Issuu on Google+


Edifício 67

Memorial Conceitual

Planta de Localização ESCALA 1:1000

RUA DO

CATE TE

IS DE D

EZEMB

RO

PINHEIR

O

RUA DO

RNHAUSER

NDER

RUA DO

RUA IRINEU BO

NO KO RUA AR

Localizado no Flamengo, um dos bairros nobres do Rio de Janeiro, o projeto consiste na criação de um objeto arquitetônico com áreas edificadas e livres que se inserem sutilmente naquele contexto urbano. Durante o processo de implantação, buscou-se utilizar todo o espaço disponível para o projeto, a fim de proporcionar mais áreas livres, para maior ventilação e melhor circulação e estadia dos pedestres, além de ter uma sutil conexão com o comércio já ali existente, e um certo afastamento do trânsito intenso presente principalmente na Rua do Catete, e também na rua Dois de Dezembro. São apartamentos de 2 e 3 quartos nos 5 pavimentos residenciais, todos com uma vista livre agradável e boa passagem de ar, além de varandas em alguns privilegiados. Como forma de proteção à intensa exposição ao sol, foram aplicados brises sanfonados de madeira.. Um dos pavimentos possui uma área dedicada ao uso público, com parte coberta e parte descoberta, dotado de salão de festas, brinquedoteca e jogos. Suas áreas livres com bastante verde, bem arborizadas, buscam uma conexão com a praia do Flamengo e o Largo do Machado. Além de diversos espaços para descanso, e outro com brinquedos dedicados às crianças. Possui materiais e sistemas sustentáveis, como decks com madeiras provenientes de reciclagem e canteiros com captação de águas pluviais. A tentativa aqui é proporcionar um bem estar não somente aos moradores do novo edifício, mas a todos que passarem por ali, para que possam desfrutar do afastamento da correria da cidade, mesmo que por um breve momento.

HADO UA MAC

S

DE ASSI

R

LEGENDA Área Residencial

Quadro Geral de Áreas

Referências ? Residencial in Carabanchel Foreign Office Architects Localizado em Madri, o Edifício é composto por 88 unidades residenciais. Na sua fachada foram instalados painéis sanfonados de bambu, para protegê-la do Sol, diminuindo a temperatura interna nos apartamentos e bloqueando parcialmente a luminosidade. Tal sistema foi a inspiração da composição da fachada do projeto.

? SACH Arquitetos Herzsage & Sternberg A SACH (Save Child’s Heart) é uma casa que abriga crianças com doenças do coração, em Israel. Sua fachada foi a referência pela predominância do branco e da madeira, assim o edifício se harmoniza com as casas do bairro residencial onde ela se encontra. Seus painéis de madeira dão dinamismo à fachada, servindo também de bloqueio ao sol, forte naquela região.

Área Do Terreno: 893,25m²

Área Construída: 628,36m²

ATE Permitido: 2233,10m²

ATE construído: 2229,57m²

Área Comercial

Área Institucional

Unidades Residenciais 2 Quartos

65,66m²

13

3 Quartos Tipo 1

89,15m²

2

3 Quartos Tipo 2

89,03m²

4

3 Quartos Tipo 3

89,59m²

2

3 Quartos Tipo 4

88,09m²

3

Total:

24 unidades

Unidades Comerciais Total de Lojas:

10 unidades

D

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

1

P3

/8


Edifício 67 ? Deck de Madeira

PLANO DE COTAS ESCALA: 1/250

? Piso Drenante

? Grama Esmeralda

? Piso Emborrachado

? Hera Japonesa

Material: Concreto poroso. Utilização: Execução de pisos intertravados de concreto. Área aplicada: Pavimentação de ruas, avenidas, praças, calçadas, residências e outros. Vantagens: Promovem um melhor escoamento das águas pluviais, sendo um elemento eficiente de combate contra enchentes urbanas.

Estrato Forrageiro Nome Específico: Zoysia japonica Exposição: Sol pleno Regas: Diárias Altura: Até 5cm Resistência ao Pisoteio: Pisoteável Cor da Folha: Verde-claro Cor da Floração: Sem floração

Material: Borracha. Área aplicada: Mais utilizado em áreas externas. Vantagens: Amortece impactos, de fácil instalação, é antiderrapante, possui isolante térmico.

Estrato Forrageiro Nome Específico: Parthenocissus tricuspidata Exposição: Sol pleno ou Meia sombra Regas: Semanais Altura: Aderem a superfícies de até 30m Cor da Folha: Verde-claro, podendo ficar avermelhada durante o outono Cor da Floração: Sem floração

Biossintética Material: Proveniente da reciclagem de fibras industriais. Área aplicada: Mais utilizado em áreas externas. Vantagens: Resistente ao Sol, chuva, e outros intempéries; não solta farpas, é antiderrapante, não apodrece nem racha com o tempo, é impermeável.

1

2

3

JARDIM VERTICAL - VISTA ESCALA: 1:125

4

DETALHE - PISO DA PRAÇA ESCALA: 1:25

DETALHE - ESPELHO D’ÁGUA ESCALA: 1:10

DETALHE - JARDIM VERTICAL ESCALA: 1:50

D

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

2

P3

/8


Edifício 67 ? Primavera Nome Específico:Bougainvillea glabra Exposição: Sol pleno Altura: Até 2m Forma de Tronco: Monoaxial Forma da Copa: Globular Diâmetro da Copa: 1m Densidade da Copa: Semidecídua Cor das Folhas: Verde-claro Cor da Floração: Rosa

2

PLANO DE PLANTIO ESCALA: 1/250

? Murta-De-Cheiro

? Palmeira de

? Ipê-Amarelo-do-

Nome Específico: Murraya paniculata Exposição: Sol pleno ou meia-sombra Altura: Até 7m Forma de Tronco: Poliaxial Forma da Copa: Globular Diâmetro da Copa: 4m Densidade da Copa: Densa Cor das Folhas: Verde-escuro Floração: Leve floração branca

? Bico de Papagaio

Locuba

? Melissa

Cerrado

Nome Específico: Dypsis Madagascariensis Exposição: Sol pleno Altura: Até 7m Forma de Tronco: Monoaxial Diâmetro da Copa: 6m

Nome Específico: Tabebuia ochracea Exposição: Sol pleno Altura: De 6m a 14m Forma de Tronco: Monoaxial Forma da Copa: Globular Diâmetro da Copa: 5m Densidade da Copa: Densa Cor das Folhas: Amarelas

Nome Específico: Euphorbia pulcherrima Exposição: Sol Pleno Altura: Até 1m Diâmetro: 1,50m Densidade: Densa Cor da Folhagem: Verde-escuro Cor da Floração: Vermelha

Nome Específico: Melissa officinalis Exposição: Meia Sombra Altura: Até 40cm Diâmetro: 40cm Densidade: Densa Cor da Folhagem: Verdeescuro

DETALHE - JARDIM ELEVADO COM ASSENTO ESCALA: 1:25

1

3

DETALHE - GRAMADO

4

ESCALA: 1:25

D

DETALHE - CANTEIRO DE ÁRVORE ESCALA: 1:50

DETALHE - DECK ESCALA: 1:25

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

3

P3

/8


Edifício 67

PLANTAS

1 5

2

2

2 2 4

1

PLANTA - APARTAMENTO 1

1

3

PLANTA - PAVIMENTO TIPO 1

2

ESCALA: 1:250

ESCALA: 1:100

PLANTA - PAVIMENTO DE USO COMUM ESCALA: 1:250

5

PLANTA - APARTAMENTO 2

2

ESCALA: 1:100

2

2 2 3

3

PLANTA - PAVIMENTO TIPO 2 ESCALA: 1:250

5

PLANTA - APARTAMENTO 5

3

ESCALA: 1:100

PLANTA - APARTAMENTO 3 ESCALA: 1:100

4

D

PLANTA - APARTAMENTO 4 ESCALA: 1:100

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

4

P3

/8


Edifício 67

INSTALAÇÕES

Calculo dos Reservatórios Consumo da População (2 quartos - 4 pessoas - 13 unidades/ 3 quartos - 6 pessoas - 11 unidades) Consumo da População: 118(pessoas)x300L = 35400 _________________________________________________ Consumo no estacionamento (total de 24 veículos) Consumo no estacionamento: 24(carros)x50L = 1200 _________________________________________________ Área total do jardim Consumo com tratamento do jardim: 32,62m²x1,5L = 48,93 _________________________________________________ Pavimento De Uso Comum Área total do PUC = 352,36m²/Nº de pessoas = 352,36/2,5 = aprox. 140 pessoas Consumo no PUC: 140(pessoas)x50L = 7000 _________________________________________________ Reserva para taxa de incêndio 20% do total = 20% de 12601,73 = 2520,34 _________________________________________________ Reserva para casos de falta de água Totalx2 = 15122,07x2 = 30.244,15L Superior: 12097,66L - dimensões: largura:3,45 - comprimento: 3,45 - altura:1,01m Inferior: 18146,49L - dimensões: largura: 2,70 - comprimento: 7,00 - altura:0,96m

1

PLANTA - TELHADO

2

PLANTA - INSTALAÇÃO HIDRÁULICA

Casa de Máquinas do Elevador

ESCALA:

ESCALA: 1:100

3

PLANTA - INSTALAÇÃO ELÉTRICA

4

ESCALA: 1:100

Reservatório Superior, encima da escada

Casa de Bombas de Incêndio

PLANTA - INSTALAÇÃO DE ESGOTO ESCALA: 1:50

INSTALAÇÃO ELÉTRICA - LEGENDA

INSTALAÇÃO HIDRÁULICA - LEGENDA

Ponto de luz fluorescente

Tubulação de Água Fria

Ponto de luz incandescente, no teto

Registro de Gaveta (RG)

Ponto de luz incandescente, na parede (arandela)

Tubulação que desce, embutida na alvenaria

Tomada baixa, a 0,30m do piso acabado Tomada média, a 1,30m do piso acabado

Coluna de Água Fria

Tomada alta, a 2,00m do piso acabado INSTALAÇÃO DE ESGOTO - LEGENDA Tomada de força, a 0,50m do piso acabado Tubulação de Esgoto Sanitário Primário

Interruptor tecla simples

Tubulação de Esgoto Sanitário Secundário

Interruptor de duas teclas simples

Tubulação de Ventilação

Interruptor three - way

Ralo Seco 10cmx10cm Interruptor four - way

5

PLANTA - INSTALAÇÃO DE ESGOTO ESCALA: 1:50

6

ELEVAÇÃO - INSTALAÇÃO DE ESGOTO ESCALA: 1:50

Ralo Cifonado, saída 75mm

Quadro de Distribuição de Energia

D

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

5

P3

/8


Edifício 67

1

FACHADA NORTE ESCALA: 1:250

5

2

ESTUDO DE FACHADAS

FACHADA SUL ESCALA: 1:250

CORTE - DETALHAMENTO DE FACHADA ESCALA: 1:25

6

3

FACHADA LESTE

4

DETALHE - PAINÉIS SANFONADOS

ESCALA: 1:250

ESCALA: 1:10

CORTE - DETALHE DE ESQUADRIA SEM ESCALA

D

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

6

P3

/8


Edifício 67

1

ESTRUTURAS E CORTES

2

CORTE AA ESCALA: 1:250

CORTE BB ESCALA: 1:250

Cálculo Estrutural

3

PLANTA - SUBSOLO GARAGEM ESCALA: 1:250

*Pilar de canto (P30) n=7 pavimentos l(pé direito)= 3,28m Área de influencia(Ai) = 9,65m² Carga na Laje(PL) = [Espessura da laje (12cm)xPeso do Concreto(25)] + revestimento(1,00) + Sobrecarga(1,50) = 5,50 Kn/m² Alvenarias(Pa) = 5,00 Kn/m² P = PL+Pa = 5,50+5,00 = 10,50Kn/m² N = nxPxAi = 7x10,50x9,65 = 709,275Kn Areq = 709,275/(20.000/1,4) = 0,04964m² = 496,40cm² A = l/(0,288x35) = 328/10,08 = 27,78cm = 28cm B = 496,40/A = 496,40/28 = 17,72cm = 18cm Arredondando... P30 = 20cmx30cm ________________________________________________________________ *Pilar de borda (P25) n=7 pavimentos l(pé direito)= 3,28m Área de influencia(Ai) = 15,86m² Carga na Laje(PL) = 5,50 Kn/m² Alvenarias(Pa) = 5,00 Kn/m² P = PL+Pa = 5,50+5,00 = 10,50Kn/m² N = nxPxAi = 7x10,50x15,86 = 1165,71Kn Areq = 1165,71/14285,714 = 0,08159m² = 816cm² A = l/(0,288x35) = 328/10,08 = 27,78cm = 28cm B = 816/28 = 29,14 = 30cm Arredondando... P25 = 30cmx30cm, porém, as dimensões a serem adotadas são de: 20cmx45cm (A<B<5A) ________________________________________________________________ *Pilar de centro (P24) n=7 pavimentos l(pé direito)= 3,28m Área de influencia(Ai) = 28,57m² Carga na Laje(PL) = 5,50 Kn/m² Alvenarias(Pa) = 7,00 Kn/m² P = PL+Pa = 5,50+7,00 = 12,50Kn/m² N = nxPxAi = 7x12,50x28,57 = 2499,875Kn Areq = 2499,875/14285,714 = 0,1749m² = 1794cm² (maior que 360cm² OK) A = l/(0,288x35) = 328/10,08 = 27,78cm = 28cm (arredondando: 30cm) B = 1794/30 = 59,8cm = 60cm Arredondando...P24 = 30cmx60cm *NOTA: No subsolo garagem foi adotada a laje nervurada, devido à posição irregular dos pilares existentes e ao formato do terreno, que dificultava a instalação das vagas, sendo aplicadas também vigas de transição para melhor suporte à esta laje. Assim, podendo suportar vãos de até 12m, foram retirados os pilares localizados no interior do terreno, sendo deslocados para as paredes de escoramento do terreno, com o auxílio dessas vigas de transição.

4

D

PLANTA - TETO ESTRUTURAL ESCALA: 1:125

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

7

P3

/8


Edifício 67

FACHADAS

1

FACHADA LESTE

2

FACHADA NORTE

3

FACHADA SUL

SEM ESCALA

SEM ESCALA

SEM ESCALA

D

Maria Fernanda T. Fernandez

Trabalho Integrado_1|2012_1

DRE 110 038 917

PA2 Adriana Sansão PP Sérgio Fargelande DIG Naylor Vilasboas CEST Paulo Fernando SAP Silvia Rola

Edifício 67

8

P3

/8


MAQUETE


MARIA FERNANDA