Page 1

Um rapto no Natal

Jorge Miguel Barroso nยบ 15 6ยบD


No dia 24 de dezembro o Fernando, um rapaz alto, magro de cabelo curto e castanho, com a sua prima Joana, uma rapariga baixa magra de cabelo comprido e loiro, juntaram-se em frente ao quintal do Fernando para conversar sobre o Natal.


- Fernando o que entendes por Natal? perguntou a Joana. - Para mim o Natal é tempo de alegria, de união, de receber prendas, e muito mais. - disse o Fernando. - Não te esqueças dos doces e da boa aletria que a tia Gertrudes faz! – exclamou a Joana. - Que delícia!


De repente ouvem-se tiros, eram os ladrões que os raptaram. Nesse preciso momento, o seu vizinho Joaquim apercebeu-se da situação e foi, rapidamente, buscar o carro e seguiu-os sem eles darem conta. Entretanto eles pararam num barraco velho e a cair aos pedaços. - Chegámos. - diz um dos raptores. - Vamos tirá-los do carro.


Assim que eles os tiraram do carro o Joaquim, sem ninguém dar conta, foi soltá-los e disse: - Que alhada! Tenho as vossas mães a telefonarem-me a dizer que já são 11 horas e que temos de estar em casa antes da meia-noite para festejarmos o Natal todos juntos.


Quando chegaram a casa eram 23h30, foram jantar à pressa para, à meia-noite, estarem todos despachados para abrirem os presentes. Como acabaram de comer mais cedo, foram arrumar a louça e, de seguida, foram jogar às escondidas, enquanto a Joana e o Fernando agradeciam ao Joaquim:


- Obrigado, se não fosse o senhor não estaríamos aqui! – exclamaram a Joana e o Fernando. - Mas ainda falta uma pessoa, a tia Gertrudes. – disseram os meninos. Passado algum tempo começou a contagem decrescente para a meia-noite: dez, nove, oito, sete, seis, cinco e, subitamente, a campainha tocou.


- Quem serรก?- disse a Joana. - Sou eu, a tia Gertrudes. - Fernando, vai abrir a porta!- disseram todos. E todos em coro disseram:


- Natal não é Natal sem a aletria da tia Gertrudes! - Agora não se esqueçam de continuar a contagem?- diz o Fernando


- Quatro, trĂŞs, dois, um. - Feliz Natal! - gritaram todos em coro. E assim se passou o Natal na casa do Fernando, um simpĂĄtico menino.

um rapto no Natal  

contos de natal

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you