Issuu on Google+

Um Natal diferente

Ana Margarida, nยบ 2; Emanuela Delia, nยบ 8; Flรกvia coelho, nยบ 10; Maria Filipa, nยบ 15


Num dia de inverno muito frio, com um vento forte que levava com ele todas as folhas que ainda restavam das ĂĄrvores despidas, caĂ­am flocos de neve com grande intensidade.


O Dinis, que vivia numa pequena aldeia, no meio da serra, tinha uma irm達, a Filipa, que era quatro anos mais velha do que ele.


Nesse dia, pela manhĂŁ, decidiram ir ao estĂĄbulo e ajudar os pais a tratar dos animais pois, como a paisagem estava coberta de neve, os animais nĂŁo podiam sair para o pasto.


Enquanto o Dinis aconchegava os animais com a palha, a Filipa alimentava-os com o pouco de feno que havia.


Os pais observavam com carinho, mas com as lรกgrimas no canto de cada olho, pois pensavam que a grande festa de Natal se aproximava e na sua casa havia apenas um prato de comida e uma simples manta para os proteger de algum frio.


Como desejavam ter um pouco de dinheiro para poder comprar apenas um simples brinquedo a cada filho para oferecer na noite de Natal e ver um sorriso nos lábios das crianças!... Mas, por mais que pensassem ou desejassem, não conseguiam encontrar solução para tal situação.


Os dois irmãos, aproveitando as férias da escola e a neve que caía, foram brincar para a rua, fizeram bolas de neve, que atiravam um ao outro e construíram um enorme boneco de neve, no qual colocaram um chapéu velho, um cachecol feito de palha, uma vassoura, umas pequenas pedras pata os olhos e boca e um pau para o nariz.


Brincavam todos os dias s贸 e apenas com aquilo que a natureza lhes oferecia e eram muito felizes.


A certa altura perceberam que o Natal estava a chegar e decidiram fazer um presĂŠpio. Fizeram as imagens com pequenos troncos de madeira, construĂ­ram a cabana com ramagens, colocaram palha no chĂŁo e fizeram uma estrela que puseram no cimo da cabana.


Na noite de Natal, depois da ceia, estavam todos sentados à lareira e observavam com muita atenção o Menino que dormia sobre as palhinhas.


Os irmãos, no silêncio da noite, pediam ao Menino um simples presente no seu sapatinho e com fé e esperança deixaram junto ao presépio os únicos sapatos que tinham.


No dia seguinte, quando acordaram, ficaram radiantes com o que viram: nos sapatos do Dinis estava um pi達o que o seu pai lhe tinha feito com muito carinho. A Filipa n達o se conteve e deu um grande grito de alegria ao ver nos seus sapatinhos a boneca que a m達e, com delicadeza, lhe fizera, lhe fizera.


Pegaram nos brinquedos e agradeceram ao Menino Jesus a d谩diva daquele Natal. Foi um Natal com muita alegria, pois foi diferente de todos os outros. E foi assim esta hist贸ria de Natal!


um natal diferente