Issuu on Google+

PUBLICIDADE

Ver página 4

Fim de noite no PénoRio Bar com música ao vivo

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Quinzenário informativo e regionalistas Director:Paulo Gonçalves / Sai às sextas-feiras Gratuito / 11 de Fevereiro de 2011 / nº 653

Entrevista

ACTUALIDADE

Jaqueline Areias Vereadora da Educação

Centro Educativo de Fão Obras decorrem em bom ritmo

Pescadores de Esposende indignados com o novo imposto PÁGINA 6

“Este investimento é uma aposta da Câmara Municipal de Esposende na educação de qualidade” PÁGINAS 2 e 3

PÁGINA 5

Ramos de flores Lavagem automóvel Uma Noite no Hotel Velas decorativas Um Jantar E muito mais!... PUBLICIDADE

Esta iniciativa tem o apoio de

Atelier de Flores Espogandra Apúlia Praia Hotel Hotel Axis Ofir Restaurante Carioca Restaurante Foz do Cávado

“Escalada Jovem” de Marinhas comemora o 29.º aniversário PÁGINA 24

Dia dos Namorados Ao fazer compras na ESPOGAMA, rode a tômbola e ganhe prendas para oferecer a alguém muito especial. Durante o mês de fevereiro não deixe de visitar a ESPOGAMA. Adquira produtos de qualidade, ao melhor preço e faça alguém feliz!

tel 253 965 895 | fax 253 967 649 | geral@espogama.pt | www.espogama.pt Urbanização Zona Industrial - Pav. B - Bouro - Gandra - 4740-473 ESPOSENDE

www.pontodecopias.com

Teresa Portela escolhida para Embaixadora da Juventude


2

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

ENTREVISTA

Editorial PAULO GONÇALVES Director do Jornal

Como é bom viver com o mar e o rio por perto, eu desde que me conheço, habituei-me a residir em localidades em que as referidas forças da natureza estão tão perto, quando preciso de desabafar profundamente é ao rio e ao mar que me dirijo, ambos continuam puros, com tranquilidade, que verdadeiros, afinal sempre foram mar e rio, nunca precisaram por isto ou por aquilo de mudarem de religião, de cor política e muito menos foram uns vira casacas. Por falar em casacas, o frio de quando em vez aperta, e temos de colocar mais um casaco em cima do corpo, e quando nos falam de crise, aparecem logo os arrepios, tudo sobe, mesmo a incompetência de muitos senhores que à custa do “Zé povinho”, continuam a encher os bolsos, gozam férias em hotéis de luxo, compram carros topo de gama, mas esquecem-se de todos os outros e outras, que com ordenados miseráveis, fazem autênticos milagres para garantir o pão de cada dia para casa. Por estas e por outras, é que o FMI, devia fazer uma visitinha, ao nosso país, e constatar a pura realidade, porque uns ganham milhões de euros e são tão incompetentes, mas mesmo tão incompetentes, enquanto a grande maioria do povo continua a ganhar, apenas para sobreviver, e faz das tripas coração, para pagar as contas da casa, da luz, da água, da alimentação e outras coisas mais. Pergunto eu agora se é para cortar, que levem todos pela mesma medida, diminuíam os deputados na Assembleia da República, acabem com os assessores dos assessores, com as mordomias a certos executivos, e já agora que a vassoura está à mão, acabem com tanta hipocrisia e de mentirem todos os dias ao povo português, em declarações proferidas em jornais, na televisão, na rádio ou até na internet. Embora eu não viva do passado, porque para a frente é que está o futuro, cada vez mais me convenço, que falta faz agora ter um Dom Afonso Henriques, para de espada em punho derrubar esse cancro de inúteis que continuam a comandar este Portugal, por estas e por outras é que não saímos da cauda da Europa. A finalizar porque se aproxima o Dia dos Namorados, façam sorrir a vossa cara metade, afinal amar ainda não é sujeito a imposto.

www.esposendetv.com.pt

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

Vereadora da Educação está confiante que o Centro Educativo de Fão vai impulsionar o sucesso educativo dos alunos “Este investimento é uma aposta da Câmara Municipal de Esposende na educação de qualidade”

Jaqueline Areias em entrevista ao Jornal de Esposende frisa também a importância das bibliotecas escolares, que representam uma forte e destacada aposta do município de Esposende na promoção do livro e na implementação de hábitos de leitura. Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt

Como analisa a confirmação de que a Escola Secundária Henrique Medina, foi uma das abrangidas pelo programa modernização das escolas secundárias? Jaqueline Areias: Com muita satisfação, na medida em que este investimento traduz-se num benefício para o concelho de Esposende, ao modernizar as infra-estruturas da rede escolar, ao nível do ensino secundário, proporcionando um ambiente propício à aprendizagem e ao ensino, com os consequentes benefícios sociais, económicos e ambientais que daí advêm. Por outro lado, pretende-se com este programa a criação de um modelo de gestão sustentável da conservação e manutenção dos edifícios dessa escola, ao longo da sua vida útil e criará condições para a abertura da escola à comunidade.

“O balanço que neste momento faço sobre as funções que desempenho enquanto vereadora no município de Esposende é muito positivo” A curto prazo em Fão, também ficará concluído o Centro Educativo, esta é uma forte aposta do município de Esposende? A Câmara Municipal de Esposende através da criação do Centro Escolar de Fão pretende impulsionar o sucesso educativo dos alunos, pela promoção de recursos educativos e tecnológicos, imprescindíveis à implementação de uma escola de qualidade. No passado dia 26 de Setembro foi lançada a primeira pedra do Centro Educativo de Fão, um equipamento orçado em aproximadamente 1,7 milhões de euros, que deverá estar concluído no início de 2012. Este investimento é uma aposta da Câmara Municipal de Esposende na educação de qualidade, na garantia de melhores condições de ensino. O futuro Centro Escolar de Fão terá 3 salas de actividades afectas ao pré-escolar, 7 salas de aulas afectas ao 1º ciclo, mais 2 de enriquecimento curricular, sala de informática, laboratório, biblioteca e refeitório, assim como serviços para

a confecção e preparação de refeições. O projecto contempla também instalações sanitárias, polivalente, recreio exterior coberto, campo de jogos e parque infantil. Como tem seguido o desenrolar das obras do Centro Educativo de Fão? A metodologia adoptada para acompanhar o desenrolar das obras tem sido a seguinte: a) Os serviços desta câmara municipal com responsabilidades nesse domínio têm efectuado o acompanhamento “in loco” do desenvolvimento dos trabalhos, monitorizando todo o processo de construção do edifício. b) Reuniões internas para a articulação entre serviços e a vereação, no sentido de todos acederem à informação sobre o assunto e, em uníssono, encontrarmos as

melhores soluções para o equipamento. c) Reuniões de articulação com a comunidade educativa para adequarmos o equipamento às suas funções.

“Um equipamento orçado em aproximadamente 1,7 milhões de euros, que deverá estar concluído no início de 2012”


ENTREVISTA

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

3

Centro Educativo de Fão • Custo previsto 1,7 Milhões de euros • Conclusão das obras início de 2012 • 3 Salas de actividades afectas ao pré-escolar • 7 Salas de aulas afectas ao 1º ciclo • 2 Salas de enriquecimento curricular • Laboratório • Biblioteca • Refeitório • Serviços para a confecção e preparação de refeições • Instalações sanitárias • Polivalente • Recreio exterior coberto • Campo de jogos • Parque infantil

Na área de educação-cultura, o concelho continua a apostar nas bibliotecas escolares, após a inaugurada recentemente em Curvos, outras se vão seguir a curto prazo? As bibliotecas escolares representam uma forte e destacada aposta do município na promoção do livro e na implementação de hábitos de leitura, descentralizando estes recursos educativos pelo concelho. A biblioteca escolar de Curvos, inaugurada no passado dia 13 de Janeiro, é a 12ª. Biblioteca escolar do concelho, e resulta de uma parceria do município com a rede de bibliotecas escolares/ministério da educação, possibilitando o acesso dos alunos e restante comunidade educativa aos livros e ao conhecimento. A curto prazo está prevista a implementação da

biblioteca escolar no Centro Educativo de Fão, cuja candidatura já foi iniciada pelo município junto da rede de bibliotecas escolares/ministério da educação.

“A curto prazo está prevista a implementação da biblioteca escolar no Centro Educativo de Fão”

Que balanço faz desde que assumiu o cargo de vereadora na autarquia de Esposende? O balanço que neste momento faço sobre as funções que desempenho enquanto vereadora no município de Esposende é muito positivo. Representa, para mim, um grande desafio ter a responsabilidade de, em articulação com todas as entidades concelhias, promover acções/projectos que valorizem o município e contribuam para o desenvolvimento cultural, social e educativo do concelho. Apesar dos grandes constrangimentos existentes, decorrentes da própria conjuntura nacional e internacional, considero que, com a rentabilização e valorização dos recursos locais, é possível potenciar o desenvolvimento de projectos em prol do concelho.

Ao mesmo tempo, o carinho e a colaboração demonstrada pelos vários intervenientes com os quais eu vou articulando a minha acção (desde a população, aos representantes de várias entidades concelhias, aos colaboradores desta câmara municipal, entre outros) representa um factor adicional de motivação para continuar a trabalhar, em conjunto com esta excelente equipa no engrandecimento do nosso concelho.

Governo investe 15 milhões de euros na requalificação da Escola Secundária Henrique Medina Presidente da concelhia do PS-Esposende mostra satisfação O presidente da concelhia do PS-Esposende mostrou a enorme satisfação, após o anúncio do Primeiro-ministro, de que a Escola Secundária Henrique Medina de Esposende, é uma das 90 escolas seleccionadas pelo Ministério da Educação para integrar a 4ª fase do programa “Modernização do Parque Escolar”. No comunicado, João Nunes refere que no distrito de Braga, apenas seis escolas vão integrar o referido programa de modernização” Este investimento do Governo que se prevê que ascenda a 15 milhões de euros vai permitir que os estudantes do Concelho de Esposende beneficiem de uma escola mais moderna e melhor equipada, ao nível das melhores escolas do País e da Europa ocidental”, segundo o presidente do PS-Esposende, esta é mais uma aposta do governo socialista, que desde 2005, vêm desenvol-

vendo um esforço de investimento, sem paralelo na história do país “renovação dos edifícios escolares e na criação de condições que proporcionem o acesso universal a recursos de ensino e aprendizagem a todos os alunos, permitindo um ambiente educativo gerador de verdadeira igualdade de oportunidades”, a finalizar neste comunicado da concelhia do PS-Esposende, João Nunes, faz votos para que o concurso público, anunciado para 2011, decorra com a maior brevidade possível para satisfação das justas aspirações dos pais e alunos da Escola Secundária Henrique Medina.

Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt


4

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLICIDADE

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

No dia de São Valentim venha desfrutar de uma noite diferente num ambiente romântico no Pé no Rio Restaurante. Com uma ementa pensada especialmente para os mais apaixonados e sempre atentos aos pequenos pormenores, o Pé no Rio Restaurante tem um

‘miminho’ para os casais enamorados. Faça um brinde ao amor com o vinho Monte Mayor e desfrute de uma estadia de duas noites em Campo Maior ( Adega Mayor ) em que uma das noites é oferecida.

.


LOCAL

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

5

Teresa Portela, Embaixadora do Ano Internacional da Juventude De Gemeses para o mundo, Teresa Portela, consagrada canoísta aceitou o convite da Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, para ser Embaixadora do “Ano Internacional da Juventude “, que vai terminar em Agosto deste ano, sob o tema: “Diálogo e compreensão mútua” e como slogan: “Nosso ano, nossa voz”. Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt

Teresa Portela, vê desta forma reconhecido o seu excelente percurso desportivo em 2010, a atleta do Recreativo de Gemeses ao serviço da selecção nacional, obteve resultados relevantes nas provas internacionais, o que desde logo a proclamou a melhor canoista portuguesa da actualidade. Qual o significado de ter sido nomeada Embaixadora do Ano Internacional da Juventude? Teresa Portela:O Ano Internacional da Juventude é uma iniciativa da ONU, levada a cabo, em Portugal, pelo Instituto Português da Juventude e que pretende promover o diálogo entre as várias culturas. Como tal, é muito gratificante para mim fazer parte desta iniciativa, também pelo facto de terem considerado que a minha personalidade, mas sobretudo os meus resultados são um incentivo importante para os mais novos. Foram escolhidas, também, outras personalidades de diversas áreas, (todas elas com idades até aos 30 anos), uns bastante mediáticos, outros menos, mas todos foram considerados exemplos nas suas áreas, de forma a alertar os mais jovens para muitas das consciências da sociedade actual, de forma a dinamizar e incentivar os jovens para um papel mais interventivo na sociedade. O que pretende fazer pela juventude? É importante que a voz dos jovens seja ouvida, mas, ao mesmo tempo, que os jovens saibam ter capacidade para se fazerem ouvir. Eu, como atleta, procuro incentivar os mais jovens para a prática desportiva, porque é, sem dúvida, uma forma de os jovens comunicarem, de interagirem, de aprenderem. No desporto há uma grande interacção entre pessoas diferentes, o que, naturalmente, tem como vantagem a criação de personalidades mais transigentes. Por isso, o desporto, mais do que uma competição entre atletas, é uma de aprendizagem que deve ser transposta para a sociedade. Eu incentivo, por isso, a prática desportiva, não só pelos benefícios de saúde que o des-

porto garante, mas sobretudo pelo equilíbrio social que potencia. Como atleta de alta competição, que conselho gostaria de transmitir aos mais jovens canoístas? No desporto, e não só na alta competição, a imprevisibilidade é um factor importante, por isso, é preciso estarmos cientes que a qualquer momento podem acontecer imprevistos. Eu já pratico desporto há quase 15 anos e fui aprendendo a lidar com esse factor. Por isso, um conselho que quero dar aos mais jovens é que avaliem tudo aquilo que acontece, os momentos bons, mas também aqueles momentos que não são tão bons, de forma a poderem melhorar. Por outro lado não devem ter vergonha de qualquer resultado negativo, pelo contrário, todo o percurso é importante. De facto devemos assumir como nosso, qualquer resultado que obtenhamos, porque altos e baixos são normais no desporto, o importante é sabermos não elevar demasiado os momentos altos e aceitar e compreender o porquê dos momentos baixos para podermos melhorá-los. Com a entrada do novo ano, já traçou objectivos desportivos, quais são? Este ano desportivo é muito importante, porque é no Campeonato do Mundo deste ano que poderei qualificar-me para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Será um ano em que todas as atletas e todas as equipas aparecerão na máxima força tendo o apuramento como objectivo, por isso, será uma época difícil, mas tal como todas as outras selecções, também nós estamos a treinar com esse objectivo, e acredito que toda a equipa Nacional estará preparada para pelo menos lutar por uma posição que garanta a presença em Londres no próximo ano. O ano passado tive uma época importante, e esta época desportiva tenho trabalhado no sentido de melhorar alguns pormenores que me permitam estar, ao mais alto nível mais uma vez. Ainda é uma incógnita saber em qual das embarcações (k1, K2 ou K4) irei disputar o apuramento olímpico, no entanto, em qualquer uma delas, o objectivo é o mesmo: estar presente nos Jogos Olímpicos 2012.

.

Nome

Teresa do Rosário Afonso Portela

Data de Nascimento: 30 / 10 / 1987 Naturalidade: Gemeses – Esposende Modalidade: Canoagem Ano em que se Iniciou na Modalidade: 1996 Clube que Representa: Grupo Cultural, Despor-

tivo e Recreativo de Gemeses Títulos de Campeã Nacional: 49 Quadro de Medalhas Campeonatos Nacionais Ouro 49, Prata 5 e Bronze 4 Representações Internacionais ao Serviço da Selecção Nacional: 31

Campeã da Europa de Sub-23 em K2 Teresa Portela conseguiu o melhor resultado de sempre de um atleta português num Campeonato do Mundo (Regatas em Linha) numa distância Olímpica, 4º lugar na final em K1 500m, tendo alcançado o 6º lugar na final em K1 200m e em K4 500m.


6

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

ACTUALIDADE

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

Pescadores indignados com novo imposto Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt

120 Euros- mensais é quanto cada armador vai ter de pagar à Segurança Social, a verba em causa, já motivou a indignação de dois dirigentes da Associação de Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende. O tesoureiro, Hugo Eiras, e o vice-presidente da Assembleia-geral, Augusto Silva, estão preocupados, e até já pensam em deixar a arte. A falta de condições de trabalho, que começam pela falta de uma barra do Cávado, operacional, o que desde logo implica muitos dias sem ir ao mar, agravam o problema, de quem tem família em casa para sustentar.

.

Augusto Silva

Hugo Eiras

“Parece que alguém quer acabar com a classe piscatória de Esposende, nós os pescadores num ano, não chegamos a trabalhar 6 meses, mas temos que pagar descontos de 12 meses, de 120 euros mensais a que acrescentam mais 10 por cento do pescado bruto. Nestes moldes não há pescador que consiga aguentar. A lei já saiu, e nós até já estamos em dívida à Segurança Social, porque o mês de Janeiro é pago em Fevereiro, e ainda não o fizemos. Eu dou como exemplo, eu já não vou ao mar desde o mês de Setembro do ano passado, e se me pergunta como vivo, o que me vai valendo é alguma pesca no rio.”

“Eu adquiri recentemente uma embarcação, e já estou em dúvida se vou pedir as respectivas licenças de actividade ou não.” Em Esposende conseguimos trabalhar num ano, entre 5 a 6 meses, eu para ser sincero não estou contra o novo imposto, porque acaba por ser bom, para a gente, no que diz respeito a uma futura reforma. Só que aqui em Esposende, não existem condições de trabalhar o ano todo, não temos uma barra franca, eu acho mesmo que devia haver uma excepção para os pescadores de Esposende, devido ao facto de só trabalharmos 5 a 6 meses, por ano. A pesca de rio está também com uma fiscalização enorme, e cada vez mais parece que a classe piscatória vai acabar. ”

Época da Lampreia Cada exemplar pode valer 20 euros, mas a captura tem sido reduzida no rio Cávado Hugo Eiras e Augusto Silva vão passando muitas noites na captura da “Lampreia”, desde Janeiro que rumam ao rio Cávado, mas segundo dizem são poucas as lampreias capturadas, desde o mês de Janeiro “até ao momento gastei mais dinheiro no combustível da minha embar-

cação nas idas ao rio, do que ganhei na lampreia, capturei cerca de uma dúzia, as lampreias são poucas “, refere Hugo Eiras. Por seu lado, Augusto Silva, fala desta crise que também chegou às lampreias, em anos anteriores cada exemplar podia valer neste

altura do ano 35 euros, agora cifram-se nos 20 euros. “Eu praticamente ainda não apanhei nenhuma lampreia, para ser sincero se calhar, nem justifica passar tantas noites no rio, e chegar a casa de mãos vazias, e o preço do com-

bustível para a embarcação está muito alto, não ganhamos para as despesas” , desabafos de Augusto Silva, para quem a profissão de pescador, pode ter os dias contados, se o cenário não melhorar a curto prazo.

.

Autarquia de Esposende não vai criar Taxa Municipal de Protecção Civil Atendendo à difícil situação económico-financeira actual, a Câmara Municipal de Esposende não vai atender a uma recomendação da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e decidiu não criar a Taxa Municipal de Protecção Civil, prevista na lei. A criação desta taxa visa, segundo a ANMP, contribuir para o financiamento dos Serviços Municipais de Protecção Civil e dos Corpos de Bombeiros dos Municípios, considerando as diversas competências que têm sido transferidas nos últimos anos para as Autarquias na área da Protecção Civil, as quais não têm sido acompanhadas dos meios financeiros, humanos e técnicos necessários ao seu exercício. Não obstante considerar válido o “princípio da solidariedade”, invocado pela Associação Nacional de Municípios, no sentido de todos os cidadãos contribuírem para que os custos inerentes aos serviços que são prestados pela Protecção Civil Municipal, na salvaguarda da segurança das pessoas e dos respectivos bens,

a Autarquia de Esposende entendeu isentar os munícipes do pagamento da respectiva taxa. “Atendendo às dificuldades financeiras que a maioria dos nossos munícipes vive actualmente, agravada com a introdução de portagens na A28, não existem condições para criarmos mais uma taxa neste Município”, justifica o Presidente da Câmara Municipal. Ainda assim, João Cepa concorda com a Associação Nacional de Municípios e reconhece que os Municípios têm vindo a ser o sustentáculo financeiro e operacional da Protecção Civil, substituindo o Estado na prossecução desta “função de soberania”. Refira-se, a propósito, que nenhuma das propostas feitas nesta matéria ao Governo, por parte da ANMP, ter sido considerada em sede de Orçamento do Estado para 2011, com especialmente relevância para a que apontava que a receita proveniente dos prémios de seguros contra fogo, transporte de mercadorias perigosas, agrícolas e pecuários, e passasse a

constituir receita dos Municípios, à semelhança do que já aconteceu no passado, para financiamento dos Serviços Municipais de Protecção Civil. O Autarca sustenta que “o Município não pode

.

pedir mais este ‘sacrifício’ aos munícipes, já que se viu recentemente obrigado a alterar as tarifas da água, saneamento e resíduos, fruto de nova legislação aprovada pelo Governo”.


www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

ACTUALIDADE

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

7

Esposende Ambiente associa-se ao FAPAS na sensibilização para a importância dos sistemas dunares Sensibilizar para a importância dos sistemas dunares e para a adopção de atitudes e comportamentos direccionadas para a protecção das dunas e do litoral. É com este objectivo que o FAPAS (Fundo Para a Protecção dos Animais Selvagens), com o apoio da empresa municipal Esposende Ambiente, e do Parque Natural do Litoral Norte, vai levar a efeito várias intervenções integradas no projecto “Preservação e Recuperação de Habitats Dunares”. No próximo dia 17, nos Moinhos de Apúlia e na Praia da Carruagem, em Belinho, alunos de diversos estabelecimentos de educação e ensino do concelho vão participar em acções de arranque de chorão e de outras espécies invasoras, bem como na plantação de estorno nas dunas em formação. Responderam positivamente ao desafio do FAPAS o Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Esposende, o Clube da Floresta “Guarda-rios” da Escola EB 2,3 António Correia da Oliveira, de Esposende, as escolas EB1 de Rio de Moinhos, de Marinhas, e do Facho, de Apúlia, a Escola EB1/JI de Fonte Boa e duas turmas do 4.º ano da Escola EBI de Forjães. O projecto “Preservação e Recuperação de Habitats Dunares” integra-se no protocolo de cooperação estabelecido entre a Esposende Ambiente e o FAPAS, no âmbito dos Programas de Educação para a Sustentabilidade de 2010/2011, e que tem como principal objectivo a realização de actividades de índole ambiental junto da comunidade educativa concelhia.

Já se respira Carnaval em Rio de Moinhos Marta Costa marta.costa@esposendetv.com.pt

O Carnaval em Rio de Moinhos é já uma longa tradição, vivida por todos os marinhenses… e não só. Alegrar as ruas de Marinhas e assinalar a chegada do Entrudo são dois dos objectivos, assim como lembrar o Dia Mundial do Doente que a organização faz sempre questão de não deixar esquecido. Neste dia os idosos assumem o papel de destaque, tudo é feito a pensar neles, é lhes disponibilizado o sítio com melhor vista para que possam acompanhar sentados o desfile carnavalesco e têm permanente assistência de vários voluntários que lhes dão um lanche e ajudam no que eles necessitarem. Em Rio de Moinhos o Carnaval vai já na sua 20ª edição e mobiliza grande parte da população, que não quer deixar cair em esquecimento a tradição de organizar esta festa. A organização responsável por realizar o evento é conhecida como Comissão “Desorganização”, habituados a concretizar esta festa que enche de cor toda a freguesia de Marinhas, confessam não sentir grandes preocupações pois tudo decorre naturalmente e cada um sabe bem a função que desempenha. A principal preocupação comum a todos os participantes é a do estado do tempo

que dizem ser a única coisa que pode estragar a festa, para que esteja um dia bonito e que as cores dos carros e dos vestidos brilhem ainda mais e encham de alegria as ruas de Rio de Moinhos, a organização pede também uma ‘mãozinha’ ao S. Pedro. A pensar nas futuras edições do Carnaval a organização vai já passando o testemunho às jovens gerações que asseguram dar continuidade ao trabalho e jamais querem deixar morrer esta festa, que estão habituados a viver desde sempre. Garantir a realização do Carnaval de Rio de Moinhos é para os mais novos uma missão que abraçam com prazer e por isso mesmo fazem questão de começar já a dar o seu contributo, como tal realizam várias iniciativas com o objectivo de angariar verbas para poderem assim organizar e garantir as condições necessárias para terem tudo para a festa. Aqui nada é deixado ao acaso e todos os pormenores são pensados, todos os anos para além dos fatos de lantejoulas e purpurinas, dos carros de desfile, da música alegre e de tudo o que um carnaval precisa de ter são também já conhecidas as famosas filhoses que são distribuídas por toda a assistência. Para isso, a conhecida como “Sra. das Filhoses” acorda na madrugada do dia 6 de Março,

para fazer perto de 20 quilos de filhoses, que há 20 anos enchem uma barraquinha que fica junto ao recinto do desfile carnavalesco e onde são posteriormente distribuídas. E é assim, em ambiente de rodopio e entusiasmo, que se fazem os preparativos para que

nada falhe na 20ª edição do Carnaval de Rio de Moinhos. No dia 6 de Março, a partir das 14 horas, começa o grandioso Corso Carnavalesco e dá-se início à festa que só termina às 18 horas, com a despedida “Até para o Ano”, que encerra assim a passagem do Entrudo.

Director: Paulo Gonçalves - E-Mail: paulofernandogoncal@sapo.pt Redacção: Paulo Gonçalves e EsposendeTv Colaboradores: Dr. Bernardino Amândio, Prof. Rui Vasquinho, José Belo, Dra. Carla Gomes, Dra. Diana Vale, Dr. Carlos Ferreira, Artur L. Costa, Margarida F., Catarina Portela, M. Morim, Marta Costa Paginação/Design: Luís Costa Proprietária e Editor: Info Média Emissões Lda. - NIF N.º 509 173 128 Sede e Redacção: Rua Dr. Henrique Barros Lima, nº5 - 4740 - 323 Fão - Esposende - Telefone: 253 048 985 - Internet: www.esposendetv.com.pt - E-mail: jornaldeesposende@sapo.pt Sócios com mais de 10%: Sabores de Verão Impressão: Oficinia de S. José - Apartado 4711 - 914 Braga

Ano 31- Nº 653 Tiragem 1500 No. Reg. I.C.S. - 106125 Depósito legal no. 204498/03


8

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

OPINIÃO

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

OPINIÃO CARLA GOMES

IRS do Ano 2010 O prazo para entrega da declaração Modelo 3 de IRS – Imposto de Rendimento sobre Pessoas Singulares relativa ao ano de 2010 está quase a chegar, por isso pode ir preparando os documentos que irá apresentar na referida declaração. E, porque este ano, há novos prazos de entrega, comecemos pelo calendário: A – Trabalhadores que apenas auferem rendimentos por conta de outrem e/ou pensões: - entrega em papel: Março de 2011; - entrega pela internet: Abril de 2011 B – Trabalhadores que auferem outros rendimentos: - entrega em papel: Abril de 2011 - entrega pela internet: Maio de 2011. Quanto aos documentos a apresentar e de modo a tirar o maior proveito dos benefícios fiscais asso-

ciados ao IRS de 2010 aqui ficam algumas dicas: 1 - Educação As despesas de educação podem ser deduzidas em 30% à colecta, até ao montante de 760 euros, ao qual é possível acrescentar mais 142,50 euros por dependente, no caso do agregado familiar ser constituído por 3 ou mais dependentes, todos eles com despesas de educação e/ou formação profissional. Podem ser declaradas despesas com livros e material escolar, propinas, deslocações, alojamento, explicações, mensalidades com creches e escolas, entre outros. 2 – Saúde As despesas de saúde, tal como as de educação, são dedutíveis em 30% à colecta. Note-se, em relação às despesas com medicamentos, que só podem ser incluídos medicamentos à taxa de 5% (até Junho) e 6% (a partir de Julho). Os medicamentos à taxa de 20% (até

Junho) e 21% (a partir de Julho) só podem ser incluídos se prescritos com receita médica, até ao limite de 65 euros, pois sem receita não podem ser considerados. 3 – Habitação Os juros e as amortizações de empréstimos para habitação própria podem ser deduzidos à colecta até 30%, com o limite de 591 euros. Se viver numa casa arrendada, com contrato de arrendamento ao abrigo da NRAU, pode apresentar o somatório das rendas do ano. 4 – Lares Podem ser deduzidas ao IRS 25% as despesas feitas com lares e instituições de apoio à terceira idade, até ao limite de 403,75 euros. As despesas com lares e residências autónomas para pessoas com deficiência, seus descendentes e colaterais até ao 3.º grau também serão aceites desde que os rendimentos não sejam superiores ao salário mínimo nacional.

5 – Planos Poupança Reforma PPR Os valores aplicados em PPR’S podem ser deduzidos em 20% à colecta, até ao limite de 400 euros para pessoas com idade até 35 anos, 350 euros entre 35 e 50 anos e 300 euros com mais de 50 anos. 6 – Seguros de Vida e Acidentes Pessoais O valor dos prémios de seguros de vida e acidentes pessoais são dedutíveis à colecta em 25% do seu montante, até ao máximo de 65 euros se for solteiro e 130 euros se for casado. 7 – Seguros de Saúde Podem deduzir-se até 30% os prémios de seguros de saúde até um limite de 85 euros para solteiros e 170 euros para casados. A este último valor poderá ser acrescentado 43 euros por cada dependente. 8 – Energias Renováveis Os encargos com a aquisição de

equipamentos ou acessórios para aproveitamento das energias renováveis são dedutíveis em 30%, limitados a um máximo de 803 euros e tais despesas só podem ser utilizadas uma vez em cada 4 anos. Aqui incluem-se despesas em painéis solares, fotovoltaicos, vidros duplos, entre outras. 9 – Donativos O Estado concede benefícios fiscais a quem efectuar donativos a entidades públicas e/ou privadas em áreas como a cultura, ciência/tecnologia, social, desporto, educação e ambiente. Tais donativos serão considerados de 120% a 140%, consoante a função da entidade beneficiária. O valor do donativo é considerado em 25% até ao limite de 15% do imposto cobrado. Cumpra as suas obrigações fiscais, dentro do prazo legal para o efeito, para evitar coimas e tenha umas boas poupanças.

OPINIÃO Artur L. Costa

BELINHO, EM LENDAS E NARRATIVAS - “O Jóia” - 2ª parte No mês de Maio de 1820, nas manhãs de Primavera, que despontava, cuja aurora nascia por detrás do monte Crasto, numa pobre choupana, o cabreiro ouviu estranhos gemidos que seriam de criança; lá foi em correria averiguar… Espanto! Á porta da sua choupana, um molhe de farrapos dentro do qual uma criança, com evidentes sinais de ter vindo ao Mundo naquele instante. Ora, mal se mexia nesta bola de farrapos, em choro, com dificuldades em respirar. De súbito, o pobre cabreiro de Belinho (S. Fins), segurou a criança que ergueu com todos os cuidados. E, já de coração comprimido pelo achado, foi mostrar à mulher, que de contínuo recolheu-a, chegou-a ao seio ainda húmido de uso recente pois, era o seu alimento mais precioso para uma infantil criatura, recentemente nascida. Esta pobre mulher havia dado

à humanidade uma criança de suas entranhas. Ora, tal acontecimento, revoltante e desumano, correu por toda a freguesia e, não fora por aí mais além, porque nestas paragens não havia gazetas para dar conta destes actos, com narrativas sobre tão insólito acontecimento. A criança abandonada, assim, de repentino à porta do cabreiro de Belinho. E o caso da criança à porta do cabreiro, de precárias condições de vida, acrescentou mais uma boca para comer, era mais um acrescento à família. O JÓIA tem muito a contar Ora, como tudo que de início causa sensação à opinião pública, censura de azedo e, volvidos uns tempos cai no esquecimento. Foi o sucedido com a inesperada aparição da criança à porta do cabreiro de Belinho; e não

foi mais longe, apesar de ter lá entrar uma boca, mais, a sustentar e para dar de comer. Mas o silêncio deste caso abjecto só foi possível por não haver, ao tempo, as publicações a difundir tais acontecimentos pois, o abandono de uma criança em tais circunstâncias, daria muito que falar, escrever e contar. Todavia, a história não o diz, mas será evidente que o desvelo; nada afectou o viver do Cabreiro de Belinho e o seu meio familiar. Os cuidados e o desvelo pela criança manteve-se, aliás, um natural apego ao ser entrado na família desta gente humilde. Já lá vão bastantes anos e basta contar quanto já se passaram para termos ideia o tempo passado. E se o desvelo passou com os anos contados, mereceu, certamente as virtudes e o seu estar na vida desta gente. Foi, é certo, o que a nossa gente sempre

sentiu pelo seu semelhante e a justiça que Deus Nosso Senhor nos concedeu e terá permitido… Eram boas almas, de nobilíssimas virtudes, pelo que se depreende: na sua vida terão incutido no seu ânimo a melhor índole; saiu, então, “o mais descarado intrujão que se criou nestes sítios”; nada se passou que justifique mencionar até aos 12 anos. É que esta criança e o seu viver de nada se passou para recordar. É que a sua ocupação foi de serviçal a guardar pequeno rebanho familiar, passou por outras ocupações até que, aos 19 anos sem que se soubesse, desapareceu. Os pais adoptivos faleceram e, ninguém mais se preocupou. O Cauteleiro Jóia Pelos anos de 1840 a 1852, em Lisboa, vivia “O Jóia”, que exercia a função de cauteleiro (por vender cautelas

de Lotaria), era conhecido como um intrujão de grande “quilate”, a viver miseravelmente numa pocilga nojenta as que naquele tempo havia a baixo preço no bairro da Mouraria. O Jóia percorria as ruas da baixa, agitando as tiras de as tiras das cédulas ou cautelas, quase implorando, com a sua voz clamorosa; a caridade do transeunte lá as compra. Como todos os seus colegas de hoje, o “Jóia” tornava-se o tropeço mais insuportável que um homem podia encontrar no seus passeios pelas ruas de Lisboa. continua

(Continua na próxima edição)


www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

PUBLICIDADE

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

9


10

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLICIDADE

���������������������� ����������������� �����������������

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt


LOCAL

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

11

Município de Esposende assinala “Dia do Doente” Tal como tem sucedido em anos anteriores, a Câmara Municipal de Esposende vai assinalar o “Dia do Doente”, que se celebra esta sexta-feira. Deste modo, no dia em que se recorda aqueles que são vítimas de doença, o Serviço de Acção Cultural da Autarquia irá desejar votos de melhoras e levar uma palavra de conforto a todos quantos se encontram internados nas duas unidades hospitalares do concelho, com a entrega de uma flor e de uma publicação do Município. Esta acção visa minimizar o sofrimento dos doentes e proporcionar momentos de alguma alegria e bem-estar, para além de pretender divulgar a produção literária con-

celhia. Intitulada “Cultura Solidária”, esta iniciativa, realizada em parceria com as Santas Casas da Misericórdia de Esposende e de Fão, pretende minimizar o sofrimento dos doentes e proporcionar momentos de alegria e bemestar, para além de divulgar a produção literária concelhia. No Hospital de Fão a visita terá lugar pelas 10h30 e no de Esposende decorrerá a partir das 14h30.

.

Gastronomia

Recepção de Candidaturas às Ajudas ao Rendimento dos Agricultores-2011

O período de candidaturas às ajudas ao rendimento dos Agricultores inicia-se no próximo dia 21 de Fevereiro , decorrendo até 30 de Abril, para os produtores com ovinos e caprinos e até 15 de Maio para todos os outros. As candidaturas “Pedidos Únicos PU” deverão ser efectuados nas Organizações de Agricul-

tores ligadas à CONFAGRI, pois têm técnicos altamente competentes e com formação adequada para a formalização das candidaturas. Os técnicos da CONFAGRI estão a realizar acções de formação por todo o país.

.

A Escola Profissional de Esposende, vai realizar no dia 28 de Fevereiro um Fórum de Gastronomia, que vai contar com grandes nomes, desde Chefes Cozinheiros e Pasteleiros, a Enólogos, jornalistas e críticos de gastronomia de renome. Este fórum que terá lugar no Hotel Áxis de Ofir, deverá contar com a presença de mais de 500 pessoas e será com-

Eleições Directas para Presidência do CDS-PP, Eleição para os Órgãos Distritais de Braga, Eleição dos Delegados ao Congresso A Comissão Politica Concelhia do CDS/PP Esposende, em comunicado informa todos os militantes do partido que vão decorrer amanhã, sábado,12 de Fevereiro, as Eleições Directas para a Presidência do Partido, a Eleição dos Órgãos Distritais de Braga e a Eleição dos Delegados ao XXIV Congresso. Este acto eleitoral decorrerá no edifício S. Janu-

ário, loja 4, em Fão, das 15 às 19 horas. No que concerne às Eleições Directas para a presidência do CDS-PP, estas visam a reeleição do actual presidente e único candidato, Paulo Portas. Para a eleição dos Órgãos Distritais de Braga, irá a sufrágio a lista encabeçada pelo deputado. Altino Bessa , desta lista fazem parte dois ele-

mentos do concelho de Esposende: Jorge Capitão e Berta Viana. Finaliza-se este acto eleitoral com a eleição dos delegados ao XXIV Congresso do Partido, que decorrerá nos dias 19 e 20 de Março, em Viseu.

.

posto por Palestras, Conferências, Debates, “Show-Cookings” e “Provas”. Este será com certeza um evento de grande dimensão, muito prestigiante para a Escola, seus alunos, principalmente os da área da Restauração e Turismo e também para o próprio concelho de Esposende.

.


12

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLICIDADE

ACEITAM-SE INSCRIÇÕES Full-Time / Part-Time Para PénoRio Restaurante - Esposende

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

ABERTAS INSCRIÇÕES Estão abertas as inscrições p/ trabalho temporário (meses de Verão) no PénoRio Bar - Esposende

M/F Empregado de Mesa ou Balcão

M/F Barman Empregado de Mesa

Contacto 935 010 010 / 253 987 286 geral@penorio.pt

Contacto 935 010 112/253 987 286 geral@penorio.pt


www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

PUBLICIDADE

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

13


14

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

LOCAL

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

Associação Rio Neiva promove exposição de fotografia Marta Costa marta.costa@esposendetv.com.pt

Na biblioteca situada na Junta de Freguesia de São Paio de Antas decorre a exposição “O Rio e a Biodiversidade”. A ideia de expor as fotografias partiu da Associação de Defesa do Ambiente – Rio Neiva, a preencher as paredes da biblioteca estão várias fotografias antigas do rio, da fauna e da flora, que há vários anos atrás estiveram a concurso. Com a necessidade de dar a conhecer o espaço da biblioteca de Antas e de promover os hábitos de leitura, foi posta em prática esta iniciativa que pretende também mostrar a beleza do rio e de toda a biodiversidade. Para além da dinamização da biblioteca, a Associação Rio Neiva aposta ainda num variado leque de actividades, todas relacionadas com a Natureza, btt e ciclo turismo pelas Azenhas, canoagem, caminhadas e o mais recente projecto o campo de cividade que pretende chamar pessoas de todas a idades, para cultivarem e fazerem as suas próprias hortas. A Associação realiza iniciati-

vas que dependem do voluntariado e nesse sentido deixou o apelo a todos os que quiserem ajudar a limpar o campo de cividade. todos os sábados organizam-se grupos de pessoas que querem ajudar e que são sempre bem-vindas. Mas os projectos não ficam por aqui, está ainda a ser tratada a adopção de um burro que já tem um papel a desempenhar, é que nos planos da Associação Rio Neiva está a recriação da ida à Azenha, para isso vão pôr a funcionar a Azenha que vai estar aberta ao público aos sábados à tarde, com o burro onde vão poder ser recordados os velhos tempos em que o animal e o moleiro andavam pelas portas das pessoas. Este conjunto de iniciativas, promovidas pela Associação Rio Neiva, decorrem ao longo de todo o ano mas para já pode visitar a exposição a decorrer na biblioteca da Junta de Freguesia de São Paio de Antas, de 29 de Janeiro a 06 de Março.

.

OPINIÃO MARGARIDA F.

Velharias e traquitanas Neste último domingo solarengo, Esposende ganhou vida como se fosse Verão. As pessoas saíram à rua esquecendo o facto de que ainda no dia anterior tiritavam com o frio. As avenidas encheram-se de famílias que usaram a sua melhor fatiota e casais que trocaram dar as mãos no sofá lá de casa pela marginal à beira rio. Para mim a minha alegria domingueira começou quando fui à Feira de Velharias que acontece em Esposende uma vez por mês. Comecei o dia por comprar na banca do alfarrabista um exemplar antigo em excelentes condições de Os Miseráveis de Victor Hugo. E então quando ouvi o preço, aí é que a minha manhã arrancou em beleza. Foi no Porto que fiquei a conhecer o que são alfarrabistas. Existem várias lojinhas do género espalhadas pelo centro da cidade e que visito quase regularmente, mesmo quando sei que não vou gastar dinheiro. Para mim, uma loja de livros usados com aquele cheiro a páginas

amarelecidas, a capas de couro poeirentas e com estantes atafulhadas, é um paraíso. Quando se entra num reino de livros amontoados é como se empreendêssemos uma busca ao tesouro. Podemos encontrar o livro que procurávamos há meses ou, melhor ainda, que nos relembre a infância. Por isto, foi muito agradável ter algumas bancas de alfarrabistas em Esposende. Mas lá estou eu a divagar sobre livros, quando o que quero falar hoje é sobre algo que eu me apercebi na tal Feira de Velharias – já agora, dou os parabéns a quem se lembrou da iniciativa. Rendidas às velharias, havia muitas pessoas a passear entre os serviços de chávenas Vista Alegre antigos, as máquinas fotográficas vintage, os espelhos manchados, as caixas enferrujadas do tempo dos avós e as roupas usadas que outrora pertenceram a hippies, discos e a modas que estão de regresso mais uma vez. Surpreendi-me de ver tanta afluência, pois

quer queiram quer não, a moda da actualidade é pertencer à geração IKEA. Essa mega loja que promete mil e uma formas de organização do lar – longe de mim fazer publicidade! –, e cujos móveis são montados pelo próprio cliente como se fossem peças de LEGO para adultos. Quando era mais nova, a minha paciente mãe muito me ouvia queixar, porque eu queria que a minha casa fosse mais moderna, com soalho de madeira branca, com móveis simplistas; sem torneados rococó, sem colchas de croché ou serviços de louça com florezinhas e dourados. Ironia das ironias: hoje em dia, não só gosto do antigo como ainda o desejo. Gosto da minha casa de tendências quase barrocas, gosto do facto desta ter já um século e de não ser a mais funcional das casas. No entanto, ainda tenho as tais colchas de croché pelas quais continuo a não morrer de amores. Isto para dizer, que mais tarde ou mais cedo começamos a dar valor àquelas peças origi-

nais guardadas no sótãos dos avós; ao contrário dos artigos de produção em massa, mil e uma vezes reproduzidos, multiplicados e vendidos. Um objecto antigo conta uma história e tem vida. E mesmo que essa história não nos seja conhecida, sempre é um bom exercício imaginá-la: um candeeiro velho pode ter estado no quarto de um adolescente rebelde dos anos sessenta; um espelho pode ter sido o muro de lamentações de uma rapariga apaixonada dos anos cinquenta… claro que aqui tem dedo da minha mente romântica, mas é verdade que as escolhas são infinitas. Aqui estão as minhas reflexões, caro leitor, resultantes de um dia de sol quente entre tantos dias de inverno.


PUBLICIDADE

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA

15

11 DE FEVEREIRO DE 2011



               

      

    

       

   



 



    




16

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLICIDADE 22 Anos e mais 14.000 Clientes Satisfeitos

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt


PUBLI-REPORTAGEM

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

17

Supermercado Jaju reabre com cara lavada Jaju fechou para fazer obras de remodelação, no dia 3 de Fevereiro reabriu portas ao público com conceito jovem num espaço totalmente remodelado. Marta Costa marta.costa@esposendetv.com.pt

Fátima Mó

O supermercado Jaju já existe há mais de 30 anos, “tudo começou com um talho que o meu pai abriu na rua direita e que já tinha começado com o pai dele, que entretanto faleceu e ficou o meu pai como chefe de família e foi

Teresa Nunes

aí que ele começou com este projecto neste supermercado” conta Teresa Nunes filha do proprietário do Júlio Nunes. O espaço já existe na Avenida Valentim Ribeiro, em Esposende acerca de 32 anos, fechou 7 anos mas voltou a abrir e agora entra em 2011 com uma “nova cara”. Desde que se recorda da existência do supermercado do pai, Teresa faz um balanço positivo mas salienta “que uma casa com tantos anos de história tem altos e baixos, mas se continuamos de portas abertas é porque o balanço só pode ser positivo”. As grandes superfícies comerciais multiplicam-se de norte a sul do país e todos sabem a ameaça que constituem para estes supermercados de rua, a competição não é fácil mas a jovem empresária acredita que é uma mais valia estarem no centro da cidade “quando as pessoas se aperceberem do tempo que perdem a ir tão longe e muitas das vezes comprar os mesmos

Tel. | Fax: 253 961 183 supermercadojaju@gmail.com Avenida Valentim Ribeiro 4740-208 Esposende

A trabalhar no supermercado Jaju há 31 anos faz um balanço positivo de tanto tempo de casa, “Já trabalhei com os pais dos novos patrões gostei muito, conheci-os ainda eles eram solteiros e eu também. Vim trabalhar para aqui solteira, casei e enviuvei, tudo sempre a trabalhar aqui no Jaju”. Quanto às novas obras, Fátima não tem dúvidas “está muito melhor, ficou com outro aspecto acho que apostaram bem.”

produtos mas muito mais caros vão perceber que só perdem com isso”. Para fazerem frente às grandes superfícies apostam num conceito diferente e apesar de comercializarem as coisas básicas a preços apelativos privilegiam o serviço diferente e personalizado e foi daí que nasceu a necessidade de fazerem obras e reabrirem com uma nova cara. A gerência quis adoptar um conceito jovem e como a loja estava um pouco envelhecida decidiram fazer a remodelação, numa forma também de mimarem os clientes “é um conforto adicional, por exemplo o bar não tinhas cadeiras nem mesas e agora os clientes vão ter muito mais conforto”, Teresa defende ainda que o espaço ficou mais acolhedor e que estas obras são uma vantagem para o Jaju, tornandoo mais convidativo. Manuel Santos fala-nos da necessidade de fazer estas obras de remodelação que já estavam pensadas à algum tempo atrás “estas obras foram pensadas em 2007, ainda pelo Sr. Júlio Nunes, para ampliar o projecto e torná-lo mais confortável para o cliente” as novidades são muitas ou não tivesse havido uma remodelação no supermercado inteiro “nós praticamente mudámos a loja toda, virámos tudo ao contrário, mudámos a exposição, fizemos um reajuste nos produtos e mudámos um bocadinho o conceito”, explica Manuel. Apostar na imagem foi o principal ponto de

partida para esta remodelação, mas em tempos de crise é inevitável não questionar se gastar dinheiro em remodelações é uma boa aposta, ao que parece todos se mantêm optimistas e investir em alturas de crise parece ser já um hábito da casa “isto acaba por ser uma maisvalia e nós aprendemos ao longo dos anos com o Sr. Júlio Nunes e ele sempre apostou

Arminda Vilarinho

Desde que abriu que Arminda faz as suas compras no Jaju, “moro aqui perto e venho todos os dias comprar o pão e o resto das coisas que me fazem falta”. Quanto às novas obras e como cliente assídua mostra-se visivelmente satisfeita “Está maravilhoso, não podia estar melhor do que o que esta só já devia estar era à mais tempo. Está mais amplo e está mais bonito assim.”

Rosa Cepa

Manuel Santos

mais nos tempos de crise. Esta casa nasceu em 1974 em tempos de crise e ele sempre foi muito ousado nisso e isto tem a ver um bocadinho com o conceito que ele tinha de negócio e nós no fundo fazemos o que ele faria”. Ficaram assim inauguradas as obras de remodelação no Jaju, sempre a pensar no cliente, vai agora poder fazer as suas compras com mais conforto num espaço totalmente novo.

.

“É a minha casa das compras” começa por dizer Rosa, “desde que abriu que venho cá, é pertinho de casa e venho cá comprar tudo”. Quando questionada sobre a nova obra não se poupa a elogios “acho muito bonita e acho muito bem, nós queremos é coisas bonitas que para velhas já chego eu.”


18

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

DESPORTO

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

Hóquei em Patins

Futsal

Andebol

BTT

HC Fão empata aspirações

16ª Jornada: ACD “Os Apulienses”, 2 AST Futsal, 4 12º Apulienses com 20 pontos 17ª Jornada: Vieira Futsal-ACD Apulienses (12 Fevreiro)

Juventude de Mar em novo ciclo de vitórias Três vitórias em outras tantas jornadas, devolvem à equipa de Mar ao 4º lugar e em excelentes condições para se apurar para a Fase Final do Nacional da 1ª Divisão, o que só por si será mais um grande feito.

Diogo Figueiredo vence Taça de Portugal de Duatlo O atleta da JUM a concorrer como individual, venceu o V Duatlo do Jamor, na categoria de Cadetes. Esta prova reali zada ontem em Oeiras, foi constituida por 7. 5 0 0 m de Corrida e 17.500m em BTT e o Campeão Diogo Figueiredo concluiu a prova em 1h11h49s, menos 1m22s, que o 2 º classificado Ricardo Calado do Águias de Alpiarça. Este V Duatlo do Jamor/Taça de Portugal “Proterra”, foi organizado pela Federação de Triatlo de Portugal em Oeiras e contou com várias categoria em prova, entre as quais a de Cadetes, vencida pelo nosso conhecido e categorizado atleta Diogo Figueiredo que na época anterior foi Campeão Regional do Minho e Vice-Campeão Nacional na época transacta.

Karaté Uma notável exibição do guarda-redes do CARTaipense, evitou a vitória da equipa fangueira que tenta pelo menos igualar o honroso 4º lugar obtido a época passada no Nacional da 3ª Divisão. Nas camadas jovens os Juvenis viram esfumarem-se as possibilidades já de si remotas, de repetir a proeza alcançado o ano passado, em que passou aos nacionais . 14ª Jornada: HC Fão, 1( golo de Diogo Lopes) CARTaipense, 1 15ª Jornada (20 Fevereiro): E. Vigorosa-HC Fão 1º Famalicense, 36 pontos, 2º P: Rei, 31, 8º HC Fão, 18 Juvenis: HC Braga, 7 HC Fão, 1 Juniores: HC Braga, 11 HC Fâo, 2 Escolas: ED Viana, 8 HC Fão, 2 Infantis: ED Viana, 8 HC Braga, 0 Iniciados: ED Viana, 3 HC Fão, 5

22ª Jornada: Juv. Mar, 39 São Bernardo, 25 23ª Jornada: Salgueiros, 18 Juv. Mar, 29 24ª Jornada: Juv. Mar, 29 Santa Isabel, 20 1º Colégio de Gaia, 62 pontos, 4º Juv. Mar, 53 25ª Jornada: Académico FC-Juv. Mar (12 Fevereiro)

Jonas Vilar, consegue subir ao pódio (3º lugar) no Torneio Internacional de Vila das Aves O pequeno Jonas Vilar da AKA de Apúlia, a competir pela primeira vez na categoria de Iniciados, obteve mais uma classificação notável ao obter o 3º lugar na sua categoria.

FUTEBOL REGIONAL Divisão de Honra

Marinhas e Forjães na senda dos triunfos Mário Souto e Zé Miguel afirmam-se como apostas certas e enquanto o Marinhas não vacila na liderança, o Forjães depois 3 vitórias seguidas subiu do 14º ao 9º lugar, com Pedro Ribeiro a revelar-se fundamental. 15ª Jornada: Ronfe, 1 Marinhas, 1 (P. Nóvoa) Forjães, 2 Prado, 1 (Pedro Ribeiro e Káká) 16ª Jornada: Martim, 0 Marinhas, 1 (Zito) Forjães, 1 Porto d’Ave, 0 (Pedro Ribeiro) 1º Marinhas, 39 pontos; 9º Forjães, 20 17ª Jornada (13 Fevereiro): FC Marinhas-Arões e Ronfe-Forjães

1ª Divisão

Vila Chã volta a sonhar e forte Gandra a ajudar Depois de alguns delizes, o Vila Chã regressou às vitórias e face à vitória do Gandra ante o Palmeiras está a apenas 1 ponto da vice-liderança. Por outro lado o gandra depois de uma sensacional reviravolta no jogo com o Palmeiras, em que entrou a perder 0-2, saiu dos lugares abaixo da “linha de água”. 15ª Jornada Vila Chã, 0 Águias Alvelos, 0 Gandra FC, 3 Soarense, 3 (Felgueiras, Perú e Tiago) 16ª Jornada Vila Chã, 3 Carreira, 1 (Tiago, Filipe e Tony) Gandra FC, 3 Palmeiras, 2 (Fabito (2) e Rafa) 3º Vila Chã, 30 pontos, 11º Gandra, 17 17ª Jornada (13 Fevereiro): Roriz-Vila Chã e Viatodos-Gandra

GANDRA FC, 3 PALMEIRAS FC, 2 Campo da Fonte em Gandra,6 de Fevereiro de 2011 Árbitro: Tiago Mendes, aux: Paulo Ribeiro e Jorge Abreu (Bom trabalho); Amarelos: Hélder (5m), Felgueiras (27m), Tiago (35m), André(40m), Gramosa (60m), Bruno (60m) e Rui Novais (74m) GANDRA FC: Ivan; Alex, Hélder, Rui Novais e Pepa; Rafa, Perú ©(Bruno 58m), Tiago e Gijo; Fabito (Cristiano 90m) e Felgueiras (Lionel 69m). Suplentes: Caneco, João Diogo e Mário Treinador: Bé Palheiras PALMEIRAS FC: Malhão; André, Aníbal, Teixeira © e Torres; Edgar (David 38m), Maki, Ferrari e Zé Carlos; Gramosa (Vintena 60m) e Boni. Suplentes: Ricardo, Rui e Nandinho. Treinador: Artur Borges Golos: Teixeira (5m-gp), Ferrari (27m), fabito (32m e 44m) e Rafa (41m) Jogo muito disputado, que valeu pela primeira parte em que se marcaram os golos e construíram mais algumas oportunidades e melhores lances de futebol. O Gandra bem comandado pelo “capitão” Peru e pela classe individual de Rafa, teve em Fabito o homem do jogo e mereceu plenamente a vitória.

2ª Divisão

Antas FC a caminho dos 6 meses sem derrotas e da subida Hugo Silva e o seu Antas FC, que tem por trás o exemplar presidente Fernando Santos já fizeram história e agora só se espera a consagração final com a subida de divisão. Mais duas vitórias com um Mário Jorge goleador garantem a liderança. 15ª Jornada - Antas FC, 2 MARCA, 0 (Tiago Pinheiro e Mário Jorge) 16ª Jornada - Juv. Mouquim, 1 Antas FC, 3 (Mário Jorge (2) e Nico) 1º Antas, 35 pontos, 2º Cabreiros, 31 17ª Jornada (13 Fevereiro): Antas FC – Operário

Futebol Formação - Equipa de Benjamins do Estrelas de Faro (treinada por Pedro Ribeiro) lidera Regional, tal como os Infantis do Fão.

José Belo


DESPORTO

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

19

Esposende sobe na tabela, Fão em maré negativa de resultados Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt

Com a entrada da segunda volta do campeonato da 3ª divisão – série A em futebol, a Associação Desportiva de Esposende viu interrompido no passado fim de

Filipe Casanova

Treinador AD Esposende “É o meu primeiro grande desafio como treinador” “Na verdade tem sido um percurso extremamente positivo para os atletas da equipa da AD Esposende, eles merecem, porque sempre trabalham nos limites, e trabalham de uma forma pouco diferente do que é usual. Conseguem dentro de campo, provar que estão muito coesos, temos mantido essa atitude competitiva, e assim é mais fácil chegar ao nosso grande objectivo que é ficar entre os seis primeiros classificados desta serie A, do nacional da 3ª divisão. Este é o meu primeiro grande desafio como treinador principal, foi um desafio que aceitei, recordo que fui adjunto do Tulipa, com quem aprendi muito nos tempos em que fui o seu treinador adjunto. Agora em Esposende, iniciei a minha carreira como treinador principal, e estou a satisfazer-me a mim e aos meus.”

semana, um ciclo de quatro vitórias consecutivas, e apesar da derrota caseira por 10, ante “os Limianos”, a equipa encarnada orientada por Filipe Casanova regista uma notória subida na tabela classificativa. A AD Esposende ocupa o quinto lugar da classificação com 25 pontos conquistados

Ricardo Cruz

Presidente AD Esposende “Objectivo é apenas ficar nos seis primeiros” “Estamos atravessar um bom momento em termos de resultados, o nosso objectivo é apenas ficar nos seis primeiros da tabela, no entanto é natural que caso seja alcançado, na 2ª fase da competição, podemos jogar sem a dita pressão e as coisas se proporcionarem. No entanto queremos é consolidar a AD Esposende, como um clube dos campeonatos nacionais em futebol.”

João Marafona

Treinador CF Fão “A nossa equipa ter habituado mal as pessoas” “Apesar desta onda negativa de resultados, temos de continuar a trabalhar e não baixar os braços, ainda existe

FUTEBOL NACIONAL 3ª Divisão Nacional

AD Esposende regressa ao lote dos 6 primeiros, CF Fão cai para 7º O novo ano teve comportamentos diferentes para as nossas equipas, já que enquanto o Fão só conseguiu um empate e desceu do 1º para o 7º lugar, a ADE somou 4 vitórias consecutivas e subiu do 11º para o 5º lugar. 16ª Jornada CF Fão, 0 Esposende, 1 17ª Jornada AD Esposende, 0 Limianos, 1 Mirandela, 1 CF Fão, 0 18ª Jornada (13 Fevereiro) Esposende-M.Fonte e Fão-Taipas 1º Limianos, 31 2º Vianense, 29 3º Mirandela, 28 4º Melgacense, 28 5º AD Esposende, 25 6º Santa Maria, 24 7º CF Fão, 24 8º FC Amares, 23 9º CC Taipas, 21 10º Vieira SC, 20 11º Maria da Fonte, 19 12º Valenciano, 5 CF FÃO, 0 AD ESPOSENDE, 1 Centro Desportivo do CF Fão, 30 de Janeiro 2011 Árbitro: Duarte Oliveira (AF Braga), aux: Júlio Moura e Xavier Fernandes Amarelos: Rúben (22m), Emanuel (43m), Orlando (46m e 52m), Ruca (54m), Mosca (82m) e Carlos Viana (92m).

em 17 jogos. Em fase negativa entrou o Clube de Futebol de Fão, que após andar jornadas a fio nos lugares cimeiros, nos últimos cinco jogos, perdeu quatro vezes e registou apenas um empate, perante este números o conjunto treinado por João Marafona, caiu para o sétimo posto

muito campeonato pela frente e muitos pontos em disputa. Tenho a máxima confiança no meu grupo de trabalho, sei que os meus jogadores vão dar a volta por cima, e assim vai ser o CF Fão até ao final da presente época. Mas esta má fase que atravessamos, tem uma explicação, foi a nossa equipa ter habituado mal as pessoas, porque começamos muito bem este campeonato. As outras equipas viram isso mesmo, e foram inteligentes, começaram a ver a nossa forma de jogar. Certo é que certas pessoas, querem cobrar algo a esta equipa do CF Fão, mas nós não vamos deixar, somos um grupo humilde. Os meus jogadores continuam de parabéns, continuam a dar tudo em cada jogo deste campeonato. Vamos também contar com um novo reforço, o Bruno Novo vai precisar de duas a três semanas para ganhar ritmo, é mais uma pessoa que vem com intuito de ajudar. ”

com 24 pontos. O Jornal de Esposende-Esposende TV, foi saber junto dos técnicos e dirigentes, dos dois clubes do concelho de Esposende, quais são os objectivos a alcançar até ao final da presente época desportiva.

João André

Presidente CF Fão “Fizemos foi uma primeira volta de campeonato acima das expectativas” “As coisas não estão a correr bem, com estas derrotas, os meses de Dezembro e Janeiro foram muito complicados para a nossa equipa. Tivemos jogadores adoentados e outras dificuldades na equipa, e está a ser difícil dar a volta a esta onda de maus resultados, mas vamos fazer tudo por tudo, mas devem ser eles(jogadores) ,a trabalhar mais para dar a volta. Fizemos foi uma primeira volta de campeonato acima das expectativas, e sabíamos que ia ser muito complicado, as vitórias apareceram e as pessoas foram se iludindo um bocado. Temos um plantel com poucas soluções, mas o mister está a fazer um trabalho excelente, e vai continuar a fazer, é preciso ter calma, dar tempo ao tempo, e esperar que os bons resultados regressem a esta equipa. Estamos a passar por uma fase difícil, mas o CF Fão tem que se levantar. ”

Vermelhos: Orlando (52m), Rúben (95m), Carlos Viana (95m) CF FÃO: João Ferreira; Edú (Luís 87m),Rúben, Chico Fonseca (Rui Moreira 64m) e Sobrinho; Hélder Silva ©, Rafa, Kevin (Luís Andrade 58m) e Zé Luís; Tó Coentrão e Ruca. Suplentes: Vareiro, Rudy, Dani e Quim Treinador: João Marafona AD ESPOSENDE: Costinha; Emanuel, Paulo Nibra, Orlando © e Rui Torres; Mosca, Carlos Viana, Hugo Oliveira (Chiquinho 45m) e Mário Mendonça; Abílio (Pedro Marques 49m) e Carioca (Né (56m). Suplentes: Tozé, Filipe Alexandre, Jardel e Renato. Treinador: Filipe Casanova Golo: Carioca (5m) Jogo aquém das expectativas, maioritariamente mal jogado e com pouco ritmo competitivo. Carioca conseguiu decidir numa bom lance de Carlos Viana e Abílio logo a abrir, numa das raras oportunidades da sua equipa. O Fão não teve argumentos para bater Costinha, que teve algumas boas intervenções e viu ainda a bola esbarrar nos seus postes por 2 vezes, pelo que o empate nos parece teria sido o resultado mais justo.

Nacional de Iniciados

FC Marinhas decide no Domingo a manutenção frente ao Limianos Depois de um resultado verdadeiramente sensacional ao empatar 1-1 com o campeão Braga que tinha vencido todos os jogos do campeonato, ao FC Marinhas bastará um empate na recepção ao Limianos para garantir a continuidade nos nacionais pela 4ª época consecutiva. 20ª Jornada: FC Marinhas, 1 Braga, 1 (Pedro Vassalo) 21ª Jornada: Merelinense, 2 Marinhas, 0 22ª Jornada (13 Fevereiro): Marinhas-Limianos (11h00) 9º Marinhas, 18 pontos, 10º Limianos, 17 José Belo


20

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLI-REPORTAGEM

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

Dia de São Valentim no Biqueirão

Restaurante “O Biqueirão” faz jantar do Dia de São Valentim no sábado, 12 de Fevereiro, e aposta numa ementa agradável e acessível e na oferta de um ‘miminho’ aos seus clientes. Marta Costa marta.costa@esposendetv.com.pt

O restaurante “O Biqueirão” conta com dois anos de existência, mas com uma vasta especialidade e experiência na área de servir bem os seus clientes. É a pensar nisso mesmo que todo o staff faz já os preparativos para o Dia de São Valentim que se vai realizar no sábado dia 12 de Fevereiro. Porque uma noite especial merece certamente uma atenção especial e por isso mesmo está pensada uma ementa agradável, num ambiente romântico com um show musical e com um baile bastante animado. A sublinhar a importância que esta noite tem para a organização do Biqueirão, o restaurante

proporciona a continuação de uma noite romântica para dois, sorteando a estadia daquela noite no Hotel Ofir para um casal. Todos os pormenores são pensados de forma a proporcionar uma noite perfeita a todos os casais e a pensar naqueles que têm filhos. O Biqueirão tem também um espaço para os mais pequenos, onde podem brincar enquanto os pais desfrutam do jantar romântico. E em tempos de crise a gerência do restaurante deixa o convite, para que não perca o romantismo e mantenha acesa a chama, surpreenda a sua cara-metade e desfrute de um bom jantar com uma ementa agradável e com um bom preço numa noite romântica e inesquecível.

.

RESERVAS 253 968 517 - 918 579 707

RESTAURANTE BIQUEIRÃO


PUBLICIDADE

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

´

~

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

21


22

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

PUBLICIDADE

Jornal de Esposende | www.esposendetv.com.pt

ROTA DE SABORES

A página quinzenal da Rota de Sabores é uma montra útil da variedade dos restaurantes da região, convidando os leitores a descobrirem sabores e iguarias em ambientes variados. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, pode contactar o tel. 253 048 985

Pizzaria Di Pappi

Tipo de Restaurante: Italiano Especialidades: Pizzas de massa fina e estaladiça, confecionadas em forno a lenha várias entradas como os cogumelos Portobello recheados com alheira e queijo gratinado, Tagliatelle de Gambas com tomate cherry e rucula, lasanha à bolonhesa e vegetariana, bife de Lombo e muito mais. Ambiente e Decoração: Espaço rústico com um toque acolhedor situado em plena zona histórica, com esplanada. Horário: 12h às 15h e das 19h às 23h Folga: Terça-feira (excepto mês de Agosto). Morada: Largo Dr. Fonseca Lima nº 5 e 6, Esposende (em frente à Caixa Geral de Depósitos) Tel. 253 968 069 E-mail: pizzariadipappi@gmail.com - Fazemos entregas ao domicílio e Serviço Take Away - temos Sport tv

Restaurantes Bom Fim Churrascarias

Especialidades: Frango assado, Costelinha, bacalhau ; Serviço Take Away e Serviço de Catering. Horário: Das 10h às 23h. Folga: Segunda-feira Morada: Rua António Pascoal,14 - r/c - 4740 - 233 Esposende Tlm. 253 962 047, Fax 253 962 409 Email: bomfim@sapo.pt | www.bomfim.pt

Proibido Fumar

Santo António Restaurante

Adega Regional O Barrote

Proibido Fumar

Sável

Especialidades:Filetes de Polvo, Costeleta recheada com creme de camarão, Peixe sempre fresco, Serviço à lista, cozinha caseira. Sobremesas: Doçaria caseira e Regional (Travesseiros de ovos, Pasteis de chila). Horário: 10h às 16h e das 18h às 23h. Folga: Quarta-feira Morada: Rua Azevedo Coutinho nº23, 4740 - 339 Fão Telf. 253 981 442.

Rita Fangueira II

Pastelaria, Pasteis de Chila , Travesseiros de Ovos, Pateis de Nata. Outras Variedades. Venha visitar - nos e ficará nosso cliente

Cantinho dos Lírios

Especialidades: Costeletão de Novilho na Brasa, Secretos de Porco Preto, Bacalhau à Casa, Arroz de Marisco, Espetada de Lulas com gambas e Todo o tipo de Peixe Fresco. (Aos Domingos Há Cozido à Portuguesa)Serviços: Prato do Dia de Segunda a Sexta Feira ao Almoço 6€. Sobremesas: Todo Tipo de Sobremesas Caseiras.Folga: Segundas ao Jantar com excepção em Agosto.Morada: Rua dos Lírios, 4740 - 368 Fão Telf. 253 982 381 Tel. 964 051 414 Sala para 250 Lugares Serviço de Esplanada

Bem Estar I

Especialidades: Churrasqueira. Catering, Confraternizações, Baptizados, Aniversários, Casamentos, Comunhões e Ser viço à Lista. Tel. 253 961 059 / 968 042 353 Marinhas - Esposende

Bem Estar II

PénoRio - Restaurante

Proibido Fumar

Especialidades: Petíscos, Pataniscas de Bacalhau, Chouriço Assado, Moelas e Outros. Almoços e Jantares, Vinho da Casa (zona Celorico de Bastos. Sobremesas: Todo o tipo de sobremesas caseiras. Folga: Terçafeira à noite Morada: Largo Dr. Fonseca Lima, 4740 Esposende. Telf. 253 963 884 Serviço de Esplanada • Durante a hora de Inverno encerra ao domingo •

Rita Fangueira Restaurante

Especialidades:Bacalhau com Broa, Misto de Polvo. Carnes: Bifinhos de Porco Preto, Costelinha de Cabrito, Bife de Lombo de Vitela Barrosã. Sobremesas: Tarte de Maçã e Pudim de Pão. Morada: Lugar de Faro Palmeira Esposende Telf. 253 961 166 Telm: 935 011 345

Lampreia

A cozinha privilegia pratos simples e deliciosos nu ma f usão t ipicamen te por t uguesa. Momentos inesquecíveis esperam por si. Depois de um dia de trabalho, usufrua de um jantar a dois. Uma pausa romântica como só o restaurante PénoRio lhe sabe oferecer. Especialidades: peixe grelhado, mariscos diversos, cataplana de marisco, arroz de lavagante Morada: Marginal de Esposende Telem: 935 010 010 www.penorio.pt www.facebook.com/penoriorestaurante

Pizzaria, Cervejaria, Cafetaria , Gelataria , Take away serviço à Lista .Morada: Av. da Igreja - Ed. Central .Telf. 253 963 391 Tel. 968 042 353 Video Telefone 300 302 353


PUBLICIDADE

www.esposendetv.com.pt | Jornal de Esposende

Jornal de Esposende - nº 653 - 11/02/2011

Jornal de Esposende - nº 653 - 11/02/2011

Rua D. Pedro Cunha, n.º 19, Ed. Nova Cidade, 4740-304, Esposende Telef. 253986350 – Fax 253986351 - Tlm. 961553040 - Email: geral@aa-notaria.com

CONVOCATÓRIA

CARTÓRIO NOTARIAL DE ANDREIA AMARAL NOTÁRIA

CERTIFICO que, a fls. 80 e seguintes, do livro n.º 47-A, de “Escrituras Diversas”, deste Cartório, se encontra exarada com a data de três de Fevereiro do ano corrente, uma escritura de JUSTIFICAÇÃO, na qual: SECUNDINO DE MOINHO REINA e mulher FRANCLINA HERDEIRO DIAS RIBEIRO, casados sob o regime da comunhão geral de bens, ambos naturais da freguesia de Apúlia, do concelho de Esposende e nela residentes na Rua da Ponte Nova, n.° 20, contribuintes fiscais números 156181029 e 187402493, DECLARARAM: Prédio rústico, composto por horta com videiras em ramada, com a área de mil e duzentos metros quadrados, a confrontar do norte com Paulo Rodrigues dos Santos, do sul com Crispiano Moinho Reina, do nascente com Cândido José de Carvalho e do poente com caminho, sito no lugar de Pousados, da freguesia de Apúlia, do concelho de Esposende, não descrito na Conservatória do Registe Predial de Esposende, inscrito na matriz em nome do justificante marido sob o artigo 1102 (antigo artigo 1530 rústico), corn o valor patrimonial IMT de € 420,49 e o atribuído de QUINHENTOS EUROS. Afirmaram que o imóvel veio à sua posse em virtude de o terem adquirido por doação meramente verbal, nunca reduzida a escritura pública, no ano de mil novecentos e sessenta e nove, feita por Ermelinda Fernandes Moreira e marido Manuel Alves Ribeiro, residentes que foram na indicada freguesia de Apúlia. Não obstante não terem título formal de aquisição do referido imóvel, sempre estiveram na detenção e fruição do mesmo, durante mais de vinte anos, detenção e fruição essas adquiridas e mantidas sem qualquer violência e exercidas sem qualquer oposição ou ocultação, ou seja, de modo a poderern ser conhecidas por quem tivesse interesse em contrariá-las, posse essa que exercera de boa fé, pacífica, contínua e publicamente, pelo que invocam a USUCAPIÃO, como causa de aquisição do referido imóvel. Declarações confirmadas por três testemunhas. Está conforme o original, na parte transcrita e certificada. Esposende, 03 de Fevereiro de 2011. A Notária, (Andreia da Silva Amaral) Conta registada sob o n.° 137/2011.

SEXTA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2011

23

Nos termos do n.° 1 do Art.° 18 dos Estatutos desta Associação convoco uma Assembleia Geral Ordinária a realizar no dia 31 de Março de 2011, pelas 21,30 horas, na sede desta Associação, com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto Único: APRECIAÇÃO, DISCUSSÃO E VOTAÇÃO DO RELATÓRIO E CONTAS DE 2010. A Assembleia Geral funcionará à hora marcada desde que tenha quorum, meia hora depois com qualquer número de sócios. ACIB, 31 de Janeiro de 2011. O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL, (João Pontes Silva)

Jornal de Esposende - nº 653 - 11/02/2011

CONVOCATÓRIA ELEITORAL Nos termos do n.° 1 do Art.º 18 e n.º 2 do Art.º 22 dos Estatutos da Associação Comercial e Industrial de Barcelos, convoco para o dia 23 de Março de 2011, as eleições para os órgãos directivos desta Associação (Assembleia-Geral, Direcção e Conselho Fiscal). De acordo com o Art.º 31, a Assembleia Eleitoral funcionará das 10 às 16 horas. Mais informo de que as candidaturas, devem ser apresentadas e dirigidas ao Presidente da Mesa da Assembleia até ao dia 21 de Fevereiro de 2011. ACIB, 31 de Janeiro de 2011. O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL, (João Pontes Silva)

Procura-se Comercial (M/F) Requisitos: Ambição na obtenção de resultados Facilidade de comunicação “Full-Time” • “Part-Time”

Oferece-se:

Formação Contínua Oportunidade de integrar um projecto aliciante Ajudas de custo + Comissões

Marque entrevista

Telf. 253 048 985 E-mail - publicidade@esposendetv.com.pt

Vende-se Pavilhão

Área 610 m Zona Industrial de Esposende Contacto 966 009 208 2

A Todos os Militantes Da Juventude Popular Da Concelhia de Esposende Esposende, 31 de Janeiro de 2011 Caros Militantes, Ao abrigo dos Estatutos e Regulamentos em Vigor, convoca-se o Plenário Concelhio para o próximo dia 19 de Fevereiro de 2011, Sábado. Com o intuito de eleger os novos órgãos concelhios. Tendo início às 15:30 e terminado às 17:30, no Largo Fonseca Lima n°11, 4740-216 Esposende. Ordem de Trabalhos: • Eleição da Comissão Política Concelhia; • Eleição da Mesa do Plenário Concelhio; • Eleição 2 Delegados ao Conselho Nacional; • Eleição 2 Delegados ao Conselho Distrital; • Eleição 13 Delegados à Assembleia Concelhia do CDS-PP. As candidaturas terão de ser entregues ao Secretário-Geral da Comissão Política Distrital de Braga, até 48 horas antes das eleições.

Secretário-Geral da C.P.D. (Eduardo Martins Paulo)


Locais de Distribuição Gratuita

Esposende

Bazar Serra Serra da Sorte Confeitaria Primorosa Nélia Loja Kéli Papelaria Cávado PénoRio Bar Café Maciel Pizzaria Siamo in Due Papelaria Solmar Quiosk Papelaria Belinha Bar dos Bombeiros Cafetaria Municipalis OitoOitenta

Fão

Café Todavia Pã - Pã Papelaria Galáctica Pão Quente Fangueiro Pastelaria Clarinha Livraria Pôr do Sol Snack-Bar The Friend ACICE ACIB

S. Bartolomeu do Mar Café Maranhão Belinho Café Avenida Servilima

Marinhas

Bem Estar 2 Belmar Quiosque das Marinhas

Apúlia

Café Rafael Pizzaria Urbanus

Fonte Boa

Café Tá-se Bem Café Boa Fonte Posto de Abastecimento

Rio Tinto

Café Pimenta

Gandra

Café do Paço

S. Paio de Antas Café Nova Era

Forjães

“Escalada Jovem” comemora 29.º Aniversário Já falta pouco, para o Grupo de Jovens “Escalada Jovem”, de Góios-Marinhas, festejarem o seu 29º aniversário, a data será assinalada no próximo dia 26, com uma série de iniciativas que vão decorrer na freguesia marinhense. Sendo assim, o ponto alto da festa, será a celebração da Eucaristia, com a presença do Padre Costa Pinto e do pároco de Marinhas, Avelino Peres Filipe. A cerimónia está marcada para as 20 horas, na Capela de São Roque, no final decorrerá um convívio nas instalações da Associação Recreativa de Góios. O Grupo de Jovens “Escalada Jovem”, de Góios-Marinhas, é formado pelos seguintes elementos: Jorge Daniel Barbosa, Patrícia Laranjeira, Pedro Vilas Boas, Joana Figueiredo, Helena Figueiredo, Ivo Palmeira, Carlos Filipe, César Silva, Ana Rita, Mariana Pinheiral, Sara

Silva, João Afonso, José Marques, Philippe Moreira, João André, Vítor Silva, Tiago Regado, Rita Maciel, Carlos Maciel, Matilde Enes e Natália Silva. O casal Fernanda Soares e José Miranda, continuam a ser os padrinhos deste grupo de jovens marinhenses que entoa bem alto “a fé e o amor em Cristo”. Jorge Daniel Barbosa, 17 anos, é o líder do Grupo de Jovens “Escalada Jovem”, em entrevista ao Jornal de Esposende, aborda a festa deste aniversário. Como surgiu a hipótese de entrar para este Grupo de Jovens “Escalada Jovem”? Jorge Daniel Barbosa: É já uma espécie de tradição, muitos dos nossos pais e outros familiares já foram membros do grupo, alguns deles estiveram na sua formação, eles incentivam-nos à nossa participação, porque revêem no grupo

a sua juventude. É também uma forma de, findo o percurso catequético dar continuidade ao nosso crescimento na fé, naquilo em que cremos e vivemos, ao nosso crescimento como Homens íntegros e como futuro do país e do mundo. Posso salientar também as amizades que são construídas cá dentro, somos uma verdadeira família. Que tipo de actividades realizam ao longo do ano? Como somos um grupo pertencente ao CAFEJEC, (Centro de acolhimento e formação de jovens em caminhada), umas das nossas actividades principais é o apoio e a ajuda dada a esse centro, nomeadamente a nível de géneros alimentares dados pelos habitantes do lugar. Temos também a já tradicional ceia de Natal e o cantar das Janeiras. Costumamos também participar em vários cursos de formação ministra-

dos pelo centro, cursos de iniciação, jovens I e animadores, além das reuniões quinzenais do apoio a actividades do lugar do convívio anual, entre outros. Prestes a comemorar mais um aniversário, o “Grupo” vai promover uma festa, o que destaca da mesma? Nesta festa nós queremos celebrar não só o aniversário do grupo mas sim e acima de tudo a nossa fé, o nossa Amor a Cristo, daí o ponto alto da celebração ser a eucaristia que nós temos vindo a preparar, a tornar mais rica na Palavra e nos Actos que nela vão constar, daí o nosso apelo à presença de todos, porque sem a presença da comunidade na nossa escalada ela não seria possível.

Paulo Gonçalves paulofernandogoncal@sapo.pt

Café Novo

Vila - Chã

Café Principal

Palmeira de Faro Tropical Caffé

Gemeses

Café Stop 5 Café Caseiro Café Cruz

Curvos

Café Juventude

Póvoa de Varzim Livraria Moderna Meu Café Bonzai Café Kioske Press Póvoa

Para um dia especial!!!...


Jornal de Esposende nº 653