Issuu on Google+

Manual de Utilização


Apresentação

Espaço reservado para uma pequena descrição do projeto, com os objetivos e diferenciais do novo conceito das lojas.

01


Índice

Utilização módulo caixa

03

Utilização ilhas

05

Fechamento dos quiosques

06

Dicas importantes

08

Limpeza e conservação

10

02


Utilização módulo caixa O Módulo Caixa foi desenvolvido para ser a peça principal do quiosque. Nele se encontram as entradas de energia, os computadores, e toda a movimentação de dinheiro acontece nesse módulo. A seguir serão apresentadas algumas dicas de utilização do módulo, que deixarão o trabalho mais fácil e organizado. Gavetão frontal Na parte frontal do módulo, existe um gavetão, que esconde 3 prateleiras. Essa gaveta, e também as prateleiras foram criadas para que sejam usadas como guarda-volumes. Ou seja, todos os objetos pessoais das atendentes, como bolsas e blusas, devem ser colocados nesse espaço no início do dia. Além desses objetos, outros acessórios do quiosque como as capas para o fechamento também devem ser guardadas nesse espaço. IMPORTANTE: o peso máximo que a gaveta suporta é 25kg. Objetos pessoais Complemento embalagem Em dias de grande movimento no quiosque, para agilizar o trabalho de embalagem dos produtos, foi desenvolvido um complemento para a embalagem no módulo caixa. Para usar esse acessório, basta apenas puxar a gaveta do lado esquerdo. Ela possui um tampo basculante, que será usado como apoio para embalagem. O tampo também pode ser levantado, e o espaço da gaveta utilizado para guardar blocos de nota fiscal, calculadoras e outros objetos.

03


Utilização módulo caixa

Gaveta porta-notas O módulo caixa possui uma gaveta porta-notas, utilizada para guardar moedas e notas de menor valor, que servirão para dar como troco aos clientes. Essa gaveta possui uma fechadura, para maior segurança das atendentes.

Além da gaveta normal para guardar dinheiro, o módulo caixa possui ainda um outro compartimento para guardar as notas de maior valor. O ideal é que esse compartimento seja utilizado para deixar o excedente de dinheiro do dia. Para acessar esse porta-notas, é preciso liberar a trava de segurança, conforme o detalhe abaixo. Depois de utilizá-lo, travar novamente.

04


Utilização ilhas O Módulo Ilha, além de receber os produtos para exposição, funciona como a central de embalagem do quiosque. Nele estão guardadas as bolsas e embalagens de presente.

Módulo embalagem

Na lateral da ilha existe um módulo desenvolvido para embalagem. Nesse módulo serão guardadas as bolsas e os pacotes de presentes.

Bolsas e pacotes

Apoio embalagem Para facilitar o trabalho de embalagem, foi criado um tampo de apoio para as embaladoras. Para utilizá-lo, basta puxar o tampo conforme o desenho. Em dias de grande movimento, a porta da embalagem pode ser retirada, e deve ser guardada no módulo caixa, como mostra o desenho abaixo.

05


Fechamento dos quiosques Para maior segurança e proteção dos quiosques, um prático sistema de fechamento foi criado. São peças de fácil montagem, e que permitem que os módulos sejam trancados, para evitar possíveis problemas nos períodos em que nenhuma pessoa estiver trabalhando. Módulos centrais e de parede O fechamento estará dobrado. Para utilizá-lo, é preciso abrir todo o mecanismo, de acordo com o sentido das setas no desenho.

Depois de abrir e fechamento, é preciso encaixá-lo nos furos localizados nas laterais do módulo, como no desenho ao lado.

Após colocar o fechamento, passar o pino através dos furos no tampo e no fundo, e bater o cadeado, conforme o detalhe. Também passar um cadeado para fechar a porta lateral da gota.

06


Fechamento dos quiosques Fechamento ilhas Para fazer o fechamento das ilhas é preciso montar as duas traves de sustentação, que acompanham os módulos. Faça a abertura das peças, desdobrando de acordo com o sentido das setas.

Depois de montar as traves, bater as buchas nos furos localizados nas ilhas laterais (conforme mostra o detalhe), e encaixar as traves nos furos.

Depois de montada a trave, colocar a capa protetora por cima das ilhas. Fazer esse trabalho em DUAS PESSOAS.

07


Dicas importantes Para o correto funcionamento de todos os módulos do quiosque, alguns cuidados com os produtos devem ser tomados. Nesse capítulo serão apresentadas algumas dicas importantes para que todos os ítens estejam sempre funcionando corretamente.

Dobradiças Todas as portas dos módulos utilizam as dobradiças com sistema CLIP de montagem. Esse sistema permite montar e desmontar a porta sem a ajuda de nenhuma ferramenta. Isso é importante pois em muitos momentos do dia, a porta pode ser retirada do módulo para facilitar o trabalho das atendentes. Para retirar a porta, basta apertar o botão localizado na parte de trás da dobradiça, como mostra o desenhe, e puxar a porta pra fora.

Cli ck !

Para recolocá-la, basta encaixar a dobradiça no calço, e pressionar até ouvir o “CLICK”, como mostra o segundo desenho.

Corrediças As corrediças de todos os módulos permitem que as gavetas sejam removidas para limpeza, por exemplo. Para isso, basta pressionar a trava para baixo, como mostra no desenho. Para colocar a gaveta novamente, é só encaixá-la na corrediça, e fechar a gaveta. A corrediça se ajusta automaticamente. IMPORTANTE: nunca utilize graxas, óleos, azeite ou qualquer outro tipo de lubrificante nas corrediças. Isso pode prejudicar o bom funcionamento da ferragem.

08


Dicas importantes Cuidados com os módulos Deve-se sempre tomar o cuidado para ninguém se apoiar sobre as portas ou gavetas. As ferragens como corrediças e dobradiças tem um peso máximo que podem suportar, e o peso do corpo pode comprometer o seu bom funcionamento.

09


Limpeza e conservação Para que os quiosques O BOTICÁRIO estejam sempre bonitos e em perfeito funcionamento, é necessário tomar alguns cuidados na limpeza e conservação dos produtos. Nesse capítulo algumas dicas importantes serão dadas para facilitar essa tarefa diária. Limpeza geral Na limpeza geral dos módulos O BOTICÁRIO, nunca devem ser utilizados ceras ou produtos abrasivos como esponjas de aço, solventes, sapólios em pasta ou em pó, removedores domésticos, polidores de metais, desengraxantes e desengordurantes à base de amoníaco ou soda cáustica e seus derivados. Nem mesmo nas partes cromadas esses produtos devem ser utilizados. Não é recomendado utilizar um pano encharcado com água para limpeza, nem deve-se borrifar água diretamente sobre os módulos. A água acumulada pode causar infiltrações e danificar a estrutura dos móveis. Também não é indicado o uso de álcool nas peças de acrílico, puxadores, dobradiças e todo tipo de peça cromada, pois o álcool danifica essas superfícies, alterando-lhes a cor e a textura. Nas gavetas, nunca deve ser utilizado nenhum tipo de lubrificante nas corrediças. IMPORTANTE: é preciso ter muito cuidado ao manusear os perfumes, para não derrubar sobre os módulos. Os perfumes contém álcool, que pode danificar os móveis. Tablado Na limpeza do tablado, NUNCA jogar água sobre ele com um balde. A água pode infiltrar nas bordas das peças, e prejudicar a sua estrutura. Utilize um pano levemente umedecido com água e sabão neutro, ou os produtos indicados conforme tabela para a limpeza das peças em fórmica. BP A limpeza das peças em BP deve ser feita com uma flanela limpa e seca ou um pano umedecido em água, e um pouco de detergente líquido ou sabão neutro, se necessário. Manchas de cola, tinta ou outros produtos devem ser retiradas com solventes como álcool, benzina ou thinner. Não devem ser utilizados abrasivos, esponjas de aço ou saponáceos na limpeza das peças. Madeira maciça Para realizar a limpeza de peças laminadas de madeira ou peças de madeira maciça, basta utilizar um pano umedecido em água e, se necessário, um pouco de detergente líquido ou sabão neutro. Para remover manchas de graxa e óleo, a limpeza das peças deve ser feita com álcool ou varsol. Nunca devem ser utilizados produtos abrasivos ou acetona, eles podem danificar a camada de verniz dos móveis.

10


Limpeza e conservação Fórmica As peças de Fórmica possuem uma superfície que não é porosa, impedindo a retenção de sujeira e não permitindo que haja a proliferação de fungos e bactérias. A limpeza e conservação dessas peças são muito simples. Basta um pano úmido, embebido em um dos produtos de limpeza doméstica, isentos de cera, silicone, solventes ou outros produtos que apresentem alto poder de agressividade. A seguir é apresentada uma tabela com os produtos que podem e NÃO podem ser utilizados na limpeza das peças de Fórmica. Produtos

Recomendável

Finalidade/Razão

Água e sabão líquido neutro Água e detergente neutro Amoníaco Solvente Formica® Álcool Hipoclorito de Sódio a 1% Fenol a 1% Aguarrás Querosene Hipoclorito de Sódio puro Cera Sapóleos Palha de Aço Thinner Varsol

Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim Não Não Não Não Não Não Não Não

Limpeza Geral Limpeza Geral Limpeza Geral Mancha à base de cola, cera, graxas etc. Manchas de tinta de caneta Para desinfetar Limpeza terminal Engordura e mancha Engordura e mancha Mancha se não for removido rapidamente Engordura e mancha Abrasivo Abrasivo e risca Engordura e mancha Engordura e mancha

Nunca utilizar material abrasivo, do tipo saponáceo, esponja de aço ou esponja abrasiva, pois esses produtos riscam irreversivelmente a superfície do laminado decorativo. Não utilizar ceras, pois promovem a formação de um filme gorduroso na superfície decorativa, dificultando a limpeza e prejudicando sua apresentação.

Vidros A conservação e limpeza do vidro deve ser feita apenas com um pano macio e limpo, água e sabão neutro. Em caso de manchas mais difíceis de serem removidas, pode ser utilizado álcool e um pano limpo. Nunca devem ser utilizados produtos abrasivos como esponjas de cozinha e esponjas metálicas, nem sapólio, detergente de cozinha, thinner ou outros solventes na limpeza dos vidros.

11


Limpeza e conservação Acrílico O acrílico não é resistente ao álcool etílico, benzina e benzeno. Não é recomendável limpar o acrílico com álcool, pois podem ocorrer pequenas rachaduras nas peças. Também não resiste à acetona e ácidos. Para a limpeza do acrílico, deve ser utilizada água e sabão neutro ou detergente, evitando usar esponja ou pano áspero. Após a limpeza, fazer o polimento com uma flanela macia. Cromados e pintura epóxi Nunca deve-se tentar aumentar o brilho de peças cromadas utilizando ceras ou polidores. Esses produtos irão embaçar e riscar as peças, prejudicando a qualidade dos seus móveis. A limpeza deve ser realizada única e exclusivamente com um pano (feltro) limpo e seco. Para maior conservação das peças, pode ser utilizado um pano levemente úmido com vaselina líquida e pura. Após realizar a aplicação da vaselina, o excesso deve ser retirado com um pano limpo e seco. Nunca devem ser utilizados produtos abrasivos, esponjas de aço e saponáceos. Perfis de alumínio Peças em alumínio e perfis em geral devem ser limpos com um pano levemente umedecido em água. Detergente ou sabão neutro devem ser utilizados somente se forem necessários. Nunca devem ser utilizados produtos abrasivos como esponjas de cozinha ou esponjas metálicas. Sapólio, thinner ou qualquer tipo de solvente também não deve ser utilizado. Espelhos Uma boa prática de manutenção e limpeza é fundamental para prolongar a vida do espelho. Procedimentos incorretos comprometem o revestimento de proteção e podem ocasionar o aparecimento de manchas decorrentes da oxidação, deteriorando o espelho. Para a limpeza, é recomendado utilizar água morna, aplicada com um pano macio e limpo. É a maneira mais simples e segura, mas deve-se ter cuidado para que as bordas do espelho não permaneçam úmidas após o término da limpeza. Não devem ser utilizados produtos abrasivos como esponjas de cozinha e esponjas metálicas, nem sapólio, detergente, thinner ou outros solventes.

12



Manual O Boticário