Page 1

E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai. (Marcos 13:37)

www.vigiai.net

ARTICULISTAS Pr. Aurélio Rosa Pr. David Botelho Pr. Elias Valentim Pr. Evaldo Rocha Pr. Geraldo Farias Pr. Isaías Lins

Informativo de Missões Ano 02 - Edição 07

Missões Mundiais investem em vidas para viverem Jesus no mundo inteiro Gente que faz Renata de Oliveira (nutricionista), a jovem e bela missionária batista na África – São Tomé e Príncipe, que inventou uma mistura que salvou milhares de crianças da desnutrição e criou uma telenovela evangélica em horário nobre no país.

DESTAQUES SIB de Manaus – AM PIEB de Canavieiras – BA

PIB em Vila Formosa São Paulo – SP

A luz brilhou na terra dos cajueiros: Aracaju

Santa Maria precisa de um Presente! Após a Tempestade...

Mobilização promete levar conforto a pessoas feridas 10 mil pessoas já receberam Realidade! a Palavra de Deus 136 pastoras batistas! A meta de levar consolo e esperança prevê 100 mil pessoas alcançadas

104 anos da Igreja Batista da Liberdade

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 1

02/04/2013 23:06:24


Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 2

02/04/2013 23:06:27


Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 3

02/04/2013 23:06:30


Expediente

www.vigiai.net

Informativo de Missões Ano 01 - Edição 07

INFORMATIVO VIGIAI Ano II – Número 07 O Informativo que transpira missões O Informativo que respira missões O Informativo que informa missões O Informativo que vive missões Produção Ministério Vigiai.net CNPJ 17.442.129/0001-52 Vital Sousa, Editor Chefe Jornalista – 63.588 – Mtb-SP Co-produção Criação e diagramação CNPJ 15.632.307/0001-82 Fabiano Sousa Jornalista – 66.300 – Mtb-SP Diagramação desta edição Imprensa Núcleo de Comunicação Taubaté - SP Apoio Geral Vital Prestação de Serviços de Informática CNPJ 15.632.307/0001-82 Impressão Resolução Gráfica Taubaté-SP Correspondências: Rua Edgard Pereira Viana, 140 Chácaras Cataguá - Taubaté-SP CEP 12093-240 Telefone (12) 3621.2579 Site: www.vigiai.net Email: vigiai.net@gmail.com Tiragem: 5.000 exemplares Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos seus autores, e não representam necessariamente a opinião do Informativo. É proibida a reprodução total ou parcial de reportagens, entrevistas, artigos, ilustrações e fotos, sem a prévia anuência dos titulares dos direitos autorais.

Editorial

Sempre é tempo de recomeçar

O

começo do ano de 2013 ficará marcado por tristezas. Nos primeiros dias de março, tivemos o falecimento do presidente da Venezuela, Hugo Chaves, motivo de lamento do conhecido homem de Deus, Ariovaldo Ramos, e de milhões de venezuelanos e admiradores no mundo inteiro. Eu ainda convivo com o martírio em nossa família, tendo em vista o filho caçula (diagramador deste informativo) estar internado no Hospital do Câncer AC Camargo, em São Paulo-SP. E as águas de março continuam fazendo vítimas... A eleição do papa argentino também marcou o primeiro trimestre de 2013 com uma proposta clara de piedade e espiritualidade. A tragédia em Santa Maria, cidade estudantil do Rio Grande do Sul foi o fato mais chocante do trimestre, ainda existem jovens internados! A Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira deslocou dezenas de missionários para ajudar no aconselhamento dos moradores de Santa Maria, pois todos também foram vítimas do incêndio. Destacamos o trabalho promovido pela Rádio Trans Mundial, que já entregou mais de

dez mil livretos “Presente Diário” e pretende atingir a quantidade de cem mil, cobrindo, assim, toda a população da cidade. Em janeiro, foi realizada a 93ª Assembleia da Convenção Batista Brasileira, em Aracaju – SE, comemorando os 100 anos dos batistas no solo sergipano. Foi um momento muito especial na vida dos batistas e estão em destaque em uma reportagem fotográfica. A Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira uniu os batistas brasileiros através de uma série de Congressos. Missões pulsam no sangue e no coração dos batistas, o destaque foi o Congresso realizado em São Paulo e que contou com a presença da Missionária Renata de Oliveira (capa) que nos deu uma boa entrevista. Nossos articulistas continuam muito inspirados, vale a pena conferir! Três igrejas são destaques nesta edição. Belos projetos na graça do Senhor. Pastoras batistas, uma realidade. Já são mais de uma centena de vidas que abraçaram a Causa na pregação do Evangelho do amor de Jesus.

Vital Sousa Presidente da Igreja Batista no Bonfim Taubaté – SP

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. (Mateus 26:41 e Marcos 14:38)

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 4

02/04/2013 23:06:32


Sumário Sumário IB Liberdade

Pastoras

Capa

Junta de Missões Mundiais

página 38

SIB Manaus

página 17

PIB Vila Formosa

Batistas investem em vidas para viverem Jesus no mundo inteiro! página 10

Santa Maria precisa de um Presente!

página 06

PIEB Canavieiras

página 08

Reportagem Fotográfica

página 26 página 25

Articulistas 16 Pr. Isaías Lins: “Habemus pastoras filiadas na OPBB” 19 Pr. Geraldo Farias: “Alpinistas conjugais: o outro é seu everest!” 20 Pr. David Botelho: “A teologia do cachorro e do gato”

22 Pr. Evaldo Rocha: “Notoriedade versus significância” 23 Pr. Aurélio Rosa: “O exercício efetivo de Propósitos na IBPC” 27 Pr. Elias Valentim: “Crises no pastoreio – a dificuldade de trata-las” Novembro 2012 * Vigiai--5 5 Abril de de 2013 * Vigiai

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 5

02/04/2013 23:06:40


Igreja em Destaque

A

pós três anos de oração e busca do direcionamento de Deus para escolha de seu novo pastor, a SIB Manaus deu posse, no dia 02 de fevereiro, ao Pr. Cleber Sebastião Faria de Souza, em um culto de gratidão marcado pela emoção e alegria da igreja local, convidados, pastores e família pastoral. Naquela ocasião a mensagem de posse foi proferida pelo pastor da Igreja Batista Missionária no Maracanã, RJ, Pr. Alexandre Aló, amigo pessoal do Pr. Cleber Souza, que o encorajou a caminhar cumprindo a vontade de Deus, sempre animado por Suas promessas de esperança e por Sua Palavra que inspira e orienta os que são chamados para o ministério. O Executivo da Convenção Batista do Estado do Amazonas, Pr. Teodorio Soares de Souza, participou da programação e saudou a família pastoral com palavras acolhedoras, ratificando seu desejo de apoiar o ministério do Pr. Cleber e convidando-o a continuar firme com a SIB Manaus, apoiando a convenção estadual. Pr. Cleber é casado com Claudia Souza e o casal tem dois filhos: Priscila (21) e Lucas (19). O casal é oriundo do Rio de Janeiro e foi, por 16 anos, missionário da Junta de Missões Nacionais, onde atuou

SIB Manaus

na plantação de igreja e na coordenação e gerência regional de Minas Gerais e Rio de Janeiro respectivamente, no período de 1996 a 2012. As festividades na SIB Manaus no primeiro final de semana de fevereiro, além do Culto de Posse Pastoral, celebraram as comemorações do 92º aniversário da igreja local. Foram dias festivos e de muita gratidão a Deus por tantas vitórias e bênçãos alcançadas pela Igreja, realização de batismos e pela pregação do evangelho da graça naqueles dias, encorajando pessoas a receberem a Cristo e outros a tornarem-se membros da igreja pelo batismo. A SIB Manaus é uma igreja amorosa e acolhedora. Fica no centro da cidade de Manaus, em frente à Praça da Saudade e sempre estará de portas abertas para receber e acolher os que querem ouvir e aprender de Sua Palavra, bem como influenciar sua comunidade com a mensa-

gem do evangelho. É uma igreja extremamente missionária e vários membros adotam missionários de JMM e JMN, bem como a própria igreja. A SIB Manaus comissionou e enviou as Radicais latino-americanas Thaís Martins (2012) e Érika Freitas (2013) e, ainda, a Radical Amazônia Priscila Maressa, (2013) filha do pastor Donaldo (líder do projeto Radical AM), sendo este também adotado pela igreja. O ciemista Anderson Tiago também é apoiado pela SIB Manaus. A Igreja possui três Congregações, sendo uma delas, projeto da JMN em Tabatinga - AM e, fielmente, envia as ofertas missionárias às agências missionárias, bem como o plano cooperativo.

Em sua palavra, no dia da posse, o Pr. Cleber lembrou à igreja local sobre a necessidade de viver o evangelho da graça de Cristo de forma coerente, bíblica e com compaixão, a fim de alcançar muitos para Deus na cidade de Manaus e, ainda, convocou todos que desejam cooperar com a propagação do Reino de Deus em Manaus, para juntos à família pastoral, buscarem orientação de Deus no cumprimento da missão de fazer Cristo conhecido e adorado na cidade.

66- -Vigiai Vigiai ** Abril Novembro de 2012 de 2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 6

02/04/2013 23:06:46


Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 7

7

02/04/2013 23:06:47


Igreja em Destaque

PIB EM VILA FORMOSA AMPLIA TRABALHO MISSIONÁRIO

A

Primeira Igreja Batista em Vila Formosa decidiu ampliar sua visão na área de missões no ano de 2013 e estará aumentando sua participação. Além da participação nas campanhas das Juntas de missões nacionais e mundiais, passou a ajudar no sustento do casal de Missionários Márcio e Marta no Paraguai, Pr. Pedro Portela e Meire no trabalho em Camambu – BA, e no dia 03/02/13, com muita festa no culto a noite, assinou um convênio para auxiliar a Primeira Igreja Batista no Jardim da Conquista (região muito carente da Zona Leste da capital paulista). A PIB Vila Formosa teve a iniciativa depois de acompanhar as dificuldades dos queridos irmãos naquela localidade e convidou a ABAMSUL (Associação Batista Missionária) para esta parceria na área financeira, recebendo também este apoio. O convenio visa não só o apoio financeiro mas, principalmente, nas áreas de Educação Cristã, quando estaremos fornecendo literatura para EBD, departamento infantil. Trabalharemos também na capacitação de

lideres, ajudaremos em programações evangelísticas e, ao final de 12 meses, vamos avaliar os resultados para decidir da continuidade ou não. Este convênio estabelece direito e deveres para todos os envolvidos. Para que a festa fosse completa, a PIB Vila Formosa também deu posse, agora com tempo Integral, ao Pr. Adilson de Souza Brandão. Depois de orar e concluir que se fazia necessária esta decisão, Igreja e Pastor decidiram que é o tempo oportuno para estas realizações entendendo primeiramente que é vontade de Deus. Sabemos que ainda é pouco, mas já é o inicio de uma grande conscientização na Igreja. E, finalmente, para mostrar que não basta ajudar ou contribuir, mas temos que participar, tivemos o lançamento de uma grande campanha de Evangelização na região onde esta localizada a Igreja, em que o alvo nos próximos dois anos é ter um crescimento de 50% no número de membros só através de conversões e batismos, não levando em conta neste percentual o recebimento de membros de outras Igrejas.

Adilson de Souza Brandão Pastor – Titular Email: pastor@batistavilaformosa.com.br

Em toda estas obras não podemos esquecer que DEUS SEJA LOUVADO! Vigiai**Novembro Abril de 2013 8 8-- Vigiai de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 8

02/04/2013 23:06:52


Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 9

9

02/04/2013 23:06:55


Entrevista

Batistas investem em vidas, para viverem Jesus no mundo inteiro! POR VITAL SOUSA

uando a Convenção BaQ tista Brasileira (CBB) apresentou o seu tema “Valo-

rizando a nova geração” para este ano, na Assembleia em Aracaju, eu vibrei. No entanto, fomos surpreendidos com o acontecido em Santa Maria, Rio Grande do Sul, 231 mortos (todos jovens) em um incêndio, em uma boate na madrugada de 27 de janeiro de 2013. Todos nós, que estávamos na Assembleia da CBB, ficamos entristecidos e oramos muito pelos familiares dos jovens de Santa Maria; em meio aos

trabalhos da Assembleia, que aconteceu no período de 25 a 29 de janeiro de 2013. Pensávamos naqueles jovens e em suas famílias e, por isso, destaquei nesta edição entrevista com uma jovem batista que está fazendo e diferença na vida de muita gente, na África. Em segundos, as oportunidades daqueles jovens fazerem diferença também foram sepultadas. A morte de jovens não é, de forma alguma, o ciclo natural da vida. Registro, através do Vigiai, o meu lamento. Mas, a vida segue...

Vigiai: Como se deu o seu chamado para missões?

Renata: Se deu com 12 anos, quando vi uma missionária pregar na minha igreja, em Jacarepaguá, cidade do Rio de Janeiro - RJ – Igreja Batista Ebenezer. Ela falou do seu trabalho na África e ali o meu coração ardeu por missões. Vigiai: E o que você fez durante sua adolescência e mocidade?

Renata: Eu continuei firme, na minha igreja local, trabalhando com programação de impacto evangelístico, tinha mente para missões urbanas, com atuação em finais de semana e férias. Vigiai: Como foi a voz de Deus na sua vida, especificamente?

Renata: Eu participava muito de Congressos e Acampamentos de Jovens e Adolescentes. Nos cultos, Deus falava comigo. Meu coração me dizendo que eu não tinha mais que fazer planos, mas, dali para frente, deixar que o Espirito Santo me guiasse. Ele tinha outras coisas planejadas para mim, diferentes daquelas que eu tinha planejado: “O coração do homem faz seus planos, mas, a Palavra certa sai da boca de Deus” foi o versículo que falava - e martelava - ao meu coração, à minha cabeça. Vigiai: E, na prática, como foi o seu envolvimento com missões?

Renata: Deus me confrontou, com o projeto Radical da Junta de Missões Mundiais (JMM), da Convenção Batista Brasileira. Um projeto totalmente diferente daquilo que eu tinha planejado para minha vida, pois já tinha

Entrevistar a jovem e bela missionária Renata Santos de Oliveira foi um privilégio, um bálsamo! Eis o resultado do nosso encontro, na tarde de 22 de fevereiro de 2013, no Acampamento Batista em Sumaré-SP. O leitor irá se encantar com a Renata, não tem como não se encantar... A entrevista completa está no YouTube. É só pesquisar: Renata Santos de Oliveira, Missionária da JMM, Sumaré-SP, 22/02/2013.

concluído o meu curso de nutrição e artes cênicas, queria comprar o meu apartamento, namorar, casar, ter filhos... Mas, foi a melhor decisão que já fiz na minha vida: a de abrir mão de tudo em amor a Cristo. Eu me sinto privilegiada por ter respondido sim - ao chamado de Cristo. Vigiai: Depois do seu preparo, onde você foi trabalhar?

Renata: Fui para Moçambique – Dondó – Beira, com a minha turma - primeira turma do Radical Luso-Africano - supervisionados pela Missionária Noêmia Cessito. Vigiai: Como é esse “Projeto Radical”?

Renata: É um projeto onde você deve viver com pouco dinheiro e em comunidade, dar a vida integral para Deus, não se pode namorar nos quatro anos do projeto... Vigiai: É difícil?

Renata: Sim, foi difícil dizer: “Eis-me aqui, para fazer tudo aquilo que o Senhor quiser”. Porque, no nosso dia a dia, dizemos e cantamos, que abrimos mão dos nossos sonhos, dos nossos planos, mas, quando Deus nos confronta mesmo, é difícil abrir mão... Devemos prestar muita atenção naquilo que estamos orando e cantando. Vigiai: Como foi trabalhar em Dondó, Beira, Moçambique, no meio das guerras: Feitiçaria, Malária, Desnutrição e Aids?

Renata: Deus me falou, já aqui no Brasil, que iria trabalhar com a minha profissão: nutricionista. Quando vi as fotos das crianças desnutridas, eu não sabia o que fazer. Quando a primeira entrou no meu Consultório, eu pouco pude ajudar, sentei e chorei muito, porque a crian-

1010- Vigiai * Novembro 2012 Vigiai * Abril dede 2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 10

02/04/2013 23:06:55


ça veio a falecer, dias depois. Orando, eu tive a ideia de fazer uma multi-mistura, uma farinha enriquecida com os produtos da terra, que fosse eficaz para aquele grupo específico de crianças. Vigiai: E o que aconteceu?

Renata: Todas as crianças que passaram a utilizar dessa multi-mistura ganharam peso e não corriam mais o risco de falecerem, não faleceu mais nenhuma... Vigiai: Conta do milagre das latas de leite da Nestlé!

Renata: Foi um milagre mesmo! Pois, eu sonhava com o projeto de pedir as latas à Nestlé. Antes de pedir, recebi a visita de uma funcionária da Nestlé – Sara - e a Nestlé doou, logo na primeira vez, 700 (setecentas) latas de leite. A Nestlé doou dinheiro para fazer a multi-mistura em larga escala e nos apoiou, com medicamentos, latas de leite e, ainda, nos ajudou a montar um Centro de Saúde, um projeto que funciona até hoje - chama-se “Projeto Vida”. Vigiai: O espaço é pequeno... diga o que você foi fazer em São Tomé e Príncipe?

Renata: Fui para trabalhar com as crianças, muitas desnutridas; mas, diferente do que acontece com as crianças de Moçambique, a desnutrição se dá mais por negligência dos pais. Vigiai: Como foi esse projeto “Reviravolta”?

Renata: Foi um projeto para TV: um seriado evangélico, tratando dos problemas sociais do país, estilo “Malhação” da Rede Globo.

tando o projeto, e foi colocado no ar com temas como HIV-Sida e outros assuntos sociais. Ficou em evidência no país inteiro, pois, no país só tinha um canal de TV e era o único entretenimento. Atingimos todo o país. Era transmitido às terças e reprisado aos sábados e acabou passando aos domingos, no horário nobre e no lugar das novelas da Globo. O “Reviravolta” também trabalhou a autoestima das mulheres da Ilha. Vigiai: Noêmia Cessito chegou a Moçambique em meio a uma guerra armada. Hoje, enfrenta a guerra do HIV e a guerra de sempre: a feitiçaria. Qual guerra você espera pela frente?

Renata: Eu também enfrentei a guerra do HIV-Sida, lá em Moçambique, onde mais de 60% da população estava comprometida. Em São Tomé e Príncipe, também tem a guerra do HIV e da feitiçaria. Estive agora no Haiti, participando da Conexão Haiti, com o hinduísmo e a violência local. Eu estou à disposição de Deus. Eu não tenho preparo algum; mas, é Deus quem faz e eu não tenho nenhum impedimento, meu propósito de vida é estar à disposição de Deus e Deus não me decepciona. Vigiai: Dê suas considerações finais...

Renata: O amor de Jesus, revelado na cruz, me constrange. Ele tinha tudo! Ele tinha o Reino, tinha glória; mas, Ele não se apegou a isso. Ele abriu mão de tudo que tinha. Se humilhou e, na forma de servo, foi fiel até a morte e morte de cruz! E se comparar a minha vida e as coisas que abri mão com o que Jesus abriu não é nada!

Vigiai: Como aconteceu?

Renata: Durante dois anos, ficamos planejando e mon-

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 11

11

02/04/2013 23:06:58


Especial

Batistas investem em vidas, para viverem Jesus no mundo inteiro! POR VITAL SOUSA

Pr. Adilson dos Santos rodeado por congressistas que aceitaram o desafio de serem missionários, missionários que querem ir e os missionários que vão ficar sustentando em orações e financeiramente

Síntese da mensagem do Pr. Adilson Santos

Acampamento de Promotores Voluntários da JMM - São Paulo 2013

P

r. Adilson dos Santos encerrou o Acampamento de Promotores Voluntários de Missões Mundiais de São Paulo em Sumaré na manhã de domingo, 24/02/2013. Ao término dezenas de voluntários dedicaram suas vidas ao serviço missionário, uns comprometendo-se em ir, outros em ficar, orando e contribuindo, conforme foto acima. Em poucas palavras vamos sintetizar as suas palavras que foram iniciadas discorrendo das experiências que passamos são um diferencial de Deus, sendo Deus um manancial inesgotável para nos trazer algo novo, abrindo a nossa mente, apontando caminhos, novas direções, dentro da sua misericórdia, cuidando e mexendo com o nosso coração e vida. Trouxe a meditação em Mateus 9:35-38. Enfatizou em sua meditação: a) Saia deste acampamento tendo o Senhor Jesus Cristo como modelo, olhando o estilo Jesus de ser, de interagir, de caminhar, de servir e principalmente a maneira de Jesus de doação; b) Jesus foi ao extremo, de dar a sua pró-

pria vida por nós dando a sua vida, Ele não desistiu de nós; c) Tenha em Jesus o seu estilo de ser missionário; d) Jesus tem a visão do mundo todo, Deus não se contenta nada mais, nada menos do que o mundo todo aos pés do Senhor Jesus Cristo; e) Não é justo que um grande grupo ouça a mensagem do Evangelho várias vezes e outro grande grupo passe pela vida sem ouvir a mensagem do Evangelho nenhuma vez; f) A gente não pode usar desculpa por causa da falta de dinheiro, pelo idioma, porque é longe, porque tem perseguição, porque tem doença, a gente tem que pagar o preço de levar este Evangelho em todos os lugares do planeta, aqui e lá, ao mesmo tempo; g) A nação no planeta hoje que mais tem condições de levar o Evangelho em todo mundo é a nação chamada Brasil; h) Queira Deus que você saindo deste evento, se Deus não te chamar para ir até lá, você fale: eu vou chegar lá de joelhos.

E concluiu: a) Deus capacitou você com dons, dons espirituais, tem coisa que a gente não consegue fazer, só consegue porque estamos com Deus, isto é dom espiritual; O diabo vai dizer que você não serve, ele é mentiroso, vai mostrar a sua folha corrida de pequenos, mas, o Espirito Santo também fala e Ele não é mentiroso, diz: não se preocupa não, tá debaixo do sangue de Cristo, está lavado, alvo mais que neve, com o sacrifício de Cristo estamos cobertos; b) E fez uma oração: desafiando aqueles que não querem dar ouvidos ao mentiroso, desafiando aqueles que querem pagar o preço e ir pregar onde ninguém nunca pregou e 39 irmãos se comprometeram; desafiou os que ficam, nós valorizamos os que saiam, achando que eram mais, mas, os que ficam são tão importantes quanto aos que vão, porque todos somos vocacionados, o problema é ficar negligente, que fica também recebe galardão... que fica do jeito de Jesus!

1212-- Vigiai * Novembro 2012 Vigiai * Abril dede 2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 12

02/04/2013 23:07:03


o ficar

013

ns essegue Deus, r que trar a pirito o, diz: ue de com o

queles iroso, preço u e 39 s que chanão tão todos negli.. que

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 13

13

02/04/2013 23:07:05


As diversas formas de fazer missões! Faça!

14

- Vigiai * Novembro de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 14

02/04/2013 23:07:08


Especial

Batistas investem em vidas, para viverem Jesus no mundo inteiro! POR VITAL SOUSA

Jovem missionária radical que inicia sua carreira em missões mundiais e belo casal que se aposenta depois de 40 anos no campo missionário no exterior

U

m hiato preenchido de 40 anos entre a juventude e a idade madura, porque Deus não faz ditongos em missões. O trabalho constante e a renovação com responsabilidade são as marcas da Junta de Missões Mundiais (JMM) da Convenção Batista Brasileira, é a pronúncia de que Cristo salva através do testemunho marcante no trabalho social, esportivo, beneficente, mas, sobretudo com o anúncio da Palavra como prediz as Escrituras. O relatório da JMM 2012 é enfático, assim diz Jaci Madsen, Diretora de Comunicação e Marketing da JMM: 1) Batistas Brasileiros da JMM estão 69 países, em 2012 entramos na Indonésia, Vietnã, Benin, Camarões, Chade, Togo e Serra Leoa; 2) 141 novos obreiros foram enviados em 2012, totalizando 755 missionários em todo mundo, dos novos, são 16 temporários, 24

efetivos, 34 radicais e 67 obreiros da terra (autócnes); 3) Estão sendo selecionados 140 novos missionários e foram treinados em 2012 96 missionários, meta para o final de 2013: 900 missionários; 4) Em 2012 foram 10.301 conversões, 2.803 batismos e 1.617 frentes missionárias e 33 novas igrejas organizadas; 5) No Haiti foram construídas 3 novas igrejas em 2012, 2 novas unidades do PEPE e uma escola para 100 alunos, fruto de três caravanas médica e de construção; 6) O programa radical trás resultados animadores, no Radical África foram enviados 31 jovens (Senegal, Níger, Mali e Guiné) e estão em treinamento mais 11 jovens no Brasil; 7) A JMM através do Radical Peru enviou 6 turmas em 2012 para trabalhar na selva peruana durante um semestre plantando igrejas;

8) Os novos desafios do programa Radical são: Haiti, Sênior e Europa e Ásia; 9) Com 10 anos o projeto PEPE (Programa de Educação Pre Escolar), implantou 250 unidades em 21 países, com mais de 8 mil crianças matriculadas; 10) Em 2012 foram 512 missionários voluntários, meta é de 1.000 voluntários em 2013; 11) Em 2012 foram visitadas 2.400 igrejas, foram realizados: 9 Acampamentos de Promotores, 4 Acampamentos de Pastores, e 177 Congressos Conexão Missionária. São 105 anos fazendo missões no mundo inteiro. Os batistas brasileiros são o principal grupo evangélico brasileiro fazendo missões no exterior. Todos nós fazemos parte desta história, porque os batistas investem em vidas, para viverem Jesus no mundo inteiro!

15 Novembro 2012**Vigiai Vigiai -- 15 Abril dede2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 15

02/04/2013 23:07:11


Pr.

I saías Lins

N

HABEMUS PASTORAS FILIADAS NA OPBB

R

esolvi trazer este tema, embora inusitado, mas, muito em voga ultimamente, quando o mundo inteiro voltou os seus olhares para a eleição do novo Papa, e, após aparecer aquela famosa e tão esperada por tantos, fumaça branca, se ouviu uma proclamação de uma frase que iniciou com a palavra em latim, "habemus", aquela proclamação dita, seria para anunciar que já havia sido eleito mais outro papa, todavia, a palavra "habemus" aqui, nesta palavra usada por mim, agora, é também para anunciar, que existem nada menos do que "SETE" ( 7), pastoras batistas, inscritas legalmente e, consagradas legalmente, nos termos estatutários e regimentais da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil - OPBB, e, ainda mais, dentre essas pastoras queridas, uma delas, foi também eleita como membro integrante da Nova Diretoria, eleita, legitimamente em Assembleia Geral da OPBB, numa pacífica eleição realizada em Aracaju, por ocasião do Congresso dos Pastores Batistas, em dias que antecedeu a Assembleia Geral da Convenção Batista Brasileira. Alguém tem duvida disso? Estou salientando alguma novidade? Pois bem, considerei pensar sobre este tema muito interessante agora, e, ao participar da Reunião do Conselho Geral da CBB, na condição de Conselheiro e um dos integrantes da Comissão Jurídica da CBB, ao ouvir informações importantes, tomei conhecimento de que em janeiro de 2014, quando da realização do Congresso dos Pastores na Cidade de João Pessoa, no Estado da Paraíba, este assunto será trazido à baila, para a OPBB, decidir, se vai querer ter ou não, "mulheres pastoras" em seus quadros. Ora, Senhores Pastores, não há mais o que decidir, vez que já está

decidido, desde quando a OPBB, deliberou e autorizou e, em consequência inscreveu, filiou e credenciou as queridas "sete" (7) pastoras, legitimando-as como "membros efetivos" da OPBB, assegurando-lhes direitos que lhes são irrenunciáveis, são direitos individuais, não são direitos dos Nobres Pastores, mas, direitos das queridas colegas pastoras, legalmente membros de nossa Ordem de Pastores, atendendo a todas exigências estatutárias e regimentais e, existem princípios constitucionais que haverão de ser respeitados. Como se vê no Ordenamento Jurídico Brasileiro, artigo 1º, inciso III da Constituição Federal, a dignidade da pessoa humana, é um princípio fundamental, inerente a todo ser humano, sem distinção de origem, raça, sexo, cor e credo. O Nobre jurista Nelson Rosenvald, no seu livro Dignidade Humana e Boa-Fé no Código Civil, p.3 diz claramente: "o ser humano é digno de respeito pela eminência de ser livre...! O que demonstra que este princípio está interligado a duas garantias fundamentais previstas na Constituição Federal(artigo 5º., caput), o da liberdade e igualdade.” Ora queridos leitores, do mesmo modo, dispõe a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em seu artigo I, in verbis: "Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade". Assim pois, devemos sentir e pensar, que todo ser humano nasce livre e sendo a dignidade pressuposto fundamental da liberdade e igualdade, constata-se que não existe pessoa sem dignidade. A dignidade é um atributo natural que advém da essência de cada ser humano. O ensino da ilustre doutrinadora de Direito, Dra. Giselda Hironaka, no

seu livro Responsabilidade Pressuposta, apud Nelson Rosenvald, Dignidade Humana e Boa-Fé no Código Civil, São Paulo: Saraiva, 2005, p. 10, nos remete ao belo pensamento francês de Bernard Edelman, sobre a dignidade como essência da humanidade, quando diz: "Se a liberdade é a essência dos direitos do homem, a dignidade é a essência da humanidade. Ela se apresenta como a reunião simbólica de todos os homens naquilo que eles têm de comum, isto é, sua qualidade de ser humano." Dessa forma, torna-se imperioso ressaltar que nenhuma pessoa pode renunciar à dignidade, posto que, a condição de sua existência é a vida. Sendo a vida também uma garantia fundamental resguardada pela Constituição Federal, artigo 5º., caput e pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, artigo III. Por fim, deixo para a reflexão de todos os queridos leitores, principalmente os membros da OPBB da qual tenho também a honra de pertencer aos seus quadros, que a presença, aceitação e integração das distintas pastoras batistas nos quadros desta OPBB, é irreversível, pois, a nós, não nos é dado o direito de querer agora, ou amanhã, ou, em janeiro de 2014, deliberar se a OPBB vai ter ou não, vai querer ou não, pastoras nos seus quadros, porque este direito é próprio das que já foram inscritas, aceitas e, credenciadas legalmente e, aquelas que ainda não se inscreveram, basta que requeiram, pois, se foram consagradas formalmente nos termos exigidos pela OPBB, não há como negar-lhes o acesso, vez que, os Pastores não irão ferir, mais um princípio constitucional que não citei neste pequeno artigo, que é o Princípio da ISONOMIA, isto é , da igualdade de todos diante da Lei.

isaias andrade lins FilHo, Pastor da Igreja Batista dos Mares - Advogado militante, professor de Direito Constitucional. membro da Comissão Jurídica da Convenção Batista Brasileira. E-mail: isaiasalf@gmail.com

16- Vigiai * Abril de 2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 16

02/04/2013 23:07:11


Nós existimos, na graça de Deus! Somos 136 pastoras batistas!

E temos até uma cantora muito conhecida, Pra. Fernanda Brum!

001 Aida Terrinha Mendes, MG 002 Adriana Garcia de Oliveira, AP 003 Amélia de Matos, PIB de Jales, SP 004 Ana Paula Dorneles da Silva, SP 005 Ana Estevão, PE 006 Andréa Barreto, RJ 007 Ariadne Jane Terrinha Motta, MG 008 Aristina C. Alcântara, MT 009 Cátia Cosme, RJ 010 Célia Maria M.F. Fonteles, MA 011 Clarice Gertrudes Gomes, SP 012 Cláudia Oliveira, MG 013 Claudia, IB Manaim, SP 014 Claudineia Martins, RJ 015 Claudineia S. Anacleto, SC 016 Cleonice Melo, BA 017 Cristiane Queiroz Carvalho, RJ 018 Daniele Coelho, RJ 019 Davina, RJ 020 Débora Quiles M.L. Ferreira, PA 021 Deloni Barrim, SC 022 Delma Magalhães Hertel, DF 023 Denise de Souza Nascimento, RJ 024 Dezilda Nunes, BA 025 Diana Flávia Cavalcanti, PB 026 Diná Alcântara, CE 027 Edeny Assis, RJ 028 Educarmo Pereira Chaves, PE 029 Edileuza Ramos, SC 030 Ednara Dutra, ES 031 Elen Resiguier, RJ 032 Eliane Gonçalves C. Alburqueque, SC 033 Eliane Pinto de Oliveira, AP 034 Elizabete Carvalho Teófilo, CE 035 Elisabeth D. Martins, SC 036 Elizângela N. Fernandez, RJ 037 Elizete da Silva Cindra, RJ 038 Elza Alvarenga de França, PB 039 Eneida Alvarenga Vieira Ramalho, PB 040 Eneide Brito Indalécio, RO 041 Eneide da Silva Pereira Lopes, RJ 042 Érica Andrade, RJ 043 Erica Prudente, Igreja Batista Curuçá, SP 044 Eridinaide A. C. e Silva, PE 045 Evanir Carvalho dos Santos, MS 046 Elisete Napoleão, PIB de Ipanema, RJ

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 17

047 Fabiana Soares, PB 048 Fernanda Brum, RJ 049 Flávia Santos Batista Dias, RJ 050 Genilza Santana Silva Lima, BA 051 Gleice Dorneles S. Santos, RJ 052 Gilmara Alves Carvalho, BA 053 Heliane Silva, BA 054 Hosana Terras Menezes, RO 055 Ilana Mesquita, SC 056 Isabela Calil, RJ 057 Izete Pauer dos Santos Collares, RJ 058 Jakeline da Silva Garcia Reis, PR 059 Jorlene Modesto Silvério, AP 060 Josy Berto Nascimento, RJ 061 July Berto Soares, RJ 062 Leila Apse Paes, SP 063 Lia Ramos, RJ 064 Liane Nepomuceno, PB 065 Linda Rosana Cabral, MG 066 Lúcia Lima, SC 067 Lucia Melo, BA 068 Luciana Aparecida da Silva, SP 069 Luciana Pessanha L. dos Santos, GO 070 Mabel Garcia, SP 071 Marcela de Souza, SC 072 Marcia Silva Santos, MT 073 Maria A. M. Pereira, PB 074 Maria Antonieta R. de Assis, CE 075 Maria Cristina Leandro Bezerra, RJ 076 Maria de Jesus, MG 077 Maria Elena Oliveira Primo, SP 078 Marcia Guitz, CE 079 Marcioni Garcia, RJ 080 Marinalva Gil, SC 081 Mariléa Berto, RJ 082 Mariléa Corrêa Ramos, RJ 083 Marilene Macieira, RJ 084 Marinilsa Maria da Conceição, PE 085 Marlene Freitas, RJ 086 Marli Terezinha Mette, SC 087 Martha C. Rodrigues, RJ 088 Matilde Silva Diniz, SC 089 Maura Ramos O. Alcântara, MS 090 Mirian Sunhog, SP 091 Miriam, RJ 092 Nádia Campos, RJ

093 Nadir Freitas, BA 094 Neusa, IB Manaim, SP 095 Nizete Ribeiro D. Lourenço, RJ 096 Odja Santos, AL 097 Patricia Cléa Gonçalves, SC 098 Patrícia Fernandes do Carmo, BA 099 Queila Julianeli Pereira, DF 100 Rachel de Oliveira Ayres, SP 101 Raquel Viterbo, RJ 102 Rebeca Amaral, BA 103 Rita Eurides Ribeiro Silva, CE 104 Roberta Bember Grisante, SP 105 Rosaura Maria Cozzarin, SC 106 Rose, SC 107 Rosemere Costa da Araújo, PE 108 Rosilene F.O. Galdino, MS 109 Rosinei Bachini de Souza, PR 110 Rosinha (Rosalina) Souza, RJ 111 Rute Queiroz, SP 112 Ruthnea Brim, SC 113 Sarah Conovalov Cabral, SP 114 Selma Leite Nascimento, RJ 115 Selma da Silva Muniz, RJ 116 Sheila Maria da Cunha, RJ 117 Silvana A. Albuquerque, Indonésia e Timor Leste 118 Silvanir Rodrigues, PR 119 Silvia da Silva Nogueira, RJ 120 Symone França, PE 121 Simone X. Araújo, PB 122 Solange Aparecida do N. Silva, PR 123 Sonia Ferreira, SC 124 Suênia Marques S. Silva, PB 125 Tânea Modes, SC 126 Tânia Maria C.D. Sobreira, PI 127 Tereza R.S. Ventura, PR 128 Terezinha Meirelles, PR 129 Valdete Correia, PE 130 Vera Reis, IB Central, BA 131 Viviam Siqueira Ribeiro, SP 132 Wania, RJ 133 Waléria de Melo Barros, CE; 134 Wilma Lopes, PB 135 Wilma de Sousa Gemes, PB 136 Zenilda Reggiani Cintra, DF

02/04/2013 23:07:14


PUB Resolução

18

- Vigiai * Novembro de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 18

02/04/2013 23:07:14


Pr.

Geraldo Farias

ALPINISTAS CONJUGAIS: O OUTRO É SEU EVEREST!

O

casamento tornou-se banal. Nunca se casou tanto e nunca se separou tanto: Foram 351 mil divórcios no Brasil somente em 2010! Comparo aqui, a união conjugal à prática do alpinismo: O Preparo Implica autorização, planejamento, maturidade. Os maiores cuidados no preparo destas atividades nunca serão o bastante. Quanto mais, melhor. Jovenzinhos imaturos preparam-se à exaustão para a festa de casamento, evento social - 400 dias, 4 horas de festa e 6 meses de dívidas, onde nada pode dar errado; já no casamento... As Ferramentas Assim como cordas, freios, mosquetão, magnésio e bússula entre outros, o casamento exige práticas de segurança e equilíbrio: Amor, perdão, compreesão das diferenças e mentoria/discipulado. Vivência da Bíblia, oração mútua, igreja... Riscos Ambos exercícios envolvem adrenalina. Diferente do “Falsobook” – a vida como ela não é, onde as pessoas sorriem plasticamente, exibem vida sem dor,

ostentam beleza e vantagens, a vida relacional exige coragem, ousadia, decisão em compartilhar crises, problemas. Alpinistas lançam-se ao enfrentamento de chuvas, tempestades e trovoadas. Não é para infantís que tenham medo de altura. A exploração envolve perícia e conhecimento do alvo. Passo a Passo Assim como uma escalada a conjugalidade exige paciência para não pular etapas. Um passo leva a outro maior e melhor (amizade, namoro, noivado, casamento, sexo, paternidade...) Numa montanha ou numa parceria, o step by step é o caminho da gratificação: À medida que é içado ao topo, uma paisagem se descortina em experiências significativas.

após uma aventura. A experiência conjugal, a mais profunda das relações humanas, é o melhor espaço para você conhecer-se à medida em que se entrega, confia, se confessa, e se desnuda. É uma viagem intra – na humanidade, afetividade, e espiritualidade. Everest O Everest é a grande ambição dos exploradores: São 8.848 metros a serem conquistados no Nepal/Ásia. Tanto alpinistas como conjuges miram o céu (Cl 3.1). Se o seu marido/mulher é seu “everest”, como você tem vivido sua escalada – usando as ferramentas de segurança, ajudando a superar riscos (Is 41.6; Ec 4.12), progredindo passo a passo, e cooperando para o crescimento a dois? (Sl 121.1).

Incursão Exploradores contam que se conhecem melhor – seus limites, fraquezas e potencialidades

Geraldo Farias de Souza é pastor da IB Selecta - S. Bernardo do Campo/SP, Psicólogo Clínico (CRP 06/88367) e Professor de Teologia; Atua no treinamento e desenvolvimento de líderes e equipes; é conferencista nos temas de casal/família; Casado com Marina e pai de Sarah e Melissa – (11) 996382775; gerafarias@hotmail.com + conteúdo: lideralpinista.blogspot.com

19 Novembro de2013 2012 ** Vigiai Vigiai -- 19 Abril de

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 19

02/04/2013 23:07:15


Pr.

David Botelho

Teologia do Cachorro e do Gato Queridos amigos da obra missionária Queremos apresentar uma mensagem do fantástico livro A TEOLOGIA DO CACHORRO E DO GATO que é "best seller" na outra América. Abaixo está a ideia do livro. "Ouvi algumas pessoas dizerem e, acredito ser verdade: Os cachorros têm donos; os gatos têm funcionários. É por isso que o ser humano atribuiu características como a lealdade, serviço e fidelidade aos cachorros. Mas, aos gatos, características como independência e indiferença. Existe uma história na outra América sobre cachorros e gatos que descreve perfeitamente suas diferenças. Um cachorro diz: “Você me acaricia, me alimenta, me abriga, você me ama. Você deve ser Deus”, Um gato diz: “Você me acaricia, me alimenta, me abriga, você me ama. Eu devo ser Deus.” Estas diferenças entre cachorros e gatos são muito semelhantes à teologia dos cristãos vivida hoje em dia. Nós chamamos de “TEOLOGIA DO CACHORRO” e “TEOLOGIA DO GATO”. O cachorro diz: “Senhor, você me ama, me abençoa abundantemente, deu sua vida por mim. Você deve ser Deus.” Enquanto o gato diz: “Senhor, você me ama, me abençoa abundantemente, deu sua vida por mim. Eu devo ser deus.” Você notou o “d” minúsculo na palavra deus?

Por favor, note que os gatos, ou pessoas com esta teologia, nunca dizem: “Eu devo ser Deus”. Eles sabem que isso seria política e biblicamente incorreto. É por isso que a verdadeira

Teologia do Gato nunca é ensinada do púlpito. Ela nunca é cantada em uma música. Nunca é ensinada em um seminário. Isso acontece porque, enquanto os gatos nunca dizem: “Eu devo ser Deus”, eles falam: “Tudo está voltado para mim”, ou “É tudo em torno de nós! Deus fez tudo isso por nós! A vida existe para nós! Eu não devo ser simplesmente a razão pela qual Deus morreu, mas também pela qual ele vive!” Nós da Horizontes que produzimos o livro e no momento estamos precisando de uma caixa d'água de 20.000 litros, com pé direito de 12 metros, para distribuição usando a lei da gravidade. O custo é de R$ 20.000,00 e aos que investirem R$ 50.00 neste projeto enviaremos de presente o livro.. Contamos com o seu apoio e pedimos que compartilhe com seus amigos sobre o assunto e o desafie a investir na missão para receber este presente. No amor do Senhor das nações e que nos comanda a levar a sua mensagem até os confins da terra. Cleonice e David Botelho

DAVID BOTELHO é pastor, dirige a V Formation Empreendimentos e Incorporação Ltda. Site: www.vformation.com.br. Tel.: (035) 3438-2797

América Latina - Bradesco - Agência 1020-0 - Conta 3474-6 20 - Vigiai * NovembroHorizontes de 2012 materiais@mhorizontes.org.br - (35) - 3438-1546

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 20

02/04/2013 23:07:17


Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 21

21

02/04/2013 23:07:18


Pr.

E valdo Rocha

NOTORIEDADE VERSUS SIGNIFICÂNCIA

Z

ygmunt Bauman, em Vida Líquida, afirma que “em contraste com o caso dos mártires ou heróis, cuja fama vinha de seus feitos e cuja chama era mantida acesa para comemorar esses feitos e assim reassegurar e reafirmar sua importância duradoura, as razões que trazem as celebridades para as luzes da ribalta são as causas menos importantes de sua ‘qualidade de conhecido’. O fator decisivo nesse caso é a notoriedade, a abundância de imagens e a frequência com que seus nomes são mencionados nas transmissões públicas de rádio e TV e nas conversas privadas que se seguem” (p.68). Diante desta declaração, podemos afirmar que o comportamento da sociedade líquida em que vivemos tem afetado cada vez mais comunidades de fé e líderes espirituais, que através de um discurso piedoso escondem um desejo por notoriedade. Como o filósofo irlandês George Berkeley afirmou “ser é ser percebido” (esse est percipi). Na pós-modernidade, esta frase tem adquirido contornos exagerados fazendo com que as pessoas busquem uma posição para desfrutarem do status de serem pessoas de verdade. O cenário evangélico brasileiro - como está configurado nos dias atuais – tem acompanhado esta visão, no que tange ao desejo de ser percebido, o que mostra um equívoco no foco dentro da ótica do evangelho de Jesus. Assim sendo, gostaríamos de refletir so-

bre seis questões relevantes: A primeira aponta para o fato de que a busca por notoriedade é um desejo que não indaga sobre dignidade ou valor, enquanto significância é a manifestação natural de um posicionamento digno de ser aplaudido (II Jo 1.2-3). Lamentavelmente, podemos perceber que algumas pessoas que desfrutam do ambiente da fé estão desenvolvendo suas vidas, bem como seus ministérios sem a dignidade proposta pelo evangelho de Jesus. A segunda aponta para o fato de que notoriedade pode ser fruto da propaganda ou artifícios midiáticos comuns à vida contemporânea, enquanto significância nem sempre possui letreiros luminosos, se materializando na vida das pessoas por virtudes interiores que as tornam luminosas. Somos exortados por Jesus a sermos luz e sal no cotidiano (Mt 5.13-14). No Reino de Deus, todos são chamados “a brilhar através do bom testemunho” para que assim o nome de Deus seja exaltado (Mt 5.16). A terceira aponta para o fato de que notoriedade nem sempre é acompanhada pelo que é honroso, enquanto significância sempre transborda na vida de quem assumiu o compromisso de não negociar seu caráter. De fato, Jesus nos ensinou sobre significância e não sobre notoriedade (Mr 10.43), mas alguns ainda estão se comportando como Tiago e João que focaram sua atenção numa posição em dado momento de seus ministérios (Mr 10.35-37), aprendendo o contrário, a duras penas, na continuidade de suas vidas. A quarta aponta para o fato de que notoriedade envolve tantas vezes um momento episódico de fama para depois prevalecer

o esquecimento, enquanto significância valoriza o legado que se constrói no dia a dia para depois prevalecer uma influência duradoura. Dentro do ensino da Palavra de Deus, devemos ser pessoas que influenciam outras pessoas (II Tm 2.2). Devemos ser servos focados em cumprir nossa missão no mundo (Lc 4.18-19). Devemos trabalhar para sermos como aqueles que partiram desta terra, e foram lembrados pelo zelo para com o evangelho e não como os que obtiveram um momento de fama (II Tm 4.6-8). A quinta aponta para o fato de que notoriedade revela o desejo pelo pedestal irreal para ser percebido, enquanto significância revela o valor de ser em Deus para uma existência benfazeja (Gl 2.20). O evangelho de Cristo sempre nos convoca a sermos tudo aquilo que Deus deseja e a enfrentarmos a “correnteza da vaidade”, que tenta nos arrastar para longe do “porto da significância”. A sexta aponta para o fato de que notoriedade clama por admiradores que venham sustentá-la, enquanto significância surge naturalmente sem intenções egoístas. A notoriedade de Jesus se fundamentava em sua autoridade (Mt 7.28-29), já a notoriedade dos fariseus e mestres da lei se fundamentava na autoexibição e na ostentação. Somos convocados no evangelho de Deus a um estilo de vida que trabalha em favor do próximo, que demonstra o amor do Pai, que celebra aquele que vive pelos séculos dos séculos e faz sucesso através da significância.

eValdo roCHa é pastor da Primeira Igreja Batista em Seropédica no Rio de Janeiro. Casado com a psicopedagoga Elizabeth Rocha e pai de André. Formado em Teologia (STBSB-RJ), em História (Faculdade Castelo Branco – RJ) e Pós-Graduado em Ciências da Religião (IBEC e Faculdade Gama Filho- RJ). Autor do livro Vivendo de Forma Equilibrada – o alfabeto da vida saudável. Site: www.evaldorocha.com. Contatos pelo e-mail: evaldonrocha@uol.com.br

22--Vigiai Vigiai * Abril dede 2013 22 * Novembro 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 22

02/04/2013 23:07:19


pr.

A urélio Rosa

O exercício efetivo de Propósitos na IBPC

dos que eu vos aliviarei". Nós crentes sabemos que o maior alívio que qualquer pessoa pode ter é a salvação dos seus pecados, entretanto, na hora que uma criança ou um adulto está com fome, sede e frio, o que eles menos se preocupam é com a salvação para a vida futura no céu. Eles estão preocupados com a situação imediata, que é "encher a barriga". Nós já tivemos o privilégio de constatar isso quando, às quartas-feiras, (antes do culto de oração) 30 minutos antes do horário de servirmos os jantares para a comunidade, já tem uma fila extensa aguardando a abertura do portão da igreja. É um desafio enorme exa IBPC, nós abraçamos Propósitos com todas plicar para os crentes que missão da igreja não é soas forças e isso passou a ser um norte para termente dar comida espiritual , mas também física e, mos também uma vida com propósitos. Rick para os necessitados, que a missão da igreja não é dar Warren acertou em cheio quando percebeu a necessisomente comida física, mas também espiritual. Essa é dade de compartilhar com o mundo através de seu liuma equação de difícil solução. Mesmo sendo enorme vro "Uma Vida com Propósitos", após o seu livro "Uma o desafio, como ser igreja local e fazer de conta que não Igreja com Propósitos". se vê o que acontece em volta? Quem disse que igreja é Em frente ao nosso templo surgiu uma comunidasó do lado de dentro do templo? de carente composta de pessoas muito interessantes e Na IBPC, estamos nos esforçando para equalizar os sensíveis à presença da igreja do ponto de vista social. O 5 Propósitos: ADORAÇÃO, COMUNHÃO, EDIFICAgrande desafio para os crentes e também para os comÇÃO, EVANGELISMO e SERVIÇO. A nossa sistematipanheiros da comunidade é justamente entender a dização trabalha com todos os propósitos. ferença e proximidade entre o social e o evangelístico. A cada dia temos sido surpreendidos com as bênçãos Existe uma equação um pouco difícil para resolver: de Deus para resolver a nossa equação de, sem dinheiro, AMOR + DINHEIRO + SERVIÇO = ATENDIMENnos relacionarmos com valor e qualidade com os domésTO. A igreja precisa ter: amor, dinheiro e serviço para ticos da fé e também com àqueles que precisam da igreja atender às necessidades. Necessidade não espera, pois de Cristo para esse tempo. Não ficamos passando de larquando se está com fome ou go ou ficando no "faz de conta". qualquer outro problema não Ser igreja pequena é muito dihá tempo para aguardar se fícil, um grande desafio. Mas as Adoração, Comunhão, reunir os recursos financeiros igrejas pequenas também são de Edificação, Evangelismo necessários. Amor é natural Cristo, não somente as grandes. porque ele nasce com a igreSomos uma igreja pequena e Serviço ja e a igreja só nasce porque e apaixonada por Cristo. Temos existe o amor. certeza absoluta de que Jesus é O dinheiro vem para a igreja de diversas formas: apaixonado por nós e pela nossa Comunidade. É Jesus DÍZIMOS; OFERTAS DESTINADAS E NÃO DESTINAquem tem nos ajudado e também levantado igrejas e DAS; CAMPANHAS; PARCERIAS; ETC... , mas, como irmãos para nos ajudar a sermos relevantes na aprefazer quando nem o dízimo vem? A equação do baixo sentação do Jesus salvador, completo e único no Parpercentual de dizimistas não é tão impactante nas igreque do Carmo. jas grandes porque mesmo sendo pequeno, ele resulta No próximo dia 25 de abril estaremos completanem um valor que "paga as contas" e isso é o que impordo 15 anos de organização. Temos perguntado: "Como ta!!??. Por outro lado, nas igrejas pequenas, o valor reagradecer a Jesus o que fez por mim? Bênçãos sem mesultante "não paga as contas". Pode parecer óbvio isso, dida, vem provar o seu imenso amor por mim......" mas há uma total indiferença para essa realidade óbvia. Venha celebrar e agradecer a Deus conosco nos dias As diversas comunidades existentes próximas às 27 e 28 de abril por essa rica bênção de estarmos sobreigrejas não estão nem um pouco preocupadas com o vivendo como igreja de Cristo e com Propósitos claros e problema acima, pois esse problema deve ser resolvidefinidos para o Reino de Deus. Somos uma igreja "adodo pela obra da COOPERAÇÃO. As comunidades estão lescente", mas com visão e atitude de gente grande. preocupadas com as suas necessidades e com a proVamos juntos lutando contra o nosso inimigo comessa que Jesus deu e que é pregada pelas suas igrejas: mum. "vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimiSomos IBPC com você!

N

AURÉLIO ROSA é pastor titular da Igreja Batista em Parque do Carmo, São Paulo/SP.

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 23

Novembro 2012 * Vigiai--2323 Abril de de 2013 * Vigiai

02/04/2013 23:07:20


do Par ticipe

Pr

ógico

oecol i s s i M o t oje

asil). aima (Br r o R e la 014. e ena) de 2 , Venezu z a n in ia u u q ª 1 G ( s na eiro Estaremo m missão em jan e s ta. Estaremo de "pesca" Aber ! a d e parceria Tempora om suas orações sc ta Contamo arceiro! o Boa Vis p ã s o s is s o M n Seja gico issioecoló voce! M o t je o r P para ma vaga Temos u

Contato: 24 - Vigiai * Novembro de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 24

PR. Gilson Fontes da Cruz www.missaoboavista.com.br prgilson7@gmail.com Tel. (45) 3224 6032 02/04/2013 23:07:22


Igreja em Destaque

S.O.S. Brasil Batista!

Canavieiras – Bahia

Ajude-nos, pelo amor das crianças, pelo amor de Deus! Igreja Batista com ONG registrada no Ministério da Justiça pede ajuda!

Rua General Pederneiras, 485 E-mail: faustorebelo@yahoo.com.br Telefones: (73) 3284.1075 / 9966.2878 A conta da ONG: Banco Bradesco Agencia 3015 - 5 C/C nº 15898 - 4

Novembro 2012 * Vigiai--2525 Abril de de 2013 * Vigiai

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 25

02/04/2013 23:07:26


Especial

Santa Maria precisa de um presente! ASSISTA O VÍDEO NO YOU-TUBE Pesquise: Santa Maria - RS precisa de um Presente COMPARTILHE E FAÇA PARTE DESTA CAMPANHA

A

equipe da Rádio Trans Mundial chegou à cidade de Santa Maria sete dias depois da lamentável tragédia que ceifou a vida de mais de duas centenas de jovens. A comoção atingiu não apenas a cidade, mas todo o nosso país. Encontramos uma população perplexa e ainda tentando responder tantas questões que inquietam a alma e nos roubam o sono da noite. Quando chegamos ao local da tragédia encontramos milhares de pessoas paralisadas diante do “memorial do horror”. Familiares, amigos, vizinhos, professores e colegas das vítimas – todos estendiam seus olhares de incompreensão, tristeza e revolta pela realidade tão cruel que não queria abrir mão da sua presença não desejada. Na madrugada de sábado para do-

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 26

mingo, uma multidão se aglomerava nas ruas. Apesar do grande número de pessoas, era possível ouvir os passos lentos daqueles que caminhavam, sem destino certo. Diante desse cenário apocalíptico nossa equipe quebrava o silêncio da noite com abraços, frases de conforto e afagos para todos os que estavam desolados. Foi emocionante ver como as pessoas estavam receptivas, amigáveis e carentes do conforto que vinha do povo de Deus. Cerca de 25 pastores e 130 irmãos das igrejas da cidade distribuíram 10.000 Devocionais Presente Diário, após terem sido treinados durante todo o dia com as ferramentas de Capelania Escolar e Hospitalar. Graças a esta ação, era possível ver todas as pessoas saindo do local da tragédia com um devocional. Certamente Deus irá potencializar aquele trabalho e fazer com que sua palavra complete de forma especial a obra que o próprio Deus deseja fazer nas vidas dessas pessoas que estão sofrendo tanto neste momento. Nós queremos enviar mais Devocionais e Bíblias para que as Igrejas da cidade de Santa Maria tenham condições de alcançar a população com porções da Palavra de Deus. Diante disso, queremos desafiá-lo a fazer uma oferta especial para a Campanha "Santa Maria Precisa de um Presente". Todos os recursos serão destinados exclusivamente para este projeto e para cada exemplar doado por você a RTM doará um. Como será: para cada Presente Diário (Especial Santa Maria) que você doar a RTM doará outro. Você pode contribuir com quantos Presente Diário desejar. A mesma quantidade será enviada pela RTM como doação. Entre na loja.transmundial.com.br e contribua.

02/04/2013 23:07:27


Pr.

E lias Valentim do Vale

CRISES NO PASTOREIO A DIFICULDADE DE TRATÁ-LAS

EXERCER A PACIÊNCIA Muitos resultados desastrosos no trato com os problemas tem sua origem na falta de capacidade de sabermos esperar que cada uma das fases se resolva na medida em que as tratamos. Não podemos nos precipitar sob pena de por tudo a perder. Há problemas que se resolvem de uma vez e há outros que exigem tempo, orientação, oração, acompanha“Todo pastor sabe que pode esperar conflitos na igreja. mento, conscientização e cura. Não preMas dizer quando eles virão é outro assunto, e o pastor cisamos mostrar a ninguém que temos sábio deve estar atento para isso” autoridade e que as pessoas nos respeitam quando agimos com rigor. A falta de Speed Leas (1) paciência ou a demonstração de autorias se sentem felizes, perdoadas, alegres e dade desnecessária tem feito alguns perO pastoreio nos coloca diante de situgratas ao pastor por lhes haver ajudado derem o ministério. A paciência era uma ações nas quais nos sentimos em grande e orientado. Num segundo resultado ve- das qualidades que Paulo reconhecia em conflito pessoal até descobrir como agir mos as pessoas simplesmente ignorarem Timóteo (2 Tm. 3.10). A dificuldade é de forma correta diante das situações tudo o que lhes foi orientado e continu- quando aqueles que estão de fora exigem mais comuns ou de problemas intrincaam a agir com indiferença e criando os do pastor uma resposta rápida, uma sodos. Mesmo que os resultados do nosso mesmo problemas ou mesmo pecados lução breve e que muitas vezes nos fazem esforço pessoal sejam pacíficos e se trataque tanto nos incomodam; ou ainda sentir incapazes. mos a questão com imparcialidade, ainda aquela situação em que os elementos HIERARQUIZAR OS PROBLEMAS assim haverá a possibilidade de alguém Não podemos tratar todos os problese levantam contra o pastor e começam sair insatisfeito ou simplesmente abana aliciar outros contra o seu líder; e fi- mas de uma só vez. Se eles são muitos donar a igreja. A prática tem mostrado nalmente, quando eles simplesmente se comecemos pelos mais graves, pelos que é impossível que os problemas deinegam a aceitar qualquer orientação ou mais danosos e assim vamos cuidando xem de ocorrer periodicamente na igreuma a um. Às vezes ao tratar de um ja. O Senhor Jesus já advertia para problema grave resolvemos vários os escândalos afirmando: E disse outros. aos discípulos: É impossível que não As pessoas se sentem venham escândalos, mas ai daquele felizes, perdoadas, alegres e PEDIR AJUDA É sempre bom que tenhamos alguém por quem vierem! Lucas 17:1. gratas ao pastor por lhes Se de um lado gosto de receber haver ajudado e orientado maduro com quem nos aconselhar, o nosso mentor; alguém reconhecidacríticas quanto a minha atuação mente sábio com quem possamos diante da igreja, por outro me sincorreção se afastam da igreja, se consti- compartilhar. Me parece que esse é um to às vezes muito triste com elas porque tuindo num elemento difamador do seu problema porque tememos que o colega revelam as minhas limitações ou insegunos veja como frágeis, inseguros ou que ex-pastor e igreja. ranças quanto à forma de ação a tomar. leve nosso problema para outros. O QUE FAZER? Claro que muitas vezes elas são injustas Primeiro precisamos entender a cau- ESTAR CONVICTO DE SUA MISSÃO e fruto da avaliação limitada dos que as sa e a natureza do problema para não “O ministério pastoral exige um alto infazem e preciso ter a capacidade de disnos precipitarmos. Speed Leas afirma: vestimento emocional, principalmente tinguir entre uma coisa e outra. “Os conflitos na igreja via de regra não em períodos de tensão, e às vezes você De repente nos vemos diante de situprovém de uma causa única, e compre- se pergunta se haverá retorno” (Marshall ações em que precisamos decidir como ender a variedade de causa é crucial ao Shelley)(1). Só poderão responder a essa enfrentá-las. Se com o ensino, com corlidar com eles”. Neste sentido é funda- pergunta aqueles que tiverem convicção reção, com aconselhamento, pedindo mental ouvir os implicados para fazer de sua chamada e estiverem dispostos a ajuda de alguém ou simplesmente ignoo juízo correto dentro do nosso próprio seguir o exemplo do mestre Jesus que rando que o problema existe. limite de compreensão. Tratar dos pro- pela alegria no cumprimento de sua misDiante disso e da forma como tratablemas sem um diagnóstico correto é são “...suportou a cruz, desprezando a mos os problemas tenho observado semcorrer risco de errarmos no tratamento ignomínia, e está assentado à direita do pre três ou quatro resultados. que devemos dar. O primeiro é aquele em que as pessotrono de Deus.” Hb.12.2b. Elias Valentim do Vale é pastor da Primeira Igreja Batista em Sobradinho, São Paulo – SP e 1º Vice Presidente do Lar Batista de Crianças de São Paulo; E-mail: eliasvale@ig.com.br Abril dede2013 27 Novembro 2012**Vigiai Vigiai -- 27

(1) Conflitos e questões Polêmicas na Igreja

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 27

02/04/2013 23:07:28


Reportagem Fotográfica

Assembleia da Convenção Batista Brasileira

Por Vital Sousa texto e fotos

Confira como foi a Assembleia da Convenção Batista Brasileira em fotos - janeiro/2013 – Aracaju-SE Nas páginas seguintes apresento um painel com uma seleção de fotos das Assembleias e de seus órgãos auxiliares. As fotos tentam retratar o momento épico da comemoração dos 100 anos dos batistas em solo sergipano. Gratidão aos nossos parceiros culturais ao lado que viabilizaram esta edição.

Gratidão aos parceiros

- Vigiai * Abril dede2013 2828- Vigiai * Novembro 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 28

PIB em Vila Formosa, São Paulo-SP IB Betel, Brasília – DF PIB em Goiânia, Goiânia-GO IB da Liberdade, São Paulo-SP SIB de Manaus, Manaus-AM Pr Aurélio Rosa, São Paulo-SP Pr Evaldo Rocha, Seropédica-RJ Pr Elias Valentim, São Paulo-SP Pr Adalto Amaral, Rio de Janeiro-RJ Diác Vanias Mendonça, Manaus-AM IB do Planalto, Vila Velha-ES Pr Isaías Lins, Salvador-BA Pr Geraldo Farias, São Bernardo do Campo-SP Rádio Trans-Mundial, São Paulo-SP Colégio Batista Shepard, Rio de Janeiro-RJ IB Bethleem, Vitória da Conquista-BA Ministério Vida Total da Igreja, Santos-SP Editora Cristã Evangélica, S. J. dos Campos-SP Convenção Batista Mineira, Belo Horizonte-MG Convenção Batista Fluminense, Niterói-RJ Dr Gilberto Garcia, São João do Meriti-RJ JMM da CBB, Rio de Janeiro-RJ Missão Ecológica Boa Vista Missão Horizontes, Camanducaia-MG Host Media Center, São Bernardo do Campo-SP.

02/04/2013 23:07:33


Reportagem Fotográfica

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 29

29

02/04/2013 23:07:41


Reportagem Fotográfica

30 Vigiai* *Novembro Abril de 2013 30 -- Vigiai de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 30

02/04/2013 23:07:53


Reportagem Fotográfica

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 31

31

02/04/2013 23:08:01


Reportagem Fotográfica

Pastores participam da Assembleia

Igreja Batista no Planalto Endereço: Rua Rui Barbosa, 105 Planalto - Vila Velha – ES CEP: 29118-350 Telefone: (27) 3326-5733 Pr Joel Bento da Silva

32 - Vigiai Vigiai* Novembro * Abril de de 2013 32 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 32

02/04/2013 23:08:14


Pastores participam da Assembleia Pr. Vagner

Pr. Walmir

Pr. Marcio

Pr. Eliude

Pr. Heralto

Pr. Lauro

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 33

33

02/04/2013 23:08:19


Reportagem Fotográfica

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 34

02/04/2013 23:08:30


Reportagem Fotográfica

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 35

35

02/04/2013 23:08:39


Reportagem Fotográfica

36 - Vigiai * Novembro de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 36

02/04/2013 23:08:56


Reportagem Fotográfica

Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 37

37

02/04/2013 23:09:05


Igreja em Destaque

Em abril de 2013, a Igreja Batista da Liberdade, segunda igreja batista organizada na capital de São Paulo, faz 104 anos! E cada vez mais linda e missionária, para glória do Senhor Jesus!

38 2012 38 -- Vigiai Vigiai* Novembro * Abril de de 2013

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 38

02/04/2013 23:09:11


Novembro de 2012 * Vigiai -

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 39

39

02/04/2013 23:09:16


vigiai_205x275.pdf

1

26/12/12

10:56

(21)

2122-1901

0800 709 1900 40 - Vigiai * Novembro de 2012

Vigiai 7a Edição FINAL COMPLETA.indd 40

02/04/2013 23:09:20

Vigiai 7  

Informaiivo Impresso

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you