrolux Design Lab 2011 obteve respostas muito inteligentes à proposta de Mobilidade Inteligente, considerada a mais difícil desde que o desafio foi lançado, há nove anos. Os 25 melhores projetos estão de parabéns por sua abordagem a combinação de pensamento inovador e criatividade é inspiradora. Nessa etapa da competição, apresentamos as 25 respostas que oferecem as soluções mais interessantes para a vida no futuro e consideram melhor a aplicação de mobilidade inteligente ao design do eletrodoméstico, explica Henrik Otto, Vice-presidente Global de Design da Electrolux.

Criado pelo designer Eduardo Murara Nauiack, que estuda na Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR, o Mixer 2050 parece com uma bola de golfe lisa, mas é um misturador. Para utilizá-lo o consumidor deve colocar os ingredientes que deseja misturar em uma travessa e jogar um ou mais dos misturadores. Então, automaticamente, eles começarão a quicar como uma bola e farão a mistura. O tempo de mistura é definido pela força com que os misturadores são agitados. Para adicionar um minuto, eles devem ser agitados com força e para 15 segundos devem ser agitados de forma leve. Para serem flexíveis e, ao mesmo tempo, resistentes, as lâminas do misturador foram feitas de borracha com o uso da nanotecnologia. Dessa forma, elas são seguras e fáceis de limpar, mas eficazes quando em uso. Além disso, se forem colocadas várias delas em uma travessa transparente pode-se criar uma bela peça de decoração na cozinha.

Os oito finalistas do concurso Electrolux Design Lab 2011 serão anunciados na semana do dia 11 de julho. Estes designers serão convidados a apresentar seu conceito para um júri de especialistas, que irá considerar o design intuitivo, inovação e conhecimento sobre o consumidor para conceder o prêmio. O ganhador participará de um estágio remunerado de seis meses em um Centro Global de Design da Electrolux e será contemplado com um prêmio de 5 mil euros. Para o segundo e terceiro lugar, a Electrolux oferecerá um prêmio de 3 mil e 2 mil euros, respectivamente.

Fonte: ww.revistadesign.com.br/2/2011/07/01/ electrolux-design-lab-2011-finalistas/

Finalistas do Lab Design 2011

Mixer 2050 “A Bola de Gude” (misturadorde alimentos) Eduardo Murara Nauiack,Brasil

Ozel Kinetic Blender (liquidificador cinético Ozel) - Uzer Abdul Rashid, Malásia

Breez (secador de pratos portátil Breez) -Andrew Parsons, Canadá

Eco Wash Dinner Set (kit de jantar EcoWash) - David Stockton, Nova Zelândia

Take - Away Stewart (dispositivo para entrega de alimentos Steward) Hatao Qin, China

Jornal OnDesign  

Trabalho academico desenvolvido no curso de Design da UnC, Canoinhas-SC.