Page 1

ALOJAMENTO COLMEIA O entorno possui edifícios opacos que não interagem com as ruas e praças, tornando-o deserto em algumas partes, como o Largo Alexandre Herculano.

PROGRAMA: Térreo permeável que interliga as ruas conectando tais atividades

Com isso, o projeto tem como objetivo conectar tais atividades às áreas históricas movimentadas e as de pouco uso, de forma em que o pedestre seja valorizado.

APARTAMENTOS SERVIÇO

A essência do projeto é a criação de multiplos espaços, de diferentes ambientes de convivência, com a finalidade de dinamizar as áreas mortas e vazias.

Áreas de convivência interligadas por um vazio, como forma de dinamizá-las

ÁREA DE PERMANÊNCIA

LAVANDERIA

Pátio central como forma de aproveitar a iluminação e a ventilação

Espaços de convicência em torno do pátio central, seus conector

Sua teoria se assemelha com o funcionamento de uma colmeia, onde seus espaços são integrados, com funções definidas e sem desperdício de áreas.

Escadas como ambientes de convivencia ligadas por rampas

DORMITÓRIOS

REFERÊNCIAS: RESPIRO

Além disso, o projeto traz acessibilidade às pessoas com limitações, introduzindo, para isso, a concepção das rampas.

Pavimentos em diferentes níveis

COZINHA COLETIVA

ADMINISTRAÇÃO

DINAMISMO

Subtrações que permitem fluxos

Projeto com pavimentos desnivelados, em que seus patamares geram áreas de convívio. (18 steps, João Prates Ruivo and Raquel Maria Oliveira, Athens, Greece).

PERMEABILIDADE

Rampas internas de tipo helicoidal para promover a acessibilidade

RECEPÇÃO

O térreo, público, é mais vazado para a Rua do Teatro, tanto para incentivar a movimentação local, quanto para criar uma maior interação com o Largo Alexandre Herculano. Devido a isso, propõese um café na entrada do edifício.

SALA DE ESTUDOS

Projeto com pátio central, em que os espaços são voltados e diversas escadas são cruzadas. (Student’s Residence on U.L.E Campus, MACA (Christian Álvarez, Jorge Garrudo) + VIRAI Arquitectos (Marta Parra, Juan Manuel Herranz), León, Spain)

CAFÉ

GALERIA

AUDITÓRIO

ACESSIBILIDADE

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

1 /15


IMAGEM CONCEITO

FACHADA RUA DO TEATRO As aberturas em vidro são caracterizadas por áreas de convicência. Os cheios são realçados por molduras e compõe os dormitórios que possuem brises de madeira, como forma de seguir o padrão do entorno.

FACHADA SETE DE SETEMBRO

Espaços internos diferentes tratados na fachada por cores e brises destintas. Vazio bem delimitado marca a entrada do edifício. O uso da madeira é constante, por seguir o padrão do entorno.

A Pavimentação do Largo é feita de concreto poroso de tons de cinza e o seu mobiliário, de madeira ipê, como forma de respeitar o entorno.

REFERÊNCIAS Escadaria como um lugar para sentar(Pioneer Courthouse Portland). Escadaria como um lugarSquare, para sentar(Pioneer Courthouse Square, Portland).

Praça com núcleo de atividade em seu centro e bancos e árvores na periferia (Friedrich Ebert, Platz Heidelberg, Alemanha)

2

3D

3B

4

3C 5A 3A ZONA

SETOR

LUGAR

MOBILIÁRIO

1

Esquina da Av. Passos com a Rua Sete de Setembro

P o s t e s d e iluminação; lixeiras; bancos alternativos

CONFORTO/IMAGEM

ÁREA

%

Vegetação arbustiva

Priorizar o pedestre; Valorização das visadas.

810m²

20,80%

2

Rua Sete de Setembro

Bancos alternativos; lixeiras; postes de iluminação

F o r r a ç õ e s e vegetação de estrato arbóreo e arbustivo

Melhorar a relação dos estabelecimentos comerciais com a rua; incentivar a permanência de pedestres; tornar o local mais atrativo

670m²

17,20%

L a r g o Alexandre Herculano

Bancos alternativos; p o s t e s d e i l u m i n a ç ã o ; elementos artísticos; lixeiras

Vegetação arbórea de copa rala

Melhorar a relação dos edifícios com o Largo; liberação do núcleo da praça; integrar os diversos fluxos; valorização de fachadas

35m²

0,90%

B

P o s t e s iluminação

d e

Forração e vegetação arbustiva

450m²

11,60%

C

Bancos alternativos; p o s t e s d e iluminação; lixeiras

Vegetação de estrato arbóreo

680m²

17,50%

D

Escadaria IFICS sentável

Vegetação arbustiva

80m²

2,10%

Bancos diversos; p o s t e s d e iluminação; lixeiras

F o r r a ç õ e s e vegetação de estrato arbóreo e arbustivo

Priorizar o pedestre; tornar o local mais agradável e receptivo; incentivo à permanência de transeuntes; estimular a ocupação dos estabelecimentos comerciais; melhorar a interação dos estabelecimentos com a rua.

670m²

17,20%

Bancos diversos; p o s t e s d e iluminação; lixeiras

F o r r a ç õ e s e vegetação de estrato arbóreo e arbustivo

Priorizar o transeunte;

55m²

1,40%

1

3

A

PLANTA-BAIXA ZONEAMENTO ESC.: 1/500

R u a Teatro

4

5

A

d o

Rua Luiz de Camões

VEGETAÇÃO

CORTE GERAL ESC.: 1/250

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

2 /15


PLANO DE MASSAS - ESC 1/250

GRANITINA BRANCA

BLOCOS DE CONCRETO PERMEÁVEL INTERTRAVADO DE DIFERENTES TONS DE CINZA

RIPAS DE MADEIRA IPÊ

SEIXOS BRANCOS

PERSPECTIVAS ESCADARIA IFICS

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

3 /15


PATA-DE-VACA Dillenia indica ALTURA: Até 9m FOLHAGEM: Intensa FLORAÇÃO: Primavera / Verão LUMINOSIDADE: Sol pleno CLIMA: Tropical COR DA FOLHA: Verde-escura COR DA FLOR: Branca

IPÊ-BRANCO Handroanthus Roseo-albus ALTURA: De 7 a 16m FOLHAGEM: Rala, caducas no florescimento FLORAÇÃO: De julho a outubro LUMINOSIDADE: Sol pleno CLIMA: Tropical COR DA FOLHA: Verde-escura COR DA FLOR: Branca

MURTA -DE-CHEIRO Murraya Paniculata ALTURA: De 5 a 7m FOLHAGEM: Intensa FLORAÇÃO: Todo o ano LUMINOSIDADE: Sol pleno e meia sombra CLIMA: Tropical e subtropical COR DA FOLHA: Verde-escura COR DA FLOR: Branca

GRAMA SÃO CARLOS Axonoplus Compressus ALTURA: De 0.15m a 0.20m FOLHAGEM: Intensa LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia sombra COR DA FOLHA: Verde Resistência: À pisoteio intenso

ROSEDÁ Lagerstroemia Indica ALTURA: Até 7m FOLHAGEM: Rala, caduca no inverno FLORAÇÃO: Primavera / verão LUMINOSIDADE: Sol pleno CLIMA: Tropical e subtropical COR DA FOLHA: Verde-escura COR DA FLOR: Rosa

NANDINA Nandina Domestica ALTURA: Até 2.5m FOLHAGEM: Média FLORAÇÃO: Primavera / verão LUMINOSIDADE: Sol pleno ou à meia sombra CLIMA: Tropical e subtropical COR DA FOLHA: Verde, tornando-se avermelhada, no outono

PLANO DE PLANTIO - ESC 1/500

MARIA-SEM-VERGONHA Impatiens Walleriana ALTURA: 0.50m FOLHAGEM: Intensa FLORAÇÃO: Todo o ano LUMINOSIDADE: Sol pleno ou à meia sombra CLIMA: Subtropical COR DA FOLHA: Verde-escura COR DA FLOR: Branca, rosa e laranja

Balizador Morella - ALTURA: 0,80m - LARGURA: 0,10m - Lâmpada LED embutida Utilizado para para marcar o acesso ao edifício e como obstáculo para veículos

Luminária de embutir BELLALLUCE - Lâmpada LED Utilizada para valorizar a arborizaçãoe o IFICS.

Poste de iluminação FUL Jaume Artigues / Pere Cabrera - Diversas combinações - ALTURA: 3,00 a 7,00m - Lâmpada LED Utilizada nas ruas do entorno

Luminária de embutir CORONIS - COMPRIMENTO: 0,20 A 2,00m - LARGURA: 0,10m - Lâmpada LED Utilizada na calçada do IFICS

PLANO DE ILUMINAÇÃO - ESC 1/500

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

4 /15


ESCADARIA COMO LOCAL DE PERMANÊNCIA E CENTRO DO lARGO

AMBIENTE 1

DETALHE 01 - ESCADARIA - ESC.: 1:25

REFERÊNCIA: Escadaria como um lugar para sentar(Pioneer Courthouse Square, Portland). DET 01

PERSPECTIVA AMBIENTE 1 - Rua Luiz Camões

CORTE LONGITUDINAL ESC.: 1:125

AMBIENTE 2

DET 02

CORTE LONGITUDINAL

DET 03

DET 04

REFERÊNCIA: Mobiliário alternativo, Chinatown Public Domain Upgrades, Sydney, Austrália, ASPECT Studios

ESC.: 1:125

MOBILIÁRIO DINÂMICO MARCA ESPAÇO COM SEUS DIFERENTES POSICIONAMENTOS

DETALHE 05 ENCAIXE BANCO -

PERSPECTIVA AMBIENTE 2 - Rua

ESC.: 1:1

Sete de Setembro

DET 05

DETALHE 04 - CANTEIRO - ESC.: 1:25

DETALHE 03 - BANCO - ESC.: 1:25

DETALHE 02 - BANCO - ESC.: 1:25

AMBIENTE 3

BANCOS GERADOS A PARTIR DE DESNÍVEIS DE CANTEIROS, PARA QUE, ASSIM, HAJA MELHOR APROVEITAMENTO DO ESPAÇO E INCENTIVE A PERMANÊCIA LOCAL

REFERÊNCIA:Lugares para sentar criador a partir de canteiros de árvores, Beirut Waterfront Park, Lebanon, Martha Schwartz Partners

PERSPECTIVA AMBIENTE 3 - Rua do Teatro DET 06

DET 07

CORTE TRANSVERSAL ESC.: 1:125

DET 08

DETALHE 08 - LUMINÁRIA EMBUTIDA ESC.: 1:10

DETALHE 07 - BANCO - ESC.: 1:25

DETALHE 06 - POSTE DE ILUMINAÇÃO ESC.: 1:25

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

5 /15


PÚBLICO

USO COLETIVO

PRIVADO

CORTE BB ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

6 /15


PERSPECTIVAS INTERNAS

CORTE CC CORTE DD ESC.: 1:125

ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

7 /15


PERSPECTIVA INTERNA

CORTE AA ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

8 /15


Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

9 /15


Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

10/15


MAQUETES DE ESTUDO

CORTE EE ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

11/15


REFERÊNCIAS:

UQAM’s Campus / Tétreault Parent Languedoc & Saia Barbarese Topouzanov, Montreal, Canadá

The Lavin-Bernick Center for University Life VJAA, Nova Orleans, Estados Unidos

FACHADA SETE DE SETEMBRO ESC.: 1:50

CORTE FACHADA ESC.: 1:50

FACHADA SETE DE SETEMBRO ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

12/15


REFERÊNCIAS:

UQAM’s Campus / Tétreault Parent Languedoc & Saia Barbarese Topouzanov, Montreal, Canadá, Tóqui, Japão

Carabanchel Housing / Foreign Office Architects, Madri, Espanha

FACHADA RUA DO TEATRO ESC.: 1:50

CORTE FACHADA ESC.: 1:50

FACHADA RUA DO TEATRO ESC.: 1:125

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

13/15


PROJETO AF/AQ COZ. COLETIVA ESC.: 1:50

PROJETO ESGOTO- COZ. COLETIVA ESC.: 1:50

PROJETO AF/AQ- LAVANDERIA ESC.: 1:50

ISOMÉTRICA AF/AQ- COZ. COLETIVA ESC.: 1:50

ISOMÉTRICA AF/AQ- LAVANDERIA ESC.: 1:50

PROJETO GÁS- COZ. COLETIVA ESC.: 1:50

PROJETO ESGOTO- LAVANDERIA ESC.: 1:50

ESQUEMA VERTICAL ESGOTO

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

14/15


ESQUEMA VERTICAL DE ÁGUA

ISOMÉTRICA AF/AQ- WC ESC.: 1:50

PRODUÇÃO DE LIXO 4 PAVIMENTO

APARTAMENTOS LAZER COZINHA COLETIVA

166m² 44m² 15m²

0,30 l/m² 0,10 l/m² 1,00 l/m²

49.8 l 4.4 l 15 l Consumo total: 69.2 l Comp. de lixo por pavimento........................................2 contêineres de 120 l DIMENSIONAMENTO Ap3: 3 PAVIMENTO

APARTAMENTOS LAZER COZINHA COLETIVA

210m² 46m² 20m²

0,30 l/m² 0,10 l/m² 1,00 l/m²

2 PAVIMENTO

APARTAMENTOS LAZER COZINHA COLETIVA

210m² 65m² 20m²

0,30 l/m² 0,10 l/m² 1,00 l/m²

PARA Ap3, ESGOTA-SE UMA ÁREA TOTAL DE 81,15m² -> Ø 75 mm RH 15: 15,40 m² -> 50mm 2% RH 16: 4,00 m² -> 50mm 2% RH 17: 22,95m² -> 50mm 2% RH 18: 5,45m² -> 50mm 2% RH 19: 4,00m² -> 50mm 2% RH 20: 14,20m² -> 50mm 2% RH 21: 5,95m² -> 50mm 2% RH 22: 3m² -> 50mm 2% RH 28: 3m² -> 50mm 2% RH 27: 3,1m² -> 50mm 2%

63 l 4.6 l 20 l Consumo total: 87.6 l Comp. de lixo por pavimento........................................2 contêineres de 120 l

63 l 6.5 l 20 l Consumo total: 89.5 l Comp. de lixo por pavimento........................................2 contêineres de 120 l TÉRREO

ESTUDO SERVIÇO

45m² 11m²

0,30 l/m² 0,30 l/m²

DIMENSIONAMENTO TQ1: UHC POR BANHEIRO = 9UHC (VASO 6 UHC; LAVATÓRIO 1 UHC, CHUV. 2UHC) TOTAL DE 5 BANHEIROS (2 BANH. EM 2 PAV. E UM BANH. EM 1 PAV.) = 45 UHC EM TODO O TUBO -> Ø 100mm

13.5 l 3.3 l

DIMENSIONAMENTO CV1:

(DTL)

Ø TQ = 100mm N° DE UHC DO TQ = 45 UHC COMPRIMENTO MÁXIMO DA CV =

SUBSOLO

AUDITÓRIO GALERIA LAZER

110m² 45m² 131m²

DIMENSIONAMENTO RAMAL DE VENTILAÇÃO: N° DE UHC POR PAV. = 18 -> Ø 75mm

0,10 l/m² 0,10 l/m² 0,10 l/m²

11 l 4.5 l 13.1 l Consumo total: 28.6 l Comp. de lixo por pavimento.........................................2 contêineres de 120 l TOTAL GERADO (x3 DIAS) DEPÓSITO TEMPORÁRIO DE LIXO (DTL)

-> Ø 75mm

DIMENSIONAMENTO Tg5:

291.7 l 875.1 l 4 contêineres de 240 l

TOTAL DE UHC EM TODO O TUBO: 15 UHC (1 PIA - APARTAMENTO: 3UHC, 4 PIAS DORMITÓRIOS: 3 UHC X 4 = 12 UHC -> TOTAL DE 15 UHC) -> Ø 75mm

PROJETO AF/AQ- WC ESC.: 1:50

DIMENSIONAMENTO SUBCOLETOR TG1: TOTAL DE 6 UHC (2 PIAS - COZ. COLETIVA: 2 x 3UHC = 6UHC) -> Ø 75mm, COM 2% DE DECLIVIDADE

CÁLCULO DO CONSUMO MÁXIMO DIÁRIO DE ÁGUA DORMITÓRIOS

120 l/pessoa

CALCULO DO RAMAL DE ÁGUA PELO CONSUMO MÁXIMO PROVÁVEL:

40 estudantes

Q = 0,3 √Σ P AF BANH.:

4800 l/dia

AUDITÓRIO

2 l/pessoa

80 pessoas

160 l/dia

LAVANDERIA

30 l/kg de roupa seca

40kg

1200 l/dia

COZINHA COLETIVA

25 l/refeição

70 refeições

1750 l/dia

FUNCIONÁRIOS

50 l/pessoa

5 funcionários

250 l/dia

CHUV. 0,5 LAV. 0,5 BACIA 0,3 DUCH. 0,5 T= 1,8 Q = 0,40 l/s D = 20 mm

AQ BANH.: CHUV. 0,5 LAV. 0,5 T = 1,0 Q = 0,30 l/s D = 20 mm

AF COZ.: FILTRO 0,1 2x PIA 0,7 x2 = 1,4 T = 1,5 Q = 0,37 l/s D = 20 mm

AQ COZ.:

AF LAV.:

2x PIA 1,4 T = 1,4 Q = 0,35 l/s D = 20 mm

2x TANQUE 1,0x2 = 2,0 2x MLR 1,0x2 = 2,0 T = 4,0 Q = 0,60 l/s D = 25 mm

DIMENSIONAMENTO Ts1: APARTAMENTOS COMPLETOS

200 l/pessoa

8 pessoas

TOTAL DE UHC EM TODO O TUBO: 60 UHC (2x TANQUE 3UHCX2 = 6 UHC ; 2x MLR 60 kg 12UHCx2 = 24UHC -> 30 UHC POR PAV. -> 2 PAV = 2x30 -> TOTAL DE 60 UHC -> Ø 100 mm

1600 l/dia

SUBCOLETOR PARA 30 UHC -> Ø 75mm, COM 2% DE DECLIVIDADE

TOTAL

9760 l/dia

PROJETO ESGOTO- WC ESC.: 1:50 CÁLCULO DO RESERVATÓRIO INFERIOR: VRI = 1,5 x CONSUMO DIÁRIO VRI = 14640 l

DIMENSIONAMENTO GÁS

DIMENSÕES INTERNAS

- MAIOR DISTÂNCIA: 30,00m - FOGÃO DUPLO COM 6 BOCAS = 45 kcal/min x6 = 270 kcal/min FORNO DUPLO = 75 kcal/min TOTAL = 345 kcal/min

2,00 x 4,00 x 1,80 ( + borda livre 0,20m = 2,00m) m

(Comprimento x Largura x Altura)

CÁLCULO DO RESERVATÓRIO SUPERIOR: VRs = CONSUMO DIÁRIO + RTI VRs = 9760 l + 6000 l + (1x500l) Vrs = 16260 l DIMENSÕES INTERNAS

4,20 x 2,10 x 1,85 (+ borda livre 0,20m = 2,05m) m

LIMITES TRECHOS

POT. COMPUTADA

POT. ADOTADA

BITOLA

F6/FO - D

345

345

1"

D-C

345

345

1"

F6/FO - C

690

690

1 1/4"

C-B

690

690

1 1/4"

F6/FO - B

1035

1035

1 1/2"

B-A

1035

1035

1 1/2"

A-MI

1035

1035

11/2"

(Comprimento x Largura x Altura)

CÁLCULO DA CAIXA COLETORA: Vcc = 40% x VRS = 6504 l DIMENSÕES INTERNAS

1.80 x 3.60 x 1,00 m

(Comprimento x Largura x Altura)

QUADRO DE ÁREAS CAFÉ

RECEPÇÃO

ADMINISTRAÇÃO

SALA DE ESTUDOS

AUDITÓRIO

GALERIA

DORMITÓRIO

APARTAMENTOS

COZINHA COLETIVA

LAVANDERI A

PERMANÊNCIA / TERRAÇO

CIRCULAÇÃO

ÁREA CONSTRUÍDA

SOMATÓRIO

4° PAVIMENTO

X

X

X

X

X

X

53.00

135.75

15.6

X

52

84.57

361.38

361.38

3° PAVIMENTO

X

X

X

X

X

X

232

x

20

6.5

36

85.72

423.73

785.11

2° PAVIMENTO

X

X

X

X

X

X

230

x

20

6.5

13

85.72

428.20

1213.31

82.41

20.00

26.49

45.00

X

X

X

X

X

X

X

11.00

184.90

1398.21

43

X

X

X

110.80

45

X

X

X

X

X

6.48

201.79

1600

TÉRREO SUBSOLO

Isadora de Moura Tebaldi DRE 112033947 Atelier Integrado_1|2013_2

PA2 Adriana Sansão Fontes PP Sérgio Moraes Rego Fagerlande DIG Andressa Carmo Pena Martinez CEST Vivian Louback SAP Aline Pires Verol

P3

COLMEIA

15/15

Isadora Tebaldi - P3  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you