Issuu on Google+


SÚMULA ESTATÍSTICA gráfico 1 - evolução processual (1990-2009) 12000 10,9%

10000 10,7%

8000

9% 8,4% 8%

6000

8,5% 7,9%

6,7% 5,8%

4,3% 3,5%

2000

0

● No total dos processos de 2009, foram registados 17.628 crimes, repartidos por 5 diferentes categorias criminais.

5% 4,9%

4000

N: 93.422

● Em 2009, a APAV ultrapassou a faixa dos 10.000 processos de apoio, mais precisamente com 10.132; tendo subido cerca de 1,3% face a 2008. A este nível o n.º de pessoas apoiadas terá ultrapassado as 20.000.

2,4%

1,2% 0,5% 0,9% 0,04% 0,2%

1,3%

1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009

● O número de Vítimas de crimes contabilizadas situou-se nas 7.639, não tendo com isto em conta o número de vítimas indirectas, como sejam filhos, pais, amigos, outros familiares, etc.

n.º ocorrências 37 151 443 860 1100 1236 2269 3127 4038 4653 4577 5448 6279 7871 7515 7377 7935 8373 1000 1013

Total Crimes

● Em 2009 a APAV assinalou 6.539 Mulheres vítimas de crime, cerca de 127 por semana (média de 18 por dia); ● Em 2009 a APAV assinalou 610 Crianças vítimas de crime, cerca de 12 por semana (média de 2 por dia);

17.628

Total Processos

Ano

Total Utentes

10.132

2009

10.132

● Em 2009 a APAV assinalou 642 Pessoas Idosas vítimas de crime, cerca de 13 por semana (média de 2 por dia). Total de Vítimas

7.639 © Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009


Crimes contra o património

Crimes de Violência Doméstica Maus tratos físicos Maus tratos psíquicos Ameaças Difamação/Injúrias Subtracção menores Violação ob. alimentos Violação Abuso sexual Homicídio Outros Crimes

4649; 29,2% 3227; 20,3% 34; 0,2% 85; 0,5% 139; 0,9% 117; 0,7% 16; 0,1%

5583; 35,1%

86; 22%

Furto

70; 17%

1783; 11,2%

Roubo

63; 16%

Dano

70; 17%

Abuso confiança 91; 23%

271; 1,7%

Burla

19; 5%

Outros crimes

0 N: 15.904

1000 2000 3000 4000

5000

6000

Crimes contra Sociedade/Estado Falsificação documentos 12; 31%

13; 33%

Propag. doença contag. Poluição

5; 13%

4; 10%

Incêndio Corrupção

1; 3%

2; 5%

2; 5%

Abuso autoridade Outros crimes

N: 399

Crimes contra Pessoas/Humanidade 13; 1,1%

Homicídio Ofensas integrid. física Maus tratos Rapto/Sequestro Ameaças Violação Abuso sexual Outros c. sexuais Prostituição Lenocínio Auxílio imig. ilegal Tráfico pessoas exp. trabalho Tráfico pessoas exp. sexual Difamação/Injúrias Negligência médica Discriminação racial Violação domicílio Outros contra pessoas

44; 3,6% 51; 4,2% 49; 4% 30; 2,4% 25; 2% 4; 0,3% 10; 0,8% 7; 0,6% 6; 0,5% 8; 0,7% 4; 0,3% 35; 2,9% 34; 2,8% 49; 4%

0 N: 39

N: 1.227

© Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009

358; 20,2%

100

321; 26,2%

179; 14,6%

200

300

400


Outros Crimes

Crimes Rodoviários 2; 12,5%

Atropelamento e fuga

1; 6,3%

Ofensas integridade física

34; 79%

Condução c/ álcool/droga

5; 31,3%

9; 21%

Tráfico drogas Outros crimes

1; 6,3%

Omissão auxílio Outros crimes

7; 43,8% N: 16

0

2

N: 43

4

6

8

EM 2009, A APAV REGISTOU UM TOTAL DE 17.628 CRIMES, REPARTIDOS PELAS SEGUINTES CATEGORIAS AUMENTO DO N.º CRIMES FACE A 2008 Crimes de Violência Doméstica – 15.904 (90%)

Crimes de Violência Doméstica: Violação (+5,3%), Abuso Sexual (+3,5%), Homicídio (+128,5%).

Crimes Contras as Pessoas/Humanidade – 1.227 (7%) Crimes Contra o Património – 399 (2,3%) Crimes Contra a Vida em Sociedade/Estado – 39 (0,2%) Crimes Rodoviários – 16 (0,1%)

Crimes Contra as Pessoas/Humanidade: Rapto/Sequestro (+41,7%), Outros Crimes Sexuais (+8,7%), Prostituição Menores (+100%), Lenocínio (+150%), auxílio/angariação Imigração Ilegal (+ 40%), Tráfico pessoas para exploração Sexual (+33,3%), Difamação/Injúrias (+18,5%), Violação Domicílio (61,9%).

Outros Crimes – 43 (0,2%) Crimes Contra o Património: Burla (+21,4%).

© Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009


sexo da vítima

PERFIL DA VÍTIMA / PERFIL DO AUTOR DO CRIME

6539; 86%

V A

Feminino Masculino

154; 2%

Ñs/ñr

946; 12%

6446; 84%

Feminino Masculino

887; 12%

N: 7.639

% 0,9 0,8 2,1 4,1 6,5 14,2 16,5 11,2 5,9 8,4 29,4 100

© Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009

Idade autor crime 0-10 11-17 18-25 26-35 36-45 46-55 56-64 65 + Ñs/Ñr Total

V A

Ñs/ñr

306; 4%

N 72 64 160 315 494 1086 1261 853 448 642 2244 7639

Autor do crime do sexo masculino (84%), com idades compreendidas entre os 26 e os 55 anos (36,1%).

sexo do autor do crime

N: 7.639

Idade da vítima 0-3 4-5 6-10 11-17 18-25 26-35 36-45 46-55 56-64 65 + Ñs/Ñr Total

Vítima do sexo feminino (86%), com idades compreendidas entre os 26 e os 55 anos (41,9%).

N 3 63 293 797 1188 775 341 308 3871 7639

% 0,04 0,8 3,8 10,4 15,6 10,1 4,5 4 50,7 100

V A V A

Vítima casada (44%), de nacionalidade portuguesa (78%), tendo como base a família nuclear com filhos (47,1%). Autor do Crime casado (47,6%) e de nacionalidade portuguesa (68,3%). Vítima com grau de ensino entre o 1.º ciclo e o ensino superior (31,4%), vive do próprio trabalho (34,3%) e reside nas grandes cidades. Autor do crime com grau de ensino entre o 1º ciclo e o ensino superior (21,8%), empregado (40,7%) e mantendo uma relação familiar com a vítima (72,3%). Vítima de crimes de Violência Doméstica (maus tratos físicos, psíquicos, ameaças, etc – 90,3%). Autor de crimes de Violência Doméstica (90,3%) de forma continuada por mais de 2 anos (30,9%).


CRIMES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

DADOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

V D

Vítima do sexo feminino (88%), com idades compreendidas entre os 26 e os 45 anos (32,6%).

sexo da vítima

5857; 88%

A vítima de Violência Doméstica reside nas grandes cidades, como sejam Lisboa (23,9%), Porto (12,3%) e Faro (9,6%). Em termos relacionais a conjugalidade ultrapassa os 55% (56,9%) face ao total.

V

O local do crime escolhido para a prática destes crimes é a residência comum (65,7%) entre vítima e autor do crime.

D

Em cerca de 36% do total de processos apurados, foi efectuada queixa /denúncia junto das autoridades competentes.

Feminino Masculino Ñs/ñr 705; 10% 120; 2%

Idade vítima 0-3 anos 4-5 anos 6-10 anos 11-17 anos 18-25 anos 26-35 anos 36-45 anos 46-55 anos 56-64 anos 65 + anos Ñs/ñr Total

N 68 60 140 283 430 1005 1179 795 397 528 1797 6682

% 1 0,9 2,1 4,2 6,4 15 17,6 11,9 5,9 7,9 26,9 100

N: 6.682

5583; 35%

Maus tratos físicos Maus tratos psíquicos Ameaças Difamação/Injúrias

4649; 29%

Subtracção menores 3227; 20%

Violação Obr. Alimentos Violação Abuso Sexual

6.682 VÍTIMAS VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

1783; 11%

Outros Crimes

271; 2%

N: 15.904

16; 0% 117; 1%

© Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009

Homicídio

34; 0% 139; 1%

85; 1%


METODOLOGIA ESTATÍSTICA Relativamente aos dados supra apresentados, a metodologia utilizada passa pelas seguintes fases:

1. recolha informação

2. tratamento informação

3. relatórios estatísticos

1. recolha da informação processual em cada uma das Unidades Orgânicas da APAV (Gabinetes de Apoio à Vítima; Casas Abrigo, Unidades de Apoio à Vítima Imigrante), através da utilização de uma base de dados informática (em formato ACESS), de acordo com as diversas áreas de estudo (dados do trabalho da APAV, dados de caracterização da vítima e do autor do crime, dados de caracterização da vitimação); 2. tratamento da informação recolhida (análise univariada e multivariada), tendo em conta diversas dimensões, nomeadamente o número total de processos em cada ano, o número de vítimas e autores de crime e o número de crimes registados em cada processo; 3. produção dos relatórios estatísticos (anuais), através da obtenção de uma panorâmica geral do trabalho desenvolvido pela APAV (conjunto das Unidades Orgânicas que fazem atendimento às vítimas de crime), bem como uma visão do trabalho desenvolvido em cada uma destas Unidades (individualmente) e a nível distrital. © Estatísticas APAV - Totais Nacionais 2009


Estatisticas APAV 2009