Page 1

objetivos do núcleo: valorização da pessoa, do sentido de pertencer a uma comunidade, de evangelização, de serviço

“cur

tinh

!” ! novo , facinho o h cin o, fa

http://excsi.com.br

Impresso Especial 991220307-6/2008 - DR/RJ

ASIA

Núcleo dos Antigos-Alunos do Colégio Santo Inácio

/ / / CORREIOS / / /

out-nov/2009 - n.o 150 “âncora”: prof.v.paim

Rua São Clemente 226 . 22260-000 Rio de Janeiro-RJ . Brasil tel.55 (21)3184-6200/fax 55 (21)2266-5367

/// DEVOLUÇÃO GARANTIDA

/// CORREIOS ///

você é responsável por tudo isso!

1 úmero xCSI n rocado, e fo in o , xe rafado oucos datilog lguns p a a o enviad s... o ex-alun

infoexCSI 15 anos! atualmente com uma edição de 10.000 exemplares + de 30.000 leitores! criando, reforçando, refazendo amizades relembrando pessoas & fatos tornando visível o carisma inaciano

“gif animado” assinalando os 15 anos do infoexCSI

edição digital: http://issuu.com/excsi O NÚCLEO NO TWITTER http://twitter.com/excsi mais de 1.000 “seguidores”!

agora, “curtinho! facinho, facinho!” http://excsi.com.br na internet desde 1996

“siga” o Núcleo no twitter! e se você enviar notícias sobre palestras, reuniões, exposições, lançamento de livros, nascimentos etc., o twitter.com/excsi publica! - a entrega do infoexCSI a você é feita com a colaboração do Sr.Jorge Vieira da Silva Filho (tel.2581-3644), pai de Marcos André (1991) e Marcos Alexandre A.Vieira da Silva (2000) - ele também está ao seu dispor. Entre em contato com ele!


UMA TRADIÇÃO QUE SE RENOVA A CADA ANO

pág.2 - infoexcsi - out-nov/2009 - n.o 150

ASIA Antiqui Societatis Iesus Alumni A ASIA mantém, no Morro Dona Marta, uma creche, Creche Santa Marta, e uma pré-escola, UNAPE-Anchieta Unidade de Atendimento ao Pré-Escolar - Anchieta. Além disso, ao lado da Igreja do Colégio, há um ambulatório médico, Ambulatório São Luís Gonzaga, e um serviço de diagnóstico por imagem, Imagem Solidária. O Ambulatório São Luís Gonzaga, com médicos e paramédicos contratados, atende mais de 100 pessoas diariamente. E este serviço só pode ser realizado com a ajuda de voluntários que, diariamente, de manhã e de tarde, se disponibilizam gratuitamente para cadastrar pessoas, organizar arquivos, encaminhar pacientes aos consultórios, partilhar sofrimentos e alegrias etc. Aparentemente são serviços de apoio, simples, mas sem eles o Ambulatório não poderia funcionar. Entre as voluntárias estão muitas mães de ex-alunos: Carminha, Marta, Pedrina, Valéria, Vera, Janete, Vera Vasconcellos, June, Vera Lopes etc. E de Janete recebemos uma “reflexão”: Ser Voluntária Sou Janete Ferreira, arquiteta por formação e voluntária por paixão. Mãe de duas ex-alunas, Anna Caroli-

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO Carlos Eduardo ‘Cau’ de Almeida Barata (76) foi eleito Membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, a célula-mater da historia brasileira, na qualidade de Sócio Honorário. Cau Barata cursou engenharia e arquitetura e é historiador, sendo também Presidente do Colégio Brasileiro de Genealogia.

na (2002) e Anna Beatriz (2007). Comecei no voluntariado quando a Carol tinha apenas 1 ano, ajudando numa barraca da Fesoi - Feira da Solidariedade Inaciana, realizada anualmente no Colégio Santo Inácio. De lá pra cá, não parei mais. Apaixonei-me por este trabalho e desde então coordeno as barracas do Curso Fundamental I na Arsoi e na Fesoi, participo da confecção dos painéis das festas de encerramento do Jardim 3 e do 1.o ano do Ensino Fundamental do CSI, sou Tesoureira da ASIA e há 6 anos atuo no Ambulatório São Luís Gonzaga. Atualmente sou também voluntária do COB - Comitê Olímpico Brasileiro, tendo atuado nos Jogos Pan-Americanos de 2007 e sendo convidada para todos os grandes eventos esportivos realizados no Rio de Janeiro. Posso dizer que ser voluntária significa doar-se ou, inacianamente, “ser gente para os demais”. E por mais estranho que possa parecer, mesmo tendo como objetivo nada receber em troca, recebe-se muito: a partilha de alegrias e tristezas, sofrimentos e prazeres, derrotas e vitórias, um sorriso, uma lágrima... É bom ser bom! Para saber mais, acesse http:// excsi.com.br ‘link’ “obras sociais”.

DEPOIMENTO Agradeço a minha inclusão no Núcleo e fiquei felicíssimo ao receber o infoexCSI. Coloco as casas noturnas Nuth Barra e Nuth Lagoa à disposição de todos os inacianos para a realização de eventos - encontros e reencontros! Leopoldo Antonio Feijó Bittencourt (78/79)

DEPOIMENTO É com prazer que registro o recebimento do infoexCSI, cuja publicação tanto tem contribuido para, não obstante as distâncias, manter-nos congregados todos nós, antigos alunos do glorioso Colégio Santo Inácio. Desejando que este trabalho continue sem interrupção, Luciano Brandão Alves de Souza (36-42)

VOLTA NO TEMPO Armínio Fraga (75) relembra a hora do recreio do seu tempo de aluno. Agora, em qualquer intervalo dos eventos de que participa, abre a maleta e... tira um sanduíche! Ele explica para os que se admiram: “Estou tentando me alimentar melhor.”

Os jesuítas cultivam uma especial devoção ao Sagrado Coração de Jesus. No CSI há uma capela sob esta invocação. Nesse espírito, a Folhinha do Sagrado Coração de Jesus concretiza diariamente a presença do Sagrado Coração de Jesus em nossas vidas. Foi o jesuíta São Cláudio La Colombiere que divulgou, através do Apostolado da Oração, a mensagem de Jesus a Santa Margarida Maria Alcoque: “Eis o coração que tanto tem amado os homens e em recompensa não recebe, da maior parte deles, senão ingratidões pelas irreverências e sacrilégios, friezas e despezos que tem por Mim neste Sacramento de Amor”. Para ter a Folhinha do Sagrado Coração de Jesus, telefone para (21)3184-6274 ou a obtenha na Sacristia da Igreja de Santo Inácio, no Colégio. Além de ajudar pessoas carentes, você terá, diariamente, em cada página, uma série de informações úteis e curiosas. Mantenha a tradição! Divulgue a devoção!

PEDIDO “Tenho muita saudade do meu tempo de Colégio, dos amigos... Como moro longe, perdi todo o contato com meus colegas. Que bom encontrar o Núcleo! Quero notícias!” Sergio Meirelles Filho (78), morando em Capelinha - MG


n.o 150 - out-nov/2009 - infoexcsi - pág.3

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI um projeto premiado

QUEM É? VOCÊ JÀ VIU ESTA FOTO?

O projeto “Gerador para Roda d’Água” desenvolvido por aluno e professor da FEI conquistou o primeiro lugar em um concurso de invenções. Levar energia elétrica para residências rurais de pequeno porte de forma sustentável foi um dos objetivos propostos para o desenvolvimento de um gerador para roda d’água, idealizado pelo Centro Universitário da FEI. O dispositivo foi premiado na categoria Incentivo à Pesquisa na Agrifam (Feira da Agricultura Familiar e do Trabalho Rural), realizada entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, em Agudos, no interior de São Paulo. O equipamento foi resultado de um ano de trabalho de pesquisa do ex-aluno do curso de Engenharia Elétrica da FEI, Vinícius Rizzo, com o orientador e professor Mario Kawano. “Eu queria desenvolver algo na área de energia alternativa para dar oportunidade às pessoas que moram em pequenas residências rurais e que não têm acesso à energia elétrica”, explica o ex-aluno. O equipamento também pode gerar energia para carregar, por exemplo, bateria de caminhão. Para saber mais: http://www.fei.edu.br/noticias/SITE_FEI_NOVO/ Informativo_FEI/Noticias/2009/noticia064.htm um pouco da história Impregnado do espírito de Santo Inácio, o Pe. Roberto Sabóia de Medeiros, S.J., um homem de visão, culto e empreendedor, previu na década de 40 o grande desenvolvimento tecnológico que iria ocorrer no Brasil nos anos seguintes. Suas obras pioneiras tiveram início no ano de 1941 com a criação, em São Paulo, da primeira escola superior de Administração do país, a ESAN, Escola Superior de Administração de Negócios. Em 1945 o Pe. Sabóia instituiu a FCA, Fundação de Ciências Aplicadas, Instituição sem fins lucrativos e vinculada à Companhia de Jesus, para ser a mantenedora das escolas. No ano de 1946 ele funda a FEI - Faculdade de Engenharia Industrial, transferida no início dos anos 60 para São Bernardo do Campo, um grande pólo industrial da América Latina. Juntas, estas escolas foram responsáveis pela formação de aproximadamente 40 mil profissionais. Em março de 1999 outra instituição de ensino começou a funcionar em São Bernardo do Campo – a FCI, Faculdade de Informática. A partir de 2002 a FEI, a ESAN e a FCI passaram a compor o Centro Universitário da FEI, mantido pela Fundação Educacional Inaciana Pe. Sabóia de Medeiros, a nova denominação da FCA.

CASARAM-SE Diana Fontoura e Marcos Vinicius Rodrigues Vivacqua, ambos da Turma de 1999.

PROF. SAVIOLI Antonio Savioli, antigo Coordenador e Diretor Pedagógico do CSI, já está em casa, se recuperando de grave enfermidade.

Esta é uma foto de 2002. Um pai, com um brilho intenso de felicidade nos olhos, brinca com o filho. Sete anos depois, onde estão pai e filho? Para saber, vá até a pág.7.

INQUIETAÇÃO Vontade de gritar e não saber o quê... Vontade de sair e não se saber para onde... Vontade de tirar satisfações e não saber de quem... Vontade de comer e não se ter fome... Vontade de estar presente e não se chegar lá... Vontade de chegar na hora e já se sair atrasado... Vontade de ser ouvido e se estar só... Vontade de apontar o caminho a quem se recusa a seguir... Vontade de amar como nunca se amou... Vontade de dizer, quando o momento exato já passou... Vontade de chegar, estar, gritar, fazer, ouvir, apontar, dizer, ser alguma coisa melhor que antes... Inquietação é o principio da mudança, principio da vida... Se este mal o aflige alegre-se é sua vontade de viver que está inquieta... VIVA! Mauro Lemos (78)

NOVOS ALUNOS Em setrembro, o CSI convidou pais e candidatos a novos alunos para conhecerem as instalações e parte da equipe do colégio. Alguns antigos e antigas-alunas aceitaram o convite e “vestiram a camisa”! Para 2010, há 227 candidatos filhos e filhas de antigos e antigas-alunas.


pág.4 - infoexcsi - out-nov/2009 - n.o 150

100.o aniversário de EURÍPEDES CARDOSO DE MENEZES antigo-professor Comemorou-se no mês de setembro o 100.o aniversário do nascimento de Eurípides Cardoso de Menezes e estará se passando também, um ano de seu falecimento. Eurípides Cardoso de Menezes foi professor do Colégio Santo Inácio e também da PUC; e membro da Academia Brasileira de Educação. Durante mais de 40 anos, desenvolveu um apostolado radiofônico, levando diariamente a milhares de brasileiros, palavras de informação, de esclarecimento e de fé. Em seus programas, contava um fato, fazia uma reflexão e extraía uma lição de vida, destacando sempre a possibilidade de crescimento espiritual que está ao alcance de cada um de nós. Aos 15 anos sofreu seu maior baque, com a perda do pai com quem muito se identificava e de quem herdou o amor a Cristo e os dotes de orador; passou a ser o chefe de família e provedor de seus cinco irmãos. Lutando contra as adversidades, trabalhou e estudou; não permitiu que a vida o levasse de roldão: ao contrário, estudou Direito, Filosofia e Teologia; foi jornalista, deputado federal por cinco legislaturas consecutivas, magistrado no Conselho de Contas dos Municípios do Rio de Janeiro. Escritor e conferencista, visitou 52 países nos cinco continentes. Foi a vida toda um Educador. Com E maiúsculo. Sua atuação nos 20 anos em que foi Deputado Federal foi centrada no aperfeiçoamento da educação em todos os níveis. Presidiu durante muitos anos a Comissão de Educação e Cultura e, como tal, realizou um trabalho penoso e constante, buscando sempre ser eficiente na importante tarefa que resumia da seguinte forma “O povo é soberano . Eduquemos o Soberano”... Destacou-se sempre pela honradez, fibra e coerência. Tinha a grandeza das belas almas, era movido pela força da razão, da ética, do que deve ser feito. Conhecia o Brasil a fundo, estudou História e as relações internacionais. Prestigiava eventos e iniciativas que resultassem na consolidação dos laços com países de língua portuguesa. Foi orador em incontáveis solenidades em Casa Portuguesas, sempre exaltando o pioneirismo lusíada e as qualidades que resultaram nesse maravilhoso país que é o Brasil. Olhando sempre além, teve o discernimento para perceber que o Brasil devia se fazer presente na Antártica, cuja extensão é quase duas vezes maior que o nosso país. Levantando o tema na Escola Superior de Guerra e no Congresso Nacional, fez inúmeros discursos de esclarecimento e conscientização dos aspectos geopolíticos, e conseguiu dos governantes da época, a adesão do Brasil ao Tratado da Antártica. Desde então, com a construção lá, de uma base, e com a realização, agora rotineira, de viagens e pesquisas, o Brasil está participando do esforço de conhecer aquele continente e, sobretudo, está presente, garantindo-se para as gerações futuras, o direito às inúmeras possibilidades que a tecnologia do porvir permitir. Casou-se com Maria Ottoni, hoje com 93 anos, tiveram 10 filhos - seis meninos: Luiz Eurípides [60], Vianney [63], Cristiano [68], Jorge [68], Alvaro [72] e Marcelo [78] - que estudaram todos no Colégio Santo Inácio, e quatro meninas - Regina, Angela, Tereza e Cecília - que estudaram no Sion e Jacobina. Depois vieram os 25 netos e 14 bisnetos. Seus filhos guardam dele sempre a imagem do Pai-Farol a iluminar o caminho, o Pai-apoio a garantir a estrutura familiar, o Pai-amigo, o Paicoragem a enfrentar os momentos difíceis dizendo calmo e inabalável: “vulneratus non victus!” (ferido, mas não vencido). Tentando resumir numa frase, o que foi sua vida tão profícua, eu diria que “Passou pelo mundo, fazendo o bem”. Vianney Ottoni Cardoso de Menezes (63)

DIOGO DIAS PAES LEME, antigo-aluno de 1929-1934 Diogo está conseguindo reencontrar os seus contemporâneos do CSI. Noticiada a sua busca, várias pessoas o tem contatado. Ele conseguiu contato com Carlos Pio Ballarin (antigo-aluno de 1930-1934) e ficou feliz ao saber que Ballarin está “inteiríssimo nos seus 92 anos e ainda nada em piscina!” Flavio Henriques de Carvalho (69) também enviou um e-mail para Diogo: “Saber que papai, Victor Henriques, foi seu colega de turma foi uma grande notícia. Mormente porque, se vivo fosse, hoje ele também estaria com 90 para 91 anos, pois fazia anos no final de dezembro, dia 29. Certamente estaria a lhe enviar e-mails e a marcar algum chopp, quem sabe no Alcazar, no Lamas ou em qualquer outro ponto, para matar as saudades desses amigos de toda vida. Ele sempre comparecia aos encontros de sua turma que andaram acontecendo, pelo menos durante uma época, no Iate Clube. Infelizmente ele foi -se cedo, com 70 anos, em abril de 1989, lá se vão vinte anos. Saiba que eu e meus irmãos também estudamos no colégio, como rezava a tradição. Eu saí em 1969, exatos 35 anos depois dele e agora minha caçula, pois as meninas “tomaram” conta do “nosso pedaço”, se forma em dezembro, exatamente 40 anos depois de mim. Meus tios Aphonso e Celso também estudaram por lá. Tivemos parentes dos dois lados, de mãe e de pai, pelos corredores inacianos. Minha mãe tinha um tio, meu tio avô, Padre Fortuna [jesuíta], que era professor de química.” Contato com Diogo Dias Paes Leme, que reside em Brasília-DF: diogoleme@globo.com

CAÇA-TIROS Roberto Motta (79) traz para o Brasil o Shotspotter, sistema de detecção de disparos de armas de fogo. A notícia foi destaque na primeira página do jornal Valor Econômico dos dias 21-23/ago. Sensores de áudio instalados no topo de grandes edifícios e integrados a um sistema de mapeamento por GPS detecta a origem dos disparos em um raio de 2 km de cada sensor e exibe um mapa com a indicação do local de onde partiu o tiro. Nos EUA, 45 cidades usam a tecnologia “caça-tiros”.


ARCO METROPOLITANO Gilberto Campos Ribeiro (78) é engenheiro mecânico e partilha conosco sua nova atividade. “Trabalho agora na Construtora OAS Ltda exercendo a função de engenheiro responsável por qualidade e custos no Consórcio Arco do Rio que está construindo o lote 3 do Arco Metropolitano do Rio de Janeiro.”

LÁ LONGE Flávio Sertã Furtado de Mendonça (71) está morando em Trípoli, na Líbia.

FÉ E CIÊNCIA P.Pedro Magalhães Guimarães Ferreira SJ (53) lançou o livro “A Fé em Deus de Grandes Cientistas”, Ed.Loyola. P.Pedro é jesuíta e cientista, tendo se especializado em Teoria Matemática de Controles. Promovido a professor titular do Departamento de Engenharia Elétrica da PUC-Rio em 1986, é professor emérito desde 2006. É também comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e membro titular da Academia Nacional de Engenharia.

DEPOIMENTO O infoexCSI é muito bem feito e é sempre uma alegria lê-lo, tendo notícia dos velhos amigos! Gustavo José Mendes Tepedino (76)

CASAMENTO Mariana Brandão Botelho Martins (2000) casou-se com Cristian Mendes Lara (94).

DEPOIMENTO É muito bom continuar mantendo contato com o Colégio Santo Inácio que foi tão especial para mim e com os amigos de uma época tão feliz. Parabéns ao Núcleo. Maria Regina Magalhães Corrêa (74)

EM PRIMEIRO LUGAR! Adriana Santarosa Vivacqua (87) tomou posse no Departamento de Matemática da UFRJ após ser aprovada em primeiro lugar no concurso para professor. Adriana tem Mestrado na UFFE e no MIT, Inteligência Artificial, e Doutorado na COPPE em Engenharia de Sistemas e Computação.

n.o 150 - out-nov/2009 - infoexcsi - pág.5

BRASIL E VATICANO UMA POLÊMICA INCÔMODA Os meios de comunicação vêm abordando os entendimentos entre o governo brasileiro e o Vaticano que passaram pela discussão na Câmara dos Deputados, em Brasília. Há os que consideram um ajuste na convivência diplomática entre Estados; outros os criticam alegando a isenção do estado em relação a religião como também há os que desejariam uma tutela mais explícita e ampla, fruto de um proselitismo confessional e tradição dominante. No bojo da discussão, a idéia do expurgo dos símbolos religiosos dos próprios oficiais caracteriza o escrúpulo laico que leva na enxurrada a riqueza cultural e patrimonial de uma nação no desejo de detonar, se fosse possível, o Cristo Redentor do Corcovado da mesma forma com que se fez com a estátua de Saddam Hussein. Compete ao Estado zelar pelos direitos e pela cidadania nos termos de uma Constituição que delineia o perfil do país, preservando os valores de sua história, sua cultura e seu papel no concerto das outras nações. Há desconhecimento do conteúdo e mesmo projeção de temores inconscientes ou posições preconcebidas que dificultam a objetividade da questão. Não se trata de uma Concordata de Worms nem de uma volta ao Padroado do Império. No acordo existe o consenso de marcar a liberdade religiosa como crença pessoal e da organização institucional dentro do que prevê a Constituição. Nele não se buscam alianças ou privilégios exclusivos para a Igreja Católica. Bate-se por direitos extensivos a todas as confissões religiosas devidamente reconhecidas e credenciadas. Desta forma, o Vaticano antecipa-se e a Igreja Católica no Brasil torna-se a voz dos que desejam que sua fé e as obras de sua religião tenham seu espaço, sua vez e sua voz. Concretamente são levantados os seguintes pontos: 1) o reconhecimento da personalidade jurídica de suas instituições; 2) a introdução do ensino religioso nas escolas oficiais, com matrícula facultativa, respeitando a diversidade cultural e religiosa, sem discriminação. 3) o reconhecimento do casamento religioso para efeito civil 4) o respeito ao segredo de confissão dos sacerdotes como sigilo profissional. 5) a imunidade e isenção tributária das pessoas jurídicas e obras assistenciais reconhecidas 6) o reconhecimento do vínculo religioso que a Igreja estabelece com os padres e religiosos de acordo com a jurisprudência em relação às leis trabalhistas. Os pontos polêmicos referem-se ao Ensino Religioso e à imunidade tributária pelo fato de que ambos implicariam em posicionamento religioso do Estado com desdobramentos administrativos nos orçamentos públicos causados pela imunidade tributária. No entanto, esses pontos são matérias de direito institucional devidamente regulamentadas pelas instâncias legislativas e judiciárias. Compete ao Estado zelar por esses direitos. Numa visão genérica, o acordo pretende estabelecer as regras do jogo diplomático protegendo os valores culturais, religiosos e sociais da cidadania brasileira acima das subjetividades corporativas. Afinal, somos um pais tropical, abençoado por Deus! Pe. Paulo D’Elboux, SJ pdelboux@fei.edu.br in infoFEi, Informativo do Centro Universitário da FEI - set/2009


ANDANÇAS

pág.6 - infoexcsi - out-nov/2009 - n.o 150

LINHAS 2 - SOLITUDE “Acho que poucos sabem, mas tenho o hábito de escrever. É simplesmente um hábito, tal como tomar banho ao acordar, escovar os dentes antes de me barbear, pentear o cabelo antes e depois de me vestir, usar sapatos da mesma cor do cinto, olhar o jornal antes de sair de casa, não almoçar em dias de trabalho, exercitar-me após o jantar, sentar-me à mesa sempre no mesmo lugar e, mesmo, pensar na vida antes de dormir. Como todo e qualquer hábito, é difícil mudá-lo. Sendo assim, continuo escrevendo. Bem ou mal, sei lá, mas continuo. Escolhi a poesia como estilo, mas certamente não sou um poeta, apenas faço poesia a partir do que sinto e vivo, enquanto vivo. E quem me conhece, sabe o quanto sinto.” Ricardo Esch (76) lançou o seu segundo livro ‘solo’ de poesias: “Linhas 2 Solitude”, 28 anos após o primeiro, o que representa muita vida e muito sentimento. All Print é a editora (allprinteditora.com.br). “Solitude fala do estado de privacidade, não significando, propriamente, solidão. Pode representar o isolamento e a reclusão, porém não diretamente associados a sofrimento. Pode-se lembrar, como estado de solitude, do período em que Jesus se isolou para reflexão.”

Pedro Paulo Ribeiro Vieira (94) está escrevendo um livro sobre suas andanças dos ultimos 17 anos, em mais de 90 locais em 26 países. Parte de suas “recordações” há muito está no ‘site’ serviço, sob o título “Um trabalho na Amazônia”, contando suas ‘aventuras’, pesquisando malária. Os textos são de 2001 e interessantíssimos. Como exemplo: “A aldeia dos “Kanamaris” fica longe do braço de um Igarapé (afluente do Rio Juruá) que serviria de “pista de pouso”. Contudo, “é uma curva e muito estreita, por consequência um pouso muito arriscado”, diz ele. E mesmo que fosse possível pousar, uma vez no solo, a distância da margem do rio até a aldeia é equivalente a 12 horas andando em mata fechada carregando caixas e equipamentos. Completamente inviável. O material, fotos e textos, que Pedro Paulo publicará estão no blog www.pesporai.blogspot.com

CAMPEÃO

SOL, MAR E DESCONTO! Bruno Scarpellini (95) oferece uma grande promoção na Pousada & SPA Maria Maria, em Búzios - RJ. A Pousada fica na Praia da Ferradura e está à disposição de todos o ano inteiro, com 16 quartos com ar condicionado, tv, frigobar e possibilidade de quartos duplos, triplos e quádruplos! Antigos e antigas-alunas & família têm 10% de desconto. Para saber mais, www.mariamariabuzios.com.br

Rafael Ceccon de Araujo (2000) foi o técnico da equipe de double skiff Tronco e Braço misto com os atletas Josiane Dias de Lima (SC) e Elton Santana (BA) no Mundial de Remo Adaptado em Poznan, na Polônia, conquistando a medalha de prata. Atletas brasileiros foram bronze em Pequim e o Brasil é o atual campeão mundial nesta prova. Rafael esteve na comissão técnica da equipe brasileira nas Paraolimpíadas, realizadas ano passado na China.

FALECIMENTOS TERRA SANTA Fernando Genschow (48), como faz todos os anos, reúne amigos com seus familiares para uma viagem ao exterior. Para 2010 foi escolhida a Terra Santa. Será um completo roteiro de 10 dias. Para saber mais: fagenschow@yahoo.com.br ou (21)2242-2616.

Bruno del Soldato (47) Maria Celeste de Andrade Pantoja Leite, esposa de Alvaro Pantoja Leite (1934) e mãe de Alvaro Luiz (68), Sergio (69), Flavio (67) e Rique (74) Valter Liu Cheng Costa (95)

DEPOIMENTO “Informo que o meu pai, Bruno del Soldato (47), faleceu. Ele era ex-aluno do Colégio Santo Inácio, do qual ele sempre falou com muito carinho. Ele recebia e lia o infoexCSI. Sandra del Soldato”


SUCESSO O estúdio Dulado Design é formado por alguns ex-alunos do CSI. André Duffles (2000), Victor Neves (2000), Guilherme Santos (2000) e Ivan Barbosa (2003) fazem parte desta equipe. Identidades visuais, animações, ilustrações, fotografia, cenografia, produto, websites, impressos, projetos editoriais e audiovisuais são apenas algumas das atividades desenvolvidas no estúdio. Com apenas 2 anos de existência, a jovem equipe já conquistou a confiança de clientes importantes! Para saber mais: www.dulado.com.br

TALENTO DISPONÍVEL Mauricio Chaves de Aguiar, antigoaluno do Colégio Nóbrega (Recife-PE), residindo no Rio de Janeiro-RJ, se coloca a disposição para trabalhar como Analista de Sistemas com o perfil em COBOL, CICS, DB2, CSP, EASYTRIEVE-PLUS etc. na linha IBM, já tendo atuado em empresas de grande porte como estaleiro, banco, comércio e financeira com mais de 20 anos no mer-cado. Contato: mauricio.chaves@brfree.com.br

NASCEU! Beatriz, terceira filha de Marcantonio Fabra (81) Maria Valentina, filha de Mariana Caldas da Cunha (96) e Lucas Machado Lyra (do Colégio Loyola - Belo Horizonte-MG) João Felipe, irmão de Maria Eduarda e Gabriela, filho de Cristiane e Bruno Wunder de Alencar (93)

QUEM É? VOCÊ JÀ VIU ESTA FOTO?

A foto é a 547, no site “fotos & recordações” do ‘portal’ do Núcleo, e retrata Gustavo, filho de José Roberto de Mattos Rodrigues Filho (83), em dois momentos com o pai. Onde estão, 7 anos depois, pai e filho? Você sabe? Avise! Ah! O ‘portal’ está em novo endereço, “curtinho! facinho! facinho!”: http://excsi.com.br

n.o 150 - out-nov/2009 - infoexcsi - pág.7

.COM VIVÊNCIA Em 19set, Marcelo Senra (78) promoveu um encontro entre coordenadores pedagógicos, professores e orientadores educacionais na Fazenda Ribeirão Hotel de Lazer, em Barra do Piraí-RJ. O encontro apresentou para 50 educadores o Programa .COM VIVÊNCIA, desenvolvido pela Aribira Treinamentos, fundamentado nos quatro pilares da educação (Conhecer-Fazer-Conviver-Ser) e direcionado para o desenvolvimento de competências e habilidades nos jovens, assim como colaborar na formação escolar, humana e cidadã dos alunos. O programa utiliza atividades e dinâmicas ao ar livre para trabalhar competências, compromisso com o coletivo, raciocínio lógico, senso crítico, autoconfiança , respeito às diferenças, tomada de decisão, determinação, contextualização etc. Assim como na pedagogia inaciana, o .COM VIVÊNCIA constrói novos aprendizados, conhecimentos e relacionamentos a partir da “reflexão sobre experiências concretas e contextualizadas na vida”. O .COM VIVÊNCIA é um programa pioneiro no universo pedagógico carioca e este evento teve a presença de educadores do São Bento, Santo Agostinho, Andrews, Bahiense, Sion, Imaculada Conceição, Liceu Franco Brasileiro etc. Para saber mais, acesse www.aribira.com.br ou entre em contato com Marcelo Senra pelo email marcelo@aribira.com.br ou pelos telefones 93771856 e 3627-9313.

OSCAR DE MELHOR FILME ESTRANGEIRO “Salve geral”, de Sérgio Rezende (69), foi o longa-metragem escolhido para representar o Brasil na disputa pelo ‘Oscar de melhor filme estrangeiro’ em 2010. Sérgio estreou na direção há 35 anos com o curta-metragem “Pra não dizer que competi”, em 1974. Baseado em fatos reais, Salve Geral conta a história de mulheres que atuam nos bastidores de uma facção criminosa. Inspirado nos ataques do PCC (Primeiro Comando da Capital) que paralisaram São Paulo em maio de 2006. Em meio ao caos, a professora de piano Lúcia tem a missão de tirar o filho adolescente da cadeia. Mulher simples, de classe média, ela passa por dificuldades financeiras. Na penitenciária, acaba influenciada e começa a trabalhar para uma poderosa organização criminosa, o Comando.


pág.8 - infoexcsi - out-nov/2009 - n.o 150

REENCONTROS

mantenh a atualiz ado seu para rec e-mail eber notí cias!

1948 - almoço dia 24/nov no restaurante do Jockey Club, no Centro; contato: Fernando Antonio Genschow - fagenschow@yahoo.com.br 1949 - 60 anos 1950 - almoço mensal; contato: Luiz Carlos Ramos luizcarlosramos1417@hotmail.com ou (21)2259-9916 1953 - almoço na terceira sexta-feira do mês; contato Paulo Eugênio Niemeyer peniemeyer@mail.com 1954 - 55 anos - dia 22/nov: 12h missa na Igrteja da PUC-Rio, almoço no Real Astória (Enseada de Botafogo); primeira terça-feira do mês, almoço no restaurante do Catete Grill (R.do Catete 217); contato: Jorge França - tel. (21)2552-2952 1955 - última quinta-feira do mês, almoço no Siqueira Grill (R.Siqueira Campos 16B quase Av.Atlântica) - contato: Claudio Janowitzer - (21)2553-4776/9202-7428 ou cjano@terra.com.br 1959 - 50 anos - 4/dez no Clube Germânia; contato: Carlos Alexandre Sá carlosalex.sa@terra.com.br ou (21)2512-7187 1964 - 45 anos 1966 - última quarta-feira dos meses ímpares, no Artigiano (Av.Epitácio Pessoa 204 tel. 2512-6107/ 2512-3099) às 20h30min; contato: Paulo Renato Couto prcouto@rjnet.com.br 1967 - 9/dez, às 20h, no Clube Paissandu; contato: Camilo Pereira Carneiro Neto (21)2552-0035 e Evandro Leal de Souza Lima - pedrolimaflu@gmail.com 1969 - segunda quinta-feira do mês a partir das 20h no Azeitona (R.Dias Ferreira 647A/ Leblon/2540-5166); contato: Bruno Malburg - brunomalburg@gmail.com 1970 - primeira quarta-feira do mês a partir das 20h no Hipódromo, na Pça.Santos Dumont; contato: Rodolfo Porto d’Ave Jr. - tel. (21)7841-6406 ou pdave@cip.com.br 1974 - 35 anos - 6/dez no Espaço de Convivência do Centro Esportivo Santo Inácio; primeira terça-feira do mês no Pronto do Leblon, a partir das 20h; contato: Antonio Marcos - ammoreira@terra.com.br 1975 - 25/out no Espaço de Convivência do Centro Esportivo Santo Inácio; reencontros mensais: primeira terça-feira do mês no Restaurante do Jockey (Av. Antonio Carlos 501/11A); contato: André Penna Franca - pfranca@domain.com.br 1976 - programando um reencontro; contato: Patrícia Aquino paquino.mendes@gmail.com 1978 - 20/dez no Espaço de Convivência do Centro Esportivo Santo Inácio; contato: Alexandre Furtado - furtalex@uol .com.br; reencontros mensais: almoço na última sexta-feira do mês; contato: Felipe Guerra - felipe@seaworld.com.br 1979 - 30 anos - 19/dez no Clube Germânia; contato: Luiz Gallotti Povoa luizgpovoa@gmail.com 1980 - reencontros no Cobal do Leblon; contato: Marcelo Junqueira junqueiraefrancoadv @globo.com e Malu Di Spio ou Malu Di Sipio maludisipio@hotmail.com 1981 - reencontro 27/nov no Cobal do Leblon; contato: Mário Sérgio de Campos Mathias - msmathias@globo.com 1984 - 25 anos - 1.o/dez no Zero-Zero (planetário da Gávea); contato Guilherme Libanio Carvalho - guilherme@agricombrasil.com.br ou (21)3206-0007 1989 - 20 anos - 15/nov: missa, almoço e reinauguração do Quadro de Formatura (destruído num incêndio); contatos: Edith Bertoletti - edith.bertoletti@gmail.com, Karla Reblin - karla.reblin@cariocaengenharia.com.br, Georgiana Amaral gamaral@domain.com.br, Roberto Wu - robwu@gmail.com 1990 - programando o reencontro dos 20 anos; contato: Marcelo Muniz marcelo@visual.art.br 1994 - 15 anos - 13/dez na R.Sérgio Porto 317 (Gávea); organizando o reencontro contato: Bruno Eichin Amaral - brunoeichin@yahoo.com.br; contatos Turma 31: Rodrigo Azevedo - rodrigo.azevedo@siemens-enterprise.com; Turma 32: Rodrigo Polonia - rod.gouvea@uol.com.br; Turma 33: Juliana Gilvaz - jgilvaz@yahoo.com.br; Turma 34: Daniella Bastos - daniellabastos@globo.com; Turma 35: Erika Martins badu@centroin.com.br 1999 - 10 anos - 13/dez no Espaço de Convivência do Centro Esportivo Santo Inácio; contatos: Erika Travagini - etravagini@gmail.com, Rodrigo Mousinho - rodrigomou sinho@gmail.com, Breno Jacome - jacome@gmail.com, Marcela Penha - marcela. penha@gmail.com, Bruno Severino - bruno_seve@hotmail.com, Paulo Burnier da Silveira - pburnier@gmail.com 2000 - preparando o reencontro dos 10 anos; contato: Guilherme Santos guicfs@hotmail.com (acesse http://excsi.com.br/FOTO1199A.HTM e seguintes) 2004 - 5 anos - organizando a festa: Ana Carolina Pires - aninhapff@ig.com.br

OUT-NOV/2009  

Informativo do Núcleo de Antigos-Alunos do Colégio Santo Inácio

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you