Issuu on Google+

Arte Visual | Maio 2010

FÁBRICA BRAÇO DE PRATA / Maio 2010 Ar te Visual

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Arte Visual | Maio 2010

Maio 2010 Ar te Visual Exposições epipiderme encontros à volta da performance

oficina epipiderme Exposta na Fábrica Pequenas Oficinas WORKSHOP

Artista Residente Espaços do Desenho Drawing Spaces Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Inauguração 06/05 - 19H30 Exposição 06/05 - 30/05/10

Jorge Castro Henriques

MARVILA de bicicleta - Exposição de Fotografia

Gastão Brito e Silva Ruin’Arte - Exposição de Fotografia

Miguel Esteves Pinto “Dead Combo” - Exposição de Fotografia

Ângelo G. Gullotta “Entre a Fé a Cor e o Mundo” - Exposição de Pintura

Inauguração 12/05 - 20H00

ENRIQUE WILLIAMS Exposição de Esculturas

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Jorge Castro Henriques MARVILA de bicicleta - Fotografia MARVILA de bicicleta acompanha o trajecto de um turista que depois de ter visto a Lisboa dos cartões postais, procura um outro lado da cidade. Chega a MARVILA, onde uma bicicleta o leva a conhecer os seus espaços e pessoas. Pedalada após pedalada, vai descobrindo um lugar singular e encontrando uma outra Lisboa…

Apoio:

Jorge Castro Henriques (Lisboa, 1979). Licenciou-se em Direito e a partir de 2003 trabalhou como jurista na Administração Pública e mais tarde como técnico de tratamento postal nos CTT. Em 2008 fez um desvio de percurso e inscreveu-se no Instituto Português de Fotografia para frequentar o Curso Profissional, que entretanto concluiu. Actualmente trabalha em conservação de fotografia. Tem imagens publicadas no jornal i e nas revistas DIF e Time Out Lisboa. “MARVILA de bicicleta” é a sua primeira exposição de fotografia; a segunda será “1300 Lx”, na Lx Factory, de 14 do corrente mês a 13 de Junho.

http://www.flickr.com/photos/jorgecastrohenriques

jcastrohenriques@yahoo.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Gastão Brito e Silva Ruin’Arte - Exposição de Fotografia O projecto «Ruin’Arte», é uma forma de chamar a atenção à degradação do património arquitectónico deste País à beira mar plantado, são pedaços de história perdidos, são almas penadas do nosso passado. Ruin’Arte é o lado romântico que cada ruína transporta... é uma história mal acabada, arquitectura desleixada, cultura mal amada, património incompreendido, paisagens sem sentido. São ruínas industriais, urbanas, clericais, palacianas, rurais, humanas...

Apoio:

Gastão Freire de Andrade de Brito e Silva, nasceu em Lisboa no ano de 1966 e desde cedo mostrou gosto pela fotografia. Foi funcionário na Kodak Portuguesa onde teve o primeiro contacto com a fotografia profissional, mais tarde frequentou um curso de fotografia de publicidade que lhe abriu novas portas e perspectivas. Em Março de 1993, fundou o Estúdio LuzViva – Fotografia Criativa, onde tem trabalhado e desenvolvido vários projectos nas áreas de fotografia conceptual, culinária, bebidas e arquitectura. Publicou trabalhos nos mais diversos meios de publicidade e é autor de vários textos técnicos de fotografia. Desde 2003 que ministra workshops temáticos no Studio 8A, na Universidade Católica de Lisboa, no ISLA e mais recentemente na ANIF e APAF. Participou em três exposições colectivas e teve uma exposição individual na Fábrica do Braço de Prata com a colecção “Rust in Peace”. Ultimamente tem explorado o estilo “Fine Art” e está a trabalhar várias séries de temas seguindo uma linha de cor/preto e branco. Por solidariedade com todos, não tem cor política, clube de futebol ou religião, já não acredita no Pai Natal, mas acredita que o mundo pode melhorar...

http://ruinarte.blogspot.com

ruinarte@gmail.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

GIL BASTOS VIEIRA A ROUPA FALA ? - Instalação Wearable arte

Vestidos objectos em grande dimensão 2.20mts onde se definem estilos de moda diversos que utilizam pintura em acrílica na sua superfície. Todos os vestidos são feitos com tecidos de ex - roupas pessoais, trapos reciclados e revestemse em bordados, em aplicações. Os poetas Fernando Pessoa, Sophya de Mello Breyner, Cecília Meireles, Capinan , Karina Rabinovitz, Carlos Drumond de Andrade, Ana Cristina César , Paulo Leminski, Wally Salomão emprestam palavras ao lúdico das roupas. A Roupa fala? é moda ? é arte contemporânea? Este é o conceito que permeia esta Instalação. A roupa fala? Instalação site specifique

Nasceu em Salvador – Bahia – Brasil, no San Diego High School na Califórnia USA, onde estudou, desenvolve as primeiras experiências com desenho, retorna ao Brasil e envolve-se e actua com diversos grupos em variados espectáculos de teatro e dança, e desenvolve técnicas de cenografia, figurinos e colecções de moda. Viveu em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Florida, Lisboa, Índia, Londres, Amesterdão, lugares onde trabalhou e actuou no teatro, na tv e em projectos de pesquisa visuais. Na cidade do São Salvador da Bahia onde vive desde 2000 inicia um trabalho essencialmente voltado à pintura em diferentes suportes ( tecidos ,telas , azulejos, sapatos, bolsas, papeis ,entre outros ) e descobre que a melhor maneira de definir sua linguagem visual é expressada através de instalações artísticas que, por definição, é a cenografia, como se vestisse o espaço. As Instalações são os seus meios preferidos de intervir artisticamente e acredita ser a maneira que melhor enquadra seus conceitos suas ideias. Realizou Instalações de arte contemporânea em Museus e Galerias em Salvador, em São Francisco, em Milão. O trabalho de Gil Bastos Vieira, baseia-se num movimento wearable arte que consiste em reciclar materiais, restaurar conceitos artísticos e resgatar valores culturais, a linha estrutural do seu trabalho define-se em reviver experiências pessoais visuais do teatro da moda da dança em pintura em desenhos nas formas humanas e femininas.

www.gilbastosvieira.cjb.net

gilbastosvieira@hotmail.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Miguel Esteves Pinto “Dead Combo” - Exposição de Fotografia

Nos dias 20 e 21 de Novembro de 2009, os Dead Combo estiveram no Jardim de Inverno do Teatro São Luiz, em Lisboa. Foi assim que a dupla Tó Trips e Pedro V. Gonçalves encerrou uma digressão que passou por todo o país. Neste belo palco lisboeta, os Dead Combo apresentaram-se com uma formação mais alargada. Os seus convidados foram Alexandre Frazão (Bateria e Percussão), Ana Araújo (Piano), João Cabrita (Saxofones), João Marques (Trompete) e Jorge Ribeiro (Trombone). Foram concertos diferentes, com uma banda maior, e ficam guardados nas memórias de quem lá estava, no que toca aos arranjos musicais, à sonoridade mais cheia mas sempre num registo intimista. No que toca à imagem, os momentos em que o duo se ampliou para dar uma nova experiência ao público ficaram registados para a posteridade. Sendo uma banda com uma imagem muito interessante e fora do vulgar, mostraram-se em modo big-band numa sala especial, melhor do que uma modelo a fazer poses estudadas, e permitiram estas fotografias.

Miguel Esteves Pinto nasceu em Lisboa, em 1981. A sua formação inclui, entre outras coisas, a licenciatura em Jornalismo e o Curso Profissional de Fotografia no Instituto Português de Fotografia. Entre as suas várias paixões culturais, destacam-se as letras, a imagem e a música. As letras começam agora a preparar-se para chegar ao papel e ao público, e vai publicar dois livros: «Lisaha» e «O Atropelável». No que toca à imagem, o seu trabalho conta já com duas exposições, uma de fotografia no Clube da Esquina, e outra com fotografias e foto-manipulações no Espaço Evoé, na sequência de ter sido director de fotografia da curta-metragem «Falópio», de João Telmo Dias. Em relação à sua paixão pela música, considera-se um grande apreciador mas completamente inapto, pelo que é com um prazer especial que consegue, através desta exposição, homenagear aquela que considera uma das mais interessantes bandas portuguesas.

miguelpinto@gmail.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Ângelo G.Gullotta “Entre a Fé a Cor e o Mundo” - Exposição de Pintura

A Exposição “ Entre a Fé a Cor e o Mundo” é uma visão actual sobre o homem e as suas acções transformam o Mundo transformando o próprio homem.A perda da Crença, da Fé e de Deus, faz com que o homem procure em si mesmo respostas para as suas acções. A Cor passa a ser o elo de ligação entre a perda de toda a simbologia da crença e o Mundo que é a actualidade.

Ângelo G. Gullotta (GUAN), nasceu em Catania, Itália, em 1963. É licenciado em pintura e escultura pelo Liceo Artístico de Catania em 1981, terminando a sua formação académica como Mestre de Arte, na vertente de pintura e escultura pela Academia de Belle Arte de Urbino em Itália. A partir de 1983 participa na Oficina de Arte de Catania com varias exposições quer individuais quer colectivas assim como em varias Galerias italianas. Das várias exposições do artista, destacam-se a amostra individual realizada na cidade de Hanôver, na Alemanha, em 1986. Neste mesmo ano faz outras exposições individuais noutras cidades europeias. Em 2002, transfere-se para Roma, onde realiza vários trabalhos de pintura e escultura, assim como trabalha como director artístico na cidade de Fiumicino, em eventos musicais, onde participam grandes nomes internacionais ligados a esta indústria, assim como eventos teatrais e de moda. Parte para os Estados Unidos da América em 2005, onde continua o seu trabalho de pintura e escultura, realizando várias exposições individuais, em cidades como Nova Iorque, Boston, Filadélfia, Miami e Los Angeles.

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

ENRIQUE WILLIAMS Exposição de Esculturas Esculturas Inspiradas y Sostenibles Enrique Williams no deja de sorprender, si bien sigue haciendo simple un trabajo complejo y contundente, en esta ultima propuesta mas que nunca nos tantea una y mas lecturas, una linea coherente y una técnica invariablemente cuidada . Este nuevo trabajo puede considerarse como prolongación de la objetualidad ligada a la estética del desperdicio, acercandoce de alguna manera al Arte Povera, pues prefiere el contacto directo con los materiales sin significación cultural alguna, materiales de los que no importa su procedencia, su uso originario o su grado de perdurabilidad. Valíendose de materiales al alcance de la mano y con marcado deseo de aproximarse a la realidad, propone dar valor estructuras primarias conseguidas con esos materiales groseros y hasta intracendentes, pero siempre intentando dotarles de espíritu y energia poética. Una sutil aproximación a la arquitectura, es una de esas lecturas que hablaba inicialmente, me recuerdan aquellos magníficos edificios de la primera mitad del siglo XX y otros muy contemporáneos, edificios proyectados por Craig Severance(Chysler Building, new york), Philip C. Johnson (AT&T building, new york) o Cesar Pelli (Torre de cristal, Madrid). Este trabajo pasa del ritmo y el movimiento como parte del lenguaje formal, a sostenibilidad entendida como ese proceso de creación de las condiciones materiales, culturales y espirituales para los desarrollos antrópicos. Roberto Rubiolo, Arquitecto Plasencia, España - Fev. 2010

Enrique Williams nasceu em Buenos Aires (Argentina), em 1964. 1982 Curso de Artes gráficas pela Escuela Panamericana de Arte. Buenos Aires, Argentina . 1985 Curso de Decoração de Interiores pela Escuela Panamericana de Arte . Buenos Aires, Argentina . 1988 3 anos de curso de arquitectura na Universidad de Buenos Aires. 1991 Curso de Restauração pela Asociación Argentina de Museologia. 1992 Curso de desenho e pintura com Maria José Digiacomo ( Professora de belas artes na Escuela Previliano Puyrredon). 1993 Curso de Print Rooms do sec. XVIII em Londres. 1994 Estudos de escultura com Alfredo Williams (Licenciado em artes visuais Instituto Nacional de Arte) . 2006 Actualmente a viver na cidade de Lisboa, Portugal.

enriquewilliams@sapo.pt Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


epipiderme | Maio 2010

Programa 19 de Maio 2010 (22H) Performance: Marcus Vinícius (Brasil) Performance individual. Duração: 20’

“Cartografia do Sensível”

http://www.marcusvinicius.tk

Aisa Boa (Espanha) Performance individual. Duração: 20’

“No news is good news”

http://www.facebook.com/album.php?aid=2024008&id=1097019036

Adina Bar-On (Israel) Performance individual. Duração: 20’

http://www.para-site.org.hk/events/20010720adina.htm

“Mapping”

http://www.kaapeli.fi/~labas/amorph!01/bar-on.htm

NunoViegas (Portugal) Performance individual. Duração: 30’

“As aparições materializadas”

http://alexandrepomar.typepad.com/alexandre_pomar/nuno_viegas/

Vídeo performance: Lezli Rubin-Kunda (Israel) Duração: 4’ “Walk with Streamers, Mask and Sardine Cans” Duração: 20’ “City Shelter” http://www.youtube.com/watch?v=AKjxNo509UE http://www.youtube.com/watch?v=b99ZZecvXWQ

http://www.youtube.com/watch?v=yfUStM-G32I

Workshop de Performance: Workshop de performance com Adina Bar-On PERSONALITY IN REAL TIME AND SPACE Dia 17 e 18 de Maio 2010, das 19h às 23h (8 horas) The aim:

Evolving a visual work with one`s own - Personality in Real Time and Actual Space: a) How to project your person and thought with minimal movement but maximum expression. b) How to mediate a change, visually or by suggestion, within different spaces. c) How to relate, or be a protagonist, within an existing socially dynamic site.

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


epipiderme | Maio 2010 Marcus Vinícius

Aisa Boa

Adina Bar-On

NunoViegas

apoios & Parcerias

Lezli Rubin-Kunda

http://epipiderme.blogspot.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


oficina epipiderme PRESENÇA EM ESPAÇO E TEMPO REAL

Workshop Por Adina Bar-On (Israel) Dia 17 e 18 de Maio 2010, das 10h às 19h

com apresentação pública do workshop Domingo 16 as 20H O workshop consta de:

de 4 sessões de 3/4 horas cada. 75% de prática 25% de teoria.

Objectivo: a) Como projectar o indivíduo como identidade, o seu pensamento num movimento minimal e ao mesmo tempo cheio de expressão. b) Como mediar transformação, concreta visual ou sugerida, em diferentes espaços. c) Como descrever, ou ser protagonista de um dado contexto existente, social dinâmico.

Materiais requeridos: 5 objectos à escolha, de diferente ou igual caracter (de qualquer tamanho), que tenham um forte significado para o participante. (por exemplo: Objectos a que se tenha uma ligação sentimental, ícones religiosos ou um ícone nacional, um objecto de caracter sexual) http://www.polishinstitute.org.il/en/events-blog/events-visual-arts/details/100-Aesthetics-and-Bias.html?short=1

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


oficina epipiderme About the artist: Adina Bar-On, Israel, 1951. Adina Bar-On is a pioneer performance artist in Israel. She

toured around Asia, including Hong Kong, last year with Seiji Shimoda, the award winning Japanese performance artist.In the past 30 years,Bar-On has produced more than 20 performance pieces.An exhibition of her video works and photographic documentation of her works will be held in Para/ Site Art Space from July to August. Bar-On will perform her new work «Disposition» outdoor. Since 1973,Bar-On started to experiment with performance.She makes use of her body movement and voice to communicate with the audience. Her work emphasizes interaction and connection. Audience’s emotion follows Bar-On’s behaviour.She breathes,blinks,quivers,swallows.The charged moments excite the audience internally and externally. Adina Bar-On was born in Kibbutz Kfar Blum, Israel in 1951. She stayed with her family in the United States at the age of thirteen. She went back to Israel at 18 and in the next year joined the Bezalel Academy in Jerusalem majoring in painting. In 1973 she had her first performance in the Academy. The Academy’s psychologists were asked to watch the performance in order to give opinion. Bar-On received a warning letter from the directors of the Academy informing her that she had to go back to traditional media in order to graduate. On one hand, Bar-On went back to painting, on the other, she performed in the places outside the Academy such as gallery, museum, cultural centre and art space. She even extended it to non-art establishments such as youth club, shopping arcade and private home. Last year Bar-On toured to Budapest, Japan, Macau, Hong Kong, Russia and Poland. http://www.ccca.ca/performance_artists/f/fado/adina/adina_perf1/index.html Adina Bar-On is widely recognized to be Israel’s first performance artist, creating work since the 1970s. Her performances are remarkable for their sensitivity, emotional depth, and for Bar-On’s willingness to tackle difficult and controversial subjects.Bar-On lives and works inTel-Aviv,dividing her time between teaching (performance and visual communication) and her art practice, which includes performance art and video. In the past several years she has toured extensively in Europe and Asia. This is her first trip to Canada. A book about her work in English and Hebrew was published in 2001 with the support of the Herzliya Museum of Art in Israel. Local: Fábrica Braço de Prata, Lisboa Investimento: 50€ e 35€ ( preço com desconto a estudantes e desempregados, com justificação) N.º máximo de participantes: 20 Inscrição: epipiderme@gmail.com TM: 91 341 32 83 Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

Picansso O outro lado da Guernica - Pintura

“Se te apetece comentar fá-lo agora ou então cala-te para sempre...” Picansso

O desafio do Picansso está feito, o outro lado da Guernica de Picasso redesenhado com técnicas de aerografia, onde no final o seu trabalho só ficará completo com o seu comentário.

picansso.blogs.sapo.pt

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

Picansso Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

Monica Nogueira Corrosão - Exposição de Pintura

A tinta difunde, cria textura e altera. Percorre pequenas cavidades em profundidade considerável, traçadas por hipotética corrosão, derrame ou novo paradigma. Reacção cromática de interacção entre o acaso e o imaginário, processo este executado através do que se pode chamar de química das formas aleatórias. A tinta será Gente. O sentido multifacetado numa lógica inclusiva.

monix.nogueira@gmail.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

RAF Biomecânica - Work in progress instalação Pintura Trabalho desenvolvido com aerógrafo de forma livre, isto é , sem recorrer a mascaras ou stencil, tecnicamente possível associando a rapidez de execução à distância do aerógrafo sobre a superfície e fluxo de tinta que é projectada atráves do aerografo no preciso momento. Desta forma, obtem-se um movimento gestual de mao livre de alta precisão. A biomecânica é o estudo da mecânica dos organismos vivos. É parte da Biofísica. De acordo com Hatze, apud Susan Hall, é «O estudo da estrutura e da função dos sistemas biológicos utilizando métodos da mecânica» A Biomecânica externa estuda as forças físicas que agem sobre os corpos enquanto a biomecânica interna estuda a mecânica e os aspectos físicos e biofísicos das articulações, dos ossos e dos tecidos histológicos do corpo. A Biomecânica, além de ser actualmente uma ciência com laboratórios específicos e diversos níveis de pesquisas, nas Universidades, é também uma especialidade e uma disciplina oferecida pelos Cursos superiores de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional. As referências iniciais relativas à análise dos aspectos biomecânicos dos movimentos corporais – humanos e animais – remontam à antiguidade clássica e pertencem a Aristóteles, que registrou as primeiras observações sobre o ato de caminhar do Homem e dos animais, como consequência da acção dos membros inferiores e patas contra o solo.

Rui Alexandre Ferreira - Portuguesa, 1971 Escola secudária artística António Arroio, Produção artística e design de equipamento, Concluído em 2009. Curso de pintura auto. Curso de aerografia. Curso de maquilhagem e caracterização. Design de equipamento. Realização Plástica do espetáculo. Prémios e Certificados 1º premio best paint faro 99 pintura personalizada- Harley Davidson Menção honrosa Pintura .C.M Lisboa ambiente 2002

http://www.v1.raf-art.com

www.myspace.com/raf_art

raferreira2002@yahoo.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposta na Fábrica | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

Pequenas Oficinas Oficinas de Artes da Fábrica Braço de Prata

Ana Duarte Oliveira 14 e 15 de Maio 2010 Ilustrações, Desenhos e outras coisas...

Nasci em 1981 em Lisboa, onde hoje vivo. Desenho desde sempre, a ilustração foi-se tornando cada vez mais no meu principal meio de expressão, fiz alguns workshops de ilustração e frequentei todo o tipo de conferencias sobre o tema que consegui. O contacto com a ilustração cientifica ajudou-me a ser mais metódica, disciplinada e frequente nos meus desenhos introduzindo o Diário Gráfico. A criação do blog Ilustrana permitiu-me contacto com pessoas da mesma área duma maneira que nunca imaginei possível. Tenho um imenso fascínio pelos contos tradicionais e de fadas, mas subverto frequentemente a história original, pelo puro prazer de brincar com as segundas leituras que elas podem ter... Por este motivo adoro também desenhos com frases e frases com desenhos e uma das minhas maiores inspirações são os cartazes de rua, os mupis e a publicidade em geral. Curiosamente acabei por trabalhar muito mais vezes em filmes de animação de volumes (construindo marionetas e adereços) do em qualquer das outras áreas que toquei. Neste momento sou sobretudo freelancer, trabalhando naquilo que tenho oportunidade de agarrar, nem sempre na área da ilustração... Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

http://ilustrana.blogspot.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

Pequenas Oficinas Oficinas de Artes da Fábrica Braço de Prata

Isabel Orfão

21/22 e 28/29 de Maio 2010 Vitrofusão http://vidroseceramica.blogspot.com Vale bem a pena conhecer os seus trabalhos em Vitrofusão, caracterizados pela inovação das formas e cores vivas. A magia completa-se com a hipótese de ver ao vivo, nascer uma conta de Vidro Murano. Poderá escolher as contas com as suas cores preferidas e compor uma joia!

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

Pequenas Oficinas Oficinas de Artes da Fábrica Braço de Prata

Isabel Sousa Carvalho Ceramista

O projecto “O Colar de Pérolas” da ceramista Isabel Sousa Carvalho volta à Fabrica Braço de Prata às 6as-Feiras e Sábados das 20h00 às 02h00. Desta vez, ocupa uma parte do espaço “Pequenas Oficinas” e apresenta uma proposta diferente:

“Invente a sua Jóia” Encontra à sua disposição, separadores de prata, pedras naturais e semi-preciosas, contas e diversas outras formas em vidro Murano e em Cerâmica (porcelana e grés), com os quais poderá compor a sua Jóia. Após a escolha dos materiais e da composição da peça, a montagem e acabamento são executados pela autora do projecto. (*) (*) Não cabem no âmbito deste projecto ensinamentos sobre joalharia ou venda de peças soltas. Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Pequenas Oficinas | Maio 2010

Sexta-Feiras e Sábados das 20h00 às 02h00. www.ocolardeperolas.blogspot.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


WORKSHOP | Maio 2010

WORKSHOP

Oficinas de Artes da Fábrica Braço de Prata

Vanda Sousa

15 de Maio de 14h30 – 18h30 (Sábado) NÍVEL I WORKSHOP DE FELTRAGEM COM ÁGUA E SABÃO

Local Fábrica de Braço de Prata Preço 35€ (lãs incluídas) N.º máximo de participantes 8 Requisitos Objectivos:

Destina-se a principiantes Conhecer as lãs e o processo de feltragem com água e sabão Aprender a fazer as 3 formas básicas: folha, bola, rolos ou cilindros Aprender a criar flores e folhas a partir das formas de base

Os materiais e utensílios necessários à feltragem são fornecidos pela orientadora. Quaisquer outros materiais (elásticos, alfinetes para pregadeiras, agulhas, linhas, …) necessários à montagem das peças deverão ser trazidos pelos participantes ou poderão ser adquiridos à orientadora.

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


WORKSHOP | Maio 2010

Nota:Todos os outros materiais e utensílios necessários ao workshop são fornecidos pela orientadora. A realização destes workshops está prevista para o 3º Sábado de cada mês. Este será o último workshop antes da pausa de Verão (Junho, Julho e Agosto). Retomaremos em Setembro com novidades!

Inscrição:

vanda.f.sousa@sapo.pt TM: 96 999 30 44 http://vandasousa.wordpress.com

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Drawing Spaces | Maio 2010

Espaços do Desenho Drawing Spaces A Associação Espaços do Desenho é uma associação sem fins lucrativos com sede na sala do Espaços do Desenho (rés do chão) na Fábrica Braço de Prata. Esta associação tem como objectivo promover actividades culturais, em particular, práticas investigativas em torno do desenho. A sua programação para o ano de 2009-2010 contempla colaborações entre artistas e investigadores Portugueses e Internacionais; um ciclo de 12 residências artísticas e exposições; um conjunto de tertúlias, conferências e debates; e diversas actividades relacionadas com o tema do desenho.

Morada Fábrica Braço de Prata Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1 1950-128 Lisboa Direcção Teresa Carneiro Assistente de Direcção Ana Marin Colaboradores Daniela Vasco e Ricardo Batista Horário Quarta a Sexta feira: 19 - 23 h. http://drawingspacespt.weebly.com Sábado: 19 - 23 h. drawingspaces@googlemail.com Domingo: 16 - 20 h (consultar homepage)

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Drawing Spaces | Maio 2010

Linhas de passagem que correspondem, convergem e divergem Minna Philips 24 de Abril – 8 de Maio 2010 PROGRAMA Residência Aberta: 23 – 24 de Abril; 28 de Abril – 1 de Maio, Espaços do Desenho Período Expositivo: 5 – 8 de Maio, Espaços do Desenho Quarta – feira a Sábado, das 19h às 23h Inauguração/Apresentação do projecto: 30 DE ABRIL 2010, 21h Com intervenção de John Penny: Desenho indexical a partir de Barnett Newman e Richard Serra Espaços do Desenho

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Drawing Spaces | Maio 2010 Linhas de passagem que correspondem, convergem e divergem Viajar de um país/lugar para outro aumenta a consciência das diferenças entre crenças, costumes e valores que moldam culturas, políticas e sociedades. Esta consciência surge frequentemente como resultado de cricunstancias de inclusão, exclusão, ou do confronto entre ambas as situações. Uma circunstancia de exclusão poderá ser causada por diferenças de localização geográfica, raça, cultura, classe, situação económica ou mesmo através de diferenças nos costumes, gestos e interesses socio-culturais. Por sua vez, uma circunstancia de inclusão pode referir-se a uma conduta de tolerancia/aceitação, produtividade e/ou um sentimento de pertença. Por vezes, é ainda possível experienciar um lugar ou um acontecimento através de um ponto de vista paradoxal, ou seja, a partir de uma perspectiva onde se reconhece o confronto entre elementos/ comportamentos de inclusão e exclusão. Um acontecimento ou um lugar observado nesta perspectiva, não revela respostas ou soluções, abrindo-se por outro lado a diversas interpretações que proporcionam uma contínua actualização de posicionamentos e consciências. Através dos seus trabalhos, Minna Philips explora esta posição particular que permite experienciar um objecto/evento ou lugar a partir de uma perspectiva paradoxal. Os seus desenhos relacionam-se com uma imagética que remete à representação ou significação de paradoxos, como por exemplo, extintores de incêndio, dispersores de água, ou mantas anti-fogo, que podem significar em simultâneo circunstancias de perigo e/ou segurança. Esta imagética é desconstruída nestes desenhos através da distorção de perspectivas; os desenhos são por outro lado organizados de forma simultaneamente contínua e fragmentada.A multiplicidade de interpretações e a ‘realidade’ desconstruída é depois exagerada pelo recurso a um estratégia onde uma instalação particular, num lugar particular, é realizado de forma a adaptar-se a diferentes espaços e contextos. Se por um lado, este processo exige uma certa constância na organização/desorganização de tais referências, ao mesmo tempo, a sua adaptação a um novo ambiente, num novo sistema ao qual são somadas novas significações e interpretações a partir do novo contexto, resulta num processo de continuidade que é gerador da sua própria história e cujo final é deixado em aberto. Por exemplo, o projecto realizado previamente pela artista em Boston, Massachusetts, foi mais tarde adaptado, desenvolvido e re-contextualizado em Baltimore, Maryland e é agora adaptado ao Espaços do Desenho em Lisboa,traçando neste percurso,uma história em aberto e uma continua expansão de possibilidades. Os desenhos actuam como paisagens de papel que ocupam a parede, chão e/ou tecto de um determinado espaço. O trabalho é criado no próprio espaço da instalação, usando o meio envolvente mais próximo, assim como elementos únicos a esse espaço, que facilitam um estudo e integração da identidade do mesmo. A instalação resultante

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Drawing Spaces | Maio 2010 interrompe um entendimento isolado da estrutura espacial das referências a que os desenhos remetem, atenuando as linhas entre o trabalho e o espaço onde este é situado. O processo de desenhar torna-se paradoxal ao identificar os limites de um conceito e ao estabelecer identidades, assistindo simultaneamente à transcendência desses limites de modo a criar infinitas subjectividades. A forma como o desenho actua como intermediário entre diversas formas de arte, assim como a acção de desenhar não apenas como preparação preliminar mas como qualquer coisa que viabiliza inúmeras interpretações, qualifica o desenho como ferramenta para explorar conceitos e ideias que se estabelecem pela presença/ausência de fronteiras mais ou menos definidas. Minna Philips tem um Mestrado em Artes Visuais (MFA) pela Towson University, Maryland, na especialidade de Instalação e um Mestrado em Gestão das Artes (Masters in Arts Administration) pela Boston University, Massachusetts. Tem ainda uma Pós-Graduação (Post-Baccalaureate Certificate) pelo Maryland Institute College of Art, na especialidade de pintura. Para além da sua actividade como artista, é actualmente responsável pela gestão de programas de Arte na VisArts em Rockville, Maryland. Exposições seleccionadas: ‘Sink Float and Surplus’ (AREA) 405; The International Juried Competition (international Gallery); Structure (DCCA), Curator’s Incubator (Maryland Art Place); Analogue (India Habitat Centre); Geometry in Suspension (Fluid Space); Displaced (NeMe, Cyprus, Grécia).

http://drawingspacespt.weebly.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Artista Residente | Maio 2010

JOANA VILLAVERDE Artista Residente ATELIER JOANA VILLAVERDE Próxima visita do Atelier dia 28 e 29 de Maio a noite.

Durante o dia, às horas de expediente normais da vida. Quando a Fábrica ainda está fechada, quando ainda não há pessoas. Estou lá eu fechada no meu buraco, no meu local de trabalho. É durante a noite que a fabrica vive. É para viver também a movida da fábrica que abro o meu atelier dois dias por mês durante um bocadinho da noite. Dar um bocadinho do que posso e do que tenho à Fábrica. Joana Villaverde

jvillaverde@mac.com http://www.joanavillaverde.com http://artnews.org/artist.php?i=2337 Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Artista Residente | Maio 2010

MIGUEL FIGUEIREDO Artista Residente «…A escultura de Miguel Figueiredo dá-nos a ver um universo desmembrado.As formas são construídas a partir de procedimentos técnicos diferenciados, delicadamente modeladas no barro com fragmentos e objectos díspares, ora peças de ourivesaria ora desperdícios recuperados, cada peça concentrando em si, sem preconceitos disciplinares, tudo o que se vai descobrindo pelo mundo, sejam matérias ou conceitos, e que o autor intui como necessário para a construção do objecto artístico…» Paulo Henriques (Director. Museu Nacional de Arte Antiga)

http://miguelfigueiredo.net Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

apoios & Parcerias Exposições Fábrica Braço de Prata O Espaço Expositivo da Fábrica Braço de Prata Beneficia do Apoio: Divulgação:

Apoio:

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Maio 2010

A Fábrica Braço de Prata A Fábrica Braço de Prata é um espaço de criação e divulgação cultural. Está instalada no edifício da administração da antiga fábrica de material de guerra, criada em 1908. No início da década de 90, por altura dos grandes projectos em torno da Expo 98, a fábrica foi desactivada. A Livraria Eterno Retorno, em Junho de 2007, no seguimento de um acordo de comodato com a sociedade Obriverca, transforma o antigo edifício num espaço cultural. Em Julho de 2008 a Câmara Municipal de Lisboa reconhece o contributo deste projecto para a cidade. A Fábrica de Braço de Prata acolhe concertos (jazz, música erudita, pop/rock, fado) e exposições de artes plásticas, promove ciclos de conferências, debates, lançamentos de livros, e torna possível nas suas instalações workshops de dança, teatro, artes plásticas, assim como ciclos de cinema, curtas metragens e documentários.

Horário: Quarta e Quinta-feira das 18H00 às 02H00 Sexta-feira e Sábado das 18H00 às 04H00 Domingo das 15H00 às 24H00 Tel: 967 435 743 Geral: fabricabprata@gmail.com Exposições: exposicoes.bracodeprata@gmail.com

www.bracodeprata.com

A Fábrica Braço de Prata recebe propostas de exposições. Os artistas deverão enviar previamente um projecto e um portefólio em formato digital ou em papel. Após a análise das propostas, será agendada uma reunião. Para qualquer assunto relativo a exposições na Fábrica Braço de Prata: exposicoes.bracodeprata@gmail.com

O conteúdo da informação deste press-release é da responsabilidade dos vários autores. Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerrra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes.bracodeprata@gmail.com | www.bracodeprata.com


Exposições Maio 2010