Page 41

Escritor Mauricio conte-nos como foi escrito seu livro de contos: “Conspiração quadrinhográfica . contos de inspiração neoísta” que temas você aborda em sua obra Mauricio Duarte - Conspiração quadrinhográfica foi um desdobramento natural do Conspiração Literária, onde eu coloco contos que abordam a realidade com um viés neoísta. No fundo, no fundo, tem a ver com a questão: como aproximar o conceito de Conspiração Cósmica que é um conceito alquímico, do Antigo Egito, ao do movimento neoísta, que é algo tão novo e contemporâneo? Num dos contos, Marcos, um professor de literatura, tenta publicar uma história-em-quadrinhos adulta, sem sucesso. Busco relacionar, nos meus contos, a trajetória de personagens que estão numa encruzilhada de suas vidas com uma estética do neoísmo em narrativa. Conspiração quadrinhográfica enfoca um aspecto editorial da HQ, de como a nossa imaginação tem sido envenenada de todas as formas pela mídia, especialmente, nas histórias-em-quadrinhos.

trabalho coloca como os quadrinhos possuem uma linguagem própria, que difere sensivelmente do cinema e da fotografia, por exemplo. E especialmente como essas três obras se relacionam, mesmo sendo tão diferentes no tempo, no espaço e em temáticas. Indico a leitura a todos aqueles que apreciam uma boa história-em-quadrinhos.

Qual o foco do seu livro filosófico da arte: “Confluência dos quadrinhos na contemporaneidade . Trem de Ferro.”? A quem você indica a leitura desta obra? Mauricio Duarte - Eu escrevi esse livro quando eu era aluno ouvinte do Mestrado em Ciência da Arte da UFF de Niterói . RJ. Não cheguei a completar o curso, mas isso de forma alguma tira o brilho do livro que discorre sobre três histórias-em-quadrinhos famosas e de alta qualidade no meio dos quadrinhos: Arzach de Moebius, Sin City de Frank Miller e O Bebê de Valentina de Guido Crepax. Além da minha obra pessoal, Trem de Ferro, no final do volume. O

Que temas você aborda em seus livros de poesia? O que mais lhe inspira a escrever sobre estes temas? Mauricio Duarte - A poesia aconteceu para mim como um achado espiritual... estou sempre lidando com o imaginário mais lúdico e mais apto a sacolejar os leitores no que eles possuem em essência, questionando os ditames da própria vida. Busco além da espiritualidade, temas relacionados a vida urbana contemporânea e suas contradições. A própria vida me inspira muito, com suas limitações, seus desejos e seus amores. A poesia me encanta e me faz recordar que estou vivo. Houve períodos da minha vida que eu

escrevia um poema por dia, agora estou menos produtivo, mas ainda escrevo muito. Você, hoje, usa dois nomes, conte-nos como surgiu o nome de sannyasin: Swami Divyam Anuragi? o que diferencia o Swami Divyam do Maurício Duarte? Mauricio Duarte - O nome Divyam Anuragi surgiu quando eu tomei sannyas pelo OSHO, um guru indiano, que ficou famoso nos anos 1970 e 1980. Foi um marco na minha vida a devoção a esse caminho espiritual, como é até hoje. O Anuragi de hoje é mais maduro do que o Mauricio de ontem. Sei diferenciar entre o que me mobiliza para escrever um texto ou para pintar uma tela do que me mobiliza para praticar meditação, por exemplo. É importante isso, porque muitas vezes, o autor pode se confundir entre o que é expressão do seu trabalho como artista e o que é de foro íntimo e que deve ficar reservado à questões pessoais. De que forma você, hoje, divulga o seu trabalho? Mauricio Duarte - Divulgo meu trabalho em coletâneas de vários autores, digitais ou impressas, no Brasil e em Portugal. Utilizo o site recanto das letras (http://www.recantodasletras.com.br/autores/mauricioduarte ) que possui a maioria dos meus textos e também as redes sociais como o facebook https://www.facebook.com/mauricio.a.duarte, twiter https://twitter.com/Anuraghi Onde podemos comprar os seus livros? Mauricio Duarte - Pode adquirir exemplares dos meus livros pelo Clube de Autores: Pedaços de uma vida. antologia de poesia. http://www.cluRevista Divulgar Escritor • novembro de 2013

41

Revista Literária da Lusofonia  

DIVULGA ESCRITOR - 3ª Edição - Acesse: http://www.divulgaescritor.com

Revista Literária da Lusofonia  

DIVULGA ESCRITOR - 3ª Edição - Acesse: http://www.divulgaescritor.com

Advertisement