Page 1

Edifício

Raízes

Localizado no bairro do Catete, à esquina das ruas do Catete e Irineu Bornhausen, zona sul do Rio de Janeiro região de intenso uxo de pessoas e veículos e alta densidade demográfica. O espaço pretende-se como quebra do conito urbano na medida em que planeja integrar um novo local de comércio no térreo ao já existente atrelado a uma área de lazer pública/privada no centro do terreno - um Oásis em meio ao aglomerado vertical nas redondezas do Largo do Machado. O projeto aproxima-se do conceito aplicado ao Pocket Garden, em Nova York, e ao Ed. Fidalga, em São Paulo, numa tentativa de otimização do espaço urbano em conexão com a natureza, visto que os projetos-base são uma solução bem sucedida em espaços com essa problemática. O edifício possui 6pavimentos, sendo o primeiro comercial e de uso público e os outros 4 Pav. tipo, compostos por 3 tipos de apartamentos (1 Quarto,2 Quartos e 3 Quaros).

Evolução da Forma

Implantação

Na primeira forma existia 3 blocos destintos, 2 residenciais e 1 com a circulação vertical, o objetivo era tornar a circulação vertical um chamariz arquitetônico (na esquina).Na primeira implantação o objetivo principal era tornar o pátio interno desconexo ao caos urbano do largo do Machado, sendo sua entrada aberta apenas para Rua Governador Irineu Bornhausen.

Na segunda forma a circulação vertical passa a apresentar um papel secundário, sendo deslocada para a esquerda e otimizando o local com um apartamento.O movimento na fachada é intensificado com a criação de varandas, pilotis e brises.Na evoluçao para a terceira etapa do projeto ,a morfologia das passarelas e a das fachadas se adapta a uma otimização do espaço. Na segunda implantação busca-se trazer as pessoas que passam no entorno para o pátio interno , sendo assim criase uma abertura na Rua do Catete bem grande e a entrada na Rua Irineu Bornhausen é diminuida.

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

PA Ana Slade Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

Prancha Resumo


Edifício

Raízes

O

terreno está localizado no bairro do Catete , na zona sul do Rio de janeiro.A área é classificada como mista , sendo uma grande concentraçao de comércio e apresentando uma alta densidade demográfica. Está situado na esquina da Rua do catete com a Rua Irineu Bornhausen , sendo a primeira uma rua de intenso fluxo de veículos e pedestres e a Segunda não. A implantação visa principalmente atender as nescessidades de acordo com as caracteristicas do entorno , levando em consideração os fluxos.

Corte Rua Governador Irineu Bornhausen

Localização

Corte Rua do Catete

Evolução da forma

Evolução da implantação

Análise referente ao produto 1.

Análise referente ao produto 1.

A primeira forma tinha como objetivo

Na primeira implantação o objetivo principal era tornar o pátio interno desconexo ao caos urbano do largo do Machado, sendo sua entrada aberta apenas para Rua Governador Irineu Bornhausen.

tornar a circulação vertical um chamariz arquitetônico (na esquina) e usar as passarelas como quebra de monotonia das fachadas.

Análise referente ao produto 2 e 3.

Análise referente ao produto 2 e 3.

Na segunda forma a circulação vertical passa a apresentar um papel secundário, sendo deslocada para a esquerda e otimizando o local com um apartamento.O movimento na fachada é intensificado com a criação de varandas, pilotis e brises.Na evoluçao para a terceira etapa do projeto ,a morfologia das passarelas e a das fachadas se adapta a uma otimização do espaço.

Na segunda implantação busca-se trazer as pessoas que passam no entorno para o pátio interno , sendo assim cria-se uma abertura na Rua do Catete bem grande e a entrada na Rua Irineu Bornhausen é diminuida. Na terceira etapa essa relação com o pedrestre é intensificada , fazendo desse pátio uma área com grande potêncial de apoio ao comércio

Refêrencias projetuais

As duas referências arquitetônicas usadas são projetos brasileiros de São Paulo, com características urbanas semelhantes ao terreno do largo do Machado. Como é visível, são usadas elementos marcantes dos dois projetos como os pilotis e os brises do Simpatia e a circulação vertical e a coloração do Fidalga.

Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

PA Ana Slade Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc Adriano

Edifício Raizes

P1 P3

1/9


Edifício

Raízes Canteiro Detalhe 4

Banco em Concreto

Acesso carros

Teto verde

Detalhe 2

Detalhe 3

LOJA

Canteiro Detalhe 1

LOJA

103M²

73M²

LOJA

65M²

LOJA LOJA

LOJA

32M²

LOJA

27M²

64M²

61M²

Luz Gás

DTL

LOJA Pojeç a

o pav . Tipo

35M²

Hidrô

metro

Acesso Portari a

Plano de Plantio 1/250

Nome Científico: Handroanthus Chrysotrichus Nomes Populares:Ipê-amarelo Clima: Tropical Origem:Brasil Altura: 4.0 a 10 metros Luminosidade: Sol Pleno Características:Copa esparsas e florescimento de julho a agosto. Obs: Usada nos canteiros externos

Nome Científico:Handroanthus impetiginous Nomes Populares: Ipê-roxo Clima: Tropical Origem:Brasil Altura: 6.0 a 10 metros Luminosidade: Sol Pleno Características:Copa esparsas e florescimento de julho a outubro . Obs: Usada nos canteiros externos

Nome científico:Dramacena reflexa Nomes Populares: Pleomele Altura: 1.8 a 2.4 metros Luminosidade: Meio Sol Características : Densa Obs:Usada nos canteiros internos

Nome Científico:Guzmania Marjan Nomes opulares:Bromélia Altura: 30 cm Luminosidade: Meia sombra Características: Desabrocha na primavera Obs:Usada nos canteiros internos

Nome Científico:Guzmania Minor Variegata Nomes Populares: Bromélia Altura: 0.15 cm Luminosidade: Meia sombra Características : Desabrocha na primavera. Obs:Usada nos canteiros internos

Nome Científico: Aeschynathus Pulches Nomes Populares: Flor batom Clima: Tropical e subtropical Origem: Java Altura: pendente ate 40 cm Luminosidade: Meia sombra

Nome Científico:Ficus Pumila Nomes Populares: Unha de Gato Clima: Tropical e subtropical Origem: Java Altura: pendente ate 40 cm Luminosidade: Meia sombra

Obs:Usada no teto verde, em cima das lojas

Obs:Usada na parede da circulação vertical

Nome Científico: Cynodum dactylum Nomes Populares: Bermudas Altura: cortada sempre que sua altura for superior a 2 cm. Luminosidade: Sol Pleno Características : Possui alta resistência ao pisoteio, sendo recomendada á áreas públicas.

Iluminação: luzes baixas colocadas estrategicamente em baixo das árvores, acentuando a natureza do espaço

Piso :4 cores diferente de granito, buscam marcar caminhos e funções distintas.

Obs:Usada na forração de todos os canteiros

Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P1 P3

2 /9


Edifício

Raízes 5.00

3.5

4.00

4.0

7.91

6.0

0.60 1.00 5.00

4.20

7.00

3.6

7.00

8

4.00

2.9

3.2

5.00

4.3

19.0

1.4

14.5 4.00 3.2

Plano de cotas 1/250 Curta Permanência Espaços

1

Fluxo Lento

Delimitado pela marcação do piso por canteiros e árvores

Rua

Rua do Catete e Irineu Consumidores, observadores Bornhausen

Marcado com piso claro e degradação da cor do Rua do Catete Áreas de permanência piso Rua dois de Dezembro Marcado com desenhos 3 e Irineu Bornhausen Secundário escuros no piso 2

Usuário

Principal

Transeuntes

Transeuntes

Atividade Fluxo lento para observação das vitrines Circulação Circulação de menor fluxo

Qualidades Sem vegetação e piso de granito claro. Área ampla de fácil circulação sem barreiras Arvores globulares de copa rala, jardineiras.

Longa Permanência

Estar/Espera

Área aberta com mobiliário fixo

2

Apoio ao comércio

Área coberta com mobiliário móvel

Pátio interno

3

Jardins

Área com canteiros e bancos

Está fora e dentro do terreno

1

Rua Irineu Bornhausen e partes da Rua do Catete

transeuntes

Aguardar e descanso em áreas de fluxo

Árvores baixas de copa, horizontal rala, sombra, lixeiras, iluminação e bancos

Funcionários e consumidores

Consumo e observação

Regularização, padronização

Separação dos espaços

Gramas e sombra

Vista entrada principal

Vista do corredor para o pátio interno

Vista do pátio interno

CC

Pp1 João Pp1 João DIG Rafael Fonseca DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia CES Maria Betânia SAP Aristóteles SAP Aristóteles Pc2 Adriano Pc2 Adriano

Paula Sica Paula deSica Aguiar de Aguiar DRE 110040396 DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2 Trabalho Integrado_1/2012_2

EdifícioEdifício Raizes Raizes

P3

P3

1 /6 3 /9


Edifício

Raízes 4.93 8.15

6.00

1.72

10.60

21.00 6.37

Ventilação por rebaixo Detalhe

8.0

0

10.58

10.57

6.37

1.60

8.15

12.30

8.15 7.00

10.60

Planta baixa Pav. Tipo 1/125

Cozinha

1.60

A. Serv

Banho

4.64

2.60 1.80

A. Serv

1.30 1.70

1.50

2.15

Sala

3.20

Quarto

Cozinha

5.90

2.60 1.80

Quarto

Sala

Banho

Sala Banho

Banho

1.95 .50

.60

Banho

Lavabo

6.40

Banho

1.70

Quarto

2.00

A. Serv

2.35

Cozinha

Quarto

Quarto

3.60 3.10

4.80

2.9

Quarto

1.00

4.40

Planta baixa Apt. 1 Quarto 1/100

1.00

5.20

6.20 4.90

3.50

Planta baixa Apt. 2 Quartos : 80m² 1/100

Planta baixa Apt. 3 Quartos: 95m² -90m² 1/100

Banho Quarto Quarto

Apartamentos

500m²

Circ. Vertical

33m²

Circ. Horizontal

90m²

Banho

Cozinha

Quarto

Sala

A. Serv

Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P1 P3

4 /9


Edifício

B

Raízes Acesso carros

5.00

LOJA

LOJA

73M²

103M²

14.15

4.97

5.00

LOJA 10.53

65M²

12.70

LOJA 61M²

LOJA

LOJA

32M²

LOJA

27M²

8.78

64M²

Luz Gás

3.40 7.70

1.40

Área de espaço livre

470m²

DTL 15m²

1.40

LOJA Portari a

Hidrô

8.90

Pojeç a

o pav . Tipo

400m²

Circ.Vertical /Portaria 86m² 8.00

4.40

Lojas

35M²

metro 7.00 5.40

Acesso Portari a

A

4.90

Planta baixa Térreo 1/125

1.85

1.85

200m²

Circ.Horizontal

20m²

Circ.Vertical /Portaria 86m²

1.00

5.80

3.00

2.90

Puc

8.15

8.15

Planta baixa Puc 1/125 Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

CC

Pp1 João Pp1 João DIG Rafael Fonseca DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Paula Sica deSica Aguiar Paula de Aguiar DRE 110040396 DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2 Trabalho Integrado_1/2012_2

EdifícioEdifício RaizesRaizes

P3

1 /65 1 /9/6 P1 P3


Edifício

Raízes

Fachada principal - Rua do Catete 1/125

Fachada secundária - Irineu Bornhausen 1/125

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P3

6 /9


Edifício

Raízes +16,15 SALÃO DE FESTAS

CIRCULAÇÃO

ÁREA DE SERV.

BANHº

QUARTO

CIRCULAÇÃO

ÁREA DE SERV.

BANHº

QUARTO

CIRCULAÇÃO

ÁREA DE SERV.

BANHº

QUARTO

CIRCULAÇÃO

ÁREA DE SERV.

BANHº

QUARTO

CIRCULAÇÃO

ÁREA DE SERV.

BANHº

QUARTO

+13,15 BANHº

BANHº

SALA

QUARTO

BANHº

BANHº

BANHº

BANHº

SALA

QUARTO

BANHº

BANHº

BANHº

BANHº

SALA

QUARTO

BANHº

BANHº

BANHº

BANHº

SALA

QUARTO

BANHº

BANHº

+10,15

+7,15

+4,15

+0,0 LOJA

LOJA

LOJA

ENTRADA DO PÁTIO

LOJA

ELEVADORES

PORTARIA

LOJA

LOJA

+2,70

Corte AA - Rua do Catete

GARAGEM

1/125 +16,15

+13,15

+10,15

+7,15

+4,15

+0,0

Corte BB - Irineu Bornhausen 1/125

+2,70

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P3

7 /9


Edifício

Raízes

Assento de madeira Banco de concreto

Piso Granito

.85

.50

.15 Laje do subsolo Drenagem Grelha para ventilação do subsolo

2 Detalhe banco de concreto 1/25 Iluminação

Grama Bermudas

Alvenaria Seixo rolado

Madeira escura Feltro Geotextil

.60 Roofmate

Piso Granito

Impermeabilização

Argamassa

.50

Camada de forma Laje

1

3 Detalhe Cobertura verde

Detalhe Canteiro 1/25

1/10 Platibanda Rufo

Grama Bermudas

Impermeabilização Proteção metálica

Impermeabilização

1.50 .25

Telha metálica trapezoidal .60

Calha .15 Calha Pontaletes

Pontaletes

4

5 Cobertura

1/10

1/25

.50

.30

Porta de corres em folhas de vidro temperado Perfil em aço , fixado no concreto para estruturação da esquadria

Grelha

Rebaixo

Rebaixo 2.65

Janela de vidro com esquadria metálica

Painés deslizantes em Madeira

1.20

.65

Capa( Fechamento de pressão) .50

.20

Detalhe Canteiro

Guarda corpo em Metal

.15

Ventilação por rebaixo 1/25

Detalhe fachada secundária

Detalhe fachada principal

1/25

1/25

Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P1 P3

8 /9


Edifício

Raízes 1.89

3.00

P24

06

2.51

3.

P49

4.27

RESERV. INFERIO R

P41

6.00

P51

P43

P26

P52

P44

P27

5.00

P50

P42

P25

2.50 5.00

P1

P4

P6

P9

6.00

3.26

P14 P5

P7

P10

4.67

P2

P15 P19 P16 P20 P17 P21 P18 P22

P12

P3 P8 P13 5.1

1.99

CAS A BOM \ D BAS

P45

P28

P11

P53

P22 P29

P23

P46

P54

P30 P47

P55

2.65

P40 P48

4.87

P56

1.94

Planta Baixa de subsolo 1/250

Planta de Telhado 1/250

Planta Baixa de estrutural 1/250

Reservatório DIMENSIONAMENTO (total de apartamentos x número de quartos x 2 pessoas/quarto) + (50 litros/vaga) + (2 pessoas na administração do edifício x 300 litros) + (1,5 litro/metro quadrado de jardim) + RTI. (21X56X2)+(50X21)+600+(1,5X50)+12000= CONSUMO DIÁRIO TOTAL

26600

((total de apartamentos x número de quartos x 2 pessoas/quarto) + (50 litros/vaga) + (2 pessoas na administração do edifício x 300 litros) + (1,5 litro/metro quadrado de jardim) + RTI)X2=

39900

Esquema Vertical TS 75

TF 75

S2

S3wC SA

A

Ralo seco

CV 75

Ralo sinfonado

TQ 100

S2

S2

SB

SD S3wC

B

Instalações de esgoto 1/50

D

AF-0 75

S2

S3w

S3w

C

S4w

S AF-1 75

Planta de estalações elétricas

Instalações sanitárias 1/50 Refêrencia arquitetônica: Edifício Fidalga - São Paulo

C

Paula Sica de Aguiar DRE 110040396

Trabalho Integrado_1/2012_2

Pp1 João DIG Rafael Fonseca CES Maria Betânia SAP Aristóteles Pc2 Adriano

Edifício Raizes

P1 P3

9 /9

Paula Sica  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you