Page 1

Artes Visuais | Abril 2014

FÁBRICA BRAÇO DE PRATA / A bril 2014

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Artes Visuais | Abril 2014

A rt e s V i s u a i s | Inaugurações 03/04 - 19H00 Exposição 03/04 - 03/05/14 Evento Participativo

A REVOLUÇÃO

“JAM DE ARTE URBANO” - Intervenção colectivo de “Arte Efêmera”

Pintur a... Escr ita... G r a f fi t i . . . Escultur a... Stencil... ect...

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Artes Visuais | Abril 2014

| Abril 2014 ESCOLA ARTÍSTIC A ANTÓNIO ARROIO “M ásc a ras”

- Exposição dos alunos do 11º ano da especialização em Realização Plástica do Espetáculo do curso de Produção Artística.

FLUXOS MARGINAIS dar “ esp a ç o” a o o l h a r - Exposição de Artes Plásticas

CARLOS RIBEIRO | CELESTE BEIRÃO | FRANCISCO PALMA

Exposição 09/04 - 03/05/14

Carlos Farinha “Migração”

- Pintura e performance Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

ESCOLA ARTÍSTIC A ANTÓNIO ARROIO O ensino das ar tes visuais, audiovisuais e do design é praticado na Escola Ar tística António Arroio há muitas décadas, donde a prática pedagógica se centra e se desdobra, o que espelha o estado da ar te nos domínios do conhecimento, da estética e da técnica. Nos cursos que promove – Produção Ar tística, Design de Produto, Design de Comunicação e Comunicação Audiovisual – tanto se abordam técnicas tradicionais como de vanguarda, recorrendo-se aos meios mais atuais de representação e execução. Aliar os saberes ancestrais aos de última geração proporciona assim uma transversalidade de oportunidades para os alunos, que é ímpar a nível nacional. Decorrem destas práticas diversas realizações, que levam a que a escola extravase o próprio âmbito do espaço confinado ao edifício, para se projetar noutros espaços e, com outros parceiros ou instituições, se alargue a sua área de influência. Agindo segundo o seu Projeto Educativo, a Escola António Arroio pretende, desta forma, promover a ampla difusão da sua imagem, interna e externamente, através da mostra daquilo que nela melhor se faz, estabelecendo novas parcerias, como é o caso com a Fábrica Braço de Prata e a exposição que aqui se apresenta. É com o sentido de abertura aos agentes da comunidade a que pertencemos, que nos congratulamos e nos identificamos com esta dinâmica expositiva, trazendo a outros espaços o trabalho dos nossos alunos, esperando o contágio mútuo e a necessária reflexão e inspiração que a arte nos obriga, quando decidimos mostrar o que fazemos. Porque expor é mostrar, muitas vezes, algo íntimo e pessoal, que nem sempre podemos ou temos oportunidade de o fazer noutros contextos. Obrigado pela oportunidade que nos concederam! Rui Madeira Director da Escola Artística António Arroio Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Duras

“Másc aras” - Exposição dos alunos do 11º ano da especialização em Realização Plástica do Espetáculo do curso de Produção Artística. Este trabalho surge de muitas sintonias desde logo entre os pares pedagógicos de duas turmas da Escola Artística António Arroio do 11º ano da especialização em Realização Plástica do Espetáculo do curso de Produção Artística. No espaço da Escola surgem mais sintonias entre a disciplina de Gestão das Artes, Educação Física e as especializações em Design Gráfico e em Fotografia. Fora da escola sintoniza-se todo o projeto com a obra de Júlio Pomar na temática dos Mascarados de Pirenópolis, costurada esta sintonia com o acolhimento prestado pelo Atelier-Museu Júlio Pomar a todo o projeto. Outras sintonias emergem como o registo fotográfico, numa perspetiva autoral, das obras realizadas neste projeto mas, certamente, a maior sintonia surge entre cada autor/aluno com a sua própria obra criada. A primeira abordagem a esta soma de sintonias surge de uma visita dos alunos à exposição Em torno do acervo no Atelier/Museu Júlio Pomar. Constavam dessa exposição três obras intituladas Mascarados de Pirenópolis as quais serviram de alicerce a todo o processo criativo que se seguiu. Depois de uma observação em diálogo com estas obras, os alunos criaram registos espontâneos da cor e do movimento impregnados naquelas obras. Ainda no espaço do Atelier/Museu, deixaram-se contaminar por toda a expressão pictórica de Júlio Pomar, ao longo dos anos, nas diversas expressões artísticas que o distinguem. De regresso ao espaço da Escola, e assentando definitivamente na área da Realização Plástica do Espetáculo, cada aluno foi convocado a desenvolver um adereço de figurino para a cabeça, à escala humana, que sintetizasse um novo ser originado a par tir da simbiose realizada entre um dos três elementos Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Duras

Apresentação no Atelier/Museu

Júlio Pomar

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 eleitos representados nas máscaras de Pirenópolis e, pelo menos, dois dos animais presentes no bestiário particular de Júlio Pomar. No processo criativo esse adereço tornou-se personagem adensado com características físicas e psicológicas, criando-se-lhe um habitat natural, modos de reprodução, de caça, de defesa e de ataque, modos de sentir, de se aproximar e de se refugiar. Para consubstanciar a sua existência, cada ser foi nomeado, passando deste modo a existir na sua dimensão mais ontológica tornando-se no Guardião do Museu. O processo, desde a sua conceção intelectual até à materialização final, foi longo. Cada autor/aluno iniciou uma pesquisa sistemática apropriando-se cada vez mais das características a desenvolver para o seu animal. Sequencialmente, o trabalho de pesquisa formal desenvolveu-se na sala de aula enquanto que toda a pesquisa conceptual, indissociável da anterior, ia sendo realizada à mediada do crescimento natural do ser emergente. Para o nascimento deste objeto zoomórfico, pesquisou-se sobre os Mascarados de Pirenópolis integrados num evento maior, as Festas do Divino Espírito Santo transportadas dos Açores para o Brasil e por lá aculturadas; observaram-se as características dos animais escolhidos; fizeram-se estudos modelares da forma trabalhando-a no plano, na massa e na linha tridimensional; construiu-se o objeto numa assemblagem de materiais respigados; fizeram-se estudos de luz e analisaram-se as suas sombras; pesquisaram-se texturas, cores e movimentos; desenvolveram-se ilustrações científicas organizando elaboradas memórias descritivas e fichas técnicas das propostas alcançadas; sintonizou-se com tudo isto um diálogo permanente. Definidos os objetos a criar, foram executados num laborioso trabalho oficinal recorrendo maioritariamente a estruturas metálicas, de esponja ou criando moldes em barro cobertos com pasta de papel, texturizadas com os mais variados materiais que melhor respondessem à leitura desejada e recorrendo a tintas e cores que nos transpor tassem para o imaginário de Júlio Pomar. Durante todo este momento uma nova sintonia surge na participação ativa dos alunos do curso de Comunicação Audiovisual da especialização em Fotografia que, de uma forma muito empática, registaram todo o processo de concretização Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Duras

das obras em oficina bem como o seu produto final em estúdio. O auto-conhecimento acompanha-nos ao longo da vida e a Arte é um meio privilegiado para o desenvolvimento e comunicação deste processo introspetivo através da inovação, criatividade e imaginação; o contacto e a manipulação dos diversos materiais converge para esse mesmo processo. Nessa perspetiva, de um resultado auto-representativo das obras executadas, convocámos o artista Fabrice Ziegler que, ao desenvolver no seu trabalho autoral um estudo fotográfico fundado na auto-representação, considerámos haver uma sintonia projetual na captação das imagens dos objetos criados e usados pelos seus autores. No instante fotográfico, Fabrice Ziegler captou a essência de toda a personagem. A parceria com o Atelier-Museu Júlio Pomar na pessoa da sua diretora Sara Matos surge, pois, na celebração do 88ª aniversário do pintor, ao qual nos quisemos juntar, numa oferta simbólica de todo este trabalho de pesquisa, segundo a sua obra. Enquanto as imagens multimédia se sucediam, um tableau vivant com todas as personagens surgia simultaneamente, numa coreografia de movimentos simples organizados pela sintonia de intenções entra a disciplina de Gestão das Artes e de Educação Física. Do entusiasmo de todos estes encontros resultou um trabalho que cremos genuíno que, na expressão dos promissores futuros artistas, mais não pretende que homenagear o grande mestre Júlio Pomar que com eles par tilhou, diacronicamente, os primeiros passos na Escola Artística António Arroio.

Alexandra Lisboa

http://www.antonioarroio.pt/ Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Duras

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

FLUXOS MARGINAIS dar “ esp aç o” a o o l h a r - Exposição de Artes Plásticas

CARLOS RIBEIRO | CELESTE BEIRÃO | FRANCISCO PALMA

dar “espaço” ao olhar

1

O estranhamento de um lugar como topologia e cartografia de contra fluxo artístico à ideia da superficialidade de fascínio na sociedade atual. Passar da potência ao ato de transformar, descontextualizar e reconfigurar. Passar da natureza do comum às singularidades através do ato criativo, privilegiando os gestos como elemento ontológico e como dispositivo de contaminação, evasão e invasão da paisagem urbana. Práticas artísticas seriais, acidentais, precárias, disfuncionais e inoperantes como estranhamento, quer na criação de espaços de tensão, de obsolescência ou de deslocalização como na forma da utilização dos media, dos objetos ou materiais, impregnando e reinventando a ideia e a memória da paisagem. A partir destes conceitos e prática artística pretende-se realizar uma série de exposições e intervenções artísticas em diversos espaços urbanos que têm em comum, constituírem-se á partida como locais carregados de história e de memória ou espaços culturais alternativos. 1

Michel Certeau em “Invenção do cotidiano”(1990) refere que existe uma estranheza no cotidiano que escapa às totalizações imaginárias do olhar, um limite que se destaca sobre o visível, ou seja, existem práticas estranhas ao espaço “geométrico” ou “geográfico” das construções visuais, panópticas ou teóricas, que remetem a uma outra espacialidade “uma experiência antropológica, poética e mítica do espaço”.

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Deleuze, Kandinsky, Arendt, Woolf e Rilke

3X3artproj@mail.com

http://333art.wordpress.com/

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Deleuze, Kandinsky, Arendt, Woolf e Rilke

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

“A estrada distingue-se do caminho não só por ser percorrida de automóvel, mas também por ser uma simples linha ligando um ponto a outro. A estrada não tem em si próprio qualquer sentido; só têm sentido os dois pontos que ela liga. O caminho é uma homenagem ao espaço. Cada trecho do caminho é em si próprio dotado de um sentido e convida-nos a uma pausa. A estrada é uma desvalorização triunfal do espaço, que hoje já não passa de um entrave aos movimentos do homem, de uma perda de tempo (...) E também a sua vida, ele já não a vê como um caminho, mas como uma estrada: como uma linha conduzindo de uma etapa á seguinte, do posto de capitão ao posto de general, do estatuto de esposa ao estatuto de viúva. O tempo de viver reduziu-se a um simples obstáculo, que é preciso ultrapassar a uma velocidade sempre crescente.” Milan Kundera, A Imortalidade (Lisboa, Publicações Dom Quixote, 5° ed., 2004, pp.251

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Deleuze, Kandinsky, Arendt, Woolf e Rilke

https://www.facebook.com/3X3fluxosmarginais Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014

Carlos Farinha “Migração”

- Pintura e performance

farrinha@gmail.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


Exposições | Abril 2014 Sala Eduardo Prado Coelho

Exposição 16/04 - 03/05/14 - Performance a volta do dia 25 de Abril ((sujeito a alterações)

https://www.facebook.com/pages/Carlos-Farinha/237493862949065 Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp


A Re v o l Exposições | 2014

Apelo a participação

Apela a participação “ A Revolução ” | Galeria de Street Art / Arte Efémera Vamos iniciar um novo ciclo e preparar todas as paredes exteriores da Fábrica. Lançamos um n a Cidade, o novo tema será a «A REVOLUÇÃO». À semelhança das duas primeiras edições, o e destaque aos artistas de Street-Art. Solicita-se o envio prévio de um esboço da obra a realizar. A é da responsabilidade de cada artista. Período de realização, Fevereiro a Outubro de 2014. Enviar p Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


lução Exposições | 2014

G ra f f i t i n a F á b r i c a

novo desafio de intervenção mural à comunidade artística. Após a temática ligada ao Retrato e espaço estará aberto a todos os portadores de projectos de arte efémera. Será dado especial Fábrica disponibiliza um espaço de parede preparada e pintada de branco. A realização/produção roposta para: exposicoes.bracodeprata@gmail.com ou exposicoes@bracodeprata.com Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Junho 2014

Concurso

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


Exposições | Junho 2014

3º CONCURSO DE FOTOGRAFIA FETICHISTA Lisbon Fetish Weekend 2014 REGULAMENTO Artigo 1º – Tema, âmbito e concorrentes 1. A terceira edição do Concurso de Fotografia Fetichista, promovido pela organização ConSenSual (www. consensual.org.pt), é lançada no âmbito do evento Lisbon Fetish Weekend 2014 e tem por objeto a seleção de fotografias dentro do tema Fetiche, BDSM e Erotic-Kink. 2. O concurso está aberto a fotógrafos, profissionais ou amadores, e estudantes de fotografia, maiores de idade e com residência em Portugal. 3. Aos membros do júri e da promotora é vedada a participação bem como aos seus familiares diretos. Artigo 2º – Prazos e Especificações 1. O prazo para receção de trabalhos decorrerá de 1 de Março até 1 de Maio de 2014, inclusive. 2. Os concorrentes poderão participar com fotos a cores ou a preto e branco, até um máximo de 3 (três) por participante. 3. Nesta terceira edição do Concurso de Fotografia Fetichista serão admitidos trabalhos que envolvam pósprodução com introdução de elementos como montagens, foto-montagens e/ou sobreposições com outros elementos fotográficos ou não fotográficos. 4. Não se admitem fotografias já premiadas em outros concursos. 5. Cada concorrente deverá enviar as fotografias, em formato digital (extensão .jpg ou .tif) com um tamanho mínimo de 1024×768.px@72dpi não excedendo o tamanho de cada ficheiro 3Mb. No entanto, o original deve ter no mínimo 6 megapixeis (apx 3.000×2.000.px@72dpi), original esse que deverá ser entregue à Consensual no caso de ser uma das fotografias premiadas. 6. A entrega das fotografias será efectuada via e-mail para o seguinte endereço: geral@consensual.org.pt 7. Os concorrentes deverão fazer acompanhar obrigatoriamente os seus trabalhos do seu nome e morada completos. 8. A entrega das fotografias nos termos do presente artigo implica, automática e expressamente: a) o reconhecimento e a aceitação pelos concorrentes das regras deste Concurso e ainda a declaração de que têm conhecimento das mesmas; b) a autorização para a livre reprodução e utilização por parte da ConSenSual das fotos enviadas, reservandose a organização o direito de as expor e publicar desde que sejam referidos o nome e apelido do autor e o título da fotografia; c) declaração em como são maiores de idade (mais de dezoito anos); d) declaração em como os seus trabalhos são seus originais e não constituem reprodução parcial ou total de trabalhos pertencentes a terceiros ou que de alguma forma violam quaisquer direitos de autor, de propriedade intelectual e/ou industrial; e) Se na fotografia forem identificáveis uma ou várias pessoas, o autor assume a responsabilidade da publicação em relação às pessoas reconhecíveis. [...]

http://lisbonfetishweekend.com/art-arte/exposicao-de-fotografia/concurso-de-fotografia-fetichista-photo-contest/ https://www.facebook.com/LisbonFetishWeekend Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


Exposições | MAIO 2014 EM MAIO na Fábrica...

FESTIVAL Š.U.N.D.

O Festival Š.U.N.D. Nascido na Sérvia, em 2010, por um grupo de estudantes de artes, depois de 4 anos bem sucedidos, a 5ª edição do Festival ŠUND acontece em Lisboa. O que a arte oferece à sociedade é o que procuramos descobrir. Um problema que a maioria dos estudantes encontra, especialmente nesta área enquanto se formam, é encontrar uma forma específica de expressão artística. Colaborações entre estudantes de departamentos diferentes, de universidades diferentes, é muito pouca. Por isso, em 2010, o projecto ŠUND foi criado, o resultado de esforços para quebrar esta barreira e alcançar uma cooperação que beneficie todos os envolvidos. Essa é a missão da equipa do Festival. “We firstly wanted to test ourselves to the greatest extent that we could, as well as the surroundings that we are creating, providing they are willing to accept our ideas.” Alcançámos tanto sucesso nos primeiros dois anos do Festival, que tornámos o Festival um concurso internacional. Com o desejo de criar um novo espaço de arte, um espaço onde novos artistas possam ter a hipótese de apresentar o seu trabalho ao púlbico, chegámos a este projecto interdisciplinar.

festival.shund@gmail.com

http://www.sund.rs

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


Artes Visuais | Abril 2014

apoios & Parcerias Exposições Fábrica Braço de Prata O Espaço Expositivo da Fábrica Braço de Prata Beneficia do Apoio: Divulgação:

Apoio:

Parceira:

ExposiçõesFBP no Facebook http://www.facebook.com/exposicoes.fbp?ref=tn_tnmn http://www.facebook.com/exposicoesfabricabracodeprata?ref=hl Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | http://exposicoesfbp.blogspot.com | www.bracodeprata.com


Artes Visuais | Abril 2014

A Fábrica Braço de Prata Antes um local onde se fabricava material de guerra. Agora o lugar onde se fabricam conceitos, discutem ideias e se respira arte. 4 salas de concertos, 5 salas de exposição, 3 bares, um sem fim de propostas integrado num único espaço, onde se pode vir sem ser preciso consultar a programação. Música ao vivo, lançamentos de livros, exposições de arte, ciclos de cinema, tertúlias, conferências, workshops, performance, dança e teatro, são algumas propostas que encontra regularmente na Fábrica Braço de Prata. Atrás de cada porta um acontecimento; neste que é o mais improvável espaço cultural da cidade de Lisboa.

Horário: Quarta-feira à Quinta-feira das 18H00 às 02H00 / Sexta-feira e Sábado das 18H00 às 04H00 Geral: fabrica@bracodeprata.com

Exposições: exposicoes@bracodeprata.com

www.bracodeprata.com

Apoio:

Fábrica Braço de Prata | Exposições | Rua da Fábrica do Material de Guerra, nº1, 1950-128 Lisboa Portugal exposicoes@bracodeprata.com | www.bracodeprata.com | https://www.facebook.com/exposicoes.fbp

Exposicoesfbp abril 2014 pressrelease  

Artes Visuais | Abril 2014 Inauguração simultânea dia 03/04/2014 - 19H00 Exposição 03/04 - 03/05/2014 ESCOLA ARTÍSTICA ANTÓNIO ARROIO “Má...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you