Page 1

Edição Nº 1 • Distribuição gratuita para mailing seleto.

Pleasure

Cafés Especiais

Business

Aromas, fragrâncias e perfumes.

1


12

Foto: Janaina Hinsching

A magia dos perfumes

É um veículo institucional da You - Psicologia de Marcas, sem objetivos comerciais e sem periodicidade definida. Sua distribuição é gratuita e dirigida. A criação, diagramação, fotografia, redação, revisão e distribuição são feitas pela You - Psicologia de Marcas.

Conheça algumas curiosidades do mercado de fragrâncias finas.

5

Para maiores informações: you@youcomunicacao.com

Marcas& Empresas

www.madhouse.com.br • 11 6607.4391

Editorial............................................ 04 Case.................................................... 16

O melhor do café

Foto: Erivan Santos

Hoje o maior objetivo de qualquer empresa é a redução de custos. O Desenvolvimento de Embalagens pode oferecer várias oportunidades neste sentido. Mais que redução de custos, um processo de desenvolvimento bem desenhado e gerenciado com eficiência e foco, pode aumentar os lucros, trazer vantagem competitiva, melhorar a produtividade, reduzir desperdícios e tornar sua produção ambientalmente responsável. Para isso, você já pode contar com uma empresa altamente especializada nesse processo. Com nossas equipes in-house, sua indústria não precisa abrir mão da segurança de um departamento interno, com a vantagem de não se preocupar com os empecílhos trabalhistas e tributários.

Índice

Veja a conclusão da matéria sobre o impacto das marcas nos negócios.

6

3


12

Foto: Janaina Hinsching

A magia dos perfumes

É um veículo institucional da You - Psicologia de Marcas, sem objetivos comerciais e sem periodicidade definida. Sua distribuição é gratuita e dirigida. A criação, diagramação, fotografia, redação, revisão e distribuição são feitas pela You - Psicologia de Marcas.

Conheça algumas curiosidades do mercado de fragrâncias finas.

5

Para maiores informações: you@youcomunicacao.com

Marcas& Empresas

www.madhouse.com.br • 11 6607.4391

Editorial............................................ 04 Case.................................................... 16

O melhor do café

Foto: Erivan Santos

Hoje o maior objetivo de qualquer empresa é a redução de custos. O Desenvolvimento de Embalagens pode oferecer várias oportunidades neste sentido. Mais que redução de custos, um processo de desenvolvimento bem desenhado e gerenciado com eficiência e foco, pode aumentar os lucros, trazer vantagem competitiva, melhorar a produtividade, reduzir desperdícios e tornar sua produção ambientalmente responsável. Para isso, você já pode contar com uma empresa altamente especializada nesse processo. Com nossas equipes in-house, sua indústria não precisa abrir mão da segurança de um departamento interno, com a vantagem de não se preocupar com os empecílhos trabalhistas e tributários.

Índice

Veja a conclusão da matéria sobre o impacto das marcas nos negócios.

6

3


Exclusividade

prime e personalisados. Muitos destes apenas prometem e não o fazem de fato. Alguns até mantém esse caráter de exclusividade apenas no iní-

Por Erivan Santos*

cio e depois, visando vantagens comerciais abrem mão da exclusividade, enganando seu público que aderiu àquele produto/serviço em razão de um benefício que não existe mais ou que nunca existiu. Neste número 1 de nossa revista, após o sucesso da edição piloto (nº 0), queremos firmar este compromisso de exclusividade com nosso público e contrariar os preceitos do novo luxo que andam vendendo por aí. Nossos leitores podem ter

nº1 • 2007

certeza de que nossa revista é distribuída, uma a uma, para pessoas selecionadas a dedo, por nossa equipe e por nossos parceiros, sob o critério da importância e estilo de vida de quem recebe nossa revista.

4

Aprecie mais uma edição feita

Erivan Santos

com exclusividade para você!

you@youcomunicacao.com

* Erivan Santos é sócio-fundador da You - Psicologia de Marcas e da Madhouse PackWorks.

Na edição anterior falamos um pouco sobre o conceito de Brand Equity, sua influência na percepção de marca pelos consumidores/ clientes e seu conseqüente impacto no valor de marca. O passo seguinte no gerenciamento, é a monitoração da evolução dos valores/atributos do Brand Equity ao longo do tempo. Por exemplo, o que era prioridade para os compradores de celular há 5 anos, certamente não o é hoje, e se os fabricantes de celular não estivessem atentos à isso teriam experimentado forte queda em suas vendas. Prestar atenção a esta dinâmica pode ajudar a conquistar novos clientes sem perder os atuais. Marcas que se comunicam em linguagem atualizada com propostas de valor sempre atrativas, conseguem manter índices mais elevados de fidelidade e expansão sólida de sua base de clientes. Outro ponto, bastante frágil em comunicação de marca, é a relação Promessa X Entrega, que pode se desequilibrar de acordo com a estratégia de negócios de uma empresa. Toda mudança de direção nos negócios deve ser espelhada

na marca. Atualmente, muitas marcas tradicionais no mercado de luxo, e tidas como exclusivas de uma pequena parcela da sociedade por seu alto valor, estão enfrentando o dilema de como aumentar sua base de clientes sem perder a aura de glamour que envolve a marca. Uma coisa é certa: nenhuma mudança de direção poderá ser feita de forma drástica nos valores de marca que estão sendo históricamente comunicados. Não pode haver dissonância entre a prática e o conceito, ou seja, na relação Promessa X Entrega. Desta forma, fica claro que o gerenciamento de marca não é mais assunto exclusivo do departamento de marketing e sua agência de propaganda ou design. O gerenciamento de marca passa, inclusive, pela postura dos funcionários dentro e fora da organização e abrange todos os níveis hierárquicos. Todos dentro de uma organização devem saber claramente quais são os valores de marca da empresa. Os responsáveis por cada produto, em suas diversas áreas, devem estar atentos no sentido de manter válida a relação entre as promessas de marca e a experiência de uso da marca após a efetivação da venda. Todas as empresas devem ter não só Gerentes de Produto e Diretores de Marketing, mas também uma Gerência de Marca que cuide para que os valores de marca (seu Brand Equity) se mantenha ao longo do tempo e para que a curva de receitas da companhia seja constante e crescente.

BUSINESS marcas

prometem ser exclusivos,

nº1 • 2007

BUSINESS editorial

Marcas& empresas.

Muitos produtos e serviços

Lembrem-se, valores de marca efêmeros fatalmente resultam em lucros efêmeros.

5


Exclusividade

prime e personalisados. Muitos destes apenas prometem e não o fazem de fato. Alguns até mantém esse caráter de exclusividade apenas no iní-

Por Erivan Santos*

cio e depois, visando vantagens comerciais abrem mão da exclusividade, enganando seu público que aderiu àquele produto/serviço em razão de um benefício que não existe mais ou que nunca existiu. Neste número 1 de nossa revista, após o sucesso da edição piloto (nº 0), queremos firmar este compromisso de exclusividade com nosso público e contrariar os preceitos do novo luxo que andam vendendo por aí. Nossos leitores podem ter

nº1 • 2007

certeza de que nossa revista é distribuída, uma a uma, para pessoas selecionadas a dedo, por nossa equipe e por nossos parceiros, sob o critério da importância e estilo de vida de quem recebe nossa revista.

4

Aprecie mais uma edição feita

Erivan Santos

com exclusividade para você!

you@youcomunicacao.com

* Erivan Santos é sócio-fundador da You - Psicologia de Marcas e da Madhouse PackWorks.

Na edição anterior falamos um pouco sobre o conceito de Brand Equity, sua influência na percepção de marca pelos consumidores/ clientes e seu conseqüente impacto no valor de marca. O passo seguinte no gerenciamento, é a monitoração da evolução dos valores/atributos do Brand Equity ao longo do tempo. Por exemplo, o que era prioridade para os compradores de celular há 5 anos, certamente não o é hoje, e se os fabricantes de celular não estivessem atentos à isso teriam experimentado forte queda em suas vendas. Prestar atenção a esta dinâmica pode ajudar a conquistar novos clientes sem perder os atuais. Marcas que se comunicam em linguagem atualizada com propostas de valor sempre atrativas, conseguem manter índices mais elevados de fidelidade e expansão sólida de sua base de clientes. Outro ponto, bastante frágil em comunicação de marca, é a relação Promessa X Entrega, que pode se desequilibrar de acordo com a estratégia de negócios de uma empresa. Toda mudança de direção nos negócios deve ser espelhada

na marca. Atualmente, muitas marcas tradicionais no mercado de luxo, e tidas como exclusivas de uma pequena parcela da sociedade por seu alto valor, estão enfrentando o dilema de como aumentar sua base de clientes sem perder a aura de glamour que envolve a marca. Uma coisa é certa: nenhuma mudança de direção poderá ser feita de forma drástica nos valores de marca que estão sendo históricamente comunicados. Não pode haver dissonância entre a prática e o conceito, ou seja, na relação Promessa X Entrega. Desta forma, fica claro que o gerenciamento de marca não é mais assunto exclusivo do departamento de marketing e sua agência de propaganda ou design. O gerenciamento de marca passa, inclusive, pela postura dos funcionários dentro e fora da organização e abrange todos os níveis hierárquicos. Todos dentro de uma organização devem saber claramente quais são os valores de marca da empresa. Os responsáveis por cada produto, em suas diversas áreas, devem estar atentos no sentido de manter válida a relação entre as promessas de marca e a experiência de uso da marca após a efetivação da venda. Todas as empresas devem ter não só Gerentes de Produto e Diretores de Marketing, mas também uma Gerência de Marca que cuide para que os valores de marca (seu Brand Equity) se mantenha ao longo do tempo e para que a curva de receitas da companhia seja constante e crescente.

BUSINESS marcas

prometem ser exclusivos,

nº1 • 2007

BUSINESS editorial

Marcas& empresas.

Muitos produtos e serviços

Lembrem-se, valores de marca efêmeros fatalmente resultam em lucros efêmeros.

5


p l easu r e paladar

p l easu r e

Foto: Erivan Santos

nº1 • 2007

nº1 • 2007

Foto: Janaina Hinsching

Foto: Janaina Hinsching

paladar

S infoniade sabores

Interior da cafeteria IL Barista na rua Mário Ferraz, dentro da livraria da Vila.

6

Entrada da loja do IL Barista dentro da livraria da Vila. Ambiente agradável. Ótimo para relaxar e tomar um bom café com os amigos.

7


p l easu r e paladar

p l easu r e

Foto: Erivan Santos

nº1 • 2007

nº1 • 2007

Foto: Janaina Hinsching

Foto: Janaina Hinsching

paladar

S infoniade sabores

Interior da cafeteria IL Barista na rua Mário Ferraz, dentro da livraria da Vila.

6

Entrada da loja do IL Barista dentro da livraria da Vila. Ambiente agradável. Ótimo para relaxar e tomar um bom café com os amigos.

7


nº1 • 2007

nº1 • 2007

Foto: Janaina Hinsching

8 paladar

paladar

Gelma Franco, proprietária do IL Barista.

9

p l easu r e

p l easu r e


nº1 • 2007

nº1 • 2007

Foto: Janaina Hinsching

8 paladar

paladar

Gelma Franco, proprietária do IL Barista.

9

p l easu r e

p l easu r e


Volume.

Quando o assunto é café, o brasileiro é reconhecido como um dos maiores produtores e exportadores do grão no mundo.. O Brasil, aproveita bem sua extensão continental e exporta grandes volumes para diversos países. Na Europa, este café recebe marca, embalagem, investimentos em comunicação e é revendido à preços muitos maiores, propiciando aos estrangeiros retornos mais interessantes e fama internacional. Vários produtos que são vistos pelos brasileiros como sendo de baixo valor por sua alta disponibilidade, são aproveitados por empresas multinacionais que os transformam e multiplicam sua lucratividade.

O QUE VOCê quer para

10

Valor.

Empresários de visão empreendedora, descobriram que o Brasil tem um produto tão bom que pode ser tratado como o vinho francês, o nosso café! Enquanto diversos estabelecimentos concorrem por preço com o cafezinho comum, outros estão saindo na frente e adicionando valor a este produto, tão brasileiro, e lucrando muito mais, sem se importar com o volume. Enquanto algumas empresas estão preocupadas com custos, outras estão investindo para obter altos retornos. Essa estratégia vale para diversos outros segmentos e a grande diferença está na marca. A You pode levar sua marca do volume para o valor. Ligue 11 6607.4391.

a sua marca?

11


Volume.

Quando o assunto é café, o brasileiro é reconhecido como um dos maiores produtores e exportadores do grão no mundo.. O Brasil, aproveita bem sua extensão continental e exporta grandes volumes para diversos países. Na Europa, este café recebe marca, embalagem, investimentos em comunicação e é revendido à preços muitos maiores, propiciando aos estrangeiros retornos mais interessantes e fama internacional. Vários produtos que são vistos pelos brasileiros como sendo de baixo valor por sua alta disponibilidade, são aproveitados por empresas multinacionais que os transformam e multiplicam sua lucratividade.

O QUE VOCê quer para

10

Valor.

Empresários de visão empreendedora, descobriram que o Brasil tem um produto tão bom que pode ser tratado como o vinho francês, o nosso café! Enquanto diversos estabelecimentos concorrem por preço com o cafezinho comum, outros estão saindo na frente e adicionando valor a este produto, tão brasileiro, e lucrando muito mais, sem se importar com o volume. Enquanto algumas empresas estão preocupadas com custos, outras estão investindo para obter altos retornos. Essa estratégia vale para diversos outros segmentos e a grande diferença está na marca. A You pode levar sua marca do volume para o valor. Ligue 11 6607.4391.

a sua marca?

11


nº1 • 2007

de sedução.

12

desde a pré-história, as informações registradas pelo nosso cérebro, através do olfato, sempre tiveram grande importância para a nossa sobrevivência. O homem usava o olfato para seguir os animais na caça, para ajudar a prever mudanças no clima e para ter certeza de que certos alimentos poderíam ser consumidos. Ao contrário dos outros sentidos, a memória baseada no olfato forma-se com maior velocidade e permanece por mais tempo, pois o olfato está diretamente ligado a áreas do cérebro que são responsáveis por processar as emoções e armazenar fatos e acontecimentos marcantes. A percepção dos aromas acompanha a humanidade desde os primórdios, o desenvolvimento de fragrâncias veio muito depois, assim como o surgimento das embalagens. Entretanto, a valorização dos frascos iniciou-se por volta de 1900. A partir daí, tanto os profissionais quanto as tecnologias foram se aprimorando e dando origem à verdadeiras esculturas em vidro, com o objetivo de diferenciar as marcas entre sí

olfato

business cheiro é, na maioria das vezes, o principal responsável por nos trazer as memórias mais agradáveis. O mais incrível é que quando nos lembramos de algo através do cheiro, essa lembrança vem acompanhada de tantos detalhes que nos dá a impressão de termos voltado no tempo e estarmos, de fato, naquele lugar. Sem falar no papel que os aromas exercem na atração ou antipatia que sentimos por outras pessoas. Desde o começo da história da humanidade os aromas são utilizados (entre outras funções) como sinônimo de posicionamento social. Primeiro os homens se sentiam próximos dos deuses por meio das fumaças aromáticas que os faziam subir aos céus. Daí a origem da palavra perfume. Vem do Latim per fumum que significa por meio da fumaça. Já Cleópatra, rainha do Egito, descobria outra função para os aromas, a sedução. Ela perfumava seu corpo com essências de óleos extraídos das flores de henna, açafrão, menta e zimbro e seduzia grandes homens daquela época. Voltando um pouco mais no tempo, é possível entender que,

nº1 • 2007

business olfato

Frascos

Perfumes aproximam as pessoas e nos fazem lembrar de momentos marcantes em nossas vidas. Descubra como são criados estes produtos que tornam nosso dia-a-dia mais bonito.

13


nº1 • 2007

de sedução.

12

desde a pré-história, as informações registradas pelo nosso cérebro, através do olfato, sempre tiveram grande importância para a nossa sobrevivência. O homem usava o olfato para seguir os animais na caça, para ajudar a prever mudanças no clima e para ter certeza de que certos alimentos poderíam ser consumidos. Ao contrário dos outros sentidos, a memória baseada no olfato forma-se com maior velocidade e permanece por mais tempo, pois o olfato está diretamente ligado a áreas do cérebro que são responsáveis por processar as emoções e armazenar fatos e acontecimentos marcantes. A percepção dos aromas acompanha a humanidade desde os primórdios, o desenvolvimento de fragrâncias veio muito depois, assim como o surgimento das embalagens. Entretanto, a valorização dos frascos iniciou-se por volta de 1900. A partir daí, tanto os profissionais quanto as tecnologias foram se aprimorando e dando origem à verdadeiras esculturas em vidro, com o objetivo de diferenciar as marcas entre sí

olfato

business cheiro é, na maioria das vezes, o principal responsável por nos trazer as memórias mais agradáveis. O mais incrível é que quando nos lembramos de algo através do cheiro, essa lembrança vem acompanhada de tantos detalhes que nos dá a impressão de termos voltado no tempo e estarmos, de fato, naquele lugar. Sem falar no papel que os aromas exercem na atração ou antipatia que sentimos por outras pessoas. Desde o começo da história da humanidade os aromas são utilizados (entre outras funções) como sinônimo de posicionamento social. Primeiro os homens se sentiam próximos dos deuses por meio das fumaças aromáticas que os faziam subir aos céus. Daí a origem da palavra perfume. Vem do Latim per fumum que significa por meio da fumaça. Já Cleópatra, rainha do Egito, descobria outra função para os aromas, a sedução. Ela perfumava seu corpo com essências de óleos extraídos das flores de henna, açafrão, menta e zimbro e seduzia grandes homens daquela época. Voltando um pouco mais no tempo, é possível entender que,

nº1 • 2007

business olfato

Frascos

Perfumes aproximam as pessoas e nos fazem lembrar de momentos marcantes em nossas vidas. Descubra como são criados estes produtos que tornam nosso dia-a-dia mais bonito.

13


nº1 • 2007 Foto: Janaina Hinsching

Foto: Janaina Hinsching

olfato

business

business olfato nº1 • 2007

14

e atrair os consumidores. Nos dias atuais temos poucas atividades que nos propiciam o uso mais ativo e relevante do olfato, com excessão de uma categoria nada comum de profissionais, os perfumistas. Estamos falando de uma pessoa com um nariz especial, que é capaz de distinguir mais de três mil aromas diferentes. Os perfumistas usam essa arma para criar fragrâncias sedutoras, refrescantes, ousadas e muitas outras que possam traduzir momentos, despertar sentimentos e mostrar a personalidade. Estes profissionais desenvolvem fragrâncias sob encomenda e, embora não sejam publicamente reconhecidos, são considerados artistas em seu meio, a perfumaria fina. Mas como se formam os perfumistas? Para responder a essa pergunta pedimos uma contribuição da perfumista Gabriela Domecq, que atua há 12 anos nessa área. “Ser um perfumista é sinônimo de anos de treinamento, estudando e memorizando matérias-primas para depois aprender a formar combinações, as quais chamamos de acordes, para finalmente chegarmos na composição de uma fórmula e assim chamá-la de fragância”, diz Gabriela Domecq. Fora isso, o perfumista passa por testes que desafiam seu olfato e talento. Não existem cursos específicos para essa profissão no Brasil, normalmente os perfumistas são formados dentro das empresas - algumas possuem suas próprias escolas - ou no exterior, como na escola de Versilles, na França. Antes porém, devem ter estudado ao menos 2 anos de química, física, farmácia ou medicina. Para traduzir o mundo das fragrâncias, além de muito conhecimento técnico, o perfumista precisa ter criatividade, alma de explorador e ser amante do comportamento humano. Perguntamos à Gabriela o que a motiva em sua profissão, ao que ela prontamente responde: “Muita paixão. Não é necessária uma motivação específica, o dia-a-dia já é uma inspiração”. Antes de ir mais adiante no tema, é necessário entender a diferença entre aroma, fragrância e perfume. Segundo Gabriela, “aroma é a palavra utilizada para designar diferentes odores nos alimentos, fragrâncias são

os diferentes tipos de cheiros em produtos de higiene pessoal e limpeza, e finalmente, o perfume seria o produto acabado de uma fragrância diluída em álcool”. O cheiro é algo muito característico e presente em todos os momentos do nosso dia-a-dia, é por isso que a escolha de um perfume é algo que precisa ser único. Uma mesma fragrância pode produzir resultados distintos em diferentes pessoas, pois a composição do produto se integra à química da pele. Outro fator que influencia uma fragrância são as estações do ano. Temperaturas mais baixas pedem fragrâncias mais intensas e quentes, já nas estações mais quentes deve-se optar por perfumes mais frescos e suaves. A explicação para isto, é que o calor altera o cheiro do perfume devido à eliminação do suor ser mais intensa. As fragrâncias se alteram naturalmente ao longo do dia, devido à sua estrutura que é constituída de três partes chamadas de notas. As notas de saída ou cabeça são aquelas que percebemos ao abrir um frasco e também são as mais voláteis. Em seguida, temos as notas de corpo que evidenciam os aromas mais equilibrados, porém desaparecem antes das notas de fundo, que são as responsáveis pela fixação do perfume, permanecendo nas roupas e no corpo. O ideal, na hora de comprar um perfume, é experimentá-lo na fita olfativa e aplicá-lo primeiro na pele. Somente após algum tempo é que será possível saber se as notas de corpo e de fundo irão agradar o seu olfato. Gabriela afirma que “a atração de uma pessoa por uma determinada fragrância depende de sua experiência, cultura e momento da vida em que se encontra, no entanto - diz ela - seria difícil determinar uma única razão”.

15


nº1 • 2007 Foto: Janaina Hinsching

Foto: Janaina Hinsching

olfato

business

business olfato nº1 • 2007

14

e atrair os consumidores. Nos dias atuais temos poucas atividades que nos propiciam o uso mais ativo e relevante do olfato, com excessão de uma categoria nada comum de profissionais, os perfumistas. Estamos falando de uma pessoa com um nariz especial, que é capaz de distinguir mais de três mil aromas diferentes. Os perfumistas usam essa arma para criar fragrâncias sedutoras, refrescantes, ousadas e muitas outras que possam traduzir momentos, despertar sentimentos e mostrar a personalidade. Estes profissionais desenvolvem fragrâncias sob encomenda e, embora não sejam publicamente reconhecidos, são considerados artistas em seu meio, a perfumaria fina. Mas como se formam os perfumistas? Para responder a essa pergunta pedimos uma contribuição da perfumista Gabriela Domecq, que atua há 12 anos nessa área. “Ser um perfumista é sinônimo de anos de treinamento, estudando e memorizando matérias-primas para depois aprender a formar combinações, as quais chamamos de acordes, para finalmente chegarmos na composição de uma fórmula e assim chamá-la de fragância”, diz Gabriela Domecq. Fora isso, o perfumista passa por testes que desafiam seu olfato e talento. Não existem cursos específicos para essa profissão no Brasil, normalmente os perfumistas são formados dentro das empresas - algumas possuem suas próprias escolas - ou no exterior, como na escola de Versilles, na França. Antes porém, devem ter estudado ao menos 2 anos de química, física, farmácia ou medicina. Para traduzir o mundo das fragrâncias, além de muito conhecimento técnico, o perfumista precisa ter criatividade, alma de explorador e ser amante do comportamento humano. Perguntamos à Gabriela o que a motiva em sua profissão, ao que ela prontamente responde: “Muita paixão. Não é necessária uma motivação específica, o dia-a-dia já é uma inspiração”. Antes de ir mais adiante no tema, é necessário entender a diferença entre aroma, fragrância e perfume. Segundo Gabriela, “aroma é a palavra utilizada para designar diferentes odores nos alimentos, fragrâncias são

os diferentes tipos de cheiros em produtos de higiene pessoal e limpeza, e finalmente, o perfume seria o produto acabado de uma fragrância diluída em álcool”. O cheiro é algo muito característico e presente em todos os momentos do nosso dia-a-dia, é por isso que a escolha de um perfume é algo que precisa ser único. Uma mesma fragrância pode produzir resultados distintos em diferentes pessoas, pois a composição do produto se integra à química da pele. Outro fator que influencia uma fragrância são as estações do ano. Temperaturas mais baixas pedem fragrâncias mais intensas e quentes, já nas estações mais quentes deve-se optar por perfumes mais frescos e suaves. A explicação para isto, é que o calor altera o cheiro do perfume devido à eliminação do suor ser mais intensa. As fragrâncias se alteram naturalmente ao longo do dia, devido à sua estrutura que é constituída de três partes chamadas de notas. As notas de saída ou cabeça são aquelas que percebemos ao abrir um frasco e também são as mais voláteis. Em seguida, temos as notas de corpo que evidenciam os aromas mais equilibrados, porém desaparecem antes das notas de fundo, que são as responsáveis pela fixação do perfume, permanecendo nas roupas e no corpo. O ideal, na hora de comprar um perfume, é experimentá-lo na fita olfativa e aplicá-lo primeiro na pele. Somente após algum tempo é que será possível saber se as notas de corpo e de fundo irão agradar o seu olfato. Gabriela afirma que “a atração de uma pessoa por uma determinada fragrância depende de sua experiência, cultura e momento da vida em que se encontra, no entanto - diz ela - seria difícil determinar uma única razão”.

15


16

O preto traz em sua personalidade atributos como, luxo, elegância, solidez, modernidade, atitude e força.

Abaixo, as duas categorias de cartão de fidelidade com novo design.

Cartão de visitas

cases

Quando Aquira Fujiwara proprietário do salão de moda e beleza Spettacolo - procurou a You - Psicologia de Marcas, sua intenção era revitalizar sua marca que, após 24 anos de existência não havia passado por nenhuma revisão. Seu estilo de atendimento estava desatualizado, sua equipe um pouco desmotivada e havia uma grande distância entre o salão e seus clientes que, apesar disso, mantinham-se fiéis ao salão. Como a maioria dos empresários, Aquira atacou os problemas mais urgentes: a estrutura física e a logomarca. Entretanto, de nada adiantaria melhorar a aparência sem antes atacar os problemas fundamentais como clientes e equipe. Assim, resolvemos iniciar nossa consultoria por uma mini-pesquisa com amostras de diferentes perfis de clientes. A pesquisa nos revelou dados íntimos de seu negócio que nos deram novas direções, tanto para a nova identidade visual quanto para a nova estratégia de comunicação de marca. Como o salão também conta com uma pequena loja de alta moda para clientes refinados, resolvemos dar à nova identidade uma personalidade fashion, aliada ao luxo e à exclusividade. E nenhuma cor expressa melhor isto do que o preto. Nas formas, escolhemos silhuetas magras, longilíneas e a tipologia institucional seguiu os mesmos critérios. O Spettacolo renasceu e seus clientes aprovaram.

Antiga marca do Spettacolo

Aplicação horizontal da nova marca.

Abaixo, aplicação vertical da nova marca.

nº1 • 2007

BRANCO

BUSINESS

BUSINESS cases nº1 • 2007

PRETO NO

Sinalizacão interna de teto.

17


16

O preto traz em sua personalidade atributos como, luxo, elegância, solidez, modernidade, atitude e força.

Abaixo, as duas categorias de cartão de fidelidade com novo design.

Cartão de visitas

cases

Quando Aquira Fujiwara proprietário do salão de moda e beleza Spettacolo - procurou a You - Psicologia de Marcas, sua intenção era revitalizar sua marca que, após 24 anos de existência não havia passado por nenhuma revisão. Seu estilo de atendimento estava desatualizado, sua equipe um pouco desmotivada e havia uma grande distância entre o salão e seus clientes que, apesar disso, mantinham-se fiéis ao salão. Como a maioria dos empresários, Aquira atacou os problemas mais urgentes: a estrutura física e a logomarca. Entretanto, de nada adiantaria melhorar a aparência sem antes atacar os problemas fundamentais como clientes e equipe. Assim, resolvemos iniciar nossa consultoria por uma mini-pesquisa com amostras de diferentes perfis de clientes. A pesquisa nos revelou dados íntimos de seu negócio que nos deram novas direções, tanto para a nova identidade visual quanto para a nova estratégia de comunicação de marca. Como o salão também conta com uma pequena loja de alta moda para clientes refinados, resolvemos dar à nova identidade uma personalidade fashion, aliada ao luxo e à exclusividade. E nenhuma cor expressa melhor isto do que o preto. Nas formas, escolhemos silhuetas magras, longilíneas e a tipologia institucional seguiu os mesmos critérios. O Spettacolo renasceu e seus clientes aprovaram.

Antiga marca do Spettacolo

Aplicação horizontal da nova marca.

Abaixo, aplicação vertical da nova marca.

nº1 • 2007

BRANCO

BUSINESS

BUSINESS cases nº1 • 2007

PRETO NO

Sinalizacão interna de teto.

17


O site da Madhouse está em nova embalagem. Acesse: www.madhouse.com.br A Madhouse

18

Suas vantagens

Seus métodos

Acessando o novo site da Madhouse você poderá obter informações. objetivas sobre nossa empresa, nossos serviços e as vantagens de. implantar o Gerenciamento de Embalagens em sua indústria, seja ela. do segmento de produtos farmacêuticos, cosméticos ou alimentícios.

Prêmios

Fale Conosco

Downloads


O site da Madhouse está em nova embalagem. Acesse: www.madhouse.com.br A Madhouse

18

Suas vantagens

Seus métodos

Acessando o novo site da Madhouse você poderá obter informações. objetivas sobre nossa empresa, nossos serviços e as vantagens de. implantar o Gerenciamento de Embalagens em sua indústria, seja ela. do segmento de produtos farmacêuticos, cosméticos ou alimentícios.

Prêmios

Fale Conosco

Downloads


Navegando sem rumo pela web?

Então, ancore em. nosso novo site, carregue. seu navio com informação relevante sobre o mundo das marcas e dê novo rumo a seus negócios. Acesse já: www.youcomunicacao.com A Psicologia de Marcas

O que é a You O que não é a You

Portfolio

Cases

O novo site da You - Psicologia de Marcas traz muito mais informação sobre nossa consultoria, nosso portfolio, nossos cases mais interessantes e você ainda pode se cadastrar e fazer o download da versão eletrônica da revista You - Business&Pleasure que traz informações sobre negócios, comunicação, design, hobbies, vinhos, gastronomia e variedades.

20

Contato

Downloads

Revista You - Business&Pleasure nº 1  

Entrevistas, negócios, prazeres, marcas, embalagens, café, gastronomia, perfumes etc.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you