Page 1

BRASIL

REINO UNIDO

ESPECIAL

Presidente do Ibama quer diminuir desmatamento para 8 mil km2

Grã-Bretanha endurece regras para imigrantes

London Fashion Week promete planos de ação contra a crise

banda navidad

07

13

21

w w w . b r a z i l i a n n e w s . u k . c o m Londres, 25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Ano 9 / Número 361

Carnaval 2009: desfile das escolas de samba do grupo especial no Rio de Janeiro

N

o domingo, 23, seis escolas abriram os desfiles das escolas do grupo especial do Rio de Janeiro, onde horas antes os foliões já lotavam as arquibancadas da

Sapucaí. Cerca de 120 mil pessoas assistiram aos dois dias de desfiles. As escolas que desfilam no domingo, 22, foram Império Serrano (recém subida para o Grupo Especial e Atual Campeã

do Grupo de acesso do Rio), Grande Rio, Vila Isabel, Mocidade Independente de Padre Miguel, Beija Flor e, para encerrar a noite inaugural dos desfiles, a Unidos da Tijuca.

A Porto da Pedra abriu o segundo dia de desfiles na Marquês de Sapucaí – onde também passaram as escolas de samba Salgueiro, Imperatriz Leopoldinense, Portela, Mangueira e Viradouro. Continua nas páginas 18 e 19

Favoritismo se confirma e Heath Ledger leva Oscar póstumo

C

omo era esperado, Heath Ledger levou o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante por "Batman - O Cavaleiro das Trevas". Ledger morreu aos 28 anos em janeiro do ano passado, devido a uma overdose acidental de remédios. Com sua interpretação como

o Coringa, ele ganhou a grande maioria dos prêmios. Sean Penn levou Oscar de melhor ator, a britânica Kate Winslet recebeu o de melhor atriz e Penélope Cruz garantiu para a Espanha seu primeiro Oscar, como atriz-coadjuvante. Continua nas página 23


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Obama insiste

AP

em união e diz que EUA vão sair mais fortes da crise

No primeiro discurso oficial no Congresso, Obama afirmou que vai reduzir Orçamento.

O

presidente Barack Obama voltou a apelar para a união dos americanos para vencer a crise financeira internacional e afirmou que os Estados Unidos têm o povo mais trabalhador e, por isso, vão "emergir mais fortes do que antes". Obama discursou diante das duas Câmaras do Congresso. "O peso desta crise não irá determinar o destino desta nação. As respostas para os nossos problemas não estão além do nosso alcance. Elas existem nos nossos laboratórios e universidades; nos nossos campos e fábricas; na imaginação dos nossos empreendedores e o orgulho do povo mais trabalhador da Terra. Essas qualidades que fizeram da América a maior fonte de progresso e prosperidade na história humana nós ainda temos em ampla medida. O que é necessário agora é esse país se unir, confrontar com coragem os desafios que enfrentamos e se responsabilizar pelo nosso futuro mais uma vez", afirmou. O presidente voltou a afirmar que seus assessores estão examinando o Orçamento em busca de gastos dispensáveis para reduzir pela metade o défict orçamentário calculado em US$ 1,3 trilhões. Sobre o Orçamento, Obama

afirmou que sua equipe identificou gastos que podem ser cortados e que vão representar economia de US$ 2 trilhões na próxima década. "Nesse orçamento, iremos encerrar programas de educação que não funcionam e acabaremos com pagamentos diretos a grandes agronegócios que não os necessitam", disse, sem detalhar quais áreas de agronegócio terão redução. "Iremos eliminar os contratos sem concorrência que gastaram bilhões no Iraque, e reformaremos nosso Orçamento da defesa para que não paguemos por um sistema de armas da era da Guerra Fria que não usamos mais", afirmou Obama em relação aos gastos com armamento. "Iremos acabar com o desperdício, fraude e abuso no nosso programa Medicare que não deixam nossos idosos mais saudáveis, e restauraremos um sentido de justiça e equilíbrio no nossa arrecadação, finalmente acabando com a isenção de impostos de empresas que mandam nossos empregos para o exterior. Recessão As Bolsas americanas fecharam em alta nesta terça-feira, 24, animadas pelo discurso do presidente do Fed (Federal Reserve, o BC americano), Ben Bernanke,

em que afirmou que a recessão nos Estados Unidos poderia terminar este ano. Bernanke afirmou que a economia americana sofre uma "severa contração" e é preciso utilizar todos os instrumentos disponíveis para que o país saia da recessão em que se encontra desde dezembro de 2007. Ele prevê, no entanto, que a recessão terá fim neste ano e 2010 será "um ano de recuperação", se forem tomadas medidas pelo governo para estabilizar os mercados financeiros. "Se ações forem adotadas pelo governo e o Congresso e o Fed forem bem-sucedidos em restaurar alguma medida de estabilidade financeira há uma perspectiva razoável de que a atual recessão venha a terminar em 2009 e de que 2010 seja um ano de recuperação", afirmou. Por outro lado, ainda nesta terça-feira, o índice Standard & Poor's/Case-Shiller --um dos principais indicadores do mercado imobiliário americano-- referente a este mês mostrou que os preços dos imóveis residenciais no país caíram 18,2% no quarto trimestre do ano passado na comparação com o mesmo período de 2007. Trata-se do maior recuo no índice já registrado nos 21 anos em que a pesquisa é realizada. (AE)


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Última Hora

Europa quer ampliar controle sobre bancos e bolsas Relatório da Comissão Europeia sugere criar três autoridades para compor novo sistema integrado de supervisão

A

União Europeia (UE) precisa de um sistema integrado de supervisão financeira que aponte eventuais problemas e dê alertas sobre os riscos na economia, segundo relatório de um grupo de especialistas quem a Comissão Europeia (órgão executivo do bloco) encomendou uma revisão do modelo vigente de supervisão. A proposta é que o novo sistema fique pronto até 2012 para evitar que uma nova crise de bancos e instituições afete a saúde financeira dos países. O grupo liderado pelo ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) Jacques de Larosière sugere criar três novas autoridades européias, responsáveis pela supervisão das entidades bancárias, de seguros e das bolsas de valores. O relatório será discutido pela Comissão Europeia e os países que fazem parte do bloco antes do encontro do G-20 (grupo formado por grandes economias desenvolvidas e emergentes), em abril. Desde o início da crise, discutese nos EUA e Europa a possibilidade de "estatizar" bancos em dificuldade financeira como saída para a falta de crédito devido à crise mundial. Esta seria uma forma de assegurar que os bancos tenham recursos suficientes para lidar com as perdas de crédito. Os EUA insistem que não querem nacionalizar os bancos do país. Na última terça, o presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, voltou a descartar a nacionalização das instituições financeiras. Os comentários reduziram preocupações de que as maiores instituições financeiras precisem ser assumidas pelo Estado por causa das pesadas perdas que sofreram com a crise global de crédito. Segundo este novo modelo, os supervisores nacionais continuariam responsáveis pela vigilância diária das entidades, e seriam iniciados colégios de supervisores

Ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional Jacques de Larosière.

para os principais grupos multinacionais. Os especialistas, entre eles o economista espanhol José Pérez Fernández, também propõem criar um novo órgão, o conselho europeu de riscos sistêmicos, liderado pelo presidente do Banco Central Europeu e responsável por garantir a estabilidade financeira. Este conselho deverá emitir alertas prudenciais quando perceber que a estabilidade financeira está ameaçada, de acompanhamento obrigatório, e se manter em contato com as autoridades internacionais, como o FMI. Para passar da situação atual, na qual a supervisão é competência exclusiva das autoridades nacionais e os comitês europeus de supervisores têm caráter meramente consultivo, ao sistema integrado de Larosière e seus companheiros propõem um processo em dois períodos. Entre 2009 e 2010, será preciso fortalecer as autoridades nacionais de supervisão, e a Comissão Europeia, em colaboração com os comitês europeus de supervisores bancários, das bolsas de valores e de seguros, examinará o grau de independência dos organismos nacionais. Nesta primeira fase, o Executivo da UE também deve iniciar o processo legislativo para transformar os três comitês citados em autoridades europeias, que contarão com um orçamento adequado, procedente dos cofres europeus.

Também será necessário desenvolver uma regulação financeira na UE, mais completa e harmonizada. Na segunda etapa, entre 2011 e 2012, deverão ser criadas as autoridades europeias de bancos, seguros e bolsa, em cujo conselho estarão os presidentes dos organismos nacionais. Seus máximos responsáveis serão profissionais totalmente independentes e sua designação, para mandatos de oito anos, terá que receber o apoio da CE, do Parlamento Europeu e do Conselho Europeu. Os especialistas sugerem que as decisões destas autoridades tenham caráter vinculativo e também poderão fazer a mediação em disputas entre os organismos nacionais. O grupo liderado por Larosière recomenda que os trabalhos para iniciar esse novo modelo de supervisão comecem imediatamente. Em sua primeira reação após a apresentação do relatório, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, se mostrou de acordo na necessidade de que a UE conte com um sistema integrado de supervisão. Durão Barroso ressaltou que a proposta, inspirada no funcionamento do BCE, não coloca um modelo centralizado e supranacional e disse confiar em que os 27 países-membros sejam capazes de chegar a um acordo a respeito. (Efe, AP e Reuters)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Presidente - Fundador: Horácio Sterling sterling@braziliannews.uk.com Diretor-Geral: Marcelo Mortimer Diretora Administrativa Patricia Zúñiga patriciaz@expressnews.uk.com Editora e Redatora: Paula Medeiros editor@braziliannews.uk.com Direção de Arte e Diagramação: Javier Reyes javierreyes@expressnews.uk.com Edgar Izquierdo Real design@expressnews.uk.com Departamento Comercial: Rogerio Moura Lima rogeriom@braziliannews.uk.com Colaboradores: Cláudia Stoy Daniel Nocera Diego Gazola Betina Oliveira Ednéia Rodrigues Miranda Fábio Brito Fernando Rebouças Marcus Fumagalli Paula Scheidt Randes Nunes Rodolfo Torres Yanna Barbosa LondonHelp4U.co.uk Distribuição: BR Jet Delivery brjetlondon@yahoo.com

Cena urbana Londrina.

Pergunta da semana:

Onde é o melhor carnival de Londres?

Impresso por Newsfax Classificados: classificados@braziliannews.uk.com O conteúdo dos anúncios e classificados não expressa a opinião do veículo e são de responsabilidade dos anunciantes. Brazilian News Unit 28 Skylines Village London, E14 9TS Telephone: +44 (0) 207 987 1692 Fax: +44 (0) 207 987 9840

www.braziliannews.uk.com

Flávia Tavares, administradora. R: Guanabara, pois é original, bem brasileiros!

Fernando Pinto, advogado. R: Guanabra, é a melhor forma de matar a saudade do Brasil.

Itamara Alba Regis, empresária. R: Guanabara, estava muito bom!

Zeca Marques, construtor. R: Não pulo faz tempo, mas todo mundo fala do Guanabara...


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

PMDB se oferece para ver quem paga mais, afirma Simon Após críticas de Jarbas, agora é a vez de outro senador da sigla atacar os ‘métodos de condução’ dos líderes

PMDB se oferecerá a quem pagar mais em troca do apoio, diz senador Pedro Simon.

O

senador Pedro Simon (RS) disse que "o PMDB está se oferecendo para ver quem paga mais

e quem ganha mais" na articulação para a eleição presidencial em 2010. Numa entrevista publicada no jornal O Tempo, Simon

afirmou que o processo de escolha do partido se dará entre a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), ambos pré-candidatos ao Planalto. O senador Simon é um dos líderes da ala favorável a que o PMDB lance um candidato próprio à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Simon criticou os "métodos de condução" do atual comando do PMDB. Disse que a direção "não está à altura do partido". Sugeriu "uma limpa" na legenda e disse que no governo do presidente Lula a maior parte dos correligionários peemedebistas utiliza como moeda de negociação com o governo federal a ocupação de espaço na máquina pública. "Passou a ser a política de quem paga mais. Eles ficam esperando para ver quem paga mais", insistiu o senador. Simon lembrou que a mesma

situação ocorreu durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). "O PMDB fez de tudo para agradar Fernando Henrique e conseguiu ‘carguinhos’. Agora faz a mesma coisa com Lula." Peemedebista histórico, o senador gaúcho foi um dos poucos integrantes da legenda a se solidarizar com as críticas do senador Jarbas Vasconcelos (PE) ao partido. À revista Veja do dia 18, Jarbas disse que "boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção" e que "a maioria de seus quadros se move por manipulação de licitações e contratações dirigidas". A entrevista de Jarbas Vasconcelos deu em nada. A direção peemedebista preferiu não responder. Mas insinuou que o senador pernambucano só a atacou porque ele é candidato à vaga de vice numa eventual candidatura de Serra. As críticas do senador pernambucano à cúpula do PMDB não acrescentaram fatos novos em relação a tudo que se fala do PMDB - um partido fisiológico que abandonou sua história para se apegar a cargos que o

ajudam a se tornar mais forte nos Estados e nos municípios a cada eleição. Mas mostraram Jarbas Vasconcelos em claro confronto com o presidente do Senado, José Sarney (AP), ao qual atribuiu a intenção de transformar a Casa num feudo da família, a exemplo do que acontece no Maranhão há 40 anos. Sarney chegou à presidência do Senado depois de derrotar o petista Tião Viana (AC), que na disputa foi apoiado por Jarbas Vasconcelos. Simon não declarou o voto. O PMDB é considerado o garantidor da governabilidade de qualquer presidente, dado o seu gigantismo e o fato de ter as maiores bancadas da Câmara e do Senado. O partido tem sabido cobrar caro por isso. No governo atual, ocupa seis ministérios: Comunicações, Saúde e Minas e Energia, entregues ao Senado; Integração Nacional, Defesa e Agricultura, dados à Câmara. Somando-se ministérios e estatais, o partido comanda R$ 251 bilhões do orçamento do governo de Lula. (AE)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Brasil (geral)

Caixas-pretas ainda prejudicam transparência dos gastos públicos Destino do dinheiro do contribuinte permanece desconhecido, protegido pelo sigilo em várias áreas do governo

D

everia ser simples saber o destino e a finalidade dos recursos públicos. No Brasil, porém, ainda existem caixas-pretas espalhadas por órgãos públicos federais, estaduais e municipais, que impedem que a sociedade tenha conhecimento total da utilização de verbas públicas. No Congresso, desde 2001, Câmara e Senado mantêm sob sigilo o gasto com as chamadas verbas indenizatórias, uma complementação salarial para cobrir despesas extras que os parlamentares têm no exercício do mandato. Somente agora, em 2009, a Mesa Diretora da Câmara decidiu tornar públicos esses gastos. Anistiará, porém, um passado de 1,5 milhão de notas fiscais, apresentadas pelos deputados nos últimos anos para justificar essas despesas, que continuarão protegidas pelo segredo. No Senado, até agora, nada foi aprovado no sentido de revelar o uso da mesma verba. Deputados e senadores não são os únicos a lidar com recursos públicos sem se preocupar com transparência das despesas. Os gastos das Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais também têm

Somente agora, em 2009, a Mesa Diretora da Câmara decidiu tornar públicos esses gastos.

pouca ou nenhuma publicidade. No Executivo, a existência do Portal da Transparência, administrado pela Controladoria-Geral da União (CGU), é um importante mecanismo para reduzir esse tipo de problema. Mas nem isso impede que o uso de verbas permaneça oculto. No caso dos cartões corporativos do governo federal, as despesas protegidas pelo sigilo já alcançam uma proporção alta. Em 2008, de um total de gastos equivalente a R$ 55,2 milhões, R$ 18,7 milhões ficaram ocultos. Isso representa 33,85% das despesas gerais com os cartões corporativos no ano passado. Órgãos que lidam com áreas de

investigação ou segurança, como a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Polícia Federal, tiveram todo o conteúdo dos seus gastos preservado, referente ou não a operações que exijam segredo. A argumentação é de que são áreas protegidas por questão estratégica ou de segurança. Em relação à Abin, as despesas apenas com cartões somaram cerca de R$ 6,5 milhões no ano passado. No caso do Fundo da Polícia Federal, foram R$ 6,3 milhões. Mas gastos com cartões da Secretaria de Administração da Presidência da República e que englobam, entre outras coisas, despesas do presidente Luiz Inácio Lula da Sil-

va, também chegaram a valores expressivos. Em 2008, cerca de R$ 4,8 milhões dessas despesas ficaram secretos. Em 2009, o volume de dados protegidos deverá permanecer elevado. O Portal da Transparência fez este ano apenas um lançamento mensal, referente a pagamentos efetuados em dezembro. De R$ 7,9 milhões gastos com os cartões, R$ 3,9 milhões representaram despesas sigilosas - um porcentual de 49,14%. Também não é possível saber como foram gastos recursos oriundos de saques em dinheiro feitos com os cartões. Estateis Outra área nebulosa se refere a empresas estatais. "É sempre mui-

to difícil obter informações precisas sobre as atividades das estatais. Especialmente no caso dos bancos oficiais, porque eles sempre alegam o sigilo bancário de suas operações", critica o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). Essa dificuldade já foi alvo de análises do Tribunal de Contas da União (TCU). A última auditoria ocorreu em 2005. O relatório, aprovado em novembro de 2006, apontou dificuldades técnicas para se conhecer as despesas feitas pelas empresas governamentais. O trabalho mostrava a dificuldade de compatibilidade entre demonstrativos corporativos e dados constantes no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi). O TCU apontou que, de dez estatais analisadas, apenas duas - a Valec-Engenharia, Construções e Ferrovias S/A e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) - demonstravam coincidência entre seus balanços e dados do Siafi. O trabalho do TCU lembrava que, no caso de estatais não dependentes - como Caixa Econômica Federal e Correios -, o fato não produzia irregularidade, porque não há lei que as obrigue a integrar dados ao Siafi. Mas o relatório do presidente do tribunal, Ubiratan Aguiar, questionava a serventia das informações: "Ou se negociam prazos ou formas alternativas para a integração ou perpetua-se a divulgação de dados de qualidade bastante questionável". (AE)

Em carta, Sarney responde às críticas da 'Economist'

A

edição desta semana da revista The Economist traz uma carta do presidente do Senado brasileiro, José Sarney, em que o senador responde às críticas feitas a ele em um artigo publicado pelo semanário britânico no último dia 7 de fevereiro. No artigo intitulado "Onde os dinossauros ainda vagam", a revista classificou a eleição de Sarney para a Presidência do Senado como uma "vitória do semifeudalismo" e sugeriu que seria "hora de ele se aposentar". Em sua carta, o ex-presidente da República afirma que é incorreto dizer que ele domina o Estado do Maranhão como um "feudo" e justifica-se, afirmando "que há sete anos, é um grupo rival que controla o governo do Maranhão". Respondendo às críticas feitas sobre o estado de conservação da capital maranhense, São Luís, ele diz concordar que as condições da cidade são "lamentáveis" e

aproveita para criticar os adversários, afirmando que eles governam a capital "há 20 anos". Sarney ainda se compara aos primeiros-ministros britânicos Winston Churchill (1874-1965) e Benjamin Disraeli (1804-1881) ao responder à insinuação de que ele deveria se aposentar, afirmando que "não está na tradição brasileira, nem na britânica, o limite à participação de uma pessoa na vida pública por causa da idade". "Também não há nada de novo em membros de uma mesma família participarem da política de um país. Os exemplos na GrãBretanha incluem os Pitt e os Churchill, e, nos Estados Unidos, as famílias Adams, Kennedy e Bush". Sarney ainda afirma que a população brasileira o considera "o terceiro (melhor) entre os ex-presidentes" ao responder às acusações de que ele foi um presidente "acidental e sem distinção".


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Brasil (geral)

Presidente do Ibama diz que meta para 2009 é diminuir desmatamento para 8.000 km2

O

presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Roberto Messias Franco, enumerou algumas conquistas após 20 anos da promulgação da Lei nº 7.735, que criou o instituto, e afirmou que a meta para 2009 é diminuir para 8.000 quilômetros quadrados o desmatamento no país. "Nós tivemos dois anos por volta de 11.000 quilômetros quadrados de desmatamento, é muito, mas muito menos que os 20 mil quilômetros quadrados que já tivemos em outros anos. Baixou, e esse ano vamos baixar mais, a nossa meta é chegar a 8.000 quilômetros quadrados de desmatamento", afirmou. Franco disse que a grande conquista nesses 20 anos é o fato de o Ibama ter se tornado "uma referência nacional na questão ambiental". "O Ibama é o grande órgão executor da política de combate ao desmatamento. Temos metas, inclusive como o ministro [Carlos] Minc [Meio Ambiente] anunciou internacionalmente, de baixarmos ainda mais o desmatamento." O presidente do instituto afirmou ainda que o Ibama é considerado "enjoado e chato". "O Ibama é referência no sistema de licenciamento. Às vezes, é considerado enjoado, chato, duro de mais, que está retardando, mas, apesar disso, tem sido cada vez mais respeitado. Quando a gente diz que precisa melhorar a licença ambiental senão não sai, as grandes empresas chiam, mas fazem." Poluição Franco ainda falou de programas específicos do Ibama, como o Programa de Controle de Veículos Automotores, para diminuir o índice de poluição no Brasil. "O programa, que tem 20 anos, fez a poluição passar de um nível de 40g por quilômetro rodado de CO2 nos carros para 12g hoje." O presidente do Ibama afirmou que, a partir desse ano, os carros sairão de fábrica informando quanto emite de CO2 por quilômetro rodado. "O consumidor consciente pode comprar um carro que emite menos CO2." Ele disse também que o Ibama vai trabalhar "duramente" no apoio aos Estados que vão fazer inspeção veicular. "Vamos ser o orientador para que a inspeção se torne uma coisa global, já que muitos Estados ainda não têm condições de implantá-la." (Folha Online)

Diretor do Greenpeace diz que falta autonomia ao Ibama

O

Presidente do Ibama diz que meta para 2009 é diminuir desmatamento para 8.000 km2.

diretor de políticas públicas do Greenpeace, Sérgio Leitão, afirmou que, apesar de ser um órgão de presença nacional, falta autonomia ao Ibama. "O presidente do Ibama, apesar de nomeado pelo presidente da República, tem que ter autonomia suficiente para dizer não para o presidente, para qualquer cidadão ou empresário. Se esse papel não fica claro, esse órgão é instrumento do uso do governante de plantão. Falta autonomia ao Ibama." Segundo ele, o instituto nunca foi um órgão de defesa da sociedade na questão ambiental, mas sim um correio de transmissão dos interesses do governo. "Enquanto você não tiver o Ibama com o papel de ser uma voz de defesa da legislação

ambiental e representando os interesses da sociedade, e tendo o poder de dizer não ao governante de plantão, ele nunca vai cumprir realmente com seus objetivos." Leitão afirmou que a gestão atual do Ibama faz uma manifestação "muito explícita" em relação à necessidade de criar vias rápidas para aprovar as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). "O Ibama ser rápido, deveria ser para tudo, mas nos preocupa o fato de você querer fazer isso para viabilizar um desejo que é do presidente da República." O diretor disse ainda que o órgão nunca recebeu a estruturação necessária para fazer seu trabalho. "Um exemplo: o Ibama só consegue executar 2% das

multas que ele aplica. O órgão que fiscaliza, mas não executa aquilo que fiscaliza, então ele está fazendo de conta que fiscaliza." Segundo ele, o instituto não tem procuradores suficientes no país e nem fiscais. "Ele consegue agir de forma tópica." Leitão ainda defendeu a independência entre o Ibama e o Ministério do Meio Ambiente. "O Ibama é maior que o ministério, mas o ministério tem a função de supervisionar o órgão." O representante do Greenpeace afirmou que, apesar das críticas ao Ibama, reconhece que é um órgão de presença nacional. "Ele faz o papel de unificar o cuidado do meio ambiente na área federal, que é uma coisa fundamental."

Sem-terra ocupam 20 fazendas no Pontal do Paranapanema

G

rupos de movimentos sociais sem terras que atuam na região do Pontal do Paranapanema, no oeste do Estado de São Paulo, ocupam 20 fazendas desde a noite deste domingo, 22. Cerca de duas mil famílias do Movimento dos Agricultores Sem Terra (Mast),

do Movimento Unidos pela Terra e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ligados a José Rainha, participam da ação que se estende por 14 municípios, entre eles, Rancharia, Presidente Prudente e Dracena. De acordo com Sergio Pan-

taleão, um dos coordenadores dos sem-terra da região, a ação do grupo pretende pressionar o governo para aumentar a arrecadação de áreas destinadas ao assentamento de famílias no Pontal e acelerar o processo de reforma agrária. "A justificativa é a arreca-

dação de áreas, e a aceleração da prioridade da reforma agrária aqui no Pontal, porque se encontra um pouco abandonada", afirmou em entrevista a Agência Brasil. O MST nacional não reconhece as ações realizadas pelos grupos ligados a José Rainha. (Agência Brasil)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Mundo

Ataque em mercado turístico

do Cairo deixa 1 morto e 21 feridos Franceses são maioria de vítimas; nenhum grupo reivindicou atentado

A

explosão de uma bomba em um movimentado mercado frequentado por turistas no Cairo deixou no domingo, 22, pelo menos uma francesa morta e outros 21 feridos. Apesar de não ter sido confirmado oficialmente, a agência de notícias Reuters afirmou que quatro pessoas teriam morrido no atentado, das quais duas seriam turistas estrangeiros. Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado. De acordo com a polícia, um motociclista jogou a bomba na área próxima ao mercado de Khan el-Khalili, perto da mesquita Hussein. Pelo tamanho da explosão, os agentes policiais acreditam que o artefato que explodiu seja de fabricação caseira. Um policial que não quis se identificar afirmou que

outra bomba foi deixada no local, mas não explodiu. Especialistas do esquadrão de bombas do Egito isolaram a área onde ocorreu o ataque para desarmar e detonar o artefato em segurança. "Estava rezando e de repente escutei uma explosão", disse Mohammed Abdel Azim, que estava dentro da mesquita no momento do ataque. "As pessoas começaram a entrar em pânico e corriam para sair da mesquita, mas a polícia veio, fechou a entrada principal e nos retirou pelos fundos." O ministro de Saúde do Egito, Hatem el-Gabali, confirmou a morte da francesa e revelou que entre os 21 feridos também estavam outros 10 turistas franceses, 1 alemão e 3 sauditas. Até a noite de ontem não ficou

A explosão de bomba no Cairo mata uma francesa e deixa outros 21 feridos.

claro se algum grupo radical estava por trás do ataque ou se o atentado havia sido planejado para atingir turistas. Autoria desconhecida

Apesar de militantes islâmicos terem a indústria turística do Egito como alvo de atentados nas últimas décadas, no ano passado o turismo no país atingiu níveis re-

cordes por causa da diminuição no número de ataques. O atentado de ontem não foi o primeiro lançado contra o mercado de Khan el-Khalili, que vende desde souvenirs até joias de ouro e prata e está sempre repleto de turistas. Em 7 de abril de 2005, um ataque suicida matou dois cidadãos franceses, um americano e um egípcio. O Egito - país árabe mais populoso - travou uma longa batalha contra militantes islâmicos nos anos 90. A guerra entre o Estado e os radicais culminou no massacre de mais de 50 turistas na cidade de Luxor, em 1997. Os rebeldes foram derrotados e, desde então, poucos ataques foram lançados na região. No entanto, alguns atentados foram perpetrados há alguns anos contra resorts na Península do Sinai, incluindo um em 2005 que deixou mais de 60 mortos. (Agências Internacionais)

Coreia do Norte construiu novos mísseis balísticos, diz relatório

A

Coreia do Norte dispõe de uma nova versão de mísseis de médio alcance em seu arsenal e aumentou suas forças especiais, aponta um relatório divulgado nesta segunda-feira, 23, pelo Ministério da Defesa sul-coreano, que classifica o avanço como "ameaça direta e grave" à sua segurança. De acordo com o estudo, citado pela agência

de notícias local Yonhap, Pyongyang começou em 2007 a construir o novo míssil de médio alcance, projetado no final de 1990, com um alcance de 3 mil quilômetros. Segundo a Yonhap, a Coreia do Norte já havia exibido este míssil em abril de 2007 por ocasião do 75º aniversário da fundação de seu Exército, embora o relatório não es-

clareça o número de projéteis ou sua capacidade de uso. De acordo com a mídia local, o míssil, uma versão avançada do Taepodong-2, poderia atingir o Alasca e a costa oeste dos EUA. O documento conclui que a Coreia do Norte aumentou sua capacidade militar e indica que o país poderia ter adquirido 40 quilos de plutônio, uma quantidade suficiente para fabricar sete armas nucleares. Além disso, assegura que Pyongyang aumentou o número de forças especiais de infiltração rápida de 60 mil para 180 mil soldados nos últimos dois anos. Do mesmo modo, afirma que o número de soldados nas fileiras do Exército norte-coreano aumentou em 20 mil homens desde 2006, chegando a 1,1 milhão de efetivos.

AP

Com alcance de 3 mil km, projéteis seriam capazes de atingir Alasca e costa oeste dos EUA, alerta Coreia do Sul

Mísseis sul-coreanos em museu de Seul.

As negociações para o desarmamento atômico norte-coreano envolvendo EUA, China, Japão, Rússia e Coreia do Sul estão praticamente paralisadas, principalmente desde que Pyongyang rejeitou a retirada de material nuclear do país para testes que comprovem a desativação do programa de armas nucleares. Na semana passada, o regime comunista disse estar preparado para uma guerra contra a Coreia do Sul, e acusou os EUA de preparem um ataque nuclear. Na Ásia, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, pediu ao governo norte-coreano o fim das "provocações", e ressaltou que as relações com os EUA não irão melhorar caso Pyongyang continue insultando a Coreia do Sul. (Agências internacionais)


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Aprovação ao governo Obama cai 9 pontos, diz pesquisa

U

ma pesquisa feita pela emissora de televisão CNN mostra que a popularidade do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, permanece alta, mas recuou nove pontos porcentuais desde o começo de fevereiro, quando foi feita a primeira sondagem após Obama ter tomado posse. A pesquisa, feita em parceria entre a CNN e a OpinionResearch Corp., indica que 67% dos norte-ameri-

canos aprovam o governo Obama. A queda de popularidade, indica a sondagem, foi maior entre os republicanos que os democratas. "Uma vez que quase todo o declínio foi registrado entre republicanos, isso não indica que a lua de mel (com o eleitorado) já acabou" disse Keating Holland, diretor de pesquisas da CNN, em declarações ao site da emissora. Segundo ele, entre os demo-

cratas o apoio a Obama recuou de 96% para 92%; entre os republicanos, caiu de 50% no começo de fevereiro para 31% agora. Cerca de 60% dos entrevistados apoiam o pacote de estímulo econômico e 39% são contrários. A pesquisa entrevistou 1.046 pessoas por telefone, na quartafeira e quinta-feira da semana passada, nos EUA. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos. (AE)

AP

Um mês depois da posse, 67% dos americanos aprovam presidente; queda foi maior entre republicanos

Popularidade de Obama se mantém alta.

Migração do México aos EUA cai mais de 50% em um ano O fluxo de migração do México para os Estados Unidos caiu mais de 50% entre 2007 e 2008, segundo dados divulgados pelo governo mexicano

A

principal razão apontada por especialistas naquele país para a queda acentuada no número de pessoas cruzando a fronteira ao norte é a crise econômica vivida pelos norte-americanos, que diminuiria os incentivos para a migração. Segundo o Instituto Nacional de Estatística e Geografia do México, o número de mexicanos deixando o país para morar nos EUA -incluindo migrantes regulares e irregularescaiu de 933 mil, em 2007, para 654 mil, em 2008 (os dados são medidos em um período de 12 meses, entre setembro do ano anterior e agosto). Ao mesmo tempo, o número dos que retornaram dos EUA ao México variou de 478 mil, em 2007, para 450 mil no ano passado. No balanço de entrada e saída, o saldo é de 204 mil

mexicanos a mais vivendo nos EUA em 2008, contra 455 mil a mais em 2007. O presidente do instituto de estatística, Eduardo Sojo, disse ter dados de pesquisas recentes que indicam que o número de mexicanos que pretendem emigrar no futuro também está caindo, o que contribuiria para a manutenção do fluxo menor. Para o norte-americano Ira Mehlman, porta-voz da organização Federação para a Reforma da Imigração Americana, organização conservadora que defende maior rigor no controle de imigrantes, a política de endurecimento do policiamento na fronteira também pode ter contribuído para a diminuição na chegada de mexicanos aos Estados Unidos. A crise, no entanto, parece ter in-

Avião turco cai em Amsterdã com 135 a bordo; 9 morrem

U

m avião da companhia Turkish Airlines com 135 a bordo caiu na quarta-feira, 25, ao tentar aterrissar no aeroporto internacional de Schiphol, o mais importante da Holanda. O prefeito de Haarlemmermeer, Michel Bezuijen, confirmou que nove pessoas morreram e outras 50 foram feridas – 25 delas com gravidade –, embora a empresa e o governo turco tenham dito mais cedo que ninguém teria morrido no incidente. A aeronave, que se partiu em três após o choque, trata-se de um Boeing 737 que seguia de Istambul, na Turquia, para Amsterdã, na Holanda. As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas a imprensa local afirma que os motores do avião pararam pouco antes da aterrissagem, e com isso o aparelho perdeu velocidade e caiu no campo vizinho à pista. Na hora

do acidente, havia uma névoa leve e ventava. O aeroporto fica a cerca de 20 quilômetros de Amsterdã e a aeronave teria caído por volta das 6h30 (hora local) em um terreno próximo da pista de pouso, perdendo um motor, uma asa e a cauda, a cerca de dois quilômetros da pista do aeroporto. Win Kok, portavoz do escritório de coordenação antiterror da Holanda, afirmou que aparentemente não houve ação de terrorismo no acidente. Imagens de TV não mostraram vestígios de incêndio após a colisão. Oficiais do aeroporto confirmaram que a aeronave levava 128 passageiros e sete tripulantes. O embaixador da Turquia na Holanda, Selahattin Alpar, afirmou que 72 turcos e 32 holandeses estavam na aeronave. Não há informações sobre a nacionalidade dos outros passageiros. (Agências internacionais)

fluenciado pouco na decisão contrária, de imigrantes deixarem os EUA e retornarem para seu país de origem. "A maioria daqueles que estão nos Estados Unidos vivem lá com suas famílias, têm parentes lá", diz o antropólogo mexicano Agustin Escobar. "Sendo assim, eles vão procurar [caso percam o emprego] outras ocupações temporárias ou precárias, ou vão depender da ajuda de seus parentes, antes de simplesmente deixarem os EUA", afirma. Apesar de permanecerem nos Estados Unidos, esses imigrantes têm enviado menos dinheiro para parentes em seus países de origem. No caso do México, o volume total de remessas baixou 3,6% em 2008

-e o número de famílias mexicanas que recebem esse dinheiro também diminuiu. Fenômeno similar ocorreu no Equador, onde a queda foi de 8,6% -os imigrantes equatorianos residen-

tes nos EUA respondem por 47% do total de remessas para o país, seguidos pelos que vivem na Espanha, que contribuem com 41% do volume de recursos recebido. (Agências internacionais)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Vitória limitada impede A

vitória no referendo sobre o fim do limite à reeleição, no último domingo, 15, fez com que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, recuperasse parte do terreno perdido para a oposição, mas não foi suficiente para que ele possa radicalizar seu projeto de consolidação de um modelo socialista no país, na opinião de analistas políticos ouvidos pela BBC Brasil. Segundo eles, a aprovação da emenda por uma diferença de cerca de 1 milhão de votos em relação à proposta da oposição, fez com que Chávez recuperasse parte do capital político perdido no referendo de 2007 - quando um projeto de reforma constitucional foi rejeitado na urnas. Mesmo assim, a margem ainda é pequena para que Chávez possa radicalizar, ainda mais em um momento em que o país está diante das possíveis consequências da crise econômica mundial. "O governo obteve uma importante vitória, mas não o suficiente para permitir uma margem de manobra capaz de levar à radicalização de seu projeto", afirma o sociólogo Javier Biardeau, da Universidade Central da Venezuela. Os números do referendo mostram que a sociedade venezuelana continua dividida. Segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE), com 94,2% das urnas apuradas, o "sim" levou 54,36% dos votos (mais de 6 milhões), o que fez com que a emenda constitucional fosse aprovada. Já a proposta do "não", defendida pela oposição, obteve 45,6 %, o equivalente a 5 milhões de votos. Estes resultados apertados, na opinião de Javier Biardeu, farão com que Chávez seja obrigado a "administrar" sua vitória. Segundo ele, apesar de fortalecido nas urnas, Chávez deverá enfrentar tempos difíceis como consequência da crise financeira internacional, que levou à queda nos preços do petróleo, origem de 94% das divisas que ingressam à Venezuela. Por enquanto, o go-

radicalização de governo Chávez Crise econômica e falhas na administração obrigarão Chávez a 'administrar' vitória, dizem analistas

verno afirma ter como manter os gastos se utilizando das reservas de US$ 40 bilhões provenientes do excedente da renda petroleira. Mas, caso a crise se estenda, economistas advertem que o governo seria obrigado cortar estes gastos, principalmente em programas sociais, o que afetaria diretamente a base de apoio do governo. "Nos últimos anos, Chávez tinha o vento a seu favor, agora não", afirmou o analista político Carlos Romero. Enquanto comemorava a

vitória nas urnas, na noite do último domingo, Chávez deu indicações dúbias sobre os novos rumos de seu governo. Ao mesmo tempo em que afirmou que a vitória abriu as portas para a implementação de um projeto socialista no país, ele foi cauteloso ao advertir que, em 2009, tratará de consolidar algumas políticas públicas, deixando para abrir "novas frentes" em 2010. O líder venezuelano afirmou ainda que, entre as prioridades de seu governo, estarão o combate à

insegurança, à corrupção, à burocracia e à ineficiência na administração pública - algumas das principais queixas da população. "Se o governo não resolver esses problemas, enfrentará dificuldades em sua base de apoio", afirma Javier Biardeau. Para o sociólogo, o apoio de grande parte dos eleitores chavistas está condicionado à uma maior eficiência do governo na solução dos problemas cotidianos e à ampliação dos espaços de participação política. "Esses eleitores não se alinham à oposição, temem a volta da direita ao poder, mas condicionam esse novo respaldo (a Chávez) a respostas concretas", afirma. E será no terreno da gestão pública que a oposição tentará recuperar espaços e consolidar uma via alternativa ao chavismo, primeiro para as eleições legislativas, em 2010, e logo depois para as eleições presidenciais, em 2012. Para o analista político Daniel Hellinger, professor da Universidade de Webster, nos Estados Unidos, a "chave" para a oposição tentar vencer o chavismo será apresentar um projeto que corrija as falhas atuais, sem extinguir os programas sociais do governo Chávez. "Se (os membros da oposição) governarem bem (os Estados e prefeituras que conquistaram), se conseguirem diminuir os crimes e melhorar a coleta de lixo, sem ameaçar as missões (programas sociais de Chávez), então irão se fortalecer. Caso contrário, perderão as eleições contra Chávez ou contra qualquer um que ele apóie", afirma Hellinger. Mas antes da disputa presidencial em 2012, a oposição tentará recuperar espaços na Assembleia Nacional, controlada pela maioria chavista. Em 2005, a oposição abriu mão do espaço no Parla-

mento ao não disputar as eleições para a casa, em uma tentativa fracassada de deslegitimar o pleito. Segundo o sociólogo Javier Biardeau, as eleições parlamentares de 2010 serão primeira batalha da oposição para tentar fragilizar o governo antes da disputa presidencial. "Se recuperar um espaço importante no Parlamento, a oposição poderá apostar na crise institucional. O Parlamento se converterá em uma zona de intenso conflito", afirma Biardeau. Já para a corrida presidencial, a oposição terá quatro anos para consolidar uma candidatura, em meio às disputas internas entre os partidos Um Novo Tempo, do prefeito de Maracaibo, Manuel Rosales, e Primeiro Justiça, do recémeleito governador do Estado de Miranda, Capriles Radonski. Na opinião do analista Carlos Romero, outro desafio para a oposição é o de "neutralizar" a influência do que ele chama de "ala golpista". "Esse grupo briga não só com o governo, mas também com setores dentro da oposição. (Eles) veriam de bom grado uma saída diferente da via democrática para derrotar o presidente", afirmou. O editor do diário de oposição Tal Cual, Teodoro Petkoff, afirmou em um editorial publicado nesta segunda-feira, que Chávez está livre para disputar um novo mandato, mas que será derrotado no próximo pleito presidencial. "Podem comemorar hoje, mas no horizonte de 2012 o que começa a aparecer é o fantasma de uma derrota inevitável", afirmou. Os eleitores da oposição, no entanto, ainda veem com incredulidade a alternativa que seus representantes pretendem consolidar. "Eu não estou de acordo com a essa revolução chavista, mas, pelo menos, eles têm um líder e um projeto. E nós? Não temos nem uma coisa, nem outra", afirmou o eleitor Tulio Rodriguez, na fila de um centro de votação em Caracas. (BBC/Brasil)


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Distúrbios na ilha francesa de Guadalupe deixam um morto População está em greve há um mês por aumento de salário, pedido negado pelo governo da França

U

m manifestante foi morto a tiros na madrugada da quarta-feira, 18, na ilha francesa de Guadalupe, no Caribe, revelou o principal funcionário da administração local. Semanas de greves e protestos trabalhistas degeneraram em violência no território. A morte foi a primeira desde o início dos protestos, no mês passado, e pode marcar um aprofundamento das tensões, que se espalharam para a também francesa ilha da Martinica e preocupam o governo central em Paris. A ministra de Interior, Michele Alliot-Marie, convocou uma reunião especial nesta quarta para discutir a segurança nas ilhas caribenhas, que são parte da França.

Paris se recusa a atender as exigências dos manifestantes de aumentos nos salários, apesar de quatro semanas de paralisações por menores preços e mais salários terem fechado lojas e escolas e praticamente paralisado o cotidiano em Guadalupe. Os líderes empresariais concordaram na terça-feira em cortar em 20% os preços nos supermercados, apesar da recusa inicial. Cerca de 450 mil pessoas vivem em Guadalupe, uma ilha montanhosa e verde com praias de areia branca. Milhares de turistas deixaram o local ou cancelaram viagens, por causa da tensão. O manifestante, com cerca de 50 anos, foi morto aparentemente por

manifestantes em barricadas em um projeto habitacional em Pointea-Pitre, revelou Nicolas Desforges, principal funcionário na ilha. A vítima é Jacques Bino, um fiscal da receita e também sindicalista, que voltava para casa após participar dos protestos, revelou Desforges por telefone. Policiais e funcionários do setor de emergência foram chamados para socorrer o homem em seu carro, por volta da meia-noite. Na hora em que a polícia conseguiu chegar até Bino, ele já estava morto. Três policiais ficaram feridos nos distúrbios da noite, um deles com um tiro no olho. O funcionário apontou que a ilha enfrenta "séria violência urbana". Por trás dos protestos está tam-

bém o ressentimento dos afrocaribenhos, muitos dos quais descendentes de escravos, enquanto a grande maioria da riqueza da ilha está nas mãos dos descendentes dos colonizadores. Desforges disse que não estava claro se o aeroporto, bastante prejudicado pela violência nos últimos dias

pois seu pessoal não consegue chegar ao trabalho, reabriria nesta quarta-feira. Os trabalhadores exigem um aumento mensal de 200 euros (US$ 250), para os que recebem baixos salários, atualmente perto dos 900 euros (US$ 1.130) por mês. (Agência Estado e Associated Press)

Explosão parte avião em dois na Colômbia; oito são feridos Bomba de gás lacrimogêneo explode no interior de aeronave da polícia colombiana em terminal aéreo

P

elo menos oito pessoas ficaram feridas na explosão acidental de uma bomba de gás lacrimogêneo no interior de um avião da polícia na quarta-feira, 18. O general Dagoberto Rodríguez, comandante da Polícia de

Medellín (noroeste), contou à imprensa que a explosão, que partiu em dois o avião da corporação, aconteceu no aeroporto de Medellín. Segundo o oficial, a aeronave iria transportar 27 agentes do Batalhão de Choque ao departamento (estado) de Chocó (oeste), onde nesta quinta está prevista uma greve. A explosão aconteceu às 15h10 (17h10 de Brasília). Para investigar o ocorrido, foram enviados a Medellín os generais Guillermo Aranda e

Álvaro Caro Meléndez, inspetor e diretor antinarcóticos, respectivamente. "Segundo as primeiras avaliações médicas, quatro dos feridos, que foram enviados para a Policlínica de Medellín e para a Clínica das Américas, apresentam ferimentos consideráveis, ao passo que outros quatro só apresentaram sintomas de atordoamento", contou o general Rodríguez. O acidente causou a suspensão temporária das operações no terminal aéreo. (Efe)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Diplomata britânico revela ‘proposta secreta’ do Irã sobre ataques no Iraque O atual embaixador da Grã-Bretanha na ONU, John Sawers, disse à BBC que o governo do Irã tentou fechar um acordo com Londres para que forças iranianas deixassem de atacar soldados britânicos no Iraque, durante a ofensiva militar iniciada em 2003 no país

E

m troca, o governo de Teerã queria que a GrãBretanha parasse de se opor ao programa de enriquecimento de urânio do Irã. Segundo Sawers, um grupo de representantes iranianos confirmou o envolvimento do país no Iraque em uma reunião da qual ele participou em um hotel em Londres em 2005. Na época, ele era o diretor político do Ministério do Exterior britânico. "Vários iranianos vieram para Londres e sugeriram que nós tomássemos chá em algum hotel", disse. "Eles fizeram o mesmo em Paris, em Berlim e, então, nós (os que receberem os iranianos) comparamos nossas anotações."

"Os iranianos queriam fechar um acordo segundo o qual eles parariam de matar nossos soldados no Iraque em troca de poderem continuar com seu programa nuclear. (Eles disseram:) 'Nós paramos de matar vocês no Iraque, paramos de sabotar o processo político no país, vocês nos permitem seguir com nosso programa nuclear sem empecilhos'." O governo britânico rejeitou a proposta, e o programa de enriquecimento de urânio do Irã foi retomado pouco depois. Documentário Os ataques contras soldados americanos e britânicos no Iraque tiveram seu auge em 2005, e a extensão exata da participação

O embaixador John Sawers disse que a oferta iraniana foi feita em 2005.

iraniana nos incidentes nunca foi conhecida em público. Oficialmente, Teerã nega participação no conflito, e autoridades britânicas costumam sustentar suas acusações com "evidências circunstanciais". As declarações de Sawers foram incluídas em um documentário produzido pela BBC - Iran and The

West: Nuclear Confrontation ("Irã e o Ocidente: Confronto Nuclear", em tradução livre) - que vai ao ar no sábado, dia 21 de fevereiro, na Grã-Bretanha. O documentário apresenta uma série de entrevistas que revelam que, pelo menos desde 2001, países do Ocidente e o Irã estiveram envolvidos em negociações de

bastidores. Estados Unidos Entrevistados iranianos e americanos, por exemplo, deixaram claro que Teerã colaborou com Estados Unidos para derrubar o regime do Talebã e tentar retirar a rede extremista Al-Qaeda do Afeganistão. A colaboração teria sido profunda a ponto de os iranianos sugerirem aos americanos possíveis alvos para bombardeio no Afeganistão. Em relação ao Iraque, o documentário diz que o ex-presidente iraniano Mohammed Khatami ofereceu ajuda para afastar Saddam Hussein do poder em Bagdá, argumentando que o líder iraquiano era inimigo do Irã. As relações entre Irã e Estados Unidos, que não mantêm laços diplomáticas, se deterioraram depois que o ex-presidente americano George W. Bush incluiu o Irã no chamado "Eixo do Mal" em um discurso em 2002. (BBC/Brasil)

Tribunal europeu condena Reino Unido por prisões ilegais Londres terá que compensar clérigo ligado a Bin Laden, Abu Qatada, com indenização de 2,8 mil euros

O

Tribunal de Direitos Humanos de Estrasburgo condenou nesta quinta-feira, 19, o Reino Unido pela detenção de 11 pessoas em virtude das leis especiais ditadas após os atentados de 11 de setembro de 2001, entre elas o clérigo radical Abu Qatada. O tribunal alegou contra Londres as acusações de violação da liberdade e da segurança, mas não os de tortura e tratamento desumano e degradante, afirmou, em comunicado. Os denunciantes, seis argelinos, um francês, um marroquino, um tunisiano, o jordaniano Qatada e um apátrida nascido nos territórios

palestinos ocupados, serão indenizados com somas de entre 1,7 mil e 3,9 mil euros, além de uma compensação conjunta de 60 mil euros por despesas do julgamento.Além disso, não ditou nenhuma indenização para um francês e um marroquino que também tinham denunciado sua detenção e que acabaram saindo voluntariamente do país. Qatada, o mais conhecido dos denunciantes, receberá uma indenização de 2,8 mil euros. O veredicto do tribunal foi divulgado um dia depois de a Câmara dos Lordes, máxima instância judicial britânica, abrir as portas para a deportação de Abu Qatada à

Jordânia, que o reivindica por suposto envolvimento em atentados terroristas em 1998. O Tribunal Europeu de Direitos Humanos pode ter que opinar também sobre esta deportação, se Qatada decidir recorrer da sentença dos lordes. No ano passado, o Tribunal de Apelação de Londres resolveu que a deportação de Qatada poderia violar seus direitos humanos, porque as provas contra ele na Jordânia podem ter sido obtidas sob tortura, e ele não teria um julgamento justo. Os juízes indicaram que as indenizações anunciadas hoje são "sensivelmente inferiores" a outros casos de detenção ilegal, e justifi-

Premio para negócios latinoamericanos e africanos Por: Paula Medeiros

paulamedeiros@hotmail.co.uk

O

London Development Agency e a Centa Business Services estão promovendo o prêmio “Melhor Empresa do setor Alimentício 2009”. A inscrição deve ser feita na empresa ASC Accountants, que apóia o evento. As inscrições estão abertas até o dia 20 de março. A competição é focada em pequenas empresas de comunidades latino-americanas e africanas que começaram a operar no ano 2008, priorizando e divulgando aquelas baseadas em Fair Trade e produtos orgânicos. Os prêmios são £500 em dinheiro; seis sessões de aconselhamento de negócios grátis mensais (valor £2,500); publicidade livre e promoção em boletins informativos e dentro da rede de apoio empresarial; apoio

e aconselhamento posicionando o negócio para afiançar novos contratos de serviço; monitoramento regular trimestral do desenvolvimento empresarial por até 12 meses. Tipos de negócios que podem se inscrever no evento são restaurantes e cafés, que provêem um de serviço de bufê, que estão envolvidos em importação e exportação de produtos alimentícios. Para participar da competição o negócios deve ser de origem latino-americana ou africana, demonstrar que provem produtos alimentícios ou serviços que têm algum nível de fair trade e orgânicas na operação do negócio, prover evidência de funcionamento atual (por exemplo, certificado de funcionamento, qualquer documento de inscrição de VAT, inscrições ou prova de uma declaração de conta bancária empresarial classificação NIC 2).

caram pelo fato de as detenções terem sido concebidas para deter um perigo público e diante da necessidade de proteger a população contra o terrorismo. Considerados "terroristas internacionais", os 11 denunciantes foram detidos junto a outras cinco pessoas que não foram ao Tribunal de Estrasburgo, entre 19 de dezembro de 2001 e outubro de 2003, em virtude de uma lei antiterrorista adotada em 4 de dezembro de 2001. Londres decidiu não expulsá-los a seus países de origem que os reivindicavam, diante do risco de que pudessem sofrer torturas, por isso os mante-

ve detidos. Os juízes opinaram, no entanto, que o Reino Unido não mostrou uma vontade real de negociar condições de expulsão dos detidos, o que coloca em dúvida o caráter "momentâneo" da detenção. "O internamento e a prisão preventiva sem inculpação são incompatíveis com o direito fundamental à liberdade", a menos que haja uma revogação válida, indicou o tribunal. O Reino Unido argumentou que a ameaça terrorista era motivo suficiente para revogar esse princípio, mas os juízes de Estrasburgo consideraram esse principio "desproporcional". (Efe)

Especialista palestra sobre qualidade de vida para a comunidade brasileira

A

NextBrazil Events com a parceria da da LondonHelp4U organizaram uma noite de queijos e vinhos reunindo convidados da ativa comunidade brasileira em Londres para apresentar o trabalho do renomado terapeuta, escritor e consultor Carlos Florêncio. Com 22 anos de carreira e inúmeras participações em programas de rádio, televisão e jornais, Carlos é especialista no Desenvolvimento do Potencial Humano. Durante a palestra, Carlos Florêncio falou sobre os padrões de comportamento e mecanismos de auto-sabotagem que nos impedem de atingir um crescimento pessoal e muitas vezes profissional. Ele também falou sobre a carência de amor que estamos vivendo nos dias de hoje e sobre a importância de mudar a nossa postura como imigrantes neste país. “Nunca deve-

mos comparar a vida que tinhamos lá e a que temos hoje aqui. Ao invés de criticarmos tudo e todos, deveríamos começar a enxergar as dificuldades que enfrentamos de um outro prisma a fim de aprendermos a extrair ensinamentos para nossas vidas”, citou o especialista. No final da conversa, alguns convidados puderam fazer perguntas que foram respondidas de forma clara e objetiva. O diretor da NextBrazil Events, Vladimir Koscina, e a diretora-executiva da London Help4U, Francine Mendonça, foram os anfitriões do evento e estavam muitos felizes com o interesse, animação e descontração dos presentes. Carlos estará retornando a Londres no mês de junho para realizar diversos workshops e prestar consultas individuais.


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Grã-Bretanha endurece O

governo britânico deverá endurecer as regras para os trabalhadores imigrantes de fora da União Européia, declarou a ministra do Interior Jacqui Smith à BBC. A partir de abril, os imigrantes de fora da União Européia que queiram imigrar para a Grã-Bretanha sem uma oferta de emprego terão de ter um mestrado - e não apenas curso universitário, como nas regras atuais - e um salário anterior equivalente a 20 mil libras por ano (cerca de R$ 70 mil). "Estou, na verdade, aumentando o nível de exigência", disse a ministra. Pelas regras atuais, a permissão de entrada na Grã-Bretanha de trabalhadores qualificados de fora da União Européia pelo programa "Highly Skilled Worker" é baseada em um sistema de pontuação que leva em conta os rendimentos anteriores, possível experiência anterior no país, idade, nível de conhecimento da língua inglesa e fundos para iniciar a vida na Grã-Bretanha. Portanto, se o candidato, por exemplo, tiver um salário anterior inferior a 20 mil libras ele ainda poderia compensar a falta de pontos nesta categoria com mais pontos em categorias como ensino e nível de conhecimento da língua ou viceversa.

Crise econômica O Ministério do Interior decidiu endurecer as exigências em uma resposta à atual crise econômica e às crescentes queixas de trabalhadores britânicos de que imigrantes estariam tirando os empregos da população local. Segundo a ministra, o governo tem de garantir que sua política em relação aos trabalhadores estrangeiros responda às circunstâncias atuais e afirmou que imigrantes qualificados não deveriam ocupar cargos que não tenham sido anunciados para trabalhadores britânicos. "Estou propondo, por exemplo, que não seja possível alguém chegar ao país e obter um emprego que exige qualificação, a menos que a vaga já tenha sido anunciada para candidatos britânicos e não tenha sido preenchida", disse Smith. A ministra também ordenou que seja investigado o impacto da chegada das famílias de trabalhadores imigrantes à Grã-Bretanha. No ano passado, o número de trabalhadores estrangeiros na GrãBretanha chegou a 3,8 milhões. Porém, um porta-voz do Partido Conservador, de oposição ao governo, acusou Smith de estar tangenciando o problema. "Jacqui Smith está claramente preocupada com o nervosismo das pessoas em relação aos níveis de

regras para imigrantes imigração que temos visto sob este governo", disse Damian Green. "Ela tem razão, mas o que ela está fazendo não é o suficiente. É preciso um limite anual explícito no número de pessoas entrando aqui." "Isso deixaria as pessoas confiantes no sistema, nós teríamos o número certo de pessoas, bem como os talentos que precisamos neste país", afirmou Green. O Ministério do Interior estima que, com as medidas, 12 mil imigrantes a menos entrariam na GrãBretanha a cada ano. Qualificações A ministra ainda propõe novos programas para qualificar trabalhadores britânicos nas áreas em que falta mão-de-obra. "Nós vamos rever as qualificações e adotar ações onde quer que identifiquemos uma falta", disse Smith. O uso de trabalhadores estrangeiros voltou a causar polêmica na Grã-Bretanha depois que uma semana de disputa em uma refinaria francesa no leste da Inglaterra, operada pela Total, fez com que a empresa concordasse em empregar mais moradores locais. A ministra disse ainda que o Comitê de Aconselhamento sobre Migração deve estudar também a

questão das famílias que acompanham os trabalhadores não-europeus. "Há várias perguntas que queremos fazer: seu acesso ao mercado

de trabalho; e até que ponto eles, bem como as pessoas que vêm com eles, precisam demonstrar que contribuição farão à economia britânica", disse Smith.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

UE quer maior regulação financeira e reforço de US$ 500 bilhões no FMI Pedido de aumento de recursos do caixa do Fundo será apresentado na reunião do G20 no dia 2 de abril

L

íderes políticos dos seis países da União Europeia (UE), reunidos domingo, 22, em Berlim, Alemanha, chegaram a um acordo sobre as linhas gerais da proposta de reforma do sistema financeiro internacional que levarão à Cúpula do G20 financeiro, em Londres, em 2 de abril. Entre os consensos, os chefes de Estado e de governo defendem que os recursos do Fundo Monetário Internacional (FMI) sejam elevados em US$ 500 bilhões para enfrentar a crise. Os europeus concordam ainda que o aumento da supervisão deve envolver todos os mercados – inclusive os paraísos fiscais –, produtos financeiros e agentes como hedge funds e agências de notação. A reunião foi um dos eventos preparatórios organizados pelos

seis países europeus que participarão do G20 – Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Espanha e Holanda. Além dos chefes de Estado e de governo desses países, como Angela Merkel, Nicolas Sarkozy e Gordon Brown, assistiram a reunião os presidentes da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, do Banco Central Europeu (BCE), JeanClaude Trichet, e do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker. O acordo de princípios – que resultou em um documento informal, a ser submetido aos demais parceiros da UE – foi anunciado na tarde de domingo. "Os recursos do FMI devem ser dobrados para lhe permitir ajudar seus membros em dificuldades de forma rápida e flexível", diz o resumo dos trabalhos. O texto se refere a "ao menos US$ 500 bilhões" suplementares. Antes do apelo dos europeus, o Japão havia se disposto a investir US$ 100 bilhões no fundo. O apelo europeu pelo reforço do caixa do FMI, integrado por 185 países, veio após os reiterados alertas de que os recursos da instituição podem acabar em

caso de uma crise prolongada. A preocupação é grande na UE porque a fragilidade econômica cresce na Europa Central e Oriental. Na sexta-feira, o primeiro-ministro letão, Ivars Godmanis, renunciou em decorrência da pior recessão da UE. Três países da região, Ucrânia, Hungria e Letônia, já recorreram a empréstimos do FMI. Os governos da Romênia e da Sérvia mantêm conversas informais com o órgão, enquanto a Hungria defende a criação de um fundo mundial de US$ 100 bilhões para socorro aos bancos. Áustria e Polônia também enfrentam dificuldades, o primeiro pela exposição a ativos "tóxicos" de seu sistema financeiro e o segundo pela desvalorização de sua moeda, o zloty, que perdeu 50% em relação ao euro em três meses. Um dos problemas vividos pelos Estados do Leste são os programas de apoio aos bancos no Reino Unido, na Alemanha e na França. Entre as cláusulas das nacionalizações e dos empréstimos estão a reabertura de linhas de crédito para financiamento

dessas economias. Para tanto, as instituições estão repatriando recursos e fechando os cofres em mercados emergentes do leste. Além dos ex-comunistas, na sexta-feira o ministro das Finanças da Alemanha, Peer Steinbrück, reconheceu que o eventual aprofundamento da crise em países do Ocidente, como Grécia, Irlanda, Portugal e Espanha,

poderia obrigar as maiores economias a interceder para garantir a estabilidade da moeda única. "Os tratados da zona do euro não preveem nenhuma ajuda em favor de países que se tornem insolventes, mas na realidade os outros países-membros seriam obrigados a socorrer os que se encontrarem em dificuldade", disse Steinbrück. (AE)


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

GM, Exxon e Chevron entram na lista negra do clima Investidores enquadram empresas na Climate Watch List, que classifica companhias por sua incompetência em lidar com problemas ambientais e pela falta de estratégias em se adaptar a futuras regulamentações de emissões

Por:

Fabiano Ávila

www.carbonobrasil.com

C

anadian Natural Resources, Chevron, Consol Energy, Exxon Mobil, General Motors, Massey Energy,

Southern Company, Standard Pacific and Ultra Petroleum foram todas nomeadas para a Climate Watch List, que é compilada pela Ceres, uma coalizão de investidores e grupos ambientais. Consol, Exxon e Massey estão aparecendo pela segunda vez na lista. As companhias foram citadas por não adequarem suas emissões de dióxido de carbono

Esquema europeu de carbono fecha 2008 com sucesso O esquema de comércio de emissões da União Européia reduziu as emissões com sucesso no ano passado, afirmou a New Carbon Finance em um relatório publicado esta semana. Por: Fernanda B. Müller CarbonoBrasil

O

s setores abrangidos pelo esquema emitiram 2,1 bilhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente em 2008, uma queda de 3% em relação a 2007, estimam os analistas. O preço do carbono foi responsável por 40% desta redução, enquanto a recessão econômica foi responsável por

30%. O aumento da geração de energia renovável e a maior disponibilidade de energia nuclear na Inglaterra e na Espanha contribuíram com o restante. Levando em conta as compensações provenientes do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), houve um excesso de oferta de créditos no esquema em 2008. O fato deste excesso não ter levado a uma queda ainda maior dos preços do carbono indica que os participantes do mercado estão guardando as permissões de emissões e que o formato do esquema está funcionando como pretendido originalmente, explicaram os analistas. "Isto indica que uma parte das reduções de CO2 em 2008 foram guiadas pelo desejo de guardar os créditos para o mercado pós2012, quando o esquema deve ser muito mais rígido", comentou a New Carbon Finance.

(CO2) às expectativas dos investidores, estarem atrás de outras empresas dos mesmos setores em termos de políticas ecológicas e não se prepararem de maneira satisfatória para futuras regulamentações ambientais, o que colocaria o capital investido nelas em risco. “Não observamos nem progresso nem responsabilidade nessas

companhias”, afirmou Mindy Lubber, presidente da Ceres. Segundo Ken Sylvester, controlador assistente de políticas de pensão de Nova York, a Consol teria inclusive tentado bloquear resoluções dos acionistas relacionadas com políticas climáticas. Mas apesar dos esforços da própria empresa, uma resolução desse tipo foi aprovada no fim de 2008 com 40% de apoio dos investidores. A Consol teria ainda pedido ao US Securities & Exchange Commission para excluir uma resolução que determinava um estudo das pegadas de carbono da empresa sob a alegação de que como é uma produtora de combustível fóssil é claro que os acionistas já saberiam que a companhia teria um grande impacto ambiental. “Precisamos mesmo gastar tempo e recursos para analisar o que já é obvio?”, declarou um porta-voz da Consol. Resoluções Já no começo de 2009 o número resoluções feitas pelos investidores com foco no aquecimento global bateu recorde, chegando a 63 contra 57 companhias norteamericanas e canadenses. O interesse deles é descobrir como as empresas estão se preparando para as possíveis conseqüências climáticas e novas leis ambientais. Doze dessas resoluções são contra empresas que estão na Climate Watch List, sendo quatro contra a Exxon e duas contra a Chevron. “Essas resoluções também

buscam aplicar pressão para que as empresas reduzam suas pegadas de carbono”, disse o portavoz da Consol. “No nosso caso, a solução mais óbvia é fechar de vez as portas, mas isso não seria o melhor para os acionistas ou para o país”. Segundo a Ceres, o esforço para aumentar as informações à disposição dos acionistas sobre estratégias das companhias diante do desafio climático é muito relevante. “O congresso dos EUA deve limitar as emissões de CO2 muito em breve e isso afetará de maneira drástica os riscos dos investimentos”, afirmou Lubber. Chevron e a Canadian Natural Resources foram muito citadas na lista em virtude da exploração de petróleo nas areias betuminosas do Canadá, que emite muito mais gases do efeito estufa que as extrações convencionais. “As preocupações com os novos projetos nas areias canadenses ganham força diante da realidade de que eles reafirmam a dependência dos combustíveis fósseis”, conta Andrew Logan, diretor do programa de indústrias petrolíferas do Ceres. As companhias podem sair da lista basicamente interagindo ou acatando as resoluções propostas pelos acionistas. Segundo a Ceres, 12 resoluções já foram deixadas de lado, apenas porque as empresas demonstraram para os investidores claro interesse em se comprometer uma postura mais responsável com o meio ambiente.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Por:

Randes Nunes

O

Brazilian People esteve presente em tudo que aconteceu na noite londrina e traz para você tudo que rolou nessa cidade maravilhosa. Na sexta-feira, 20, a Balada Rio, em Vauxhall, mostrou que podemos curtir o batuque carnavalesco também aqui em Londres com a apresentação de passistas os mais apaixonados puderam apreciar uma noite com muito samba no pé. Já no Copacabana Bar a batida foi radical, pois lutadores de vale-

tudo passaram por lá. Mas é óbvio que foi apenas para curtir a noite, encontrar fãs e distribuir muitos autógrafos. Nosso querido André do Forró celebrou seu niver com amigos e familiares no Comida Restaurante, em Bond Street. Uma noite fantástica, pois o churrasco de carnes selecionadas foi regado com muito forró pela Banda da Ilha. Agora para quem gosta de soltar a voz, a melhor pedida está com os amigos do Karaokê, Manoel, Edileusa, Alexandre e Carioca. Todo domingo eles alegraram o Duke de Cambridge Pub, em Stockwell, até eu arrisquei umas notas... e olha que a galera aplaudiu! Por fim, nosso grande amigo Cairo fez sua festa de despedida no Bankete Restaurante. Uma ótima escolha, pois o lugar é aconchegante e tem a melhor culinária brasileira de Londres. Não perca a próxima semana, com os melhores eventos e festas da semana! Um beijo do fotógrafo, Randes Nunes!

Saimom, Cairo e Adam Lady, Cairo, Lucia e Ezilda

Bankete

Conforto e comida boa no Bankete

Blanco, Lucia, Cairo, Lucimar e Jarbas.

Balada Rio

Lele, Bruninha, Juju e Branca

Gatas da Balada Rio Luana e Bebeto

Charme e simpatia Um show de charme e beleza das passistas

Arnaldo e Steve

Comida André e Rachel

André do Forró e amigos


125 de fevereiro a 4 de marรงo de 2009

Alex Alexanre e Fรกtima Feras e bela

Copacabana

Karaoke

Giulia, Adna e Fabio

Cuidado eles nรฃo brincam Feras da luta livre

Manoel e Edleusa


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Viviane Araújo à frente da bateria da escola.

Desfile das escolas de samba do grupo especial no Rio de Janeiro

Por:

Paula Medeiros editor@braziliannews.uk.com

N

o domingo, 23, seis escolas abriram os desfiles das escolas do grupo especial do Rio de Janeiro, onde horas antes os foliões já lotavam as arquibancadas da Sapucaí. Cerca de 120 mil pessoas assistiram aos dois dias de desfiles. As escolas que desfilam no domingo foram Império Serrano (recém subida para o Grupo Especial e Atual Campeã do Grupo de acesso do Rio), Grande Rio, Vila Isabel, Mocidade Independente de Padre Miguel, Beija Flor e, para encerrar a noite inaugural dos desfiles, a Unidos da Tijuca. Depois de sofrer com o rebaixamento em 2007, a Império Serrano abriu o primeiro dia de desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. A escola resgatou o samba-enredo de 1976, “A Lenda das Sereias e os Mistérios do Mar”, e empolgou a Sapucaí. Apostando em um desfile leve, a escola montou fantasias com o predomínio das cores da agremiação: verde e branco. A Vila Isabel fez um belo desfile com o enredo “Theatro Municipal - A centenária maravilha” e empolgou a Marquês de Sapucaí. O

sambista Martinho da Vila, ausente da escola há dois desfiles, foi o "narrador" do enredo, interpretando o jornalista e escritor João do Rio. A Mocidade Independente levou para a avenida da Marquês de Sapucaí os centenários da morte de dois grandes escritores brasileiro: Machado de Assis e Guimarães Rosa. Com o enredo "Clube Literário-Machado de Assis e Guimarães Rosa...Estrelas em Poesia”, a agremiação contou com quatro mil componentes divididos em 36 alas e oito carros alegóricos – todos em movimento. A rainha da bateria Thatiana Pagung animou a arquibancada da Sapucaí, que está lotada. A Unidos da Tjuca encerrou a primeira noite do carnaval no Rio em grande estilo. O samba-enredo da escola, "Uma odisséia sobre o espaço", mostrou as relações do homem com espaço simbolizadas por alegorias como disco voador, planetas e uma nave espacial. Em busca do tricampeonato a Beija-Flor, levou à Sapucaí um samba-enredo sobre o banho. O desfile foi o mais aguardado da primeira noite do Grupo Especial do Rio. Na plateia, torcedores ilustres como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a primeira-dama, Marisa Letícia. O presidente e a primeiradama estavam no camarote do governador Sérgio Cabral. No entanto, D. Marisa desceu à avenida e sambou perto da bateria. O en-

AE

AE

Carnaval 2009

Centenário da morte de Guimarães Rosa foi lembrado pela Mocidade Independente.

redo No Chuveiro da Alegria, quem banha o corpo lava a alma na folia! foi cantado pelo Neguinho da Beija-Flor. O puxador do samba casou momentos antes de entrar na avenida. O desfile deste ano teve emoção especial. Em tratamento de um câncer no intestino descoberto e operado em julho de 2008, Neguinho não esmoreceu: puxou o samba por toda a Sapucaí, apesar de estar fragilizado pela quimioterapia, que lhe deixou careca. A Porto da Pedra abriu o segundo dia de desfiles na Marquês de

Sapucaí – onde também passaram as escolas de samba Salgueiro, Imperatriz Leopoldinense, Portela, Mangueira e Viradouro – com o enredo "Não Me Proíbam Criar, Pois Preciso Curiar! Sou o País do Futuro e Tenho Muito a Inventar". A escola contou com cerca de 4.500 componentes que desfilares nas 33 alas e nos oito carros alegóricos levado pelo Porto da Pedra à avenida. O Salgueiro foi a primeira escola deste carnaval a ser recebida aos gritos de "é campeã" pelos seto-

res populares do sambódromo. E a saudação tinha razão de ser. A agremiação da Tijuca fez um desfile impecável, com fantasias luxuosas e um samba-enredo – sobre o tambor – que empolgou o público. Foi cantado tanto pelas arquibancadas como pelos seus integrantes. Apesar de não ter errado, a escola pode acabar penalizada por um buraco entre a ala tambor primitivo e o carro tambor africano, que ficou evidente em frente à primeira cabine de jurados. O carro ficou retido por um semáforo, posicionado de maneira errada. "As autoridades de trânsito da prefeitura não removeram o sinal. Isso é um absurdo. Podia ter acontecido com qualquer outra escola. O Salgueiro foi a primeira a vir por aquele lado da avenida", reagiu o carnavalesco Renato Lage. "O que importa é que o sambódromo e o Rio de Janeiro – quem sabe o Brasil? – bateram tambor hoje." Os 3.500 componentes da Imperatriz Leopoldinense empolgaram a Marquês de Sapucaí com a homenagem da escola a Ramos, seu bairro de origem. Os membros – a maioria da própria comunidade – comemoraram na avenida os 50 anos da Imperatriz, uma das agremiações que mais acumula títulos na história do carnaval carioca. A musa Luiza Brunet, rainha da bateria, também teve motivos para comemorar: completa neste ano 25 anos de samba na avenida.


AE

125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Depois de distribuir preservativos ao público, Lula guarda camisinha no bolso.

Presidente Lula distribui camisinhas na Sapucaí

AE

O

Mangueira traz enredo sobre a formação do povo brasileiro em seu carnaval de 2009.

A Portela apresentou o enredo "E por Falar em Amor, Onde Anda Você?". O tema não foi abordado somente sob o ponto de vista do romantismo, mas também sobre as diversas maneiras de demonstrar a afetividade. O carnavalesco Lane Santana dividiu o desfile em sete partes, "Começa com a idade das trevas, que é a Idade Média, e a gente pega histórias fictícias e

reais pra demonstrar exemplos de amor", disse. Depois de um ano complicado, a Mangueira apostou na força do samba para superar os problemas. A escola enfrentou falta de dinheiro e atraso na preparação das alegorias e fantasias. Com o enredo “A Mangueira traz os Brasis do Brasil”, mostrando a formação do povo brasileiro, a tradicional escola ver-

AE

Carro que trouxe a bailarina Ana Botafogo foi um dos mais luxuosos do desfile.

A musa Luiza Brunet, rainha da bateria da Imperatriz.

presidente Luiz Inácio Lula da Silva estreou na Marquês de Sapucaí distribuindo camisinhas para o público, assistindo ao desfile de todas as escolas e apadrinhando informalmente a união do sambista Neguinho da Beija-Flor. De chapéu panamá, camisa azul clara florida e calças brancas (as cores da Beija-Flor), Lula chegou ao camarote do governo do Estado às 21h38 de domingo, 22, acompanhado da primeira-dama, Marisa Letícia, e do governador Sérgio Cabral (PMDB) e sua mude e rosa fez um samba forte com o refrão “É sangue, é suor, religião/ Mistura de raças num só coração/ Um elo de amor à minha bandeira/ Canta a Estação Primeira”. O enredo da escola Viradouro foi "Vira, Bahia, pura energia", que aborda as relações do Estado com as pesquisas de biocombustível, ilustrada pela presença de deuses negros. Milton Cunha, carnava-

lher. Só deixou o local às 5h15. Acenou para o público e integrantes das escolas, especialmente para a Mocidade Independente e a Beija-Flor, sua escola de coração no Rio. Lula passava alguns minutos à janela do camarote e outros na parte interna, acompanhado de Marisa, Cabral e sua mulher, do vice-governador Luiz Fernando Pezão e do jornalista Sérgio Cabral, pai do governador. Os ministros Orlando Silva (Esporte) e José Gomes Temporão (Saúde) e a senadora Roseana Sarney lesco da agremiação, disse que a Bahia herdou a sabedoria africana de respeitar a natureza. "Como os deuses da África, os orixás são manifestações de elementos da ecologia", explicou. O representante disse que o enredo da Viradouro homenageia a sabedoria africana devido a contribuição que ela deu para os avanços tecnológicos. O desfile da Viradouro encerrou

(PMDB-MA) também o acompanharam. Foi ao lado de Temporão que Lula lançou pacotes de camisinhas ao público, depois de pôr um deles no bolso. As camisinhas apareceram a pedido do ministro, depois de reclamação da primeira-dama, que vira remédios para dor de cabeça e ressaca oferecidos no banheiro, mas reclamou a ausência de camisinhas. "Disse a ela: "Tem toda a razão!" Pedi à secretaria municipal e logo tínhamos para distribuir", contou Temporão. na madrugada da terça-feira, 24, o Carnaval do Rio em 2009, com um enredo inusitado que relaciona a defesa dos biocombustíveis e a suposta contribuição dos orixás africanos para a proteção do ambiente. A escola começou a cruzar a avenida às 4h55. Em uma apresentação com 4.000 componentes, 38 alas e oito carros alegóricos.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Por: Paula Medeiros e Roberta Tiberi

"New Works" de Hirma Castro

A

té este sábado, 28, a artista Hirma Castro está com a exposição “New Works” na J Galerry, em Northampton. Original de Fortaleza, a artista detém um número expressivo de exibições em sua carreira. Formada em Teologia, Hirma utiliza de seus estudos para compor sua obra, o que é facilmente reconhecido. Com suas origens cearenses bastante presentes em sua formação, a produção artística é riquíssima e apresenta também traços marcantes da cultura folclórica da região. O trabalho da artista foi publicado amplamente no país, principalmente nas publicações Arte Final, Salas e Varandas, e Ambientes.

Dança Boulevard of Broken Dreams

D

a parceria entre o Mavron String Quartet e do compositor britânico Charlie Barber, com a participação do coreografo brasileiro Jean Abreu, nasce “Boulevard Of Broken Dreams”. Um grupo de quatro dançarinos, coreografados por Jean Abreu, traz ao palco uma excitante mistura de influências latinas, dança e expressão corporal. O espetáculo explora o modo como se encontram, assim como as tensões existentes entre as pessoas em espaços públicos. Eles estarão em Londres esta sexta-feira, 27, no “The Robin Howard Dance Theatre”, em única apresentação.

Jgallery Até 28 de fevereiro 25 West Street - Moulton Northampton - NN3 7SB info@jgallery.org.uk

The Robin Howard Dance Theatre 27 de fevereiro às 20 horas The Place - 17 Dukes Road London - WC1H 9PY


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

London Fashion Week promete planos de ação contra a crise

A

Modelo desfila para a grife de Paul Costelloe na London Fashion Week Outono/Inverno 2009.

Modelo desfila para a grife de Caroline Charles na LFW 2009.

capital britânica recebe mais uma edição da London Fashion Week, entre os dias 20 e 25, com os desfiles principais a convergirem para a BFC Tent, situada entre a Cromwell e a Exhibition Road, e para o espaço TopShop, na P3 University of Westminster. Com a British Fashion Council como principal organizador do evento, os 25 anos da London Fashion Week foram comemorados entre iniciativas do BFC Fashion Fund para apoiar a indústria da moda – com Hilary Riva, diretora executiva da BFC, a anunciar planos inovadores para agir contra as ameaças de crise – e uma recepção em Downing Street – com a mulher do primeiro-ministro, Sarah Brown, como principal anfitriã. Durante estes dias, nomes consagrados da moda londrina como Vivienne Westwood e Paul Smith aliam-se aos novos talentos da BFCNewGen, cuja participação no evento é patrocinada diretamente pela loja TopShop. Além dos desfiles principais, destacam-se o Fashion Scout da Vauxhall e o showcase de moda independente da OnIOff, que apesar de serem off-schedule têm lugar nos mesmos locais dos desfiles do calendário oficial.

A grande novidade desta foi o ‘Menswear Showcase’, resultado da parceria entre a Fashion East e a Topmen, que congregou 13 designers de moda masculina ocupando inteiramente o último dia do evento. O salão de exposição da LFW, montada ao lado do Museu de História Natural, entre os dias 21 e 24, com o ‘pret-a-porte’ e acessórios de mais de 200 designers figurar o espaço mais jovial, futurista e clean. Com cada vez mais designers a levarem as suas criações para fora da passarela principal – como Blow – os peritos garantem que este não-alinhamento nas tendas principais não retira qualidade nem glamour das coleções que primam pela sua faceta mais ‘edgy’, permitindo uma maior visibilidade das novas tendências para as coleções Outono/Inverno 2009. A comemoração dos 25 anos fica completa com o extenso calendário de festas até o final desta semana, com especial destaque para a London Fashion Week International Party, Punk Loves Couture, e variadíssimas invitation-only que vão desde uma mostra dedicada à rainha da Pop, “Simply Madonna: Materials of The Girl”, a diversos after-shows.

Modelo desfila para a grife Estethica/Noir na LFW 2009.

Modelo desfila para a grife de Eun Jeong na LFW 2009. Modelo desfila peças criadas por estudantes da Universidade Central Saint Martins na LFW 2009.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Da Cruz lança segundo CD

com turnê pela Europa Por: Paula Medeiros

paulamedeiros@hotmail.co.uk

O

grupo Da Cruz, que tem a frente a brasileira Mariana da Cruz, vem a Londres para lançar seu segundo CD “Corpo Elétrico” na próxima terça-feira, 3, no Guanabara, a partir das 20 horas. Como Seu Jorge, Zuco 103, Bebel Gilberto, Cibelle, Mariana resolveu trilhar o caminho internacional e mora atualmente na Suíça. Aprendendo acordes no coro de uma igreja, Mariana também passou pelos bares de Sampa antes de ir em busca de algo novo que a levou para Lisboa. Da Cruz queria cantar em novos espaços deixar se influênciar por novas e diferentes tendências musicais e culturais. Cantando um show de música brasileira no Bairro Alto (bairro artístico de Lisboa), Mariana conheceu o produtor Suiço Ane. H, membro da banda pioneira da electro-metal, a Swamp Terrorists. Sem esquecer de suas raízes brasileira, começaram a criar seu estilo único entre Bossa Nova, Breakbeats, Jazz, Samba Rock e Electro. Formando uma colisão musical com sua tradicionalidade brasileira. Juntanram-se com o guitarrista Oliver Husmann e o primeiro álbum “Nova Estação“ saiu em 2007. Da Cruz teve a participação entre outros de Duduka da Fonseca, antigo baterista do legendário (Antonio Carlos Jobim). Na América do norte o CD é editado pelo rótulo Six Degrees (Bebel Gilberto, Céu). Pela grande campanha promovida levando Da Cruz para o Top-10 do CMJ Charts. O Brazilian News conversou com Mariana para saber como estão os preparativos para o show em Londres. Brazilian News: Como que está a expectativa para o show em Londres?

Modelos brasileiras posam nuas para revista "DT"

Mariana da Cruz: Estou super feliz de poder ir para Londres divulgar nosso trabalho e estou com bastante expectativa para o show, estou esperando para ver como tudo vai ser, como é o público londrino, pois esta é nossa primeira vez em Londres. BN: Como está sendo a divulgação do CD? Mariana: A divulgação desse novo CD está sendo feita inicialmente na Europa. Ao todo são 33 países, mas devagarzinho vamos passando por cada um deles. Sem pressa. Claro que vamos ao Brasil também e eu já ouvi que o pessoal lá gostou do CD. Mas ainda não temos datas de todo o tour.

BN: Que a diferença de ser musico no Brasil e na Europa? Mariana: O Brasil é um celeiro muito bom de músicos, temos cantores excepcionais. Mas eu vejo que as oportunidades lá são poucas, tenho amigos que trabalham com musica a mais de dez anos e ainda não conseguiram muito sucesso. Então o que me fez sair do Brasil foi a busca por coisas novas, sempre fui muito curiosa e gosto de novas tendências. Esse nicho no Brasil é ainda mais difícil, tem muitos rótulos. Aqui é mais fácil ser livre e criativo sem precisar destes rótulos, o que facilitou o meu trabalho.

Adriana Lima, Carol Trentini, Alessandra Ambrosio, Michelle Alves, Raica Oliveira, Isabeli Fontana e Cintia Dicker realizaram poses sensuais para a revista "DT". Lima, capa da edição, foi apontada como o segredo do sucesso da caipirinha --uma brincadeira com o popular drinque brasileiro, mas também com o sobrenome da modelo. A edição que traz as modelos brasileiras é de fevereiro.


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Favoritismo se confirma e Heath Ledger leva Oscar póstumo

C

omo era esperado, Heath Ledger levou o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante por "Batman - O Cavaleiro das Trevas". Ledger morreu aos 28 anos em janeiro do ano passado, devido a uma overdose acidental de remédios. Com sua interpretação como o Coringa, ele ganhou a grande maioria dos prêmios. É o segundo Oscar póstumo entregue a um ator pela Academia; o primeiro foi para Peter Finch em "Rede de Intrigas" (1976). O pai, a mãe e a irmã do ator subiram ao palco para receber o prêmio em nome de Ledger. A plateia se levantou para aplaudir o anúncio de Ledger como o vencedor. A Academia anunciou que a estatueta será entregue a Matilda, 3, filha do ator australiano com a atriz Michelle Williams. Ela poderá ter o Oscar do pai quando completar 18 anos. No discurso, o pai de Ledger disse que o prêmio mostrava como a indústria cinematográfica o havia aceitado em seu meio. A irmã declarou que recebia "com orgulho" o prêmio em nome de Matilda. Melhor ator Sean Penn ganhou o Oscar de

Sean Penn.

melhor ator por sua interpretação como ativista gay em "Milk - A Voz da Igualdade". Esse é o segundo prêmio de Penn, que já havia recebido a estatueta por "Sobre Meninos e Lobos". Penn disse que não estava esperando ganhar o prêmio, e que sabia que era difícil gostar dele. Ele deu um tom político ao seu discurso, ao fazer campanha para a aprovação legal do casamento entre casais do mesmo sexo. O ator ainda elogiou a atuação de Mickey Rourke, a quem cha-

Kate Winslet.

mou de "irmão". Melhor atriz A britânica Kate Winslet recebeu o Oscar por sua atuação em "O Leitor". Após ser indicada seis vezes, Winslet levou o prêmio para casa. Emocionada, Winslet agradeceu a Peter Jackson, que a dirigiu em seu primeiro filme, "Almas Gêmeas"; Emma Thompson, que se tornou sua amiga no set de "Razão e Sensibilidade"; e ao marido, o diretor Sam Mendes, que trabalhou com ela em "Foi Apenas um

Irmãs de Ledger.

Penélope Cruz.

Sonho". Winslet também brincou com as outras indicadas, e disse a Streep que "ela deveria engolir" o fato de ter vencido na categoria. Melhor atriz-coadjuvante Penélope Cruz, no primeiro prêmio anunciado da noite, garantiu para a Espanha seu primeiro Oscar de atriz, ao ganhar como coadjuvante por seu papel em "Vicky Cristina Barcelona".

"Quem Quer Ser um Milionário?" domina Oscar com 8 prêmios siderado ruim das pessoas que vivem nas favelas de Mumbai. A Índia marcou presença também com o melhor documentário de cur-

Longa “Quem Quer ser Milionário?” levou oito das dez categorias na qual concorria.

O

filme "Quem Quer Ser um Milionário?", do diretor Danny Boyle, se tornou o grande vencedor da 81º edição dos prêmios Oscar, distribuídos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, neste domingo, 22. O filme levou oito estatuetas das dez às quais concorria. Uma produção do Reino Unido ambientada na Índia, com elenco e grande parte da equipe indianos, o filme levou os prêmios de melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor canção original, melhor trilha sonora, melhor edição, melhor mixagem de som e melhor fotografia. Comparado a "Cidade de Deus" (2002) – para desagrado do diretor –, o filme chegou a ficar "órfão" quando a Warner Independent Pictures, que financiaria o projeto, abandonou o trabalho. "Quem Quer Ser um Milionário?" foi então

Diretor Danny Boyle.

assumindo pela Fox Searchlight Pictures, que lançou o filme em novembro. Desde seu lançamento, "Quem Quer Ser um Milionário?" arrecadou US$ 150 milhões nas bilheterias. O filme também enfrentou críticas e protestos devido a um retrato con-

ta-metragem com "Smile Pinki". "O Curioso Caso de Benjamin Button", filme com o maior número de indicações ao Oscar (13 no

total), ficou com apenas três prêmios: melhor efeito especial, melhor maquiagem e melhor direção de arte.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Informática e Tecnologia

Redes sociais são as melhores T

odos os participantes do Mobile World Congress queriam se tornar os melhores amigos das redes sociais. Da maior fabricante mundial de celulares, a Nokia, à Movidia, uma pequena fabricante irlandesa de chips, todos não falaram de outra coisa que não Facebook, MySpace e Bebo. A maioria das visitas a essas comunidades online continuam a ser feitas por pessoas sentadas diante de um computador, que contam aos amigos onde estão e como se sentem, trocam opiniões sobre filmes e músicas favoritos ou enviam vídeos. Mas a natureza espontânea e pessoal de boa parte dessa comunicação se presta perfeitamente aos celulares. O presidente da MySpace, controlada pela News Corp., anunciou que o número de pessoas que acessam a rede via celular quadruplicou no ano

amigas do setor de telecom Fabricantes mostraram aparelhos que facilitam integração com redes como Facebook, MySpace e Bebo

Niklas Savander, vice-presidente da Nokia; empresa fechou acordo com Facebook.

Hackers 'expulsam' jogadores de rede de games online Piratas sobrecarregam endereço de IP de usuários de serviço do videogame Xbox 360, da Microsoft

A

ferramenta online do videogame Xbox 360, o Xbox Live, está sendo atacada por hackers que vendem serviços para expulsar jogadores da rede. O serviço está ganhando popularidade entre jogadores que querem se vingar daqueles que os derrotaram em disputas online. Os hackers usam uma ferramenta já usada contra páginas na internet durante muitos anos, a que permite sobrecarregar o sistema com dados. A Microsoft, por sua vez, afirma que está "investigando" o uso da ferramenta e acrescentou que os que forem flagrados usando este recurso serão expulsos do Xbox Live. Em janeiro, a companhia anunciou que o Xbox Live atingiu a marca de mais de 17 milhões de usuários. "Nas últimas três ou quatro semanas, ocorreu um aumento no número de pessoas falando sobre e distribuindo estas coisas", afirmou Chris Boyd, diretor de pesquisa de malwares (programas que invadem os computadores sem o consentimento dos donos e que podem prejudicálos, causando danos à máquina ou permitindo o roubo de informações) da consultoria Facetime Communications.

"Estamos investigando o uso malicioso de ferramentas do software que um hacker pode usar para tentar prejudicar a conexão de internet de um jogador do Xbox Live", disse a Microsoft em resposta ao aumento nos ataques. "Este problema não está relacionado com o serviço Xbox Live, mas à conexão de internet do jogador", acrescentou. "O hacker pode também tentar interromper outros serviços de internet, como transmissão de vídeo ou navegação, usando as mesmas ferramentas." "Esta atividade viola os Termos de Uso do Xbox Live e vai resultar na expulsão do Xbox Live e outras ações apropriadas", disse a Microsoft em um comunicado. A companhia pediu que os jogadores que forem vítimas deste tipo de ataque entrem em contato com seus provedores de internet para tentar resolver o problema. "A esperteza a respeito destas ferramentas do Xbox é que elas não atacam a própria rede Xbox Live", disse Chris Boyd. Segundo Boyd, a ferramenta funciona ao explorar a forma com que a rede Xbox Live é estabelecida. Consoles de videogame que se conectam a esta

rede enviam informações pela internet e, para isso, precisam de um endereço de IP. E o que facilita ainda mais é o fato de os jogos via Xbox Live não precisarem de servidores particulares. "Ao invés disso, são os próprios jogadores que hospedam muitos jogos do Xbox Live", disse. Se os hackers conseguem descobrir o endereço de IP da pessoa que hospeda o jogo, podem usar muitos dos ataques que foram usados durante anos contra páginas na internet, acrescenta Boyd. Um dos ataques mais populares para os especialistas em Xbox é o "Denial of Services", que sobrecarrega um endereço de IP com grandes quantidades de dados. A sobrecarga é gerada por um botnet, grupo de computadores domésticos cujo controle foi assumido pelos hackers. Quando este ataque é feito contra uma página, esta grande quantidade de dados sobrecarrega o site e faz com que ele não responda a visitantes verdadeiros. Quando o ataque é voltado contra um dono de Xbox, pode bloquear seu acesso à rede pelo videogame e o expulsar do jogo. (BBC/Brasil)

passado, para 20 milhões, ante um total de 135 milhões de visitantes únicos, e o Facebook registrou salto semelhante. "Esse é realmente o começo do nosso caminho com isso", disse Chris DeWolfe, presidente-executivo do Facebook, à Reuters. O MySpace anunciou na feira acordos com a Nokia e Palm, que adaptarão alguns de seus celulares para incluírem recursos de envio de imagens ao site com o uso de apenas um botão. A empresa confia que a maior parte dos fabricantes de celulares incluirão recursos de acesso ao MySpace no ano que vem. O chamado "celular Facebook"

ou Social Mobile, produzido pela INQ, empresa criada pela 3, da Hutchison Whampoa, conquistou o prêmio de celular do ano oferecido pelos organizadores do evento, a GSM Association, e todos os envolvidos se mostraram ansiosos por abocanhar uma parcela do crédito. "A tecnologia de chipsets integrados da Qualcomm e o software BREW permitiram que a INQ compreendesse o potencial das redes sociais móveis", comemorou Enrico Salvatori, o diretor geral de operações da fabricante de chips Qualcomm na Europa. Por trás do entusiasmo está um setor de telecomunicações que enfim conseguiu desenvolver a velocidade de rede, a capacidade e os aparelhos que tornam divertida a antes tediosa e demorada experiência de capturar e exibir imagens e vídeos com aparelhos móveis. (Reuters)

Governo da China permite que internautas investiguem morte O prisioneiro Li Qiaming, de 24 anos, teria batido a cabeça contra a parede, vendado, durante uma brincadeira

O

governo da China convidou internautas céticos para ajudar na investigação da morte de um prisioneiro que, segundo a polícia, bateu a cabeça contra uma parede, vendado, durante uma brincadeira de esconde-esconde, anunciou a imprensa estatal na sexta-feira. Li Qiaming, 24, morreu de lesão cerebral severa quatro dias depois de ter sido enviado ao hospital de um centro de detenção em Yunnan, uma província no sudoeste da China, disse a Beijing News. Ele havia sido detido por cortar árvores ilegalmente. A causa de morte fornecida pela polícia foi amplamente questionada na Internet. "Convidamos internautas a investigar o caso no local, e esperamos que eles cheguem a suas próprias conclusões e difundam a informação que virem com seus próprios olhos junto ao maior número possível de pessoas", disse Gong Fei, secretário de propaganda do governo de Yunnan. "É a primeira vez em Yunnan, e talvez na China, que os internautas são convidados a participar de uma investigação," acrescentou ele, de acordo com a agência oficial de notícias Xinhua. A China, o mais populoso país do mundo, tem o maior número de internautas do planeta --298

milhões de usuários no final de 2008, com alta de quase 42 por cento ante o ano anterior. As autoridades chinesas mantêm a Internet sob rédea curta, lançando campanhas de repressão ao que veem como conteúdo "vulgar", que varia de pornografia a questões politicamente controversas, mas também mantêm a atenção quanto a tópicos muito debatidos, em busca de sinais de possível inquietação. Os internautas chineses também expressaram ceticismo quanto ao número oficial de mortes anunciado depois de uma série de colisões de veículos na província de Shandong uma semana atrás. "Devido à neblina, houve 21 acidentes, envolvendo 47 veículos. Em um dos acidentes, cinco pessoas morreram", anunciava uma comunicado no site da Administração Estatal da Segurança no Trabalho, sem oferecer detalhes sobre o número de vítimas fatais nas outras 20 colisões. A mídia estatal afirmou que o total de mortes era de cinco, mas muitos usuários da Web, que alegam ter testemunhado um ou mais dos acidentes, estimam o total de mortes em mais de 30, e postaram na rede fotos sangrentas que alegam terem sido obtidas nos locais. (Reuters)


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Anticorpo derrota vírus da gripe aviária, diz estudo

T

rês equipes de cientistas nos EUA conseguiram nocautear várias linhagens do vírus da gripe, incluindo a variante que causa a gripe aviária e a responsável pela gripe espanhola, a pandemia (epidemia global) que matou mais de 20 milhões de pessoas entre 1918 e 1920. Os anticorpos que os pesquisadores produziram foram capazes de proteger camundongos de doses letais desses vírus, criando a possibilidade de novas terapias para tratar ou prevenir tanto pandemias quanto os surtos sazonais de gripe. O método usado evitou o alvo mais tradicional do combate ao vírus da gripe, a sua superfície infectante, que costuma sofrer mutações rápidas e tem impedido a criação de uma vacina eficaz e universal. Em vez de dar um soco nessa cara mutante do vírus, a técnica foi equivalente a dar um golpe de caratê no seu pescoço rígido. Esses vírus são conhecidos como vírus da gripe (ou influenza) tipo A. O influenza tem várias linhagens de acordo com o tipo de proteína na superfície. São duas

as proteínas fundamentais para a infecção: a hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N). A hemaglutinina ajuda o vírus a "grudar" na célula e introduzir nela seu material genético para forçá-la a produzir novos vírus, cuja saída da célula é mediada pela neuraminidase. Os subtipos de vírus são nomeados de acordo com essas proteínas, como H5N1 (da gripe aviária) ou H1N1 (da gripe espanhola). Surtos sazonais de gripe matam todo ano cerca de 250 mil pessoas em todo o mundo. As vacinas existentes fazem o organismo produzir anticorpos para se proteger apenas contra a linhagem do momento. "E a cada trinta anos em média surge uma pandemia. Já está na hora de surgir uma e nós não sabemos como será esse vírus", declarou um dos líderes da pesquisa, Robert Liddington, do Instituto Burnham para Pesquisa Médica, na Califórnia, numa teleconferência. "Descobrimos anticorpos, agentes antivirais naturais, fora do comum, pois são capazes de se ligar

a uma região abaixo da superfície do vírus", diz Liddington. A descoberta está relatada em artigo publicado on-line na revista "Nature Structural & Molecular Biology". A hemaglutinina na superfície viral lembra um "pirulito", diz outro dos 19 autores do estudo, Ruben Donis, do Centro para Controle e Prevenção de Doenças. Existem 16 "sabores" de hemaglutinina, mas a haste do pirulito permanece a mesma, "altamente conservada". O sistema de defesa do corpo geralmente não enxerga esse "pescoço" e tenta atacar a mais visível "cabeça". Mas a equipe vasculhou e encontrou alguns anticorpos monoclonais (proteínas derivadas de uma mesma linhagem celular) que foram capazes de atacar a haste. Um deles, conhecido como F10, foi bem sucedido contra 8 dos 16 tipos de hemaglutinina. Ao se ligarem nas hastes das proteínas, os anticorpos impedem que o vírus mude de forma e consiga se fundir na célula. Segundo Wayne Marasco, do Instituto do Câncer Dana-Farber, de Boston, uma terapia usando

esses anticorpos monoclonais poderia ser útil para pessoas mais vulneráveis, como trabalhadores de saúde. Já em 2011-2012 poderiam ser feitos testes clínicos, diz Marasco. "Coquetéis" desses anticorpos poderiam ser eficazes contra to-

das as linhagens de gripe. "Ao fazer mutação [na haste], o vírus estaria cometendo suicídio", diz Donis. Em caso de uma pandemia, os anticorpos monoclonais também serviriam como uma linha de defesa adicional. (Folha Online)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

19 à 25 de outubro de 2006

COMUNIDADE / LONDON HELP 4U Por: Cidadania Israel Monte

Immigration Advisor imigracao2@londonhelp4u.co.uk

Leitor: Como faço para obter a nacio- (e qualquer dependente) durante todo Por: Nelissa Atkins o período que estiver no Reino Unido nalidade britânica? London Help4U: A obtenção de cida- sem precisar recorrer à recursos públidania através de antepassados britâni- cos. Agora se o seu caso é de cidacos é, sem dúvida, um dos caminhos dania Européia, o processo é menos mais seguros para quem quer morar complicado. O brasileiro deve apenas no Reino Unido. Mas, como o Brasil apresentar, em sua árvore genealónão foi colonizado pela Inglaterra, os gica, algum histórico de uma pessoa L: Gostaria de saber se existe futsal Liga e dos treinamentos, entre em brasileiros não têm direito de aplicar de sua família de nacionalidade euroem Londres, se tenho que ser profis- contato com Rogério Oliveira através para o UK Ancestry, já que o reque- péia. Depois de verificar as chances sional para jogar e como funciona a do e-mail rogerio@kickersfutsal.com. Pergunta: Oi, LondonHel- se temos condições de fazer aplicar. Essa permissão não é aconselhamos você a: Os treinos acontecem aos domingos rente deve ser cidadão de um dos paí- de conseguir a cidadania européia, o Liga de Futsal na Inglaterra. 1) Solicitar o COA, casar-se p4U, meu nome é Juliana e esse pedido? Quanto custa e extensão de visto e você teria ses membros do Commonwealth (que requerente deverá apresentar alguns LH4U: Sim. Existem várias equipes à tarde, em Battersea, e a equipe preciso da ajuda de vocês ur- por quanto tempo posso ter que casar antes de seu visto e aplicar para seu visto de resão aqueles antigos países da colônia documentos que comprovem a sua em Londres. Uma delas é o Kickers oferece a melhor disponibilidade de vencer. E mais ainda: marcar sidente dentro de UK se vocês gente! Tenho que renovar meu esse visto? inglesa, como o Canadá, Austrália e descendência. O tempo de busca para Futsal, que está selecionando jogado- horários para o jogador. Por favor, LH4U me ajude! seu casamento dentro do pra- realmente se amam; ou visto, mas eu e meu namorado África do Sul); ser maior de 17 anos; dar entrada na naturalização, varia res entre 16 e 32 anos para fazer par2) Voltar a frequentar suas (inglês) não sabemos o que fa- Não sei a quem mais posso zo dado pelo COA. Só depois L: Acabei de chegar em Londres e o ancestral (no caso do avô) deve ter de país para país, mas normalmente te do seu time. A equipe é dividida em de casada é que você pode aulas a regularizar sua situazer. Já tirei dois vistos de estu- recorrer!!!! nascido antes do dia 31 de março de é solicitado a certidão de nascimento, três categorias: Profissional (Kickers tenho mil e uma dúvidas sobre empreaplicar para sua residência no ção de estudante rapidamente dantes e tenho medo de que o 1922, no Reino Unido, Island Channels, casamento e óbito (em caso de faleciFutsal), Reservas (Kickers Reserves) gos, cursos, entre outros assuntos. pois as leis estarãoTem mudando Reino Unido. e o Kickers Academy, Resposta: Olá Juliana, obriHome Office negue o próximo, algum lugar que oferece este tipo Isle of Man ou na República da Irlanda. mento) dos antepassados. Conte com equipe aberta no final de março, quando vis-gratuitamente? gado pela sua pergunta. Um atá porque não estou indo reAlém disso, deve provar que tem con- a LondonHelp4U para ir atrás do seu para aqueles que gostam do espor- de serviço to de estudante mudará a fazer Como você não quer casar visto de noiva tem validade de gularmente às aulas. LH4U: Bem-vindo à Londres amigo! dições financeiras para sustentar-se direito à cidadania! te, mas apenas como forma de lazer parte do Tier 4 do O sistema visto, mas A quer Eu e meu namorado estamos apenas seis meses, mas você por pressão de curso de gratuito chamado Survive, e diversão. Kickers Futsal particiLA O C pontos, onde a imigração es-pela City Gates Church, é estender sua estada no Reino tem que aplicar para este vispensando em solicitar o visto ES pa dos principais torneios no Reino promovido taráPremier controlando estudantes do seu relaciode noiva, mas ouvimos que o to no Brasil. Neste caso, você Unido atravésUnido, ótima opção para quem acabou como o Futsal Lea- os uma intensamente e um (FPL), cidadãoEngland bri- mais casal tem q estar mais de dois precisa comprovar no mínimo namento comgue chegar em Londres e necessita Serie A, o FPL dedeportando aqueles que nãodeestiverem possível seLeague, meses de relacionamenjuntos? É verdade? o espanhol, existemtânico, paco- isso seria ajuda com acomodação, trabalho, L:anos Tenho interesse em estudarAno outrasseisimprovisar England London Hull Tournaagindo de acordo as leis vocês estiverem vivendo juntos to. passado fomos juntos ao Braligações telefônicas, inglês para o dialínguas e gostaria de saber se existe tes para a Espanha (Madri, Málaga ment e o England Nationals e também com de imigração. por dois anos consecutivos e sil de férias e desde que voltei alguma escola em Londres, com cur- e Barcelona) e até nas exuberantes acumula diversos títulos como Cam- a-dia, entre outros. O curso é realizaQualquer dúvida não deixeo segundo sábado do mês, legalmente comprovados. EnComo você está em UK,e Cuba. morando juntos. Mas Ilhas Balearic, em Mallorca, O durante sosestamos na Espanha, França e Itália. pões de Londres. Participando da do de nos consultar. Marque uma tão você poderia aplicar para você pode pedir permissão como ainda não queremos às 17h, no Church Centre, LH4U: Existem algumas escolas que curso de francês é uma ótima opção Liga de Futsal de Londres, o jogador das 13h consulta e venha nos visitar um visto de Unmarried Partner, para casar que se chama Cercasar somente por imposição oferecem cursos de inglês não só na para aqueles interessados em aprenpoderá também participar do Cam- localizadonana 07 Greens Court, W1F LondonHelp4U!!! que é parecido com Nacional a União Inglês, Approval (COA). do É ambiente de umamas situação legal. der aoflíngua e desfrutar Inglaterra, também nos Então países etificate peonato onde a equi- 0HQ. Faça já a sua inscrição através Nosso Futsal time deé especializado Estável no Brasil. importante verificar que você pensamos que o visto de noiva do e-mail: marketing@londonhelp4u. cidades onde o inglês também é a lín- cultural e romântico da cidade de Paris pe de brasileiros do Kickers em imigração espera de Obraprecisa ter pelo menos 3 meseria uma boa saída. Gostaria co.uk. próximo curso acontece dia gua oficial, como nos Estados Unidos ou Nice. No caso do italiano, existem a atual campeã. Para fazer parte do ços abertos! Se esse não é o seu caso, ses de visto válido antes de de saber o que precisamos e (Nova Iorque, Los Angeles, Miami), alguns cursos também em Florença, time não há necessidade de ser um 11 de novembro. Informações com Canadá (Toronto), Austrália (Sydney) Roma e na Calábria. Invista em seu professional. Basta querer jogar e ter Cleverson pelo telefone: 079 0411 ou em Malta. Agora se o objetivo é futuro e escolha o melhor rumo. espírito esportivo. Para participar da 7302 ou www.citygateschurch.net.

London

Help in London

Escolas

Alguma dúvida sobre diferentes tópicos? » » » »

IMIGRAÇÃO CIDADANIA EMPREGOS ABERTURA DE EMPRESAS CONTABILIDADE

» » » »

ACIDENTES DE TRABALHOS HELP IN LONDON EQUIVALENCIA DE DIPLOMAS IMPORTAÇÃO & EXPORTAÇÃO

ou qualquer outro assunto que esteja interessado.

Endereços Úteis: Endereços Úteis: Consulado do Brasil em Londres: 6 St Alban’s Street Consulado SW1Y 4SQ do Brasil em Londres: 3 Vere Tel: 020Street 7930-9055 W1G 0DH (central telefônica) Tel: 1550 Fax:020 0207659 7925-3990 Fax: 020 7659 1554 E-mail: consulado@cgbrasil.org.uk E-mail: info@consbraslondres.com www.brazil.org.uk/consulate www.consbraslondres.com Embaixada do Brasil em Londres: Embaixada do Brasil em Londres: 32 Green Street 32 Green W1K 7AT Street W1K 7AT7399-9000 Tel: 020 Tel: Fax:020 0207399-9000 7399-9100 Fax: 020 7399-9100 E-mail: info@brazil.org.uk E-mail: info@brazil.org.uk www.brazil.org.uk www.brazil.org.uk

Banco do Brasil em Londres: Banco Brasil em Londres: 34 Kingdo Street 34 King Street EC2 EC2 Tel: 0800 35 888 10 Tel: 0800 35 888 10 Envio de dinheiro para o Brasil de forma fácil segura. para O banco nãode cobra Envio deedinheiro o Brasil forcomissão na trocaOde dólares, reais ma fácil e segura. banco não cobra e euros. na troca de dólares, reais comissão e euros.

Pergunte para London Help 4 U que eles respondem! Envie um e-mail para: braziliannews@londonhelp4u.co.uk e tenha sua resposta publicada no jornal da comunidade brasileira.

Home Office (para serviço de imigração): Immigration & Nationality Directorate Home House Office (para serviço deRoad imigraLunar - 40, Wellesley ção): Croydon Immigration CR9 2BY & Nationality Directorate Lunar House 40, Wellesley Road Tel: 0870 606-7766 Croydon CR9 2BY Tel: 0870 606 Imigração - 7766 Immigration Advisory Service (IAS): County House, 2nd floor Imigração - Immigration Advisory 190 Great Dover Street Service SE1 4YB(IAS): County 2nd floor Tel: 020House, 7967 1200 190020 Great Dover ou 7378 9191Street SE1 4YB www.iasuk.org Tel: 020 7967 1200 gratuita por teleOrientação jurídica ou 020 7378 9191 fone, em inglês, pela manhã. Além de www.iasuk.org orientação e pedido de visto, a IAS Orientação jurídica gratuita por telepode oferecer representação jurídica. fone, em inglês, pela manhã. Além de orientação e pedido de visto, a IAS pode oferecer999 representação jurídica. Emergências: Para contactar a polícia, corpo de bombeiros ou pronto-socorro. O número pode ser Emergências: 999usado de qualquer telefone e é gratuito. Para contactar a polícia, corpo de bombeiros ou pronto-socorro. O número pode ser usado de qualquer

Embratel: 0800 890 055 Ligações a cobrar para o Brasil. Digitelefone é gratuito. tando-see 1, a ligação é completada Embratel: 0800 890 055ligar para o automaticamente. Para Ligações a cobrar o Brasil. DigiBrasil pagando empara Londres, disque tando-se 1, a ligação é completada 00 55 seguido do código de DDD da automaticamente. Para ligar para o cidade. Brasil pagando em Londres, disque 00 55 seguido do código de DDD da cidade. NHS: O NHS é o sistema de saúde britânico. No website é possível encontrar NHS: informações sobre postos de saúde, O NHS é e o últimas sistemanotícias. de saúde britânihospitais co. No website é possível encontrar www.nhs.uk informações sobre postos de saúde, hospitais e últimas notícias. www.nhs.uk Citizens Advice Bureau (CAB): Organização não-governamental que oferece aconselhamento graCitizens Advice Bureau (CAB): tuito, confidencial, imparcial e indeOrganização pendente sobre não-governamental diversos assuntos, que oferece aconselhamento inclusive imigração. A instituiçãograse tuito, confidencial, e indebaseia no trabalho imparcial de voluntários e tem dezenas de escritórios em Lonpendente sobre diversos assuntos, dres e emimigração. todo o Reino Unido. inclusive A instituição se www.citizensadvice.org.uk baseia no trabalho de voluntários e tem dezenas de escritórios em Londres e em todo o Reino Unido.

A-Z: Pela internet, fica fácil buscar endewww.citizensadvice.org.uk reços em Londres. É possível acesA-Z:o site através do código postal ou sar Pela rua. internet, fica fácil buscar endepela reços em Londres. É possível aceswww.streetmap.co.uk sar o site através do código postal ou pela rua. www.streetmap.co.uk Post Office: Não sabe o postcode da sua rua? Quer saber o endereço do seu Post Office: amigo? O site do Post Office posNãoum sabe o postcode rua? sui ótimo sistema da desua procura Quer saber o Unido. endereço do seu em todo Reino amigo? O site do Post Office poswww.postoffice.co.uk sui um ótimo sistema de procura em todo Reino Unido. www.postoffice.co.uk TFL: Pelo site é possível encontrar toda informação necessária sobre o TFL: transporte urbano em Londres, Pelo sitehorários é possível mapas, e, encontrar inclusive,toda um informação o sistema paranecessária planejar asobre melhor transporte urbanoa qualquer em Londres, rota para chegar destino. mapas, horários e, inclusive, um www.tfl.gov.uk/tfl sistema para planejar a melhor rota para chegar a qualquer destino. www.tfl.gov.uk/tfl


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

artigo

Recarregue-se para o presente e reinvente-se para o futuro Por: Daniela Barona Soares Professora no Inner Space

N

a verdade, se estamos recarregados no presente, se nos asseguramos que o presente esta sendo bem vivido, momento a momento, não temos que nos preocupar com o futuro. Por que precisamos nos recarregar para o presente? Porque nos desgastamos. Então há dois aspectos aí: gastar menos energia, economizar, e também reabastecer. Para economizar, tenho que entender a lei de usar tudo de forma valiosa, ou seja, de não desperdiçar. Porque, segundo a lei da atração, segundo a lei do karma, a energia que eu uso bem, se multiplica. E a que eu uso mal, se perde. Tenho que saber como usar meu corpo, meus pensamentos, meu dinheiro, enfim, minha energia, de forma que ela cresca e se multiplique, em vez de se extinguir. Marcel Proust falou “A verdadeira viagem da descoberta não consiste em procurar novas paisagens, mas em ter novos olhos”. Então é a forma com que eu vejo a vida, o meu papel nela, quem eu sou. Isso é que faz com que eu perca ou ganhe energia. Quando a gente tem que acordar cedo pra pegar um avião, para fazer aquela viagem dos sonhos, é difícil acordar? E pra ir ao trabalho? Por quê? Porque eu deixei de ter encantamento, deixei de ver aquele trabalho como algo especial, único, que me ajudara a crescer. Na verdade, pode ser que meu trabalho seja monótono, mas e eu? Eu sou encantador... será que eu vejo isso? Será que eu tenho o entusiasmo de que não é o trabalho ou a situação que rege a minha felicidade, mas eu, o ser espiritual, feliz que imprimo essa felicidade sobre as coisas que eu faço, sobre a calçada onde ando. Quando passo a apreciar quem sou, a vida, meu papel na vida e a entender o quanto isso tudo é especial, a cada momento, então começo a novamente “criar novos olhos” ou seja, maravilhar-me com a vida. Assim nada fica ordinário, comum. E esse entusiasmo nos da energia. Tem uma frase de St Agostinho que diz “as pessoas viajam para se maravilharem com as alturas das montanhas, as grandes ondas do mar, o curso largo dos rios, o vasto compasso do oceano, o movimento circular das estrelas… e passam por si mesmos sem se maravilharem”. A melhor forma de economizar energia é estar contente. Contente com quem sou, com o que tenho, com tudo como está. Não quer dizer que eu não me esforço para melhorar, pro-

gredir; mas faço isso com base em contentamento. É muito mais fácil mudar com amor do que sob pressão ou com raiva. Sob pressão as mudancas não são permanentes. Então coloque-se na posição (na atitude) de contentamento. Quando vivo a partir de contentamento (que é uma atitude) eu tambem fico menos crítico, menos exigente, menos chato em relação aos outros e as situações. Porque outra forma de gastar energia é ficar criticando, vendo os defeitos e erros dos outros. E por que eu faço isso? Porque minha vida perdeu o encantamento. Veja bem, se eu estou fascinado, maravilhado, com a minha própria beleza interior, não vou perder tempo em ficar olhando para os outros. É só quando cansei de mim mesma e da vida (e isso pode ser algo bem sutil) que fico prestando mais atenção nos outros. E com isso vem raiva, arrogância, inveja, ciúme, comparação, que são outras formas de acabar com a nossa energia. Outro gasto inútil é também tentar agradar aos outros. Ou seja, viver não de acordo com o que eu acredito, meus valores, mas de acordo com o que eu acho que o outro vai achar ‘bonito’. Isso acaba com a energia, pois não há esforços que bastem para satisfazer os outros. E isso tambám faz com que eu mesma perca de vista quem sou. Faz com que eu crie uma resistência a mim mesma, e aos outros, porque eu quero que todos também se encaixem nesse ‘molde’ e fico como se eu estivesse sempre numa batalha interna. Enfim, há várias outras formas onde perdemos ou desperdicamos nossa energia. A energia dos pensamentos, dos sentimentos, das ações e para nos recarregar é simples. Precisamos de VELA: V – vontade = o que eu quero pra minha vida? Viver com qualidade? Afirme a sua vontade de coração E – esquecer o passado, MESMO = estar no presente, com contentamento. L – ligação com a energia suprema, Deus, que é o oceano de paz, de amor, de felicidade, de contentamento. Com essa ligação, essa meditação e medicação, eu curo todas as feridas do passado e posso estar no presente, contente. A – atenção = primeiramente atenção aos pensamentos e sentimentos. Cheque e mude. Então, para mudar mesmo, precisamos estar comprometidos com o que desejamos mudar e criar metas e métodos diários para implementar essa mudança. Para mudar eu preciso ver o benefício da mudança e o malefício de permanecer com o velho hábito.

Porque o velho hábito se apresenta a nos em cada situação como um soldado obediente e prestativo – é fácil usá-lo. Para deixar os velhos e maus hábitos, eu preciso estar comprometido com a mudança, ela tem que partir de uma iniciativa pessoal e de um entendimento mais profundo, mas sim é imposta por outros ou por situações externas. Este é um exemplo obvio, mas todos nós temos nossas drogas, nossos vícios, nossos comportamentos que nos dão um pouco de prazer imediato, mas que nos roubam a felicidade permanente. Comportamentos que no fim das contas acabam por nos prejudicar, ainda que momentaneamente nos façam parecer vitoriosos. A maior barreira para a mudanças é o “prazer” que ainda experimento mesmo das coisas que me fazem mal ou das coisas que retardam o meu crescimento. Siga o seu caminho, de acordo com o seu propósito e os seus valores. Cada um de nós tem a oportunidade única de contribuir para um mundo melhor. O meu mundo, o dos que estão a minha volta e o mundo em geral. Quais são as sete chaves para transformação efetiva? - Comprometimento profundo com a verdade e com “um modo de vida melhor” – acreditar mesmo no que você quer, e que o seu futuro mais feliz depende desse esforço para mudar. Num livro chamado “a trilha menos percorrida” o autor começa com a frase “a vida é difícil”. E ele fala, melhor admitir isso e lidar com isso em vez de esperar que o mundo todo seja bonitinho e fácil. Assim, com essa realidade, podemos realmente nos tornar aquele ser que vai ser um criador desse mundo melhor. A filosofia do centro Brahma Kumaris fala que o nosso potencial é ser co-criador de um mundo melhor, com os outros e com Deus. - Coragem – meu professor dizia “fé e coragem” – coragem para desafiar as normas, não no sentido de quebrar as leis, mas no sentido de não ter fé cega, de não seguir as crenças impostas simplesmente por seguir. Entender a transformação, ter coragem para fazer o que é necessário e ter fé de que, se eu fizer as coisas certas, na direção certa, colherei os frutos certos. - Iniciativa para sair da sua zona de conforto. Se eu ficar na zona de conforto a minha mudança será muito limitada. Ou se eu criar dependências também – ou seja, quando esse aqui mudar, eu mudo... - Entusiasmo – porque nem tudo são flores. Na verdade, vários obs-

táculos virão. Externos e internos, já que todos temos dentro de nos um sabotador de plantão. Aquele que fala “não, você não vai conseguir”. O sabotador só pode ser derrotado com uma formula mágica de entusiasmo e amor. Eu preciso ter amor das mais diferentes formas para comigo mesmo ter paciência nesse processo (sem que ela se transforme em passividade), ter compreensão e capacidade de perdoar, esquecer o passado. - Relacionamentos – quando eu mudo, eu implicitamente desafio/ convido os outros a mudar também, já que somos espelhos um para o outro. Então tenha o cuidado extra de manter-se fiel ao que você quer mudar, mas compreen-

sivo e amoroso, pois os outros podem não querer – e tudo bem, eles estão na trilha deles. - Bom senso de humor – imprescindível! Não quer dizer contar piadas, quer dizer ser leve, poder tirar um sarro de si mesmo, não se ofender facilmente. Isso ajuda a ter persistência. - Determinação – é a chave do sucesso na transformação. E quando nos transformamos para melhor, quando cada dia pode ser um novo começo, não há rotina, nada é cansativo, temos alegria de viver e a vida se torna mágica. Apreciamos cada momento, cada encontro, cada interação porque estamos alertas para isso. E aí, criamos os novos olhos da descoberta, como disse Marcel Proust.


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

América. Soy loco por ti America del Sur Fotos por: Diego Gazola

(MTB-SP-44.350), é repórter-fotográfico. Graduado em Comunicação Social pela UMESPSP, tem se especializado em fotojornalismo de viagens. Em cinco anos, percorreu mais de um mil municípios em todo o Brasil para avaliação dos atrativos e documentação fotográfica dos Guias Turístico-Culturais da editora Empresa das Artes. As fotografias de Brasilzão são de sua autoria. diegogazola@uol.com.br

Texto por: Fábio Brito

é escritor. Presidente da Empresa das Artes, editora com de 160 obras publicadas nos segmentos de turismo, meio-ambiente e cultura; de guias de viagem a livros de arte. Os textos de Brasilzão são de sua autoria. fabiobritocritica@yahoo.com.br

-C

omo foi sua ida à Espanha? - Fui a Madrid para a feira de turismo - FITUR, que ocorre todos os anos. Tinha como intenção aproximar-me de secretários de turismo brasileiros e representantes da área que lá se encontrariam. Eu teria mais facilidades para vê-los na Europa do que aqui no Brasil. - E como foram esses encontros? - Muito positivos, porém minha maior satisfação foi a de poder encontrar pessoas de várias nacionalidades, e fiz um trabalho bastante forte de aproximação com nossos "hermanos" latinoamericanos. - Vou então testá-lo. Com quantos países o Brasil faz fronteira na América do Sul? E quais são eles? - Vou inicialmente citá-los. Comecemos de “baixo para cima”: Uruguai, Paraguai, Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia (ah, adoro Bogotá!),Venezuela, Suriname e Guiana. Estou certo? - Não. Faltou a Guiana Francesa. - Pois então! Ao todo são 10

Mulher peruana e tradição.

países vizinhos do Brasil em um universo de doze nações sulamericanas. - Doze? Não são treze? Não exclua o Brasil! (risos). - Sim, mas nós dois sabemos que o Chile e o Equador não têm limites com o Brasil. - O que mais o fascina no Uruguai? - A tranquilidade, a qualida-

Magnífica Colômbia.

de de vida, a carne e o turismo rural. Além das belas praias e dunas e das imensas planícies, onde fazendeiros montados em garbosos cavalos estão sempre prontos para receber os visitantes. O universo rural uruguaio é fascinante! - Seguimos, então, para o Paraguai. Sempre pensamos em produtos pirateados quando nos

referimos a esse país, não é verdade? - Infelizmente sim. Porém Assunção é uma cidade com um centro histórico fascinante! O artesanato paraguaio é extremamente requintado – sobretudo a cerâmica –, e a natureza também é exuberante. - Continuemos a nossa maratona. Certamente você dirá que a Bolívia é um país autêntico e que La Paz e Cruce escondem patrimônios históricos invejáveis... - Acertou. Além de ter um povo autêntico e paisagens surpreendentes! Quanto ao Peru, sempre nos lembramos de Machu Pichu e de Cuzco, porém o país hoje em dia é bastante conhecido pelo turismo de aventura e está muito bem organizado e equipado para tal. - Deixe-me falar sobre a Colômbia. Os colombianos são simpaticíssimos, adoram "rumbear". Ou seja, dançam divinamente bem e têm uma culinária muito diversificada. Na Colômbia temos neve, floresta amazônica, praias paradisíacas em dois oceanos distintos e mulheres exuberantes! - Na Guiana encontramos muita água, muita floresta e um país ainda virgem, com um folclore especial e uma capital que é patrimônio da humanidade. - A Venezuela tem parques nacionais que tiram o fôlego de qualquer amante da natureza. O turismo é levado a sério pelos governantes e o país está muito bem estruturado para receber os turistas. - Não é fantástico? Em vez de ficarmos gastando dólares ou euros, poderíamos aproveitar a oportunidade para descobrir a América do Sul. - Espera que ainda não terminamos. O Suriname é um país multicultural e também tem uma cozinha diversificada e surpreendente. Não esquecemos de ninguém, né? - Como não? E a Guiana Francesa? - É um país do primeiro mun-

Beleza da mulher sulamericana.

do. - Como assim? - Somos vizinhos da França “mon cher”. A Guiana Francesa é um território ultramarinho onde a capital tem ruas e calçadas bem cuidadas, praças arborizadas e uma natureza que deixaria mudo Jean Jacques Rousseau. - Mas vejo que você omitiu a Argentina... Qual é o motivo? - O motivo? Adoro a Argentina! Tenho parte de meu coração nas “calles” de Buenos Aires e nas altitudes da Patagônia. - E nos restaurantes onde se serve boa carne, não é mesmo? - Sim! Vamos agora citar todas as capitais dos países da América do Sul? - Vamos lá! Na ordem, de cima para baixo (risos): Cayenne, Panamaribo, Georgetown, Caracas, Bogotá, Lima, La Paz, Assunção, Buenos Aires e Montevideo. - Sim. Não esqueçamos Quito, no Equador, e Santiago do Chile. Não são vizinhos, mas são nossos irmãos... - E a Fitur nisso tudo? - Lá eu consegui dialogar com todos esses países e criar uma estratégia de ação que nos permita esquecer o nosso umbigo tupiniquim e nos transformarmos em cidadãos da América Latina e do mundo.

O Carnaval na República Dominicana.


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Guia de Serviços Entreterimento

Abobrinha

Por:

Marcus Fumagalli

Piada: na crise, vale Tudo Uma famosa multinacional estava passando por um momento difícil e o chefe não teve outra saída e chamou sua equipe para uma conversa reservada. - Eu sinto muito, sei que vocês são altamente qualificados e ótimos funcionários - introduz ele - mas vou despedir um de vocês quatro. - Com licença, chefe! - interrompe o afro-brasileiro. Eu faço parte de uma minoria desfavorecida! Se o senhor me mandar embora será discriminação! - O senhor pode me demitir - disse o mais velho - mas será discriminação por idade. -E eu sou mulher - alega a única mulher do grupo - o senhor não pode escolher uma mulher entre três homens! É discriminação sexual! Os olhares voltam-se ao quarto empregado, um jovem, saudável e branco. - Gente - diz ele rapidamente -, eu nunca pensei que faria isso, mas acabei de virar gay!

Fonte: João Bidu. www.joaobidu.com.br

Áries

Câncer

(20 março a 20 abril)

(21 junho a 21 julho)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Marte Não é necessário esconder sua sensibilidade, mas saber usá-la adequadamente. Sua vida social ganha um novo embalo a partir de agora. Uma conquista amorosa tem boas chances de dar certo. Você pode fazer e acontecer no carnaval. Vênus dará uma ajuda e tanto para você brilhar ainda mais.

Elemento: Água Planeta Regente: Lua Há chances de ganhar um dinheiro inesperado, seja através de apostas ou de situações com as quais não contava. No amor, é o momento certo de fazer-se ver e testar seu poder de sedução. É hora de se divertir! Curta sem encanações o que a vida tem de melhor. Não perca a chance de ser feliz.

Touro

(21 abril a 20 maio)

Elemento: Terra Planeta Regente: Neturno Mostre-se aberto(a) às novidades. Você saberá mostrar que tem jogo de cintura e capacidade para resolver os imprevistos que possam surgir. Nos assuntos do coração, invista na paquera. Energia para dar e vender! Aproveite para quebrar a rotina e se divertir ao lado da família e dos amigos.

Gêmeos

(21 maio a 20 junho)

Elemento: Ar Planeta Regente: Saturno Medite sobre as coisas que dá valor e veja se há correções a fazer. Buscar novas alternativas no trabalho pode ser muito estimulante. O romance vai estar do jeito que sempre sonhou. Este período vai ser demais! Seja para viajar, passear ou brincar no carnaval. Seu vigor irá crescer.

Leão

(22 julho a 22 agosto)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Sol Procure somar forças com as pessoas que tenham as mesmas afinidades que as suas. É o momento de deixar a individualidade de lado e trabalhar em equipe. No romance, aventure-se mais. Poderá viajar e fazer novas amizades no carnaval. Desencane, caia na folia e aproveite ao máximo.

Virgem

(23 agosto a 22 setembro)

Elemento: Ar Planeta Regente: Júpiter Poderá melhorar o seu orçamento através de atividades que envolvam o universo feminino. Confie no seu espírito competitivo. Na área afetiva, algumas mudanças podem ser inevitáveis. A semana começa bem. Você estará com o maior pique para conhecer pessoas e trocar idéias. Aproveite.

Libra

(23 setembro a 22 outubro)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Plutão Seu sucesso vai estar ligado à capacidade de levar os fatos numa boa. Não deixe que aborrecimentos do cotidiano afetem a sua saúde. No namoro, é tempo de investir em gestos de carinho. Este carnaval promete, eis a chance de curtir pra valer! Porém, não vá com muita sede ao pote, hein!

Escorpião

(23 outubro a 21 novembro)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Saturno A Lua em seu paraíso astral traz uma grande disposição para curtir a vida. No trabalho, experimente caminhos diferentes e você pode se surpreender com os resultados. Invista na paquera. Se ligue! Neste carnaval vão rolar algumas surpresas. Com astúcia você chega aonde quer.

Sagitário

(22 novembro a 21 dezembro)

Elemento: Água Planeta Regente: Sol As estrelas sinalizam que terá muitas alegrias em viagem ou encontro. O prazer de fazer o que gosta deve marcar este período. A vida amorosa vai bem, mas demonstre mais iniciativa. Saiba aproveitar o feriado e o carnaval. Os astros indicam que tudo o que quiser poderá ser conquistado.

Capricórnio

(22 dezembro a 20 janeiro)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Plutão Poderá ganhar um dinheiro inesperado, não deixe de fazer uma fezinha. Cuidado com a tendência à dispersão, você pode ficar nas nuvens com facilidade. No amor, valorize a privacidade. Uma viagem pode ser uma boa opção neste período. Tudo vai concorrer a seu favor. Esteja confiante.

Aquário

(21 janeiro a 19 fevereiro)

Elemento: Fogo Planeta Regente: Marte Sua necessidade de segurança afetiva e material pode aumentar nesta fase. Trabalhos avulsos podem ajudála a equilibrar o seu orçamento. O relacionamento com quem ama estará protegido. Quer brincar o carnaval? Aproveite, pois poderá ter surpresas agradáveis. É hora de cair na folia.

Peixes

(20 fevereiro a 20 março)

Elemento: Ar Planeta Regente: Neturno Sua individualidade vai estar exaltada, daí o seu sucesso em trabalhos que exijam isolamento. Momentos de meditação podem te ajudar a reconhecer a direção a seguir. Bom astral no amor. Um retiro espiritual pode cair como uma luva neste período. Use sua intuição para conseguir o que quer.


25 de fevereiro a 4 de marรงo de 2009

Classificados


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Classificados

Ligue para quem tem anos de experiência. Paulo: 078 7883 4607 (M331/366) Contrata-se enfermeira profissional (dental nurse) ou pessoa fazendo o curso de dental nurse para atuar como assistente de dentista e uma recepcionista para clínica dentária. Necessária fluência em português, espanhol e inglês. Full time job. Chamar: 078 7035 4615 (M330/364) Seja voluntário numa nova charity latino americana. Necessário ser honesto, confiável e morar em Londres, de preferência na área Richmond ou South West London. Contate Anna: childrenoflatinamerica@ gmail.com 079 8995 4714 (M)

Consultoria e assessoria completa para o reconhecimento de cidadania Italiana. Busca de documentos no Brasil e Itália. Acompanhamento de práticas de cidadania, acompanhamento aos órgãos públicos e residência na Itália. Tel: 078 5386 8501 (R360/363) PODEROSA HAIRDRESSER, formada na Inglaterra. Atendo na área de Canary Warf, somente com hora marcada. Preços promocionais. 079 3145 8873 (M361/364) Carpet Cleaner - £15 por room. Promoção por tempo limitado. Limpeza especial, seu carpet fica seco. Carlos e Carmen 078 5089 8161, 075 0145 3718 ou cruzcarloscap@hotmail.com (M360/363) Transporte para todos os aeroportos com segurança. Ligue 078 2173 2846 (M357/360) Auxilio junto aos bancos. Cartões de crédito e empréstimos.

Oportunidade, vendo comercio em atividade de INSULFILM, localizado em Essex. Tel 078 5134 6034 (R360/363)

Contratam-se garotas bonitas e atraentes de 18 a 30 anos. Possibilidades de ganho de £200 a £400/dia. Não é necessária experiência nem falar inglês. Ótimo ambiente de trabalho. Falar com Sara 075 0646 5324 (M 361/364) Procura-se de garota para trabalhar em casa de massagem em Hounslow – 075 9459 3039 / 079 4641 3859 Jessica (R360/363) Procuro garotas de 18 a 30 anos, bonitas e com tempo disponível e vontade de vencer na vida para trabalhar como Escort em ambiente elegante e discreto em Londres. Não é necessária experiência e nem falar inglês. Ganhos £1000 a £2000 por semana. Interessadas ligar p/ karina após 13:00 079 3331 3931 karinabraziljob@live.co.uk (M359/370) Precisa- se de garotas atraentes de 18 a 30 anos para trabalhar em movimentados flats em East London. Possibilidade de ganhos entre £200 a £400 por dia. Também precisamos de recepcionista. Podemos providenciar acomodação. Contatar Tracy 079 0756 8565 (M361/364) Oportunidade de Trabalho para garotas responsáveis de 18 a 25 anos em casa de mas-

sagem em Walthamstow, E17. Não é necessário falar inglês. Ótimos ganhos. Favor entrar em contato com Paul: 079 7621 4801. (M358/361)

£55 por semana (vaga), zona 2, Maide Vale, casa com internet e Sky, contas inclusas. Falar com Thais 079 6614 5293. (R361) Vagas para casal e solteiros, a partir de £60 por semana, contas inclusas, 29 minutos de Totthenham Court Road. Vários ônibus 24 horas. Karla 07851 1284 41 078 3591 1982 (R361/364). Alugo quarto ou vaga em Shadwell (zona 2), vaga a partir de £50,00 por semana, contas inclusas com internet. Nide 075 9060 6929. (R361/364) Neasden excelente quarto em casa com poucas pessoas. Internet, Sky, telefone e estacionamento free. Single £100 ou Double £120. Cel: 079 6702 4410 inglês / 078 3872 0315 português. (R361/364) Quartos Zona 2 Elephant and Castle, Bermondsey, etc., duplo £110, vagas £55, internet, telefone, contas incluídas. Marlus 078 2388 1421 (R360/363) Alugo quartos single ou de casal, zona 1 e 2, em casa totalmente mobiliada, com secadora, TV e geladeira nos quartos, internet wireless, condução na porta, e contas incluídas. Tiago 079 3993 9700 e 077 0459 2466 (M360/363) Quartos duplos e para casal 110,00/120,00 p/w.Vaga para dividir 45,00 p/w.Elephant,Vaux hall,Bermondsey,Canada Water e Old kent road. Internet, telefone, frigobar, contas incluídas. Tel: 075 1901 9329 / 078 2388 1421 (R360/363)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Lusitânia Brasil vence Por: Oiligriv Pereira

D

epois de quase um mês parados, devido à neve e chuva que caiu em Londres, deixando os campos sem condições de uso, no último sabado, 21, o Lusitânia Brasil venceu a equipe do Equador por 4 a 2, numa partida que contou para a XII rodadada do Campeonato Internacional de Futebol Amador da DFA-IFLeague. Disputado por comunidades internacionais em Londres, com a vitória, o Lusitânia manteve o segundo lugar na tabela. Pela primeira vez esta temporada o Lusitânia Brasil iniciou a partida com um time rotinado e embora não tivesse podido contar com o artilheiro Fernando Moura (de volta ao Brasil), teve o retorno de Elisandro Lima em seu lugar. Tocando bem a bola no centro do campo o time deu indícios de querer resolver cedo a partida com muitas opor-

tunidades de gol. Umaru Kalon, na cobrança de falta, inaugurou o placar. O time do Equador, muito bem tecnicamente, com os seus dois avançados rápidos e sempre em movimento, era uma constante dor de cabeça para a zaga do time luso-brasileiro, defendendo em linha muito perto do meio de campo. Aos 32 minutos, os equatorianos conseguiram empatar. O gol serviu para o Lusitânia reagir logo, em apenas três minutos, Elisandro Lima marcou por duas vezes. A primeira (37 min) na cobrança de uma falta direta e a segunda (40 min) de cabeça, após um escanteio cobrado pelo capitão Flávio Alberton. O segundo tempo foi mais calmo, com poucas oportunidades de gol. Aos 66 minutos, o Lusitânia Brasil conseguiu marcar o gol da tranquilidade, com Mardson Silva de cabeça depois de assistência de Elisandro. Houve ainda tempo para o Equador reduzir a diferença

com novo gol (75 min), com o resultado final 4 a 2. Ao final da partida o manager do Lusitânia Brasil, Virgílio Guimarães, comentou “Depois da longa paragem foi excelente poder contar com a maioria dos jogadores e ver um time rotinado e com vontade de vencer. Ser campeão parece ser quase impossível, pois a Polônia venceu França, mas com mais esta vitória e a derrota da França, a nossa distância para o terceiro classificado é agora de oito pontos”. Guimarães continuou, “Elisandro Lima e Mohamed Sankoh realizaram boas partidas mas o jovem Diogo Kalikosque com excelente participação passeando a sua técina pelo campo merece a distinção do melhor jogador em campo”. O Lusitânia Brasil venceu o Equador com a seguinte formação: Cristiano Reis; Umaru Kallon, Ediel Oliveira, Thiago Martins, Marcos Pólvora (Reinaldo Teixeira); Moha-

Oiligriv Pereira

novamente contra Equador

Jogador Diogo Kalikosque, considerado o homem da partida.

med Sankoh, Diogo Kalikosque, Flávio Alberton, Nesta Gorja; Elisandro Lima, e Mardson Silva (Leandro Alves. A próxima partida é contra a Espanha, às 10 horas, sábado, 28,

em Wandsworth Common. Para maiores informações sobre o clube entrar em contato no tel: 0789 908 5989 ou visitar os web-sites: www. clubwebsite.co.uk/lusitaniabrazilfc ou www.dfa-ifleague.co.uk.

London United Futsal Club segue imbatível na Liga Regional Raoni Medina comanda goleada do Por: Paula Medeiros

paulamedeiros@hotmail.co.uk

Helvécia na Liga Nacional de Futsal

Polliana Rosa

D

A próxima partida acontece no domingo, 1º, a partir das 14 horas, também no Score Sport Center.

epois de uma semana de folga, a equipe brasileira London United Futsal Club voltou a jogar pela Liga Regional, no Score Sport Center. O jogo foi contra a outra equipe brasileira Futsal London, a partida não seria fácil, já que faltam sete jogos para a final da temporada da Liga Regional, que o campeão se classifica pra a F.A Futsal Cup, em Sheffield. O London United Futsal Club contou com a volta do fixo Vagner Mussi, que passou uma temporada jogando futsal na Itália. “Não via a hora de voltar a Londres e jogar pra o London United, onde eu fui recebido de braços abertos pelos companheiros de equipe, isso é muito gratificante”, revelou Mussi. Os primeiros minutos foram bastante tensos, sendo que as duas equipes tentavam abrir o placar. O felizardo foi o London United Futsal Club, com um gol que saiu dos pés do ala Julinho Ferreira, num chute forte no ângulo direito da goleiro adversário. Com o ritmo forte e com o toque de bola as oportunidades foram surgindo. Entre bolas na trave e defesas espetaculares, numa jogada de bola parada, Bebeto ampliou o placar 2 a 0. O adversário diminuiu a seguir, mas pouco antes do apito que encerrou o primeiro tempo outro gol saiu para London United Futsal. No segundo tempo ainda aumentou a diferença com Renato da Silva, Vagner Mussi, Sergio Rodrigues ‘Mariluz’, finalizando a partida com o placar 6 a 1 para o London United.

Homem da partida: pivô Raoni Medina.

O

Helvécia promoveu uma chuva de gols no primeiro jogo pelo Campeonato Nacional que teve início no domingo, 15. O Helvécia marcou 24 gols contra o time do Corinthians FC, de Kent, que conseguiu chegar apenas uma vez ao fundo da rede do Helvécia. O destaque da partida, mais uma vez, foi o artilheiro do Nacional de 2008, o pivô Raoni Medina, que fez sete gols e já desponta como favorito para levar novamente a bota de outro como artilheiro em 2009. O grupo foi composto por Raoni, Jhonata, Pablo Oliveira, Juninho, André Vieira, Dudu, Ediel, Hugo Leonardo, Jonata Vieira, Helder (tuga) e o goleiro Celso Matarazzo. Mui-

to bem preparados, os jogadores mostraram uma garra impressionante. O auxiliar-técnico Leandro Affonso, que mais uma vez comandou o time pela ausência do técnico Ronaldo, alerta seus jogadores que esse placar é bastante ilusório porque o campeonato é longo e o nível técnico dos times de futsal deve aumentar no decorrar do campeonato. A próxima partida do Helvecia acontece no domingo, 1º, no Stamborough College, às 11, onde enfrentará o Enfield FC. A lista completa dos jogos do Campeonato Nacional pode ser encontrada no site: www.helveciafutsal.com.

Os resultados da rodada Kickers Futsal 08 x 03 Baltic Futsal Genesis 16 x 06 Deportivo QM Helvecia Futsal 24 x 01 Corinthians Enfield FC 09 x 08 White Bear Futsal


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Esporte

BATE BOLA Corinthians – O Timão continua invicto no Campeonato Paulista. A última vítima do time foi o Guaratinguetá, pelo placar de 3 a 1. A equipe tem agora 21 pontos e está em segundo lugar, atrás apenas do Palmeiras. Palmeiras – Na estréia pela Libertadores, o Palmeiras foi a Quito e perdeu por 3 a 2 para a LDU, atual campeã do torneio. No fim de semana, mais um tropeço. Depois de sair na frente com dois gols de Keirrison, o Palmeiras permitiu o empate da Portuguesa e perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista. Mesmo assim, o time permanece em primeiro lugar, com um jogo a menos. Portuguesa – O empate heróico contra o Palmeiras manteve a Lusa na luta pela classificação para as finais do Paulistão. O time tem 15 pontos, 1 a menos que o Santos, quarto colocado. Santos – O Peixe garantiu lugar no G4 do Paulistão ao derrotar o Botafogo de Ribeirão Preto por 1 a 0, com gol de Fabão. Pela Copa do Brasil, na semana passado, o Santos venceu o Rio Branco por 2 a 1, e terá que jogar pela classificação para a próxima fase na Vila Belmiro. São Paulo – Mesmo jogando em casa, o São Paulo não confirmou o favoritismo e empatou com o Independiente de Medelín na estréia pela Libertadores. Pelo Paulista, a equipe derrotou o Grêmio Barueri e manteve o terceiro lugar. Atlético Mineiro – O Galo venceu o Rio Branco por 2 a 0 pelo Campeonato Mineiro, mesmo com um jogador a menos. O atacante Carlos Júnior foi expulso depois de chutara bola para fora de campo, irritado com seu próprio erro. Pela Copa do Brasil, o time venceu o Itabaiana por 5 a 0 e garantiu a classificação para a próxima fase sem a necessidade do jogo de volta. Cruzeiro – O Cruzeiro estreou com vitória pela Libertadores da América. O time recebeu o Estudiantes de la Plata e venceu por 3 a 0. Já pelo Mineiro a Raposa perdeu o 100% de aproveitamento ao empatar com o Uberaba por 2 a 2. Atlético Paranaense – O Furacão venceu o clássico contra o Paraná por 2 a 1 e abriu quatro pontos de liderança no Campeonato Paranaense. O campeão do primeiro turno entra na fase final da disputa com uma vantagem de dois pontos. Coritiba – O Coxa fez uma péssima partida contra o Engenheiro Beltrão e perdeu por 3 a 0. Com isso, a equipe perdeu a

Por: Thalita Pires

chance de chegar à liderança do Paranaense. A atuação foi tão ruim que a diretoria já planeja a contratação de reforços para o time. Botafogo – O time passou o Carnaval se preparando para a semifinal da Taça Guanabara contra o Fluminense. A comissão técnica trabalhava para garantir a recuperação de Reinaldo e Victor Simões para a partida. Flamengo – O adversário na semifinal da Taça Guanabara foi o Resende, já que o Vasco perdeu pontos pela escalação de um jogador em situação irregular. Mesmo se livrando de um clássico, o Flamengo perdeu e perdeu a chance de disputar a Taça. Fluminense – Ainda sem gols na temporada, o atacante Leandro Amaral foi escalado no time reserva nos treinos de preparação do Flu para a semi da Taça Guanabara. Tartá e Everton Santos devem começar a partida. Vasco – Apesar de o Resende já ter jogado contra o Flamengo, o Vasco tem esperança de recuperar os pontos perdidos no tapetão e forçar uma reviravolta no Campeonato Carioca. O recurso contra a perda de seis pontos pela escalação de Jéferson será julgado depois do Carnaval. Grêmio – Nas quartas-de-final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, o Tricolor venceu o Juventude por 2 a 0, gols de Alex Mineiro. No meio da semana, o time faz a sua estréia pela Libertadores contra o Universidad de Chile, no Estádio Olímpico. Internacional – O Inter deu vexame e perdeu na estréia na Copa do Brasil contra o União-MT, por 1 a 0. Já pelo Gaúcho, a equipe cumpriu seu papel e venceu o Canoas por 2 a 1, em jogo válido pelas quartade-final do primeiro turno do campeonato. Goiás – O Crac acabou com a sequência de seis vitórias do Goiás pelo Campeonato Goiano. O jogo terminou com o placar de 1 a 1. Mesmo assim, o time lidera seu grupo, com 20 pontos, dois à frente do Atlético-GO. Náutico – O Timbu terminou o primeiro turno do Pernambucano em terceiro lugar. Agora o time tem que vencer o segundo turno para forçar a final com o Sport. Sport – O Leão conquistou a Taça Revolução Constitucionalista de 1817, concedida ao campeão do primeiro turno, e se credenciou para disputar a final do Campeonato Pernambucano. Mas a equipe pode ser campeã antecipada se vencer também o segundo turno.

Após morte de irmã, Tiago Splitter dedica titulo à família Pivô brasileiro conquista a Copa do Rei de basquete pelo Tau Cerámica, e lembra dos momentos difíceis

O

pivô brasileiro Tiago Splitter, do Tau Cerámica, conquistou neste domingo a Copa do Rei de basquete e dedicou o título à sua família. O jogador sofreu um duro golpe no início de fevereiro, quando sua irmã Michelle morreu de leucemia, aos 19 anos. "Quero dedicar este título à minha família, por tudo que ela passou nas últimas semanas", disse.

Titular do Tau Cerámica, Splitter anotou 12 pontos na vitória de 100 a 98 sobre o Unicaja, em Madri. O brasileiro destacou a boa participação de Pete Mickeal na prorrogação. O americano marcou oito de sus 20 pontos no período. "Dou meus parabéns ao Pete Mickeal, que assumiu a responsabilidade no momento decisivo", assinalou. (Efe)

Phoenix volta a vencer, com boa atuação de Leandrinho O Phoenix Suns venceu o Charlotte Bobcats por 112 a 102 na noite desta terça-feira, 24, e se recuperou na derrota sofrida diante do Boston Celtics no domingo, mantendo-se na briga pela classificação para os playoffs da Conferência Oeste da NBA. A equipe segue em nono lugar, com 32 vitórias e 24 derrotas, enquanto o Charlotte é o penúltimo colocado na Conferência Leste, com 22 vitórias e 35 derrotas. O brasileiro Leandrinho foi titular na armação e mais uma vez jogou bem, com 17 pontos, além de três rebotes e uma assistência. Steve

Nash foi o cestinha da equipe, com 22 pontos, enquanto o pivô Shaquille O''Neal marcou 20 pontos e apanhou 11 rebotes. Pelo Bobcats, o melhor foi o ala francês Boris Diaw, com 27 pontos e 13 rebotes. No clássico do Texas, o San Antonio Spurs passou pelo Dallas Mavericks por 93 a 76, liderado pelo armador Tony Parker, que anotou 37 pontos e ainda conseguiu 12 assistências e cinco rebotes. A equipe está em segundo no Oeste, com 38 vitórias e 17 derrotas, enquanto o rival está em oitavo, com 33 vitórias e 23 derrotas.


25 de fevereiro a 4 de marรงo de 2009

Guia de Serviรงos

Espaรงo reservado para sua publicidade 020 7987 1692

Espaรงo reservado para sua publicidade 020 7987 1692


125 de fevereiro a 4 de março de 2009

Esporte

Muricy reconhece que time não foi bem com 3 atacantes

Time começou a partida contra o Barueri, no sábado, com Dagoberto, Borges e Washington como titulares

‘Três atacantes é bom. Para o adversário é excelente’, ironizou Muricy após o jogo.

O

São Paulo começou a partida contra o Barueri, no sábado, 21, com Dagoberto, Borges e Washington

como titulares. Enfim, o técnico Muricy Ramalho punha em campo a formação que muitos defendem como uma possibilidade para o

time, que tem jogadores de qualidade na frente. Mas a experiência durou apenas 45 minutos, e o treinador mudou no intervalo para que a equipe pudesse buscar a vitória por 3 a 1. Após o triunfo fora de casa, Muricy não escondeu que a formação com três atacantes não o agradou, e foi irônico para confirmar que não pretende escalar o São Paulo de novo desta maneira tão cedo. "Três atacantes é bom. Para o adversário é excelente", ironizou o treinador, que sacou Dagoberto no intervalo para a entrada de Joilson. Jorge Wagner também entrou no lugar de Richarlyson para ajudar na armação. "Acontece que o Dagoberto é segundo atacante. A gente sabe que

Olimpíada de Londres-2012 prega igualdade entre homens e mulheres O s organizadores dos Jogos de Londres-2012 querem abrigar a primeira Olimpíada em que haja igualdade de gêneros. O objetivo é pressionar Comitê Olímpico Internacional e federações esportivas para que todas as modalidades contem com mesmo número de disputas no masculino e feminino. "Acredito que seja errado as mulheres não poderem competir em tantos eventos quanto os homens", defendeu Tessa Jowell, secretária de Estado do Reino Unido para a Olimpíada. "O esporte feminino avançou a passos largos nas últimas décadas. Assim, chegou o momento ideal para que haja igualdade de oportunidade nos Jogos", acrescentou Jowell. Pelo programa aprovado pelo COI, que ainda pode sofrer alguns ajustes, dependendo de negociações entre federações e comitê, os homens disputarão, em Londres-12, 40 medalhas a mais do que as mulheres. No total, o masculino está na disputa por 166 medalhas de ouro. As mulheres lutam por 126 comendas douradas – há sete provas mistas, em dois esportes: hipismo e badminton. É uma variação mínima em relação aos Jogos de Pequim-08, quando o placar da divisão olímpica por sexos foi 165 a 126. Para Londres-12, houve a saída de um esporte masculino (beisebol) e um feminino (softbol). Em compensação, a vela excluiu suas três categorias mistas, nas quais a participação feminina era ínfima, aumen-

tando duas classes masculinas. Para alterar esse quadro, os organizadores de Londres-12 terão que apressar seu lobby. Normalmente, o COI decide quais esportes serão incluídos no programa olímpico com sete anos de antecedência, no mesmo instante em que a cidade-sede dos Jogos é escolhida. Mas as diversas provas de cada modalidade ainda podem ser alteradas, ampliando ou reduzindo o número de eventos. Por conta disso, Jowell e o secretário de Estado do Reino Unido para o Esporte, Gerry Sutcliffe, têm conversado com os presidentes de cada federação olímpica britânica para engrossar suas reivindicações. Jowell deu como exemplo a britânica Victoria Pendleton, do ciclismo de pista, que arrebatou o ouro em Pequim na única prova em que pôde competir. Seu colega de equipe, Chris Hoy, participou de três disputas e venceu todas. O ciclismo de pista, aliás, é uma das modalidades em que a desigualdade de gêneros ainda grassa. Os homens estão habilitados a participar de sete eventos. As mulheres, só de três. Mesmo em esportes em que a paridade é quase total, não há planos para ela se torne efetiva. O atletismo conta com 24 eventos masculinos e 23 femininos. Entre os dirigentes, já há quem defenda a igualdade total. Com isso, as mulheres disputariam o decatlo, como os homens, e não mais o heptatlo. Elas também passariam a correr a marcha de 50 km.

Mas a Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf) ainda é reticente quanto a essas alterações. "Não planejamos, neste momento, realizar alguma mudança em nosso programa de competição para incluir as mulheres na marcha de 50 km ou no decatlo", declara Nick Davies, porta-voz da federação. (AE)

ele sofre naquela posição. As características dele não servem para iniciar jogo assim", explicou Muricy. "É difícil jogar com três atacantes. Tivemos que mudar. A gente tinha que explorar o lado esquerdo nosso." Para o treinador são-paulino, o lado direito do Barueri era o mais frágil, e foi assim que sua equipe conseguiu melhorar no segundo tempo e marcar três gols, depois de estar em desvantagem no placar. Se Dagoberto não conseguiu agradar ao treinador na função de terceiro atacante, quase todos os elogios de Muricy foram para a atuação de Jorge Wagner, que fez o passe para o terceiro gol e cobrou a falta que resultou no segundo. Além disso, o técnico também destacou a atitude do São Paulo. "Está mostrando que esse time tem poder de reação. Já fez isso na Li-

bertadores e voltou a fazer isso de novo", disse. Gols e confiança Autor de dois gols na vitória por 3 a 1, Borges não escondeu após o jogo que está ficando mais confiante a cada jogo. Na última quartafeira, o atacante já havia marcado o gol que salvou o São Paulo da derrota na estreia pela Libertadores, diante do Independiente Medellín, no Morumbi. "O atacante quando consegue fazer gol é muito importante. Ele fica mais confiante. A bola não estava entrando", disse Borges, que agora tem três gols em 2009, e se diz preparado para continuar como titular do São Paulo. "Eu acho que estou melhor fisicamente do que em todas as outras temporadas. Sempre que o Muricy precisar, eu estou me sentindo muito bem." (AE)


25 de fevereiro a 4 de março de 2009

Ronaldo é relacionado para período fora de São Paulo Fenômeno viaja com o restante do elenco corintiano e pode estrear até antes do clássico contra o Palmeiras

Massa diz que problemas de 2008 o deixaram mais forte

Brasileiro da Ferrari afirma que mostrou no ano de 2008 que é um piloto muito forte na Fórmula 1

EFE

C

omo já era esperado, o atacante Ronaldo participará do "tour" do Corinthians pelo interior paulista, de acordo com a lista oficial divulgada nesta segunda-feira, 23, pelo clube. O elenco treinou no CT do Parque Ecológico no começo da semana e viajou para Presidente Prudente na terçafeira, onde enfrenta o Noroeste, pelo Campeonato Paulista. No sábado, o time viaja para Marília para pegar o time da casa. O elenco ainda retorna a São Paulo, treina segunda e terça-feira da semana que vem, e então viaja para Itumbiara, para a estreia na Copa do Brasil. Na sexta da semana que vem, volta a Presidente Prudente, onde no dia 8 de março enfrenta o Palmeiras e poderá ter a estreia de Ronaldo. Apenas seis jogadores ficaram fora do grupo que viaja para Pru-

Piloto brasileiro Felipe Massa acredita que temporada 2008 deve servir como um exemplo.

O

Ronaldo: feliz com a aproximação do retorno aos gramados.

dente. Diogo, Wellington Saci, Acosta e Marcelo Oliveira estão no departamento médico, enquanto Renato e Bruno Bertucci,

jogadores que vieram das categorias de base, ficam em São Paulo por opção do treinador. (AE)

brasileiro Felipe Massa garantiu, em entrevista concedida ao site da revista britânica Autosport, que já superou a decepção por não ter conquistado o título do Mundial de Fórmula 1 em 2008. Acompanhando a etapa de Kyalami da A1GP, o piloto da Ferrari avaliou que a decepção por ter perder a chance de vencer um dos campeonatos mais emocionantes da história da principal categoria do automobilismo o deixa ainda mais forte para 2009. "Precisamos tomá-lo como um bom exemplo para me tornar ainda mais forte, não como um exemplo para dar desculpas. Se ganharmos, ganhamos. Se per-

demos, perdemos", disse Massa. "Quase não é suficiente, mas acho que mostramos que estávamos muito, muito forte durante toda a temporada", completou. Massa lembrou do Mundial de Fórmula 1 de 2007, quando Lewis Hamilton perdeu grande chance de ser campeão em seu ano de estreia. "Às vezes a vida lhe dá algo que você não espera, mas por um motivo. Mesmo se você olhar para o que aconteceu com o Lewis, no primeiro ano, e então de repente ele se tornou campeão. Talvez ele merecesse ganhar mais em 2007 do que em 2008, mas esta é a forma como acontece", afirmou. (AE)

BrazilianNews 361  

Carnaval 2009:

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you