Issuu on Google+

ÃO IÇ ED 02

INFORMATIVO DA SECRETARIA EXTRAORDINÁRIA DA COPA DE 2014 EM PERNAMBUCO

12 20 UT /O ET |S

PERNAMBUCO TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014

Programa de voluntariado tem recorde de inscrições

03

Usina solar da Arena começará a funcionar em 2013

08

Juntos num só ritmo

TM

Seminários regionais levam clima da Copa do Mundo da FIFA para o interior do Estado TM

FOTOS: COONSULT


02 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014TM

EXPEDIENTE GUILHERME VERÍSSIMO

Diretora de redação Luciana Nunes Lewis luciana@exclusivabr.com

Editora Marianne Britto marianne@exclusivabr.com

Atendimento Juliana Pessoa juliana@exclusivabr.com

Repórteres Bruno Marinho Priscila D'arc priscila@exclusivabr.com

Revisor Bruno Marinho bruno@exclusivabr.com

Editora de arte Paula K. Santos paula@exclusivabr.com

Designers Ana Elisa Ribeiro anaelisa@exclusivabr.com

Glaucos Ribeiro glaucos@exclusivabr.com

Juliana Delgado julianadelgado@exclusivabr.com

Fotógrafo Guilherme Veríssimo guilherme@exclusivabr.com

Exclusiva!BR Rua da Guia, 99 Recife Antigo, Recife-PE www.exclusivabr.com facebook.com/exclusivabr

Editorial Não poderia estar mais enganado quem acredita que a Copa do Mundo se resume apenas a jogos de futebol. O maior evento esportivo do planeta é, na verdade, um grande vetor de desenvolvimento e sediá-lo representa a oportunidade de dar um salto na qualidade da vida da população. Diante de um projeto do porte do Mundial da FIFA, não poderíamos permitir que os benefícios ficassem restritos à cidade-sede Recife. Por isso, o Governo de Pernambuco assumiu a missão de estadualizar o evento, fazendo com que todos — do cais ao sertão — se sintam participantes e beneficiários com a realização da Copa de 2014 no Estado. Foi nesse contexto que nasceu a ideia de realizarmos os Seminários Regionais Pernambuco na Copa do Mundo da FIFA. Nos meses de agosto e setembro, visitamos 16 localidades, abrangendo todas as regiões de desenvolvimento do Estado. Em cada município visitado, o desejo era sempre o mesmo: interiorizar os benefícios do Mundial de 2014 em Pernambuco, compartilhando o legado para todo o Estado. Após percorrer exatos 6.024 km, trouxemos na bagagem as mais diversas sugestões para integrar as cidades pernambucanas ao projeto da Copa – todas oriundas de um ambiente de diálogo com a população, que atendeu à convocação para vestir a camisa dessa iniciativa pioneira e lotou as plenárias no Sertão, Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana afora. Mobilidade urbana, política pública de esporte, proteção aos direitos das crianças e dos adolescentes, qualificação, turismo e voluntariado: todos esses temas entraram em campo durante os 16 seminários. Porém, mais importante que a diversidade de demandas registradas nas plenárias, ou ainda a quantidade de participantes nas atividades recreativas e culturais, foi ver cada morador, cada estudante, cada cidadão aceitando o nosso convite de se construir conjuntamente os caminhos para extrair o máximo de benefícios que a Copa do Mundo tem a nos oferecer. Foi este o nosso verdadeiro gol de placa. Gilberto Pimentel Secretário Executivo de Relações Institucionais da SECOPA-PE

EXPEDIENTE Governador do Estado de Pernambuco Eduardo Campos Vice-governador do Estado de Pernambuco João Lyra Neto Secretário Extraordinário da Copa de 2014 em Pernambuco Ricardo Leitão

Secretário Executivo de Supervisão Técnica Silvio Bompastor

Secretário Executivo de Relações Institucionais Gilberto Pimentel


03 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014

TM

Brasil tem recorde de inscrições de voluntários para a Copa

EXPRESSAS

Copa segura DJAIR PEDRO

VOLUNTARIADO

O estudante Rafael Fernandes se inscreveu no Programa de Voluntariado da FIFA logo nos primeiros dias

Com aproximadamente 131 mil candidatos de 147 países, o Programa de Voluntariado da Copa do Mundo FIFA 2014 bateu o recorde em inscrições, ultrapassando a meta inicial de 90 mil. De acordo com o balanço divulgado pela FIFA, há 7.450 candidatos de outras nacionalidades Entre os dez países com maior número de inscritos, os quatro primeiros são nações de língua espanhola: Colômbia, Argentina, Espanha e México, totalizando 500 inscrições. Pernambuco tem 5.543 inscritos, entre eles o estudante de Administração da Universidade Católica de Pernambuco Rafael Fernandes, 22 anos, que fez a inscrição logo nos primeiros dias. "A Copa do Mundo no Brasil é uma coisa única, e ela ser feita no Estado também é uma coisa única”, revela o estudante. O estudante paraibano Rodolpho Martins, de 23 anos, teve a oportunidade de atuar como voluntário na Copa da África, em 2010. Ele auxiliava os torcedores nos estádios e trabalhou ainda na organização dos voluntários e no apoio aos jornalistas no Media Center do estádio. “O mais importante é ter sempre um sorriso no rosto, mãos e coração bem abertos para receber todos os espectadores”, pontuou. Para 2014, a expectativa é de que tenhamos 7 mil voluntários trabalhando durante os jogos da

Copa das Confederações de 2013 e 15 mil para a Copa do Mundo de 2014. Nas últimas edições, o número de inscrições do voluntariado também foi grande, mas nada comparado à edição atual. No Mundial da Alemanha, em 2006, foram 48 mil inscritos. Já na edição da África do Sul, em 2010, foram registrados 70 mil interessados na primeira etapa do processo de inscrição do voluntariado. VOLUNTARIADO LOCAL Além do Programa de Voluntários da FIFA, as cidades-sede lançarão o programa de voluntariado local. Em Pernambuco, o programa está em discussão e tem previsão para ser lançado até o final do ano. Será a chance de quem não fez a inscrição no programa da FIFA participar como voluntário da Copa do Mundo na sua cidade. O especialista na área de voluntariado e liderança Richard Lynch realizou, em setembro, um workshop na SECOPA-PE para representantes do Governo que estarão à frente da organização desse projeto. No evento, Lynch abordou a importância de se ter um trabalho voluntário em grandes eventos e a necessidade de se preservar o desejo de participação da população. “Não temos que pensar em voluntários como mão de obra gratuita, mas sim como parceiros”, afirmou.

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco está investindo R$ 13 milhões na capacitação dos policiais que vão atuar nos eventos da FIFA no Estado. Um dos cursos realizados foi sobre o Método Giraldi, que busca que a ação contra o agressor seja cessada sem o uso da violência extrema. Ao todo, já foram capacitados nessa técnica 123 instrutores e 1.824 usuários desde 2008. Cada turma é formada por 20 policiais, e, neste ano, devem ser formadas mais 100 turmas. Policiais que trabalharão diretamente na Arena Pernambuco também receberão esse treinamento: no total, são 2 mil policiais militares e 600 policiais civis, chamados de Operadores da Copa.

Comemoração social GUILHERME VERÍSSIMO

GUILHERME VERÍSSIMO

Dos quase 131 mil inscritos no Programa de Voluntariado da FIFA, 5.543 são do Estado de Pernambuco

A comemoração dos 700 dias para a Copa do Mundo foi marcada pelo comprometimento com os valores sociais. Durante a tarde do dia 12 de julho, centenas de crianças participaram da 1ª edição do projeto Craques do Amanhã, realizada no Quartel do Derby. Os pequenos participaram de uma clínica de futebol, onde puderam praticar os principais fundamentos do esporte, participaram de atividades recreativas, como totó e gincanas, e interagiram com o meia Wesley (Santa Cruz), Kuki (ex-jogador do Náutico) e o goleiro Magrão (Sport). À noite, em Boa Viagem, foi realizada a palestra Futebol e Responsabilidade Social, uma parceria da SECOPA-PE com a ONG love.fútbol.

Divulgação turística em Londres Profissionais da área de turismo, jornalistas e formadores de opinião puderam conhecer um pouco mais as principais atrações turísticas de Pernambuco na exposição Brazil at Heart, realizada na embaixada brasileira em Londres durante o mês de agosto. Na mostra, foram apresentadas as principais riquezas do Estado, desde a culinária até pontos turísticos, passando pela cultura e pelo artesanato. A programação contou ainda com uma apresentação em que músicos e dançarinos homenagearam no ritmo do frevo os atletas que participaram das Olimpíadas 2012.


04 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014TM

CAPA

Um só time do cais ao sertão

COONSULT

Seminários regionais levam o clima de Copa do Mundo para todas as regiões de desenvolvimento de Pernambuco

Mais de 6 mil km rodados, aproximadamente 3,4 mil participantes nas plenárias, 469 demandas e sugestões catalogadas, 4,2 mil estudantes na atividade recreativa (futebol de sabão) e cerca de 1,9 mil convidados para a atividade cultural (Cinema na Praça). Os números ratificam o êxito da realização dos Seminários Regionais Pernambuco na Copa do Mundo da FIFA, que visitaram 16 localidades do Estado, partindo de São Lourenço da Mata no início de agosto e chegando à cidade-sede Recife no dia 25 de setembro. Cada local visitado recebeu não apenas a apresentação do projeto Pernambuco na Copa, como também uma atividade recreativa (campeonato de futebol de sabão) e uma atividade cultural (Cinema na Praça). Entre as principais demandas registradas nas plenárias com a população das 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado, estão a política pública de esporte, as ações de proteção aos direitos das crianças e dos adolescentes, os projetos de qualificação, os investimentos na área do Plenárias lotadas para discutir o projeto Pernambuco na Copa marcaram a Caravana do Governo

REGIÃO METROPOLITANA OESTE SÃO LOURENÇO DA MATA (07/08) Programa de voluntariado Acessibilidade na Arena Pernambuco e na Cidade da Copa Cursos de capacitação profissional

Araripina SERTÃO DO PAJEÚ

SERTÃO DO ARARIPE

AGRESTE SETENTRIONAL - LIMOEIRO (09/08)

SERTÃO CENTRAL

Catálogo para os turistas com endereços de instituições religiosas Cursos de qualificação para a população do interior Programa de voluntariado

Salgueiro SERTÃO DO MOXOTÓ SERTÃO DE ITAPARICA

SERTÃO DO SÃO FRANCISCO

ZONA DA MATA NORTE - GOIANA (13/08)

Serra Talhada

Capacitação de agentes culturais Criação de corredor turístico para explorar o potencial cultural da região Cursos de qualificação profissional

Petrolândia

Região Metropolitana do Recife (RMR)

Petrolina

REGIÃO METROPOLITANA NORTE - PAULISTA (15/08)  tilização da rodovia PE-18 como rota alternativa para os U turistas Maior estrutura dos Conselhos Tutelares para um melhor atendimento Participação do público da terceira idade como voluntário

REGIÃO METROPOLITANA SUL CABO DE SANTO AGOSTINHO (17/08) Campanhas de combate à exploração sexual e ao trabalho infantil Maior articulação da Secretaria Estadual da Criança e da Juventude com os conselhos municipais Divulgação da cultura pernambucana para os turistas

Agreste Zona da Mata Sertão

ZONA DA MATA SUL PALMARES (21/08) Gravação de vídeos que divulguem os atrativos turísticos da região Comissões de elaboração e monitoramento de ações no setor turístico Capacitações realizadas por instituições como Senai e Sebrae

AGRESTE MERIDIONAL GARANHUNS (23/08) Antecipação do Festival de Inverno de Garanhuns para coincidir com os jogos da Copa do Mundo em Pernambuco Campanhas educativas para alertar sobre o desaparecimento de crianças e adolescentes Capacitações para o bom atendi mento aos turistas

A Copa do Mundo com maior média de gols foi a de 1954, na Suíça. Foram marcados, em média, 5,4 gols por partida.


05 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014

TM

turismo e o programa de voluntariado. “Nós tivemos uma enorme felicidade em ver a maturidade da população do interior. Em nenhuma cidade tivemos uma discussão política, o que era o nosso receio devido a 2012 ser um ano eleitoral. Pelo contrário, em cada uma das cidades visitadas, foi um dia dedicado ao futebol. Colocar o projeto dos seminários nas ruas foi um verdadeiro gol de placa, pois conseguimos alcançar o objetivo de levar o clima de Copa do Mundo para todo o Estado”, afirma o Secretário Executivo de Relações Institucionais da SECOPA-PE, Gilberto Pimentel. A maior parte dos seminários contou ainda com uma palestra do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), na qual foi apresentado um mapeamento das oportunidades de negócios geradas pela Copa do Mundo no Estado. De acordo com o estudo, que foi feito em parceria com a Fundação Getulio Vargas, foram identificadas 314 oportunidades em diversos setores prioritários,

como construção civil, tecnologia de informação, turismo, comércio varejista, têxtil e vestuário. “Ao identificar uma oportunidade de negócio, o primeiro passo é colocar a ideia no papel e fazer um plano de negócio. Mas, para obter os melhores resultados, a capacitação é fundamental. E o Sebrae está disponível para auxiliar nessa área”, ressalta Valdir Cavalcanti, que atua como consultor da instituição. O último seminário, realizado na capital pernambucana, contou com a participação especial do consultor norte-americano Richard Lynch, que ministrou a palestra Organização e gerenciamento de uma grande iniciativa de voluntariado. Recrutamento, treinamento e retenção de voluntários em megaeventos foram alguns dos temas abordados por ele, que é referência mundial no assunto. “Seria maravilhoso que as pessoas continuassem a fazer trabalho voluntariado após a Copa do Mundo. Os jovens são idealistas: eles olham para a sociedade em que nasceram, percebem os

problemas existentes e querem solucioná-los. Mas o governo nunca vai ter dinheiro suficiente para solucionar esses problemas. Por isso, um bom programa de voluntariado permite que você mobilize todos os recursos da comunidade”, aponta o especialista. SEGUNDO TEMPO Uma vez catalogadas, as demandas de cada localidade serão enviadas, de acordo com a área, para a respectiva câmara temática, dentre as doze existentes: infraestrutura; segurança; saúde; voluntariado; desenvolvimento turístico; meio ambiente e sustentabilidade; educação e cultura; sistema de transporte; promoção comercial e tecnológica; estádios, centros oficiais de treinamento e estruturas temporárias; transparência; e trabalho e ação social. Com isso, a câmara temática relacionada à principal demanda levantada em cada região voltará para ampliar e aprofundar as discussões com dados técnicos e estimular a elaboração de projetos. RECIFE (25/09)

Fernando de Noronha

FERNANDO DE NORONHA (20/09)

Goiana MATA NORTE

AGRESTE SETENTRIONAL Limoeiro AGRESTE CENTRAL

Arcoverde

São Lourenço Paulista da Mata RMR

Caruaru

Balanço dos seminários regionais Estratégias de recrutamento e treinamento de voluntários Voluntariado como legado social da Copa

Recife Cabo de Santo Agostinho

MATA SUL

 evitalização das quadras e dos espaços públicos de esporte R Cursos de capacitação profissional Combate à exploração de crianças e adolescentes e ao trabalho infantil

AGRESTE CENTRAL - CARUARU (17/09)  equalificação do aeroporto de Caruaru R Utilização do São João como potencial atrativo para levar os turistas até o Agreste Central Reforma dos terminais rodoviários e ampliação da sinalização turística no interior

Palmares

Garanhuns

SERTÃO DO MOXOTÓ - ARCOVERDE (13/09)

AGRESTE MERIDIONAL

SERTÃO DO SÃO FRANCISCO - PETROLINA (27/08)  entro de Treinamento de Seleções C Ações que garantam a acessibilidade e a coleta seletiva de lixo Políticas públicas contra a exploração sexual de crianças e adolescentes e o trabalho infantil

SERTÃO DO ARARIPE ARARIPINA (29/08)  isponibilização de pacotes de viaD gem pelo interior do Estado Investimentos no esporte amador e construção de quadras públicas Cursos de capacitação profissional

SERTÃO DO PAJEÚ SERRA TALHADA (03/09) Obras no Aeroporto do Pajeú Melhorias na sinalização turística  nas cidades do interior Inclusão da cultura e gastronomia sertaneja nos roteiros turísticos

 rograma de voluntariado P Elaboração de projetos sociais na área de esportes Cursos de qualificação profissional para os jovens

SERTÃO DE ITAPARICA - PETROLÂNDIA (11/09) Elaboração de material pedagógico sobre a Copa do Mundo  spaço na Cidade da Copa para exposição e comercialização E do artesanato sertanejo Maior divulgação das ações de segurança pública no interior

SERTÃO CENTRAL - SALGUEIRO (05/09)  onstrução de ginásios e investimentos na formação de atletas C Interiorização dos cursos de formação de árbitros de futebol Exibição pública de jogos agregada a apresentações culturais do Sertão

O goleiro que ficou o maior tempo sem tomar gols em uma Copa do Mundo foi o italiano Walter Zenga. Ele ficou, no Mundial de 1990, 517 minutos sem sofrer gols.


06 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014TM

CANARINHO

Entrevista

Sem perder, Seleção Brasileira se despede do Arruda VLADEMIR ALMEIDA

Das dez partidas que disputou no estádio pernambucano, Seleção conquistou oito vitórias e dois empates

Foi com uma goleada histórica de 8 a 0 sobre a China que a Seleção Brasileira fez seu jogo de despedida no Estádio José do Rego Maciel, mais conhecido como Arruda. Ao todo, foram dez partidas disputadas no estádio do Santa Cruz, onde a Seleção realizou jogos marcantes, tendo o local como um amuleto. Foi como o Arruda ficou conhecido depois que o Brasil venceu por 6 a 0 a Bolívia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1994. Mesmo com o sentimento de despedida, para os pernambucanos, não é o fim, pois, na próxima vinda ao Estado, a Seleção Brasileira irá jogar na Arena Pernambuco, que está sendo construída para receber a Copa das Confederações FIFA 2013 e a Copa do Mundo FIFA 2014. “Pude ser testemunha de dois jogos da Seleção Brasileira no Arruda, é muito bom ver aquele estádio onde costumo assistir aos jogos do Santa todo em verde e amarelo. Foi uma grande emoção e acredito que será ainda mais emocionante ver o desempenho dos jogadores na Arena Pernambuco”, revela o torcedor do Santa Cruz e da Seleção Brasileira Fábio Lindoso, 21 anos. Além do jogo contra a China, ele esteve presente na disputa entre Brasil e Paraguai, em 2009, quando a Seleção Canarinho venceu os vizinhos sul-americanos por 2 a 0. Com o resultado final, os torcedores saíram satisfeitos com o que

viram, e os jogadores foram aplaudidos. Somando o resultado desse jogo, o Arruda foi testemunha de um total de 25 gols marcados pela Seleção e cinco sofridos, sendo eles distribuídos em oito vitórias e dois empates. Outras particularidades também reforçam a boa relação entre a Seleção e o estádio, como o fato de ter sido em solo pernambucano que Ronaldo Fenômeno fez sua primeira partida na Seleção principal, no ano de 1994. Ainda desconhecido, Ronaldinho entrou em campo no segundo tempo de uma partida contra a eterna rival Argentina. O jogo terminou com o placar de 2 a 0, vitória nacional. Das partidas emocionantes, o destaque vai para o jogo contra a Iugoslávia em 1986, com ênfase no desempenho do meio-campista Zico, que marcou três gols na vitória do Brasil por 4 a 2. Outro confronto que merece ser lembrado é a goleada sobre a Bolívia nas Eliminatórias do Mundial de 1994. Na ocasião, a Seleção estava desacreditada, e o então zagueiro Ricardo Rocha sugeriu que todos entrassem em campo de mãos dadas. A estratégia deu certo, a torcida deu força total, e o time saiu vencedor, com o histórico placar de 6 a 0. Após conquistar o título da Copa do Mundo realizada nos Estados Unidos, e a pedido de Romário, todo o time veio fazer um desfile pelas ruas do Recife com a taça.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Fundação Getulio Vargas, realizou um mapeamento das oportunidades de negócios para a Copa do Mundo no Brasil. Em Pernambuco, foram identificadas 314 oportunidades, que abrangem os mais diversos setores da economia, como explica Roberta Correia, gerente do Programa Sebrae 2014 no Estado, na entrevista a seguir. Quais setores são contemplados por essas 314 oportunidades? Em Pernambuco, os setores fortemente impactados com a Copa do Mundo são os de Turismo (hospedagem, bares e restaurantes, operadoras e agências de turismo, organizadores de eventos e outros), Comércio Varejista, Artesanato, Serviço, Construção Civil, Economia Criativa (souvenir, cultura, entretenimento, gastronomia como identidade culinária local), Madeira e Movéis, Agronegócios e Moda (têxtil e confecções, couro e calçados, joias). Apesar de os jogos acontecerem no Recife, de que forma o Mundial da FIFA pode beneficiar economicamente outros municípios do Estado? Podemos destacar o agronegócio, com o fornecimento para bares, restaurantes e hotéis, os setores das frutas e dos vinhos do Vale do São Francisco, derivados do leite do Agreste Meridional, o gesso do Araripe para utilização na cadeia da construção civil, o polo de confecções do Agreste Setentrional com coleções com tema para o evento; além de toda a riqueza cultural e gastronômica do Estado, que os turistas poderão usufruir nos intervalos entre os jogos. Qual é a importância da qualificação profissional para o sucesso de um negócio? Não podemos prestar um serviço de péssima qualidade nem praticar preços irreais aos serviços e produtos oferecidos. A capacitação irá possibilitar às empresas o conhecimento para que possam melhorar a sua gestão e, principalmente, oferecer produtos e serviços mais competitivos e com qualidades reconhecidas. O turista prima pela qualidade nos serviços oferecidos, sobretudo pela atenção que recebe das pessoas, a segurança, bem como a confiança e a empatia. Capacitações visando à Copa do Mundo serão realizadas pelo Sebrae? O Sebrae tem realizado consultorias e capacitações voltadas para esses segmentos, visando, prioritariamente, à inserção das micro e pequenas empresas e do empreendedor individual nessas oportunidades de geração de negócios.

Os cartões vermelho e amarelo foram utilizados pela primeira vez em Copas do Mundo em 1970, no México.


07 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014

TM

KATATONIA82/ SHUTTERSTOCK.COM

SELEÇÃO DESTAQUE

Jogadores da Espanha comemoram a conquista da Copa do Mundo de 2010

Seleção Espanhola O futebol-arte venceu. A frase se repetiu nos jornais de todo o mundo no dia 11 de julho de 2010. No final do segundo tempo, com um gol do meia Iniesta, a Seleção da Espanha conquistou sua primeira Copa do Mundo da FIFA. A final contra a Holanda, na África do Sul, marcou uma campanha quase perfeita. Na primeira fase, a Espanha se classificou em primeiro lugar no Grupo H com duas vitórias (Honduras e Chile) e uma derrota para a Suíça. A Espanha eliminou Portugal nas oitavas de final, o Paraguai nas quartas de final e, na semifinal, a Alemanha. Os espanhóis marcaram oito gols e sofreram apenas dois. Nenhum jogador foi expulso durante o Mundial, e a Fúria,como é conhecida pelo arrojo dos jogadores, levou oito cartões amarelos. David Villa foi o artilheiro, com cinco gols. O reinado do time de Fábregas, Iniesta, David Silva e Xavi se deve à combinação de uma marcação implacável com um ataque eficiente. O esquema de jogo dos espanhóis ainda se destaca por não ter um centroavante entre os titulares, como acontece na maioria das seleções. Atualmente, não há torcedor mais empolgado com a sua seleção do que o espanhol. O time está no topo do ranking da FIFA, com uma boa margem de vantagem para a Alemanha, que ocupa o segundo lugar. La Fúria ou La Roja, como é conhecida pelos torcedores, foi a primeira seleção a conquistar três títulos seguidos: a Copa do Mundo de 2010 e a Eurocopa, em 2008 e 2012. No último título, a Espanha promoveu a maior goleada da história de uma final da Copa Europeia, vencendo por 4 a 0 a Itália. Junto com a conquista, veio o reconhecimento através de prêmios, pois a seleção também colocou 10 nomes entre os 23 melhores jogadores da competição, tendo como destaque Fernando Torres, vencedor da Chuteira de Ouro, e Iniesta, que foi eleito

o melhor jogador da competição. Formando o time de grandes jogadores espanhóis estão craques e artilheiros como David Villa, que já marcou 51 gols com a camisa vermelha, batendo o craque Raúl González, que tem 44 gols com a camisa “roja”. Outros grandes jogadores que já fazem parte da história da Seleção Espanhola são Carlos Payol, que fez o gol que levou a Espanha à sua primeira final da Copa do Mundo; e o goleiro e capitão do time, Iker Casillas, que já esteve em três Copas do Mundo junto com a seleção do seu país e tornou-se o terceiro goleiro a levantar a taça do Mundial. Ao todo, a Espanha participou de 13 Copas do Mundo da FIFA. Na primeira delas, em 1934, foi eliminada nas quartas de final. Em 1938, desistiu de participar da competição por causa da Guerra Civil Espanhola. Já em 1950, ficou em quinto lugar no Mundial. Nas duas edições seguintes, não conseguiu se classificar enquanto, em 1962 e 1966, foi eliminada na primeira fase. Depois, vieram mais oito anos sem atingir a classificação. A Espanha não conseguiu passar da primeira fase nas Copas de 1978 e 1982, mas, a partir de 1986, La Roja participou de todas as edições, sem nunca chegar a uma semifinal até se sagrar campeã em 2010. A Espanha sediou a Copa do Mundo de 1982 e os Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona, quando a seleção de futebol ganhou medalha de ouro. Atualmente, o comando da seleção está com o técnico Vicente Del Bosque, que liderou a equipe durante sua trajetória no Mundial de 2010 e já está confirmado para estar à frente da Seleção Espanhola na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Não perca na próxima edição: Seleção Uruguaia

Na final da Copa do Mundo de 1990, na Itália, o árbitro esqueceu de olhar o relógio, e o primeiro tempo chegou aos 53 minutos.


08 PE TÁ NA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014TM

MEMÓRIA

Acervo do Estádio Rasunda é doado para Pernambuco

Palco da final da Copa do Mundo de 1958, realizada na Suécia, o Estádio Rasunda será demolido no fim do ano para dar lugar a uma arena mais moderna. No entanto, parte do acervo histórico do estádio onde o Brasil conquistou o seu primeiro Mundial já possui um novo endereço: o Estado de Pernambuco. Os itens doados no último mês de agosto ficarão expostos na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. A iniciativa da doação partiu da Associação Sueca de Futebol para homenagear o jogador pernambucano Vavá, que marcou dois gols na final, vencida pelo Brasil por 5 a 2 sobre a seleção anfitriã, naquele ano em que a Suécia alcançou a

sua melhor colocação em Copas do Mundo. Com a presença do Vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto, representando o Governador Eduardo Campos, e do Secretário Executivo de Relações Institucionais da SECOPA-PE, Gilberto Pimentel, o documento de doação foi apresentado no jantar-homenagem Brasil-Suécia: passado memorável, grande futuro. A solenidade contou com a presença da Rainha Sílvia; do Vice-primeiro-ministro da Suécia, Jan Björklund; do Vice-presidente do Brasil, Michel Temer; do Ministro do Esporte, Aldo Rebelo; do Presidente da Câmara, Marco Maia; do Presidente e do Vice-presidente da CBF, José Maria Marin e Marco Polo de Nero.

EDUARDO MARTINO

Objetos históricos do estádio onde o Brasil conquistou sua primeira Copa do Mundo ficarão expostos na Arena Pernambuco

Um amistoso entre os dois países, vencido pelo Brasil por 3 a 0, marcou o último jogo oficial no histórico gramado. Antes da partida de despedida, jogadores dos times finalistas de 1958, como Pelé, Zagallo, Zito, Pepe, Dino Sani e Mazzolla, foram homenageados.

Estádio em São Lourenço (direita) receberá os itens históricos do palco da final da Copa de 1958 (esquerda)

SUSTENTABILIDADE

Arena Pernambuco terá usina solar

Capaz de gerar 1.450 MWh/ano, usina deve entrar em funcionamento em junho de 2013 Antes mesmo de ficar pronta, a Arena Pernambuco já está batendo um bolão no quesito sustentabilidade. O estádio multiuso que está sendo erguido em São Lourenço da Mata contará com uma usina solar capaz de gerar a produção de 1.450 MWh/ano. Com investimento de R$ 13 milhões, ela deverá começar a funcionar em junho de 2013, quando a arena receberá três partidas da Copa das Confederações. A energia produzida pela usina será destinada ao estádio por meio de painéis fotovoltaicos que vão captar a luz emitida pelo sol. Módulos solares, que compõem o sistema, transformam a luminosidade em energia elétrica e, com o auxílio de um inversor, a corrente contínua passa a ser alternada. A partir desse momento, a energia produzida pode ser entregue para o sistema elétrico do estádio ou para a rede de distribuição convencional. Esse processo vai diminuir o risco de perdas de transmissão, pois a energia será produzida e consumida no local. O baixo custo de manu-

tenção permite a geração distribuída, reduzindo as despesas globais de energia. Além disso, traz benefícios ambientais, por ser uma fonte renovável e não poluente. “A instalação da usina solar fotovoltaica em um estádio que sediará partidas da Copa do Mundo representa uma excelente vitrine para a difusão de utilização de fontes renováveis de energia elétrica. Indiscutivelmente, a geração de energia solar representa uma significativa contribuição ao meio ambiente”, ressalta Ana Cristina Mascarenhas, assessora de eficiência energética do Grupo Neoenergia, que executará o projeto. A usina solar da Arena Pernambuco faz parte de um Projeto Estratégico de Pesquisa e Desenvolvimento – “Arranjos Técnicos e Comerciais para Inserção da Geração Solar Fotovoltaica na Matriz Energética Brasileira”, lançado em agosto de 2011 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e que será realizado pelo Grupo Neoenergia, por meio da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), e

pela Odebrecht Energia, em parceria com o Governo de Pernambuco. Uma vez instalada a usina, a Arena Pernambuco passará a integrar o grupo de estádios que são contemplados com esse tipo de energia renovável. Entre eles, estão os americanos Qwest Field, em Seattle, e AT&T Park, em São Francisco, além do alemão EasyCreditStadium, localizado em Nuremberg.

A instalação dessa usina em um estádio que sediará partidas da Copa do Mundo representa uma excelente vitrine para a difusão de utilização de fontes renováveis de energia elétrica" Ana Cristina Mascarenhas, assessora do Grupo Neoenergia Já no Brasil, o Estádio de Pituaçu, localizado em Salvador, foi o primeiro estádio da América Latina a gerar energia a partir de um sistema solar fotovoltaico. Estádios do Rio de Janeiro (Maracanã), de Belo Horizonte (Mineirão) e de São Paulo (Itaquerão) também receberão sistemas solares.


Pernambuco Tá na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (2°edição)