Issuu on Google+

A Melhor Prenda do Mundo!

Mariana de Andrade Nogueira


Era uma vez uma menina que não tinhas pais e vivia com os seus avós numa pobre casa numa aldeia distante. Sempre que chegava o mês de dezembro, a menina ficava triste porque não tinha uma família como as outras crianças e os seus avós também não tinham dinheiro para lhe comprar um presente.


Um dia, a menina estava a espreitar pela janela do seu quarto quando viu um senhor com barbas brancas, todo vestido de vermelho a aproximar-se da sua casa. Ele pediu-lhe para ela abrir a janela e disse-lhe: - N達o tenhas medo, eu sou o Pai Natal! Venho dar-te um presente para brincares.


- Mas eu nunca tive um presente, nem tenho brinquedos para brincar! – disse a menina. - Então vens comigo a um sítio muito especial. Vais visitar a minha casa! – propôs o Pai Natal. -Está bem! - concordou a menina.


Foram os dois para a casa do Pai Natal. A menina ficou deslumbrada ao ver tantos brinquedos, e o Pai Natal disse-lhe: - Ainda nem te perguntei qual ĂŠ o teu nome. - Chamo-me Matilde. - Que lindo nome! - exclamou o Pai Natal.


Chegou a noite de Natal e a menina ficou contente ao ver as suas prendas, mas ao mesmo tempo triste, porque tinha saudades dos seus pais. Por isso, resolveu ir para o seu quarto para que os seus av贸s n茫o vissem que ela estava triste.


O Pai Natal que estรก atento a todas as crianรงas, e apesar de ser uma noite muito atarefada para ele, apareceu logo na janela do quarto da menina.


Esta, assim que o viu, saltou da cama e perguntou - lhe: -Posso fazer-te um pedido especial? - Sim! - respondeu o Pai Natal. -Queres ser o meu pai? -Claro que sim! Foi o melhor pedido que me fizeram atĂŠ hoje. Fico muito feliz por me escolheres a mim! - disse o Pai Natal todo orgulhoso!


E foi assim que a Matilde passou o Natal mais feliz da sua vida e teve a prenda mais importante do mundo, � Um Pai de Barbas Brancas!�


a melhor prenda do mundo