Page 22

JORNAL DE ESPOSENDE

Opinião Prof. Rui Vasquinho

O jogo é imprevisível. Possui uma lógica interna. Dominar a lógica do jogo é um passo à frente no caminho da compreensão das suas variáveis. Mas, temos aqui uma contradição, que reflecte directamente nos jogos de futebol. Se dominar as variáveis do jogo garantisse sempre a vitória, de tal forma que os resultados das partidas fossem “previsíveis” ao seu início. Como o jogo é imprevisível, aproximar-se da previsibilidade representaria distanciar-se do jogo. O futebol é um jogo de grande complexidade e enorme número de variáveis. Tentar entender e dominar a lógica neste caso significa tentar controlar o maior número de variáveis

possível, mas controlar o maior número de variáveis possível não significa garantir a vitória no jogo. Vencer, ganhar, mas como? Pois existem vitórias que criam o fracasso. Vencer não é difícil. Difícil é a disciplina para vencer. Todos querem vencer. Poucos se querem preparar para o dia da vitória. Vencedor não é aquela pessoa que ganha todas as lutas da sua vida. A obsessão de ganhar sempre tem criado a louca necessidade de vencer a qualquer preço. Vemos pessoas prodigiosas que se destroem por não saber esperar o tempo necessário para que seu trabalho frutifique. Vemos pessoas que vendem a alma ao diabo (que pode ser um chefe tirano,

Vencedores/Sucesso x Perdedores/ Fracasso para Ganhar ou Jogar Bem?

uma empresa sem ética, um trabalho sem prazer...) para conquistar um lugar ao sol. Triste ilusão. Essa cobiça desmedida é um atalho para o fracasso. Nunca se deve abandonar os seus princípios para realizar uma meta. Senão a vitória é artificial, é um castelo de cartas, que pode desmoronar a qualquer momento por causa de uma simples brisa. Por isso o segredo das grandiosas árvores é ter raízes fortes. Mas no “Nosso” desporto interessa ganhar ou “jogar bem”? O significado do “jogar bem” deveria estar associado ao domínio das variáveis do jogo. Por outras palavras, o bom jogador é aquele que compreende, percebe o jogo, interage

bem com ele, e assim joga bem. Jogar bem não é jogar bonito. Jogar bem é dominar e compreender bem a lógica e as variáveis do jogo; e no caso de uma equipa de futebol isso deve ser ampliado ao contexto da equipa, mergulhando no “nós equipa” e não somente no “eu jogador” de forma individual. No percurso de um campeão, existem sempre derrotas. O segredo é justamente tirar dali as lições para crescer. Já na carreira de um fracassado há algumas vitórias, que são usadas para se iludir. Ser um vencedor é ter a coragem de enfrentar os próprios medos e fantasmas. Ser um perdedor é viver num mundo de ilusões e responsabilizar todos os outros pelo seu

Fim de Semana - Cabritinho no forno com arroz de miúdos e grelos - Cozidinho à portuguesa com feijoada de nabos

Especialidades: Brôa Recheada de Bacalhau e Grelos Fritada de Polvo c/ Gambas Peixe na Brasa à Lagareiro Peixe Gratinado com Batata a Murro em Azeite Arroz de Pato à Antiga Folhado Grelhado de Boi Trinchado Rojões Frito na Telha

fracasso. Ser um vencedor é assumir a responsabilidade nas derrotas e nas vitórias. É ter a coragem de se olhar ao espelho e se conceber dono das suas acções e dos seus resultados. Assim sendo, alguns vão continuar a perder sem saber porque perdem, outros vão continuar a ganhar também sem saber porquê. Certo mesmo é que todos vão ter que abrir os olhos para perceber que poucos ganham sempre. E quem continuar a acreditar que isso é sorte, é o mesmo que ficar sentado no sofá da sala contando as horas para “o tempo passar”.

R

Parceiros American Express Publicado na Wine Passion Receituário no Jornal de Notícias Prémio Boa Cama Boa Mesa do Expresso Selecionado Roteiro do Minho Receituário no Wall Street Journal U.S.A. Publicações na Evações Publicados na Focus

PUBLICIDADE

( A concurso: 6º concurso 09 Gastronomia com Vinho do Porto)

Rua do facho - Apúlia(Frente aos Moinhos | Tlm. 969 554 185 - Telf. 253 987 048 | Encerramos à segunda - Feira

22 | 4 de Dezembro de 2009

jornal de esposende nº625  

jornal de esposende nº625

Advertisement