Page 1

Capa


Saraiva


Saraiva


Academia

Musculação X Hipertensão Arterial A Hipertensão Arterial é atualmente uma das maiores preocupações na área da saúde. No caso de um diagnóstico positivo, além da intervenção medicamentosa, também se faz necessária uma atenção ao estilo de vida, verificando-se tanto uma dieta adequada como também uma rotina de exercício físico regular que atuará diretamente em fatores como obesidade, sedentarismo e estresse que são modificáveis e exercerão grande influência na condição do hipertenso.

Comumente recomenda-se nestes casos a prática de atividades leves como caminhada, que comprovadamente atuarão tanto na melhora da função cardiovascular como na redução dos índices de gordura corporal em uma atuação direta. Mas e a musculação? Ainda existe muita controvérsia na recomendação destas atividades por parte de alguns profissionais da saúde, mas afinal, a musculação pode trazer benefícios para um hipertenso? A prática apresenta riscos?

Pois bem! Em primeiro lugar, a prática de qualquer exercício físico sem orientação adequada irá representar riscos, independente da condição de saúde do praticante. Em uma seção de treino de musculação, há comprovadamente um aumento mínimo nos índices de pressão arterial durante a execução dos exercícios quando estes são realizados com carga adequada sem gerar grande esforço, sendo que os níveis caem para os mesmos de repouso ou mesmo menores entre 1 e 2 segundos após a execução do exercício. Durante a seção, a segurança é garantida pela estabilidade nos aparelhos, ajustes diversos em carga, amplitude dos movimentos, tempo de pausa entre os exercícios e presença do professor que nesta situação terá maior controle e conhecimento das condições físicas do aluno. Após a seção, estudos mostram que por até uma hora os níveis de pressão arterial tendem a cair e a médio e longo prazo as adaptações geradas no sistema cardiovascular podem assegurar uma redução permanente nos níveis desta, reduzindo em 40% o risco de AVC e em 15% o risco de infarto. Além disso, os demais benefícios trazidos pela prática regular da musculação, como aumento de massa muscular, densidade óssea e o consequente aumento da força, atuarão diretamente no dia-a-dia do hipertenso, reduzindo os picos de pressão na realização das tarefas do dia-a-dia como subir uma escada ou carregar compras. A caminhada tende a apresentar minúsculas alterações nos níveis de pressão arterial e frequência cardíaca durante a sua prática, além dos benefícios anteriormente citados e por isso devem continuar integrando um programa de atividade física regular.

Claudiomiro Fernandes Messias Tel: (11) 3402 1942 - www.academialucena.com.br

10

Saúde&Beleza

CREF 93.239-G/SP

Formado em Educação Física, Especializado em Treinamento e Nutrição Esportiva, Professor de Musculação, Personal Trainer e Avaliador Físico na Academia Lucena.


ÁGUA

da melhor

Males Transmissíveis pela Água

Doença: Cólera Agente Causador: Vibrio cholerae Sintomas: Diarréia aquosa abundante, vômitos ocasionais, rápida desidratação, acidose, cãibras musculares e colapso respiratório. Doença: Gastroenterite Agente Causador: Escherichia coli (Coliforme fecal) Sintomas: Diarréia, cólicas abdominais, tenesmos, febre, náuseas e vômitos.

qualidade ESTA É

A

FONTE

es lent de e c Ex ções di to Con amen g a P

Doença: Amebíase Agente Causador: Entamoebahistolytica Sintomas: Disenteria aguda com febre, calafrios e diarréia sanguinolenta. Doença: Gastroenterite Viral Agente Causador: Rotavírus Sintomas: Diarréia, vômitos, levando à desidratação grave. Doença: Hepatite Agente Causador: Vírus de Hepatite A Sintomas: Febre, mal-estar geral, falta de apetite e icterícia. Doença: Disenteria Bacilar Agente Causador: Shigella sp Sintomas: Fezes com sangue e pus, vômitos e cólicas.

Outros males causados por ingestão de água contaminada ou precariamente tratada: Poliomielite, Febre Tifóide, Ascaridíase, Giardíase, Febre Paratifóide e Doenças Respiratórias. Um efeito químico chamado Cloro O cloro é indispensável e constantemente utilizado pelas estações no tratamento da água, seu residual, porém, altera sensivelmente seu gosto e odor. A aplicação do cloro visa proteger a água e combater os vírus, algas e bactérias que nela possam estar presentes, mas quando aplicado em excesso torna-se prejudicial para o nosso organismo, podendo causar problemas intestinais, azia, má digestão, gastrite, irritações na pele, etc. Fonte: Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental Indicadores Bacteriológicos de Contaminação na Água Metodologia Analítica e Interpretação de Resultados.

'' Você sau dável sem perd er o estilo. O B lis reduz o cl s oro e acaba com as impure zas”.

Mais de 20 opções para obter os benefícios de um purificador de água Europa

a saúde da água Vendas e Ass. Técnica Autorizada Av. São João, 478 - Centro - Atibaia / SP

(11) 4411.3975

11


Alergologia Especialidades

Conhecendo a Alergia! Nos dias de hoje vemos um aumento da incidência de quadros alérgicos, tanto as alergias respiratórias, cutâneas (pele), alimentares, oculares e medicamentosas.

A incidência vem aumentando progressivamente ao longo dos anos. A explicação talvez possa estar na melhoria do diagnóstico das doenças como também na mudança do modo de vida da sociedade moderna atual, com exposição a alimentos não adequados na infância e o contato com conservantes e aditivos alimentares levando a quadros alérgicos.

O modo de vida atual com a necessidade de inclusão dos recém-nascidos em período integral em creches também predispõe a ocorrência de infecções de vias aéreas de repetição que inicialmente podem se assemelhar a alergia respiratória e que estão mais relacionadas com a exposição com maior quantidade de pessoas e consequentemente maior incidência de quadros gripais.

Atualmente tem se discutido muito sobre a alergia alimentar mais especificamente a alergia ao leite de vaca. Essa alergia ocorre e pode ser dividida em alergia a proteína do leite de vaca e intolerância a lactose. Ela ocorre geralmente com a introdução de leite e ou derivados para o recém-nascido, ocorrendo daí vários sintomas que podem ser vômitos, cólicas, diarreia, inchaço de lábios e ou pálpebras e manchas vermelhas pelo corpo. O diagnóstico de certeza e a troca do leite de vaca por algum outro tipo de leite deve ser feito pelo pediatra do paciente ou pelo alergista e a troca deve ser feita de acordo com a avaliação clinica e laboratorial. Outra causa freqüente são as alergias a medicamentos que podem incorrer em manchas vermelhas pelo corpo, coceira e inchaço em pálpebras e ou lábios. Essa sensibilidade pode ocorrer devido a uma característica do metabolismo da pessoa que não tolera certos tipos de medicamentos ou por uma situação em que a pessoa utiliza muitos medicamentos e a mistura de certos medicamentos pode acarretar em reações adversas.

No cenário da alergia atual devemos estar atentos aos processos alérgicos, como gripes que não curam (rinites alérgicas), tosses e falta de ar freqüentes (asma brônquica), inchaços e vermelhidão pelo corpo quando em contato com certos medicamentos (reação adversa a drogas), para assim realizarmos um diagnóstico preciso, tratamento adequado e melhor controle clínico almejando uma melhor qualidade de vida presente e futura para nós e nossos familiares.

Dr. Fabio Kawakami CRM 94203

Formado em medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto USP 1998 Residência em pediatria e UTI pediátrica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP; Especialização em Alergia e Imunologia no Instituto de Assistência Medica ao Servidor Publico Estadual; Especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e Associação Medica Brasileira; Título de especialista em Alergia e Imunologia pela ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunolopatologia e Associação Médica Brasileira) Médico do Hospital Novo Atibaia

12

Saúde&Beleza


Cardiologia Especialidades

Qualidade de Vida Já estamos informados por diversos meios, consulta médica, folhetos informativos, revistas, internet, até programas de TV e etc, que a doença cardiovascular é principal causa de morte em todo o mundo e que precisamos modificar o estilo de vida para poder mudar essa realidade, com condutas para controle de hipertensão arterial, tabagismo, realização de atividades físicas, controles de doenças metabólicas como diabetes, dislipidemia (colesterol, triglicérides), doenças da tireóide, obesidade, ácido úrico, e redução do stress. Este extremamente presente tendo em vista que precisamos o tempo todo corresponder as exigências sociais competitivas, para sermos um padrão imposto para sermos aceitos pela sociedade, e também viver num mundo onde a violência está presente todo o tempo, basta ver os jornais e noticiários. Sendo assim vou falar sobre o “coração alma”. Cada vez mais pessoas estão distantes de sua essência e ficando doentes da alma antes mesmo de se assolar uma doença física, isso por que estamos massificados, gostamos todos das mesmas coisas, vestimos o que está na moda, ou seja, somos robôs de um sistema. Nascemos para sermos felizes com o que é simples na vida, contemplar uma paisagem, silenciar a mente, cuidar de um jardim, fazermos algo prazeroso ou simplesmente respirar profundamente e perceber quando o ar entra e sai do nosso corpo, pisar num chão de terra ou grama, por os pés num riacho e sentir a temperatura da água; perdemos o contato com nosso corpo, para nos preocuparmos somente com o que ele deve vestir; temos que ser nós mesmos, sem amarras e com o olhar para as nossas potencialidades para amar, respeitar, compartilhar, para doar, isso é inerente do ser humano, basta usarmos esses talentos, não viemos aqui para sermos individuais, mas um todo. Essa á a verdadeira cura, ouça o seu interno e encontrará a resposta para tudo o que precisas. Busque a felicidade, ela está dentro de você!

Dra.Terezinha Coelho da Silva CRM 70594

Formada em medicina pela Universidade São Franscisco – Bragança Paulista (1993); Residência médica em clínica médica; Pós - graduação em Cardiologia pela UNIFESP – Escola Paulista de Medicina; Médica do Hospital Albert Sabin.

13


Cirurgia PlĂĄstica Especialidades

14

SaĂşde&Beleza


Ortopedia Especialidades

18

SaĂşde&Beleza


Fonoaudiologia Especialidades

Estratégias para Potencializar a Aprendizagem Aprender é modificar o cérebro com experiências. Quanto mais você se esforça, mais aprende e melhor fica naquilo que pratica. Quanto maior a estimulação, maior o número de conexões neurais que facilitam e ampliam o potencial de aprendizagem. Dicas para o cérebro aprender melhor ⚈ Dormir é fundamental para aprender (dormir por tempo suficiente para que o cérebro possa registrar melhor as informações); ⚈ Despertar o corpo e acordar a mente, intercalar atividades motoras com atividade mentais ajudam a captar melhor as informações; ⚈ Aula dada, aula estudada (revisar o que se aprendeu em um período de 48 horas, contribui para registrar melhor a matéria no cérebro); ⚈ Programar o sucesso (imagine do jeito que você deseja ser, o que você pensa que é ... Assim você será!); ⚈ Leia sobre diferentes temas; ⚈ Assista filmes de outros gêneros; ⚈ Escute música de outros estilos; ⚈ Comunique-se com novas pessoas; ⚈ Descansos programados (fazer intervalos programados durante atividades que exigem esforço mental); ⚈ Crianças a cada 20 minutos de estudo, pausar 5 minutos. ⚈ Adolescentes a cada 60 minutos de estudo, pausar 5 minutos. ⚈ Jovens a cada 90 minutos de estudo, pausar 5 minutos. ⚈ Inspire-se em bons modelos.

Karina Silva Pinto CRFa: 8692

Atividades que auxiliam para deixar o cérebro mais robusto ⚈ Quebra – Cabeça ⚈ Palavra Cruzada ⚈ Xadrez ⚈ Fazer associação com palavras ⚈ Fazer associação com nomes, músicas, lugares ⚈ Fazer cálculos matemáticos mentalmente ⚈ Memorizar itens do mercado

Karina da Silva Pinto formada há 17 anos pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), atua nas áreas de distúrbios de aprendizagem, reabilitação em disfunção do processamento auditivo, distúrbios articulatórios, motricidade oral. Atualmente enfatiza seus cursos, simpósios, congressos nos distúrbios de aprendizagem, déficit de atenção, hiperatividade, dislexia, atrasos na aquisição de linguagem, membro do grupo de estudo do processamento auditivo em terapia (ministrado pela Dra. Ingrid Gielow, organizado pelo Centro de Estudo da Voz). Também possui certificação para atuação do método PEI.

20 Saúde&Beleza

ESPAÇO VIDA Tel: (11) 4413. 6252 / 9-9536. 1311 Endereço: Rua Dr. Zeferino Alves do Amaral, 545 – Centro/Atibaia-SP E-mail: karinafono@uol.com.br


Geriatria Especialidades

Como evitar o Envelhecimento? A princípio, o título chama bastante a atenção, não é?

O que devemos fazer para não envelhecer? Afinal, o que são as terapias “anti-aging” tão faladas e tão procuradas? O que as práticas anti-envelhecimento podem nos proporcionar? O ser humano em sua busca pela vida eterna procura sempre soluções milagrosas para esse “problema”. Administração de hormônios, anti-oxidantes e megadoses de vitaminas tem sido apresentados como a solução a esse fato natural da vida: o envelhecimento.

Envelhecer faz parte do jogo. Nascemos, crescemos, envelhecemos e morreremos todos. Não há como evitar esse processo determinado em nosso DNA. Envelhecer não é doença, mas devemos sim lutar para preservar a saúde e a independência nesse longo caminho.

Com relação à prática anti-envelhecimento e a medicina ortomolecular o Conselho Federal de Medicina publicou a resolução 2.004/2012 de 8 de novembro de 2012 desmistificando uma série de procedimentos ditos milagrosos e capazes de deter o envelhecimento . Não é considerada especialidade médica a “medicina ortomolecular” e nem área de atuação, pois faz parte do trabalho normal do médico diagnosticar a deficiência de substâncias e propor o tratamento ao paciente. A administração de drogas como o EDTA e procaína, bem como de megadoses de vitamina visando retardar o envelhecimento, além de não terem respaldo científico de efeitos benéficos, podem causar males ao organismo. Como devemos proceder então? Procure seu Geriatra que saberá identificar os seus fatores de risco, evitando o desenvolvimento de doenças. Saberá também determinar suas reais deficiências vitamínicas (se existirem ), suas deficiências hormonais patológicas, tratar as doenças já estabelecidas e traçar um plano terapêutico que permita um envelhecimento saudável, mantendo sua qualidade de vida e acrescentando mais tempo à sua vida e mais vida aos seus anos.

Dr. Níveo Tsunashima Villa CRM 88991

Formado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo-USP. Residência Médica em Clínica Geral e Geriatria no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto- USP ( 4 anos). Curso de Medicina Chinesa e Acupuntura pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia da USP- São Paulo

22 Saúde&Beleza


Homeopatia Especialidades

Tratamento Homeopático é demorado? Mito ou verdade? Mito! Os tratamentos de saúde em que se utilizam Homeopatias, não são demorados, como popularmente se pensa. Somente se difere dos tratamentos tradicionais chamados Alopáticos.

A diferença está no modo da preparação do produto, a maneira de utilização e a ação dentro do organismo. Nesse texto informativo, alerto o leitor, com minha sincera dedicação à profissão de Homeopata - não médica*, a procurar por fontes confiáveis e esclarecedoras quanto a qualquer assunto, principalmente relacionados à medicina e terapias naturalistas, e não apenas se vincularem a comentários populares, pois esse é o principal motivo que impede o acesso à excelentes tratamentos complementares naturais e não invasivos da saúde. Quanto à atuação da Homeopatia no organismo, ela age fortalecendo a Energia Vital que cada um possui, estimulando a atividade imunológica e funcional.

Dentro de um tratamento homeopático, o paciente também recebe do profissional, orientação quanto a ter qualidade de vida através de alimentação adequada, exercícios físicos básicos e noções de conduta comportamental no ambiente do trabalho, familiar e social, pois sabe-se que amor gera amor, sentimento de gratidão gera gratidão, e que, ao manifestarmos sentimentos negativistas como rancor, raiva e ódio, o corpo físico libera substâncias que adoecem e comprometem a saúde das células, surgindo, portanto, as doenças. Saiba mais sobre Homeopatia no site homeopatias.com

E para conhecer a relação da mente com as doenças, a excelente dica são os livros do médico indiano, Deepak Chopra.

Rubia A. Ganzarolli

Homeopata / Psicanalista CONAHOM 1163 - SBPI 755

* Profissão estabelecida no CBO 3221-25 e pela Justiça Federal PAC 1.22.000.00422212002-59 que decide que a HOMEOPATIA NÃO É UMA PRÁTICA EXCLUSIVA E RESTRITA AOS MÉDICOS.

Espaço Saber Viver

Rua Dr. José Ferreira Kéffer, 30 (ao lado da Hering Store | Al. Lucas N. Garcês Estância/ Atibaia-SP)

Telefone: (11)

4402. 3959

23


Mastologia Especialidades

Qualidade de Vida Pós Menopausa Evento muito importante para a mulher, a Menopausa ocorre entre 48 a 52 anos e marca a transição do período reprodutivo para o não reprodutivo, caracterizado pela ausência de fluxo menstrual por um ano. Atualmente com o aumento da expectativa de vida para 75 anos, as mulheres viverão um terço de suas vidas após a menopausa. Portanto seria fundamental uma orientação adequada, para que essa fase seja vivida com qualidade e reflexão para o pleno AMADURECIMENTO e não ENVELHECIMENTO. Os principais sinais e sintomas do climatério ocorrem devido a uma deficiência estrogênica, em virtude da menor produção de hormônios pelo ovário, e para melhor compreensão serão distribuídos em três fases: pré menopausa (45 – 49), Peri menopausa (50 – 52) e pós menopausa (após 52 anos). 1. Pré menopausa: Irregularidade menstrual, Fogachos (ondas de calor), sudorese, insônia, preocupação com a auto-estima, sintomas psicológicos (irritabilidade e depressão);

2. Peri menopausa: Ressecamento de pele e vagina (causando dor na relação e diminuição da libido), infecção urinaria de repetição, perda de memória;

3. Pós menopausa: Osteoporose (diminuição da massa óssea seguido de risco de fratura) e doença cardiovascular.

O diagnostico é clínico, porem alguns exames deverão ser realizados anualmente para a detecção precoce e imediato tratamento; segue os mais importantes: hemograma, glicemia, função tireoidiana, colesterol e frações, urina, pesquisa de sangue oculto nas fezes, ultrassonografia pélvica, densitometria e mamografia (após os 40 anos). Portanto atenção integral a saúde da mulher para combater tamanha sintomatologia, mudando seus hábitos o mais precoce possível através de dieta balanceada contendo leite desnatado, queijo branco, verduras, folhas verdes, soja (elemento rico em isoflavona ) frutas em geral, peixe, ingerir muito líquido e evitar sal , gorduras, frituras, cafeína, refrigerantes, conservantes e cigarro.

Estimular a atividade física, natação, pilates, musculação ou caminhada diária de uma hora ao sol da manhã, sempre com uma avaliação cardiológica prévia para as sedentárias, são medidas importantes para manutenção da massa óssea, controle do peso e níveis aceitáveis de açúcar e colesterol ,melhorando a saúde e auto estima .

A reposição hormonal torna-se fundamental às vezes, mas não sempre, sendo necessária a avaliação do seu ginecologista. Outras medicações poderão ser utilizadas tais como: Cálcio, vitamina D, derivados da isoflavona (substâncias com alguma ação estrogênica). Concluindo: Um ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL com nutrição adequada, exercícios e orientação médica oportuna, seriam o ideal para uma melhor QUALIDADE DE VIDA.

Dr. Fábio S. Madruga CRM 81046

Formado pela Universidade Federal do Triangulo Mineiro – Uberaba M.G. Residência Médica no Hospital Leonor Mendes de Barros e Hospital Perola Byngton- São Paulo Título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO) Título de especialista em Mastologia Médico do Hospital Novo Atibaia desde 1998

24 Saúde&Beleza


Nefrologia Especialidades

Prevenção e Diagnóstico Precoce das Doenças Renais As doenças renais podem ser prevenidas ou diagnosticadas precocemente em diversos momentos da vida, permitindo a redução de sua progressão ou evitando seu aparecimento.

Durante a gestação, algumas medidas devem ser tomadas para diminuir o risco de desenvolvimento de doença renal nos filhos, como uma boa nutrição materna, a reposição de acido fólico e o controle do peso da gestante. A ingestão de álcool, o uso imoderado de sal, o uso de glicocorticóides (cortisona), o tabagismo, entre outros, podem ter conseqüências sérias e negativas sobre o volume e o funcionamento renal do feto. A realização de exame de ultrasson durante o pré-natal também contribuem para o diagnóstico precoce de doenças renais.

Já na infância, a medida da pressão arterial em toda consulta e a realização de exame de urina para detectar a presença de proteínas ou sangue são ações comprovadamente eficazes para diagnosticar doenças renais em crianças. Na avaliação de sintomas inespecíficos, como inchaço no corpo, dificuldade de ganho de peso, fraquezas, náuseas e vômitos, deve ser afastada a hipótese de doença renal. Na adolescência e na vida adulta, o uso de drogas ilícitas, de anabolizantes e o uso indevido de suplementos, como a creatina, são prejudiciais ao rim. Em alguns casos, infecções urinárias levam à mesma conseqüência.

Nos pacientes idosos, particular atenção deve ser dada aos medicamentos com potencial risco de lesão renal, como os antiinflamatórios, antibióticos e antineoplásicos. Exames realizados com contrastes também podem causar danos aos rins. O controle de peso e o controle rigoroso de doenças como Diabetes e Hipertensão Arterial ajudam a prevenir a evolução da doença renal, observando-se que a hipertensão tanto pode ser causa, como conseqüência de uma alteração renal. Em todas as idades devemos fazer uma busca ativa por doenças renais. Por isso, recomendamos visitas anuais ao seu médico e, se necessário, a um nefrologista (médico que cuida dos rins e suas doenças), com a realização do exame de creatinina sérica e exame de urina. Todas essas medidas visam à prevenção e ao diagnóstico precoce, podendo evitar o desenvolvimento ou retardar a progressão de doenças renais, minimizando o efeito deletério sobre o funcionamento do rim e possibilitando uma melhor qualidade de vida ao paciente.

Dr. João Henrique Bignardi CRM-SP 70081

Formado em medicina pela faculdade regional de São José do Rio Preto Residência médica em Nefrologia na UNESP – Botucatu Título de especialista em Nefrologia pela Sociedade Brasileira de Nefrologia e pelo Conselho Federal de Medicina Médico responsável técnico da unidade de hemodiálise do Hospital Novo Atibaia

25


Nutricionista Especialidades

Saúde e Nutrição Infantil Que a boa alimentação é essencial para uma vida saudável nós já sabemos, mas fazer com que as crianças aceitem alimentos como verduras, legumes e frutas pode ser um desafio. Não é para menos que a obesidade infantil é uma das patologias que mais cresce no Brasil e no mundo.

O problema é que associada à obesidade surgem outros problemas de saúde, como a hipertensão arterial, as dislipidemias, o diabetes, distúrbios gastrointestinais e ósseos, que aumentam os riscos futuros para doenças cardiovasculares e também contribui para a baixa auto-estima, discriminação social e complicações emocionais. Além disso, há evidencias que a obesidade na infância é um preditor para a obesidade na vida adulta e suas doenças associadas.

Uma dieta rica em frutas, hortaliças, cereais integrais pode contribuir para a prevenção desse problema, porém nos dias de hoje as crianças tem fácil acesso a alimentos ricos em gorduras e açúcares tais como salgadinhos, balas e refrigerantes, sendo que os pais nem sempre conseguem acompanhar em tempo integral a alimentação de seus filhos. Desta forma é muito importante que os pais se conscientizem dessa realidade e busquem nos profissionais de nutrição orientação e ajuda no desenvolvimento de estratégias de educação nutricional visando não apenas prevenir doenças futuras, como também promover a saúde e garantir a qualidade de vida de seus filhos.

Isabela Ottoni

CRN-3: Nº de protocolo de inscrição 1145/13

Formada em Nutrição pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, extensão universitária em Alimentação Humana e Alimentação Coletiva e Gestão, Universidade do Porto, U. PORTO, Porto, Portugal. PIBIC (CNPq): Avaliação da estabilidade oxidativa da semente de linhaça dourada. Realiza acompanhamento clínico e consultoria nutricional especializada, com ênfase no público infantil.

Atendimento: Taniguchi Studio Endereço: Av. Horácio Netto, 775 – Jd. Samambaia – Atibaia/SP Tel: (11) 2427 1671 / 9-8713. 9369 Site: www.vidanutrida.ntr.br Email: isabela.ottoni@vidanutrida.com.br

27


O primeiro

Sorrir MARCIO MURAO ODONTO ESTÉTICA

/MarcioMuraoOdontoEstetica Al. Lucas Nogueira Garcez, 767 11

4413 3210


Odontologia - Radiologia Tecnologia

A Radiologia Odontológica na Era Digital

Vivemos uma nova realidade social e profissional, a Era Digital.

Com ela a atualização é fundamental em todas as áreas, na Odontologia e na Radiologia não é diferente.

A tecnologia de ponta utilizada na aquisição, armazenamento e encaminhamento de imagens digitais, tem revolucionado a odontologia facilitando a vida de pacientes e profissionais, viabilizado o envio virtual imediato dos exames realizados. Porém, a existência de uma gama enorme de softwares de manipulação de imagens impedia que o exame digital, não impresso, fosse dado como legítimo. Mas a tecnologia mais uma vez vem ao auxílio do profissional permitindo que o exame seja legalmente autenticado por meio de uma Certificação Digital concedida pela clínica de radiologia, desde que requisitada. Assim, devidamente Certificado, o exame digital notabiliza o diagnóstico por imagem virtual de forma fidedigna e legal, o que nos grandes centros tem sido amplamente utilizado de maneira exclusivamente virtual. Sem a necessidade de impressão, esse modelo contribui para a redução da produção de resíduo, que é o grande apelo ambiental e de quebra reduz drasticamente o volume dos arquivos de prontuários dos dentistas que necessitam ser guardados por muitos anos.

Dra. Renata Bacci CRO/SP: 59.475 Especialista em Radiologia e Imaginologia Odontológica pela USP Responsável Técnica do C.R.A - Centro de Radiologia Atibaia Unidade Odontológica

32 Saúde&Beleza


Oftalmologia Especialidades

Exame de Vista: Quando e Por quê? O primeiro exame oftalmológico deve ocorrer logo após o nascimento quando é realizado o fundo de olho, para avaliar o reflexo vermelho, comprovando assim se as estruturas do olho estão formadas adequadamente, se estiver tudo bem, então a visita ao oftalmologista deve ser anual. Nos primeiros anos de vida a procura consiste em ver se a criança não apresenta sinais de tumores, que podem aparecer nessa época, se o adolescente tem uma boa visão e assim possa ter um bom rendimento escolar além de desenvolver, de forma harmônica a boa qualidade de visão nos dois olhos, descobrir precocemente problemas como Estrabismo (olho torto) acompanhado ou não de Ambliopia, sendo essa última passível de tratamento apenas se detectada até os 6anos de idade. A ambliopia é uma baixa de visão, geralmente unilateral, causada por uma expressiva diferença de grau entre os olhos resultando no desenvolvimento incompleto da “visão cerebral” do olho, que por ter maior grau, nunca enxergou bem; o tratamento com a correção ótica (óculos ou lente de contato) e tampões, pode estimular esse desenvolvimento, permitindo uma boa recuperação, mas isso só é possível até por volta dos 6 anos, quando a parte cerebral da visão completa seu desenvolvimento pleno. Com o passar dos anos, o uso do computador e a leitura por muitas horas fazem com que os olhos se cansem mais facilmente e a falta de uma correção (óculos) pode acarretar dores oculares e de cabeça, ardência e irritação nos olhos.

Por volta dos 40 anos, a visão de perto começa a falhar e então já é hora de passar numa nova avaliação para vermos a necessidade dos óculos

Dr. Januário Vitor Festa CRM 69535

34 Saúde&Beleza

para perto (é a Presbiopia) e aferirmos a pressão intra-ocular, grande aliada na prevenção e tratamento do Glaucoma, doença que pode levar à cegueira irreversível sem apresentar o menor sinal ou sintoma (doença silenciosa), porém, se descoberta no início e bem conduzido o seu tratamento, pode não criar nenhum dano aos olhos.

Um pouco mais adiante, em algum momento, surgem os primeiros sinais de Catarata, e tão logo esta comece a acarretar uma baixa na qualidade visual podemos realizar a cirurgia, que hoje é moderna, sendo muitas vezes feita com anestesia tópica (só com colírio anestésico), pelo método de Facoemulsificação o que a torna mais segura e efetiva, promovendo rápida recuperação. A Catarata Senil não chega a ser considerada como uma doença, mas sim como o envelhecimento de nosso cristalino que deve ser substituído por uma lente intraocular artificial e com o cálculo prévio do grau dessa lente, muitas vezes podemos corrigir ou, pelo menos, diminuir altas ametropias (miopia, hipermetropia e até astigmatismo) possibilitando ao paciente não só a recuperação visual, mas também certa independência do uso de óculos, o que é fantástico. Entre todas essas patologias oculares existe uma gama enorme de outras doenças como a Retinopatia Diabética e/ou Hipertensiva que só mesmo um oftalmologista pode diagnosticar e prescrever o melhor tratamento.

Portanto a hora de procurar o seu oftalmologista é agora mesmo, seja qual for a sua idade, só assim você não correrá o risco de perder o prazer de enxergar o mundo a sua volta.

Formado pela Faculdade de Medicina de Santos em 1990 Residência médica pela Universidade do ABC em 1993 Pós Graduação na Universidade de Porto Rico em 1994 Mestre em Oftalmologia pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP) em 2002 Membro da Academia Americana de Oftalmologia Membro da Academia Pan Americana de Oftalmologia Oftalmologista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia Médico do Hospital Albert Sabin


Oncologia Especialidades

Informações básicas de prevenção do Câncer A Oncologia é uma especialidade médica muito abrangente.

A atuação do medico oncologista inclui ações de promoção e prevenção de alguns tumores através da orientação as pessoas dos procedimentos que podem levar a detecção precoce de alguns tumores, entre esses: A solicitação do exame de citologia oncótica de Papanicolau, em mulheres com atividade sexual a cada 2 anos para a prevenção e diagnostico precoce do Câncer do colo uterino, pois 99% desses tumores estão relacionados a infecção pelo vírus HPV Papiloma Vírus Humano, que pode ser tratado antes de se transformar em câncer. *Mamografia, que deve ser solicitado para mulheres a partir de 35 anos e deve ser anual em mulheres com parentes de primeiro grau(mãe, irmãs e filhas) que tiveram câncer de mama e a cada 2 anos em mulheres que não tem parentes com câncer de mama.

*Colonoscopia, que deve ser realizado a partir dos 50 anos. Devera ser anual para as pessoas que tem parentes de primeiro grau com câncer de intestino(principalmente com idade jovem) e a cada 5 anos para quem não tem parentes com câncer de intestino. * Dosagem do PSA (AntigenoProstatico Especifico) para avalição da próstata em homens, que devera ser solicitado pelo medico a partir dos 50 anos e se este estiver alterado, devera iniciar uma pesquisa para detectar câncer de próstata, que é muito comum nos homens e na maioria das vezes não da nenhum sintoma.

* Observar na pele se há presença de lesões escurecidas do tipo “pinta” que mudou de formato, ou apresenta sangramento e mudança da coloração, principalmente nas áreas expostas ao Sol. Isto é um sinal de alerta pois pode ser um Melanoma Maligno e neste caso você devera procurar imediatamente um dermatologista para avalia-la.

Os outros tumores não tem prevenção, exceto os tumores de pulmão onde 80% das pessoas que tem diagnóstico de câncer no pulmão são fumantes, então o fato de não fumar, ou parar de fumar é um fator de prevenção do câncer de pulmão. Inclui também na atividade profissional do oncologista a escolha do tratamento quimioterápico específico para cada tipo de tumor e o acompanhamento dos pacientes durante esta fase do tratamento. Outra atividade que talvez seja a mais interessante no dia a dia é o seguimento das pacientes que já tiveram o câncer e realizaram o tratamento e que nesta fase estão se adaptando a vida normal.

Esta é a atividade de maior desafio e a tendência hoje é o seguimento com trabalho em esquipe multiprofissional, composta por enfermeiras, nutricionistas, fisioterapeutas e psicólogas. Com as estratégias de prevenção e os múltiplos tratamentos medicamentosos no arsenal terapêutico oncológico os pacientes oncológicos vivem mais e melhor.

O tratamento do Câncer é uma fase que na maioria das vezes, nos redireciona para que a vida seja vista de uma forma melhor.

Dra. Silvia Regina Graziani CRM 56925

Médica Oncologista Clínica, com título de especialista em Cancerologia (1992) Residência Médica: Hospital do Câncer A. C. Camargo Mestrado e Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Médica assistente doutora do Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho – IAVC, São Paulo Medica Oncologista clínica do Hospital Novo Atibaia

35


Ortopedia Especialidades

Cuidado com as promessas de início de ano mulheres, que as vezes focam mais nos exercícios para membro inferior. O exercício de fortalecimento ajuda muito a evitar dores habituais por esforço na rotina do dia a dia. Vale à pena lembrar-se de incluir junto ao educador físico o fortalecimento do manguito rotador do ombro, da musculatura abdominal e paravertebral (responsável pela sustentação da coluna). No membro inferior lembrar-se de evitar o fortalecimento do joelho utilizando agachamento, legpress ou cadeira extensora com angulo de flexão do joelho maior que 90 graus. Isto vai auxiliar em preservar sua cartilagem do joelho (região patelo-femoral). Também o alongamento da musculatura posterior (atrás) do joelho auxilia muito na melhora de algumas dores lombares e dos joelhos. A maior parte das pessoas nesta época do ano, após os exageros normais da virada do ano ou em busca de cumprir a promessa de uma vida mais saudável feita também entre dezembro e janeiro tendem a iniciar ou reiniciar a pratica de atividade física. Este artigo é pra lembrar alguns fatores que podem influenciar na prática de atividade física mais saudável e mais prolongada à medida que permite uma melhor sensação de bem estar.

FATOR DESAFIO – Evite, caso você nao seja um atleta, desafiar os seus limites!!! Busque uma rotina de atividade física que você possa cumprir, com isto cada vez que o objetivo é atingido gera prazer e não frustração.

Treinar 5 vezes/semana academia ou correr 5 vezes/semana pode ser um ideal mas é muito difícil pra quem tem uma rotina de trabalho estressante como a maioria de nós . Para universitários ou quem dispõe de tempo adicional perfeito. Acho fundamental reservar no mínimo 2x/semana de 1 hora para atividade de fortalecimento muscular (musculação, pilates, etc) e mínimo 2x semana de atividade aeróbia (30min a 1 h). No fortalecimento dar prioridade para exercícios que incluam vários grupos musculares e não apenas um músculo como ocorre no fisioculturismo onde o objetivo é hipertrofia de cada um dos músculos destes grupos musculares. É possível dentro de um treino muito enxuto, 30 minutos de fortalecimento dos principais grupos musculares do tronco e braços para as mulheres e homens, estes em geral focam mais os exercícios de membro superior e 30 minutos para os principais grupos musculares do membro inferior, também mesmo para as 36 Saúde&Beleza

Aos amantes da academia e musculação mais pesada, cuidado com os esteróides anabolizantes. Cada vez mais no Centro de Traumatologia do Esporte (CETE/UNIFESP) vemos efeitos colaterais como infecção grave do músculo onde se fez a injeção com falta de assepsia (material estéril), hipertensão arterial e aumento rápido de peso com sobrecarga dos tendões e rupturas, entre outras já sabidas. Para as pessoas que está há alguns meses sem fazer atividade física e acima do peso a atividade física de fortalecimento ou aeróbia deve ser progressiva permitindo a adaptação do corpo ao estímulo.

Para escolher entre caminhada ou corrida depende da idade, peso e características individuais a serem discutidas com o ortopedista em caso de dor em alguma articulação ou local do corpo ou com o educador físico para orientação se não houver dor previa.

Em geral nenhuma atividade física visando saúde deve ser feita com inclinações. Durante a caminhada ou corrida com inclinação há grande esforço das articulações (quadril, joelho e pé) e tendões (patelar e aquiles). Com o tempo as atividades físicas em inclinações certamente levam a piora da qualidade da cartilagem articular (reveste o osso em todas as articulações, evitando o contato osso com osso que da dor e limitação a atividade física). Com o crescimento das acessórias esportivas e o numero de praticantes de corrida é comum iniciar a atividade de corrida até 5KM, ir subindo para 10KM, alguns vão pra 15, em breve para 20 e meia maratona e logo planejarem uma maratona.


Definitivamente se o objetivo é saúde, não é por ai. Maratona é sobrecarga!!! É pra quem tem tempo pra se alimentar bem, pra quem tem um corpo com genética pra isto (o que inclui tendão, cartilagem, etc). Sei que é difícil pra muitos praticantes entenderem isto, mas escrevo isto porque a cada dia chegam mais praticantes com lesões de cartilagem, tendinopatia (degeneração dos tendões por sobrecarga) o que gera dor crônica e desconforto. Precisamos e muitos querem atividade física, porém ela será duradoura na medida em que for equilibrada. Se o objetivo for saúde e querendo praticar corrida, o ideal é 5 ou 10 km cada vez em terreno plano após alguns meses de adaptação correndo progressivamente. Também há outros fatores como tênis e mesmo a velocidade da corrida.

Para os que desejam uma boa caminhada, parabéns!!!! As articulações agradecem, novamente como sabemos, no plano.

É importante lembrar que antes da atividade devemos fazer uma avaliação clinica e física para avaliarmos a real condição do corpo para a atividade física, o que inclui avaliação cardiológica, ortopédica e porque não também alimentar.

Muitas corridas de rua também apresentam trechos íngremes. Novamente ai vai a reflexão sobre o desafio que eu escrevi anteriormente. Raramente quem organiza uma corrida de rua sabe o que é uma cartilagem do joelho ou as propriedades de resistência dos tendões como um tendão de aquiles. Organizam os trechos e vamos ver quem consegue primeiro!!! Errado. Pessoal! Vamos pensar em saúde. É o bem maior que temos. Qual o preço de andar, caminhar ou correr sem dor? Muitas vezes só sabemos deste valor quando perdemos esta condição. Tudo o que o dinheiro pode comprar é barato!!!

A saúde nem o dinheiro pode comprar.

Assim acredito que a base da atividade esportiva pode estar na atividade de fortalecimento e atividade aeróbia. Da mesma forma acredito que as bases de uma vida saudável pode ser saúde física, mental e também alimentar.

Diferente do que muita gente pensa o controle do peso em pessoas normais, isto é, sem doenças em tratamento é muito mais eficaz pelo controle alimentar do que pela atividade física. Querer compensar o erro alimentar com atividade física pode custar um preço muito caro para o corpo com as mais variadas lesões musculotendineas por sobrecarga. O primeiro passo para o controle de peso é uma alimentação mais saudável. Ai vale uma visita a uma nutricionista. Cada um é capaz de perceber os exageros que comete e é capaz de tentar redobrar a atenção para não fugir muito do equilíbrio individual com relação a rotina da alimentação. Para se ter uma idéia qualquer um de nos é capaz de comer 2 mil calorias em minutos o que demoraremos horas para gastar com a atividade física. É como o velho ditado, “Quando a cabeça não faz o seu papel o corpo padece”!!!. Temos que buscar manter o prazer alimentar pela qualidade e não pela quantidade. Buscar entretenimento e prazer em outras atividades, restringindo o abuso alimentar.

Bom 2013 a todos... Dr. Alberto Pochini CRM: 83428

Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) - Escola Paulista de Medicina (1995); Mestre e Doutor pela Unifesp/Escola Paulista de Medicina; Professor afiliado e Chefe do centro de Traumatologia do esporte/Unifesp; Médico ligado a Federação Paulista de Powerlifting; Atualmente Chefe do Centro de Traumato-Ortopedia do Esporte (CETE) da Disciplina de Medicina do Esporte e da Atividade Física da UNIFESP; É pesquisador do IEP (Instituto de Ensino e Pesquisa) do Hospital Israelita Albert Einstein, revisor do periódico American Journal Sports Medicine; Atua no HNA e Medici Domus em Atibaia.

37


Otorrinolaringologia Especialidades

Muito além de orelha, nariz e garganta! A especialidade de Otorrinolaringologia no Brasil nasceu em 1911, como um desdobramento da Oftalmologia, visando diagnosticar e tratar patologias de orelha, nariz e garganta. Gradativamente, a especialidade se desenvolveu, e, nos últimos anos, uma área que vem tendo uma atuação essencial dos otorrinolaringologistas se refere ao diagnóstico e tratamento dos distúrbios do sono.

Talvez a queixa mais freqüente relacionada ao sono seja o ronco, que nada mais é que um ruído provocado pela vibração das vias respiratórias. Comumente, pode ser sintoma da síndrome da apnéia obstrutiva do sono, distúrbio provocado pelo estreitamento ou obstrução das vias respiratórias superiores durante o sono, levando à diminuição do fluxo aéreo ou mesmo à parada respiratória.

Trata-se de uma patologia que provoca no paciente sonolência diurna, sono não reparador, pode estar relacionada à insônia e está implicada diretamente no aumento de risco cardiovascular, com a hipertensão, com o diabetes, com distúrbios endócrinos, entre outros. O diagnóstico preciso deve ser acompanhado do exame de polissonografia, o método mais objetivo para a avaliação do sono e de suas variáveis fisiológicas.

Em relação a tratamento, os diferentes distúrbios do sono podem ser tratados com mudanças de hábito, medicamentos, procedimentos cirúrgicos, o uso de equipamentos, além de uma abordagem multidisciplinar, com participação de dentistas, fonoaudiólogos, fisioterapêutas, terapêutas ocupacionais e psicólogos.

Dr. Jayson Nagaoka CRM 100558

Formado em medicina pela Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina; Título de residência médica em Otorrinolaringologia pela Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina; Título de Especialista reconhecido pela AMB em Otorrinolaringologia; Mestre pela Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. Médico do Hospital Novo Atibaia

38 Saúde&Beleza


Psicopedagogia Especialidades

“Transtorno de Déficit de Atenção – O que é isso?” Atualmente muitos pais e professores se deparam com crianças ou adolescentes que apresentam os seguintes sintomas:

⚆ Vão mal à escola, com dificuldade de assimilar os conteúdos ou não aprendem;

⚆ Comportamentos inadequados, (geralmente “estabanados”, com “bicho carpinteiro”, “ligados por um motor” ou “não param quietos por muito tempo”); ⚆ Dificuldade de concentração e memória podendo distrair-se com facilidade, ouvindo qualquer barulho, ou mesmo distraindo-se sozinho, esquece seus compromissos, perde ou esquece objetos nos lugares, possui dificuldade em seguir instruções, em se organizar, além de falar muito, interrompendo as pessoas enquanto conversa, não conseguindo esperar sua vez e respondendo as perguntas antes mesmo delas serem feitas por completas; ⚆ Apresentam-se desatentos (as crianças são tidas como “avoadas”, “vivendo no mundo da lua”);

⚆ Dificuldade no relacionamento com demais crianças, pais e professores.

Estes sintomas afetam a aprendizagem, a conduta, a autoestima, as habilidades sociais e o funcionamento familiar e logo essas crianças ou adolescentes são rotulados de “preguiçosos”, “não quer nada”, “só presta a atenção em jogos no computador”, “inquietos, agitados e impulsivos” etc. Porém esses sintomas podem estar associados a um distúrbio conhecido por TDA-H (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade).

O TDA-H é uma disfunção cerebral, na qual o cérebro não funciona adequadamente, devido à interferência de impulsos rápidos. Manifesta-se por três grupos de sintomas: desatenção, hiperativi-

dade e impulsividade e atinge entre 3 a 5% de todas as crianças em idade escolar. O Transtorno pode ocorrer sem a Hiperatividade.

Os meninos tendem a ter mais sintomas de hiperatividade e impulsividade que as meninas, mas todos são desatentos. Crianças e adolescentes com TDA-H podem apresentar mais problemas de comportamento, como por exemplo, dificuldades com regras e limites.

É importante para a família e para a escola buscar compreender que por trás desses sintomas geralmente encontram-se várias causas a serem investigadas e é importante que crianças ou adolescentes com suspeita de TDA-H sejam diagnosticadas o mais cedo possível, inclusive para evitar punições desnecessárias, repetitivas e ineficazes, o que pode ocasionar aversão aos conteúdos escolares e a aprendizagem, que acabará acarretando o agravamento dos sintomas e prejudicando no desenvolvimento.

A criança ou adolescente portador de TDA-H precisa ser estimulada de maneira correta em tempo integral, para que mantenha sua atenção no que está fazendo ou estudando. Neste processo, o psicopedagogo tem papel importante. O diagnóstico do TDA-H deverá ser realizado por uma equipe multiprofissional, que é formada por neurologista/neuropediatra, psicólogo, fonoaudiólogo e psicopedagogo. A psicopedagogia tem se mostrado muito eficiente tanto no levantamento diagnóstico, quanto nas formas de intervenção, que serão feitas através de atividades que estimulam a memória, concentração e atenção, que são os maiores vilões dos portadores desse transtorno, com suporte e orientação aos estudos e também pode exercer um trabalho de reflexão e orientação familiar.

Sheila Ribeiro Sheila Ribeiro Professora Graduada há 16 anos pela Uni Sant’Anna SP em Letras com Licenciatura Plena em Português/Inglês e Pós- Graduada em Psicopedagogia- Clínica/Institucional/Hospitalar pela UNG (Universidade Guarulhos em 2004). Realizou cursos de especialização e atualização em: Diagnóstico Psicopedagógico Clínico Infantil e Intervenção Psicopedagógica nas Dificuldades de Aprendizagem Infantil: uma abordagem clínica. Contato: Tel.: 99755.0886 Site: www.sheilaribeiro.com.br E-mail: she.s.ribeiro@hotmail.com

39


Pediatria Especialidades

Vacina contra o HPV

HPV é a sigla em inglês do Papiloma Vírus Humano, considerada a principal doença sexualmente transmissível de origem viral que infecta

os seres humanos e que pode induzir o desenvolvimento de câncer. Este vírus após o contagio pode permanecer “adormecido” sem causar lesões por vários anos ate que a diminuição da resistência do organismo possa desencadear a multiplicação e provocar o aparecimento de lesões clínicas e/ ou subclínicas.

A maioria das infecções por HPV é assintomática ou inaparente e de caráter transitório. A principal forma de transmissão é pela via sexual, que inclui contato oral-genital, genital-genital, ou mesmo manual-genital, assim sendo a transmissão pode ocorrer mesmo sem penetração vaginal ou anal.

Existem mais de 100 tipos de HPV, mas apenas um pequeno numero destes tipos de vírus estão relacionados ao desenvolvimento do câncer de colo de útero, de vagina, vulva, pênis ou de anus.

O câncer do colo de útero está altamente relacionado ao HPV e de acordo com o Instituto Nacional do câncer, é o segundo tumor maligno de maior incidência entre as mulheres no Brasil, só perdendo para o câncer de Mama. A prevenção ainda é a melhor forma de proteção contra esta doença. A vacina contra o HPV foi criada com objetivo de prevenir a infecção por HPV e dessa forma reduzir o numero de pacientes que venham a desenvolver o câncer de colo de utero

Existem 2 vacinas diferentes contra o hpv, a vacina tetravalente e a vacina bivalente. A tetravalente protege contra o vírus 6,11,16 e 18 e deixa a mulher protegida contra verrugas genitais e câncer de colo do útero. A vacina biva-

lente protege contra o vírus 16 e 18 que são os maiores causadores do câncer do colo do útero, nao protegendo contra as verrugas genitais. Apesar de proteger contra 4 ou 2 tipos de vírus estudos recentes demonstraram que existe proteção cruzada, isto é a vacina também protege contra outros tipos do hpv. 40 Saúde&Beleza


O ministério da Saúde indica a vacinação a partir de 9 anos para as meninas, e recomenda que seja tomada até os 26 anos, pois nessa fase

o organismo produz uma maior quantidade de anticorpos anti-hpv. A Anvisa aprovou recentemente a aplicação da vacina tetravalente para meninos à partir dos 9 anos para a prevenção do câncer anal e de pênis.

Tanto para a vacina bivalente como para a tetravalente são recomendados 3 doses intramusculares. A vacina disponível apenas em clínicas particulares, recebeu a aprovação pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado para aplicação apenas em meninas entre 9 e 13 anos pelo

Sistema Único de Saúde, mas ainda aguarda aprovação da Câmara dos Deputados para posterior revalidação pela Presidenta para que ocorra a disponibilização e aplicação na rede pública.

A vacina HPV tem maior eficácia se for feita antes do início da atividade sexual, isso porque geralmente nessa fase as pessoas ainda não se expuseram ao vírus que é sexualmente transmissível, por isso a recomendação para que se inicie à partir dos 9 anos. A duração da imunidade

da vacina ainda não foi muito bem estabelecida; até o momento se tem convicção de 5 a 9 anos de proteção, devido ao pouco tempo de comercialização e utilização em maior escala no mundo.

Os efeitos colaterais mais comuns dessas vacinas são mal estar, semelhante a um quadro gripal e dor no local da aplicação. Até o momento não se têm descritos efeitos graves ou morte ligadas a aplicação destas vacinas.

É importante que se saiba que a vacina só protege contra 2 tipos de hpv responsáveis por 70% de câncer de colo de útero ou seja 30% dos cânceres causados por outros tipos oncogênicos vão continuar ocorrendo se não for realizada a prevenção secundária.

Até o momento o que se pode afirmar é que os maiores beneficiados por esta vacina são as crianças antes da fase sexualmente ativa. Converse com o seu Pediatra, ele saberá te orientar o melhor momento e a melhor vacina para o seu filho.

Dra. Lucila Mary Hashimoto CRM 43091

Graduada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP-BOTUCATU Residência Medica pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP-BOTUCATU Pediatra responsável pela NEOPED - Pediatria do Hospital Novo Atibaia Pediatra da Clínica de Vacinas do Hospital Novo Atibaia Coordenadora do Centro de Estudos do Hospital Novo Atibaia.

41


Saúde

Evite o refluxo em 7 passos No Dia Nacional da Saúde e da Nutrição, 31/03, a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva alertou a população sobre a doença gastroesofágica Após a refeição, já sentiu o estômago cheio, náusea, queimação e dor torácica? São alguns dos principais sintomas do refluxo gastroesofágico, caracterizado pela ida do ácido do estômago para o esôfago. No Dia Nacional da Saúde e da Nutrição, celebrado em 31 de março, a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) alerta a população sobre as maneiras de melhorar a alimentação e escapar do refluxo.

Durante a alimentação, a comida passa da boca para o estômago através esôfago. Entre estes dois últimos existe o esfíncter esofágico inferior, uma espécie de “válvula” que os separa, evitando que o alimento volte para o esôfago. “O problema acontece quando o esfíncter não fecha da forma correta, podendo levar os alimentos, líquidos e sucos gástricos a voltarem para o esôfago, ocasionando o refluxo”, afirma o coordenador geral de comunicação da SOBED, Gustavo Andrade de Paulo. Pessoas de todas as idades podem apresentar refluxo, que é facilmente diagnosticado por exames. “A endoscopia detecta a esofagite, consequência do refluxo. Em casos de apresentações atípicas da doença, pode ser necessário fazer uma pHmetria e esofagomanometria”, completa o especialista.

O endoscopista alerta para o risco da automedicação, muito comum nos casos de refluxo. De acordo com Andrade, o uso de remédios, como os antiácidos, por conta própria, além de não ter garantia quanto sua eficiência, pode trazer outros efeitos colaterais ao paciente. Por isso, é sempre aconselhável a supervisão de um médico e, se necessário, a realização de exames para o diagnóstico correto. Após a refeição, já sentiu o estômago cheio, náusea, queimação e dor torácica? São alguns dos principais sintomas do refluxo gastroesofágico, caracterizado pela ida do ácido do estômago para o esôfago. No Dia Nacional da Saúde e da Nutrição, celebrado em 31 de março, a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED) alerta a população sobre as maneiras de melhorar a alimentação e escapar do refluxo.

Durante a alimentação, a comida passa da boca para o estômago através esôfago. Entre estes dois últimos existe o esfíncter esofágico inferior, uma espécie de “válvula” que os separa, evitando que o alimento volte para o esôfago. “O problema acontece quando o esfíncter não fecha da forma correta, podendo levar os alimentos, líquidos e sucos gástricos a voltarem para o esôfago, ocasionando o refluxo”, afirma o coordenador geral de comunicação da SOBED, Gustavo Andrade de Paulo. 42 Saúde&Beleza

Pessoas de todas as idades podem apresentar refluxo, que é facilmente diagnosticado por exames. “A endoscopia detecta a esofagite, conseqUência do refluxo. Em casos de apresentações atípicas da doença, pode ser necessário fazer uma pHmetria e esofagomanometria”, completa o especialista.

O endoscopista alerta para o risco da automedicação, muito comum nos casos de refluxo. De acordo com Andrade, o uso de remédios, como os antiácidos, por conta própria, além de não ter garantia quanto sua eficiência, pode trazer outros efeitos colaterais ao paciente. Por isso, é sempre aconselhável a supervisão de um médico e, se necessário, a realização de exames para o diagnóstico correto. Confira abaixo as sete principais maneiras de fugir do refluxo, segundo o coordenador da SOBED.

1 – Procure comer pouco, mais vezes ao dia – O ideal é se alimentar de quatro a cinco vezes por dia, a cada três horas, e em pequenas porções. Comer demais pode piorar o refluxo.

2 – Não durma após as refeições – É muito comum a presença de refluxo em pessoas que dormem logo em seguida do jantar. A questão é simples, com o corpo deitado, a ausência de gravidade facilita o encaminhamento do conteúdo gástrico para o esôfago. 3 – Evite bebidas gasosas – Refrigerantes e águas com gás devem ser evitados. Os gases ficam concentrados no tubo digestivo, ocasionando a distensão do estômago, o que facilita o refluxo.

4 – Diminua a quantidade de café, chocolate e cigarro – Substâncias presentes no cigarro e nessas bebidas relaxam o esfíncter esofágico inferior, possibilitando a volta dos alimentos. 5 – Fuja das roupas apertadas – As peças mais justas na região do abdômen, como calças, cintas e cintos, aumentam a pressão desta área do corpo, facilitando o refluxo do ácido para o esôfago. 6 – Evite condimentos – A pimenta e outros temperos podem aumentar a secreção de ácido pelo estômago, aumentando a chance de refluxo. Podem ser substituídas por ervas aromáticas que não apresentam esse inconveniente. 7 – Reduza a quantidade de frituras – O alto teor de gordura de alguns alimentos sobrecarrega o estômago e também relaxa o esfíncter, podendo resultar no caminho contrário do alimento.


Studio Especialidades

O Taniguchi Studio vai além do conceito de academia de ginástica tradicional. Oferecemos aulas personalizadas, com aulas elaboradas de acordo com a sua necessidade, sendo que as mesmas podem ser individuais

ou em grupos de até no máximo 3 pessoas por professor. Devido ao

atendimento exclusivo, os resultados são atingidos rapidamente, com maior segurança, em um ambiente agradável. Contamos com uma

equipe multidisciplinar pós-graduada, atualizada e com certificações internacionais. Nossos serviços são inovadores seguindo as tendências fitness e wellness mundiais .

Venha conhecer o seu templo do bem-estar. Você vai perceber como é bom se sentir bem!

Tatiana Taniguchi CREF. 22.778 G/SP

Educadora física formada pela FMU e pós-graduada em “atividade física para grupos especiais e saúde” pela mesma instituição. Possui formação completa em Pilates (Mat e Studio) e Pilates para Populações Especiais (ISP-Injuries and Special Populations) todos no método STOTT PILATES®- Canadá. Participou de diversos workshops relacionados ao tema com o treinador internacional Timothy Fleisher (EUA) e equipe Pilates Studio Fit. Possui as seguintes certificações: Internacionais: FMS™ (Functional Movement Systems), Zumba Fitness®, TRX™ Suspension Training, TRX™ Rip Training e pela Aquatic Exercise Association (AEA). Nacionais: treinamento funcional pelo Core 360º e em kettlebell training. Tem mais de 10 anos de experiência profissional nas melhores academias, clubes e hotéis de São Paulo.

44 Saúde&Beleza


Saúde

Corpo em forma: evite 6 erros comuns na academia

Passar um tempo na academia pode ser um grande sofrimento para algumas pessoas, por isso, é bom fazer valer os minutinhos que se gasta por lá. Mas, para fortalecer os músculos e prevenir lesões, é preciso ter evitar seis erros bastante comuns, listados pelo site Fitsugar. Confira. Não se aquecer

Garanta pelo menos cinco minutos antes e cinco minutos depois da malhação para aquecer e refrescar o corpo. Estes 10 minutos adicionais previnem lesões que podem acabar impossibilitando a ida à academia.

Malhar com o estômago vazio

Se o seu carro não funciona sem combustível, com o seu corpo acontece a mesma coisa. Cerca de 30 a 90 minutos antes de ir para a academia, coma lanches de fácil digestão. Eles devem conter de 40 a 100 gramas de carboidratos e ter baixo teor de gordura. Torrada, banana, queijo e iogurte são boas escolhas pré-malhação. Mas evite comer imediatamente antes de ir para a academia para evitar problemas estomacais.

Fazer a mesma rotina aeróbica todos os dias

Embora a esteira traga resultados efetivos para a saúde do coração e queime calorias, é importante não manter os mesmos exercícios cardiovasculares todos os dias. Isso não é só entediante para o cérebro, como também não traz muitos desafios para a parte muscular. Tente mesclar treinos variados. Como resultado, você conseguirá músculos mais fortes e irá prevenir lesões.

Não variar o treino muscular

Quando se faz os mesmos movimentos todos os dias, os músculos acabam se adaptando. Por isso, é importante mudar de tempos em tempos. Varie os tipos de exercícios e o grupo muscular que está trabalhando. Tente mudar também o número de repetições, a carga e os aparelhos ou equipamentos.

Usar cargas muito leves

Na musculação, você precisa usar cargas que fatiguem seus músculos depois de 10 a 12 repetições. Se você perceber que fez 30 vezes o mesmo movimento e, ainda assim, não se sente cansado, é hora de mudar a quantidade de peso que está levantando.

Não se alongar

É fato que se alongar não queima calorias como os exercícios aeróbicos, mas é tão importante quanto. Alongar-se faz com que os músculos fiquem flexíveis, prevenindo dores e lesões e melhorando a postura. Músculos frios não se alongam muito, então, prefira fazer o alongamento depois da sua rotina cardiovascular, quando eles já estão aquecidos. 46 Saúde&Beleza


Beleza e Bem Estar Estética

Juliana Padula Simões Moreno 32 anos, empresária e esteticista, atua na área da beleza a mais de 10 anos com cirurgiões plásticos conceituados em SP e ministrando cursos para profissionais da área.

Especializou-se em procedimentos estéticos para gestantes e pós-operatórios.

Participa ativamente de cursos e congressos por todo

Brasil, em busca de atualizações e aperfeiçoamento técnico, para oferecer o melhor para suas clientes.

Atualmente no universo dos negócios é diretora de desenvolvimento da Linha

Cosméticos Eco-

lógicos, localizada no Sul dos País. Em breve trazendo esta inovação em cosméticos para a região.

A verdadeira beleza encontra-se no movimento e na

vida. Sensações e impressões, onde a força da natureza se faz presente, ficam para sempre gravadas em nós.

Pare um instante e procure perceber sua própria energia. Os cuidados com seu corpo, e a constante busca do equilíbrio garantem a boa qualidade de vida.

Nosso ambiente foi projetado para um atendimento

personalizado, com profissionais qualificados e o objetivo de proporcionar-lhe a BELEZA e o EQUILÍBRIO! Juliana Padula Simões Moreno

50 Saúde&Beleza


Beleza e Bem Estar

Inove no visual dos seus cabelos

Em recente pesquisa realizada pela equipe da Revista EstiloVip, constatamos que na cidade de Atibaia a Rede Sol Nascente drogarias e perfumaria possui o melhor preço nas tintas para cabelo Imédia Excellence L’oreal, Amend e Nutrisse, aproveitamos para pedir algumas dicas de tonalidades para as consultoras de beleza da rede. Confira: Para loiras os tons platinados, com variações nos efeitos:

Ombre doré: Quando é feito o clareamento próximo da raiz em um efeito de esfumaçar para obter mais naturalidade. Blond chic: o mais natural possível, mechas finas e suaves. Platine intense: mechas em diagonal com pontas claras.

Tons como: 688 – 73 - 67 - 635 - 731 – 101 - 03 -122 são tons dos quais as misturas podem deixar com os cabelos da estação.

Para aquelas que dão preferência para tons mais escuros continua valendo os acobreados, marrons e avermelhados. Lembrando que mesmo com nuances mais escuras vale apena fazer algumas mechas no estilo Naturelle Elegance, que eliminam com naturalidade. Aposta-se em fazer raiz com fundo achocolatados marrons com alguns fios de luzes para dar um tom sobre tom. Luzes com duas tonalidades intercaladas. Tons como: 4415 - 51 – 515 – 67 - 677 – 566 – 5525 - 52 – 434 Preços:

Tintura Imédia Excellence L’oreal: R$ 14,99* (exceto vermelhos especiais) Tintura Amend: R$ 15,00*

Tintura Nutrisse: R$ 10,99* (exceto Nutrisse Coloríssimos)

Perfumaria Sol Nascente – Centro / Tel: (11) 4418. 3412 Drogaria Sol Nascente – Estância Lynce / Tel: (11) 4412. 3288

52 Saúde&Beleza

*Ofertas por tempo Limitado.


Especialidades

Como se livrar das olheiras É muito comum as pessoas gastarem tempo e dinheiro com cremes, maquiagens e processos estéticos para deixar a pele linda

e, ainda assim, sofrerem para acabar com a aparência de cansaço ocasionada pelas olheiras. A região escurecida embaixo dos olhos incomoda e desfavorece qualquer look, não é mesmo?

Mas você sabia que não é apenas o cansaço o causador desse mal? “A olheira é um problema estético multifatorial. Entre as

causas, estão o espessamento e o escurecimento da pele palpebral, aumento de vasos e sangue no local com inchaço ou

área do olho com aspecto mais fundo pela estrutura óssea ao redor mais proeminente. No caso do cansaço, decorrente de noites mal dormidas, o inchaço local aumenta”, conta o dermatologista Alexandre Okubo.

Segundo o médico, há diversos tipos de tratamento, mas nenhum deles garante 100% de resultado. Se o problema é uma

herança genética, fica mais difícil de tratar do que quando a

olheira é apenas o resultado de falta de descanso. A origem da mancha vai determinar uma ação diferente para cada caso. Por exemplo, existem cremes que combatem o escurecimento da região e a congestão vascular – o conhecido inchaço abaixo

dos olhos – no local. Os lasers também se propõem a clarear a pele nessa área. “Há, inclusive, o preenchimento com ácido hialurônico na transição da borda óssea orbital para diminuir o ‘degrau’ entre a pálpebra e o osso”, explica.

Alguns “truques” caseiros ajudam a amenizar o aspecto cansado do rosto e combatem essas marquinhas indesejadas. Colocar

uma bolsa de água quente na região ou realizar a aplicação de

53


Beleza Beleza ee Bem Bem Estar Estar rodelas de pepino nos olhos estão entre as dicas que, segundo a

sabedoria materna, “fazem milagres”. O médico explica que essas

medidas podem ajudar, mas somente em casos de noites mal dormidas. Se a causa for genética, as compressas não fazem efeito.

O poder da maquiagem Como opção emergencial, é possível investir em bons produtos de maquiagem para disfarçar as manchas que teimam em não deixar a pele. O visagista e maquiador Marcos Inacio dá a dica de como aplicar o corretivo na área: “Quem tem olheiras marcantes deve escolher um corretivo do mesmo tom da pele, porque assim vai uniformizar todo o rosto”. Antes de aplicar a maquiagem, vale seguir as dicas caseiras para amenizar a coloração. Marcos Inacio aconselha a fazer compressas de algodão com chá de camomila para dar uma aparência mais descansada à pele. Máscaras de gel quentes ou frias também podem ajudar.

Para quem sofre sempre com as olheiras, é bom anotar o que não fazer na hora da maquiagem. Nunca aplique na região uma base ou corretivo mais claro do que no restante do rosto. “Não funciona, pois vai realçá-la. Além disso, utilizar um pó compacto claro aumenta consideravelmente as marcas de expressão. Também procure não usar uma composição de olhos esfumados com lápis preto. O preto borra, escorre, e a olheira aparece”, alerta o maquiador.

Gostar da própria imagem é essencial para manter uma autoestima positiva e cuidar de si, reservar um tempo para você são coisas simples que você pode fazer para se sentir bela e confiante todos os dias. Uma última dica: além de tratar a região dos olhos, não se esqueça de sempre passar hidrante no corpo inteiro. Dessa maneira, você terá uma pele saudável e radiante por completo! 54 Saúde&Beleza


Beleza Especialidades e Bem Estar

Diga adeus às axilas escuras A dermatologista Juliana Corpa explica que “as causas mais comuns do escurecimento das axilas são alergias, alterações hormonais, atrito do corpo em contato com a roupa, diabetes, depilação, dermatite, irritação devido ao uso de cremes depilatórios ou desodorantes, obesidade e quantidade excessiva de suor”. Além desses fatores, ela faz uma observação importante: “as pessoas morenas têm maior predisposição à pigmentação do que aquelas de pele mais clara”. Como prevenir o escurecimento das axilas?

Segundo a dermatologista, alguns cuidados ajudam a evitar e amenizar as manchas na região. Confira: ⚆ Prefira roupas de algodão às de composição sintética.

⚆ Opte por desodorantes que não levem álcool em sua fórmula. ⚆ Mantenha o local sempre hidratado.

⚆ Procure métodos depilatórios menos agressivos. Como tratar axilas escurecidas? Se a pele já está irritada e escura, Juliana aconselha que sejam adotadas as medidas citadas anteriormente, bem como recomenda que você procure um dermatologista. Ele vai avaliar e indicar o procedimento adequado para cada caso.

Conheça alguns tratamentos: ⚆ Luz pulsada: raios luminosos ajudam a diminuir a pigmentação da pele e também o crescimento dos pelos. ⚆ Cremes clareadores: o ácido contido na maioria das fórmulas diminui a pigmentação escura.

⚆ Peeling: a concentração de ácido é mais forte do que a dos cremes depilatórios em geral, mas não garante o clareamento absoluto da pigmentação. ⚆ Depilação a laser: realiza a remoção dos pelos por meio de raios laser.

É importante lembrar que, durante a realização de qualquer um dos métodos, a exposição ao sol deve ser evitada. “A pele, que está mais sensível, corre o risco de ficar irritada. No caso dos ácidos é pior, pois o escurecimento pode ser agravado”, alerta a profissional. A boa notícia é que, com planejamento, você tem como ficar com a pele lisinha e ainda mais bonita para este verão. “A partir do 20º dia de tratamento é possível perceber uma melhora significativa do quadro”, finaliza Juliana. Portanto, siga as instruções e procure um dermatologista para poder dar uma bela espreguiçada ou acenar aquele tchauzinho sem se sentir inibida! FONTE: PORTAL VITAL

55


Beleza e Bem Estar

Como você viverá quando tiver 20, 30 e 40 anos? 20 anos – estar na faculdade e se preparar para o mercado de trabalho. 30 anos – ter uma carreira bem-sucedida e morar sozinho. 40 anos – manter um casamento feliz, ter filhos e morar em uma casa própria. Essas e outras metas estabelecidas pela sociedade têm um grande poder sobre a vida de quem atinge as chamadas “idades-chave”, mas podem se tornar motivo de frustração para as pessoas caso não sejam realizadas. O psicanalista Leandro Salebian define um aspecto perigoso dessa consciência: “Quando uma meta se mantém apenas por ser um ideal coletivo, genérico, e acaba sugando energias para a sua concretização, mas nunca é alcançada, é possível dizer que ela é problemática”.

Ter a aspiração de comprar uma casa grande, por exemplo, talvez sirva mais a um propósito ilusório de ser um vencedor na vida do que aos seus próprios desejos. “Há uma diferença considerável entre querer alcançar um objetivo para agradar a um imaginário consumidor (em que a própria pessoa é o objeto a ser consumido: ‘Sou um vencedor; por isso, todos devem me amar’) e pretender algo para se ter realização pessoal”, continua. Já a psicóloga Tatiana Berta, especialista em terapia comportamental e cognitiva, acentua que a cobrança também guia as nossas ações. “Metas podem passar a ser obrigação e se transformar em ‘autorregras’, ou seja, conceitos que criamos a partir de experiências e que servem, muitas vezes, como um norte para as nossas atitudes.” E o objetivo pode se tornar mais uma cobrança social do que um desejo interior. “É comum vermos pessoas trocando de curso ou até de profissão por descobrirem que aquilo que, em algum momento, parecia ser a garantia de satisfação só tem deixado muito a desejar”, completa.

56 Saúde&Beleza


Especialidades

Mas e quando chega determinada fase da vida e nada aconteceu? Nesse caso, Tatiana aponta a ansiedade como problema: “No mundo imediatista em que vivemos, o qual nos conduz indiscriminadamente ao alcance de resultados rápidos, é comum que os indivíduos desenvolvam um padrão de baixa tolerância à frustração e se desgastem em função de atingir os objetivos idealizados antes de estarem, de fato, preparados para esse fim”. Já Salebian completa que é impossível ter tudo na vida e que lidar com as frustrações faz parte do processo de crescimento. “Ao alcançar um objetivo, outro logo aparece – alguma aventura/vivência/objeto que despertará novos desejos. Ruim é parar de desejar.” O problema está em “carregar” esses sonhos e colocar a pressão em cima de um marco imaginário, como os 30 anos. “Sofrer por entrar ‘na casa dos 30’ pode ser um sinalizador de que o indivíduo desenvolveu um padrão de autoestima inseguro, que não o auxilia a identificar com clareza a sua função no mundo”, analisa Tatiana, que recomenda terapia comportamental para auxiliar o paciente com essas frustrações.

Para não cair nessa armadilha, a terapeuta aconselha: “Procure estabelecer metas que tenham relação com o que de fato pode trazer benefícios para você”. E Leandro complementa: “Busque aquilo que lhe dê satisfação e prazer, evitando ideias como ‘Quero isso porque dizem que é legal’ ou ‘Quero porque tem que ser assim na minha idade’. Pense também que o barato da vida também é o processo de viver. Desejar as coisas com gosto, ter a boca cheia d’água e despertar a energia para batalhar por algo pode ser muito bom!”, defende.

Para Tatiana, esta é a chave para garantir escolhas que não te prejudiquem: “Priorizar-se nas relações não é uma atitude egoísta, mas, sim, uma sinalização de amor-próprio, condição necessária para o desenvolvimento de um posicionamento seguro no mundo”. Quando chegar aos 40, a dificuldade é não entrar na famosa crise da meia-idade. “Nem sempre é sinal de fracasso não alcançarmos o padrão de felicidade imposto culturalmente. Desde que se tenha consciência das próprias necessidades, é possível ser feliz, ainda que não tenhamos a família do comercial de margarina ou o carro mais desejado do momento”, comenta Tatiana.

“Aprender a relaxar, por exemplo, pode ser um grande aliado nesse processo, uma vez que um padrão de ansiedade dificulta o nosso posicionamento assertivo no mundo. Tire uma horinha do seu tempo para realmente deixar o relógio de lado, durma um pouco mais, alimente-se melhor, esteja com pessoas com quem tem vontade de estar, mas sem culpa – a sua saúde exige isso!”, continua a terapeuta.

Por fim, Leandro lembra que idade não é mais questão de números e dá uma preciosa dica: “Movimente-se, em todos os sentidos, e mantenha ou redescubra as energias da vida que pulsam em você, usufruindo o viver e o desejar. Eu diria que isso é o que mantém um espírito renovado e faz com que os quarentões deem um banho de vitalidade em muitos jovens por aí”.

57


Beleza e Bem Estar

Sucos Turbinados dão um Up na Saúde e até na Beleza Outras frutas podem ser poderosos reguladores intestinais, por serem ricas em fibras. Ameixa, banana, laranja, mamão, manga, melão e maçã estão entre as melhores amigas do seu intestino e podem ser combinadas nos mais variados sucos. O mamão ainda ajuda a absorver os nutrientes durante a digestão, deixando a pele mais saudável e rejuvenescida.

Aliás, para quem quer envelhecer com saúde e beleza, o segredo é combater os radicais livres com frutas ricas em antioxidantes. A ameixa, a maçã, a uva, o morango e o abacate são boas pedidas. A goiaba e a melancia contêm licopeno, que é um antioxidante dos mais poderosos. Para completar, você pode cuidar das células e dos tecidos com os sais minerais da jabuticaba e as vitaminas da manga. Para emagrecer, as frutas são simplesmente perfeitas: pouco calóricas (exceto a banana e o abacate) e muito nutritivas. Melhor ainda se elas auxiliarem na digestão e na eliminação de líquidos, reduzindo o inchaço e até a celulite! Para isso, abuse do abacaxi, da melancia, do limão e do melão. Nós sabemos que as frutas são ricas em vitaminas e em vários nutrientes essenciais para cuidarmos da pele e do corpo. Mas não é todo mundo que consegue trocar o chocolate por um delicioso abacaxi na hora da sobremesa, não é mesmo? Por isso, aposte nos sucos! Seja acompanhando um almoço ou entre as refeições, basta um liquidificador e algumas frutas frescas para deixar seu dia-a-dia mais saudável.

Se o suco de laranja tradicional já é super nutritivo, imagine um combinado de frutas? Algumas receitas levam até vegetais e legumes na mistura, o que torna o suco ainda mais rico e ótimo para suprir uma carência nutricional específica. Quem não pode tomar leite, por exemplo, pode misturar brócolis, couve, cenoura e maçã para repor o cálcio. A cenoura é uma aliada e tanto para as suas invenções: rica em beta-caroteno, ela protege o corpo dos radicais livres e contra uma infinidade de problemas como doenças nos olhos ou na pele. Agora, o que fazem as frutas?

Algumas têm o poder de aumentar a resistência do corpo e têm ação anti-reumática, como a acerola, a laranja e o limão. Eles são ricos em vitamina C e, por isso, são excelentes remédios contra gripes e resfriados. Mas, para atacar de frente as doenças do frio, a nutróloga Samantha Enande explica que o ideal é combinar a vitamina com bioflavonóides. Misture salsa, limão, agrião, pimentão vermelho e couve e veja o resultado! 58 Saúde&Beleza

Abaixo, veja algumas receitas do livro Alimentação Desintoxicante, de Conceição Trucom: Coquetel anti-vírus: 2 maçãs, 2 laranjas,1 limão. Se desejar, acrescente um pouco de chá de camomila (Bater no liquidificador)

Suco energético: 1 xícara de uva-itália sem as sementes, 3 kiwis, 1 laranja-pêra descascada, deixando a parte branca (Bater no liquidificador) Suco para baixar o colesterol: 2 cenouras, 1 maçã, 2 rodelas de gengibre, 4 ramos de salsa (Bater no liquidificador)

Suco digestivo: 1 rodela grossa de abacaxi, Folhas de espinafre e hortelã, Suco de 1 limão (Bater no liquidificador) Testado e aprovado - Suco Pele de cetim: 1 rodela grossa de abacaxi com a casca, ½ pepino com a casca, 1 maçã, Água a gosto

Este suco é fácil de fazer e fica uma delícia! Para quem não tem processador e quiser usar o liquidificador, o melhor é cortar as frutas e o pepino em pedaços bem pequenos, e tirar a casca do abacaxi. Você pode variar as quantidades para brincar com o sabor, mas a grande surpresa é que o pepino combina – e muito! – com as frutas. O resultado é um suco refrescante, doce e com cheirinho muito bom. Ah, a pele também adorou!


Anuário EstiloVip - Saúde & Beleza 2013  

Um respeitável elenco de profissionais ao seu dispor!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you