Issuu on Google+

Wagner & Emmanuel

Conheça a dupla que promete ser o novo sucesso da música sertaneja.


Em junho de 2012, a dupla gravou o seu primeiro CD, produzido por Junior Xanfer, grande músico recifense, que já contribui musicalmente com seus trabalhos para diversos artistas nacionais como Banda Calypso, Bruno e Marrone, Edu & Maraial, Jorge e Mateus, entre outros. Hoje, a dupla tem conquistando fãs rapidamente, com músicas simples e populares, mas que trazem consigo temas profundos, que fazem parte do dia-a-dia da vida das pessoas.


Wagner

4.

Emmanuel

6.


Wagner


Com 14 anos começou as primeiras informações teóricas e técnicas com seu professor “Veronildo Araújo” que lhe influenciou na música popular brasileira. Dois anos depois influenciado por Djavan, Chico Buarque, Tom Jobim, Vinícius de Morais, Toquinho, João Bosco entre outros, Wagner começou a se profissionalizar tocando nas noites. Aos 16 anos começou a trabalhar em bandas de maiores portes, surgindo então outros trabalhos como gravações e produções, chegando a tocar para um público de mais de 80 mil pessoas, dividindo palco com artistas consagrados como: Alcione, Jorge Vercilo, Fagner, Dominguinhos, Oswaldo Montenegro, Zé Ramalho, Cidade Negra, Chiclete com Banana, Banda Calypso, Limão com Mel entre outros. Aos 23 anos lecionou em oficinas de música na “ODIP” (Organização de Defesa a Infância Pobre), com aulas de violão, guitarra, baixo e cavaquinho. Atualmente, além de integrar a dupla Wagner & Emmanuel, na qualidade de segunda voz e guitarrista, trabalha em Caruaru-PE no corpo docente de uma das maiores escolas de música do interior do Nordeste, Escola Cia Groove. Suas aulas de guitarra e violão são assistidas por mais de 120 alunos


Nos primeiros anos de vida, Emmanuel já se arriscava a entoar canções populares que tocavam nas rádios e Tv’s. Aos 6 anos, viu seu pai tocando teclado, este fato lhe despertou um interesse tão forte por instrumentos musicais que, mesmo escondido, tentava cantar e tocar as canções que conhecia. 2 anos depois era motivo de orgulho de seus familiares mais próximos, que se reuniam para vê-lo tocar teclado, e se admiravam com tamanha capacidade autodidata. Sempre colecionou discos das principais duplas sertanejas da época, como Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó. Ao mesmo tempo que demonstrava simpatia por outros ritmos nacionais como o pop rock de Paralamas do Sucesso, Titãs e Legião Urbana, além de pagode, axé e principalmente forró regional, que segundo ele está dentro das veias da formação musical de qualquer conterrâneo caruaruense. Aos 13 anos, despertou um interesse por instrumentos de cordas e decidiu começar as primeiras lições com um grande professor “Seu Manú”, caruaruense, multi-instrumentista, que formou diversos músicos na região. Sua capacidade vocal surgi ao lado do desenvolvimento nos instrumentos com cordas, assim como uma facilidade para escrever letras de músicas. Mesmo formado em direito e aprovado em diversos concursos da área jurídica em seu íntimo Emmanuel se via chamado pela música, e foi na escola Cia Grove que ele encontrou alguém com sonhos parecidos que veio a somar forças para concretizar seus sonhos, Wagner Com a decisão de formar uma dupla, ele compôs 25 músicas, muitas das quais estão no CD atual Sou Mais Do Que Prazer.


Emmanuel



Revista