Issuu on Google+

Relato do Natal da minha avรณ Camila Freitas nยบ5 6ยบB


Há 68 anos atrás, em Parada de Tibães, Braga, comemorava-se a véspera de Natal. Na casa da minha avó, logo pela manhã, já cheirava a doces de Natal e a canela, feitos pela minha avó e pela sua mãe.


Ela ficava toda contente e ansiosa com as prendas que pedira ao Menino Jesus, normalmente, bonecas de papel達o ou de pano, porque os seus pais n達o tinham muitos recursos econ坦micos, mas ficava satisfeita, porque sabia que o Menino Jesus n達o se tinha esquecido dela.


Na consoada reuniam-se todos os familiares e amigos para ajudar nos preparativos, e, por volta das dezanove horas, juntavam-se Ă  mesa, todos deliciados e bem dispostos, Ă  espera que fosse servido o jantar.


Então, todos esfregavam as mãos como sinal de que estavam prontos para comer. Durante a refeição, todos falavam alegremente. E, enquanto esperavam pela hora de irem para a Missa do Galo, um tio contava-lhes uma história de Natal.


Quando chegava a meia noite, todos iam Ă  missa do Galo, contentes e a cantar mĂşsicas de Natal. E, assim, passavam um dia pleno de felicidade, porque tinham o bem mais precioso, a famĂ­lia.


relato do natal da minah avó