Page 1

Executiva News

executivanewsrevistadigital.com

“A Revista do Profissional de Secretariado”

Fique bem informada

Revista Digital

Artigos

Artigos Secretárias, Moda, Beleza, Os melhores artigos escritos por Decoração, Dicas, Eventos profissionais da área Secretarial E muito mais...

REPLAY Veja ou reveja as matérias que foram sucesso em nossa Revista

Nº 29 - Ano 03 Setembro/2018

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

1


#SecretariadoRemoto #SecretรกriaRemota #AssistenteVirtual

2

A Revista do Profissional de Secretariado


oneconsultoriasecretariaremota.com

One Consultoria Secretária Remota “A Secretária do Futuro“ @secretariaremotaone facebook/oneconsultoriasecretariaremota

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

3


#SecretariadoRemotoEspecialista #SecretรกriaRemota #AssistenteVirtual 4

A Revista do Profissional de Secretariado


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

5


PONTO T DIGITAL #PontoTDigital @pontotdigital facebook/pontotdigital pontotdigital.com.br

6

A Revista do Profissional de Secretariado


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

7


SUMÁRIO SETEMBRO/2018 Nesta Edição

16 Assessoria Executiva e o Secretariado Remoto 18 Gerenciamento de Projetos 24 Reflexão: Sou bom o bastante? Vou conseguir? 26 Imagem Pessoal e Imagem Corporativa 28 Como me maquiar para o trabalho? 32 Cartas comerciais em Inglês: Algumas dicas 34 Decorar sim! 36 Os profissionais de Secretariado nos dias de hoje 38 Do Secretariado ao Coaching 40 Algumas considerações sobre jornada de trabalho 42 Inteligência Emocional 44 Sua imagem pessoal também é um importante diferencial competitivo para o sucesso de sua carreira 46 Alimentação Saudável

42 8

A Revista do Profissional de Secretariado

32


16 18 34

Artigos Eventos Culinária Saúde Esporte Moda Viagem Interatividade Beleza Entrevista Decoração TI E muito mais...

46

40

Siga nosso site e veja todas as matérias em formato blog: executivanewsrevistadigital.com

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

9


Fale com a

Executiva News Revista Digital Atendimento ao Leitor Envie suas perguntas, críticas, sugestões e elogios para a Redação: e-mail: executivanews@gmail.com Para assinar

Executiva News Revista Digital CNPJ 26.473.238/0001-28 Diretora Geral, Editora, Projeto Gráfico e Arte: Sandra Tarallo | MTB 82496/SP Editor: Dênis Paschoalinoto | MTB 82497/SP Colaboradores e Colunistas: Augusto Roque, Raquel Bertacco, Keli Pereira dos Anjos, Claudia Schaffer, Marcia Lopes, Borny Cristiano So, Tati Piñon, Fernanda Santana, Luana Lopes, Simone Cunha, Márcia Bonamin, Olga Tessari, Marcelo Bartholomeu, Dênis Paschoalinoto, Sandra Tarallo. Redação e Publicidade: Telefone: (11) 9-8548-7811 A Executiva News Revista Digital não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios. As opiniões emitidas nas matérias são de responsabilidade de seus autores. Ninguém está autorizado a fazer cobrança de anúncios em nome desta Revista. Nossos Colunistas não são remunerados pelas suas publicações; eles o fazem em forma de colaboração. As imagens utilizadas nesta Revista provêm de sites gratuitos da Internet. Esta publicação segue os princípios do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990 (oficialmente em vigor no Brasil desde 2015) e utiliza os Dicionários Houaiss e Longman.

Anuncie na Executiva News Revista Digital Entre em contato:

E-mail: executivanews@gmail.com Cel.: (11) 9-8548-7811 - Tim/WhatsApp Site: executivanewsrevistadigital.com Blog: executivanewsrevistadigital.wordpress.com Internet e Redes Sociais Facebook: executivanews Facebook: executivanewsrevistadigital Twitter: @executivarevist Instagram: executivanews LinkedIn: Executiva News App: e.news

Nas redes sociais

10

A Revista do Profissional de Secretariado

e-mail: executivanews@gmail.com Para anunciar e-mail: executivanews@gmail.com Mídias Sociais Facebook/executivanewsrevistadigital Twitter/@executivarevist YouTube/executivanewsrevistadigital Instagram/@executivanews WhatsApp(11) 9-8548-7811 Este informativo será enviado apenas por e-mail por se tratar de conteúdo exclusivo em modo digital. Se você quer receber um exemplar diretamente desta Revista, envie um e-mail para: executivanews@gmail.com

DISTRIBUIÇÃO Executiva News Revista Digital A Executiva News Revista Digital é a primeira revista em formato digital voltada às mulheres que trabalham como Secretárias, Assessoras e Assistentes Administrativas, entre outras. Este é o principal público-alvo, mas se estende também a todas as mulheres e homens por publicar matérias em diversas áreas. Nosso ponto forte é a qualidade do conteúdo editorial e falarmos sobre temas como: Profissões, Viagens, Moda Trabalho, Beleza, Decoração, entre outros. Além disso, Colunistas especiais dão dicas importantes para o nosso dia a dia. Distribuição gratuita, enviada por e-mail, redes sociais, e-mail Marketing e LinkedIn. LinkedIn | Facebook Página One Consultoria Secretária Remota | Facebook Página Executiva News Revista Digital | Facebook Grupo Executiva News Revista Digital | Facebook Grupo One Consultoria Secretária Remota | Outras Páginas Perfil Sandra Tarallo | Página Oficial Profissional| Página Oficial Profissional | Página Pessoal | Instagram | E-mail Marketing | Twitter | Pinterest | + Vídeos no Canal YouTube semanalmente | One Consultoria Secretária Remota com Divulgação da Executiva News Revista Digital| Visualizações na plataforma online da Revista + 1000 | Visualização no site +1000 mês | Os números acima são atualizados diariamente, pois estamos sempre trabalhando para divulgar nossa Revista para o maior número possível de pessoas.


Apoio

Parcerias:

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

11


Para Você

Olá, Tudo bem? Este mês é o mês de REPLAY de matérias da Revista que você mais gosta. Vamos fazer o #Repost de algumas matérias sensacionais. Se você já viu, vai curtir novamente e, se você ainda não viu, vai curtir muito. Então, vamos lá, curta nossa edição especial com o REPLAY de matérias. Espero que gostem, curtam e compartilhem! Boa leitura!!

Diretora Geral Secretária Executiva SRTE 50869/SP Jornalista MTB 82496/SP executivanews@gmail.com contato@executivanewsrevistadigital.com @executivanews @executivarevist 12

A Revista do Profissional de Secretariado


Bianca Rosário | Secretária Executiva Cel.: (11) 9-7422-8610 E-mail: bianca@manualdasecretaria.com.br Blog: manualdasecretaria.com.br Instagram: instagram.com/manualdasecretaria/ Facebook: facebook.com/ manualdasecretariaexecutiva/ LinkedIn:linkedin.com/in/bianca-rosario (Bianca) e www.linkedin.com/company/10091387 (Manual da Secretária) Borny Cristiano So | Advogado BONILHA, RATTO e TEIXEIRA ADVOGADOS Tel. direto: +55 11 3509-1856 E-mail: borny.cristiano@brta.com.br Facebook: /bornycristiano.so Instagram: @bornycristiano Twitter:@bornycristiano E-mail: borny.cristiano@brta.com.br Site: www.brta.com.br

Simone Cunha Reis Blog: www.secretariadocomsimone.com Facebook: secretariadocomsimone Instagram: secretariadocomsimone LinkedIn: www.linkedin.com/in/simonereis E-mail: contato@secretariadocomsimone.com

Claudia Schaffer Secretária Executiva, Escritora, Palestrante Mentora de Carreira e Life Coach Facebook: clauschaffer Instagram: claudiaschaffer LinkedIn: www.linkedin.com/in/claudiaschaffer E-mail: claudia.schaffer@claudiaschaffer.com WhatsApp: (11) 9-8239-4135

Dênis Paschoalinoto MBA Controladoria e Finanças-UNICSUL | SAP® Partner and Consultant | linkedin.com/in/denispaschoalinoto

Fabiana Santana-Design de Interiores Instagram: fabianasantana_designambientes E-mail: fabisantana81@hotmail.com Cel.: (21) 9-9875-4895

Ingrid Miranda Rabêlo MBA em Administração e Negócios Internacionais – UNINTER Bacharel em Secretariado Executivo – UCSal Colunista da Executiva News Revista Digital Contato: (71) 9-8629-2113 (Salvador-BA) E-mail: miranda.assessoria89@gmail.com

Keli Pereira dos Anjos Formada em Secretariado Executivo Bilíngue Registro Profissional na SRTE 0051359/SP Pós-graduada em Docência do Ensino Superior 35 anos, mãe, casada Cel.: (11) 9-6703-8424 E-mail: kelipereira1982@yahoo.com.br

Luana Lopes Bacharel em Administração pela FMU Tecnóloga em Automação de Escritórios e Secretariado pela FATEC-SP e Administração de Recursos Humanos pela Uninove com MBA Excelência em Gestão de Projetos e Processos Organizacionais pela UNESP. Início de Mestrado na FEA/USP em Administração. SRTE 45789 | Cel.: (11) 9-6593-9451 E-mail: luana2012projetos@gmail.com Marcelo Bartholomeu Desenvolvimento Pessoal Site: www.clareandoideias.com Facebook:facebook.com/clareandoideias LinkedIn:br.linkedin.com/in/mbartholomeu/pt

Marcia Costa Bonanim Professora Língua Inglesa Ensino Superior Mestre em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas–PUCSP Ex-Secretária Executiva Bilíngue E-mail: bonamin@uol.com.br

Marcia Lopes Formada em Estilo e Imagem Pessoal, Personal Shopper e Coloração Pessoal |Interfaces da Moda: SENAI Antoine Skaf |Cursando Desenho de Moda |Membro da Associação Internacional de Consultores de Imagem | Aventuro-me neste mundo da moda desde 2013| Em 2015, saí dos bastidores e me lancei nas redes sociais produzindo onteúdo |Também colaboro com o blog Portal da Secretária | Apresentadora do Programa Papo e Estilo. Ah! Sou formada e pós-graduada em Direito. Dra. Olga Inês Tessari Psicóloga e Psicoterapeuta desde 1984 Psicóloga Perita Escritora - Mediadora de Conflitos Cursos e Palestras sob medida para empresas e grupos Pesquisas - Consultoria - Supervisão - Life & Professional Facebook: @draolgatessari | Instagram: @olgatessari Twitter: @ajudaemocional | Site: www.olgatessari.com Tel.: (11) 2605-6790 Paula Regina Pilastri Secretária, Tradutora, Gerente Administrativa, Terapeuta Holística e Coach E-mail: ppilastri@hotmail.com Skype: paula.pilastri WhatsApp: (11) 9-7648-5919 Site: facebook.com/coach.paulapilastri Betânia Sousa

Tati Piñon Cel.: (11) 9-8639-6644 Instagram: @tatipinon Facebook: tatipinon Site: www.tatipinon.com.br

Bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue pela FAJESU. Mestranda em Educação pela Universidad Internacional Iberoamericana. Especializando em Gestão de Marketing e Comunicação Integrada. Coordenadora do grupo de estudo do Comitê de Secretariado do DF. Atualmente, atua como Secretária Executiva no Executivo Federal. Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

13


Priscila Avelar Consultoria de Imagem Pessoal e Corporativa | Marketing Pessoal | Personal Branding E-mail: priscila@prisence.com.br Site: prisence.com.br Cel.: (11) 9-9971-7865

Prof. Augusto Roque Consultor, Coach, Palestrante e Professor www.augustoroque.com.br

14

A Revista do Profissional de Secretariado

Raquel Bertacco Facebook - Quel Bertacco Doces Instagram - @quelbertaccodoces email - raquel.bertacco@gmail.com Facebook - Macarons au Caprice Instagram - @macarons.au.caprice email - macarons.au.caprice@gmail.com Facebook - Caprichando na Cozinha Instagram - @caprichando.na.cozinha email - caprichando.na.cozinha@gmail.com Cel.: (11) 9-7244-3007 Sandra Tarallo Secretariado Executivo l UNICID | Cursando MBA em Comunicação e Marketing | UNICSUL | Secretária Remota | One Consultoria | Secretária Remota | Diretora | Executiva News Revista Digital | linkedin.com/in/sandratarallo | contato@oneconsultoriasecretariaremota.com


www.executivanewsrevistadigital.com Siga nosso site e tenha informações com conteúdo da profissão!!!

#ExecutivaNewsRevistaDigital #ExecutivaNews @executivanews @executivanewsrevistadigital #Secretariado2018 Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

15


ARTIGO

Você Sabia? por Sandra Tarallo

realidade interna e externa da organização. O executivo tende a ser mais pressionado e, para isso, precisa ter entre seus apoiadores pessoas extremamente profissionais. A Assessoria Executiva é de suma importância para empresas e profissionais de alto nível. Uma boa Assessora Executiva precisa ter total conhecimento do universo da empresa na qual trabalha.

A

estrutura do corpo administrativo exige que o profissional aja e decida diante de rápidas e emergentes mudanças contingenciais. O profissional de Secretariado desenvolve competências apuradas para melhorar e atender as novas demandas dos mais diversos segmentos de um mercado que se aperfeiçoa, se sofistica e se torna cada vez mais competitivo. O novo perfil profissional da Secretária valoriza ainda mas as qualificações deste profissional. Este profissional tem qualificação para a gestão de pessoas e suporte a alta administração, suporte a administração executiva e eficiência no processo decisório no cenário organizacional, desenvolve a capacidade de analisar, estruturar e sintetizar as informações relacionadas à sua rotina de trabalho. Focada com os objetivos e metas das organizações; eficaz na comunicação para trabalhar em equipe num ambiente de constantes mudanças, aplica procedimentos de Secretariado conforme a

16

A Revista do Profissional de Secretariado

O executivo e sua assessoria mesclam atividades e demandas cotidianas, realizam planejamentos que exigem análise, organizam métodos específicos e apresentam habilidades gerenciais (que envolvem o controle das ações próprias e as do dirigente) e domínio de Informática. Uma Secretária Executiva atua também como Assessora e tem como funções básicas: planejamento estratégico, estabelecer metas, cronograma, recepcionar a alta administração, organizar e controlar a agenda, redigir textos empresariais em sua língua de origem e em língua estrangeira organizar arquivos, logística organizacional. A assessoria executiva é indispensável para o head das empresas, pois está sempre próxima dos executivos e é o principal alicerce. Por conta de toda essa experiência, essa profissional pode se sair muito bem na função Remota-Virtual.


ASSESSORIA EXECUTIVA E O SECRETARIADO REMOTO

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

17


CAPA

G

erenciamento de projetos

por Dênis Paschoalinoto

Gerenciar projetos de TI é uma atividade profissional de grande responsabilidade e que apresenta desafios constantes. De forma simplista, consiste em aplicar conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades de um projeto com o objetivo de atender aos requisitos do mesmo. Entre os hard skills (competências técnicas) de um Gerente de Projetos, estão:

18

A Revista do Profissional de Secretariado


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

19


• Metodologia – conhecimento das melhores práticas de gerenciamento de projetos, contidas no guia PMBOK¹, que incluem: gestão de pessoas, escopo (requisitos e restrições), tempo, custos, integração, qualidade, comunicações, riscos e aquisições. • Certificações – PMP², emitida pelo PMI³, que atesta conhecimento no PMBOK, e outras, como CAPM, PMI e PgMP. • Gerenciamento geral – conhecimentos e habilidades para execução e controle das operações de uma empresa, tais como os processos comerciais, financeiros, logísticos, jurídicos e outros. • Conhecimentos específicos – exemplo: a metodologia de implantação SAP Activate. Contudo, os soft skills (competências comportamentais e sociais) são fundamentais para o exercício da profissão, assim como em qualquer outra que envolva relacionamento com pessoas.

20

A Revista do Profissional de Secretariado


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

21


Bom relacionamento interpessoal, boa comunicação e capacidade de trabalhar bem em grupo são soft skills essenciais, bem como pensamento crítico, atitude positiva, flexibilidade, criatividade, paciência, autoconfiança e as capacidades de trabalhar bem sob pressão, delegar tarefas e aprender constantemente. Algumas das atividades do dia a dia do gestor de projetos são: • Plano de gerenciamento do projeto: elaboração e atualização. • Ciclo de vida e fases do projeto: definição e controle dos ciclos de vida, suas respectivas fases e quais deliverables (entregáveis; produtos) cada fase deve gerar. Uma das ferramentas de controle utilizadas pelo gestor para o controle das fases é o ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act). • Cronograma do projeto: elaboração e atualização do cronograma de atividades e suas dependências, recursos utilizados, tempo, custos, orçamentos, etc. • Relacionamento: contato constante com as partes interessadas do projeto – parceiros internos e externos, tais como equipe do projeto, cliente, governo, fornecedores, etc.

22

A Revista do Profissional de Secretariado


• Recursos: gerenciamento de recursos (recursos humanos, materiais, equipamentos, etc.). • Riscos: gerenciamento de riscos do projeto (identificação, análise, plano de resposta e monitoramento). Os profissionais com quem trabalhei e que considero os melhores gestores de projetos são capazes de manter as equipes unidas e as estimulam a alcançar resultados além do esperado, sempre mantendo como prioridades os resultados apresentados ao cliente e a humanidade no trato com todos. Seus excelentes hard skills, por incrível que possa parecer, são quase um detalhe. Referências: ¹PMBOK-Project Management Body Of Knowledge http://www.pmi.org/pmbok-guide-standards/ foundational/pmbok ²PMP-Project Management Professional http://www.pmi.org/certifications/types/ project-management-pmp ³PMI-Project Management Institute https://www.pmi.org

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

23


ARTIGO

Secretariado por Claudia Schaffer

Reflexão: Sou bom o bastante? Vou conseguir?

Q

uando tinha 16 anos, minha família passou por grandes mudanças, e consigo pontuar a idade pois foram mudanças marcantes. Agora, décadas depois, posso rever aqueles dias através do filtro amenizador da experiência Embora ainda me lembre da dor gerada pelas dificuldades, percebo agora o que não conseguia ver na época: foram momentos de crescimento pessoal. Períodos de preparação para as coisas que viriam.

Ao longo do tempo, observei pessoas que trabalham de forma abnegada e aprendi com elas. Admirei sua determinação e seu otimismo. Esses bons exemplos somados e toda a ajuda que recebi de pessoas inspiradas, em especial de Deus, fizeram com que soubesse por experiência própria que a adversidade pode ser superada, se a enfrentarmos com fé, coragem e tenacidade.

24

A Revista do Profissional de Secretariado


Onde quer que estejamos na vida, há momentos em que todos nós teremos desafios e dificuldades. Embora eles sejam diferentes para cada um de nós, são comuns a todos. Quando nossos ombros ficam sobrecarregados e nos sentimos exaustos, bombardeados pelas dificuldades da vida, penso que é mais provável nos reerguermos quando deixamos de nos concentrar no problema propriamente dito e olhamos para o próximo, quando estamos prontos para estender uma mão, um conselho, uma palavra amiga ou um abraço apertado. Pondere no quanto estamos carentes destes gestos! Na dificuldade, pode surgir a racionalização que provém o pensamento questionador: Sou mesmo capaz de ajudar ao próximo? Como posso ser um apoio para alguém que precisa de ajuda? Sinto-me sufocado com meus próprios problemas! É preciso estar disposto a doar-se, determinar antecipadamente que quer ser instrumento de ajuda na vida das pessoas. Não precisamos doar a nossa própria vida e todo o nosso tempo, mas podemos servir doando um pouco de nosso coração e de nosso sentimento. Podemos doar um pouco de nossos talentos e habilidades, até mesmo um pouco do que temos, para fazer com que outras pessoas vivam mais felizes e sintam-se melhores. Com certeza, seremos muito beneficiados com este auxílio e teremos mais paz, discernimento e amplitude na mente para resolver nossas questões e encontraremos maior sentido e alegria em nossa própria vida, ao deixarmos de ser o centro do mundo o tempo todo. O trabalho é a fórmula aparentemente fácil que efetivamente ajuda a enxergar e a passar por períodos de dificuldades, afinal, em algum momento da vida a enfrentaremos. Para nosso benefício e alegria, há muitas formas de trabalho, e todas elas nos ajudam a adquirir características importantes e fundamentais para nosso desenvolvimento físico, emocional, espiritual e profissional. Ele nos impede de pensar demais nas dificuldades que enfrentamos. Nossa situação não irá mudar da noite para o dia, mas, acredite, ela acabará mudando! É assim que funciona o trabalho: se simplesmente continuamos a trabalhar com firmeza e constância, as coisas certamente vão melhorar. Toda ajuda que pudermos disponibilizar ao mundo, as pessoas e as organizações serão beneficiadas.

Sejam quais forem as condições de vida, devemos estar engajados e fazer todo o possível, cultivando uma reputação de excelência em tudo o que fizermos. Vamos deixar a mente e o corpo prontos para a gloriosa oportunidade de trabalho que cada novo dia nos apresenta. O trabalho enobrece e dá um sentimento de realização, mas, como todas as coisas, devem ser feitas com parcimônia e há advertências, pois não devemos despender nosso trabalho naquilo que não pode satisfazer. Se nos dedicarmos à busca de riquezas materiais e do brilho do reconhecimento público à custa de nossa família e de nosso crescimento espiritual, em breve descobriremos que bancamos os tolos. A citação “nenhum sucesso na vida compensa o fracasso no lar” (MCCAY, Conference Report, abril de 1935, p.116) é uma ponderação necessária para cada um de nós. A verdade é que somos apenas viajantes de passagem por este mundo. Não dediquemos os talentos e energias que recebemos para forjar âncoras inconsistentes, mas passemos nossos dias desenvolvendo asas espirituais. Quando colocamos na prática, e não somente nas palavras, concretizamos nossas aspirações. Independentemente do que o futuro nos reserva, que possamos adquirir uma postura de otimismo e força, que sejamos âncora para nós e para ajudar a elevar o próximo.

Porém, não se espera que trabalhemos mais do que somos capazes. Jamais devemos comparar nossos esforços com os de outras pessoas. Devemos apenas fazer o melhor possível: trabalhar de acordo com nossa plena capacidade, por maior ou menor que ela seja. Trabalhar com afinco torna-se antídoto para a ansiedade, alívio para a tristeza e é um portal de possibilidades. Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

25


ARTIGO

Moda

por Marcia Lopes

Imagem Pessoal e Imagem Corporativa

Q

ual a mensagem que cada uma dessas imagens transmite? As fotos foram escolhidas aleatoriamente num site de busca só para justificar o tema desse artigo: a imagem tem alguma importância no ambiente corporativo? A ideia aqui não é falar de moda (apesar de amarmos), mas iremos muito além disso. Vamos falar de você, da sua marca pessoal. Pesquisas já comprovaram que pessoas com boa aparência, além de possuírem maiores chances de contratação, possuem remuneração superior às que não se importam tanto assim com esse quesito. Não estamos ignorando e nem deixando em segundo plano sua competência, habilidades técnicas, nada disso... Mas você já reparou como os executivos de sucesso se vestem e se comportam? Como dão

26

A Revista do Profissional de Secretariado

atenção aos códigos de boa convivência?.. Inegável que somos seres visuais. Por exemplo: na gôndola do supermercado, que lata você leva para casa? A que está com a embalagem intacta, legível e limpa ou a amassada, enferrujada e suja? É muito agradável quando nos deparamos com aquele colega de trabalho que tem sempre um sorriso no rosto, cuida de sua saúde e, consequentemente, de sua higiene pessoal, veste-se de acordo com as políticas da empresa e com o cargo que exerce... Quão agradável é você poder iniciar uma reunião no horário marcado, com pessoas educadas e comprometidas com o bem-estar do grupo... Perceba que, quando falamos em imagem pessoal, não digo somente da indumentária, mas de todo o contexto que sua imagem transmite ao grupo. Assim sendo, vamos fazer um trato? Ao se preparar para o seu próximo dia de trabalho, olhe-se no espelho e veja se a imagem refletida lhe agrada, se está feliz com ela e se está de acordo com seu momento de vida. Você pode começar com isso na segunda-feira (tal como nossos regimes), repetir na terça, fazer um esforcinho na quarta... Na quinta, o exercício já estará muito mais fortalecido. Atente-se para a sua conduta e aja de acordo com princípios éticos e de boa convivência. Essas atitudes só vão corroborar com o seu crescimento pessoal e profissional. O seu principal investimento deve ser você. Lembre-se sempre que a imagem comunica. Imagem comunica. COMUNICA.


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

27


por Tati Piñon

ma boa apresentação pessoal, seja no vestuário, cabelos e rosto, faz-se necessária, não só na esfera do trabalho, mas na maioria das suas atividades sociais. E qual a mulher que não gosta de se olhar no espelho e sentir-se ainda mais bela, com a pele de pêssego e olhos em destaque? Todas! A maquiagem é um ótimo acessório e imprescindível a ser adotado na rotina do dia a dia, como uma excelente estratégia de embelezamento. A gama de maquiagem existente no mercado, bastante acessível e com grandes avanços tecnológicos, permite que a mulher valorize seus pontos fortes e melhore sua aparência em poucos minutos e com efeito duradouro, garantindo resultadoscomo uma aparência mais jovem e saudável, atualmente chamado pelo termo blur. A maquiagem para o seu dia a dia de trabalho, de forma geral, deve apresentar uma pele com aparência de viço (iluminada naturalmente), umasombra com marcação leve de côncavo, máscara de cílios, batom, lápis de olho e blush. Sendo assim, você terá uma maquiagem que denota leveza e sofisticação. Como a mulher moderna necessita de praticidade, aqui vão algumas dicas que facilitarão a execução dessa make, a qual já produzirá um efeito fantástico: • Pele: depois de limpa, aplicar um BB ou CC Cream, pois, além de leve/média cobertura, esses produtos possuem itens agregados em sua composição como hidratante, filtro solar e, em alguns casos, efeito antirrugas. • Batom: opte pelos batons de efeito matte; duram mais tempo e não migram para fora dos lábios. • Máscara: dê preferência pelas à prova d´água ou resistentes à água; vão evitar o “efeito panda” (olhos borrados). • Lápis: caso aplique lápis nos cílios inferiores, ao terminar o riscado aplique por sobre a sombra da mesma cor do lápis. Esse truque vai evitar que o lápis migre e “escorra”.

28

A Revista do Profissional de Secretariado

Como me maquiar para o trabalho?

ARTIGO

U

Beleza


One Solutions TI

Consultoria SAPÂŽ Projetos, AMS,Treinamento, Mentoria onesolutionsti.com.br Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

29


30

A Revista do Profissional de Secretariado


Clique aqui e acesse o grupo:

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

31


Inglês

ARTIGO

por Márcia Bonamin

Cartas Comerciais em Inglês: Algumas Dicas

C

EP é ZIP? General Manager é um Gerente Geral? Embora comunicar-se oralmente em Língua Inglesa seja uma habilidade importante e de bastante prestígio, atualmente grande parte das mensagens são transmitidas de modo escrito, especialmente por e-mail ou mensagem de texto. A linguagem oral tem uma dinâmica diferente da escrita. Em uma conversa, são permitidas contrações, abreviações, repetições e hesitações. Entretanto, escrever em qualquer idioma e, especialmente em um que não dominamos completamente, tem lá seus desafios.

32

A Revista do Profissional de Secretariado

Em um ambiente corporativo, espera-se da Assistente Executiva uma precisão linguística mais desenvolvida do que seu próprio gestor, pois é ela que irá assessorá-lo nesse quesito quando necessário. Saber elaborar textos em Língua Inglesa adequadamente é um atributo que agrega valor ao trabalho da Secretária Executiva. Dentre os documentos que a Secretária usualmente redige, o e-mail com certeza é o mais frequente. A redação de e-mails comerciais possui certo padrão, mas, como grande parte daqueles/as que o fazem aprendeu na prática, ou seja, nunca teve uma instrução formal acerca desse tema, há pequenos deslizes que você, como Assessora Executiva, deve estar atenta. Então, vamos lá? 1. A versão em Língua Inglesa de CEP (Código de Endereçamento Postal) é ZIP (Zone Improvement Plan) somente nos Estados Unidos. Então, se você quiser pedir o código postal a um contato na Alemanha ou no Japão, por exemplo, deverá solicitar o “Mail Code” ou “Post Code” da empresa e não o “ZIP code”.


2. Há várias versões para o cargo de Presidente de uma empresa. Mais usualmente, temos visto a sigla CEO (Chief Executive Officer) ou President. Entretanto, existem outras para essa função, especialmente na versão do Inglês britânico, que podem ser falsos cognatos no Português, tais como: Managing Director ou General Manager, que não se tratam de Diretor ou Gerente, mas sim do executivo principal da empresa. 3. O que seria melhor, March 21st, 2017 ou 21st March, 2017? Tanto a versão da data como mês/dia/ano (March 21st, 2017) – versão americana – como dia/ mês/ano (21st March, 2017) – versão inglesa – estão corretas. Entretanto, cuidado ao utilizar essa última em um teste seletivo. Muitas vezes, o examinador desconhece o uso do Inglês britânico, que não é tão usual, pode pensar que você está escrevendo a data como o faz em Português. 4. Yours faithfully, Yours sincerely e Best regards são sinônimos? Bem, novamente, temos a questão das versões em Inglês americano e britânico. Yours faithfully é bastante comum no Inglês britânico, mas é extremamente formal no Inglês americano. Best regards e suas variações (Regards, Kind regards, Warm regards, RGDS, BR – dependendo do nível de formalidade) são os mais comuns para o nosso “Atenciosamente”. Yours sincerily (também Sincerely yours) é um pouco mais formal e corresponderia ao nosso “Cordialmente”. Eu, particularmente, gosto muito desse último. A propósito, observe também maiúsculas e minúsculas, pois incorreções tais como Best Regards (ambos termos em maiúscula) estão presentes até ecorrespondências redigidas por falantes nativos! Assim, escreva: Best regards; Yours faithfully; Yours sincerely.

Dear Mr. XX - A uma pessoa, do sexo masculino, que seja endereçado pelo nome. Ex.: Mr. John XX, ABC Company. Dear Ms. XX - A uma pessoa, do sexo feminino, que seja endereçada pelo nome, seja casada ou solteira. Ex.: Ms. Mary XX, ABC Company. Dear Mrs. XX - Para uma mulher casada, embora, na atualidade, utiliza-se a sigla Ms., que não distingue estado civil. Ex.: Mrs. Mary XX, ABC Company. Dear Miss XX - Para uma mulher solteira, embora, na atualidade, utiliza-se a sigla Ms., que não distingue estado civil. Ex.: Miss Mary XX, ABC Company. Dear Sir - Quando nos dirigimos à pessoa através de seu cargo (por exemplo, Sales Manager), sabemos se tratar de um homem, mas não sabemos o nome. Ex.: Sales Manager, ABC Company. Dear Madam - Quando nos dirigimos à pessoa através de seu cargo (por exemplo, Sales Manager), sabemos se tratar de uma mulher, mas não sabemos o nome. Ex.: Sales Manager, ABC Company. Embora esses detalhes, em grande parte, não causem tantos problemas de comunicação, eles podem ser importantes a você em um teste de proficiência para um novo emprego, ou quando você tiver que justificar o porquê da escolha de um determinado termo para um gestor mais exigente (e eu tive alguns). Além disso, demonstra que a Secretária está atualizada e atenta aos detalhes e poderá, com certeza, dar maior apoio linguístico ao seu gestor.

5. Quando usar Dear Sir(s), Dear Mr. Taylor ou Dear Sir or Madam? Cada um desses modos de tratamento se adéqua a situações diferentes. Veja, nos exemplos abaixo, seu uso principal. Sinalizei com um asterisco(*) os mais frequentes. Dear Sirs - A uma empresa ou departamento. Ex.: ABC Company, The Sales Dept, ABC Company. Dear Sir/Madam - Quando nos dirigimos à pessoa através do seu cargo (por exemplo, Sales Manager) e não sabemos se se trata de um homem ou de uma mulher. Ex.: The Sales Manager, ABC Company. Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

33


Decoração

ARTIGO

por Fabiana Santana

Decorar sim! 34

A Revista do Profissional de Secretariado


F

abiana Santana, 35 anos, mãe, esposa, Tapeceira, Restauradora, Designer de Interiores. Aos 29 anos me tornei mãe de um menino; eu, que fui criada em uma família de mulheres, vivi mais um desafio. Superá-los é um presente que vivencio com grande alegria. Depois que meu filho completou um ano, sentia-me inquieta e, naturalmente, comecei a retomar atividades que já fazia informalmente – “Minhas artes”, como costumava dizer. Foi quando um reencontro aconteceu, mudou minha perspectiva de vida e me tornei realizada profi sionalmente: encontrei uma prima com quem não tinha mais contato há anos, e que maravilhosa surpresa! Ela era Tapeceira profissional; sim, uma mulher, com mais de 10 anos de mercado. Fascinante, já que eu já costurava e amava Decoração. Logo me vi aprendendo tudo na prática e comecei a fazer cursos. Hoje, formada em Design de Interiores, faço projetos de ambientes e reformo móveis, experiência que formou minha consciência de reúso de móveis e objetos, consciência importante que está crescente no público em geral, o que é maravilhoso e contribui para a preservação do nosso planeta. Quando fui convidada para escrever esta coluna, parei para pensar em algo que ilustrasse a importância de um ambiente limpo, organizado e belo. O objetivo aqui é mostrar que bom gosto e criatividade devem sempre andar juntos. Com isso, vamos solucionar problemas de espaços físicos e quebrar tabus com relação a cores, texturas e reformas em geral. Saber fazer a leitura de cada estilo às vezes não é tarefa fácil. Algumas pessoas sentem insegurança na hora de escolher e pensar no ambiente pronto. Contratar um Designer de Interiores, na maioria das vezes, é a melhor opção: o profissional fará a leitura de suas

necessidades, apresentando materiais e a maquete eletrônica em 3D do seu ambiente, e logo você verá a transformação com o resultado final diante de seus olhos. Este resultado reflete direto no seu dia a dia em geral e na sua vida. Pesquisar é a palavra-chave. Fazer pesquisa é essencial para dar início a qualquer projeto, buscar referências e adaptar toda sua pesquisa na realidade do cliente, e não estou falando apenas da realidade financeira, mas também do espaço físico. Não existe projeto caro. Na Decoração, hoje, a indústria proporciona diversas variedades de materiais com qualidade e preços justos a todos os públicos. O reúso de peças, móveis, paredes, etc., está em alta. Com a diversidade de materiais, a reforma nos dias de hoje está muito mais fácil e colorida. Repaginar virou a essência da maioria dos projetos. Reutilizar um móvel que tem história no ambiente familiar faz toda a diferença. Decorar não é montar uma sala de capa de revista, muito menos reproduzir o quarto da loja de modulados: esses ambientes não são seus. E, com as construtoras imprimindo em série cômodos cada vez menores, esses projetos prontos parecem ser a melhor opção, criando ambientes impessoais e repetitivos. Isso não é decorar; é, no máximo, montar um ambiente. E com os índices de reclamações das fábricas de modulados aumentando, é bom pensar e – volto a falar – pesquisar as opções. Vejo com frequência que, quando o cliente contrata o profissional de Decoração, anteriormente ele já tentou fazer a reforma sozinho. A experiência nunca é 100% satisfatória – quando não é um fracasso total. Quando não se tem o projeto em 3D, os profissionais envolvidos acabam opinando, e a somatória dessas várias opiniões faz um carnaval no seu ambiente. Não hesite em contratar um profissional qualificado da área para te acompanhar e projetar suas inspirações. Agora já sabemos a importância de se ter um profissional envolvido no projeto e que isso faz diferença para ter um ambiente bem decorado e, o mais importante, com sua personalidade nele. Seu ambiente ficará único, organizado e com a sensação de aconchego. Adoro ambientes que sinto que são personalizados! Com esse canal aberto, poderemos aqui esclarecer suas dúvidas e inspirar seus projetos. Mande suas sugestões e dúvidas. Decorar é, sim, necessário.

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

35


ARTIGO

Secretariado

36

por Keli Anjos

Os profissionais de Secretariado nos dias de hoje

A Revista do Profissional de Secretariado


O

profissional de Secretariado tornou-se uma função estratégica, por isso somos o braço direito do chefe, somos coautoras das tarefas diárias.

Hoje o perfil mudou: o profissional se envolve em todas as áreas da empresa, visando sempre ajudar e fazer melhorias. O profissional de Secretariado tem que estar melhor adaptado às novas tendências do mercado, tem que estar atualizado com as notícias, com as tecnologias. Fazer parcerias de serviço, troca, ou “combos” de serviços. Exemplo: o profissional que é prestadora de serviço, que trabalha em casa na modalidade home-office, pode trocar o serviço dela por algum outro tipo de serviço. Prestadores de serviços, ser o braço direito do gestor, precisamos atingir resultados. O profissional tem que fazer planejamento e sempre estar à frente de tudo, pois é nela que é depositada a total confiança do executivo. Temos que alimentar o gestor com informações atualizadas, ir além do esperado, ficar de olho em todas as notícias. Ser um ícone, ser a protagonista e não apenas coadjuvante, ser admirada(o). Empreendedorismo: ter a autonomia de um empreendedor, acompanhar metas, fazer apresentações, buscar sempre mais conhecimento. Qualidade no trabalho: buscar a excelência no seu trabalho; tudo o que fizer, fazer bem feito; ir além das expectativas. Administrar melhor o tempo: isso é algo no qual muitas pessoas enfrentam dificuldades. Existem inúmeras dicas mas, em primeiro lugar, você precisa organizar

o seu dia, listar suas tarefas e executá-las, dar prioridade e saber delegar. Qual a minha marca pessoal? Deixar a minha marca pessoal, ser lembrado, limite de autonomia, ter coragem para assumir riscos. Use tudo isso ao seu favor. Devemos cavar oportunidades e nos preparar para a carreira. Busque o novo, seja o novo, mas nunca perca a essência, nunca deixe de ser você e nunca deixe de sonhar e correr atrás dos seus sonhos! Idealize-os e realize-os, não os deixem apenas no papel. Desde 2010 ouvimos falar em “Empoderamento Feminino”, ou seja, a igualdade entre os gêneros, homens e mulheres trabalhando na mesma função e recebendo o mesmo salário, sem discriminação nem diferenças que, sabemos, ainda existem muitas no mercado de trabalho. Quando você decide se transferir para outra atividade, você precisa muito do apoio dos familiares, por exemplo; você é Secretária e decide escrever um livro, ser palestrante. Isso exige muito tempo e disposição, ou seja, menos tempo com a família; por isso, precisa do apoio de todos, porque depois a recompensa é maravilhosa, “o reconhecimento”. Faça um mapeamento de si próprio, listando os pontos fracos e os pontos fortes. Mantenha sua rede de relacionamentos ativa, seu networking, porque, quando trabalhamos por muito tempo em uma determinada empresa, nós nos apresentamos pelo nome e em seguida com o nome da empresa, e perdemos a nossa identidade; então, para que isso não aconteça, você precisa manter sua rede de relacionamentos sempre ativa, para que não te conheçam apenas por uma empresa, ou local. Sempre tenha em mente um plano B, C, D ou até mesmo E. Nunca devemos ficar estagnados naquele emprego, naquela função. Tenha sempre um plano B, seja um Coach, um Professor ou até mesmo abra o seu próprio negócio, e conheça todas as áreas da empresa. Você pode tudo o que quiser!!! Prepare-se!!! Seja protagonista da sua vida, assuma os riscos, vá além, seja sempre você!!!! Crie, invente e reinvente, essa é a missão que eu deixo para vocês!!!

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

37


ARTIGO

E

38

Coach

por Paula Pilastri

scolhi ser Secretária aos dezessete anos, quando iniciei como Auxiliar Administrativo em meu primeiro emprego, e percebi que a área administrativa tinha muito a me oferecer. Formei-me em Secretariado Técnico e, posteriormente, na graduação, cursei Letras Inglês-Português e, após alguns anos, especializei-me em uma pós-graduação em Assessoria Executiva e em Tradução Espanhol-Português e, hoje, já contabilizo mais de vinte anos dedicados à profissão. Secretariar, para mim, sempre foi muito prazeroso, apesar dos contratempos, das urgências, dos dias de fúria. Auxiliar, controlar, organizar, planejar e facilitar a vida dos empresários atendidos, superar os desafios e poder constatar os resultados sempre foi muito gratificante. Exercer o Secretariado é praticar, dia a dia, uma multifuncionalidade incansável, pois, apesar de muitos acharem que é suficiente saber atender telefonemas e conciliar agendas, as atividades vão muito além disso, e é preciso um perfil proativo, organizado, planejador, focado em resultados, além de uma visão estratégica para compreender e atender a todas as demandas. Desenvolvi-me em empresas em que estive sempre ao lado do Diretor-Proprietário em empresas nacionais e, apesar de todo meu desenvolvimento, entrei em zonas de conforto e vacilei em atirar-me ao mercado muitas vezes. Assim, permaneci na empresa em que atuo hoje por dezesseis anos, mas tudo na vida tem suas recompensas. Quando imaginei que não haveria mais espaço para crescimento, fui convidada a assumir a Gerência Administrativa de uma unidade. Às vezes, o reconhecimento só vem com o tempo. Aprendi que apresentar resultados e um bom trabalho, ser discreta e leal, além de ter paciência, foram virtudes recompensáveis. Confesso que era um grande sonho, mas daqueles que a gente acalenta escondido e pensa que somente outras pessoas realizarão. Era um sonho, mas também um grande desafio. Trabalhar em uma unidade em que eu nunca havia estado, com uma equipe nova, trinta quilômetros distantes da minha casa e com muitas dúvidas e incertezas, mas lá fui, com a cara e a coragem e meu perfil empreendedor. Um dos meus primeiro desafios foi implantar a Gestão Integrada da Qualidade, sendo a Representante da Diretoria de uma unidade que eu quase não conhecia com processos ainda muito novos. Em seis meses, foi meu primeiro grande obstáculo superado. Hoje, após seis anos nessa função, percebo

A Revista do Profissional de Secretariado

que os medos e a insegurança fazem parte de toda caminhada e que precisamos estar sempre abertos ao novo, aos desafios e ao conhecimento, todos os dias, para nos superarmos sempre. Precisamos ser melhores todos os dias, não melhores do que ninguém, pois cada ser é único, mas ser sempre melhor hoje do que ontem. Nossa meta deve ser a de superarmos a nós mesmos diariamente. E, para que eu pudesse atingir as metas e atender as demandas e expectativas da nova função, as habilidades secretariais sempre foram minhas aliadas. Acredito que tudo que desenvolvi deveu-se ao planejamento, à visão estratégica e ao foco em resultados, aliados a um comportamento focado em pessoas, com escuta ativa e pronta a solucionar problemas, tendo uma gestão eficaz da informação e o desenvolvimento da liderança, que sempre me acompanharam e que, acredito, fizeram-me assumir essa função. A gestão de pessoas, o comportamento humano e o autoconhecimento sempre fizeram parte de minhas pautas de interesse. Assim, para continuar melhorando e atendendo cada dia melhor, voltei a estudar, aprofundando-me em entender um pouco mais as pessoas, esse capital humano que move todas as empresas. Sempre busquei me aprofundar no comportamento humano. A busca por autoconhecimento me fez crescer profissionalmente, mas, principalmente, fortaleceu-me como pessoa. Porém, nem tudo que cresce no jardim são flores... E a vida nos mostra que, apesar de estarmos em constante aprendizado, é preciso também estarmos vigilantes para não cair nas acomodações e, quando a gente acha que está tudo dando certo, que já temos todas as respostas, a vida vem, e nos apresenta novas perguntas. Digo isso pois eu achava que estava tudo certo em minha trajetória profissional e que somente colocaria em prática um antigo sonho, que era estudar Psicologia quando me aposentasse, mas resolvi antecipar este sonho e pôr em prática algumas ações. Não comecei pela Psicologia, mas sim pelas Terapias Holísticas, que me mostraram um universo maravilhoso, pois apresentam uma forma ampla de enxergar o ser humano, como disse Aristóteles na etafísica “O todo é maior do que a simples soma das suas partes”, assim, apresentando uma visão do indivíduo integral, levando em consideração todos seus aspectos – físicos, psicológicos e energéticos. Essas terapias visam promover o equilíbrio do corpo, o bem-estar e o relaxamento das tensões, bem como promover o autoconhecimento, abrindo espaço para que processos de cura e autocura ocorram.


As técnicas de terapia complementar e integrativas ganharam tanto espaço que o Ministério da saúde já reconheceu seus benefícios, implantando algumas técnicas na rede pública, tais como Reiki,Y oga, Meditação, Musicoterapia, Arteterapia, etc., e posso garantir que muitas das técnicas nos auxiliam a entrar em contato com nossa Essência e buscar o equilíbrio emocional e energético. Mas eu ainda queria mais. Assim, parti para a formação de Coaching Integrativo, uma metodologia que reúne a técnica do coaching com Arteterapia e a Psicologia Transpessoal e que auxilia as pessoas na busca de seu verdadeiro poder e propósito. O coaching nos faz olhar para frente, para nosso futuro e desafios, fazendo-nos abrir nossa caixa de ferramentas e perceber quais são as mais adequadas para a construção da vida que realmente queremos. É um processo que nos leva a reconhecer nossos talentos e o potencial que pode estar adormecido em razão de estarmos presos às nossas crenças, que nos impedem de alcançar nossos resultados. E é dessa forma que sigo, além do Secretariado, auxiliando pessoas em suas buscas pessoais.

Do Secretariado ao Coaching Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

39


ARTIGO

A

Direito

por Borny Cristiano So

questão da jornada de trabalho é assunto que envolve todo trabalhador. Salvo casos específicos e categorias especiais, a jornada normal de trabalho é de 8 (oito) horas diárias e de 44 (quarenta e quatro) horas semanais. Entende-se que 5 (cinco) minutos antes e 5 (cinco) minutos depois da jornada normal diária, totalizando 10 (dez) minutos diários, não são considerados labor extraordinário. Por dia, o limite de horas extras que o trabalhador poderá fazer é de 2 (duas) horas, ou seja, se a jornada normal é de 8 (oito) horas, poderá trabalhar por 10 (dez). Quando falamos em jornada normal de trabalho, o que queremos dizer? Pela regra geral, você então deve trabalhar, por exemplo, entre 09-18 horas com 60 (sessenta) minutos de intervalo refeição e descanso de segunda a sexta-feira e, aos sábados, entre 09-13 horas com 15 (quinze) minutos de intervalo para refeição e descanso, totalizando as 44 (quarenta e quatro) horas semanais. Quer saber se fez hora extra? Some todas as horas trabalhadas na semana e será considerada hora extra aquela que ultrapassar as 44 (quarenta e quatro) horas semanais. Mas aí você poderá se perguntar: eu trabalhei 02 (duas) horas a mais na segunda e na terça-feira, e meu chefe me dispensou do trabalho no sábado. Será que tenho direito a 4 (quatro) horas extras na semana? Não, porque o limite semanal não foi ultrapassado e as horas a serem trabalhadas no sábado foram compensadas. O que é preciso atentar nestes casos é se houve um compromisso formalizado entre o funcionário e empregador chamado “acordo de compensação”. “Acordo de compensação” não é o mesmo que “banco de horas”, que será objeto deste espaço futuramente. Por “acordo de compensação”, entende-se o acréscimo de jornada em determinados dias em função de outro suprimido, sem que haja caracterização de jornada extraordinária. Este documento precisa ser entregue pelo patrão e assinado pelo funcionário. Este “acordo” não pode ser verbal, embora isso ocorra constantemente no dia a dia das empresas. Por isso, não estranhe se sua jornada normal diária for de 8:48 hs (oito horas e quarenta e oito minutos) com 1:12 hs (uma hora e doze minutos) de intervalo para refeição e descanso. Por exemplo, tra-

40

A Revista do Profissional de Secretariado

balho diário entre 09-19 horas com 1:12 hs de intervalo para refeição e descanso. Com isso, haverá “acordo de compensação” para que o labor diário seja superior a 8 (oito) horas, mas que não extrapole a jornada semanal de 44 (quarenta e quatro) horas. Do mesmo modo, outros tipos de jornadas diárias poderão ser acordadas, desde que respeitado o limite semanal. A hora extra deverá ser paga com adicional de 50% (cinquenta por cento) no mínimo. Categorias específicas ou convenções coletivas poderão usar percentual maior. Uma regra simples para calcular o valor da hora extra é a seguinte: - Salário R$ 880,00 - Jornada de Trabalho de 8 horas diárias ou 44 semanais – utilizar coeficiente divisor 220 (duzentos e vinte) - 880,00 / 220 = 4 - R$ 4,00 (quatro reais) é o valor da hora trabalhada. Sobre este valor, deverá ser aplicado o percentual de 50%; portanto, o valor da hora extra será R$ 6,00 (seis reais). É importante destacar que o período da jornada de trabalho representa aquele lapso no qual o funcionário deve atender às ordens de serviço do patrão, não podendo ser utilizado para fins pessoais. De qualquer modo, é muito importante existir o controle de frequência na empresa em que você trabalha, lembrando apenas que este controle é obrigatório para empresas com mais de 10 (dez) funcionários. Hoje, ainda são utilizados os controles de ponto manuais, mecânicos, eletrônicos, biométricos e até por telefone, mediante login de acesso e senha. Seja como for, é importante que ele represente a real jornada de trabalho, proibindo-se qualquer tipo de orientação para apontar o horário de saída, por exemplo, permanecendo a trabalhar sem que haja registro do labor extraordinário. É interessante que tais documentos sejam sempre conferidos e assinados pelo funcionário e, havendo qualquer discordância quanto aos horários ali apontados, protocolar mediante cópia uma carta de reclamação junto ao Departamento Pessoal da empresa. É comum que o horário de intervalo para refeição e descanso seja pré-assinalado nos controles de frequência. Isso é permitido pela CLT, porém, entendo ser mais prudente a todos que a marcação seja realizada diariamente a fim de se evitar qualquer discussão futura.


Algumas considerações sobre jornada de trabalho Outro ponto de destaque envolve o fechamento da folha salarial por volta do dia 20 de cada mês. Isso significa que, para fins de recebimento, provavelmente será apontada e calculada a jornada de trabalho do dia 20 do mês anterior até o dia 19 o mês seguinte, e não de primeiro a 31. Em linhas gerais, são estes os apontamentos iniciais sobre jornada e controle de trabalho que, claro, merecerão novos comentários futuros diante dos diversos casos práticos que podem e poderão ocorrer no seu dia a dia. Além disso, ressalto que este texto é redigido antes da aprovação da Reforma Trabalhista no Congresso Nacional, fato este que merecerá nossa atenção futuramente.

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

41


ARTIGO

Secretariado

H

por Ingrid Rabêlo

oje, o avanço tecnológico, aliado ao idioma Inglês, faz da Secretária Executiva uma verdadeira Assessora do executivo, tornando-a uma profissional indispensável e cada vez mais valorizada dentro das empresas. Por isso, é necessário que estes profissionais percebam que seus conhecimentos e a velocidade da Tecnologia da Informação e da linguagem precisam ser compatíveis para que se obtenha o sucesso profissional. Um profissional inteligente não é aquele que obtém todas as informações necessárias, e sim o que desenvolve ideias, deixa escolhas, demonstra estratégias, expõe soluções e transparece equilíbrio. Pode-se dizer que a inteligência é algo difícil de se mensurar. Existem inteligências diversificadas e umas mais evidenciadas do que as outras. A cultura brasileira, porém, valoriza demais a inteligência lógico-matemática, e ser inteligente geralmente está associado a um bom desempenho em áreas ligadas à inteligência emocional. Porém, o fato de não se ter habilidades em uma determinada faculdade não significa ser inteligente. A teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner (1994), elaborada a partir dos anos 1980, é uma alternativa para o conceito de inteligência como uma capacidade inata, geral e única, que permite aos indivíduos um desempenho, maior ou menor, em qualquer área de atuação. Gardner (1994) liderou uma pesquisa, ao questionar a avaliação escolar, cujos critérios não incluem a análise de capacidades que, no entanto, são importantes na vida cotidiana. Concluiu-se então

42

A Revista do Profissional de Secretariado

que as formas convencionais de avaliação apenas traduzem a concepção de inteligência vigente na escola, limitando a valorização da competência lógico-matemática da linguística, e demonstrou que as demais faculdades também são produtos de processos mentais e que não há motivos para diferenciá-las do que geralmente se considera inteligência. Dessa forma, ampliou-se o conceito de inteligência, que, em sua opinião, pode ser definido como “A capacidade de resolver problemas ou elaborar produtos valorizados em um ambiente cultural ou comunitário” ¹Nesse enfoque, se enquadra a inteligência emocional (Q.E.), que interfere nas nossas emoções e nos leva a atuar de forma inteligente, a nosso favor ou contra. Nossa própria dinâmica do mercado implica uma contínua mutação nas organizações. Novos concorrentes, novas tecnologias, novos métodos, novas estratégias e gerenciamentos, enfim, fatos decorrentes de uma economia cada vez mais globalizada, ágil e voltada para a competitividade, ditam o ritmo das atividades nos negócios. O profissional deve ir além dos conhecimentos adquiridos na faculdade. Desenvolver novas habilidades é importante para o amadurecimento técnico e profissional. Grandes ideias são movidas por grandes ações. Fiorina (2007) expõe que cresceu ouvindo a frase “O que faz consigo é seu presente para Deus”, e ainda: “Se não podemos escolher nossas circunstâncias, sempre podemos escolher nossas reações a elas. Se não podemos escolher quem somos, sempre podemos escolher sermos algo mais. Parar de escolher é começar a morrer”². Texto extraído do Artigo Científico: “Elementos Fundamentais para o Perfil Fundamental com Êxito”. Autora: Ingrid Miranda Rabêlo. Orientadora: Iasnaia Maciel Pinheiro. Ano: 2014. Universidade Católica do Salvador – UCSal. ¹Gardner 1994, pag. 46 – Revista de Gestão e Secretariado, São Paulo - v.1, n.2, p.77- 97, jul./dez.2010. ²Livro Escolhas Difíceis da autora Carly Fiorina, Memórias da Executiva mais Importante no Mundo dos Negócios, pag.23, 2007.


InteligĂŞncia Emocional

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

43


Comportamento

ARTIGO

por Priscila Avelar

Sua imagem pessoal tambĂŠm ĂŠ um importante diferencial competitivo para o sucesso de sua carreira 44

A Revista do Profissional de Secretariado


A

experiência profissional, a formação acadêmica e o conhecimento técnico são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento da carreira. No entanto, existe um complemento muito importante que, muitas vezes, não tem a devida atenção: a imagem pessoal – o comportamento, as atitudes, a forma de se vestir, de falar, de escrever. Ter uma imagem pessoal adequada, de confiabilidade e de coerência em relação às nossas ideias e nossos propósitos também é um grande diferencial competitivo no ambiente corporativo. Um estudo revela que, considerando a representatividade no Processo de Comunicação, a apresentação pessoal (atitudes, gestos, expressões, aparência) corresponde a 55%, enquanto o tom de voz equivale a 38% e as palavras 7%. Você sabia desta proporção de 55%? É bem razoável ter uma atenção especial neste detalhe, não é

mesmo? Muitas vezes, a preocupação é maior em desenvolver projetos e planos estratégicos. No entanto, ao apresentá-los aos “possíveis” interessados, não recebemos o devido reconhecimento e crédito. Então pensamos: o que faltou? Como apresentar um projeto com ideias inovadoras se minha forma de vestir é ultrapassada? Como falar em excelência no atendimento a clientes se não tenho bom relacionamento com meus pares? E diversas outras situações nas quais a fala não condiz com as atitudes. A imagem pessoal é formada no dia a dia, ao lidar com os colegas, superiores, subordinados, fornecedores, equipe terceirizada, clientes, etc. Qual nível de cordialidade, atenção e respeito estamos tendo ao falar, ao escrever a estas pessoas? Na forma que nos vestimos, formalmente ou não, mas “representamos” a companhia onde trabalhamos. O que ela espera de você? É preciso ter coerência e credibilidade nas palavras e atitudes para ter respeito, confiança e oportunidades dentro da empresa, com parceiros de negócios e com clientes. Sua imagem pessoal deve ser percebida de forma diferenciada perante os demais, e é preciso que você seja notado positivamente. Então, procure sempre tratar as pessoas com respeito e cordialidade em todos os níveis hierárquicos. Esqueça a frase “Faça o que eu falo, não faça o que eu faço”, cumpra suas próprias palavras em suas atitudes, siga o dress code que a empresa sugere e, caso não haja, considere a vestimenta adequada com o nível de formalidade da companhia. Seguindo estas dicas, você certamente irá desenvolver muito positivamente sua personal branding, será visto como um profissional diferenciado e irá alcançar seus objetivos de carreira com muito sucesso! Agradeço por sua especial atenção ao ler este artigo e, se gostou, deixe seu comentário. Assim, poderemos conversar mais sobre esse tema. Um abraço.

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

45


Alimentação Saudável

ARTIGO

Culinária

46

A Revista do Profissional de Secretariado

por Raquel Bertacco


P

ara uma alimentação mais saudável, nada de refrigerantes ou sucos industrializados. A forma recomendada é preparar sucos de frutas naturais. Mas e aí, como fazer isso na correria do dia a dia? Simples; sim, é muito simples. Veja a dica.

Geralmente, nós temos um dia da semana pra ir ao mercado, à feira ou ao sacolão comprar os produtos frescos, e é exatamente nesse dia que você vai “adiantar” o suco da semana toda. Eu disse que era simples e vou provar. Basta descascar as frutas e picar. Não precisa ser bem picadinho, apenas de maneira que consiga eliminar os caroços. Assim, já com as frutas picadas, você vai porcionar em saquinhos e congelar. O ideal é porcionar os tipos de frutas separadamente e em porções individuais, ou seja, de forma que atenda à sua necessidade diária e para que você descongele apenas um saquinho por vez. Agora ficou fácil: basta colocar no liquidificador as frutas congeladas com água (não precisa estar gelada) e bater. Utilize pouco açúcar ou adoçante. Se preferir, passe pela peneira, mas, quanto mais polpa e menos açúcar tiver no suco, mais natural ele será e, consequentemente, mais nutritivo e saudável. Se for usar maracujá, ele deve ser levemente batido, para não esmigalhar as sementes e deixar um sabor amargo no suco. Ah, se gostar, acrescente hortelã, gengibre ou outras frutas ao mesmo suco, fica uma delícia. Para completar a dica saudável e refrescante, você pode preparar uma salada de macarrão ou de arroz. Mas preste atenção: você deve temperar ainda quente. Isso mesmo, pois dessa forma os temperos são melhor absorvidos, resultando em saladas mais saborosas. A salada pode conter legumes crus e cozidos, frango desfiado, verduras e até mesmo frutas. O importante é temperar com ervas, que podem ser frescas ou desidratadas, mas são sempre a melhor opção para utilizar na cozinha pois dão sabor e, dessa forma, ficam mais saudáveis. Evite utilizar temperos industrializados e muito sal. Depois de temperar a salada, coloque-as no recipiente de servir (tampado ou coberto com papel filme) e leve à geladeira.

Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

47


Executiva News Revista Digital | Setembro | 2018

48

Executiva News 29  

executivanewsrevistadigital.com

Executiva News 29  

executivanewsrevistadigital.com

Advertisement