Issuu on Google+

O Natal dos meus avรณs

Carlos Ferreira Nยบ10 6ยบA


Em dezembro, nas aulas de l铆ngua portuguesa, tive a oportunidade de saber como era o natal dos meus av贸s.


Antigamente não havia tanta fartura como há hoje em dia. A minha avó contou-me que, primeiramente comia-se bacalhau cozido com batatas e hortaliça, mas também havia pessoas que comiam arroz de polvo. A minha avó disse-me que fazia sempre bacalhau.


Como sobremesa também não havia tanta fartura, mas também não eram pobres, tinham a comida certa, para não se ficar obeso, ora bem, já havia bolo-rei uma especiaria muito famosa, bolinhos de bacalhau, rabanadas e ainda arroz doce.


Os presentes eram um par de meias, ou uma camisola ou umas calcinhas. Para fazer um natal nĂŁo se precisa de fartura nem presentes, mas sim de famĂ­lia, amor, carinho e comunidade.


Para mim foi importante saber como era o natal de antigamente para dar mais valor Ă s coisas e aos presentes que me dĂŁo, porque hĂĄ pessoas que nem uma camisola recebem como presente.


o natal dos meus avós